Categorias
Paulistão 2016 Resenha dos Jogos

Pós Jogo Palmeiras 1×2 Ferroviária: tá ruim hein?

 

Pois é, Ferroviária 2×1 Palmeiras em pleno Allianz Parque. E nem dá prá dizer que o time era o reserva. Apesar de alguns ainda acreditarem que Cleiton Xavier e Felipe Gabriel são desfalques.

Bom, vamos ao jogo. Que os times pequenos perderam o respeito pelo Palmeiras não é novidade. A novidade é que os dirigentes, comissão técnica e alguns torcedores sem noção passaram a considerar esse estado de coisas normal.

O jogo deste domingo a tarde deu vergonha. Ver o time correndo atarantado enquanto a Ferroviária tocava a bola é de doer profundamente no coração. É muito difícil ver futuro para esse time. A começar com Marcelo Oliveira: parece perdido, o time não tem formação tática alguma, o posicionamento dos jogadores é caótico no meio campo e a marcação só começa na nossa intermediária na maior parte do tempo.

O Jogo

Vejam o Scout do jogo abaixo:


IMG-20160228-WA0030
    IMG-20160228-WA0029

A Ferroviária teve 58% de posse de bola. Acertou 91% dos passes.

O Palmeiras? Fez 21 cruzamentos! E acerou um!!

Nossa defesa é limitadíssima e mal posicionada. O meio de campo não funciona. Sem um meia de criação de origem, dando a ele o nome que quiser, Dudu está forçado a vir buscar o jogo no meio e armar o time. Contra times fechados e com defesas sólidas (caso de Libertadores) será um Deus nos acuda fazer gol.

***

Tudo isso porque decidiram mancar com as próprias pernas e não usar o patrocinador. Pagamos em salários para dois jogadores ficarem no departamento médico porque foram escolhidos por fãs e não por profissionais. O salário de CX e FG pagariam um excelente meia de ofício. Mas decidimos contratar a seleção do Eduardo Uram.

Desde o ano passado o time vive de lampejos individuais ocasionais, ou de alguma motivação do grupo de caráter quase que externo (disputar os mata-matas da CB, se motivar por conta do pastor santista). A verdade é que não temos time para disputar um campeonato longo, de pontos corridos. E isso vale nos dois sentidos: (i) de que ainda faltam bons jogadores (chega de mediocridade!) para duas posições fundamentais, zaga e meia de armação, e (ii) que não se conseguiu estabelecer até agora um padrão de jogo.

Só conseguimos um resultado bom contra o XV porque eles não tinham respeito pelo Palmeiras, mas tinham também um time fraquíssimo. Se atiraram para cima de nós de maneira infantil, com um time medonho acreditando em ter alguma vantagem sobrenatural por estarem em casa. E se ferraram com os nossos contra-ataques. Mas era visível que o nosso time não tinha feito uma grande partida, mas apenas batido um adversário bem mais fraco.

Se  não bastasse, a preparação física do time é visivelmente falha,  as contusões abundantes e a capacidade do departamento médico de devolver os jogadores em tempo razoável anda em questão há anos.

E prá encerrar: arena vazia, preços exorbitantes e tem gente lá dentro que acha que estádio não é lugar prá pai levar filho.

Pode até ser campeão da Libertadores. Mas vai ter que torcer prá acontecer um pequeno milagre nos campos da América do Sul.

Tá na hora da torcida de verdade que não ganha agradinho prá elogiar parar de passar o pano e começar a cobrar. Tava muito fácil ganhar tudo em 2016. Mas precisava botar um time bom em campo.

Ainda dá tempo?

 

***

Pré Jogo 

O Palmeiras pega a Ferroviária para embalar no Paulistão.

Após a goleada sobre o XV Marcelo Oliveira deve manter a base de titulares para chegar pronto na próxima 5a feira contra o Rosário Central também no Allianz.

Assim o Verdão deve vir com Fernando Prass; Lucas, Roger Carvalho, Vitor Hugo e Zé Roberto; Thiago Santos, Jean e Robinho; Dudu, Gabriel Jesus e Alecsandro.

A Ferroviária ainda lidera o grupo C com três vitórias um empate e duas derrotas. Vem da segunda derrota contra o Ituano no meio da semana. Tem um desfalque.

Deixe aqui seu comentário. Este será o post do pós jogo.

180 respostas em “Pós Jogo Palmeiras 1×2 Ferroviária: tá ruim hein?”

Concordo que o time não é melhor do país. Mas não é um time ruim. É acima da média, até. Mas mesmo quem acha que o time é ruim, é INEGAVEL que dava pra tirar mais futebol dele. Não entendo, de verdade qual é o problema. Temos um time umas 35 vezes melhor do que o de 2012, por exemplo. Mas o futebol jogado está sendo o mesmo. Técnico, já trouxemos os melhores… e nenhum engrena de verdade. Diretoria, tem muitas culpas, mas não é de hoje que estamos assim. Eu não consigo entender mesmo o que acontece com o Palmeiras… de verdade.

Dos últimos 10 jogos no Allianz Parque vencemos apenas 2. Isso mesmo, duas míseras vitórias em 10 disputadas na nossa casa. Se tiver alguém lá dentro ou aqui fora satisfeito com isso não se pode dizer um Palmeirense.

É, Philipe, mas tem gente achando que não devemos reclamar, que temos o melhor presidente de clubes da história do futebol, que temos o melhor elenco do país, que basta pagar o Avanti para ajudar o clube e que o preço do ingresso cobrado para ver esse show de horrores é justo, ou seja, aquilo com que um cidadão que pensa assim está menos preocupado é a qualidade do futebol. Esses aí merecem que passemos um ano sem ganhar de ninguém no Allianz, algo que a julgar pela qualidade dos atletas e da comissão técnica atuais não será tão difícil assim.

O português cheguou há menos de 2 meses completos, pegou os jogadores que lá estavam e fez um time com padrão de jogo que deu sufoco nos gambás , ganhou de nós em casa e está na frente dos bambis,! Falar o que de técnico, jogadores, diretoria? Tá faltando é vontade mesmo, NÃO tem desculpa, tem que entrar comendo a bola, defesa defende, meio arma e ataque ataca, não precisa ser o gênio portugues pra fazer os jogadores do nível do time do Palmeuras jogarem muito mais do que estão jogando, a base do time foi mantida, vieram mais jogadores ( pode não ter vindo craque, mas que a maioria dos reforços tem um bom nível, isso tem!) , todos nós nos perguntamos o que falta a esse time, falta ser um time, quando eles querem eles jogam, porque não estão querendo ? Tem algo que não cheira bem, e esse cheiro vem do vestiário , e isso que nos falta! A solução todo mundo já sabe, trocar o time todo ou o técnico ? MO já era, não porque não seja capaz, mas porque não deu liga com esse grupo de bons jogadores, simples assim! Que venha logo o próximo , quanto antes vier, menor será o estrago!

Não sei se é o caso do meia paraguaio que chega/volta para um time “falsificado” ou se é um meia falsificado que volta/chega para um time “paraguaio”. Em qualquer uma das opções, não há como sairmos ganhando…

Acho que depois desse jogo ficou bem claro que o grande problema hoje é o Marcelo Oliveira que não conseguiu dar um padrão tático pro time depois de 9 meses no comando.

Não tem como mantê-lo, a diretoria pode insistir nessa filosofia de manter treinador, mas o cara não encaixou. O Palmeiras jogou de uma maneira bisonha diante da Ferroviária… O tal do português acabou com o time do Marcelo, como vários outros já fizeram. O Rosário vai ser pedrada em casa, e a demora da diretoria em mandar o MO embora pode custar a nossa classificação pra segunda fase da Libertadores.

Acompanhando alguns blogs, a maioria da torcida do Cruzeiro detesta o MO. E esse argumento de ‘falta tempo pra treinar’ é bizarro, pois ele deu várias folgas pro time.

Que venha o Cuca, ou o Levir, ou o Sampaoli (sonho meu, sonho meu), mas que o MO saia antes de eliminar a gente da Libertadores como fez as duas vezes com o Cruzeiro.

Essa filosofia de dar continuidade a um treinador é muito válida qdo há um projeto bem definido e esse treinador sabe exatamente o q está fazendo e tem o controle da situação, mas no caso do gargamel já ta muito claro q ele ta mais perdido q cego em tiroteio, nem sabe mais o q ta fazendo no Palmeiras. É questão de tempo sua queda. Pra mim até já ta fazendo hora extra. Já deveria ter vazado faz tempo!

COncordo em bastante parte, se continuar nesse rumo ficará insustentavel manter o Marcelo. Nem acho que a culpa é dele, aliás sempre a culpa é de alguém, menos da diretoria e do presidente kkk, ate ano passado a culpa era do Valdivia, craque problematico que jogava em times ridiculos montados, ai mandaram embora porque o problema era ele, depois o problema era com Oswaldo, porque Oswaldo não colocava o Gabriel e não gritava em campo kkkk, agora o problema é Marcelo Oliveira, que não consegue fazer o milagre de fazer um time jogar sem um meia de armação, coisa que qualquer time cachorro tem, menos o Palmeiras.

Esse jogo contra o Rosário Central está com cara típico daqueles jogos tensos que nada dá certo. Mais um vexame a vista e queda do treinador. Ai eu pergunto , e os jogadores ? Quando chegar um outro nome vão resolver jogar ?

Jogador é tudo sem vergonha. O problema é não da pra trocar todos. Ninguém consegue fazer isso. Mas tem uns ali q mereciam ir embora junto com o treinero.

Não sou a favor demitir técnico a torto e a direita e jogar a culpa de tudo só nas suas costas mas desde o ano passado ta muito claro q o M.O não soube montar o time e o tempo vai passando e nada melhora. Tem q mandar embora e trazer outro. Ninguém tem a menor expectativa de q o Gargamel vai conseguir fazer esse time (bom) jogar bola. É hora de assumir q não deu certo e mudar. Ganhamos a CB 2015 graças a nossa torcida e a pressão em cima dos Sardinhas q não aguentaram. É fato, estamos jogando um futebolzinho pífio a pelo menos 6 meses com um elenco q não é de craques mas q pode render muito mais nesse cenário q é o futebol brasileiro hj. Fora M.O. não da mais.

Discordo do termo “pequeno” milagre para ser campeão da Libertadores! Tem que acontecer sim um gigantesco milagre para ganharmos a Libertadores! O problema é estrutural, vai desde Diretor de Futebol até o Preparador Fisico. É um show de incompetencia, 22 jogos e 6 vitórias! Com 8 derrotas em casas, esse é o Palmeiras e o melhor “elenco” do Brasil. Acho que os senhores gestores do Palmeiras poderiam descer dos seus egos e pensar em 2016, ainda dá tempo. Pensar significa ter uma estrategia de time, preparacao fisica, tecnico e JOGADORES!

Tá começando a ficar difícil defender o MO… O time continua exatamente o mesmo: até parece ajeitado na defesa, mas não cria chance alguma de gol… a única jogada era pelo lado esquerdo em cima do G. Jesus. Em 10 min o técnico da Ferroviaria entendeu o esquema e acabou com o ataque do Palmeiras… Meio de campo inexistente (ressalvas para o Robinho), lado direito nunca é utilizado, Dudu pelo meio não dá.

Nosso problema não é simplesmente técnico e tático. A questão é outra, não temos jogadores com personalidade para se apresentar para o jogo, Daí a tal falta de compactação e triangulações. Os caras se escondem do jogo ao invés de se apresentarem. Esse elenco precisa de um lider, nas acepções técnica e de comportamento, dentro de campo. Um cara que possa cobrar os demais incontestavelmente. Esse cara não é o Zé Roberto. Pode ter moral fora de campo, mas já não tem aptidão física para jogar.

Vou copiar e colar o comentário que fiz do jogo passado… a diferença é que dessa vez não tivemos sorte… e achei que entraria com o time reserva ontem… mas o futebol de ontem conseguiu ainda pior… “Espero que o placar elástico não mascare a análise da comissão técnica e dos jogadores internamente, porque pelo menos pras câmeras falaram um monte de besteira. O vitória foi ótima, mas o futebol foi sofrível, ridículo, tenebroso novamente… Palmeiras correu atrás do XV o primeiro tempo todinho, tomou um verdadeiro vareio de bola e teve a sorte de marcar da mesma forma como fomos salvos várias vezes no ano passado. Time sem compactação, sem volume de jogo nenhum. Não adianta querer sair tocando a bola se o setor ofensivo não voltar pro time poder sair tocando a bola e o time saindo de trás de forma sincronizada… não adianta os dois zagueiros abrirem pra receber a bola do goleiro e ter só um volante no meio de opção com o resto do time já posicionado do meio de campo pra frente…. não é possível que não enxergam está muito errado a forma como estamos “jogando”…. ou melhor, como incrivelmente simplesmente não jogamos bola…. como é difícil pra esse time jogar bola…. pronto… desabafo feito… agora é torcer pra um bom trabalho dos suplentes no final de semana e uma boa semana de preparação para os onze que vão iniciar na quinta, 03/03…. há muuuuito o que melhorar… assisti o jogo Rosário e Nacional ontem e digo que aquele time furreba que empatamos na estreia é disparado o pior time do grupo, o ponto que fez contra o Palmeiras provavelmente será o único que irão fazer na liberta…. com esse futebolzinho que fica na roda pra time do interior vai ser difícil a classificação nesse grupo, vai ter que ter superação em doses cavalares.”…. complementando… acho que os caras acreditaram no monte de besteira que falaram depois do jogo do XV e acharam que estava tudo certo pra jogar no final de semana.

Assino embaixo, os caras (que é a torcida do Palmeiras) acreditam em tudo, na minha visão com esse futebolzinho apresentado até agora vai ser eliminado na primeira fase da libertadores.

Egídio, no jogo anterior, jogou melhor que o Zé Roberto neste jogo. Coloca sempre o Egídio que tem melhor idade para manter-se titular, e usa o Zé Roberto como coringa para entrar no segundo tempo.

Enquanto o Gargamel insistir com o cone do Alecsandro, Thiago Santos etc., fica difícil.
Do time de ontem só se salvou o Prass, o vovô Zé Roberto que com 100 anos mostra uma garra tremenda, enquanto os outros parecem que comem feijoada antes do jogo, e o Dudu.
O Gargamel deixa de fora o Érick, o Régis, não sabe mexer no time. O G Jesus fez uma falta besta em cima do cara que o marcou muito bem. Aliás enquanto o G Jesus não tirar essa cara de choro não dá.
E o tal de Roger Carvalho?? Depender de Robinho não dá. Caramba, dizem que estamos com grana porque o Mattos não traz reforços de verdade??
Cuca já!!!!

Ontem fui à Arena conferir a vergonha pré-meditada por mim dias antes. Foi o primeiro jogo que fui no ano, queria ver se realmente estava uma zona. E está muito pior, o time é uma zona, marcam mal, se posicionam mal, não trocam passas, o Futstats não deixa me mentir. Tem muita coisa errada la dentro, desde comissão técnica, departamento médico e físico até mesmo os jogadores que devem estar com a vaidade lá em cima e grupo rachado. Kd o sr diretor de futebol, contrador “dus bons” pra resolver isso tudo. Ou muda HOJE, 29/02, ou não passa da primeira fase e ainda briga pra NÃO CAIR no Paulista, não se esqueçam que são 6 posições (Z6).

JOGO HORROROSO FORA MO.

Não concordo com o posicionamento do pós jogo detonando o time, a defesa a criação e etc. Muito menos com esse papo insano de “vamos usar o patrocinador”. Pra mim o problema não é o elenco. O problema é o técnico, o time do O.O. jogava muito mais. Claro q um zagueiro melhor, um meia no lugar do CX e um departamento médico e fisico melhores fariam diferença.

De uma coisa tenho certeza, o Tite faria miséria com esse time, o cara acha o mazinho “muito bom jogador”. Incrivel é o declinio do MO, teve tudo na mão, teve os jogadores que quis, depois de um titulo, e faz um trabalho RIDICULO.

É, num time que tem 15 volantes no elenco porém não mais que três meias de criação que vivem no DM ou não conseguem acertar um passe de dois metros e que ainda conta com um patrocinador com grana que é torcedor fanático do clube que praticamente é “proibido” de interferir nas contratações da equipe, isso sem falar numa diretoria que está convicta de que quantidade é sempre melhor que qualidade, principalmente enquanto houver leite nas tetas da pobre vaca, o problema do Palmeiras é unica, exclusiva e absolutamente o técnico. Guardiola certamente faria Alecsandro ser artilheiro das Américas, Jurgen Klopp transformaria Tiago Santos no novo César Sampaio, Luiz Enrique devolveria a juventude ao Zé Roberto e José Mourinho levaria nossa dupla de zaga a ser titular na seleção brasileira…

fizeram 40 contratações, nenhum que saiba bater falta, nenhum meia qualificado ou criativo, nenhum lateral que saiba cruzar ou marcar, nenhum atacante que saiba cabecear, mas a culpa é do
Marcelo. Acho que ele cai na quinta mas daqui uns 3 meses com esse mesmo elenco vão estar pedindo a cabeça do seu substituto.

Pois é, Sérgio, a nota média do nosso atual “time titular” não passa de 5, mas nossos dirigentes têm convicção de que quantidade é sempre melhor que qualidade – principalmente enquanto a “quantidade” vai entrando no bolso. E ainda acham “insanidade” esperar boas contratações por parte do patrocinador, que deve estar muito feliz por perceber que a camisa que estampa seu nome passará uma temporada como coadjuvante por pura incompetência de quem administra o clube. Tá, o Marcelo não ajuda com sua teimosia e sabemos que está com seus dias contados, mas novamente como naquela história do marido que chega em casa e pega a mulher no sofá com o melhor amigo, vão se livrar do sofá.

E a nota média do elenco da Ferroviária, qual é? Treinando há apenas 2 meses um time pequeno, com jogadores absolutamente comuns , o técnico português montou um time bem estruturado em todos os setores, coisa que não vemos no Palmeiras. Fiquei muito feliz quando o Palmeiras contratou o Marcelo Oliveira, devido ao seu currículo muito bom nos últimos 5 ou 6 anos, mas não sei o porquê, ele não está conseguindo fazer o Palmeiras jogar bem. É até estranho. Uma pena.

essa diretoria do reizinho nobre trouxe o alecsandro que era reserva do flamengo que tava na zona de rebaixamento e o cara depois de um 2015 horrível, nem em forma o jogador tá, é titular em 2016, com o substituto reserva camisa 9 apelidado de CHURRASCO que devem ter feito juntos gols que não dá nem 20 gols, compraram o felipe gabriel por 5 anos que não jogava desde 2013 porque era ex namorado do treinador com histórico de lesão horrível, nem jogava mais, contratou por 5 anos o rafael marques, um jogador que teve a proeza de se tornar reserva depois de tentarem colocar ele até para jogar de goleiro pra dar certo no Verdão, o edu dracena, um jogador velho e reserva no curica pra ser TITULAR da zaga, também com histórico de lesão recente e um péssimo 2015, deixar o zé roberto TITULAR DA LATERAL ESQUERDA depois de pedir para se aposentar no fim de ano, sendo como seu reserva absoluto o egidio, um jogador de 27 anos que não consegue se tornar titular disputando a posição com um cara de 44 anos e que não é mais tudo isso, mas o pior de tudo foi contratar alguns jogadores na virada do ano esperando que o time que em 2015 teve o pior segundo do turno da série A fosse ser aquela noite de glória de 2015, e esperar muito desses jogadores do ano passado, robinho, ruim pela aplicação tática, participação de jogo, físico, e thiago santos principalmente, que para mim é péssimo tecnicamente… chega de diretoria que não entende de futebol

egidio, um jogador de 27 anos que não consegue se tornar titular disputando a posição com um cara de 44
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Por conta de compromissos familiares não vi o jogo, por isso não posso opinar sobre detalhes técnicos da partida. Mas independentemente disso, time que não derrota os “pequenos” dentro de seus domínios chega a lugar algum. Não sei se MO deve sair, se os “baciáveis” precisam ir embora ou se o presidente precisa pensar mais em futebol e menos em lucro, o certo mesmo é que estamos caminhando firmemente para um ano desastroso, e se algo não mudar agora o final dele poderá ser trágico. Nem falo da risível campanha nesse patético paulistinha, nem da Libertadores cujo sonho pode não passar (e possivelmente não passará mesmo) da primeira fase, mas se não conseguimos nos impor diante de São Bentos, Linenses e Ferroviárias da vida, o que vamos fazer num campeonato brasileiro? Chega, não aceito mais desculpas do tipo “time em formação” nem devaneios como “melhor elenco do Brasil”, quero ver futebol de verdade. Quem não tiver competência para oferecer isso, que pule do barco agora.

Esse treinador da Ferroviaria parece ser bom hein, acho que pode ser uma luz no fim do tunel…

Fiquei sabendo agora há pouco a sacanagem que alguns palmeirenses fizeram com a Ana Thais Mattos, jornalista que independente do clube que torce, sempre respeitou o Palmeiras durante o período que trabalhou como setorista do clube.

Não sejamos bobos, todos aqueles que escolheram a profissão de jornalista esportivo e que fazem a cobertura diária de futebol torcem por um clube e, certamente, tem postura de torcedor quando não estão trabalhando, exaltando o seu time e provocando os rivais.

É certo que tem muito sacana que trabalha com a camisa do clube quando narra ou comenta jogos, mas a Ana não faz parte do rol desses lixos travestidos de jornalistas. Não concordo mesmo com o que fizeram com ela nessa última semana.

Os comentários estão desativados.