Categorias
Opinião

Os 16 do Nobre

 

Por Rodrigo Barneschi

O discurso é bem ensaiado. Tanto que se adapta aos números e às circunstâncias com extrema facilidade:

“Não governo para dois mil que vão aos jogos do Palmeiras fora de casa. Governo para 16 milhões”.

Paulo Nobre, tentando justificar a obsessão doentia por torcida única em clássicos – e também em outros jogos

“Eu administro o Palmeiras para 16 milhões de pessoas. Não só para 30 mil, 40 mil que vem ao estádio”.

Paulo Nobre, irônico, abusando das habituais falácias e fazendo pouco caso dos 40 mil que pagaram valores extorsivos para ver o Palmeiras disputar a primeira final em sua nova casa e mais ainda daqueles que foram alijados do estádio

Houve o tempo do Nobre choramingando pela falta de dinheiro em caixa. Também o tempo do Nobre que não queria ser refém do centenário – e que quase arrastou clube e torcida para o inferno do rebaixamento. Veio, depois, o Nobre “capacho do MP” – e este continuará na ativa até que seja feita a sua vontade. Este mesmo apostava na tática de maltratar os números para criar falácias travestidas de argumentos. E há agora, na iminência de um título, o Nobre prepotente, que joga aos leões (ou aos peixes, como quiserem) o seu torcedor.

Não, Nobre não governa para os, segundo ele, “dois mil” que vão aos jogos do Palmeiras fora de casa. Tampouco para os “30 mil, 40 mil que vem ao estádio”. Menos ainda para os que não podem arcar com a extorsão nossa de cada semana no novo Palestra. Nobre governa para seu próprio ego e, no máximo, para sua corja de aduladores. Nobre governa para seu irrefreável apetite por dinheiro e, com boa vontade, para uma meia dúzia de asseclas.

Meia dúzia? Melhor seria dizer 16. Os mesmos 16 que apareceram ao lado do mandatário alviverde em um confortável camarote no estádio de nosso maior rival, em foto que circulou livremente pelas redes sociais. Não, não vou aqui publicar a imagem em questão, mas os 16 que ali aparecem, ao lado de um Nobre com a língua de fora, são os cúmplices que dizem amém para todas as atrocidades que vêm  sendo cometidas por esse sujeito contra a Sociedade Esportiva Palmeiras e contra sua gente.

Por sinal, cabe repetir que a ida de 1.886 representantes de verde ao estádio de Itaquera ocorreu contra a vontade de Paulo Nobre. Só fomos até lá porque avalizados por Mário Gobbi, presidente do SCCP até a véspera do dérbi ocorrido em nosso estádio em fevereiro. Foi Gobbi que, ao bater o pé em entrevista coletiva na antevéspera do jogo, garantiu a presença de 1.500 visitantes no nosso estádio e, de quebra, assegurou que pudéssemos ir a Itaquera dois meses depois.

Se dependesse de Nobre, o Palmeiras não teria tido sequer um torcedor no Itaquerão. Nossos atletas teriam entrado em campo diante de 40 mil inimigos, sem qualquer respiro em meio a uma pressão que viria de todos os lados. Não se ouviria um grito sequer de incentivo às nossas cores, os jogadores não teriam para onde correr na hora da comemoração, não haveria nada – a não ser uma pequena corja reunida em um camarote escondido – a representar 16 milhões em meio à massa adversária. E nada disso aqui teria acontecido.

Fomos, 1.886, até território inimigo de trem e caminhando 8km na ida e na volta, sob chuva. E faríamos tudo de novo, porque é nosso direito e nosso dever. Mas, no que dependesse de Nobre e de seus asseclas, o Palmeiras seria representado no Itaquerão – e em outras canchas – por aquele pequeno grupelho que tomou o poder para achacar a torcida semana após semana.

Esqueçam os 16 milhões do discurso falacioso.

O ego de Nobre enxerga toda essa gente como cifrões.

Daí então que, na base do “eu acho”, “eu penso”, “eu acredito” e “eu quero”, responde às demandas da torcida com ingressos a obscenos R$ 88 para ver um jogo no telão, ignora as manifestações populares e perpetua uma sequência de atentados contra o palmeirense: como se não bastasse o ingresso a R$ 210 para a finalíssima (e eu venho fazendo esse alerta há meses), Nobre coloca em risco os palmeirenses que terão de ir comprar os bilhetes logo na casa do rival. Uma temeridade sem tamanho.

Mas não há de ser nada; o que importa, para Nobre, é colecionar recordes de arrecadação, vomitar discursos falaciosos e prepotentes para refutar manifestações em contrário e, claro, encher o camarote com seus aduladores.

###

Ao zelador – e ele vai entender:

Enquanto uns trabalham e cuidam de suas vidas, há os aduladores que, revestidos de pequenos poderes, se sentem no direito de proclamar vantagem a partir de coisas ainda menores.

###

Pouca gente viu, mas…

… faltava ainda uma hora para o jogo do último domingo quando um representante do Choque entrou no gramado do nosso estádio. Vestia a mesma farda que vestiam os bravos, valorosos e destemidos homens que massacraram a nossa torcida no último dia 8 de fevereiro. Era também a mesma farda dos bravos, valorosos e destemidos homens que agrediram um dos nossos no Itaquerão, um domingo antes. Sua imagem apareceu no telão. Ele segurava um diploma ou algo que o valha. O sistema de som não funcionou bem e não foi possível entender exatamente o que ocorria, mas fato é que houve uma homenagem a um homem do Choque (que, imagino, representava a instituição) dentro da nossa casa, diante dos olhos de muitos que foram massacrados no dia 8 de fevereiro. Foi quase um salvo-conduto para que os bravos, valorosos e destemidos homens do Choque descessem a porrada nos nossos.

***
Nota do editor: o 3VV caracteriza-se pela liberdade de expressão e pela diversidade de opiniões.
O post acima expressa exclusivamente a análise e visão do autor sobre o tema.
Seu conteúdo não necessariamente coincide com a opinião dos demais colunistas do site.

105 respostas em “Os 16 do Nobre”

Nunca antes na minha vida vi um presidente ajudar tanto um clube como o Paulo Nobre!
E olhem que eu era contra ele

Eu ainda tenho dúvidas no Paulo Nobre e também na parte de emprestar dinheiro pro clube em seu nome que para mim isso pode comprometer as finanças do Palmeiras (mais de R$ 150 Milhões de reais é osso)!!!

Uma pena que seja dado espaço pra esse tipo de texto num momento tão importante pro palmeiras. Hoje sou 100% nobre e 100% a favor de cada um dos que estão representando nossas cores nessa final, que embora insignificante pra muitos, é importantíssima pra esse projeto de reconstrução de um palmeiras que volte a ser grande.

Essa é a principal razão de não aderir o avanti, não posso votar no presidente, logo sou obrigado a bancá lo não podendo se quer contestar…

Assisto de casa valeu!

Será que algumas vez vcs que escrevem matérias sobre o Palmeiras, conseguiram deixar de lado seus preconceitos? Está ficando cansativo vier a este site e só ver matérias falando mal do Presidente. Entendo que deve sim ser ditos os erros, realizar a oposição. Mas tudo isso deve ser feito sem demagogia. Quando houver acertos, e digo que eles existem, isso também deve ser ressaltado. Agora, as esperas de um título, escrever uma matéria de baixíssimo nível com esta, no mínimo e chamar os leitores de anencéfalos. Por favor vamos para de hipocrisia.

“Preconceitos”? “Hipocrisia”? “Demagogia”? Diego, lamento dizer, mas este texto não configura uma “matéria”. No mais, sugiro a você que aprenda o significado das palavras antes de querer fazer uso delas. Numa boa.

Com certeza é doentia essa obsessão do PN com torcida única e ingressos caros. É um elitista que aproveita o bom momento do time para sufocar a torcida com ingressos com preços abusivos e está deixando a maior parte sempre de fora dos jogos. Defender PN é defender a elitização e morte do futebol. Não é pq o time está bem que devemos adula-lo, pois ele não merece nada disso, visto do q fez ano passado com o Palmeiras.

Realmente, um dia foi bom… Quase não entro mais… Não reflete o que a massa dos palmeirenses sente, um dia refletiu… O cara reclama do preço do ingresso… Associando-se ao Plano Ouro, as entradas para o Gol Norte saem de graça, o total anual da mensalidade é quase o mesmo tanto que a soma dos ingressos do ano passado… E olha que ainda tem os inúmeros descontos do “Movimento por um Futebol Melhor”… Além dos benefícios que o Palmeiras ganha com a entrada contínua e certa de caixa com o programa de sócios avanti… Incompreensível

Amigo, eu pago esse plano, vou absolutamente todos os jogos e entendo todas as vantagens. Mas, torno a repetir, isso se aplica a menos de 7.000 pessoas que podem ir no Gol Norte. Os demais têm de pagar preços extorsivos. A minha preocupação, portanto, não é com a minha situação, mas sim com a situação de todas as pessoas que estão sendo excluídas. Não tome a sua realidade como se fosse a realidade de todos, por favor.

Colega, não consigo entender como um preço salgado pode excluir pessoas de ir aos estádios…. Aliás, pensando num espaço de tempo anual, o preço superior incentivaria ainda mais a rotatividade, já que a ida contínua em todas as partidas sairia muito mais cara em comparação aos preços antigos. Se o preço estivesse tão caro, o Palmeiras não teria essa média de público, lei da oferta e demanda, enquanto houver demanda, haverá oferta. Não é fácil montar um time barato, hoje a receita tem que vir também da bilheteria, quem sabe daqui 1 década, não seja mais uma fonte de renda importante pro clube, permitindo ingressos mais baratos… Entendo que o Paulo Nobre têm feito uma ótima gestão financeira do Palmeiras, péssima no futebol em 2013-14, mas ótima financeiramente: hoje o Verdão tem uma estrutura estatística, drone, base mais sólida, programa de sócio-torcedor, camisa mais valiosa do futebol (e olha que ainda a crise nem chegou); ele conseguiu ser um gestor muito mais competente do que o economista Beluzzo, está fazendo do Palmeiras um time com planejamento e estrutura de gestão profissional, a gestão do PN tem muitos méritos. Até pouco tempo atrás ele tinha que gerir um clube sem caixa, cheio de dívidas, não é fácil… Ele teve seus erros, mas os fracassos nos primeiros 2 anos em muito se devem às péssimas gestões dos dois presidentes anteriores que adiantaram receitas, e, olha que mesmo em 2015, o Palmeiras não terá 100% das cotas de TV. Não acredito que hoje haja um presidente mais qualificado que pra gerir o Verdão, minha opinião. E, só pra constar, não tomei a minha realidade como se fosse a de todos, é só olhar em volta, nos fóruns, nas redes sociais, nos comentários dos torcedores na mídia, em todo lugar, os palmeirenses que enxergam que o Palmeiras está no caminho certo são absoluta maioria, até mesmo aqui, um site de 3ª via, muitos pensam assim.

Vamos ponderar. Cobrar 200 paus pra visitante gerará uma politica de precificacao que so prejudica quem acompanha o time aonde ele for. Nesse ponto o PN pisa feio na bola. Mas no resto, tenho ouvido muito falar de exclusao e tudo mais, que o preco dos ingressos tem excluido pessoas do estadio. Acho um pouco exagero. Se o ingresso custasse 10 reais, somente 40 mil iriam entrar, excluidos sempre haverão. Voce acha que uma senhora de 70 anos dá conta de dormir na fila de madrugada para assitir aos jogos? Sabe, calma lá com esse negocio de exclusão, pois seja lá como for sempre haverão excluidos. Pagar 70/mes para ser ST diluido na entrada dá 20,00 por jogo. Qual o problema entao? Nao querem o Palmeiras rico, forte, imponente? Enfim, nem tanto ao ceu, nem tanto ao inferno.

Antonio, obrigado pelo seu comentário. Vou repetir o que já foi colocado em vários dos textos anteriores: essa condição à que você se refere (R$ 70 pelo plano Ouro e ingresso a um preço baixíssimo para o setor Gol Norte) se aplica a pouquíssimos torcedores – uma vez que o setor em questão comporta menos de 7.000 pessoas. Sugiro, por favor, que você leia os textos anteriores, porque esse argumento já foi devidamente desmontado.

Então o estádio de futebo por si só já é elitista. Afinal só podem entrar 40 mil na arena.. Devíamos fazer um estádio pra 16 milhões. Assim todos iam ficar felizes…

E o time deve jogar cada jogo em um estado. Pois quem mora longe e não pode vir ao estádio vai ficar desfavorecido. Afinal não somos uma Sociedade Esportiva. Somos uma ONG.

O que eu mais quero é que o Palmeiras volte a disputar titulos com frequencia, espero que Domingo seja um começo de muitas disputas em 2015, 2016, 2017… é isso que eu espero.

Talvez o Nobre esteja ouvindo a maior parte da torcida. A grande maioria o apoia. Você pode discordar dele, mas deve respeitar quem o apoia. Eu apoio o o Nobre. Não estou contra o Palmeiras e também não sou “corja” nenhuma.

A “grande maioria” é excluída pela política elitista nos jogos dentro de casa e pelas reiteradas tentativas de impedir que o palmeirense vá aos jogos fora de casa.

Eu não acompanho muito o Palmeiras? Sério mesmo, Mateus? Bom, se você começar a ir a todos os jogos hoje, talvez não consiga me alcançar até o resto dos seus dias. Então reveja melhor seus conceitos antes de escrever besteira. Quanto aos planos elitistas, sugiro que você leia os posts que eu já escrevi sobre o assunto. Porque eu não vou ficar perdendo meu tempo repetindo tudo de novo.

É…pelos comentários, dá pra ver quem conhece esportes, futebol ou Palmeiras, além da Turiassu.

Gente, não estou acreditando no que estou lendo.Após décadas de humilhações torcendo por um clube administrado por gerentes de pizzarias,retrógrados, senis,estacionados no século passado, usando o Parque Antartica com quermesses e barraquinhas juninas ou prá qualquer comemoração de qualquer padroeiro de uma sociedade arcaica, congelada a um novo tempo; venho aqui ler manifestações que me deixa um pouco triste.O Nobre, de uma forma ou outra resgatou nossa alegria e orgulho, estamos resgatando o Campeão do Sec XX. O palmeiras voltará a ser temido por todos, e não motivo chacotas.Pessoal, respeitem o nosso presidente!! l O futebol brasileiro está voltando ao seu normal.

É… o sujeito exclui do estádio a maior parte da torcida, imprime uma política elitista e higienista, denuncia a própria torcida e tenta impedir que o palmeirense de fora de SP vá aos estádios e nego vem me falar em resgate. Terrível o ponto a que chegamos…

Se temos 16 milhões de torcedores, como dizem, dos quais 80% sei lá …fora da grande SP, e uma arena que hj, cabem 40 mil torcedores, como não teríamos “excluídos” dos jogos? E hj temos quase 120 mil Avantis. Ou seja, caso os sócios quisessem assitir aos jogos, 1/3 não poderiam. Outro detalhe: em todos os estádios, arenas, existem os lugares mais caros, pois, tem gente que banca mesmo, pois, eles podem pagar e muitos levam a família inteira. Talvez até… não gostem ou aceitam ficar ao lado das torcidas organizadas…por medo, talvez. Qual o problema nisso? Eles estão errados? Eles são considerados “menos” palmeirenses por isso? E pra terminar…se colocar 70% da arena (28 mil a preços ditos populares), o Palmeiras somente pagaria as caras operações dos jogos. Pois, só pra abrir a arena pro jogo, os gastos giram em torno de 400 mil reais. A conta e’ simples: 28 mil pagando 15 reais = 420 mil reais. Portanto, sem chances!!! Pois, os custos da confortável, coberta, e maravilhosa (e cara) arena terão que ser pagos. E não esqueçamos tbm que o Palmeiras esta’ involvido no imbróglio jurídico das cadeiras. Ou seja, caso baixem os valores das arquibancadas a preços populares, e percamos na justiça a causa, a Wtorre repassará ao clube o valor baixo tbm, e será por 30 anos. E como receberemos pouco pelos shows, eventos, etc… o Palmeiras tem que faturar nos jogos. Mais $$$ = time forte.

Aldo apenas esclarecendo vários pontos do seu comentário que estão errados. Acredito que você esteja desenformado.

Você disse:

o Palmeiras somente pagaria as caras operações dos jogos.

Os R$ 400 mil que você se refere não são pagos à WTorre. Para a WT são R$ 80 mil. Seria importante que o clube abrisse essas despesas para tirar essa história que o estádio é caro.

Você disse: caso baixem os valores das arquibancadas a preços populares, e percamos na justiça a causa, a Wtorre repassará ao clube o valor baixo tbm, e será por 30 anos

Existe um modelo de cálculo para o valor do ingresso que se renova uma vez por ano. A lógica é que o proprietário pelo direito das cadeiras e camarotes paguem o menor valor de cada jogo. Esse valor atualmente é definido pelo Palmeiras a cada jogo. E está em discussão na arbitragem. Mas não é para valer por 30 anos como alguns inventaram por aí.

Você disse: E como receberemos pouco pelos shows, eventos, etc…

O valor que o Palmeiras recebe pelos show, eventos e etc foi definido no modelo de negócios e aprovado por todos, inclusive o atual Presidente Paulo Nobre, que na época era Vice Presidente da gestão Della Monica. Essa escada de valores (5%, 10%, 15%, 20%, 25% e 30%) é sobre a RECEITA e muda a cada 5 anos. A receita é administrada pela WT com a AEG. O Palmeiras não tem trabalho nem custo. O investimento no Allianz Parque como sabemos foi 100% da WT. E o Palmeiras antes não tinha essa receita. Abs.

Entendi. Espero mesmo estar errado. Pois, seria um absurdo esses tais 400 mil em todos os jogos. Mas, enquanto não abrirem os tais custos que são lançados como “despesas diversas”, ficaremos desinformados. No mais, o modelo do contrato foi ótimo pro Palmeiras. Abraços!!!

Barneschi quem sabe uma derrota feia pro Santos no domingo,pode colocar os bajuladores do NOBRE e restante do elenco,com os pés no chão !!! Pelo que se viu ontem, nem reserva o time tem !! o tal de RYDER pelo que vimos é brincadeira do NOBRE e do MATTOS assim como Allan Patrick—Renato–Amaral–Victor Luis–Jackson………..E dizem os bajuladores, que estamos formando um ELENCO !!!!!!QUAQUAQUA !!!

tem palmeirense que torce pro time se ferra só pra bater no peito e dizer coisas do tipo: ” olha lá, ta vendo, eu não disse…”. é osso viu

Torcendo muito por isso??? Vc mamou em qual teta do clube??? Não é possível que vc seja palmeirense, deve ser só sócio do palmeiras.

Muito mais importante e grave de se discutir sobre torcidas, presidente e ingresso…… penso que é o fato de nos últimos 3 anos só ter morrido praticamente torcedores do Palmeiras em emboscadas e brigas. E ninguém da tupiniquim press e seus arautos da ética , dirigentes, políticos e torcedores ter realmente tomado alguma decisão séria para acabar com esse absurdo. Os torcedores dos outros clubes podem tudo, veja o caso do small club….. e tudo que essa gente já aprontou. Quando palmeirenses morrem é normal, agora se é nossa torcida que faz algo…… sai no jornal nacional e fica 1 mês em evidência. A parcialidade é gritante. Banalizou e ninguém quer acabar com isso…….. mas o MP age rapidamente se o Palmeiras coloca um letreiro do Allianz Parque…… pq “fere” a lei de poluição visual. Reparem nas prioridades. Vida no Brasil não é prioridade. Infelizmente.

Calma rapaz, o próximo presidente vai reatar com a organizada e você vai poder ter seu ingresso! Enquanto isso, bater sempre na mesma tecla esta ficando “aquele samba de uma nota só” que nosso querido Criscio rescita em seus textos!

Acho que o grande desejo do Paulo Nobre era ter dinheiro suficiente para comprar o Naming Rights do Palestra Itália. Estádio Paulo Nobre.

O que não me impressiona são as pessoas que são contra o estilo ácido e radical do Barneschi. Não que ele precise de defensores, na verdade nem o conheço. Mas é que hoje tem tanta frescurinha, sei lá, ter que sempre buscar o famoso “meio termo”, esse culto a covardia enche o saco. Quando aparece alguém um pouco mais contundente acaba assustando mesmo.

O problema é o radicalismo exacerbado do companheiro. Não leva a nada, sinceramente.

O pessoal parece que perdeu a referência. Onde já se viu defender ações contra a própria torcida? Onde já se viu colocar o Palmeiras contra a própria torcida? O pessoal está tão tarado nas cadeiras que se esqueceu de uma coisa: o maior patrimônio do Palmeiras é a sua torcida! Mas, infelizmente, parece que pra alguns, o presidente – que só não nos rebaixou porque teve azar – é mais importante que a própria torcida. Triste.

As torcidas uniformizadas do Palmeiras, como quase tudo nesse mundo, tem seus prós e contras. Os contras todos nós sabemos (violência, confusões, destruição de patrimônio alheio – já passou da hora evitar quebrar cadeiras no Itaquerão, que coisa mais idiota – entre outros problemas, muitas vezes nebulosos). Por outro lado, vejo as torcidas uniformizadas como fundamentais, já que são elas que “puxam” o restante da torcida para cantos, incentivos, pressão aos adversários, que transformam o Allianz Parque num verdadeiro caldeirão. A pergunta que faço é porque as torcidas uniformizadas não se miram apenas no que fazem de melhor: o incentivo e a pressão ao adversário? Seriam admiradas por todos os palmeirenses. Me recordo dos tempos em que eram permitidas bandeiras com mastro e as nossas uniformizadas davam grande espetáculo em beleza e vibração, desafiando – e superando – inclusive as torcidas uniformizadas do SCCP. Sou testemunha ocular disso e era muito bonito. É isso que todos nós queremos, que continuem vibrantes e produzam espetáculo, para a nossa admiração e em prol do nosso Palmeiras.

Para puxar os canticos poderiam usar o sistema de som da Arena…
Que façam gravações e coloquem pra tocar quando for coveniente e aí toda a torcida acompanhará.

Reynaldo, com o passar dos anos, as autoridades constituídas foram impedindo essas manifestações a que você faz referência. Daí então que se torna ainda mais grave que a PM tenha sido homenageada na nossa casa. Não apenas é grave: revela também o quanto o presidente da S.E. Palmeiras apoia a repressão contra a nossa própria torcida.

Finalmente eu vejo por parte da maioria uma reação contrária aos que vivem criticando o time que amam sem embasamento… Nada nunca vai estar bom para esses poucos que só servem pra tumultuar o ambiente do clube…

pelo comentários, nobre tem muito mais de 16 apoiadores. Não é semana para isso!

Prefiro pagar R$ 440,00 cada ingresso (fui à final com meu filho no Palmeiras Tour) e ter a esperança junto com ele de ver novamente o Palmeiras grande, disputando títulos e respeitado o que pagar R$ 50,00 que não vale nada ou pra fugir do rebaixamento. Time bom é caro bacana, se acha muitofica em casa e assiste na TV ou ouça pelo rádio….

O seu pensamento elitista e a sua visão egoísta são absolutamente deploráveis. Lamento muito ter de dividir a arquibancada com gente como você.

Mais um estupendo post. Pena algumas pessoas não entenderem o que vc escreve.. Grande texto… O zelador foi o melhor!!! Kkkkkkkk

Nao entendi seu comentario.. Vc eh mesmo um anencéfalo ou só finge que é?

Esqueceu de mencionar que os bravos quebraram cadeiras entre outras coisas, e o Palmeiras é que vai assumir o prejuízo, acho que todos tem direito de opinar, mais será que não a nada de bom. Na gestão do Nobre esse ano? as criticas chegam a perder a credibilidade por serem sempre a mesma coisa, criticar só por criticar não adianta.

Confusão na compra de ingresso no Pacaembu pra final de domingo. Quem aparece nas fotos da confusão?? Os bravos guerreiros que caminham sob chuva e frio! Pobres coitados! O PN devia cuidar melhor deles mesmo!

Como a “moderna” Vila Belmiro’ é de concreto, o autor do post sem dúvidas estará presente. A uma, para se gabar dos seus 700 e poucos jogos, e a duas, porque não ha cadeiras para sentar, e sim o duro e frio concretão.

Sim, estarei presente . Não por qualquer característica especial da Vila Belmiro, mas porque o Palmeiras estará em campo, e eu faço a minha parte na arquibancada, enquanto gente como você fica aí reproduzindo discursos falaciosos e o mais rasteiro senso comum. Faça bom proveito disso. Ah, e já que você faz tanta questão assim de controlar o número, favor atualizar: já são mais de 800.

não vou dormir……. e mais uma vez, é vc quem esta nessa de “ódio ao futebol moderno” e não eu. De qualquer forma você é mais palmeirense que qualquer um não é. Merece um busto. Honoris causa alvi verde. Se liga pimpão.

Na certa, Vitor e Junior são do tipo que aplaudiriam o PM que foi homenageado na nossa casa no domingo anterior. Devem ser do tipo que apoia o massacre contra a nossa torcida na Turiassu e que segue a cartilha do Flavio Prado. Daí então que se preocupam mais com assentos plásticos quase descartáveis e menos com os direitos que estão sendo tomados da torcida do Palmeiras dia após dia.

Palmeiras fatura 15,4 milhões no Paulista………………..apenas para comparar, à partir do ano que vem, small club e flamengo irão receber 70 milhões a mais que o Palmeiras só da tv……..e SP 10 milhões)…………………………..ou seja, ano que vem para equilibrar essa grana dos adversários, o Palmeiras teria que disputar mais 5 Paulistas extras no mesmo ano….. e quase 2 para se equivaler ao dos bam..bis. Penso que quanto mais arrecadarmos, (independentemente de todos os problemas que temos internos e externos)……………… os dirigentes do clube não poderão mais vir com os discursos de que n~åo temos dinheiro, de dívidas etc………. e torcida vai poder cada vez mais cobrar times fortes com craques. E poder pagá-los e bem. Eu torço para um time de futebol e não para um banco ou instituição filantrópica. E a razão do futebol são os títulos. E espero domingo, não importa as adversidades, ganhar o 1. do ano. É claro que pode perder. Mas o que está em jogo é uma mensagem aos adversários em todos os sentidos: se cuida, estamos de volta ao nosso lugar.

Não vai acontecer isso. A CBF já anunciou que conversará com a Globo para que não haja distorções excessivas de cotas de TV. E temos de ter cota maior do que a do SPFC e próxima de Flamengo e SCCP.

O Tirone prorrogou nosso contrato até 2018 Reynaldo, até lá, são 2 anos recebendo 70 milhões a menos por ano. Quem está se agitando uma pressão e revoltado com isso é Eurico Miranda, pois o Vasco recebe o mesmo que o Palmeiras. del nero disse essa semana que iria conversar com a globo para mudar o horário dos jogos às 22 horas………….. a notícia foi boicotada pela tv, site e mídia da globo.

Parabéns por mais um grande texto, Barneschi!

ao zelador, minhas bolas!

ABS

Guerreiros ou bandidos que nos deram um prejuízo de meio milhão de reais ??? Não digo todos q foram ao estádio e destruíram as cadeiras do clube rival , mas uma grande porcentagem fazem isso de birra mesmo pq PN não dá exclusividades a tal da Mancha , essa mesma que diz que ama o Palmeiras e vira e mexe nos dá prejuízo .

Mais um a reproduzir as falácias produzidas pela Press FC (aliás, como tem passado, Mello?). Amigo, torno a repetir: enquanto há quem fique por aí se preocupando com assentos plásticos descartáveis, Paulo Nobre vê fortalecida a sua campanha de cerceamento dos direitos do torcedor palmeirense.

A ideia dos conselheiros se transformou em renda para o P$N$, difícil isso…

Ryan, longe de querer te corrigir, mas no sábado, no clube, fiquei sabendo da ideia de, nós, torcedores/torcida, seja ela organizada, uniformizada, etc assistirmos ao jogo dentro do estádio. A ideia foi de torcedores, que primeiramente angariaram assinaturas dos conselheiros e ai encaminhariam a ideia ao Presidente. Te falo pois quis assinar e não pude por ser “apenas” sócio. Sobre o post, o único comentário a fazer é que ainda bem o 3VV não necessariamente coincide com a opinião do autor. Viva Charlie Hebdo, mas que da margem para um monte de bobagem dá.

VIctor desculpe. A ideia partiu de um Conselheiro, Toninho Blanes, logo ao final do jogo contra o Corinthians. Entrou em contato com PN e com o vice presidente Mauricio Galiote. Outros torcedores podem ter tido a mesma ideia. O primeiro que se manifestou foi esse conselheiro. que mobilizou outros conselheiros. Aliás, no sábado, muitos diretores/conselheiros da atual gestão fugiam desse abaixo assinado como o diabo foge da cruz porque não queriam contrariar o Presidente. Abs

Tranquilo, o rapaz que estava com o abaixo assinado estava com boné da mancha verde, por isso imaginei que a idéia era de torcedores “comuns” e não de conselheiros “torcedores”. Se me fiz entender. Como escrevi tentei assinar e fui informado que apenas conselheiros podiam.

Agora, falando sério, o 3vv poderia postar aqui os textos do Verdazzo também para manter o equilíbrio, entre ler um pessimista radical e um otimista interesseiro fico ainda com a 2 opção! Abs

Mais um obcecado por assentos plásticos descartáveis. Eu tampouco danifiquei qualquer um desses tais assentos, mas te desejo boa sorte com esse discurso emprestado do Flavio Prado.

Perfeito Barneschi.

Assim como de costume você mostra a realidade da Sociedde Esportiva Palmeiras e escancara a “gestão” do Nobre presidente.
Sobre o homenageado no gramado domingo, tive vontade de me esconder para não ver aquilo e fiquei impressionado por apenas poucos terem notado o que ocorria ali. Sigamos. Mais do que nunca o Campeão do século precisa de nós.

Gazu

Barneschi, na boa, existe uma diferença entre ser oposição construtiva e destrutiva. Não concordar é um direito, mas fazer posição cega pura e simples além de não ajudar, acirra os ânimos e cria um abismo entre as partes o que impossibilita qualquer tipo de diálogo e aproximação. Quanto ao preço dos ingressos, concordo que está caro, mas se você conhece uma alternativa possa ser implantada para reduzir o preço do ingresso e ao mesmo tempo manter a arrecadação no mesmo patamar? Se conhece, por favor me avise, porque eu juro que neste momento não conheço nenhuma.

Júnior expressar a opinião é importante, mas é preciso tomar cuidado como que se escreve, pois fazer oposição por oposição não ajuda, só atrapalha. Concordo com o Bareschi de que o discurso do Paulo Nobre não é o que queremos ouvir, mas na vida algumas vezes vocês faz o que gosta, nas outras, o que precisa.

Também acho que o momento não é o mais apropriado. Reclamamos da imprensa marrom que busca atrapalhar o ambiente do clube a todo custo e fazemos isso dentro da mídia palestrina a quatro dias da decisão.
Concordo em algumas coisas com o Barneschi, outras discordo, mas entendo que nestes quatro dias que restam para a final do campeonato apenas deveríamos apoiar o elenco, e deixar nossas indignações para segunda-feira.

Ok, Alex, mas tudo seria mais fácil se Paulo Nobre não criasse tantos problemas com um assunto tão simples. Se ele tivesse o mínimo de boa vontade, teríamos apenas duas notícias sobre a venda dos ingressos: o início e o fim. Mas ele, de maneira deliberada, construiu um cenário tão adverso que chegamos até este ponto.

Como é ruim esse Rento e esse Amaral. Precisamos de um 9 tipo Fred, Jonas, Lucas Pratto e um zagueiro tipo Miranda, Danilo, Manoel, Henrique.
O Nobre precisa abaixar um pouco a bola e valorizar mais nossa torcida. Chega de falar e vamos ao trabalho.
Domingo é dia.

Pra ganhar campeonato o time tem que ter dinheiro. E isso se faz com renda de jogo e patrocínio. Adianta ir no estádio para ver juninho, Henrique, jumar?? Prefiro um ingresso caro e um time bom, acho que vc também deve preferir, certo?

O time está montado a 3 meses, já está na final, e nada agrada a torcida. O palmeiras voltou a ganhar clássicos, mas nada agrada a torcida. Sabe o que desconfio? Que esses críticos reclamam porque querem voltar a mama na teta do clube. Futebol é festa do vencedor, estamos as vésperas de ser o primeiro vencedor do ano, mas, ao invés da torcida se alegrar juntos, resolve criticar.

Partindo do pressuposto que os que vão pra itaquera são da organizada e causam mais problemas que alegrias, não tem que fazer agrado mesmo! Vc esqueceu de falar que esses bravos guerreiros palmeirenses que andaram sob chuva e frio nos deram motivo mais uma vez pra ser punido pelo stjd!!

Acho que voces nunca assitiram um jogo como visitantes, pra estarem falando tanta asneira assim.

Repito: enquanto tem gente aí preocupada com assentos plásticos descartáveis, Nobre vai impondo cada vez mais a sua agenda elitista e higienista. Não à toa, conta com o apoio de gente como Flavio Prado e que tais.

Concordo com varios tópicos aqui abordados so nao concordo com o momento esse tipo de colocação deve ser feito depois da final agora precisamos de paz.

Os comentários estão desativados.