Categorias
Notícias

Departamento Médico: ser, ou não ser. Eis a questão.

 

A entrevista desta 2a feira de Valdívia para o Estadao.com trouxe de novo um tema que divide a opinião do palmeirense. Bem no final da entrevista Valdívia deu uma alfinetada no fisiologista da SEP. Criticou também o fato de – na época do Kleina – mesmo sem condições físicas foi escalado para o banco contra o Ceará e acabou entrando em campo. Chamou o testemunho do médico Otavio Vilhena na entrevista.

Aí vamos ao tema. Nosso departamento médico é culpado pelos excessos de contusões? Ou – ao contrário – tem o mérito de manter os jogadores – pelo menos a maioria deles – em forma para encarar uma temporada de mais de 60 jogos, com viagens em um país continental e jogando quase duas vezes por semana?

Pesquisamos e falamos com quem conhece do assunto. É uma visão de fora, mas isenta do ponto de vista político e que tecnicamente conhece um pouco. E a avaliação, ainda que de fora, passa pelas pessoas (qualificação, background, …), equipamentos e gestão.

Olhando de fora, o material humano do DM da SEP – fisioterapia e fisiologia – é muito bom. São três ortopedistas especializados pela USP e um fisiologista professor da Unifesp. Possuem background acadêmico e experiência para a função que exercem. Tecnicamente estamos cobertos.

Até aí, ponto positivo.

Do ponto de vista de equipamentos, até a gestão Della Monica o Departamento Médico era pessimamente equipado. Mustafa Contursi e sua política do qualquer coisa e barato sucateou a Academia e o departamento médico foi no embalo. Della Monica quando assumiu (e aí méritos também para o ex-diretor Salvador Hugo Palaia) junto com o treinador Leão (que na época estava assumindo o Palmeiras) investiu no DM. O ex-Presidente Della Monica aparelhou e iniciou a modernização. No que diz respeito à recuperação dos atletas, existem equipamentos de ponta, que na verdade são investimentos baratos se comparados com o que se gasta com o futebol profissional.

Portanto, mais um ponto positivo. Qualificação boa, equipamentos ok.

O que pega muitas vezes não é a qualificação – como dissemos, boa na SEP – nem os equipamentos – Della Monica modernizou. O que pega é a gestão. Prá ficar num exemplo básico, até pouco tempo atrás, tínhamos uma gestão que queria economizar tirando a nutricionista do hotel. Por aí podemos imaginar qual poder os médicos da SEP tinha para que suas solicitações fossem atendidas. Para comparar, recentemente o Corinthians apresentou na mídia – sim, eles como nós também têm uma mídia eficiente – matéria enorme sobre os sistemas de avaliação deles. Muito oba oba. O Palmeiras também tem os dele. E é difícil provar que tudo aquilo que se falava na matéria realmente produz os efeitos que se fala.

Tem também aquele negócio de passar a mão na cabeça de jogador e jogar a bomba no departamento médico. Nem tanto ao mar, nem tanto à terra. Tem jogador sério e que se trata. E tem jogador que leva o tratamento das lesões na paralela com baladas e festa. Aí não tem como recuperar. O próprio Valdivia deixa isso no ar em sua entrevista sobre as dúvidas se as baladas atrapalhavam a recuperação de suas lesões.

Portanto, o tema é mais denso do que se pensa e é difícil querer analisar do lado de forma.

Mas conceitualmente falando, claro que sempre há mais a ser feito. Sempre haverá novidades na área. No inicio do ano a diretoria palmeirense trouxe um coordenador científico (seja lá o que significa isso) para o Departamento de Futebol. O mesmo vale para a estrutura física. Sempre pode ser melhorada. E sempre há muito marketeiro com tratamentos revolucionários e midiáticos. Aliás, a imprensa não entende mas adora isso.

A realidade que o Palmeiras não faz 10% do Oba-Oba que os outros DMs fazem. Porém, vamos a alguns exemplos.

Luis Fabiano chegou bichado, foi operado duas vezes, mas o Reffis sãopaulino ainda é considerado modelo (afinal, realmente era há 10 anos atrás uma coisa do outro mundo). Outro exemplo: Canete nunca mais jogou. Quer mais? Ganso tem sérias limitações físicas. Mais? No início do ano vetamos jogador que eles contrataram e foi re-operado. Tudo isso somente falando do SPFC, até por ser sempre lembrado como referência para a mídia na área. No Palmeiras, Mouche voltou antes do previsto. Nenhuma linha a respeito. Claro, foi um feito do Departamento Médico. Se fosse do Presidente, talvez a assessoria lembrasse em enviar o release para a imprensa.

Há também que se verificar o que se faz fora da SEP. Muitos dos exames e atendimentos não são feitos dentro do clube. Nossos atletas, até recentemente tinham plano da OMINT (não pudemos confirmar se ainda é esse o plano). Assim podiam ser tratados pelos melhores especialistas do Brasil nas diversas áreas. Não sabemos se ainda é OMINT, ou qual o plano vigente. Mas deveria ser um que disponibilizasse médicos especialistas com alta qualificação.

Enfim, para se montar o melhor e mais equipado Departamento Médico do mundo não é caro pelos valores exorbitantes que o futebol profissional consome. Em vários lugares isso é feito com parcerias e exposição na mídia. Na Alemanha e nos USA existem coisas muito interessantes mas que a gestão que olha pro umbigo dos clubes brasileiros não enxerga. Um dia alguém ainda vai perceber que um mês de um atleta parado por problema muscular custa mais que um ano de investimento num DM. E aí esse alguém vai montar um destes departamentos de ponta e “cacarejar” para o mundo aplaudir.

Mas… e a entrevista do Valdívia? Gostem ou não do chileno, por todo histórico, Valdívia é aquele paciente que acaba com a carreira do médico!

Saudações Alviverdes!

 

60 respostas em “Departamento Médico: ser, ou não ser. Eis a questão.”

Galera, a PM e a CBF estão querendo aprontar pra cima do Palmeiras!! O jogo entre Palmeiras e molambos do Rio que era pra ser às 16 horas estão querendo antecipar para às 11 horas, isso é inadmissível e não podemos aceitar o que eles querem!!! Cadê a diretoria de não aceitar esse horário às 11 horas, o Palmeiras jogou bem e não foi bem, claro que para o torcedor o horário é excelente, mas para os jogadores não é bom!!

Flamídia 11 da manhã? Será? Mas se for é melhor o Palmeiras nem entrar em campo. Nosso rendimento irá cair e perderemos o jogo.

Bom dia ! Hoje eu acordei com uma inveja do time do River Plate. Fico me perguntando , quando será que eu vou ver o Palmeiras campeão da Libertadores novamente ?

O mal do Palmeiras é que as pessoas potencializam situações ruins. Parem de dar cartaz para valdívia. Já foi e não é mais nada. Para eu nunca significou muito. É burrice ficar dando cartaz para esse cidadão. Sejam inteligentes. Parem de falar nesse assunto.

E agora? Qual será a prioridade? Brasileirão ou Copa do Brasil? Os dois? Temos elenco para brigar pelas duas competições? Quando o Palmeiras caiu em 2012 um dos motivos alegados foi a conquista da Copa do Brasil. Qual a meta?

Eu também acho, o Palmeiras tem elenco para ganhar as duas competições, mas o time tem que entrar focado e sem oba-oba, tem que ter humildade, só assim ganharemos as duas competições.

O Lucas Silva está sendo emprestado pelo Real Madrid. Jogava como volante no Cruzeiro, o M Oliveira o conhece muito bem.
Olho nele Mattos, esse seria o cara ideal para o lugar do Pitibul.

Real quer colocar ele em um time europeu pra pegar experiência no futebol de lá e também já fechou a janela pra jogadores de fora do país, seria uma boa contratação, mas não vem.

Quer dizer que não somos mais um bom time porque o Gabriel não vai mais jogar? A que ponto chegamos, se ainda fosse um Pirlo, um Fabregas, um Xavi, vai lá. Mas, Gabriel? Po tamos muito ruim de jogadores então.

Estamos ruins (de reposição) mesmo, em comparação ( de jogadores) com a Europa então…estamos péssimos.

Na boa, ficar falando do Valdivia é uma absoluta perda de tempo. Quanto ao nosso DM, sem exageros, ele é muito bom, está entre os melhores. A única diferença, é que no nosso caso não se faz apologia dele, já com os bambis quando trocam o supositório do jogador, chamam até o papa para ver.

Concordo. O Mouche se recuperou antes do prazo e ninguém fez “homenagem” sobre isso. Nós temos a característica de só lembrar os fatos negativos. Provavelmente deve ser devido a falta de protagonismo nos últimos 10 anos

Como eu tinha falado aqui inúmeras vezes no 3VV que um dos males do Palmeiras é esse Departamento Médico que mais parece um triângulo das bermudas, todo jogador bom (ou a maioria) quando entra nesse DM não sai mais de lá, fica uma eternidade, os médicos e fisioterapeutas não dão nenhuma notícia quando o jogador estará de volta ao gramados, pois precisamos de um DM que seja eficiente não basta só melhorar os equipamentos precisa melhorar a parte médica, ou seja, a parte humana. Colocar médicos e fisioterapeutas capacitados e que seja do ramo!! Sobre o Valdivia, para mim já é passado, ele só usou o clube para ele e outra já deu no saco, não falo mais sobre ele, só espero que o Palmeiras não pague mais nada para esse jogador chileno mal caráter!!!

Sou médico Ortopedista por acaso… O médico não é responsável pela lesão do jogador, ele apenas a trata… Se o Gabriel lesou o LCA, o Tobinho teve uma lesão muscular G2 é culpa do médico??? Pense nisso. Outra coisa, se você passar num médico e disser que está com dor ou um desconforto muscular temos que acreditar em você , e num time que até 6 meses atrás brigava contra o rebaixamento pode ter certeza que havia muito Migué…

Por favor, não defenda esse DM que vem há muito tempo provando ser incompetente! Jogador em outros clubes quebram a perna e 3 meses depois já estão jogando! Jogador do nosso time com caspa na sobrancelha, fica um ano sem jogar! Casos do Wesley, do Lincoln, do Allione, Mouche, e muito mais do chinelinho (não confundir com chiLeninho, hahahaha). E, ainda mais: esse DM não tem competência para analisar jogador que já vem bichado para o clube, como foi o caso do Victorino, do Alecsandro (só joga uma partida e se lesiona!!!!!) e do Daniel Carvalho, gordo como um hipopótamo!!!!!
Façam-me o favor de não defender esse DM de m****!!!!!

Não fale do que você não entende… Veja a formação academica dos profissionais citados, além disso, por exemplo, o responsável pelas Cirurgias de Joelho do Clube é o Professor Camanho, titular de Cadeira de Ortopedia da USP. Marcos operou com o Professor Rames, também titular da USP. Antes de criticar se informe sobre as condições de trabalho dos profissionais que você critica sem base….

Com certeza caro ROBERVAL aonde eu assino!! Somo dois. Esse DM parece mais um triângulo das bermudas, jogador bom entra lá e não mais da lá, fica uma eternidade!! Isso é mais que comprovado que esse DM é incompetente e de m****!!!!

Somos três. Nunca foi bom. Nem os médicos, fisiologistas, fisioterapeutas e todo o departamento. estes caras vem desde o tempo do Mustafá. É um mistério, ninguém mexe nesses caras, é uma caixa preta.

Duvidas que não querem calar!!! Por acaso é o DM que precisa ver que o jogador está gordo antes de contratar? Por acaso é o DM que, tal qual Mãe Dinah, deve adivinhar que o jogador sofrerá contusão? É o DM que mandou contratar o Daniel, a diretoria recusou, o Vaidar contratou e teve que operar dia seguinte? É o DM que orienta o Mago Jorgito a pôr a mão na coxa a cada jogo difícil que teremos pela frente? Realmente concordo com as críticas, como é que esse DM porcaria não percebeu que o Gabriel iria romper o ligamento depois de apenas 40 jogos no ano? Estou chocado, DM incompetente!

Paulo Nobre, abriu o contrato a Arena!!
E ai como será que a oposição se manifestará!
Contrato foi assinado e teve alteração nas gestões de Dela Monica, Beluzzo e Tirone!

abriu mas não abriu na reportagem… Só abriu para quem foi na reunião…como não fui não posso falar nada. Só posso dizer que: com 20 milhões meu amigo, eu derrubo o prédio que tem lá e construo outro, e ainda sobra.

Você conhece o prédio João? não tme nada de luxo, pelo contrário, são colunas de concreto e a estrutura é de aço pré montado. Estão dizendo que a bitola dos cabos não aguenta a voltagem… com 12 milhões ( o previsto para gastar naquele prédio) eu compro cabos com a bitola que ilumina Las Vegas…. Além de discordar veementemente de ter que pagar 20 milhões para que “terminem os prédios”. Discordo mais ainda sobre o valor..

É só o Palmeiras começar a crescer e histórias do passado são ressuscitadas pela imprensa.
A melhor proposta feita ao Valdivia foi do Palmeiras. Num mês cheio que ele jogasse todos os jogos seria 600 mil de salários.
Recuperação depende mais do “paciente” do que do médico. Se tem uma lesão, não pode ir pra “cachaça”, retarda a recuperação.
Fez pouco pelo Palmeiras e achou que a torcida comum faria pressão pela renovação do contrato. Agora acabou. Vamos falar do que vem pela frente.

Acredito na melhora do nosso Departamento Médico. Vamos ver como e quando voltará o Gabriel. Quanto ao Valdívia, vamos esquecer esse cara! É passado! Tudo o que não precisamos agora é de polêmica com o Valdívia. Devemos ignorá-lo, esperar passar esses últimos dias que faltam para terminar o contrato e adeus!

O time esta indo bem, que o Valdivia seja feliz lá na Arabia (vai beber menos forçosamente), e que o Assunção (que saiu pq pediu um caminhão de grana e assinou por uma bicicleta no Santos) seja feliz também lá em Cajamar. Estamos em 2015. O Valdivia esta com ciúmes que o time esta indo bem sem ele. Ele tinha certeza que o time não ia andar e a torcida ia implorar pra ele voltar, e ai ele pedir um caminhão de grana de novo e nos enrolar de novo. A história é essa só não vê quem não quer.

– Valdivia é um bosta. Está falando essas coisas para sair como bonzão. Quer tirar o dele da reta. Já que ele resolveu abrir a história, vou contar o que aconteceu. Para começo de conversa, não teve briga. Ele chegou perto de mim e eu dei um soco na cara dele – disse Marcos Assunção, ao “Diário de S. Paulo”. ADIOS, MAGO DE MIERDA.

Em relação ao DM do Verdão acredito que está na média dos clubes grandes. Kardec se quebrou na “referência em DM” e nós tivemos problemas com alguns jogadores. Acredito mais em fatalidade e também o excesso de jogos. O Gabriel jogou quase todos os jogos. Em relação ao Valdívia, hoje tem uma entrevista do Marcos Assunção respondendo

Olha o que o M. assunção falou dele.
“O cara (Valvidia) é um sem-vergonha. Vivia fazendo corpo-mole. O sangue subiu e, quando ele chegou perto, eu dei um soco na cara dele. Alguns jogadores me cumprimentaram pelo que fiz. ”
Isto foi as vésperas do nosso rebaixamento! tudo tem uma explicação!

Ótima matéria, uma análise responsável sobre um assunto que muito preocupa a nossa torcida. se queremos ser os melhores devemos perseguir isso em todos os departamentos do clube. Já o Valdivia, não vale a pena perder tempo com quem nunca deu a mínima para o Palmeiras. a fila andou agora é passado. Avante que nosso futuro é promissor!

Esse cara ainda !? De novo !? Ibope pra vaga bundo ? Nosso Palmeiras segue e é muito maior que qualquer jogador, esse fulano aí nem na categoria jogador deveria se enquadrar!

Pior é dar ibope pra Valdivia e depois pra Marcos Assunção!!
Ficar desenterrando polêmica de 2012!!
Sendo que os dois são mercenários!!
É aquela time tá bem, bom faturamento, vários reforços e a discussão é briga de Valdivia e Marcos Assunção

Pior é dar ibope pra Valdivia e depois pra Marcos Assunção!!
Ficar desenterrando polêmica de 2012!!
Sendo que os dois são mercenários!!
É aquela time tá bem, bom faturamento, vários reforços e a discussão é briga de Valdivia e Marcos Assunção.

Agora a imprensa tá amiguinha do Valdivia? Reparem para o Valdivia o mundo tá errado, brigou com o Sampaoli, brigou com o time do Chile inteiro, todo mundo para ele é mentiroso, todo mundo é sacana… Chega desse cara, jogador mimado. Tchau

Valdívia admitiu que rolaram excessos de baladas que duraram “no máximo até 2012”.
Coincidentemente, ano que o Palmeiras foi rebaixado.
Eu respeitava e defendia esse cara até ver essa entrevista. Vai tarde.
Como alguns já disseram aqui, Valdívia será lembrado como “jogador que poderia ter sido” por alguns anos, pra logo após cair no esquecimento.

Outra coisa, ele lançou dúvidas ao DM por causa das mudanças que estão ocorrendo recentemente. Ora, mudanças e ajustes são normais em qualquer meio e não são, por si só, motivos de desconfiança.

O Valdívia entende de medicina tanto quanto eu, ou seja: NADA! Como foi dito, ele mesmo deu a entender que atrapalhava o próprio tratamento. Também é de se ressaltar que cada lesão, cada atleta e cada tratamento são diferentes, ouvi dizer que ele tem uma lesão crônica (incurável) na coxa esquerda e as lesões são inevitáveis, merecendo atenção e cuidados redobrados, coisa que ele mesmo não fazia. Como fez durante 5 anos, Valdívia só quis tumultuar o ambiente.

Esse cara é engraçado. Aparece pra criticar bem na hora que o time sofre uma derrota… Vamos esquecer o Valdívia. Deixa ele falar sozinho. Vai para Arábia parça…

Na minha modesta opinião, o Valdivia eta magoado com o Palmeiras, ele achou que o clube/time correria atrás dele para ele renovar, quando era ele quem deveria fazer isso desta vez. Não precisamos mais dele como antes. Se acha a última bolacha do pacote. E com ELE, não há outra alternativa que não contrato de produtividade pelo histórico dele. Histórico que ele mesmo criou quando se contundiu e em vez de se tratar ia pra balada. Fazendo uma conta simples, R$ 120.000,00 mais R$ 240.000,00 (4 partidas) chegamos a R$ 360.000,00, R$ 10.000,00 a mais do que ele diz que recebe. Pois ele não falou sobre bicho, luvas etc e tals. E convenhamos 4 partidas no mês é pouco para qualquer jogador, é metade. Se ele não se garante pra jogar 4 partidas/mês….

Esse Valdívia não merece nenhum comentário. Como está sumido da mídia tem que fazer alguma coisa para aparecer. O que precisamos agora, é contratar um volante com urgência, pois não temos nenhum reserva a altura do Gabriel. O Felipe Mello tá dando sopa.

Tudo que foi dito é verdade, existe sim os dois lados da moeda. Mas que no palmeiras os jogadores se machucam mais e demoram mais para voltar, isso é evidente.
Sou leigo neste assunto, mas tudo é chamado de DM quando na verdade o médico opera, trata e cura. Dai em diante entra a fisiologia, fisioterapia e preparação física onde se misturam capacidade humana com tecnologia em constante evolução. E somando-se a isso a o trabalho tão importante quanto. É a manutenção do atleta para toda temporada nos jogos 2 vezes por semana. Acho que no Palmeiras este conjunto que deixa a desejar, parece não ser bem afinado.
Para se ter uma ideia, marketing forte ou não, os gambas tem um elenco com metade dos jogadores do Palmeiras e dificilmente se houve falar em contusão, ou de alguém que esteja morando no DM. O tal de Renato Augusto era um “ex chinelinho”no Flamengo, na Alemanhã, hoje joga todas quarta e domingo. Talvez ai mostre uma das causas da diferença de resultados nos últimos anos.

Os comentários estão desativados.