Categorias
Notícias

Esporte Interativo: #ChegouAHora ?

 

O canal de esportes Esporte Interativo postou nesta 2a feira em sua página no Facebook (se você quiser comentar ou curtir o post do EI, clique no link) texto esclarecedor sobre sua estratégia para adquirir os direitos de transmissão do futebol brasileiro.

O Esporte Interativo – se bem sucedido em sua estratégia – estará no mínimo trazendo um grande benefício ao futebol brasileiro: estará criando uma competição com a Rede Globo para a compra dos direitos do futebol sem precedentes nos últimos 20 anos. Se cumprir o que promete em seu ponto número 6, não apenas estará cumprindo algo mais do que justo – a correta exposição dos parceiros dos clubes – mas incentivando empresas que enxergam o futebol como um esporte para expor de forma correta e saudável sua prática.

Os clubes de futebol – todos eles, não falo apenas da SE Palmeiras – têm a obrigação de no mínimo analisarem exaustivamente essa possibilidade. Sem interesses políticos ou pessoais. E alavancarem não apenas a parte financeira dos contratos, mas também: a presença na grade dos jogos das 4as e domingos; o nome de suas arenas; a visualização de seus patrocinadores.

A possível presença do Esporte Interativo competição pelos jogos do Brasileiro não chegaria a ser uma mudança disruptiva no futebol nacional. Nada disso…. mas seria sim algo mais do que uma simples mudança de contrato de transmissões de direito de TV. É a possibilidade da quebra de um monopólio que hoje é extremamente perverso ao futebol brasileiro.

Que os dirigentes dos clubes de futebol no Brasil tenham consciência da possibilidade que passa em suas mãos. Quem sabe… #‎ChegouAHora‬ .

O texto do EI está abaixo:

POSICIONAMENTO DO ESPORTE INTERATIVO SOBRE AS NEGOCIAÇÕES DE DIREITOS DE TRANSMISSÃO DA SÉRIE A DO CAMPEONATO BRASILEIRO

Temos lido inúmeras notícias sobre o interesse do Esporte Interativo na aquisição de direitos de transmissão da Série A do Campeonato Brasileiro. Não temos o costume de comentar sobre negociações em andamento mas, diante da relevância do tema, de tudo que vem sendo publicado e das milhares de perguntas que temos recebido diariamente dos nossos fãs, decidimos esclarecer alguns pontos importantes:

1. O Esporte Interativo confirma que está negociando com alguns times os direitos de transmissão em TV fechada da Série A do Campeonato Brasileiro, a partir de 2019, ou seja, respeitando os contratos que ainda estão em vigor.

2. Nossa proposta representa para os clubes um aumento de mais de 9 vezes em relação à sua receita atual de TV fechada, o que vai abrir a possibilidade de os clubes fazerem investimentos significativos e se fortalecerem ainda mais.

3. Os clubes que aceitarem nossa proposta de TV Fechada NÃO terão qualquer redução de receita em seus contratos atuais de TV aberta ou Pay per View, pois os contratos em vigor são separados e independentes entre si, como determinado pelo Cade com o objetivo de permitir uma concorrência saudável pelos direitos. Ameaças e falta de clareza nas propostas não condizem mais com o ambiente de transparência que o país vive.

4. Um ambiente de livre concorrência pelos direitos e a entrada de um novo grupo na disputa geram benefícios a todos os envolvidos: os clubes terão a oportunidade de investir mais, podendo inclusive trazer do exterior alguns de nossos melhores craques; o campeonato será fortalecido; os patrocinadores terão um retorno maior (podendo aumentar seu investimento!) e, o mais importante, os Torcedores terão mais opções para assistir e se emocionar com sua paixão. Até os canais ganham um incentivo extra para incrementar suas transmissões e oferecer uma experiência cada vez melhor ao Torcedor.

5. A divisão das receitas entre os clubes que fecharem acordo com o Esporte Interativo se dará nos moldes da Premier League inglesa, baseada no princípio do equilíbrio e do mérito, que julgamos ser um sistema que favorece o desenvolvimento do futebol brasileiro como um todo.

6. Com o objetivo de fortalecer os times e o futebol brasileiro,o Esporte Interativo assume publicamente os seguintes compromissos, todos baseados em princípios de justiça em que acreditamos e que já praticamos independente de nossos interesses comerciais:

6.1 Chamar as Arenas e os times por seus nomes, independentemente deste nome ser ou não uma marca comercial.
6.2 Exibir as marcas dos patrocinadores dos times e das Arenas, de forma a valorizar essa propriedade e ajudar os clubes a aumentar ainda mais suas receitas e assim fortalecer o futebol brasileiro
6.3 Transmitir um número mínimo de jogos de cada time, independentemente do seu estado. Acreditamos que a força do futebol brasileiro está espalhada por todas as regiões e torcidas do país.

Para encerrar, agradecemos o enorme apoio que temos recebido dos torcedores de todos os times, mesmo antes de termos nos pronunciado sobre este assunto. Esse apoio fortalece a nossa visão de que vamos na direção certa. Ficamos emocionados ao ver grandes torcidas espalhadas por todo Brasil se mobilizando pelo sonho de assistir aos jogos dos seus times com emoção de verdade, em canais feitos por apaixonados para apaixonados. A nossa história é de luta, de ultrapassar barreiras e, enquanto contarmos com o seu apoio, não desistiremos dos nossos sonhos. Acreditamos que esse é o momento de começar a mudar o futebol brasileiro.

‪#‎ChegouAHora‬

 

 

30 respostas em “Esporte Interativo: #ChegouAHora ?”

Apoio totalmente essa iniciativa monopólio nunca vamos abrir concorrência esse é o caminho e a qualidade acompanha o desenvolvi.neto temos que mudar esse e o princípio

Verdao confirmado: Prass, Lucas, Roger, V. Hugo e Zé, Thiago Santos , Arouca e Jean, Erik, Dudu e Barrios. Treinero pensando no empate heim. Nada mal Robinho e Jesus no banco, mas será q Erik e Dudu dão conta de armar as jogadas? Vamos ter mais uma sessão de chutões? Sei lá…a libertas vai começar e eu quero é mais. Não gosto do M .O mas sou palmeirense. Avanti Palestra!!

Está mais fácil o Nobre contratar e inscrever Tevez, Cavani e Tiago Silva ainda para esta Libertadores do que se posicionar contra um de seus padrinhos políticos, o sr. presidente-fantasma da CBF. Entre fazer o melhor para o futuro do clube ou para o futuro de sua carreira política no clube, não tenho dúvidas de qual será sua decisão.

Não vejo motivo para não assinar. Só traria benefícios, mas não acredito q isso aconteça com o atual presidente da SEP, ele não tem coragem pra isso. Nem com o próximo q provavelmente será alguém próximo a ele. Quem sabe um dia.

#passoudahora Tem que assinar pra ontem. Mas duvido que assine. O que manda é a política do medo. Será RGT até o último apagar a luz, no caso, o Palmeiras.

Mesmo que o aumento de investimento no futebol seja quase que como corrida na esteira; uma vez que infelizmente dinheiro de time de futebol não tem dono e o fundo do saco pra onde vai a grana parece uma peneira; os patrocinadores pagam muito bem e merecem um retorno mais justo e decente, sem as medidas cretinas de boicote usadas por algumas emissoras.

Demorô, só não fecha com a Esporte Interativo por pura politicagem, e quem se prejudica cada vez mais é SCCP E CRF. Espero que desta vez os dirigentes sejam espertos pq nunca foram. Pelo menos esta vez.

E Bota juvenil nisso !!UM presidente que como o sultão do Brás, Não gosta de transparencia no clube !!!

Nessa a altura o nosso “ilustre” presidente Paulo Nobre deve está pedindo favor para o Jabba The Hutt para o Palmeiras assinar com o Esporte Interativo. O Palmeiras está vacilando, a hora de da um pé na bund@da RGT é agora é não queremos mais as transmissões com a deusa platinada.

Se as garantias estiverem de acordo tem que assinar já.

O silêncio da diretoria do Palmeiras é estranho. E não é somente na negociação pelos direitos de transmissão. Há também o caso de não podermos jogar na nossa Arena na Libertadores (o que seria um absurdo) e também sobre a pressão sofrida pelo Marcelo Oliveira. Em sua recente coluna, o Criscio pontuou muito bem sobre essa questão, afinal o presidente deveria se posicionar de alguma forma, pois ficar quieto, sem fazer absolutamente nada é o pior dos posicionamentos. Vejam que até o Andres se manifestou no sentido de enfrentar a Conmebol, mas nosso presidente permanece em silêncio e quando comentou por cima sobre a questão afirmou que jogaria no Pacaembu. Vai ver ele acha que trata-se de um problema exclusivo da WTorre e não quer se meter, o que seria um equívoco. Apareça, Presidente. Dê o ar da graça. Se posicione.

Concordo em partes, mas acho que muitas coisas devem ser restritas mesmo, desde eventuais contratações à negociações nos bastidores. O presidente deve se posicionar sim, mas não necessariamente em uma coletiva de imprensa ou através de notinha oficial. Mas enfim, sobre o tema, graças a Deus uma emissora chegou para peitar a Globo, pelo menos no discurso eles parecem ser a melhor opção! Espero que o Palmeiras, assim como o Santos, feche com eles….

Sem falar da vergonhosa atitude da Globo em, através do árbitro, que certamente foi orientado por fatores externos, mandou tirar a faixa de protesto dos Gambás no último domingo!!!

“Sem interesses políticos ou pessoais”.
Taí o motivo de continuarem com a RGT.

Totalmente favorável a negociação com o Esporte Interativo.
Até hoje não entendo porque o CADE permite o monopólio da RGT e ninguém tinha se levantado contra isso. #‎ChegouAHora

As propostas são excelentes, quase uma revolução no futebol brasileiro. Finalmente uma emissora resolveu peitar de fato a RGT… Isso é um choque de capitalismo. Colunistas desta emissora pregam tanto o livre mercado, a livre concorrência, mas vivem protegidos sob um vergonhoso monopólio. Sinal dos tempos… Porém, muitos clubes ainda têm o “rabo preso” com a RGT, sem contar a proteção da CBF para com a emissora, assim, as adesões ao projeto do Esporte Interativo levará algum tempo… Obs.: Li que o Santos já assinou e, sem clubismo, toda torcida pelo sucesso do projeto.

Enquanto isso, Paulo Nobre consulta Mustafá contursi pra saber o que ele acha. Se é melhor abaixar as calças para a Globo ou fazer um acerto VANTAJOSO com o E.I.
Pela mediocridade do presidente, ele vai continuar com o time do Palmeiras na mediocridade e de pires na mão, pedindo migalhas para a Globo

Os comentários estão desativados.