Categorias
Copa do Brasil 2015 Resenha dos Jogos

Pós Jogo Internacional 1×1 Palmeiras: foi bom

 

Noves fora, foi um bom resultado. Marcelo Oliveira traz mais do que o empate de 1×1 pela primeira partida das quartas de final contra o Inter. Traz um gol fora de casa; traz a moral elevada por ter jogado bem e agredido o Inter. E traz o favoritismo para decidir no Allianz Parque.

Também traz coisas ruins. A frustração por ter perdido um pênalti quando estava 0x0. E a possibilidade de ter matado o jogo no 2o tempo, contra um dos piores Inter que já vimos jogar contra nós. E quase viramos, quando o Colorado sentiu o golpe do empate e não tinha mais pernas nem jogadores para pressionar o Palmeiras.

Mas essa é a Copa do Brasil. Um jogo de 180 minutos, onde os primeiros 90 – na casa do adversário – são sempre perigosos. E o Palmeiras passou por ele.

Agora é decidir em casa.

Destaques para a dupla de zaga – hoje foi bem – e Dudu. E Rafael Marques, que entrou e empatou.

Agora é o Choque-Rei, domingo, pelo Brasileirão.

Saudações Alviverdes!

 

***

Pré Jogo

O Palmeiras tem um grande e perigoso desafio no Beira Rio nesta noite de 4a feira. Pega o Inter pelas quartas de final da Copa do Brasil.

Com a volta de Dudu o time ganha mais poder ofensivo. Mas terá desfalques importantes.

O volante Thiago Santos (que acertou a marcação depois da contusão de Gabriel), o zagueiro Leandro Almeida e o atacante Alecsandro não jogam, pois já jogaram a CB’15 por outras equipes.

Zé Roberto também não viajou. Além disso estamos sem contar com Gabriel e Cleiton Xavier. Assim o Palmeiras deve ir a campo com Fernando Prass; Lucas, Jackson, Vitor Hugo e Egídio; Amaral (Andrei Girotto) e Arouca; Dudu, Robinho e Gabriel Jesus; Barrios.

Os relacionados são:

Goleiros: Aranha, Fernando Prass e Jailson
Laterais: Egídio, João Pedro, João Paulo e Lucas
Zagueiros: Jackson, Nathan, Vitor Hugo e Victor Ramos
Volantes: Arouca, Amaral e Andrei Girotto
Meias: Allione e Robinho
Atacantes: Cristaldo, Dudu, Gabriel Jesus, Kelvin, Lucas Barrios, Mouche e Rafael Marques

Já o Inter tem os desfalques de D’Alessandro e Sasha.

***

Íamos esquecendo: o árbitro é Sandro Meira Ricci.

Alguns links do prestigiado árbitro da CBF:

Arbitragem desastrosa na Copa América…

Erros de Sandro Meira Ricci…

Fla x Flu …

Até em Rondônia…

Aguenta coração.

207 respostas em “Pós Jogo Internacional 1×1 Palmeiras: foi bom”

E o time (SFC), para mim, mais ajudado do futebol brasileiro, e que ninguem nunca fala nada, teve outro penalti, inexistente, a seu favor. Foi sendo ajudado que teve a melhor campanha do Paulista, que ajudou a jogar por dois resultados iguais e ser campeão. E assim vai conseguindo sua vaguinha para a Libertadores 2016. Deixa quieto!

O jogo de hoje contra o time do dick vi..ga..rista e do pônei ma..ld..ito é o jogo delas: Existe apenas 1 vaga para a Libertadores e Palmeiras, Bambis e Flajuto em princípio lutam por ela…….. além disso, elas precisam de grana…..e precisam da libertadores. Junte a isso as 2 últimas goleadas. Para um clube arrogante que já tentou nos su..ru..piar um estádio, é inadimisível não se manter o tabu de que o Palmeiras não ganha lá. Eu espero inlcusive que o Palmeiras entre todo mole, pois eles são capazes de jogar algum gás que ninguém percebe nos vestiários par ganharem hoje. Nunca, jamais, em tempo algum….subestime o time do dick vi..ga..rista e do pônei ma..l..dito. E nem os biscoitinhos e camisas que eles dão para as arbitragens…

O jogo de hoje contra o time do dick viga..rista e do pônei ma..ldito é o jogo delas: Existe apenas 1 vaga para a Libertadores e Palmeiras, Bambis e Flajuto em princípio brigam por ela…….. além disso, elas precisam de grana…..e precisam da libertadores. Junte a isso as 2 últimas goleadas. Para um clube arrogante que já tentou nos surupiar um estádio, é inadimisível não se manter o tabu de que o Palmeiras não ganha lá. Eu espero inlcusive que o Palmeiras entre todo mole, pois eles são capazes de jogar algum gás que ninguém percebe nos vestiários par ganharem hoje. Nunca, jamais, em tempo algum….subestime o time do dick viga..rista e do pônei mal..dito. E nem os biscoitinhos e camisas que eles dão para as arbitragens…

E o “time grande” que goleamos fora de casa vai vencendo tranquilamente o Goiás no Maracanã. Aliás, já havia derrotado os goianos no jogo do turno no Serra Dourada, ou seja, esses seis pontos provavelmente salvarão o Tapetense do rebaixamento. Os mesmos seis pontos que jogamos no lixo contra esse “figurante” do campeonato e que nos colocariam hoje na briga pelo título. Alguns torcedores de resultado deveriam se lembrar disso antes de ficarem chateados com quem tem senso crítico e quer ver o Palmeiras ganhando títulos e não apenas vagas.

você esqueceu das derrotas para o cruzeiro do profexo, para o coritiba na zona de rebaixamento, e os tropeços do oswaldo no inicio do campeonato todos esses resultados que nos tiraram da briga pelo titulo

Pode ser que eu me engane, mas o Osorio quer continuar nos Bambis? Não. Os jogadores dos Bambis, exceto a ala do M1co, querem que o Osorio continue nos Bambis? Não. Existe oportunidade melhor que essa de se unir o útil ao agradável (a derrota para um rival histórico e direto na luta pelo G4, e com quebra de tabu) para se demitir o treinador, antes que ele demita os Bambis de sua carreira para assumir a seleção Guacamole? Não. Não será nenhuma surpresa, para mim, se as Bibas forem (ou se deixarem ser) goleadas amanhã….

Gustavo, não acredite nisso. Se fosse qualquer outro time do planeta seu raciocínio seria perfeito, mas o ódio mortal (e recíproco) que os bambis têm da gente jamais permitiria uma derrota deliberada pro palmeiras. Eles venderiam a alma ao demônio, mas nunca entregariam um jogo pra nós, não se engane com essa corja!!!

Amanhã saberemos como será o nosso final de ano. Teremos uma rara chance de, com uma “simples” (entre aspas porque não será nada fácil, principalmente se entrarmos em campo com Amaral – obrigado pela excelente montagem de elenco, sr. presidente!) vitória acabaremos com treze anos de tabu, abriremos cinco pontos em relação ao SPFC na luta pela vaga na Libertadores e afundaremos o rival ainda mais na sua crise, pois nessas condições provavelmente Osório não chegará até segunda-feira como técnico do time das meninas do Jardim Leonor. Em algum momento voltaremos a ganhar no Morumbi, que seja amanhã.

KkKkKkKkKk. Faz-me rir! O Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou por unanimidade na sessão desta quinta-feira (24) o pedido de registro do Partido Nacional Corinthiano (PNC). A Corte entendeu que a sigla não cumpriu os requisitos legais para a sua criação.
Relator do processo, ministro Henrique Neves, informou que a legenda protocolou o pedido de registro no TSE desacompanhado de quase todos os documentos necessários. Ele ressaltou que abriu prazo de 10 dias para que as exigências fossem preenchidas, o que não aconteceu. Fonte: site TSE

Sobre o Jesus, vale a lembrança que pro Palmeiras só ficam 30%, né presidente ?!!!!! Gênio da renovação de contratos!

Agora, se for para vender o Gabriel Jesus, que se traga um jogador com qualidade superior (e não precisa nem dizer que o América-MG não tem esse jogador), e não três meias-boca.

O América Mineiro certamente não tem, mas nossos outros “celeiros” de craques (Chapecoense, Botafogo, São Caetano) quem sabe tenham. Porque se você espera alguém voltando da Europa, só se for quem estiver encostado na Bielorrússia, na Lituânia ou no futebol cipriota.

Eu te sigo em toda parteeee com a força da paixão….. Sabado as 15;00 hrs no segundo andar do clube, S.E.P X Tênis Clube, se ganharmos, e é o que vai acontecer, estaremos na disputa da série prata do torneio metropolitano do Sindiclube. quem puder compareça.

Boa sorte pra molecada! Amanhã meu filho tambem tem jogo. É dia de encostar na rede e cornetar a arbitragem…

Falando em categoria de base, já tão querendo levar embora o Jesus, dizem que o Roma ofereceu 10 milhões de Euros. Será que o nobre presidente (com ascendente em árabe) vai fazer igual seu muçulmano mentor fez com o vagner love em 2004???

Essa oferta só pode ser trolagem (Roma – Vaticano – Jesus). Se venderem mesmo o menino por essa mixaria só resta virar igreja e canonizar todo mundo.

Pois é, e se não fosse o torcedor palmeirense encher o saco, o moleque não estaria nem no banco. Agora pra emprestar e vender a molecada eles são rapidinhos …

Imperdível! Hoje, dia 25, tem jogo no sportRGTv, 21 h, da nossa verdadeira categoria de base, onde estão sendo revelados nossos “cracks” para 2016. América-MG X Criciúma.

O Internacional tremeu contra o Palmeiras dentro de casa! Muito inseguro, entregou várias bolas para o Verdão. O empate foi bom, mas dava para enfim vencer os caras lá. No Allianz Parque tem que passar por cima. Eles demonstraram não ter nenhuma confiança em nos superar, ficou bem claro isso ontem. E ainda virão desfalcados. O Palmeiras não pode bobear.

Além dos desfalques que já não atuaram ontem, o Vitinho tb não jogará. Uma preocupação a menos pra nossa zaga.

O que eu vi ontem foi um time que gosta de tocar a bola para frente (diferente da epoca do O.O) e cria várias oportunidades a todo momento. Acho interessante também a funcao tatica do GJ, ele volta para marcar a todo o momento e isso da uma segurança para a zaga. Realmente o time está jogando bem.

O que me deixa muito chateado é que o time joga bem, contra tima grande, fora de casa, como a MUITO TEMPO não acontecia… e perdemos tempo reclamando que podia ser melhor… Mas nem goleade de 4×1 fora de casa contra time grande, nós comemoramos… não sei porque me supreendo.

Thomaz, não é perder tempo “reclamando” que podia ser melhor, mas ficou na cara que o jogo era bem ganhável, tivemos pênalti perdido, chances perdidas na cara do gol, bola na trave… time se impôs e poderia ter saído com um resultado melhor… isso não é reclamar, é apenas comentar sobre o jogo. E o 4×1 fora de casa contra time grande que você citou, entendo que não foi muito comemorado porque grande parte da torcida entendeu/percebeu que foi um placar bem enganoso, time fez um 1º tempo patético, depois do pênalti perdido pelo adversário se soltou pro ataque e se aproveitou de erros individuais do adversário. Abraço.

Parabéns, Diogo, você parece entender de futebol, não é um torcedor de resultados. Seu comentário sobre nossa “goleada de 4×1 fora de casa contra time grande” é um bom resumo para que muitas pessoas entendam porque o Palmeiras está disputando hoje apenas vaga na Libertadores e não o título. Tem gente que nunca aparece por aqui e quando o faz é para escrever incoerências. Analisando de um modo geral, empatar com o Inter no Beira-Rio com gols pela Copa do Brasil é um bom resultado, mas no contexto específico voltar do Sul perdendo pênalti e a chance de praticamente matar o confronto considerando a insegurança da nossa defesa, não. Antes de sair comemorando pela avenida Paulista, lembro que na final da CB 1996 aquele timaço dos 102 gols (que por sinal era umas 100 vezes melhor que o atual) conseguiu empatar em 1×1 no Mineirão, fez 1×0 no Parque Antártica com menos de 5 minutos de jogo e o resto da história todo munda sabe como foi.

Não sei se isso será corrigido, torço para que sim, mas o Barcos infelizmente perde muito gol fácil que um número 9 de verdade faria…

Um resultado que seria ótimo, não fosse as circunstâncias em que aconteceu… Todos jogarem bem, foi um bom jogo coletivo (Barrios e Amaral destoaram um pouco)… E a zica tava lá, no gol do Alex, mas, quem abusa do direito de errar, não pode reclamar da sorte…

Sim, foi um bom jogo com um bom resultado para nós… mas poderia ter sido ótimo! Penalti não se perde catzo, ainda mais numa competição como essa de mata-mata. Espero que isso tenha aberto os olhos do MO, e que agora bote o time pra treinar penais e defina quem será “O” cara oficial pra bater. Penalti pro Palmeiras é igual a cometa, só acontece uma vez a cada 600 anos, e quando acontece tem que aproveitar pô… Sim, ainda to irritado, bravo, nervoso, pq um cara que ganha trocentos reais por mês não tem a capacidade de acertar uma coisa que meu pai com 70 anos consegue. É o fim da picada!!

Belotto, com o medo que os caras entraram, trocentos cabeças de área, com a bola murcha que jogaram, foi uma oportunidade jogada fora de quebrar o tabú. Tudo por causa do paraguaio falso.

Realmente foi uma oportunidade de ouro perdida de quebrar o tabu. O Internacional não jogou absolutamente nada, estava visivelmente nervoso, com medo mesmo do Palmeiras. Era dia para ganhar. Na Arena tem que passar por cima.

Entre lamentar pelo empate ou comemorar o bom futebol, eu fico com a segunda hipótese, pois jogando bem a tendência é que o resultado final nos favoreça, e eu não tenho motivos para achar que na próxima 4ª feira não joguemos bem novamente.

Os comentários estão desativados.