Categorias
Resenha dos Jogos

Pòs-Jogo: Bahia 0 x 1 Palmeiras – Sai, capeta!

O Verdão entrou em campo esta noite para enfrentar um desesperado Bahia, dirigido pelo mestre Gilson Kleina, na Arena Fonte Nova, em Salvador. Com a ausência do Ceifador no comando do ataque, a incumbência ficou para um isolado Mouche que, naturalmente, não tem o menor cacoete para a coisa. O resultado disso foi a equipe baiana pressionando a saída de bola e atacando com velocidade um Palmeiras excessivamente cadenciado e defensivo. Tanto que antes dos 10 minutos a bola já beijava a trave esquerda de Prass, que teve bastante trabalho na primeira metade do jogo.

Enquanto a jovem defesa verde, aliada à experiência de seu goleiro, segurava bem os ímpetos do Bahia, o meio campo não conseguia marcar ninguém, principalmente Renato, que jogava perdido.
Aos poucos, porém, a equipe de Dorival Jr. foi equilibrando a partida, sob a batuta do capitão Valdivia. E foi em triangulação com o Mago que Mazinho acabou abrindo o placar, fuzilando cara a cara com o goleiro Marcelo Lomba: Palmeiras 1×0 Bahia.

O ritmo manteve-se igual até o final do primeiro tempo. Com um destaque que não é novidade alguma: Nathan, que vai provando que em breve será mais um a vestir a amarelinha. Além dele, Prass e Valdívia.

O segundo tempo começou como terminou o primeiro. O Bahia foi dando mostras do poderio estratégico de seu treinador e por que está em situação dramática no campeonato. Um time desorganizado e com excesso de passes errados não poderia ter maiores êxitos no jogo. Meio no abafa teve duas chances de empatar e o Dorival para dar emoção resolveu tirar o inútil Mouche mas colocou o Diogo, ou seja, trocou  nabo por rabanete.

Da mesma forma como contra Cruzeiro e Corinthians, poderia ter decidido a partida antecipadamente, dadas as inúmeras oportunidades de contra-ataque. Felizmente, desta vez os 4 minutos de desconto voaram e não trouxe sabores amargos. Como dessa vez  não tomamos gol no último minuto, ganhamos e já estamos em 13o..

E ficamos contente com isso!

Um heresia para quem pensa Palmeiras, mas é o que temos para agora.

Saudações Alviverdes

90 respostas em “Pòs-Jogo: Bahia 0 x 1 Palmeiras – Sai, capeta!”

Bem assisti ao jogo pela tv. Tudo q falaram foi certo. Mas uma coisa q nao tiro a razao. E impressao minha ou o palmeiras perde pq perde folego do meio pro fim. Serio so quem eu vejo jogar deoois do segundo tempo e valdivia joao pedro e prass e v.luis o resto fica meio q morto esperando o pior. Pqp quando e q teremos um atacante matador.

Eu gostaria de ouvir as INSTRUÇOES DOS DOIS treinadores no intervalo do jogo. Pepe Guardiola ficaria pequeno diante de tantas estrategias mirabolantes. O mais importante foram os 3 pontos. Estamos quase conseguindo a PROESA de escapar do rebaixamento NO ANO DO CENTENARIO. Obrigado PN vc é GENITAL( ops, digo GENIAL). REeleiçao para o GENITAL???( catso, GENIAL). É isso que o PALMEIRAS MERECE???????

Considerações: Prass, Valdívia e a saída do Lúcio estão fazendo a diferença a nossa favor!!! Tóbio e Nathan na zaga estão jogando muito bem!! Não temos primeiro volante: Marcelo Oliveira, Renato, Bruninho e Washington são fracos. Wesley tem sono, porém sabe jogar!! Valeu Dorival pela recuperação:são 22 pontos conquistados com o Verdão em 14 jogos, 50% de aproveitamento!!! Agora a torcida tem que lotar contra o Galo, temos que vencer para espantar a zica de vez!!! E quanto ao time, pensando em posições cruciais: 1 primeiro volante, 1 meia esquerda, 1 centro-avante e sem tanta pressa para 1 lateral esquerdo!!!
Mantendo a base e trazendo bons/ótimos jogadores para estas posições o time se tornará competitivo!!!

Ufa, q alívio. Ainda não acabou, mas o céu começa a se abrir. Se na inauguração da nossa casa (tomara!) ganharmos do Atl-MG aí fechou e começamos a pensar no ano q vem! Avanti.
Nem vou comentar os problemas, deixa pra outra hora. Só comemorar!

É boa a volta de Henrique ao time. Mas ontem vimos que de nada ajuda colocar Juninho na lateral. Nossos volantes tem de Renato e M. Oliveira com Washington entrando frequente. Meu time contra o Patético Mineiro seria: Prass J. Pedro Nathan Tóbio e V. Luiz. Renato M. Oliveira Valdivia e Allione. Mouche e Henrique. Jogadores como: Washington, Diogo, Cristaldo, Lúcio, até mesmo o Wesley (mal caráter) devem sempre estar entrando pois ajudam muito. Pra mim o time já ta bom. Falta apenas um volante pro lugar do Wesley pro ano que vem. Um 2° volante de verdade resolvia nosso problema. Fora Wesley.

É, mas o futebol que o Valdívia não vinha jogando, antes da chegada do fisioterapeuta cubano, José Amador, era digna de que o Mago fosse vendido mesmo. Esse Valdívia dos últimos jogos (que joga, corre, disputa as jogadas, lidera, orienta o time dentro de campo) sim, esse é o que merece ficar até o fim da carreira no Palmeiras

Então o problema do Valdivia no Palmeiras não é o jogador e SIM, o DEPRTAMENTO MÉDICO DO CLUBE que não tem profissionais capacitados. Provavelmente, o DM é muito amador!!!

Fato: Valdívia nos salvou. Se dependesse do Nobre ele não estaria mais aqui, por causa de merreca. VALEU MAGO!! TEM QUE FICAR ATÉ SE APOSENTAR!!

Mudança de panorama em apenas 2 fatores, únicos mas importantes: Prass e Valdivia. Que o Pardal Dorival não seja um novo Kleina. Não esperem até o meio do ano que vem pra perceber que, além de um time, falta também um treinador.

Ufa! Só não vacilar, pelo amor de Deus! Acho que não caímos mais, oh sofrimento!

Aliás,se tudo der certo,na última rodada,o Palmeiras joga para definir se termina à frente ou atrás do Atlético-PR. Entre décimo primeiro e novo.É uma posição medíocre para a grandeza do Palmeiras mas, diante do quadro tenebroso que se pintava é quase um milagre.

Semana passada no pós jogo contra o Corinthians eu disse que se continuasse se comportando como time grande sem “bundamolice” dava pra ganhar 4 dos últimos 7 jogos. Um já foi. O Palmeiras mudou de postura após a entrada,principalmente do Prass.Evidente que o Valdivia,apesar de tudo é fundamental(pra mim tem que ir embora no fim do campeonato pois não é confiável),mas a diferença é a postura em campo.A confiança que o time vem demonstrando principalmente com a volta do Prass.Basta pegar os jogos após o retorno dele e vão ver que é a volta dele que mudou a postura do time do Palmeiras. Repito,mantendo a postura de time grande dá pra ganhar de todos.Acredito em pelo menos mais 3 vitórias.E podem ser contra os mais fortes inclusive.

Tres pontos em outro jogo correto do nosso time. O Dorival Jr. que tem meritos nessa arrancada contra o rebaixamneto, na minha opiniao foi medroso de novo. Abdicou do ataque e do contra ataque ao colocar o Diogo. Fellizmente dessa vez o final foi feliz. Parabens ao Nathan, Tobio , Valdivia, Joao Pedro, Prass e ao util Mazinho. E a torcida baiana mostrando aos oriundi da Turiassu que o Palmeiras deixou de ser time de colonia a muito tempo. E isso é ótimo.

Verdade, nossa imensa torcida, hoje. na Bahia deu um show e mostrou. para quem ainda não sabia, que não somos apenas um time da colônia italiana, mas sim do Brasil inteiro.

O Levi comentou bem , o Valdivia e caçado todo jogo com a complacência dos arbitros e dos comentaristas ( quase todos parciais)! Uma hora alguém acerta ele se jeito e ai??? Diretoria tome providencias preventivas ! Será que e pedir muito ? !

O mistério é o médico cubano. Se dependesse do sr. Nobre Valdivia já teria saído e nós estaríamos
atrás do Criciúma. E aos que vivem reclamando de arbitragem, se quisessem nos prejudicar o
árbitro teria dado penalti do Natan.

Precisamos admitir : o Valdivia esta sendo fundamental , ele esta fazendo a diferença e nao se machuca mais , algo misterioso aconteceu ! Vamos nos preparar pq vem duas pedreiras pela frente!

É incrível a deslealdade e a caça ao Valdívia na cara dos árbitros, que fingem de mortos…… os comentaristras repetem os lances e se calam………..e não aparece ninguém da diretoria e torcida para cobrar o fim disso……………….MAS para chamar o jogador de chinelinho, que vive se contundindo……………aparecem zilhões na net. Precisamos defender nosso melhor jogador desses absurdos. Chega revoltar alguns lances desleais.

Hoje não foi fácil mas trouxe a paz que precisamos.

Montar um time vencedor em 2015 presidente.

Com uns 5 caras com categoria a la Valdivia a gente teria um time campeão.

Os comentários estão desativados.