Categorias
Campeonato Brasileiro 2015 Resenha dos Jogos

Pós Jogo Palmeiras 0x1 Ponte Preta: o que falar?

 

O Palmeiras perdeu para a Ponte Preta no Allianz Parque por 0x1 com 29 mil torcedores.

Há pouco para se comentar. Sem criatividade, o Palmeiras era um amontoado de jogadores enfrentando um time que mesmo sem o técnico Doriva no comando mostrava mais entrosamento e incrivelmente mais qualidade.

A Ponte abriu o placar ainda no primeiro tempo com um gol de pênalti cometido por Victor Ramos. Marcelo Oliveira tentou mudar o time colocando Gabriel Jesus, Critaldo e Allione, mas sem resultado. O time até melhorou mas insuficiente para mudar o placar.

 

O palmeirense saiu irritado do Allianz e vaiou o time. A única notícia boa ao torcedor é que os adversários diretos pelo G4 – SPFC, Flamengo e Inter – também perderam. O Santos joga nesta 5a feira. O Palmeiras continua no 6o lugar.

O próximo é contra o Avaí, sábado, lá.

221 respostas em “Pós Jogo Palmeiras 0x1 Ponte Preta: o que falar?”

Vou citar apenas 3 “cracaços” do Avaí que jogarão hoje: André Lima, Jéci e Tinga!!! (aquele mesmo Tinga que o Felipão adorava e que não fez sequer uma única partida boa jogando no Palmeiras). Se o Palmeiras conseguir perder, mesmo atuando com o mistão que entrará em campo, o Marcelo Oliveira terá de dar boas explicações.

Moro em Florianópolis e aqui tá chovendo muito forte a semanas. O campo vai estar um verdadeiro pasto, cheio de poças. Joguinho pra 0 x 0. Amanhã é torcer pra nossa bola aérea funcionar.

Pelo planejamento q foi feito, pela grana investida e principalmente por nossa posição na tabela acho um erro gigante descartar o brasileiro e focar só na CB. É OBRIGAÇÃO desses caras se empenharem até o fim nas duas. Mais uma demonstração clara de falta de comando. Não duvido nada do amor do Paulo Nobre pelo Palmeiras mas pra trabalhar no futebol ele não serve. Não manja absolutamente nada.

Palmeiras relacionou o time: “Desisti do G4, vou disputar a Sulamericana”……………….ai contra o Flu pega um um dos conhecidos árbitros e o ano acaba.

Em relação à Copa do Brasil, quando fomos à semi-final em 2012, 10 em cada 10 palmeirenses tinham a certeza de que perderíamos do Grêmio. Ganhamos o jogo de ida, inesquecível, lá no sul, o luxemburgo saiu de campo como se estivesse indo ao próprio velório. Jamais esquecerei esta cena. Diante disso, mesmo com o futebol medíocre dos últimos jogos, quem sabe ainda dá pra pensar num milagre???

Eu acho que o momento é de crítica e de ficar todo mundo P da vida. Mas analisando um pouco mais friamente, não vejo nenhuma vantagem em trocar de técnico. Cada técnico novo que chega precisa de um período de adaptação e lá se vão uns dois meses para que isso aconteça. Antes de criticar apenas o técnico, precisamos entender que o mais importante é ter TIME e ELENCO. Não temos nenhum dos dois. Então, antes de mandar o M.O. embora e pagar os salários dele o ano que vem inteiro, porque não contratar uns três ou quatro TITULARES?

pipocou no jornal extra do rio de que o Palmeiras estaria interessado no nenê do vasco, mas a torcida não gosta dele alguém poderia me dizer o que ele fez quando o time caiu em 2002?

êO fabuloso nenê, segundo declarações do goleiro Marcos e do seu reserva sergio, foi um dos grandes responsavéis do primeiro rebaixamento do Palmeiras !!!quando cobrado no vestuario, ele ria tirando o sarro !!!Eu torço pelo terceiro rebaixamento do Vasco só por causa dele !!!

Assinado o atestado de Sul Americana ano que vem: “Marcelo prioriza a Copa do Brasil e Palmeiras deve ter mistão no Sul” – site do Globo Esporte. A provável escalação é: Prass, Egídio, Errando Almeida, Jackson e João Pedro; Matheus Sales, Thiago Santos, RM, Allione e Kelvin; AlecDonalds. Estamos a 1 ponto do G-4 e o cara já começou a priorizar a Copa do Brasil. O Allione, tão pedidos por muitos é um jogador bem meia boca que entra de vez em quando e acerta uns dois dribles por jogo, erra uns 3 passes e fica por aí. AlecDonalds, Egídio, João Pedro e Errando Almeida me recuso a discutir. Resultado muito provável de amanhã: derrota.

Amigos, assistimos ao jogo e até os 33 min. 1o. tempo, 65% de posse de bola para a Ponte e tb. teve o dobro de finalizações sobre o Palmeiras, que mais parecia o Guarani, se não fosse a Arena mudar essa impressão. E foi dominado até o final da 1a. etapa. E vimos no 2o. tempo, aquele catadão perdido em campo, dando os mesmos chutões de jogos anteriores, tipo aqueles times de fazenda, sem querer ofender a fazenda. Sou do tempo de um Palmeiras sangue nos olhos, que era chamado de time grande, respeitado por adversários de qualquer divisão. Eu acredito que time grande tem que ganhar, brigar sempre pelo título. Torcer pra time por simples passatempo eu não curto. Jogador que faz biquinho por que o chefe deu bronca por eles perder de goleada para um simples time regional (Chapecó cabe toda dentro do Allianz), ou então ficam tremendo de medo, borrando as calças por que foram vaiados no meio da partida. Lamento, mas não é profissional pra vestir uma camisa que hoje tem só um belo passado. E passado só dá títulos e alegria para museus…. Podem esperar, ano que vem, ouviremos, pela 3a. vez, um Paulo Nobre dizer que precisamos ajustar a casa e que é time em formação (acho que formandos só daqui a 4 anos quando encerra a faculdade) e com os mesmos Zé Roberto, Amaral & Cia. Ouviremos tb. a desgastada frase usada por Nobre: “É time para o ano que vem”, como era time para 2014, 2015 e será para 2016, depois 2017, 2018…. Só resta comemorar público. Por enquanto…

Assistindo SporTV news e um repórter diretamente da frente do centro de treinamentos veio com a informação de q MO deverá fazer mudanças para o jogo contra o Avaí. Segundo ele a possível escalação para amanha seria a seguinte: Prass João pedro Jackson Leandro Almeida e Egídio, Thiago Santos Amaral e alione, Rafael Marques kelvin e alecsandro. Kkkkkkk kkkkkkk espero q esse cara seja muito mal informado ou esteja fazendo uma piada.

Exceto João Pedro (bom) que é da base, não foram os palmeirenses que tinham orgasmos com as diárias contratações de Paulo Nobre e Alexandre Matos ???
Aí estão os ” craues” que essa dupla trouxe para NÃO CAIR pra Série B, afinal, para Paulo Nobre, só interessa ter um time pra chamar de meu, disputando a série A.
Para quem se vangloriava com as contratações de Paulo Nobre e Alexandre Mitos (kkk), digo o seguinte: Chuuupa……

As vezes de tanto gostar desse clube ficamos cegos e não enxergamos a verdade. A verdade é q ninguém lá dentro se importa com o Palmeiras, exceto Paulo Nobre. Ninguém apannha de 5 da chapecoense, Até o Vasco teria ganho se não fosse roubado ontem. Os jogadores parecem q estão ali pra garantir o salário e se der pra ganhar blz. Se não der blz tbm….os caras machucam vão pró DM e não voltam nunca qe se dane o campeonato. Ninguém se identifica com o clube ninguém da a mínima pra torcida. A verdade é essa aí, não consigo pensar diferente qdo vejo jogos tão frios como os últimos 3.

Deixe-me aumentar sua cegueira então, pois NEM o PN se preocupa com o Palmeiras. De todos os últimos presidentes/diretores que acompanhei, desde 1992, talvez o único que se importasse (de verdade) com o Palmeiras, sem se preocupar com a “política interna” foi o Beluzzo. E até por isso ele acabou se dando mal, pois não soube lidar com as mesquinharias e frescuras de Srs. Feudais que dominam os bastidores políticos do clube. PN é mais do mesmo, não entende nada de futebol e como gerir um time do tamanho do Palmeiras, mas entende muito bem como funciona a política do clube, e entrou no jogo antes mesmo de ser eleito.

Espero estar vivo pra ver um dia um presidente q consiga botar ordem nessa zona q se chama Palmeiras. Vai ano vem ano mudam jogadores mudam técnico mudam ao modelos de uniforme mudam as desculpas mas a incompetência continua a mesma. É uma vergonha um clube desse tamanho colecionar tantos vexames. É inadmissível um plantel tão caro com uma folha salarial absurda estar no mesmo no nível de uma ponte preta q vive perdendo jogadores qdo se destacam e vivem tendo q refazer seus times. É inadmissível ver goleadas como pra chapecoense q está anos luz no q diz respeito a investimento e estrutura sem citar torcida história e tradição Pq aí é covardia. Me lembro q em 2009 muita gente atribuiu a perda do título ao fato de trazerem o V.Love pra ganhar 500 mil por mês e rachar o elenco. Hj o mesmo se encontra em condições muito pior tecnicamente continua com salário astronômico mas ninguém fala em racha Pq ele joga num lugar onde se importam com o clube e com a torcida deles. Pra mim uma palavra q define bem o Palmeiras hj é descaso. Descaso dos diretores, descaso dos jogadores e descaso do técnico. Espero estar vivo pra ver alguém capaz de acabar com essa Zona.

É duro reconhecer, mas os jogadores dos gambás jogam com raça e vontade. Enquanto isso os nossos zzzzzzzz. isso quando não estão no departamento médico.
Time do ano que vem. Que …..

Amigo, não é duro reconhecer. Quem analisa com a razão e não com o coração, verá isso nitidamente.
Os gambás contrataram jogadores acima da média. Perderam 5 titulares no começo do ano e mesmo assim se mantiveram no G-4, hoje líderes.
O banco deles, com Renato Augusto, Jadson e & cia. dão conta do recado. Aliás o banco dos gambás seriam titulares nesse catadão do Palmeiras.
Enquanto isso, nosso banco e titulares é de dar dó…

Os comentários estão desativados.