Categorias
Arenas

Arenas – Na Contramão.

 

 

Por Claudio Baptista Jr.

Nosso estádio pode não receber jogos da Libertadores caso não retire publicidade que possa atrapalhar a publicidade de empresas ligadas a Conmebol.

folha.uol.com.br/palmeiras-pode-ter-que-jogar-libertadores-fora-de-seu-estadio

Esse assunto, claro, é de conhecimento da torcida, mas vale a pena trazer ao debate.

Observei que a S. E. Palmeiras se pronunciou a respeito, alegando que está trabalhando para atender aos interesses dos envolvidos, os da Conmebol assim como os internos tanto do clube como dos seus parceiros no negócio Allianz Parque.

Acredito que esta postura do clube, correta obviamente, poderia ser ainda mais contundente e trazer para a mesa assuntos mais abrangentes e interessantes no ponto de vista das novas oportunidades de negócios que estão surgindo no futebol, e que estão gerando a necessidade de alteração do seu modelo de gestão.

Proibir simplesmente a exibição de um patrocinador que detém direitos sobre o nome ao estádio no meu ponto de vista é andar na contramão.

Isola oportunidades, inibe o surgimento de novos negócios e no final da linha enfraquece o futebol como um todo.

Atender aos interesses dos envolvidos é o mínimo. A Conmebol é um parceiro comercial, porque não? Assim como a Rede Globo de Televisão (RGT?). Mas o que não pode acontecer é ignorar demais parceiros do negócio, ainda mais quando o clube quer retomar a espiral positiva e tem a sua frente oportunidades para alavancar o futebol do clube.

O próprio Allianz Parque é uma baita onda para surfar. Sem muito esforço estamos presenciando os frutos que o estádio está trazendo.

Nós, torcedores do Palmeiras, poderíamos cobrar dos nossos dirigentes algo realmente mais diferenciado em cima deste tema e tentar não cair em contradição quando em discussões com torcedores rivais, minimizamos seus estádios pois ainda não tiveram a capacidade de fechar um patrocínio de Naming Rights, mas deixamos ao mesmo tempo de fortalecer o nosso.

Abraço,

Claudio.

30 respostas em “Arenas – Na Contramão.”

E o Barrios! Até hoje não entendi essa contratação: R$ 800.000,00 por mês; até agora mostrou pouca coisa e joga pouco. O Barcos, infinitamente melhor, ganhava a metade disso e foi embora; o Pratto, também muito melhor, o presidente não quis pagar o mesmo valor que foi pago pelo Cristaldo, o PN não sabe nada de futebol, e está mal assessorado.

Eu só quero fazer uma pergunta: Se o Marcelo Oliveira for demitido, o Palmeiras vai contratar quem para substitui-lo??? Eu vejo isso porque não há outro treinador bom ou acima da média aqui no Brasil. A cobrança deve começar com força máxima pra cima do presidente PN, Alexandre Mattos e toda atual diretoria.

Assistindo o VT do jogo do Grêmio na Libertadores, percebi que o PVC foi bem mais complacente com o time gaúcho do que em relação ao Palmeiras, mesmo os caras jogando com um jogador a mais durante boa parte do jogo e criando bem menos chances de gols do que o Verdão.

Ou esse cara comenta com o coração ao invés da razão ou então é um daqueles jornalistas que estão tentando derrubar o Marcelo Oliveira no Palmeiras.

A solução é simples, um “acordo´´ como já mencionado , pelos amigos anteriormente, pois se esperarmos algo da “cúpula ´ ALVIVERDE, vamos jogar em manaus , as 23:00 horas da Sexta Feira, ou alguem duvida?

Bom dia,

preciso da ajuda de vocês.
Comprei uma camisa do Palmeiras, mas ela me parece falsificada.
Onde posso encontrar uma relação de todas as camisas do palmeiras da Adidas, seja de treino, seja de jogo para eu comparar?

Só lembrando,

a camisa que recebi, tem o símbolo em silkscreen e vem com a etiqueta de oficial, porém nunca vi tal modelo e estou na dúvida.

e a nova do losangos? se for eu tenho, quando chegar em casa te retorno e falo como é.

Quando você escreveu silkscreen já vi que boa coisa não era. infelizmente te venderam gato por lebre, tanto o simbolo como o logo da adidas são bordados..sorry

Tb acho que venderam gato por lebre…o pior é que eu gostaria de avisar o clube mas simplesmente não consigo pq não tem um canal de comunicação que funcione

Vendo os jogos da Uefa Champions League, notei que toda publicidade no estádio Parc des Princes, do PSG foi coberta por logos da UCL. Até mesmo os símbolos enormes do times que ficam atrás dos gols foram cobertos por uma lona azul. Claro que não defendo a Conmebol, mas não vejo muita diferença entre os casos.

É só pagar o dízimo para CMB e RGT e tudo ficará bem. Senão, vai ter que cobrir as placas.

Na boa, não entendi o artigo. O autor pegou um gancho num tema atual (a vergonhosa proibição imposta pela Comenbol) e cobrou melhor aproveitamento da arena, tudo de uma forma muito vaga e genérica.

O gambá Andres Sanches disse que ajudará o Palmeiras caso precise peitar a Conmebol.
Para quem banana nobre na presidência, nada mais obvio.

A AEG promovia/promove os shows, os Stones estão sob a tutela dela e já foram para o Morumbi. Vamos deixar de ganhar com esses eventos. quem realmente perde é a Wtorre.

No caso dos Stones tem outra influência: A Luciana Gimenez é torcedora dos bambis e ela convenceu o Micky jeger a exigir o panetonne.

O problema é que a Allianz aceita totalmente retirar suas propagandas na Champions, ou seja, abre total precedente para a Conmebol fazer a mesma exigência da UEFA, então se abre para a UEFA tem que abrir pra CONMEBOL, por mais q essa não seja lá um exemplo de gestão

O problema de encontrar um denominador comum entre os envolvidos na história: Commebol, Alliens Parque, WTorre, Alliens Group, RGT, FOX e SEP, é que a Commebol não é uma entidade que “prima” pela transparência e governança, ou seja, vai ser difícil sentar para conversar com essa turma.

Vai nada, a hora que sentar para conversar, e explicar que cada caso ($$$$) é um caso($$$$) que o Boca jogou com o patrocínio da Gatorade etc e tals resolve. Estamos na África Oeste (os africanos deveriam ficar ofendidos??) Marião, continente de ladrão, vagabundo, viram que o Palmeiras esta com dinheiro e já se mobilizaram para tomar algum.

Os comentários estão desativados.