Categorias
Opinião

Opinião: de novo, o modelo está errado!

 

Por Vicente Criscio

Em uma semana curta onde a notícia mais frustrante para alguns palmeirenses foi o rebaixamento da Escola de Samba Mancha Alviverde com um tema para nós altamente sensível (falo do Centenário), o que chamou atenção foi a nota na imprensa sobre a ação que o candidato derrotado à Presidência do Palmeiras fez contra o clube por causa de duas quadras de tênis que deveriam ser instaladas no clube pós reforma (leiam mais no Lancenet.com clicando aqui).

Pessoalmente reprovo esse tipo de ação, ainda mais pelos motivos apresentados. Pescarmona errou feio.

Mas nesse caso minha opinião é irrelevante.

O que julgo mais importante é o simbolismo que isso tem. Tudo que gira em torno do Palmeiras hoje tem uma parcela enorme de “política”.

E isso não ajuda – e muitas vezes atrapalha – o “Palmeiras futebol”.

Senão vejamos: são quantos milhões de torcedores mesmo? 16MM?

São quantos títulos brasileiros? Oito? Uma Libertadores e incontáveis finais? Um Mundial de 51?

Nem serei deselegante em perguntar quantos títulos de tênis temos ou mesmo quantos entre os 16MM de torcedores são aficionados pelo tênis (eu sou um deles hein?). Nem quantos são praticantes (também jogo tênis por hobby, que fique claro).

Mas quando um tema desses chega nas manchetes de sites esportivos, tomando o tempo e a atenção de uma das lideranças políticas da SEP e colocando no outro lado da ação nada menos que o Presidente da instituição, é sinal que tá tudo errado.

O modelo está errado! Como venho falando aqui há… 8 anos.

O modelo que mescla o clube social com o futebol está errado. O condomínio com a paixão/negócio (esse termo foi cunhado aqui hein? lembre-se disso).

Duas semanas atrás tivemos uma eleição para Conselho (onde eu fui eleito sem frequentar o clube, graças a torcedores que também são sócios) onde ficava explícito essa mistura. Era Mustafá pedindo voto prá candidato; era o Presidente fazendo o mesmo; eram outros líderes políticos procurando voto para Aldo Rebelo e cia; era vereador botando grana alta prá sua campanha; era modelo na porta de fora com santinho; e até meu ídolo no passado, Edu Bala, com camiseta apoiando sei lá quem. Sem falar na descarada distribuição de ingressos de muitos ligados à situação.

De novo: o modelo está errado!

Enquanto não chegar o voto do torcedor prá Presidente e a separação de verdade (jurídica, financeira, e de gestão) entre o clube e o futebol, vamos continuar brindados por esse tipo de situação.

A separação permitiria que o Presidente do Clube Social discutisse e entrasse até na justiça com um dos líderes de qualquer grupo político do clube social, para chegarem a um bom termo sobre quadras de tênis, de bocha, sauna ou playground. E seria um problema deles.

O futebol deveria estar blindado. Um “Presidente” de um “Board” com bem menos que os atuais 300 conselheiros  deveria se preocupar apenas em garantir a governança. Uma diretoria executiva, esta sim, com autonomia, poderes e deveres, deveria estar responsável pelo futebol, preocupada em ter um elenco competitivo, gerar receitas, potencializar a arena, e preocupada em ganhar campeonatos e com os bastidores do futebol. Uma diretoria executiva nunca deveria estar exposta aos políticos. Deveria ter direitos e deveres. Ser remunerada.

E o clube? Deve ter sua gestão independente. Entregar os serviços prometidos ao sócio. Ser auto-sustentável. E pode ter um gestor profissional. Ou não. Aquilo que couber dentro do modelo, orçamento e proposta de valor de um clube social. Mas de forma separada do futebol.

Por isso, de novo, o modelo é outro. Este que está aí, está errado!

Mas quem se habilita a mudar o modelo?

Boa semana.

29 respostas em “Opinião: de novo, o modelo está errado!”

Vicente. o tal de EDSON deve ser mais um NOBRETE puxa-saco e maria vai com as outras e se puxar, deve ser militante do PMDB—–ou seja –se ha governo então sou á favor !!!

Vicente, a separação Futebol/Social será o melhor caminho. Lógico que não será nada fácil “colocar” na cabeça dos associados o modelo, mas precisam levar isso adiante. Temos Conselheiros reeleitos que concordam que esse é o melhor caminho, espero que consigam êxito. Concordo com a opinião e tbm com os comentários do Zago, Cláudio Baptista, Milito e Franceschini.

Mais uma clara, direta e excelente coluna Vicente.
Não adianta atacar, defender, justificar nomes… personificar a discussão é tudo que os acomodados dirigentes/conselheiros atuais querem. Primeiro por incapacidade e preguiça de discutir as coisas no Palmeiras de uma forma mais profunda e segundo por interesse de manter a conversa rasa e continuar com seus benefícios e pequenos poderes.
Você esta corretíssimo, PRECISAMOS MUDAR O MODELO !!!
Gde abraço,
FC

O CRISCIO ja deu a devida resposta ao “nobre”EDSON PEREIRA. Pelo que vc escreveu “nobre” EDSON nao conhece minimamente o VICENTE. Aproveite umas horas do seu precioso tempo e va conversar com o CRISCIO. Certamente vc deixaria de escrever tantas asneiras e entenderia as propostas de quem so quer PROFISSIONALIZAR A GESTAO DO PALMEIRAS. Desculpe sugerir isso a vc. Mas como PALMEIRENSE que somos ( creio que vc seja) todos queremos o BEM DO PALMEIRAS. Ou sera que não?? O mumu por ex quer o bem dele e dos apaniguados. Tenho certeza que vc não faz parte desse clã dentro do PALMEIRAS. Insisto. Va conversar com o CRISCIO.

Quem fara essa transformaçao no PALMEIRAS? Aquele que tem PROJETO e sabe como fazer. Vejo com muita clareza um nome em condiçoes de levar isso adiante. O nome é ele mesmo… VICENTE CRISCIO. Esse é o caminho para a modernidade do PALMEIRAS. Esse é o caminho para transformar a gestão do PALMEIRAS. Esse é o caminho para fazer o PALMEIRAS ser PROTAGONISTA em TUDO. Simples assim…..

Sim Criscio…. são 8 anos que acompanho o 3VV e todo aquele que assim o fez sabe a fórmula para o Palmeiras sair do círculo VICIOSO e entrar no círculo VIRTUOSO…. a segregação da parte social do futebol. Pra isso tem que corrigir a falácia do conselho dos 300 arbitrar os candidatos … tem que para de pensar no “eu” e pensar no todo…..e outra coisa que me incomoda muito é que não temos nem condições de transformar a Arena num caldeirão….. as várias torcidas do Palmeiras não se entendem na hora de cantar e vibrar como nosso hino diz…. quando uma começa um grito a outra quer sobrepor a sua “canção”… é até nisso temos divisão…….. é ….. como se diz na “casa de Irene”

Bom já dei minha opinião sobre o assunto no post sobre o Gj. O texto mais uma vez é certeiro. O que não da é para toda hora ficarem alimentando a imprensa com ‘fatos” inúteis.Mais uma vez, se remássemos todos pro mesmo lado, seriamos mais fortes do que já somos, seriamos imbatíveis. Hoje ganhamos de 3×0

se o problema fosse só o mumu… seria tao bom…. tem muitos alem dele que nao querem mudar nada.. o jeito é o exposto por um colega acima… ser socio… tentar levar amigos que tenham ideias modernas para ser socio.. e esperar os vovôs irem conversar com sao pedro…
nao sei se eu verei isso.. espero que meus filhos/netos vejam…

Mustafá Contursi morreu????

Não???? Então pode esquecer que o condomínio Palmeiras Residence Club continuará no amadorismo de sempre….

E para não esqueçamos disso, a Tigre (tubos e conexões), através daquela propaganda onde condôminos brigam entre eles, está sempre nos lembrando de como somos e seremos por muitos anos.
Até o dia em que a morte desses velhos e mamadores das tetas do Palmeiras leve embora todos eles e seus respectivos filhos, caso forem manter o amadorismo de seus velhos pais e conselheiros vitalícios….

Concordo em grau gênero e número. Parabéns, você sempre preciso e conciso, graças a Deus que se reelegeu como conselheiro pois com você e mais meia dúzia de abnegados é que nos faz crer que exista uma luz no final do túnel…..

Separar juridicamente social e futebol e voto de.socio torcedor? Desculpem-me mas não vai rolar. Os sócios deveriam aprovar tal mudança e isso para mim é impossível.
A melhor solução? Vc quer participar em eleição para votar e ser votado? Dirija-se à Portaria da Matarazzo, pegue uma ficha de adesão, preencha, pague a taxa e seja sócio. Espere as carências, pagando as mensalidades.
Aproveite e leve com vc amigos e familiares.
Essa é a verdadeira solução.
Ha… Antes que me perguntem, sim, concordo com o Criacio.
Se tivesse a possibilidade de tal coisa, usaria a grana da mensalidade para aderir a um plano melhor no ST.

Criscio, lembro que no ano retrasado surgiu o presidente do CD capitaneando uma reforma estatutária. Como ficou isso? Dormindo em berço esplêndido? Alguma esperança de alguém propor essa separação e o direito do ST? Agora que temos uma base sólida poderia ser apropriado, embora as velhas raposas certamente relutem em largar o osso.

É bastante ridícula o pronunciamento deste conselheiro Vicente Criscio. o senhor apoiou incondicionalmente este Pescarmona para Presidencia do Palmeiras. O senhor não sabia quem estava apoiando? Por que a critica agora? Está surpreso?
O senhor deveria dar graças a Deus que apareceu um palmeirense disposto a reequacionar uma divida feita pelos seus amigos, Criscio, em mais de 150 milhões. O Paulo Nobre esta salvando o palmeiras, louvável a atitude de usar seus credito para o palmeiras pagar menos juros. Isto deve gerar uma economia de mais de 2 milhões por mês. É um patrocínio máster por ano. Além de alongar o perfil da divida que facilita o palmeiras investir em futebol.
O cara ta conseguindo mudar a cara do palmeiras da forma certa e sustentável e me admira muito não contar com seu apoio. Politica meu amigo é a alma de qualquer negocio. É preciso conviver com os diferentes e muitas vezes o ideal na politica é escolher o caminho possível para se encontrar o sucesso. E seu caminho para o sucesso para o palmeiras já esta demonstrado. Acho que dispensa mais comentários, basta ver o candidato que o senhor apoiou nas ultimas eleições. Enquanto um mete a mão no bolso para investir no time o outro fica com picuinha de quadra de tênis. é triste.

Edson não te conheço e portanto não serei deselegante com vc. Da mesma forma exijo respeito comigo.

Aos fatos.

1. Não apoiei o candidato Pescarmona. Fui convidado a participar em sua campanha e declinei por motivos pessoais.

2. Votei contra o Nobre. Como o Pesca era o candidato votei nele. Se fosse um cone eu votaria no cone.

3. Por quê? Porque no biênio 2013-2014 PN foi o pior presidente da história palmeirense. sua administração foi fraca, covarde, pequena. Se aliou a Mustafa Contursi. E não se iluda: o ex presidente manda muito ainda lá. Por culpa do atual Presidente.

4. Sobre o Presidente colocar dinheiro e ser dono de jogador eu julgo isso um dos maiores erros e afrontas ao Palmeiras. Precisar de um mecenas para colocar dinheiro no clube? Por favor isso é uma vergonha. E contra as regras de boa governança. E nem sei se é contra o estatuto uma aberração dessas. Um Presidente não está lá pra colocar dinheiro. Esta lá pra dar condições de crescimento sustentável. Ele fez isso? Claro que não. Alongou a dívida mas não diminuiu a dívida. O futebol ainda é deficitário. Quase caímos em nosso centenário, que por sinal passou em branco. E passou 2 anos sem gerar receitas.

Esse ano parece melhor? Sim. mas não apaga o passado.

Se vc concorda com e essa gestão, boa sorte. Somente não me desrespeite. Não me coloque na mesma vala comum de políticos que querem se perpetuar no poder pode carência ou interesse. Estou fora dessa.

Abs

Vicente Criscio

Caro Edson
O que é ridículo é termos Mustafa e seus amigos, bem como vários conselheiros que se vendem por uma rodela de salame dando palpites no futebol profissional.

Edson, o que entendi do Criscio foi que ele é contra ao “modus operandi” da atual governança de condomínio, ele não está citando apoio ou campanha política do Pesca, o Nobre, Musgambá ou qualquer outro político… Achei péssimo o biênio 13-14, o Nobre deu “sorte” de ter um Valdivia de volta para conseguir mais 20 pontos no último BR (e ainda não caímos por incompetência dos outros), pelo contrário estaríamos na série B hoje afundado em dívidas, sem um time descente, com rivais tirando sarro do “Guarani da Capital” e sem patrocinio nenhum. Ou seja, seu “plano” de governo teria virado farinha e nada das perspectivas que temos hoje estariam acontecendo. O Palmeiras não pode ficar na sorte do destino, na dependencia do empate do rival, somos maiores que isso e nossa política não pode (nem deve) atrapalhar… Condomínio Palmeiras tem SCCP, SPFW frequentando, o futebol são sim 16 MI de apaixonados! Concorda?

Caro Edson, um amigo acima perguntou quantos são os atuais conselheiros que partilham com a opinião do Criscio.
Eu diria que do universo de quase 300, uns 10 a 15 concordam. Outros 200 tem berço no social e os demais não entendem por fatlta de capacidade cognitiva.
Pergunto. EM QUAL DESSES GRUPOS VOCÊ ESTÁ INSERIDO?
Abraço

Quer dizer, caro Edson, que seu ídolo Paulo Nobre está salvando o Palmeiras? Política é a alma de qualquer negócio? É de pessoas assim como você, que o Palmeiras NÃO PRECISA, pois já temos gente demais com esse pensamento ridículo lá dentro. Abraços!!!

Tu és um analfabeto funcional. Teria mil adjetivos para mostrar que suas orelhas lhe tampa os próprios olhos mas vou poupar seu tempo de lê-las..
Sendo assim, apenas lembro-lhe que Paulo Nobre foi vice presidente 2010/12 do Belluzzo e que era apoiado por Pescarmona.
Hoje ele recebe apoio de Mustafá, Gilto Avalone e tantos outros arcaicos diretores e conselheiros que há anos destroem o Palmeiras.
Portanto, caro Edson Téo Pereira, vá comer seu capim que seu problema é fome.

VICENTE ROBERTO CRISCIO
APLAUDO DE PÉ AS LINHAS ACIMA, ESCRITAS POR VOCÊ E PUBLICADAS NO 3VV NO DIA DE HOJE
O artigo mais lúcido, correto e sensato que li nos últimos 20 anos sobre a SEP.
TODOS NÓS TEMOS A OBRIGAÇÃO DE DIVULGAR ESTE ARTIGO.

e famoso samba de uma só letra, porém falta o compositor para mudar a letra! Por conveniencia, e claro para manter seu “poder” nas alamedas. Bom Domingo!

Os comentários estão desativados.