Categorias
Verdão na Mídia

VERDÃO NA MÍDIA 15-11-2014: O preconceito com a Zona Leste e a falta de estrutura sabotam o Itaquerão. Sem shows no seu estádio, o Corinthians desperdiça milhões. Melhor para Palmeiras e São Paulo… ❘ Cosme Rímoli

Amigos,

A rapaziada da Redação 3VV pede desculpa pela falta de regularidade do “Verdão na Mídia“. Semana que vem volta tudo ao normal.

Abraços

••

BLOG DO COSME RÍMOLI ❘ R7

• O preconceito com a Zona Leste e a falta de estrutura sabotam o Itaquerão. Sem shows no seu estádio, o Corinthians desperdiça milhões. Melhor para Palmeiras e São Paulo…

Quando o Itaquerão saiu do papel, houve uma grande festa no Parque São Jorge. O grande vencedor foi, sem dúvida, Andrés Sanchez. Além de conseguir o estádio que o Corinthians sempre sonhou, daria uma resposta à diretoria do São Paulo, que considera elitista. Tirava o Morumbi do Mundial. A abertura da Copa do Mundo iria para Itaquera.

Seus companheiros de diretoria garantiam a jornalistas. O Itaquerão iria também tomar os shows do Morumbi. Com nova tecnologia não haveria como não faturar milhões com cantores e grupos internacionais. Na Zona Leste paulista moram mais de três milhões de pessoas. Mais do que o dobro da população de Porto Alegre. Esse público seria o alvo dos shows no estádio corintiano.

Andrés até chamou Ivete Sangalo para o primeiro evento musical no estádio. Aconteceu no ano passado, no aniversário de 103 anos do clube. O evento foi restrito a três mil convidados.

O que pareceu ser o primeiro de muitos shows foi até agora o único. Há um enorme estranhamento. Afinal, os espetáculos poderiam ser altamente lucrativos para o clube. O Corinthians já acumula R$ 40 milhões de déficit este ano. E a partir de julho de 2015, toda a arrecadação dos jogos no estádio será para pagar empréstimo de R$ 400 milhões feito pelo BNDES. O aviso é da própria assessoria da Caixa Econômica Federal, que intermediou o repasse do dinheiro para o clube construir o Itaquerão.

Aliás, é a Caixa Econômica e a Odebrecht que não permitem que os ingressos sejam mais baratos no Itaquerão. A construtora é sócia majoritária no fundo imobiliário que administra o estádio. E por ter intermediário o empréstimo para o Corinthians, a Caixa também tem direito a se posicionar. A lógica é cruel. Os ingressos precisam permanecer caros para que o clube acumule capital para pagar o mais rápido possível o estádio.

Essa postura fez com que Andrés deixasse o estádio. Ele era pressionado por chefes de organizadas, exigindo que os ingressos ficassem mais baratos. Como não podia, o ex-presidente foi muito criticado e alvo de protesto dos torcedores. Candidato a deputado federal, percebeu o quanto tinha a perder. E deixou o comando do Itaquerão.

Antes de ir embora, teve de se explicar porque o estádio não havia ainda feito show algum. E nem estava previsto. O dirigente garantiu que o gramado não havia estrutura para proteger o gramado. E ele seguia padrões europeus que exigiam o gasto de R$ 50 mil mensais. Ninguém entendeu nada. Afinal, shows de grandes cantores ou bandas rendem mais de milhões de reais.

Foi quando os comentários começaram a surgir.

“Aquilo lá (Itaquera) é outro mundo, outro país, não dá para chegar lá. Lá não vai funcionar. Acho muito pouco provável que os empresários de shows, por exemplo, vão querer promover alguma coisa lá.”

As frases são do presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar. Ele garante a assessores que o Itaquerão não é e nunca será preocupação quanto aos lucrativos shows. O rival será o novo estádio do Palmeiras. “Tem excelente localização, fácil acesso. Perto do metrô, com ônibus na porta. É moderno, novo”, elogiou Aidar.

A briga promete ser mesmo renhida entre o novo Palestra e o Morumbi. No estádio do Palmeiras estão confirmados os shows de Paul McCartney nos dias 25 e 26 deste mês. Além de praticamente certa a volta de Rolling Stones em março. No Morumbi, o Foo Fighters deverá tocar em janeiro.

O estádio palmeirense fechou contrato com a AEG. A empresa agencia cantores e bandas importantes como Beyoncé, Bon Jovi, Elton John, Katy Perry, Justin Bieber, Rod Stweart, Shania Twain, Santana, Black Eyed Peas, Guns and Roses e muitos outros. Há a certeza de uma agenda pesada de show no Palestra.

O São Paulo tem contato com vários empresários ligados a bandas e cantores. Isso porque muitos anos foi o melhor estádio para shows na capital paulista. O Pacaembu tem uma restrição de apenas dois shows por ano. Conquista dos moradores para evitar confusão de trânsito no elitizado bairro.

Luiz Paulo Rosenberg é o vice do Corinthians. Ele está afastado do clube porque entrou em choque com Andrés. Ele administrava anteriormente o Itaquerão. E deixou escapar em entrevistas.

“A respeito de receitas de shows, a gente entra numa área muito especulativa. Isso vai ter a ver com o desenvolvimento que a Zona Leste vai ter. Talvez, ele possa ser um grande polo de shows, de música sertaneja com ingresso mais barato e o Palmeiras fica com as Madonnas da vida. (…) Acontece o seguinte, pra concluir pela viabilidade de Itaquera nunca se colocou um tostão de previsão de receita com show. O Corinthians deve ser um dos únicos clubes do Brasil que consegue pagar uma arena dessas com receita de jogo.”

Ou seja, o discurso no Corinthians mudou radicalmente. Nada de shows. Investimento em infraestrutura para espetáculos. Promotores de eventos seguem o mesmo discurso elitista de Carlos Miguel. Também consideram que o estádio fica mesmo longe das zona Oeste e Sul da cidade, consideradas nobres. Apesar do metrô, ainda há resistência com atividades culturais na Zona Leste paulistana.

Além disso há o preço dos ingressos. Para viabilizar shows de estrelas internacionais, os preços precisam ser caros. O de Paul McCartney no estádio do Palmeiras custará entre R$ 110,00 a R$ 700,00.

A WTorre assegura que os shows no Palestra Itália deverão dar um lucro entre R$ 2 milhões e R$ 1 milhão já descontados os gastos. Até 55 mil pessoas poderão assistir os espetáculos. A AEG se encarregará de gerir os eventos. Além disso, há o dinheiro da transmissão. O canal Multishow, por exemplo, já comprou o direito de mostrar o show do dia 25 do ex-Beatle.

No Corinthians, ninguém sequer cogita buscar uma parceira para cuidar dos shows. Assim como a venda do naming rights, membros importantes da diretoria acreditam que não darão certo. O melhor é se contentar com os ingressos dos jogos. Não estão previstos nem os shows baratos de bandas sertanejas como um dia previu Rosenberg. São milhões e milhões indo pelo ralo…

Leia aqui a matéria completa → BLOG DO COSME RÍMOLI ❘ R7

 ••

32 respostas em “VERDÃO NA MÍDIA 15-11-2014: O preconceito com a Zona Leste e a falta de estrutura sabotam o Itaquerão. Sem shows no seu estádio, o Corinthians desperdiça milhões. Melhor para Palmeiras e São Paulo… ❘ Cosme Rímoli”

Desde o ano passado que quem entende deste tipo de negócio vem dizendo que o estádio dos gambás (que não é e nunca será uma arena) não é economicamente viável. Assim que começarem a serem creditadas as “suaves” prestações do carnê de pagamento do estádio, os gambás irão falir. Vamos esperar e assistir de camarote da nossa lucrativa arena.

A grande vantagem do Allianz é que a administração ficará totalmente fora das mãos dos Mustafás da vida. Vai render milhões para o Palmeiras. Aliás, aposto que o Mustafá, que tanto reclama que esse empreendimento é horrível para o Palmeiras, já deve ter seu camarote garantido. FDP.

Justiça seja feita… nada além do que mereçam…..Só espero que a corja de PTralhas não inventem formas de arrancar mais $$ do contribuinte para pagar esta vergonha.

A matemática é implacável. E graças a Deus, ela vale para todos. Até para aqueles que se beneficiaram do dinheiro público para construir essa aberração em Itaquera. Eles achavam duas coisas: onde quer que fosse o galinheiro, todos iriam preferir fazer eventos lá, “PORQUE AQUI É CURINTIA, MANO…”. Segundo, achavam que o estádio ia lotar em todas as partidas e iam pagar os empréstimos com um pé nas costas, “PORQUE AQUI É CURINTIA, MANO…”.
Agora que a realidade está levando o devaneio para longe, eles estão acordando de um sonho dourado para o pesadelo da dívida a ser paga e da falta de receita que isso vai gerar. Em dois anos, vão ter que montar um time “FAZ-ME RIR”, estilo o “BOM E BARATO” do nosso digníssimo presidente “MUSTANOBRE”.
E acho bom começarem a rezar para que essa investigação do MP e da PF sobre o envolvimento das construtoras nas maracutais do governo LuloPetista parem aí pela Petrobras, porque se forem atrás da roubalheira dos estádios da copa, vai ter muito dirigente gambazista que vai poder gritar na penitenciária de sua preferência, junto com a maioria da população carcerária, “AQUI É CURINTIA, MANO…”

Você é sócio avanti? Você é sócio do clube? pelo jeito não é nenhum dos dois… E Ele não deu nada, o associado, seja ele do clube ou do avanti comprou o ingresso. Dinheiro que entra pro caixa do clube. Preferiria que fosse distribuido?

Sou os dois Victor, mas a questão nao e essa, o me incomoda e falta de cumprimento de regras , e falta de respeito com grandeza do nosso clube, eu tenho um padrão de ética e nao abro mão dele! Nao aceito este tipo de atitude, mesmo sendo beneficiado, nao acho correto, e a minha opinião !

Sou Victor, mas a questão nao e essa, o me incomoda e falta de cumprimento de regras , e falta de respeito com grandeza do nosso clube, eu tenho um padrão de ética e nao abro mão dele! Nao aceito este tipo de atitude, mesmo sendo beneficiado, nao acho correto, e a minha opinião !

Marcelo respeito sua opinião. Embora tenha mudado a regra do jogo, o fez em prol do associado que ficou com um clube em ruínas por quatro anos e em prol do associado avanti. No jogo de estréia e contra o Atlético/PR a venda sera feita pelo Palmeiras, depois sera pela W torre. O Nobre queira ou não pensou nos sócios (clube e avanti) se foi eleitoreira ou não (até acho que é, mas sem hipocrisia qq um faria isso) é outra história.

Vamos nessa toada então, é errado mas todo mundo faz então ta certo em fazer também”.

A pergunta é a seguinte: Vão aprontar algo para desmoralizar a Arena. A questão é saber se serão os inimigos Bambis e gambás…. ou os torcedores “Amantes” do Palmeiras.

Alguém sabe informar se é verdade o boato de que o sócio consegue comprar 2 ingressos no clube?

Senhores e Senhoras , o termo correto é CENTRO DE COMPOSTAGEM de Itaquera, um local próprio para afundar qualquer entidade, que utiliza meios públicos, alegando sua propriedade!

ou estadio municipal/estadual/federal de itaquera. Não tem anda de Arena, e quando começar a afundar vai explodir, porque não tiraram os canos da petrobrás que passam embaixo.

Nossa sorte é que a Arena sera gerida por profissionais, sem a intervenção de retrógrados incapazes de entender o projeto em sua gênese.
O fato é que teremos dinheiro para administrar o futebol e ter uma área associativa de primeira grandeza. Um clube de sucesso necessita de três pilastras: história, torcida e patrimônio. Temos as três ferramentas essenciais para voltarmos a viver com orgulho e sorridentes.
Sem medo.
Avanti!

Pior. “Xitãoró” e Xorãozinho” estarão lá. É aquele show pra manter a receita em dia, nada de mega. Pelo menos uns 5 megas shows teremos em 2015. Falam do pequeno percentual que o Palmeiras receberá, será pequeno, porém liquido, direto pro Ativo, sem gerar passivo algum. Avanti. Basta esse Nobre administrar com profissionalismo (duvido muito), porque essa aproximação que ele vem tendo com a Wtorre não passa de campanha política.

Isso já era previsto há 2 anos atrás. Nada de novo no frount…..
Novidade apenas ao fato de ficar provado, já que especulações já foram levantadas, que a Oderbrech usou dinheiro do PeTrolhão para construir o Itaquerão, bem como desviava propinas para bancar as campanhas do PT…… SCCP + PT + PCC = TUDO A VER.

O que temos que ter em mente e fiscalizar ao extremo é o grande capital que entrará para os cofres do nosso Verdão. Teremos toda a renda dos jogos e 5% (com o tempo aumentando até chegar a 30% se não me engano) dos shows. Os próximos dirigentes tem que ter muito carinho e responsabilidade com o dinheiro que o Allianz Parque gerará. Temos que ser vigilantes, para que os políticos retrógrados sejam um a um expulsos do clube, para que não tenham nenhuma chance de chegar perto deste montante gerado pela arena daqui para frente! Scoppia!

3 VV, sua regularidade é super importante, concordando com a opinião ou não diariamente estamos aqui. Os pontos de vistas expostos são importantes e agregam. No mais……………. Chupa gambazada. AVANTI PALMEIRAS!!

a justiça tarda mas não falha !!! isso vai levar os gambás para o ralo nos próximos anos ! kkkkkkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkkkkkkk !!

Os comentários estão desativados.