Categorias
Futebol com Números

Perenidade

Por Luís Fernando Tredinnick
Eternos alviverdes, no mundo empresarial já existe uma preocupação com a perenidade das organizações. Empresas que já foram líderes mundiais de seus setores como Kodak e Compaq desapareceram.

É interessante pensar em como o conceito de “Perenidade” se aplicaria ao Palmeiras. Eu gostaria muito que meus netos e bisnetos possam falar do Palmeiras e lembrem que o seu avô/bisavô foi um desses Palmeirenses fanáticos!!!

Acredito que podemos elencar alguns conceitos que deveriam nortear essa preocupação:

Formação da torcida: O senso comum diz que a torcida se forma com títulos e ídolos. Sejamos honestos, para um time como o Palmeiras, títulos são uma obrigação. E temos que manter a nossa tradição vencedora.

No caso dos ídolos, no Brasil de hoje todos os times têm uma carência de ídolos, então se quisermos formar ídolos, teremos que ter uma estratégia bem diferente da atual. Confesso que não sei se nos dias de hoje manter um jogador por três ou quatro anos seria suficiente. Alguém aí tem alguma outra ideia?

Estabilidade financeira:Dinheiro jamais deverá ser o objetivo de um clube de futebol. Concordamos com isso.

Entretanto o equilíbrio financeiro é fundamental para garantir a existência no longo prazo. Por equilíbrio financeiro não devemos entender como a obrigação do clube ter lucro todos os anos, mas que os períodos de prejuízo sejam curtos e controlados!

E que de maneira geral o clube gere resultados que garantam investimentos nas categorias de base, na contratação de jogadores e na manutenção de um dos melhores elencos do país (e que se for para vendermos jogadores, que sejam por fortunas e não por migalhas).

Governança:É fundamental termos um modelo de governança que permita a alternância de poder (ou melhor dizendo, que não permita que alguém se perpetue no cargo) e que também impeça alguém de dilapidar o patrimônio do clube.

Aqui existe em equilíbrio difícil. Na cabeça da maioria dos atuais conselheiros acredita que a dívida deve ser paga por quem contraiu a dívida. Obviamente esse tipo de pensamento não faz o menor sentido. Então como garantir que pessoas do mercado consigam que existam limites para o presidente mas que ao menos tempo consigam que garantam a audácia necessária nesse mercado?

Estes são os desafios para o longo prazo, pois a nossa vitória no próximo domingo já está garantida. Ah, o título também!

Saudações AlviVerdes

* Luís Fernando Tredinnick escreve às sextas-feiras no 3VV explicando a quem conhece, e a quem não conhece, os números do futebol

7 respostas em “Perenidade”

VALDISNEY TÁ FORA DAS FINAIS : Desfalque de última hora para a final do Paulistão: com uma lesão no joelho esquerdo, Valdivia não poderá enfrentar o Santos no domingo. De acordo com o site Globoesporte.com, o chileno sofreu uma pancada no clássico contra o Corinthians e por isso não treinou durante a semana. Ainda não é certo que ele se recupere a tempo de atuar na segunda partida da decisão do estadual, marcada para o próximo domingo, dia 03/05.

Todas as condições para a perenidade foram muito bem colocadas. Creio que o PALMEIRAS reúne quase todas elas o que permite uma certa dose de otimismo que nossos netos, bisnetos continuarão a vestir o manto verde, a cantar o hino do PALMEIRAS , ser sócio e torcedor inveterado do VERDAO. Mas , uma questão me causa grande dose de preocupação. A GOVERNANÇA, com ALTERNANCIA DO “PODER”. Explico. Há rumores( onde há fumaça tem fogo) que o sr PN procura uma brecha jurídica nos estatutos para disputar mais um pleito. Ai fica configurado ( sendo verdadeira a acertiva acima) o CONTINUISMO PELO PODER. E isso mata toda e qq esperança de PERENIDADE. Os “caudilhos”, egocêntricos e predadores da democracia são adeptos dessas estratégias para perpetuação no PODER. Os meios, para eles, justificam os fins desde que atendam aos próprios interesses. Nos como PALMEIRENSES devemos ficar com os olhos abertos, antenas e radares ligados para ver e entender se há um fundo de VERDADE nessa cortina de fumaça que paira sobre o Sr PN. ALTERNANCIA SIM, CONTINUISMO NAO……

Mais um excelente e esclarecedor texto do Tredinnick. Expõe seu pensamento de forma ordenada e clara, sem recorrer a questões pessoais e manifestação raivosa. Parabéns.

Acredito que o Allianz Parque certamente contribuirá muito com a nossa perenidade. Apesar de não ter transcorrido sequer um semestre da inauguração da Arena, qualquer palmeirense com um mínimo de inteligência já deve ter percebido que o Allianz Parque – e a coincidente e feliz conjugação com o programa Avanti – é o melhor negócio feito pelo clube em toda a sua história. Temos uma oportunidade ímpar em nos tornarmos a maior potência da América Latina, sem nenhum delírio de minha parte, apenas analisando os fatos.

Os comentários estão desativados.