Categorias
Opinião

Opinião 2: a réplica

 

Por Vicente Criscio

Eu até esperava aquela chorumeira de sempre e os comentários sobre “é política”! Mas não esperava tanto. O artigo Lucro é bom título é melhor gerou debate. Inclusive no twitter onde eu ando sumido. Mas é bom. Gera debate. Gera conflito de ideias. Gera o contra ponto, o contraditório. Isso é bom!

Vamos lá, vamos tentar ser mais didáticos para ver se o pessoal que quer debater entende. Porque os que querem rotular a crítica como política, esses não têm jeito.

Primeiro eu recomendo para quem ler os meus posts não associar diretamente com política. Os que acusam o conteúdo crítico desta coluna como crítica política são os mais politiqueiros que existem. Só pensam naquilo. Quem conhece a linha editorial do 3VV, que está aí há 9 anos, sabe o que nós defendemos. Depois: aqui temos uma bandeira. Não é dar lucro, nem gastar em demasia. É a bandeira da profisisonalização com gestões separadas do clube e do futebol. Ninguém quer cargo. As pessoas aqui defendem profissionais do ramo e remunerados. Então eu até entendo que alguns se sentem atingidos quando criticamos… nada pessoa.

Bem, dito isto vamos ao segundo ponto. Eu desafio qualquer leitor desatento a apontar onde eu defendo que temos que nos endividar. Eu disse que – SENDO O PALMEIRAS UM CLUBE SOCIAL, SEM FINS LUCRATIVOS, QUE NÃO DISTRIBUI LUCROS, me parece ser apenas mais uma jogada de marketing dessa gestão e sua competente assessoria apresentar um orçamento que dá lucro. Ou então é um tremendo erro!

Senão vejamos: reclamamos ano passado que não tínhamos um 10. Aliás tinham dois, mas nenhum dos dois jogou. Pagamos os tubos para eles – falo de Cleiton Xavier e Felype Gabriel. Pagamos os tubos para trazer dois jogadores com problemas crônicos de contusão. Mas ali tudo pode. Ok… vamos em frente. Mas precisamos de um 10. Ou não? Hoje mesmo o ” seu ”  Cleiton sentiu outra lesão e vai ficar mais alguns dias no estaleiro. Até a próxima.

Então assim: olha vamos ter um lucro! Que legal!!! Mas precisamos de posições ainda críticas no elenco. Mas eu vou guardar o dinheiro. Você, é você mesmo que vem aqui, lê e sai chateado achando que é uma crítica política. Você acha que isso tá certo?

Outra: se a concorrência (tô falando dos nossos adversários amigo) tá com problemas, hora de se impor. Hora de montar um time que sobre em todos os campeonatos. Serão muitos jogos. Quase uns 80 no ano. Precisará de elenco bom e qualificado prá aproveitar a maré ruim dos adversários e encher o ano de volta olímpica. Não só a Libertadores é a meta. O Brasileirão também. Imagine a alegria daquele rapaz que sempre manda do twitter saúde quando o Presidente espirra, imagine rapaz se o Palmeiras (dessa gestão ou de qualquer outra, não me importo com isso) ganha os dois campeonatos mais importantes do Brasil. É isso que estou alertando. Tem uma oportunidade aberta na nossa cara e vamos lá apresentar um lucro de R$ 30 milhões? E precisando do 10, e de outros números por aí. E você tá de acordo com isso?

Por isso que digo: tá prevendo 30 quilos de alcatra de lucro? Gasta 10 ou 20 e bota dois grandes jogadores em campo. Que sejam ídolos dos garotos. Que vista a camisa da seleção, qualquer que seja ela. Que ajude a levantar a taça (junto com o Presidente, beleza, tá valendo) do Brasileiro e da Libertadores.  Caramba ia ser muito bom! Ia ser muito bom!! Ia gerar mais grana no curto médio e longo prazo. Ia gerar retorno publicitário pros parceiro. Ia gerar valorização. Ah, mas e se gastar e não ganhar? Pelo menos vai chegar. Vai ter ídolos. Vai vender mais camisa e PPV. Vai alegrar durante boa parte do campeonato o torcedor. Mesmo que não ganhe – o que eu duvido dada a baba que estão nossos adversários – vamos ter uma máquina jogando bola o que vai gerar o resultado financeiro tão desejado pela diretoria.

 

E por fim: senhores, parem de associar isso aqui a um grupo político. Que coisa mais sem consistência. Às vezes o sujeito nem leu e já sai comparando, dizendo que é de grupo político, sai atacando, reclamando. Calma rapaz, tenta usar o nascedouro de cabelo para pensar. Mas esses não são os piores. Eu me divirto mesmo com aqueles que antes falavam a mesma coisa de outras gestões e agora mudaram de lado. Até pessoal gente boa, mas que tem memória seletiva. Aqueles que participaram das outras gestões, tiveram cargo, carteirinha, nome no site, poder, influência inclusive para reclamar naquela época e não fizeram nada. Ficaram lá desfrutando o cargo. E não falo de uma pessoa específica. Se for ver, tem um montão aí….

Feio hein?  Vamos em frente…..

162 respostas em “Opinião 2: a réplica”

Li os dois textos do Vicente, e lamento que tenha tido essa repercussão negativa, com acusações de ter sido uma crítica política. É só um ponto de vista. Mas fazer o quê? Ainda bem que eu nem tenho twitter. Mudando de assunto, viram a barbeiragem no lançamento da camisa do “Framengo”? Não me parece que foi obra da Adidas, deve ter sido algum gênio que trabalha para o clube… http://esportes.r7.com/blogs/cosme-rimoli/o-flamengo-demonstra-como-nao-fazer-marketing-lancamento-de-nova-camisa-irrita-o-publico-alvo-revoltados-torcedores-rubro-negros-detonam-a-campanha-pela-internet-17012016/

Já pró paulistinha colocaria um time praticamente reserva pra preservar os titulares pra libertas: Prass, Taylor , Roger Carvalho VHugo e Egídio; Matheus Salles, Moisés e Robinho. Rafael Marques, Jesus e Alecsandro.
Dos titulares manteria só o VHugo pra dar um pouco mais de segurança na zaga.

To prevendo esse time pra libertas, na hora q o chicote estalar mesmo. Prass, Lucas, Dracena VHugo e Zé Roberto. Arouca, Jean e Régis, Dudu, Erik e Barrios. E ainda o Moisés sendo o 12° jogador, sempre entrando no lugar do Lucas q tem deficiências aí o Jean passará pra lateral. Jesus e Robinho vão perder a vaga rapidinho.

Acabei de assistir o VT do “treino-jogo” dos reservas do Palmeiras contra os titulares do River-URU. Vi uma coisa boa, não teve chutão na defesa. Não achei que Régis acabou com o jogo, longe disso, mas fez um belo gol e o melhor em campo foi o volante Thiago Santos. Gostei do goleiro Vagner, apesar que se fosse um jogo valendo, deveria ter sido expulso logo no começo. A zaga (R. Carvalho e T. Martins) não comprometeu, Moisés bem, e o Erik bem outra vez. O Jean treinou pouco tempo, e o troféu mais do mesmo ficou com o Allione. De um modo geral o Palmeiras se portou muito bem, e foi amplamente superior ao River, que aparentou ser um time limitadíssimo, apesar do ritmo da partida ter sido 80% treino, 20% jogo.

Legal, valeu! Disse que “acabou com o jogo” por ter dado duas assistências e feito um gol… mas não consegui ver o jogo. Do jeito que as coisas estão, achei que o River, na libertadores, seria mais complicado que o Libertad. Mas se não teve chutão, já serviu pra alguma coisa. Allione já deveria ter ido faz tempo, e o Moisés pode queimar minha língua em fevereiro, já. Torcendo…

Eu não sei porque tanta ansiedade e apreensão para um primeiro jogo que foi apenas isso, o primeiro jogo do ano. O que queriam, que o time estivesse “voando” em campo? E digo mais, contra o Nacional, mais embalado e na casa deles, a tendência é até de derrota. E se isso acontecer, não haverá motivo nenhum para bater o desespero em ninguém.

Vicente, nem desenhando, como fez agora, esses lambe-sacos do Nobre irão entender….kkkkkkk
Imagine se fosse o Belluzzo quem tivesse contratado um ex-jogador bichado como o CX???
Era crítica para o resto da vida….. Enquanto esse marketing existir e ingressos grátis continuar para conselheiros e pseudo-jornalistas, nada mudará. Enfim, eu já desisti.

Vicente, acompanho seu site desde o começo e sempre gostei e concordei muito. Mas tenho sentido falta de uma análise futebolística mais profunda nos últimos tempos. Concordo com seu ponto em relação aos problemas (falta de camisa 10, mudança estatutária, etc…), mas gostaria de saber sua avaliação do elenco atual, das contratações, dos elencos dos adversários, que jogadores você acha que o Palmeiras deveria contratar…

Vicente Criscio. Dá um alô pra galera aqui assistir o jogo de hoje pela TV Palmeiras. Vai ter um amistoso contra o River Plate – URU Hoje quinta feira as 17e30. O legal é que somente a TV Palmeiras vai transmitir..

Primeiro jogo do ano e….. vencemos, estreamos jogadores etc e tals, e muita gente reclama. Imagina se tivéssemos perdido.

Vitor meu parceiro palestrino. Não se reclama aqui. Comenta-se, aqui, o que a gente sente e viu. Eu, minha opinião, eu, só falo que, nosso treineiro é treineiro. Nosso time continua dando chutões, O Dudu é fominha pra cacete. Aliás, se eles percebessem o quanto prender a bola obriga o time a dar chutões. Será que o treineiro não pode chamar no saco? É só isso Vitor. Não estamos torcendo contra. Queremos melhorar. Só isso.

Tenhamos calma Renato, só isso, o futebol mostrado no primeiro tempo foi o mesmo, o time era praticamente o mesmo (fora o miolo de zaga e o centroavante), no segundo tempo melhorou. A rapaziada aqui, quase sempre,só vê o lado negativo, vamos ver mais o lado positivo. Se tivéssemos ganhado de 4×0, jogado bem, iam falar que a torcida não foi, que o dólar ta quase nos 5…E.T.: meu filho comentou ontem também que o Dudu é fominha. hahahahahah

eu tb, e meu filho tb, hahahahaha, Deviamos comentar que a diretoria acertou em ir para o Uruguai participar desse quandrangular, que o Erik entrou bem, que o time agora pode mudar rapidamente de tática, com Erick, Allione, Dudu, GJ, o time fica leve e rápido, dependendo do jogo (ou do momento do jogo) isso é fatal. Imagina o Lugano atrás desses moleques… vai ter esporro pra caramba(foi contratado pra isso não?). O rafa Marques não entrou ontem, gostaria de ver ele como centroavante, no lugar do Barrios…tem o jean, o Gabriel, o Régis… Foi legal para o Tiago santos jogar e sentir qual é de um jogo assim…

Também achei valioso esse amistoso. Gostei de peças individuais… como time, acho que precisa melhorar. Mas você esta certo… a fase é bom, devíamos estar rindo do que é bom, não só reclamando… tem toda razão. O Erik vai pegar o lugar do Jesus rapidinho… Vai ser bonito de ver rs.

Perfeito, Renato. Aqui não se reclama, simplesmente cobra-se profissionalismo e organização para administrar uma paixão de milhões. E nenhuma paixão de verdade sobrevive quando se torna cega. Por conta da incompetência das ultimas diretorias mas também contando com a passividade de parte da torcida que só quer ver flores onde há erva daninha, tivemos que aguentar Luan, Tinga genérico, Rivaldo genérico, Rondinelly, Jorge Preá e outros que é melhor nem citar. Foi o primeiro jogo e não dá pra tirar conclusões definitivas? Claro que não. Mas só como parâmetro: no ano passado, um time praticamente montado do zero fez uma de suas melhores partidas da temporada na estreia do Paulista, enquanto que em 2016 o time que entrou em campo pela primeira vez foi praticamente o que ganhou o título da CB (ainda com o reforço de Lucas) e parecia um bando de desconhecidos recém-apresentados no churrasco que antecedeu a partida. Pode não dizer nada para alguns, mas muito para outros, depende do nível de exigência de cada torcedor.

As pessoas ainda nao entenderam….1o o Marcelo Oliveira claramente melhorou a saida de bola do time. Desde o final do ano passado o Palmeiras esta rifando muito menos a bola e se a saida nao foi extremamente eficiente hoje, claramente se ve a mudança de atitude do time e principalmente do Prass. 2o o Palmeiras nao vai ter um time com um meia clássico que dá um lançamento de 3 dedos ou trivela de 50 metros. Todos jogadores que tem essa caracteristica sao muito caros e / ou jogam fora do pais. O Palmeiras vai formar o melhor ataque em velocidade da America Latina pra sair triangulando rapidamente com Dudu, Barrios e Erik. Nos vamos ter um passe curto extremamente rapido e eficiente que vai desmontar defesas adversarias, assim como foi o gol do Erik hoje que por sonal vai colocar o Jesus na reserva. Alem disso teremos os melhores volantes do Brasil, que vao saber reter e distribuir a bola de forma razoavel. Estou confiando muito nesse Palmeiras.

Disse tudo, 10 clássico que resolve tudo é coisa do passado (aceitem), teremos um meio e ataque eficientes de outra forma, com jogadores rápidos e que preenchem o espaço… Jesus na reserva não será surpresa nenhuma… a saída de bola melhorou e tende a melhorar com Gabriel e/ou Jean… foi só o primeiro jogo, com ritmo de churrasco, peguem leve na corneta!

Desse jeito que vc fala, o palmeiras vai arrebentar nos clássicos e sofrer barbaridade com os pequenos (retrancados e esperando o jogo). E, na média, a maioria dos times, sabendo disso, vai ficar atrás. Velocidade sem criatividade vai nos render algumas vitórias, mas será suficiente pra libertadores e brasileirão, ou mais uma vez viveremos de talvez, quem sabe, ganhar uma copa do brasil ou algum torneio de verão dos pampas? Qualquer semelhança com 2015 será mera coincidência.

E digo mais, a imprensa tem dito que o time mais enroscado da chave e o Rosário. Se for assim estamos com um problema, porque assisti ontem o Nacional me pareceu ser um time bem encardido, muitas vezes melhor que o fraquíssimo Libertad. Olho aberto, esse grupo da primeira fase não será nada fácil.

Absolutamente certo, Paulão e Thomaz. Quando enfrentarmos os clássicos, os times que realmente vão disputar o Brasileiro e eventualmente os grandes da América, esse estilo de jogo tem grande chance de sucesso. A maior parte da temporada passada (haja vista os jogos contra Sampaio Corrêa, ASA, Red Bull, Joinville, Chapecoense, Goiás e outros) no entanto provou que contra times médios e fracos – aquele tipo de partida que decide campeonato por pontos corridos, por exemplo – isso não dá certo. A presença de jogadores diferenciados na criação (sim, eles existem, sim, eles são caros, sim, eles dão retorno portanto valem o que custam, sim, somente um deles vale mais que oito volantes) muda totalmente esse panorama. Se temos quase 40 jogadores no elenco e nenhum que se aproxime disso, alguma coisa está (muito) errada, só não vê quem não quiser.

É isso, Thomaz. Um raio chamado Once Caldas ou outro chamado San Lorenzo caem na Libertadores de vez em quando. Em 56 edições do torneio, isso foi a exceção, e não podemos achar que ela vai virar regra só por causa do nosso “elenco fantástico” com oito volantes e nenhum meia de criação que passe mais de um mês fora do DM.

Exato. Além disso, ganhar uma libertadores no estilo “Once Caldas” nem deveria ser uma alternativa pro Palmeiras…. concordo. Ainda acho que temos jogadores, mas o esquema me incomoda. Arouca, Gabriel, Robinho, Dudu, Erik…. pode não ser o meio campo ideal, mas não é time pra sair no chutão, com certeza.

A Inter de Milao ganhou a Champions em 2010 jogando no contra ataque. Se resolvermos nossa defesa esse ano ( e ano passado vinhamos bem até a saída do Gabriel) temos tudo para encaixar 1 ou outro contra ataque por jogo e quando a coisa tiver difícil tentar bola aérea que também é um ponto forte do Palmeiras.

Havia uma sensível diferença dentro e fora de campo. Aquela Inter tinha esse “camisa 10” – que só na cabeça de quem não acompanha futebol moderno precisa ser um “Rivellino”, aquele cara que mete lançamento de três dedos para o ponta se matar de correr atrás da bola – que decidiu o campeonato, o holandês Sneijder. E apesar de alguns méritos, definitivamente Marcelo Oliveira não é José Mourinho. Sendo assim, a comparação não é cabível, e ainda que fosse só acentuaria a necessidade de um meia criativo.

Mais do mesmo. O Palmeiras mostrou que continua eficiente naquilo em que foi bem no ano passado: contra-ataque em velocidade e bolas paradas. Porém, mostrou que continua devendo naquilo que não tinha em 2015: variação tática, padrão de jogo e criatividade. Não teremos a mesma pegada da final da Copa do Brasil nem muitos times como o Libertad pela frente durante toda essa temporada, então se não encontrarmos alternativas para esses problemas continuaremos a depender de sorte para ter sucesso. No mais, se tiver cabeça e for bem trabalhado, esse Erik promete ser um tormento para as defesas adversárias. E, definitivamente, não dá pra manter jogadores como Leandro Almeida num elenco de time de futebol com qualquer ambição.

Bingo! Mesmo time, mesmo futebol. Jogo sonolento. Erik, boa estreia. E esse time do Libertad para ser rid.íc.ulo tem que melhorar muito.

Achei que melhorou, mas menos do que deveria… Eu ainda acho que a culpa de rifar a bola é realmente mais dos zagueiros/volantes do que dos meias. O time, aparentemente, tem 14 titulares. Prass, Lucas, V.Hugo, Dracena, Zé, Salles, Arouca, Jean, Gabriel, Robinho, Jesus, Dudu, Érik, Barrios. Moises bem que poderia queimar a língua de todo mundo aqui e mostrar bom futebol… O time não é ruim não, gente. Na teoria, tem tudo pra ser “excelente”. Vamos ver…

Concordo, Thomaz, o time nem de longe é uma porcaria, mas como o nosso mandatário gosta de rotular, não é “padrão Palmeiras” (pelo menos o do século XX). E acho que os zagueiros e o Prass dão bicões justamente pela falta de um jogador diferenciado no meio-campo, então isso vira quase o “segredo de Tostines”. É importante salientar que time que depende demais de um jogador criativo morre quando esse é bem marcado e anulado (haja vista o que Matheus Sales fez com Lucas Lima na final da CB 2015), mas cabe ao treinador buscar alternativas para isso, porque é infinitamente melhor contar com esse cara que resolve ao lado de caras bons para ajudá-lo do que ter um exército de esforçados que não chegarão a lugar algum.

Na minha visão (ainda acho cedo pra avaliar), o time do Palmeiras do meio pra frente está excelente, porém, a minha maior preocupação e o meu medo é a nossa zaga, precisamos urgentemente de um zagueiro top para fazer dupla com Vitor Hugo, agora cá entre nós, com é ruim este Leandro Almeida hein?? Os jogadores que pode se destacar é o Erik, o Moisés pode surpreender, mas também outro jogador que pode se destacar e ser uma grata surpresa é o Régis.

Palmeiras foi bem superior e mereceu vencer, apesar da fragilidade do adversário. Boa estreia do Erik e oportunismo do Moisés. Zé Roberto bem. Mas também teve muito bicão, muito 2015 e até gol do Allione.

Não, o “muito 2015” que eu quis dizer é do futebol meia-boca mesmo.

E ter que aguentar aquele aleCONE se arrastando em campo o primeiro tempo todo Pelo amor de Deus…. Dracena deve ter falado pro Leandro Almeida fica ali no cantinho e não enche o saco que eu cuido do resto Kkkkkkkkkkkk, Moises e Erik quebraram a mesmice que o time estava desde o ano passado, melhor Gabriel Jesus Robinho ficarem espertos ou vão perder a posição.

Se o Curica foi campeão do mundo num torneio de verão é só vencermos sábado e seremos
bi da América.

Os comentários estão desativados.