Categorias
Campeonato Brasileiro 2015 Resenha dos Jogos

Pós Jogo Palmeiras 3×3 Corinthians: Verdão faz 3 mas cede empate

 

 

É o Dérbi! Não precisa dizer mais nada! 3×3 em um grande jogo.

Quem esperava um joguinho fechado, com dois times pensando primeiro em se defender, se surpreendeu. Palmeiras e Corinthians foram pro pau e o que se viu no Allianz Parque foi um jogo que lembrou as grandes partidas do dérbi da década de 70.

O Palmeiras logo saiu na frente com Lucas chutando na direita e a bola resvalando na defesa corintiana e tirando Cassio da jogada. Eram 18 do 1o tempo.

Seis minutos depois Arana apareceu na frente de Prass e empatava. Eles nem comemoraram direito. Lucas que estava incendiando a defesa corintiana cruzou na cabeça de Robinho que desempatou. 2×1.

O jogo era aberto. As chances apareciam dos dois lados. Prass cuidava bem da meta palmeirense. Até que aos 37 uma confusão na área palmeirense – e a zaga bateu cabeça – e Amaral faz contra depois que Prass espalmou.

Mas ainda no final teríamos um escanteio vindo da esquerda e Dudu, com muito oportunismo desviou de cabeça. 3×2.

Era um jogão.

Teve tempo ainda para um lance discutível – possível pênalti de Cassio em Gabriel Jesus. O juiz nada deu. E fim do 1o tempo.

No 2o tempo os times vieram com estratégias diferentes. O Corinthians veio prá cima buscar o empate. O Palmeiras de MO cuidava do contra-ataque. Chances apareciam pros dois lados e o Palmeiras teve oportunidade de fechar o jogo com G. Jesus e Vitor Hugo em cabeçadas (uma, defendeu Cassio; a outra foi prá fora). Zé Roberto também perdeu o dele.

Era um jogo bom. Mas perigoso.

O time nos 15 minutos finais parece ter sentido a correria. Entrou João Pedro no lugar de Robinho, Cristaldo no de Alecsandro. Aos 33 o castigo. Cruzamento na área e Love cabeceia. Outro vacilo da defesa. Dudu saiu e entrou Alione. Cassio ainda faria uma grande defesa no final do jogo, em cabeçada de Leandro Almeida.

A gente lamenta não ganhar do eterno rival. Mas deve ao menos reconhecer que hoje o time jogou bem do meio prá frente, além de Lucas ter se destacado na lateral  (Dudu foi o outro destaque). O time conseguiu fazer três gols na melhor defesa do campeonato. Mas tomou três gols por vacilo.

O título parece algo muito distante (15 pontos pro próprio Corinthians, faltando 15 rodadas). A Libertadores está a 3 pontos de distância. Mas o maior desafio é evitar as instabilidades contra os pequenos. E a falta de time. Na próxima rodada teremos desfalques de Dudu, Robinho, Jesus e Lucas. E é lá em POA contra o Inter. Carne de pescoço.

Saudações Alviverdes!

 

140 respostas em “Pós Jogo Palmeiras 3×3 Corinthians: Verdão faz 3 mas cede empate”

A cidade de São Paulo registra no dia de hoje 08/setembro , 29 pontos de alagamento. A continuar assim ultrapassará o Palmeiras….

Foi um absurdo o que o Allianz Parque lotado assistiu no domingo! A arbitragem brasileira como quase todas as instituições neste país é uma farsa! A rgt e outros tem um declarado desejo na polarização do futebol brasileiro entre gambás e mulambos e tudo concorre para que assim seja. —- Devemos tomar uma atitude logo —- mais uns poucos anos e eles conseguirão o intento. Nao precisaram roubar o jogo descaradamente, bastou o juizinho operar lenta e friamente o time do Palmeiras durante os 90 minutos, cartões amarelos por irritantes por reclamação… inversão de faltas… intimidação de jogadores e critério desigual na analise das jogadas são mais que suficientes para desequilibrar e determinar o resultado de um clássico! Mas mesmo assim o time estatal não conseguiu nos vencer. Jogamos muito melhor e não fosse os nossos nervos a flor da pele no segundo tempo e a certeza da impunidade (mal que assola este país) dos outros, o resultado seria diferente. Resta agora investir e apoiar as ações da Lava-Jato até que transbordem suas denuncias ao molusco e ao futebol brasileiro. Até nisso (o nosso futebol) os politicos e a mídia juntos meteram a mão e querem transformar em objeto de manobra. Nojento!

Os comentários estão desativados.