Categorias
3VV Indica

3VV Indica: Steve Jobs

 

Steve Jobs

Muito provavelmente vocês já conhecem ou pelo menos já folhearam a biografia do Steve Jobs em alguma livraria. O livro, muito bem escrito por Walter Isaacson e lançado em 2011, conta a trajetória de um dos maiores ícones do mundo da tecnologia e se baseia não somente em depoimentos colhidos com o biografado, mas também com farto material de pesquisa, entrevistas com amigos, familiares, funcionários, concorrentes e especialistas no meio. Ótima leitura, recomendo.

O livro serviu de inspiração para uma cinebiografia, dirigida por Danny Boyle (Trainspotting, Quem quer ser um milionário?, 127 horas), e estrelada por Michael Fassbender e Kate Winslet, intitulada “Steve Jobs“: www.imdb.com/title/tt2080374/?ref_=fn_al_tt_1  que está sendo lançada esse mês.

Lembrando que já existe uma cinebiografia lançada em 2013 e estrelada por Ashton Kutcher, cujo nome é “Jobs“: www.imdb.com/title/tt2357129/?ref_=fn_al_tt_2

 

Por fim, foi lançado nos EUA também nesse ano (sem previsão de estreia no Brasil até onde eu saiba), um documentário chamado “Steve Jobs – The man in the machine” que parece ter um tom mais crítico do que o filme de Danny Boyle: www.imdb.com/title/tt4425064/?ref_=fn_al_tt_4

 

***

Li o livro (muito bom) e vi o filme com o Ashton Kutcher (fraco, para ser simpático). Aguardo agora para assistir aos dois novos lançamentos.

***

Até a próxima!

 

 

 

3 respostas em “3VV Indica: Steve Jobs”

Foi uma reunião muito são-paulina, disse um dos componentes da diretoria dos bambis. Imaginem o que deve ter acontecido (kakakaka). Chupa Vaidar. Volta Juju.

Li e livro e recomendo.
Jobs tinha uma vontade implacável de estar à frente, enxergou não apenas as oportunidades mas também o que muitos queriam e nem tinham plena consciência.
Poderíamos traçar muitos paralelos com a Opinião escrita pelo Vicente nos post anterior a este, por exemplo, pioneirismo, referência.
Mas o medo de perder holofotes, da visão curta que traz a politicagem do clube, nos deixam muito distantes do que o Palmeiras pode ser.

Os comentários estão desativados.