Categorias
Futebol com Números

A estratégia do fumante gordo

Por Luís Fernando Tredinnick
Feliz 2015! Depois de mais do que merecidas férias, esta coluna volta e inicia o ano bastante esperançoso!

E não é que o ano de 2015 está começando bem melhor do que terminou 2014?

Um desses “gurus” americanos de administração, David Maister, publicou um livro que se chama justamente “a estratégia do fumante gordo”. A mensagem do livro é bastante clara: saber o que você precisa fazer é relativamente óbvio, o real desafio é colocar tudo em prática!

Se o nosso personagem em questão quer cuidar da saúde, é óbvio que ele precisa parar de fumar e emagrecer.

No caso do Palmeiras, precisávamos montar um time competitivo, para atrair patrocinadores e público e assim aumentar as receitas para bancar esse time competitivo. Há tempos batemos nessa tecla por aqui.

E não é que estamos montando um time competitivo? E não é exatamente o que nós queríamos? A nossa autoestima estava tão baixa que só o fato de termos contratado um jogador e dado um “chapéu” em um clube rival nos levou a comemorar! Vamos esperar que o que faça a torcida comemorar em 2015 sejam títulos e não “chapéus”.

E agora o desafio do Palmeiras é fazer a outra parte: crescer as receitas!

Espero que os preços dos ingressos sejam razoáveis, que venha o patrocínio máster e que se pense em outras formas criativas para gerar receitas (muitas já foram discutidas por aqui à exaustão).

Por enquanto, o negócio é comemorar esta mudança radical – e inusitada – na montagem do elenco!!!

E que venha um ano VERDE!!!!

Saudações AlviVerdes

* Luís Fernando Tredinnick escreve às sextas-feiras no 3VV explicando a quem conhece, e a quem não conhece, os números do futebol

41 respostas em “A estratégia do fumante gordo”

Hoje temos dois bons laterais. Time com outra pegada. E o Vagner Love continua sem jogar nada.

Até ontem, venderam 24 mil ingressos . Penso que teremos perto de 30 mil pagantes hj e a renda chegar próximo a 3 milhões de reais. Como o Palmeiras só vai estrear no Paulista dia 1º fevereiro e os melhores nomes contratados (Dudu e quem sabe Arouca), busquem algum outro amistoso internacional na Allianz Parque pra encher as bufas de $$$. Já que vamos fazer outros treinos… que faça esses amistosos internacionais pra faturar. Com as estreias dos melhores, a renda/público seria ainda maiores que o de hj.

De fato a coisa lá está complicada com a chegada de tantos atletas. Acho que o próprio Oswaldo está meio perdido com essa situação. Então é preciso calma e tempo.
Quanto aos organizadores de time, ainda ficamos da dependência do Valdivia, pois não acredito em nenhum dos contratados nessa função.
Uma grande sacada seria a contratação do Conca.
Ele mais o Valdivia poderiam agregar valor a esse elenco, de maneira a dobrar o valor investido, além de contagiar nossa torcida, esta que tem se comportado de forma fantástica nos últimos 02 anos.

Acho que a ideia não é necessariamente contratar um substituto pro Valdivia (se achar um, melhor, é claro). Pois, pela qualidade dele, é realmente dificil achar um.
Mas, se tivermos um esquema que funcione bem, por exemplo no 4-2-3-1 que o Oswaldo ta ensaiando, com os pontos jogando bem, ainda que o meia que entre não mantenha o mesmo nível, teremos um time competitivo.

E essa agora? O Walter Torre, apesar de se declarar palmeirense, e’ santista doente. Olho nesse cara. Fora o fato do repasse dos miseros 60 mil pelos shows do Paul no Allianz.

Por experiência de décadas em Palmeiras, eu continuo preferindo qualidade a quantidade. Apostas são apostas e ninguém sabe se vingara’. Palmeiras tem uma camisa muito pesada e não e’ qualquer um que joga. Poderiam fazer apostas tbm? Sim!!! umas 4 ou 5 e o resto completaria com as apostas da nossa base. Mas, fizeram mais de 10. E o salário dos 10 paga 2 craques no mínimo (o 10 e o 9 de nivel que necessitamos). O 10 e o 9 somados com Dudu, Zé Roberto e Arouca (espero que chegue mesmo) mais Valdivia e Prass, teríamos um baita time. E o melhor, a folha salarial ainda estaria dentro dos padrões atuais. A parte de boa dessas apostas toda e’ o barulhao que esta’ sendo feito nas mídias e o nosso torcedor abraçou a idéia e o Avanti continua crescendo muito. O sentimento geral, e’ que a postura mudou, e essa sim foi a melhor aposta.

Uma receita que nunca exploramos na historia é a de venda de jogadores. Temos que nos estruturarmos para sermos um clube ‘exportador’.

Talvez o pessoal do 3vv possa fazer uma matéria a respeito disso.

Estamos muito atrás dos nossos rivais paulistas nesses quesito, se pegarmos o quanto esse tipo de receita gerou para nossos rivais nos ultimos 5 anos, vai ficar claro o tanto que é relevante vender jogadores.

Mas isso não ocorre ao acaso, é preciso se preparar. Não é apenas contar com a sorte.
Enfim… acho que tinhamos que olhar um pouco mais para esse tipo de receita também.

Beto, o problema é que o Palmeiras nunca soube valorizar seus jogadores. Quando é bom, vende na primeira proposta (Vagner Love – 8mi). Já quando é ruim, seguramos e fazemos um carnaval, depois acabamos vendendo por muito menos – ou perdendo de graça (Mauricio Ramos – 2mi em 2009 – não foi vendido).

Também concordo com os amigos que sugerem mais pés no chão. Tudo está muito no ar de apostas. Muitos jogadores por posição é realmente muito bom, mas há poucos jogadores reconhecidamente bons. Um Gabriel, por exemplo, pode vir a ser o melhor volante do próximo Brasileiro como pode errar todos os passes de 3m. Alan Patrick, Kelvin e Robinho, idem. Além disso, tem um trabalho do Oswaldo de Oliveira, que como todo trabalho de um técnico em um time grande pode dar muito certo ou muito errado. O Palmeiras de 2015 é visivelmente um time muito melhor que o de 2014, mas ainda um enorme ponto de interrogação. Aguardamos cenas dos próximos capítulos.

Tais is Brazil …. é só Pq o Arouca estaria vindo para o Palmeiras, o juiz santista n deu a liminar. Outros que entraram depois na justiça já receberam. Antes do jogo para 3 mil torcedores do small club na Dusneylåndia, Globo mostrou desfile e fez oba oba…. depois da direita, vc n kê em nenhum lugar que o small Club perdeu do 11. colocado da Alemanha….

Levi eu sou santista, as coisas por lá funcionam assim mesmo, o Mena escapou por acaso, o bairrismo é muito forte na cidade…Mas nao tem como escapade, ele vem, so questao de tempo!

Mas vc vê o tratamento diferenciado, quando se trata de Palmeiras Marcelo. É descarsda. Se é o Palmeiras, a tupiniquim press gambambi fariam escândalo. Todo mundo pode tudo, menos o Palmeiras.

Inegavel! Nos falta fazer um trabalho serio dentro da imprensa esportiva, tenho a forte impressao que gambas e bambis fazem constantes “agrados” aos jornalistas e nos nao…

Opa, nunca fumei, mas tenho 10 quilos pra perder, sem academia e corrida, apenas natação e caminhada.
Quanto ao time, temos um bom elenco. Nada espetacular, mas um bom elenco.
Pra mim, João Pedro e Nathan serão titulares, pelo menos deveriam ser no paulista, justamente pra adquirir mais experiência.
Também acho que Gabriel Borel deve ter oportunidades. Pelo que eu vi contra o Ceará, tem bom posicionamento e finaliza muito bem. Não treme na frente do goleiro. Merece algumas oportunidades.
As cerejas do bolo chegarão para o brasileiro, quando saberemos o que será necessário corrigir.
Estamos trilhando um caminho, não estamos no final dele. E o caminho é longo.

Achei boas as novas contratações, mas ainda continuamos sem um meia armador pra o lugar de Valdivia quando se machucar e também sem um atacante nato goleador, 9 de área!

Ainda falta QUALIDADE !!!TIRANDO ZE ROBERTO VALDÍVIA e DUDU, O RESTO É SOMENTE APOSTAS E MUITO BAIXAS COMPARANDO COM OS OUTROS GRANDES !!!Que ja estão montados !!!!

Tomara, que as 4 contratações (Zé Roberto, Lucas, Dudu e Alan Patrick) + as 10 apostas + os 3 que voltaram de empréstimo e foram reintegrados + o que restou da quase tragédia de 2014 – os 6 (ou 7, se Arouca vier mesmo) que vão sair para fechar os 34 que o O.O. quer, deem liga.

Diante da fraqueza geral dos clubes brasileiros, basta montar um time relativamente forte e ter um técnico competente (foi o que o Cruzeiro conseguiu nos últimos 2 anos) para disputar e conquistar títulos. O Palmeiras, tudo indica, está nesse caminho. Até que enfim!!!

tenho certeza que vai dar, temos a mescla necessária, jogadores experientes, craques, novatos com fome de bola e carregadores de piano. Some a isso um técnico(que até onde sei, não é de esquema e da oportunidade para aquele que esta melhor) temos um time bem competitivo. Se vai ser campeão é outra história, mas que esta encaminhado esta.

opa, esta bom, mas pra ficar ótimo tem que largar de fumar…..hahahahahaha

Uma fonte é o Avanti, acabei de me cadastrar, se todo mundo ajudar passaremos o Gremio ainda nesta semana, vamos pessoal, todo mundo um objetivo comum.

Abraços.

A globo é a detentora dos direitos para transmissão dos campeonatos e paga 80 milhões por isso. Sou contra a distribuição das cotas do jeito que é feito, mas não sei até que ponto vale a pena ficar fazendo pirraça com eles. Acho que antes de querer sair peitando, temos que ganhar uns títulos e aí sim ter alguma barganha para peitar alguma coisa.

Deixei o cigarro no final de 2013 também, com algumas recaídas em churrascos e grandes eventos apenas! Sobre o time falta Arouca e um Meia, aí pode fechar o 1 semestre!

larguei antes da copa de 2010 senão me engano, foi uma das melhores decisões que tomei. Sobre o time, com a chegada do Arouca as contratações (acredito eu) se encerram. O s caras agora te que jogar, para ai sabermos em qual setor vamos precisar de reforços. abração

Os comentários estão desativados.