Categorias
Notícias

Tabela do Brasileirão 2015

Saiu a tabela do Campeonato Brasileiro 2015.

A R01 apresenta Palmeiras x Atlético MG no Allianz Parque.

Ainda não tem data definida mas pela tabela mais provável que seja no sábado, 9 de maio, 18:30.

Algumas curiosidades que os amigos do 3VV assinalaram (colaborou Fabiano Riva Gemignani):

– Pegamos o Flamengo na última rodada lá; o Corinthians pega o Avaí;

– Corinthians x Palmeiras no mesmo dia de Flamengo e Fluminense (31/05 e 06/09);

– Interessante os mandos: primeiro deles e depois no returno mandamos aqui;

– SPFC e Santos jogam isolados em duas quartas-feiras (03/06 e 09/09);

– Santos e Corinthians no mesmo dia de Atlético/PR e Coritiba (14/06 e 20/09);

– Palmeiras e SPFC no mesmo dia de Vasco e Flamengo (21/06 e 27/09; Palmeiras e Vasco mandantes juntos);

–  Flamengo e Corinthians com jogo isolado na 13ª Rodada (12/07 e 25/10);

– Palmeiras e Santos e Fluminense e Vasco (19/07 e 01/11);

– Só na 17ª Rodada o SPFC pega o Corinthians; na mesma R17 o Inter pega o Grêmio;

– Cruzeiro e Galo também fazem clássico isolado em 07/06 e 13/09;

– Nós estamos sempre fazendo clássicos nos mesmos dias de times do Rio e isso parece ser bom.

E aí: gostou da tabela? Qual a perspectiva?

Clique aqui e veja a tabela completa.

60 respostas em “Tabela do Brasileirão 2015”

Levi há um filtro para qualquer comentário que tenha uma URL. Por isso entrou desta vez na moderação. Já foi liberado. Abs

Espero que tenha entendido o que comparei. A mancha foi rebaixada por uma jurada gambá. E o futebol tupiniquim hoje é a cara de quem governa o país. E nós não somos o queridinho deles. O time está sendo montado e desses que vieram, apenas os que derem certo ficam, no mais o Mattos fará acertos pontuais. Mas como todo time do Palmeiras, basta uma arbitragem cirúrgica para tirarem a concentração de nossos jogadores. Quem joga e entende futebol, sabe como funciona. O perigo do Palmeiras ganhar um brasileiro, é que a tupiniquim pres…. rgt….. terão que dizer que o Palmeiras será Eneacampeão……. e isso é uma afronta para gambás, bambis…. e rgt.

Mesmo depois de assistirmoss tantos favorecimentos em campo e fora do small club (não pagou imposto de 2010-12 e ainda recebeu um estádio com dinheiro público e patrocínio estatal, a rgt vai pagar 100 milh~øes a mais por cota de tv para eles, as arbitragens como sempre favorecendo estes)………. o mesmo com vrambis e flamrngo…………….. insistimos que basta contratar o messi para sermos campe~øes………… a era Parmalat foi perfeita, mas jamais voltará no país do partido que depenou a petrobrás. Hoje em dia o favorecimento a alguns clubes é feito em aberto mesmo…………….. aguardem o paulo schmidt e o stjd julgarem nossos jogadores por imagens ou telefonemas de gambá que trabalha no ixxportivi. ……….. aguardem as arbitragens cirúrgicas, que irritam nosso time, amarelam nossos jogadores por faltas bobas e dixam bater à vontade neles…….comandada poe sérgio correia…………. será que nem o rebaixamento da mancha no carnaval, não serve para vcs verem o que há muito tempo acontece sistemáticamente com o palmeiras???

Levi, sabe porque o SCCP foi eliminado pelo Boca na Libertadores de 2013? Não, não foi por causa de um pênalti escandaloso não marcado A FAVOR deles (que mesmo marcado, ainda precisaria ser convertido para resultar em gol, certo?), mas porque o time deles já não era tão bom, senão teria feito dois ou três gols e nem precisaria daquela penalidade. Você acha que RGT, STJD e o escambau vibraram com o Cruzeiro ganhando os dois últimos campeonatos brasileiros, mandando o eixo Rio-SP para o segundo escalão? Claro que não, mas eles fizeram o seu trabalho bem feito sem se preocupar com erros do passado. Lembra-se do Sandro Meira Ricci marcando pênalti ridículo no Travecaldo contra os mineiros? O objetivo era ajudar o SCCP, mas aquela derrota na verdade tirou o título do Cruzeiro. Resumindo: arbitragens decidem jogos, sim, aqui ninguém é ingênuo o suficiente para não acreditar nisso (nem para achar que teremos, no Palmeiras ou em qualquer outro time brasileiro, outra Parmalat da vida), mas times bem montados e planejados para suportar 38 rodadas superam inclusive a má fé e a manipulação dos donos do nosso futebol. Insistir que vivemos a draga que vivemos nos últimos cinco anos (pelo menos) somente por causa das “forças ocultas” é passar talão de cheques em branco assinado aos verdadeiros predadores do clube.

Exatamente, Sérgio. Aliás, não algumas, mas muitas, se não em quantidade, pelo menos em qualidade. Vamos lembrar que ainda não ganhamos de nenhum time de Série A no Allianz Parque, então sonhar nunca é demais, mas pensar em “jogo das faixas” justamente contra um dos queridinhos da RGT é correr risco de ter pesadelo acordado…

Geralmente, o BR em pontos corridos e’ decidido nas últimas 5 rodadas finais. Tanto pra ser campeão, quanto pra ir pra libertadores , são nessas 5 que se decide, pois, são 15 pontos em jogo. Caso um time (estando no meio da tabela), ele poderá ser rebaixado ou ser campeão. E vendo a tabela… faz tempo que não temos uma tabela tão boa. E o melhor: não só teremos esses 5 jogos nessa reta final, como tbm teremos jogos onde pegaremos times menores antes dessas 5 decisivas. Vejamos: Da rodada 29ª até 32ª => Chapecoense (F), Ponte Preta (C), Avaí (F), Sport (C). Só depois, na 33ª pegar uma pedreira => Santos (na Vila). Da 34ª a Última, onde poderemos decidir o título => Vasco (C), Furacão (F), Cruzeiro (C) => ESSE JOGO SERÁ UMA FINAL ANTECIPADA, Coxa (C) => ESSE SERÁ O JOGO DO TÍTULO. Notem: Serão 2 jogos seguidos na Allianz Parque…e em um momento extremamente decisivo. E o Flamengo no RJ. ESSE SERÁ O JOGO DA ENTREGA DAS FAIXAS. Mas, pra isso, a Allianz Parque será fundamental. Não poderemos perder pontos pra times menores…pois, são contras os pequenos que decide-se tudo. AVANTI PALMEIRAS!!!

Engano Aldo, os pontos suruoiados nos 1. jogos valem tanto quanto os últimos. É nessa fase que somos mais alvejados.

Aldo, desculpe por discordar totalmente de você. Quando ganhou seu último título brasileiro, o que lhe deu passaporte para a Libertadores do ano seguinte (a qual, infelizmente, também ganhou), o SCCP abriu uma considerável vantagem na tabela ganhando, se não me engano, nove e empatando uma das primeiras dez partidas. Na reta final, mesmo perdendo para América Mineiro e empatando conosco na última rodada acabou com o título. A diferença é que quase todo mundo já esqueceu em dezembro aquele pênalti perdido em maio, aquele gol anulado em junho ou aquele jogo com portões fechados em julho. E é exatamente com isso que contam os autores (ou manipuladores) das tabelas: como um campeonato de 38 rodadas não se decide em uma partida mas em detalhes, o quanto puderem ajudar exatamente nesses detalhes este ou aquele time (na verdade, são sempre os mesmos, certo?) a levar vantagem, eles o farão.

Eu entendo que os pontos do inicio tbm valem…e muito. Mas, quando se coloca Gambás no meio, daí as coisas mudam . Pois, eles são protegidos pelas máfia toda. O que quis colocar e’ o fato das últimas 5 valerem mais e os jogos serem altamentes “convidativos” ao Palmeiras …já que não teremos clássicos no final…exceto contra as Marias Mineiras (que esse ano não mete medo em ninguém). Como por exemplo, não termos que enfrentar nos jogos finais, o próprio protegido Gambá ou Bambi. Quis dizer que dos últimos 5 ou 7 jogos…teremos times menos tradicionais. Mas, claro que teremos que sair vencendo no inicio tbm…como tbm teremos que ter uma regularidade no meio do BR. E pra isso…temos um grande elenco. Apesar que ainda falta um 9 de nível…e o meia Valdivia e’ uma incógnita. Mas, acho que o Palmeiras será um dos favoritos… ao lado de Gambás e Bambis (caso mantenham os respectivos elencos). E vc verá …serão nos últimos 5 ou 7 jogos que seremos campeões…. justamente pelo fato da tabela nos ajudar.

Ano passado, primeira rodada, Atlético Mineiro x Gambás, mando de campo do Atlético, mas como os mineiros cumpriam uma punição do ano anterior o jogo foi com portões fechados, ou seja, campo neutro. Vantagem para os gambás…

Esse ano, primeira rodada, Cruzeiro x Gambás, mando de campo do Cruzeiro, mas como os mineiros cumprirão uma punição do ano passado o jogo será com portões fechados, ou seja, campo neutro. Vantagem para os gambás…

Coincidência?

E tem mais: como já sabia da punição do San Lorenzo, você acha que o “sorteio” da CONMEBOL colocou o “vencedor de SCCP X Once Caldas” para jogar em Buenos Aires na primeira partida do campeão de 2014 em casa meramente por acaso?

Observando rapidamente apenas o primeiro turno, teremos somente uma partida transmitida ao vivo na TV aberta, justamente o clássico contra o SCCP na quarta rodada (ou seja, não passarão o jogo por nossa causa). Outras partidas com potencial de transmissão seriam contra o Grêmio no RS (no mesmo dia de Santos X SCCP), contra o Vasco no RJ (no mesmo dia de Coritiba X SCCP), contra o Coritiba no PR (no mesmo dia de Figueirense X SPFC) e contra o Cruzeiro em MG (no mesmo dia de SPFC X SCCP). Quem achar que marcam alguns de nossos melhores jogos justamente nas mesmas rodadas dos clássicos do SCCP deve acreditar em Papai Noel. E enquanto alguns ficam felizes por tacarem nossos jogos para as noites de quinta, sábado ou domingo (sem o sol que tanto incomoda…), boa parte dos palmeirenses do resto do Brasil que não tem dinheiro para PPV são privados de ver seu time. Quando isso vai mudar?

Só vai mudar quando for renovar o contrato. O Bananone aceitou cotas menores que os gambás e a RGT prefere passar jogos deles. Sugestão: Não assistir jogos que não sejam do Verdão para não dar audiência

Walter, não assisto a RGT há anos nem dependo dela para acompanhar o Palmeiras, tampouco fico vendo jogos dos rivais para secá-los, na verdade quero que todos eles (os rivais e a emissora) se explodam. A questão refere-se aos que não tem esse privilégio. Na época em que o rádio era a “RGT” e divulgava o esporte pelo país, em muitos estados no Norte e do Nordeste as transmissões das partidas do Flamengo e dos grandes cariocas chegavam com maior frequência aos torcedores locais que as próprias partidas dos respectivos campeonatos estaduais, por isso esses times do RJ têm tantos torcedores naquelas regiões. Neste século isso somente piorou, ou seja, muita gente de Manaus não sabe a escalação do Fast Clube, mas diz que “torce” pelo SCCP porque todo domingo ele está na televisão. É a nossa marca que fica escondida, em detrimento de outras que sempre aparecem. Quem conhece a qualidade de um produto acaba comprando-o mesmo que ele esteja escondido nas últimas e menos acessíveis prateleiras do supermercado, mas a imensa maioria das pessoas compra mesmo o que está “á mão”, sempre visível, e com isso independentemente de ser melhor ou não o produto que mais vende pode fazer a médio ou longo prazo com que os concorrentes desapareçam. Mesmo exagerada (o Palmeiras não vai desaparecer porque a torcida é enorme, mas poderá ser um mero coadjuvante que apenas participa como sparring de luxo), essa é a comparação que faço, entendeu?

Não é isso amigos palestrinos. Assim como todos, estou muito esperançoso com esse novo time e essa nova diretoria.
Só acho um desperdício não colocar o Gabriel Jesus, assim como acho o Vitor Luiz melhor que o João Paulo. O Natan é outro que merece chances.

Jogando PES 2015 ontem a noite na minha casa , estou disputando a ” Liga Brasil temporada 2014/2015″ , com o time do Palmeiras , é claro , venci o Inter em Porto Alegre , o Cruzeiro em Minas e as meninas no Morumbi. Pelo menos no PES 2015 está dando certo. Hoje vou jogar a 15a rodada com o Atlético-MG. Palmeiras líder do campeonato com 09 pontos a frente. Abraços a todos.

Vivemos outros tempos , primeiro que não temos um time tão superior aos outros como na época Parmalat, segundo no Brasileiro em pontos corridos e 36 partidas, bastam cartões amarelos distribuídos cirurgicamente, como costumam fazer conosco e mais algumas punições mandrakes do STJD e quebram nosso time, ou pênaltis ignorados em partidas contra equipes retrancadas, podem ir tirando um ponto aqui e dois ali pelicossauro e dar para o outro . No paulista quem não lembra que jogamos melhor que os gambás com 1 a menos, mas nenhuma falta era apitada pra nós e pra eles todas e mais algumas que não existiam, essa história de jogo único sem vantagem favorece a manipulação de resultados. Sem dúvida que um time forte e que marque os gols minimiza tudo isto, mas não elimina essa influência é hoje em dia muitos campeonatos são decididos nos ” detalhes” , pensem nisso…

Marcelo, desculpe a chatice, mas o Brasileirão tem 38 e não 36 rodadas, contra o SCCP não jogamos bem MESMO estando com um a mais (fruto de um lance que se fosse contra nós – goleiro fazendo cera e recebendo segundo amarelo – seria o fim do mundo) e o jogo foi até 51 minutos do segundo tempo, e se tivermos times fortes nem a arbitragem vai conseguir nos tirar as vitórias – quando fizermos por merecê-las, naturalmente.

98 % da torcida palmeirense se recusa a ver que são esses detalhes que nos quebram, independentemente de se ter 1 time forte ou não.

Estou ansioso, nos últimos 3 anos, contra todos os grandes do Brasil ganhamos umas três partidas, tanto fora como em casa, e esse ano já começamos perdendo. Quinze anos atrás, o único time que tinha vantagem no confronto direto contra o Palmeiras era o Internacional de Porto Alegre, hoje, acho que não levamos vantagem sobrou ninguem.

Por conta da história, ainda ganhamos dos rivais e de muitos times, mas já devemos ter sido ultrapassados, por pelo menos mais 2 ou 3. Sobre os gambás temos vantagem de apenas uma vitória, mais duas derrotas e ficamos seremos ultrapassados até por eles.

Lito, desculpe a franqueza, mas essa sua insistência em vir aqui todo dia e pedir o Gabriel Jesus no time tem um nome: cornetagem patológica. Dá a impressão de, como não tem do que reclamar, escolhe um tema… desce a lenha! O GJ vai entrar no time, a seu tempo. Sem queimar etapas. Do jeito que você esperneia, parece que temos o novo Pelé no time e só o OO não percebe… menos né?

Falou e disse!!! É a mais pura verdade.
Ou talvez o Lito seja pai, irmão, amigo íntimo e trabalhe para que o GJ ganhe destaque logo para depois postar no facebook aquela selfie tirada com ele ano passado…kkkkkkkk.
E tem outra, jogar com garotos da mesma idade dele é uma coisa e jogar com experientes profissionais é outra, totalmente diferente. …
Daniel Lovinho tá aí pra não nos deixar mentir……….

Acho que o Osvaldo está correto na escalação do time. O Gabriel |Jesus vai entrar devagar para ir acostumando a enfrentar jogadores mais fortes e tarimbados. Ele já disse várias vezes que o garoto é diferenciado (diferente de outros treinadores que diziam que a base era ruim, porém escalava Rivaldo’s, Luan’s, etc.). Vamos ter calma, pois se o Gabriel Jesus não fizer gols em duas partidas, tenho certeza que muitos que estão pedindo a escalação do garoto, vão cornetar.

Sábado tivemos dois penaltis não marcados e ganhamos. Quando o time é ruim, qualquer chance de gol parece a única e que definiria a partida.

A jogada sobre o Arouca não foi pênalti, ele se jogou quando viu que não alcançaria a bola, e no lance do Cristaldo ele estava impedido. Não ganhar do Capivariano em casa mesmo com a arbitragem contra (o que não foi o caso) ou com qualquer elenco que seja é o fim da linha.

Já estou cansado de ver o fim da linha, todo ano, temos umas dez partidas fim da linha :). E o impedimento não foi dado, logo, o juiz não ter dando o penalti, “errou”.

Não sei se temos umas dez partidas fim da linha por ano, mas pelo menos nos últimas quinze temporadas sempre temos um grande vexame inesquecível por ano (5×1 para o Paraná em 2002, 7×2 para o Vitória em 2003, 6×0 para o Coritiba em 2011, 6×2 para o Mirassol em 2013, 6×0 para o Goiás em 2014 e outros que nem lembro mais, ainda bem). E não vamos esquecer que quando um pênalti, irregular ou não, é marcado, ele ainda precisa ser convertido para se tornar gol, e ultimamente esse fundamento não tem sido um primor entre nossos jogadores. No mais, se precisamos de uma jogada irregular para ganhar do Capivariano em casa (no final não foi necessário, mas poderia ter sido), alguma coisa está errada.

É o que canso de escrever aqui, Sérgio. Em 1971 o Armando Marques nos tirou um título inventando mão no gol de cabeça do Leivinha, e em 1995 o Danrlei socou meio time do Palmeiras no Olímpico e o Rivaldo acabou expulso. Arbitragens duvidosas contra o Palmeiras sempre existiram e continuarão a existir, o remédio para isso chama-se “time forte”.

E mesmo assim, as vezes não dá, como no exemplo que você citou do Rivaldo. Saudades daquele time, o problema ali foi o técnico, era o decadente Carlos Alberto Silva.

Pois é, Elcio, foi exatamente o que quis dizer. Nas épocas da academia dos anos 1970 e na da Parmalat nos anos 1990 tínhamos timaços, perdíamos alguns títulos para outros times que conseguiam eventualmente ser melhores, outros por sacanagem das arbitragens mas ano sim ano não tinha uma taça nova na coleção. Em 1995 especificamente, aquela Libertadores seria nossa caso a direção da Parmalat não tivesse inventado Espinosa e depois Carlos Alberto Silva (depois de levar o segundo gol no Olímpico ele mandou o time para o ataque com um a menos e aí levamos cinco) como técnicos e se o Edmundo não tivesse largado o time no meio da competição para formar o “ataque dos sonhos” que virou pesadelo no Flamengo.

Nenhum time no atual ” sistema” será campeão sem fator extra – campo, não digo que devemos ter favorecimento, mas exigir isenção da arbitragem e do STJD e o mínimo pelo qual essa diretoria deve brigar!

Quem decidirá o lugar do Palmeiras, mesmo contratando Messi e Cristiano Ronaldo será a arbitragem comandada pelo conhecido Sérgio Correia. E estou curioso quando o Paulo Schmidt vai nos tirar mando decampo.

Se o time for realmente bom, pouco importa a tabela. Por enquanto…nos preocupemos com a tabela.

meu primo tá jogando muito, se jogar 20% da bola que joguei vai ser o craque do time fácil…gde abrax do Signorini !

Estamos sem tomar gol a 4 jogos e você ainda quer zagueiro, todos os zagueiros do time nem jogaram ainda, inclusive o Nathan.

Para mim, o zagueiro mais técnico que temos, não tem nenhuma oportunidade, que é o Thiago Martins. Se derem mais oportunidades pra ele, vai virar titular facinho, facinho.

Os comentários estão desativados.