Categorias
Brasileirão 2015 Campeonato Brasileiro 2015 Notícias

Campeonato Brasileiro 2015: balanço na R29

 

O Campeonato Brasileiro 2015 entra na sua reta final.

Após a rodada do final de semana e do recesso para as eliminatórias, o campeonato terá mais 9 rodadas.

Há dois campeonatos em andamento: aquele disputado por Atlético MG e Corinthians (64% e 70% de aproveitamento) e aqueles que disputam uma vaga no G4.

CLASS_R29

O Palmeiras, na 6a posição e 52% de aproveitamento dos pontos em 29 rodadas, continua no bolo pela 4a vaga da Libertadores.

Já o Santos assumiu a quarta posição depois de uma grande recuperação (veja mais abaixo o desempenho no 2o turno). E entre Santos e Inter, dois pontos separam 5 times. A Ponte Preta, nosso próximo adversário, vem um pouco mais atrás, com 41 pontos.

Mais abaixo, do Sport ao Cruzeiro, começa-se a cumprir tabela. enquanto que da Chapecoense ao Vasco seis brigam por três vagas fora do Z4. E o Joinville parece que já foi.

E o Palmeiras?

O desempenho fora de casa continua atrapalhando a vida da SEP. Como bem destacou Rodrigo Barneschi em seu post desta 2a feira, o Palmeiras tem desempenho muito fraco fora de casa (conquistou apenas 33% dos pontos disputados longe de sua apaixonada torcida). Se considerarmos, como destacou Barneschi, que ganhamos lá do Fluminense, Vasco e da Ponte Preta (praticamente um jogo em campo alviverde) o desempenho cai para apenas 17%.

A boa notícia: das próximas 9 partidas restantes, 5 serão no Allianz Parque. Se assumirmos a média dos últimos três anos (o quarto colocado teve em média 57% dos pontos disputados) o Palmeiras precisará de 65 pontos (mais 20 pontos, 74% de desempenho nos 9 jogos restantes).

Desempenho acima do que qualquer outro clube, mas possível. Seria algo como ganhar os 5 próximos jogos em casa e fazer mais 5 pontos em 12 a serem disputados fora de casa.

As partidas:

30a rodada 14/out Qua 21:00 Palmeiras x Ponte Preta Allianz Parque
31a rodada 17/out Sáb 18:30 Avaí x Palmeiras Ressacada
32a rodada 24/out Sáb Palmeiras x Sport Allianz Parque
33a rodada 31/out Sáb Santos x Palmeiras Vila Belmiro
34a rodada 07/nov Sáb Palmeiras x Vasco Allianz Parque
35a rodada 18/nov Qua Atlético-PR x Palmeiras Arena da Baixada
36a rodada 21/nov Sáb Palmeiras x Cruzeiro Allianz Parque
37a rodada 28/nov Sáb Palmeiras x Coritiba Allianz Parque
38a rodada 06/dez Dom Flamengo x Palmeiras Maracanã

2o turno

CLASS_1T_2T

O campeão simbólico do 1o turno foi o Corinthians. com 40 pontos e 70% dos pontos disputados.

No 2o turno o Santos está na frente. 22 pontos com 73% de aproveitamento. O Flamengo vem a seguir junto com o Corinthians, os dois com 70%. E o Atlético Mineiro vem em 4o. Destaque ainda para Inter e para o Vasco, que nas últimas partidas cresceu, e hoje tem o mesmo desempenho do Palmeiras no 2o turno, com 47% dos pontos ganhos.

O Fluminense é o pior.

APROVEITA_CLASS_POR_ROD

O Santos, por seu lado, vem se recuperando antes mesmo de terminar o turno, a partir da rodada 15. A chegada de Dorival Jr (quem diria hein?) mudou a tendência de um clube que se esperava lutar contra o rebaixamento para disputar a vaga no G4.

Já o Verdão começou sua recuperação antes, com a vinda de MO 20 rodadas atrás. O problema tem sido manter a regularidade. Culpa provavelmente das contusões e cartões, que obrigam MO ter que mudar o time, principalmente entre os volantes e meias.

Ou tem outra coisa para justificar tamanha irregularidade? Mistérios.

E prá frente?

A tabela do Palmeiras já vimos e parece ser a menos complicada. Terá apenas duas pedreiras fora de casa (Santos e Flamengo). Terá ainda os que brigam prá não cair (Avaí, Coritiba, Vasco), além da carne de pescoço Ponte Preta (em casa), o Atlético PR (fora) e o Cruzeiro sem pressão em casa.

Se olharmos os adversários, todos terão jogos mais complicados.

O Santos terá Grêmio, Coritiba e Vasco fora e Flamengo em casa. Fará 4 jogos em casa.

O Flamengo terá Corinthians, Grêmio e Santos fora. Também fará 4 em casa e 5 fora.

Já o SPFC tá pior ainda. Corinthians, Coritiba e Cruzeiro, fora. Galo em casa.

E o Inter, que está se recuperando, tem talvez a pior tabela. Galo, Flamengo e Fluminense fora. E um Grenal. E a Chapecoense em Chapecó.

Na tabela, o Palmeiras parece ter mais chances. Dentro de campo, temos que fazer valer nosso favoritismo.

E você palmeirense, mesmo com a pancada deste domingo, tá otimista com a vaga na Libertadores?

E com os números acima? Concorda? Se tiver alguma análise que complemente (ou corrija, afinal é número prá caramba) mande prá nós.

Saudações Alviverdes!

 

39 respostas em “Campeonato Brasileiro 2015: balanço na R29”

Prevejo anos difíceis para os bambis. Quem é um pouco mais velho se lembra de que qualquer partida importante em SP era realizada no Morumbi: Palmeiras x Flamengo, Corinthians X Fluminense, Santos x Atlético/MG, etc. Os bambis conseguiram muito, muito dinheiro com isso, às custas das outras torcidas. E com os shows eles também ganharam muito. Qualquer grande show era lá, por isso não ligo de estragarem um pouco o gramado do Allianz pois isso tira dinheiro deles e nos fortalece, faz o estádio e o clube conhecidos internacionalmente e fará com que o Palmeiras mude de patamar. Esse ano foi o primeiro ano disso, nos próximos teremos elencos mais fortes.

Se o time jogasse com a mesma vontade contra os pequenos, já estaríamos numa situação bem mais tranquila na tabela. Ganhamos 4 pts do GAM, mas perdemos 6 pts para o Goias. Eu vejo um G4 como obrigação. MO que se vire

Entendi a ironia, victor. Concordo com você. Mas veja que é no campeonato paulista, então que se dane (não to muito otimista pela Libertadores…). Mas tem mais uma coisa. As bambinas sustentaram o panetone na última década com shows, ganharam muitos milhões de reais com esse tipo de receita. Todos esses shows que estão fazendo no Allianz seriam no Jardim Leonor. Estamos tirando muitos milhões das moçoilas, isso vai refletir no futebol, pode apostar.

não teve ironia não Paulão, além de gostar muito da banda, cada vez que tem show no allianz ganhamos dinheiro e não deixamos os tricolinos ganharem. A arena é para isso, são novos tempos e da para conciliar os dois, veja que já esta marcado, já estamos sabendo cinco meses antes. Não tem desculpa.

Em teoria realmente a tabela nos favorece. A verdade é uma só, se não conseguirmos classificação para a Libertadores (seja ganhando a Copa do Brasil, seja pelo Brasileiro), o ano será considerado um novo fracasso. Isso precisa ser dito com todas as letras ao técnico e elenco. Fosse eu o presidente, exigiria a classificação.

Concordo com o Levi. Se o Julen ou outro da base, parece de nome Daniel, jogarem menos e forem tão lentos como o Amaral, pode mandar embora já. No jogo final ano passado contra o Atlético Paranaense jogou um zagueiro central improvisado de volante (Gabriel Dias) e foi um dos poucos que se salvaram; não teve outra oportunidade, foi mandado embora; assim como o João Denoni que é um volante muito melhor que o Amaral e o Girotto. Nathan virou a última opção na zaga, sem ter tido nenhuma chance na sua posição; contrataram o amiguinho do M.O. por 3 milhões e vocês viram a ruindade que é; Victor Luiz foi emprestado, jogava de lateral e volante, jogador regular; e foram buscar João Paulo que é péssimo. Esse é o Palmeiras.

É o que costumo dizer: se vc planta alface, vc só vai ao
mercado comprar alface se a alface que vc planta estiver
sem condições de ser consumida. Senão vc usa a alface que
plantou e é muito mais barata.

A tabela na teoria é mais facil, porém se nosso técnico não mudar o esquema tático, vamos chegar em oitavo. Como o time deixa o adversário jogar fácil, não tem nenhuma marcação. Esta goleada já estava pré anunciada. Nos últimos jogos exceto contra o Gremio, jogamos um futebol horrível. O M.O. tem que entender que time com 4 atacantes não vai a lugar nenhum.

Realmente, olhando as tabelas na teoria temos a mais fácil de todas. Porém, destaque MUITO negativo para: Avaí fora (é a cara do Palmeiras perder esse jogo em uma bola parada no último lance), Sardinhas e o bom ataque deles (com essa nossa defesa vai ser difícil não levar gol), Atlético PR ( o time dos caras não vai querer mais nada no campeonato e mesmo assim podemos nos complicar). Porém, acredito que podemos ganhar os 5 jogos em casa e talvez do Flamengo na última rodada caso o time do Oswaldinho já esteja de férias. Ainda assim, acredito ser mais fácil ganhar a Copa do Brasil do que ir pelo brasileirão no G-4 uma vez que o time gosta de perder ponto em jogo fácil. Acho que se encaixarmos um bom jogo no Maracanã e mesmo levando gols ganhar a partida dá pra se classificar, e na final um clássico onde tudo pode acontecer.

Isso tudo só depende de uma coisa: MO. Se o professor parar de inventar esquema tático e escalar 4 jogadores no meio (ou pelo menos 3) ao contrário de 4 atacantes, como vem fazendo, tudo fica menos difícil. Agora se insistir nessa aberração de 4 atacantes e fazendo ligação direta com a zaga, sem NINGUEM no meio, aí esquece…

feijão com arroz, escala dois volantes (seja quem for) e dois meias(seja quem for), particularmente eu iria de thiago santos, arouca, robinho e allione, rafa marques e dudu no BR. na CB sai o thiago, o robinho vai para a volancia e entra o zé roberto.

pois é, simples resolver, agora resta saber se tem como alguém ir lá e desenhar pro MO, pq parece que ele não tá entendendo direito

não consigo ver o rafa marques com o Barrios, nas vezes que eles jogaram juntos, eles embolaram.

Vamos ver como o time vai reagir a mais este vexame, se o MO tiver o time na mão (como dizem alguns) vamos nos recuperar. Agora é esperar para ver.

Infelizmente eu não acredito nisso, se o MO tivesse o time na mão, não aconteceria essa balbúrdia que aconteceu em chapecó. Tem algum problema interno que a gente não sabe, porque mesmo um time medíocre não tem como perder de 5 pra chapecoense.

A hora que estamos novamente orgulhosos, esses ….. perdem de 5.
Os jogadores do gambá nem recebendo estão e são líder do campeonato.
Bota esses caras para cortar cana.
O M Oliveira, Ozorio, onde já se viu colocar o Lucas de volante.
Amaral, Girotto, Egídio , Jackson …..

E se o Palmeiras ~åo tiver na base 1 jogador para suprir as ausências de Arouca e Gabriel e ficar só com girotto e amaral….é melhor fechara a tal base. Santos, Grêmio, Flu, small club, bambis…..todos os times quando estão em crise lançam jogadores da base e eles dão certo. Só no Palmeiras isso é impossível.

Sou DUPLAMENTE OTIMISTA. Uma por ser brasileiro, e outra por ser palmeirense. Perdemos jogos fora por causa de contusões e esquema de jogo… que ele (M.O) nunca muda. As vezes, tem que fechar a casinha e partir pro contra-ataque. Um pontinho já ajuda muito num BR disputadíssimo como esse. E contra o Sport não será no Allianz, e sim no Pacaembu. Mas venceremos da mesma forma. Palmeiras joga mais contra os times grandes do que medianos e pequenos. Mesmo assim, a tabela ajuda. Pois, o Avaí e’ nosso freguês, Vasco talvez já tenha caído e o Coxa (brigando embaixo) será a penúltima num Allianz abarrotado . Duro mesmo serão contra: Sardinhas na Vila…(mesmo assim daria pra beliscar 1 ponto) e Brisa-PR lá… que estará brigando pra não cair. Será outro jogo durissimo como foi contra a Chapecoense. Aí M.O…FECHAR A CASINHA. Concordo com a Ponte ser carne de pescoço, mas… essa nossa última goleada sofrida fará o Palmeiras entrar com a famosa faca nos dentes, com sangue nos olhos por ser o jogo seguinte. Até pq a mídia gambambi já taxou que perderemos da Ponte. Ou seja, VENCEREMOS!!! E será a arrancada pra libertadores. Faremos mais 20 pontos ou mais. O Palmeiras brigara’ diretamente com o Sardinhas. Portanto, caso não vencermos a CB (SEREMOS CAMPEÕES), teremos que torcer pros Sardinhas serem. Pq o G4 se transformaria em G5. Bambis, Flajuto e Coloridas terão jogos mais difíceis e mais confrontos diretos, onde um mata o outro. Confio no Palmeiras!!! Libertadores a vista…assim como o Pirlo, Dedé…e nessa bagagem, o ala Apodi. Além desses, vem mais uns 2 ou 3 acima da média.

Pirlo? Sério? Palmeiras tá montando time de Masters? Melhor botar Evair, Edmundo, Marcão, Mazinho, etc, pra jogar logo de uma vez, rs. Apesar de gostar muito do Pirlo (uns 4 anos atrás seria um ótimo investimento de marketing) hoje não dá mais.

Pode ser só boato. Mas, se vier poderá ajudar sim, seja no campo, seja no marketing. O Zé Roberto com uma perna joga mais que Egídio, Joao Vitor , Joao Paulo e outros…mesmo velho. Precisamos de jogadores técnicos, que aguentam a pressão. E Pirlo joga bem, arma e e’ excelente na bola parada. Jogar no Palmeiras e’ pra poucos.

Concordo com tudo, mas tanto ele quanto zé40 não aguentam o calendário brasileiro. São (bons) jogadores pra compor elenco, mas jamais podemos depender deles. Se vier um Pirlo da vida, tem que trazer também um Conca, pois quando um não puder jogar o outro joga.

Concordo. Quando o cara vai para os EUA jogar
é porque não pensa mais em competir em alto
nível.
No entanto, se vier querendo competir em alto
nível, resolveria vários problemas do Palmeiras.

Acho que esses caras mais veteranos dão certo sim, desde que entrem pra jogar uma vez por semana. Afinal o Pirlo velho é melhor que o Amaral novo, o Zé40 deixa o Egydio no chinelo, e assim por diante. Só que não aguentam dois jogos por semana.

Se é goleado, perde 12 pontos para Goiás e Chapecoense, ….Amaral, Egídio, Leandro A, Jackson, João Pedro entregam sempre o ouro para o bandido…..presidente elogia arbitragem…..somos roubados….clube so..cial dá prejuízo de 14 milhnøes até julho….. etc……………..o estádio estará sempre lotado, o avanti pago e os salários…rigorosamente em dia!!!!!! Não há pressão e cobrança da torcida. Ninguém teme os o…tá..rios pagantes.

E o pônei maldito que agora tem um presidente com olho roxo…….com todas as dívidas, crises…..está outra vez na nossa frente.

Esse time não joga nada! Só perde!!!! Quando ganha, ganha jogando mal! Não acredito que vai ganhar qualquer título neste ano. O grande Oswaldo Brandão ensinava que campeonato de pontos corridos era conquistado ganhando dos pequenos, como no Paulista de 1972, quando não perdeu NENHUM ponto para os pequenos.

Muita sorte mesmo Fernando. Acompanhei as 3 Academias dos últimos 50 anos: a de 1965, a de 1972 e a de 1996 (esta foi a última em que tivemos um time que presta e, por coincidência, o técnico era o Luxemburgo). Menção honrosa para o time de 1993/94.

Abçs

Em tempo: nesse mesmo Paulistão de 1972, só para exemplo, fomos campeões paulistas com apenas 7 pontos perdidos (empates contra os grandes nos dois turnos). O SPFC foi o vice com 8 pontos perdidos, um a mais e resultado de um empate contra um time pequeno. Sugestivo, não?

Time bom, encara qualquer tabela. Time meia-boca se enrosca com qualquer tabela…

O problema não é tabela. Certamente uma surra de 5×1 para a Chape não estava no cardápio.

O time perdeu Arouca, e isso se junta ao nosso técnico limitado, que confunde futebol ofensivo com futebol com 4 atacantes. No jogo contra o Inter já colocou o Rafael Marques quando o Robinho se machucou, e repetiu o erro desde o início contra a Chape.

O vareio de futebol é resultado de um fime sem comando. Elenco recheado de jogadores, mas o MO não roda o time, não sabe usar o elenco. Vide Barrios, que ele usa como atacante isoladão lá na frente, coisa que ele não é.

Independente do que aconteça com o time nesse final de temporada, ano que vem temos que ir atrás de outro “professor”.

acredito que é mais fácil irmos pra libertadores pelo brasileiro já que teremos pelo menos o Tiago santos, em tese o mais difícil seria os confrontos diretos contra o flamerda e o prantos fora só que o Palmeiras gosta de se complicar com os pequenos fora de casa e temos Avaí e atlético do parana lá e esses confrontos contra a ponte e o coritiba em casa tem que prestar atenção

Os comentários estão desativados.