Categorias
Futebol com Números

Hora de mudar?

Felizes AlviVerdes, depois de uma vitória com V maiúsculo, com direito a um golaço no caçador-de-borboletas-mor todos nós estamos felizes, aliviados e com aquela certeza que o time deve evoluir o suficiente para disputar os títulos deste ano.

Parece que finalmente as coisas voltaram ao normal, não? Quero dizer, que o Palmeiras, na nova e maravilhosa Arena, voltou a ser o Protagonista! Até mesmo as notícias na mídia tradicional tem um tom melhor e mais respeitoso.

Bom, seria a essa a hora de incluir mudanças significativas?

Alguns Palmeirenses devem estar se perguntando se o espírito “predador” baixou e nada parece bom.

Não, não é nada disso.

É que simplesmente é mais fácil mudar quando as coisas vão bem do que quando vão mal.

Simples assim.

Agora que todos já conseguiram perceber como a Arena irá alavancar as receitas para o clube (alguém ainda acha que é um mau negócio?) não seria o momento de mudar o relacionamento com a WTorre e buscar uma verdadeira parceria em que os dois lados ganham?

Agora que todos perceberam como uma estrutura minimamente profissional consegue montar um time competitivo não seria a hora de finalmente separarmos o clube social do futebol?

O Palmeiras se encontra hoje em uma daquelas situações curiosas. Antes o Palmeiras precisava caminhar muito para se alcançar o mesmo patamar que os principais adversários. Hoje, onde pelo visto já estamos no mesmo patamar, é preciso apenas um pequeno passo para ficarmos à frete.

Vamos aproveitar o bom momento e realizar as mudanças que nos colocarão à frente dos nossos adversários de maneira irreversível?

Saudações AlviVerdes

* Luís Fernando Tredinnick escreve às sextas-feiras no 3VV explicando a quem conhece, e a quem não conhece, os números do futebol

37 respostas em “Hora de mudar?”

Sou a favor de separar, desde que o social “ande com suas próprias pernas “, dinheiro do do futebol só pro futebol.

Depois de mais de 40 anos acompanhando o Palmeiras nos estádios, deixei de ir ao futebol. Não vou a estádio há 12 anos, nem pretendo voltar, se for para ver times ridículos como o Palmeiras vem apresentando. Não conheço a nova arena. Se depender dos times toscos que o Palmeiras vem apresentando, ficarei sem conhecer a nova arena. Quero ver time bom, estádio não me interessa.

Independente de time que jogue, o Allianz Parque merece ser conhecido só pela sua beleza e pela sua modernidade.
Sugestão ao amigo: Pode aproveitar o jogo de hoje (homenagem ao Alex), onde teremos grandes craques, e conhecer a melhor arena do Brasil, talvez do mundo!!!!!

Separar o clube social do futebol??? Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Acordem!!! Jamais vão deixar isso acontecer. Pois, e’ por aí que mamam nas tetas. Se antes, com menos $$$, já lutaram bravamente pra deixar como esta’, imagine agora com mais $$$ nos cofres??? Só se a torcida invadir o clube e expulsar essa corja de lá. Essa balela que vão mudar via “acordo” ou pelo voto, e’ pura fantasia. A máfia lá dentro esta’ bem armada, e são os mesmos… que estão lá há várias décadas e dominam o tal conselho.

Mas é por isso mesmo, que o vice do são paulo disse que é inadmisivél perder para o Palmeiras . Um clube reconhecidamente por sua bagunça politica por seus advérsários !!!

Leiam isso e vejam porque o Palmeiras é um fenômeno.
Pesquisa do Google coloca o Fla como time mais procurado no RJ
A pesquisa levou em conta apenas as consultas feitas por moradores da capital; Rubro-Negro aparece como o time mais procurado; Vasco e Palmeiras completam o Top 3
Compartilhe: Link: RADAR/LANCEPRESS! – 22/02/2015 – 15:13 Rio de Janeiro (RJ)

Flamengo foi o time mais procurado pelos cariocas (Foto: Wagner Meier/LANCE!Press)
O Google divulgou uma pesquisa com os itens mais procurados pelos moradores do Rio de Janeiro. E, como não podia deixar de ser, o Flamengo foi indicado como o time mais pesquisado pelos habitantes da capital fluminense. A pesquisa levou em conta os times procurados entre janeiro de 2014 e janeiro de 2015, e, por conta da política interna, o Google não divulgou o número total de pessoas que usaram o serviço.

Em segundo lugar ficou o Vasco da Gama. Até aqui, nenhuma novidade, se tratando das duas maiores torcidas do Rio de Janeiro. É no terceiro lugar que vem a primeira surpresa. O Palmeiras é quem aparece na posição. A quarta posição está novamente um carioca, o Fluminense. O Botafogo, por outro lado, não aparece entre os oito times rankeados pelo Google. Os gigantes europeus Real Madrid e Barcelona também ganharam espaço nas pesquisas dos cariocas.

Confira abaixo o ranking completo divulgado pelo Google.

1º – Flamengo
2º – Vasco da Gama
3º – Palmeiras
4º – Fluminense
5º – Corinthians
6º – Real Madrid
7º – Barcelona
8º – Cruzeiro

Uma pergunta em caso de separação que eu gostaria de saber a resposta; O estádio, é do clube ou do futebol?

Essa pergunta é fácil de responder. Sim!!! O que mais eu espero é que esse nossa boa fase, não seja uma fase e sim algo perene. Quero ver o Palmeiras disputando títulos sempre!!! Ganhar ou perder, é consequencia. Mas disputa-los é o minimo que se espera do Palmeiras com as ferramentas que hoje tem na mão. Eu não tenho nenhum problema em reconhecer e dizer ao Paulo Nobre hoje Parabéns por isso início de 2015, tanto no campo como fora dele, mas… e tem sempre um mas, a unanimidade é burra, portanto ele realmente ele ser “o” presidente do Palmeiras falta:
a) Reforma do Estatuto, separando Clube do Futebol. b) Permitir que os socios do Avanti votem para presidente. c) Criar um plano de recuperação do nome Palmeiras na midia de curto, medio e longo prazo para que o numero de torcedores cresça. d) Consolidar a marca Palmeiras no mundo Digital preparando o “palmeiras.com” como um gerador de novas receitas além de obviamente, trazer a WTorre para o Business já que temos 30 anos pela frente.

Muito a ser feito. Mas vamo que vamo.

Atenção Nobre, além da placa entregue ao Robinho e ao Alex, deveria mandar uma para o Minto, em agradecimento, obrigado Rogério Ceni. kakakakaka
E a cara do Mujica (Murici), meu Deus, não será dengue???

O Zé Roberto deveria ter dito naquele dia da preleção no vestiário: “Quero que você bata no peito e diga: O Palmeiras é grande, APESAR DAS SUAS DIRETORIAS”.
Na boa, para quem não é sócio do clube (sou Avanti), é um pouco frustrante ficar vendo essa eterna discussão sobre futebol vs clube social… pelo amor de Deus!!! Separa logo isso e exijam contrapartidas financeiras se for preciso (sei lá, compromisso de investir 5% do lucro do futebol no clube, SE HOUVER LUCRO, ou algo nesta linha).
Precisamos blindar o futebol (maior ativo do clube) de qualquer outro tipo de interferência amadora. Focar somente no futebol, montar equipes que ganhem títulos e, aí sim, nos vangloriarmos de termos o Allianz Parque, o Estádio mais bonito, cheio e rentável do país, onde não por acaso joga um TIME COM VOCAÇÃO DE CAMPEÃO.
Enquanto isso, fico torcendo para começar o Brasileiro para eu poder assistir o Verdão aqui no Maraca, porque tá osso pagar passagem aérea para ir para SP numa quarta-feira.
Abs aqui do RJ, a cidade com mais palmeirenses no mundo, fora do Estado de SP.

Diogo Sapia: sinceridade, eu não o vi jogar, mas dizem os comentários que o menino entende da risca. Como estamos bem financeiramente, seria mais um chapéu no Vaidar, aquele que disse que o verdão apequenou. Abraços.

As imagens internas do Allianz Parque na tv são bem mais bonitas do que a do obscuro Itaquerão. Acho que a RGT deveria rever seus conceitos. Até quem não torce pra time algum e assiste a uma partida por assistir consegue enxergar isso. É muito melhor transmitir coisas bonitas aos nossos olhos e, que nos atraem, do que coisas menos bonitas.

Sugestão ao amigo: Pode aproveitar o jogo de hoje (homenagem ao Alex), onde teremos grandes craques, e conhecer a melhor arena do Brasil, talvez do mundo!!!!!

Eleições diretas, já!!
Separação profissional do futebol do clube social (piscinas, tênis, sauna, peteca, playgroud, etc.).
Fim de conselheiros vitalícios e suas boquinhas para mamar.
Reforma Estatutárias, já.

Quando se propoe a mudança no MODELO DE GESTAO DO PALMEIRAS parece que é coisa de terrorista, golpista ( o PT gosta desse termo para atacar os adversarios) ou algo do genero. O que se propoe, segundo meu entendimento, é MODERNIZAÇAO, PROFISSIONALIZAÇAO na gestão do clube. Isso ja deveria ter acontecido. Considerando o momento favoravel para concretizar essa necessidade do clube concordo em genero, numero e grau com o Tredinnick. O grande problema é o na citado…. o PN quer isso?? o mumu vai DEIXAR??? Sempre os paquidermes emperrando os avanços. Ate quando????

Meu caro, muita gente boa que tenta mudar o país pra melhor com por exemplo aqueles política de participação social, foram chamados de terrorista por dem, PSDB e outros.. Não sou petista, mas acho um atraso esse pensamento de que o pt é o mal do Brasil. O mal do Brasil é a hipocrisia e falta de educação política.

Penso o mesmo em relação a politica nacional. Agora, por uma orquestração da mídia conservadora, tudo de errado no Pais e’ culpa do PT. Nosso estado (SP) esta’ uma MERDA, e faz tempo…só que a grande mídia protege os parceiros tucanos. Nem precisa ter mais que 2 neurônios pra sacar isso. Infelizmente estão destruindo a nação pra voltarem ao poder. E essa politica do caos, ódio, não e’ melhor caminho, e o tiro poderá sair pela culatra. Pois, a disputa será contra o Lula. A Dilma esta’ servindo de saco de pancadas por ser mulher, e por ela não ser política de carreira. E com Lula será bem diferente, pois, o mesmo enfrentará e subirá o tom, coisa que a Dilma não faz. Eu só sei que em tucanos eu não voto nem a pau. Pois, sei como des(governam). Imaginem essa máfia dominando o País novamente, e ainda tendo a grande mídia a tiracolo, as tvs, MP e justiça os favorecendo? Nossa!!! Seria o fim.

Meu caro, muita gente boa que tenta mudar o país pra melhor, com por exemplo aqueles que defendiam a política de participação social, foram chamados de terrorista por dem, PSDB e outros.. Não sou petista, mas acho um atraso esse pensamento de que o pt é o mal do Brasil. O mal do Brasil é a hipocrisia e falta de educação política.

Mudar não, lapidar. Melhoria constante, continuidade nos planejamentos em atividade, sem mudanças bruscas no rumo. Meu medo é daqui dois anos, aparecer um candidato populista q só faça cagadas por achar q sabe muito de futebol. O Palmeiras precisa pensar pra ontem, na formação do profissional q substituirá o Mattos qdo ele sair, já q veio com ambições de seleção, e chegará ´lá naturalmente.

Sabe como acabar com esse medo Reinaldo? Com a completa profissionalização e separação do clube social em relação ao futebol. Com uma Governança que evite esse tipo de receio que vc e outros palmeirenses têm. Entretanto o Presidente PN é contra isso. Por que? A hipótese de alguns amigos é que ele acredita que isso é desnecessário pois vai ficar nesse poder por 10 anos e não precisará dessa nossa governança. Por isso aqui no 3VV não somos contra PN, ou contra Pescarmona, ou contra Mustafá. Somos contra ESSE MODELO que não dá garantias que um ciclo virtuoso se perpetue. Abraços.

Fato!!!! A constatação de que isso colocará o time na ponta por dezenas de anos. Por que se nada for feito, perderemos o bonde como perdemos com a Parmalat, que trouxe modernidade mas o medo de perder as boquinhas fizeram tudo voltar ao amadorismo de sempre.

Xará, esse desenho deve ser enviado aos retrógrados conselheiros. Desenhando assim, é capaz deles entenderem o que de fato é necessário para sermos um clube moderno, rico e de ponto no cenário do futebol mundial.

Ja falei isso mais de uma vez aqui, imagina um presidente de torcida, não vou mencionar qual, eleito presidente do Palmeiras. Tem condições???….Sem contar que já fico imaginando a mesma situação do Brazil, neguinho se utilizando do poder em benefício proprio e o país, no nosso caso Palmeiras, que se exploda.

O que reza no estatuto do clube para essa mudança? Deve ser mais ou menos 100% de votos. (rsrsrs). Isso seria a tacada da bola 7. Por enquanto conversar com a WTorre, rever as participações, tudo em paz e numa boa, já seria um passo importante. Eles tem o contrato, nós temos a torcida e público para encher a arena. Temos que fazer o clube ser mais participativo em eventos sociais, melhorar ainda mais nossa mídia e também criar novos instrumentos, ações, para manter nosso crescimento no Avanti. É isso: o futuro nos aguarda. “Vem vamos embora, que esperar não é saber, quem sabe faz a hora, não espera acontecer”. Saudações.

Sábias palavras do autor!! Não podemos nos resignar e achar que agora tudo exumação mar de rosas! Vencer um clássico é maravilhoso, mas não vencemos o campeonato e é isso que importa!! Não basta termos um programa de sócio torcedor bombando se não temos o poder de decisão sobre o futuro do clube!!! Precisamos de uma gestão profissional muito mais profunda do que essa, comparável ao da gestão do nosso estádio!!

Passou da hora de mudar! Mas sabemos que, infelizmente, a política ainda impera no Palmeiras, que para a maioria que ali está, os interesses pessoais estão à frente dos interesses do clube. Quem sabe um dia conseguimos nos livrar dessa ala de incompetentes e sanguessugas, para enfim podermos voltar a ser a maior potência do futebol nacional (e talvez até internacional).

Para mim, a maior mudança que deve ser feita é priorizar sempre a QUALIDADE, dentro e fora de campo. Em todos os setores, sai uma coisa ou alguém, tem que vir uma coisa ou alguém melhor do que aqueles que saiu. E tudo com muito estudo e planejamento.

Concordo plenamente, Tredinnick. Hora da atual gestão arregaçar as mangas e inicar o processo de revolução no Palmeiras. O cenário é amplamente favorável. Só não sei se o pai do nosso presidente vai deixar, se é que me entende.

Concordo plenamente Luiz. Só que precisamos ganhar um título, realmente lavamos a alma contra os bambis. Mas não adianta achar que só essa vitória já é suficiente.
Estamos com a faca e o queijo na mão. Basta o Nobre sentar com o WTorre e aí estamos feitos.
E os bambis hein, o Mujica entregou o cargo, e eles não aceitaram.
Porque não colocam o Narizudo de técnico, pois o cara é comédia.
Alguém viu o Travec???
Atenção Matos, contrata o Natan e vamos dar mais um chapéu no Vaidar.

“Vamos aproveitar o bom momento e realizar as mudanças que nos colocarão à frente de nossos adversários de maneira irreversível”. Essa frase diz tudo. O Palmeiras está, no momento, por uma conjunção de fatores, diante de uma oportunidade rara de se tornar hegemônico. Não podemos perder essa chance como a perdemos na Era Parmalat. Para ser hegemônico não basta ser grande vencedor dentro de campo. Tem de ser o protagonista dentro e fora de campo (Arena superior, maior bilheteria, maior número de sócios-torcedores, maiores patrocínios, etc.). De fato, estamos a um passo dessa condição. É só ter competência.

Os comentários estão desativados.