Categorias
Opinião

Opinião: o desafio de Cuca e o racismo no futebol

 

 

Por Vicente Criscio

A semana encerra com uma ducha de água fria nos palmeirenses mais crentes: a derrota pro Nacional na 5a feira passada por 1×0 – uma semana depois de ter perdido no Allianz por 2×1 – era previsível. Nem tanto por conta do time do Nacional – time mediano que virtualmente classificado não deve chegar depois das 4as de final da Libertadores – mas muito mais por conta da mediocridade do elenco palmeirense. Ou há outra justificativa para fazer zero ponto em seis possíveis contra o Nacional?

Aí perde pro Audax…

E nem dá prá culpar o treinador. MO tinha feito em 2016 oito partidas pelo fraquíssimo Paulistão com 3 vitórias, 3 empates e  2 derrotas. E 3 partidas na Libertadores, com um empate fora, uma vitória em casa (num sufoco danado contra o Rosário) e uma derrota pro Nacional. Apenas onze jogos – 11 JOGOS – depois de se sagrar campeão da Copa do Brasil os gestores da SEP descobriram que MO não servia, e trocaram o treinador na metade da primeira fase.

Aí veio Cuca, que já sabemos, não é milagreiro. Vai fazer o time jogar melhor do que jogou hoje. Mas vai levar algum tempo… até porque estava fora e precisa de um tempo prá conhecer os jogadores palmeirenses, bem como se readaptar ao futebol brasileiro. Mas vai fazer o time crescer. Vai ser suficiente prá ser Campeão Brasileiro? Eu diria que não. Falta material humano. Terão que vir reforços. Ou seja, mais um elenco a ser formado e outro que será desmanchado. Prá alegria de empresários e intermediários.

E ainda querem dizer que tem planejamento lá no Palmeiras?

***

Basta de racismo

Mas há um destaque mais negativo na semana que passou. Pior que todo esse filme de terror que é o planejamento e o elenco da SEP: os gestos de um torcedor uruguaio imitando um macaco durante a partida. A tv flagrou o torcedor fazendo os gestos. E o próprio jogador Gabriel Jesus, vítima desse absurdo ato racista, confirmou as ofensas.

Grosseiro e completamente fora de propósito. O torcedor deveria ser identificado pelas câmeras e ser preso no próprio local. O campo interditado. E se a direção do Nacional não agiu para evitar e proibir esses atos, deveria ser punida exemplarmente. Claro, falo isso assumindo que lá como aqui, racismo é crime.

Captura de Tela 2016-03-20 às 10.16.04 PMImpressionante como esse tipo de ato ainda permeia os estádios de futebol pelo mundo. Na Espanha já vimos Daniel Alves comer uma banana que atiraram no estádio durante Barcelona e Villareal. Na Itália, isso acontece com muito mais frequência que podemos imaginar. Rússia, Ucrânia, … em vários países na Europa já vimos esses atos.

Pesquisando o tema dei um google e encontrei uma série publicada pela site Trivela.com. Matéria interessante, desenvolvida em 2014, onde  abordou esse delicado tema em vários posts.

Clique aqui e leia o post de abertura do Trivela.

Na Inglaterra, como acabaram com os nazistas e hooligans, mas ainda sofrem com o racismo.

Na Espanha, a necessidade de se encarar o racismo de frente.

Na Itália, onde há um tema de racismo entranhado no futebol e na política.

Na Rússia, onde Roberto Carlos foi alvo… e as preocupações com 2018.

Nos Estados Unidos, onde dentro dos estádios o racismo é raro…

No Brasil vivemos casos pontuais. Mas ainda existem. Um dos mais famosos e que criou mais comoção foi com Aranha quando ainda era goleiro do Santos, contra o Grêmio (em 2014).

Voltando pro caso de 5a feira. Na Libertadores da década de 70, quando as partidas não eram televisionadas e o pau cantava, era mais do que comum os times brasileiros serem garfados pelos juízes; e jogadores brasileiros, brancos e negros, apanharem e serem ofendidos. Já naquela época era inaceitável esse tipo de atitude, só que não se provava nada, racismo não era crime, e eram outros tempos.

Hoje em dia, com tv ao vivo, vários ângulos, várias câmeras, replay, dvd, celular, redes sociais, etecetera e tal, é imperativo que atitude do tipo desse torcedor seja completamente atacada e repudiada. E a obrigação é do time que sofreu essa violência.

A SEP emitiu nota de repúdio em seu site no dia seguinte da partida, às 14 horas:

A Sociedade Esportiva Palmeiras vem a público para repudiar os atos racistas cometidos contra o atleta Gabriel Jesus na noite da última quinta, em Montevidéu. 

O clube reitera que condena quaisquer práticas que discriminem seres humanos por sua raça, cor, etnia, religião, gênero ou procedência nacional.

Informamos que, por meio do delegado da partida, encaminhamos as imagens para a Confederação Sul-Americana de Futebol a fim de que se tome as providências cabíveis.

De longe parece pouco. Muito pouco. Pode ser que esteja fazendo mais nos bastidores. Espero que esteja fazendo mais. Como podemos ver nas ótimas matérias do Trivela lá em cima, sem enfrentar o problema, sem ser duro, sem punição exemplar, nada vai mudar.

Concorda?

Saudações Alviverdes!

56 respostas em “Opinião: o desafio de Cuca e o racismo no futebol”

Continua a zona lá dentro. Agora surgiu um áudio supostamente do Raul Bianchi do Mondo Verde onde diz q o elenco ta rachado em 3 . grupo do Zé, do Prass e Do Robinho. Zé e Prass não se dão bem e Zé odeia o Robinho. Os caras não obedeciam as ordens do MO e a diretoria não toma posição nenhuma. Se é vdd eu não sei. O que eu sei é q já tivemos times q os caras se destestavam mas dentro de campo eram homens e honravam o manto. Tbm não sei se o Cu.c@ vai conseguir dar jeito nesses malas mas já começou bem escalando Rafael Marques pra jogar de Centro avante amanhã. É um recado pra ele parar de frescura e um aviso q o técnico é o Cu.c@ e ele tem q fazer o q for ordenado. Caso sejamos realmente eliminados da libertas espero q alguem lá dentro seja Homem pra ter a atitude necessária de dispensar quem quer q seja. O Palmeiras tem q estar acima de todos.

Ainda não estamos fora do campeonato paulista e com um pouquinho de organização podemos até
levar o título. Porém, pra pensar maior tem que despachar um monte de jogadores e contratar uns 4 que resolvam , coisa que o Mustafinha não quer entender. Mandar o Marcelo embora foi um grande erro já que técnico não está aí pra ensinar o cara a jogar futebol.

Todo inicio de ano nós torcedores renovamos as nossas esperanças com o Palmeiras. Daqui uma semana estaremos entrando no mês de Abril e vemos essa desorganização dentro e fora de campo. Perdemos um semestre com duas desclassificações (Paulista e Libertadores) e a projeção para o campeonato brasileiro e copa do Brasil não são nada animadoras. Só gostaria de saber o que fazem com o dinheiro que entra ? Qual está sendo o destino desse dinheiro ?

a folha de pagamento do Verdão é a mais cara do país, é mais de 10 milhões por mês… aí tá um ralo grande e sujo que ele deve passar…

RENATO, a verdade é uma só, o dinheiro dos patrocinadores, da bilheteria dos jogos da arena, a cota de TV, estão indo para o bolso dos dirigentes, isso é fato e notório.

Van der Vaart não, pelo amor de Deus…… ninguém quer, há anos não joga nada e tem uma vida privada conturbada. Esse n é o 10 que precisamos.

2400 por ano , é o que cobra a WT———-Acorda seus fdp o país na maior crise –futebol de segunda divisão é muito dinheiro pra muito vagabundo !!!!!

o time nem consegue cobrar lateral direito faz uns 3 anos, se é um time que sabe marcar, lateral na defesa é lançar pra frente o mais longe possível, e lateral no ataque é chuveirinho na área

A torcida diz que vai fazer pressão. Deveria pressionar com inteligência. Dizer ao Nobre e ao Mattos que não quer “reforços” que sejam o “destaque” do Figueirense, a “revelação” do Goiás ou o “melhor jogador” do América Mineiro. Dessa vez, se é para trazer reforços, tem de ser jogadores ao nível da seleção brasileira ou de seleções estrangeiras importantes. “Caso contrário, não queremos ‘reforço’ nenhum”. É isso que a torcida deveria deixar bem claro a todos.

E antes de contratar, tem que enxugar esses elenco, reduzir legal mesmo (ficar com no máximo 20 desses 40), mas isso só deve acontecer depois do jogo do Rosario, e com a provável queda de Ma.t.tos.

Tudo bem que tem que reduzir legal esse elenco, mas GUSTAVO depois de reduzir para 20 jogadores desses 40 e se por ventura acontecer lesões e esses jogadores ficarem no DM só ficará com 11 jogadores???

Se essas contratações que o Cu.ca sugerir for de jogador baciável, a torcida tem que protstar em massa e não deixar que isso ocorra de novo. E se o Mat.tos acatar a contratação de jogador meia-boca, ou do tal do Uram, tem que se exigir a demissão imediata dele.

Alguma coisa me diz que se a questão não for “de técnica” e falta de um 10…..é a questão dos contratos de produtividade ou um pacto dos jogadores………….. Cirúrgica, a tupiniquim press sempre divulga o salário de nossos jogadores (Barrios 700 mil, Jean 500 mil, cx…400mil? Felipe Gabriel 250 mil….dos bambis e small club vc nunca lê quase nada). São todos com contrato de produtividade? Pq os que mais ganham estão sem jogar ou quase não jogam há meses?………… ou foi o pacto do “grupo” que depois de vencer a copa do brasil, queria disputar a Libertadores sem muito reforço, inklusive com o vovô de 42 anos????

“Verdão buscará reforços de ponta para 2ª fase da Libertadores, diz repórter”……….ache o erro nessa notícia…

Dentro desse contexto, pergunto: O que justifica termos o Mattos como diretor??? Não identifiquei nada que justificasse. Toninho Cecilio (não estou falando que é melhor nem pior, só estou comparando) em 2009 fez contratação nem melhor nem pior que esse badalado diretor. Excluindo Eric que foi uma aposta (que mtos clubes queriam), jean (ainda é cedo para avaliar) não enxergo nada além que um outro diretor menos badalados contratasse

E mais, o Toninho Cecílio quando o Palmeiras era prejudicado pela arbitragem, saia chutando porta, discutindo com repórter.
Jean e Arouca já foram bons à 5 anos atrás ,hoje, só jogam com o nome.

Eu também acho que o Palmeiras deveria ter dado oportunidade a Fernando Diniz, porém, é óbvio
que precisaria de tempo pra melhorar o time, coisa que nós palmeirenses não temos. Não gosto Cuca como técnico mas torço muito pra dar certo.

Se o Cuca pedir um meia, o presidente não contratará, afinal ele está aguardando o retorno do grande reforço para esta temporada, qual seja, Cleiton Xavier.
Enquanto isso, a Libertadores acabou para nós.

mas é sempre assim, eles fazem um monte de cagada e vão jogando pra debaixo do tapete até quando dá, quando a pressão estoura sempre apronta uma cagada a mais, demite treinador, põe jogador da base pra jogar, contrata algum jogador lixo da segunda divisão, demite jogador, muda tudo, menos os diretores e quem manda no Palmeiras…

Quando a batata assa, o discurso muda rapidinho, né? Matto.s 17/03/2016: “Palmeiras não precisa de reforços, precisa de organização”. Mat.t.os 21/03/2016: “Se for necessário, o Palmeiras faz (sobre a chegada de reforços que Cu.ca cogita solicitar) “.

Eu tinha postado anteriormente que o treinador do momento seria o Fernando Diniz que com pouquíssimo recurso enfrenta todos de igual para igual e muitas vezes seu time é preterido pela arbitragem. Serviu de inspiração para o modelo de futebol adotado pélo Tite.

Pois é , a pressão da torcida organizada tem que ser de forma pacífica, mas o alvo tem que ser o Matt.os e o Paulinho juvenil.

Se dá ve..xam…es dentro do campo, fora, Palmeiras impressiona. Conquista a maior audiência da tevê fechada, na Libertadores, para a Fox Sports. Mais que Corinthians e São Paulo. Contra o Nacional, a emissora passou até a Globo…O confronto pela Libertadores contra o Nacional fez a alegria da Fox Sports. A audiência foi surpreendente na tevê a cabo. Colocou a emissora disparada na frente das suas tradicionais concorrentes. Sportv, ESPN e Esporte Interativo…………Mas foi além. Passou todas as tevê abertas mostradas no cabo. Inclusive a tevê Globo, em vários minutos. E no mercado que mais interessa aos anunciantes. O da grande São Paulo. O resultado foi excelente. A divulgação do excelente resultado quebra a velha cantilena que executivos globais usavam nos últimos anos. Que palmeirenses e santistas eram dois ‘derrubadores de Ibope’. Os números chegam em hora importante. Quando o Palmeiras negocia os Brasileiros de 2019 até 2024 a cabo…….by CR.

O Palmeiras é ignorado pela RGT, graças aos funcionários desta emissora, que 90% são gambás declarados, esse ódio pelo Palmeiras vem de muito tempo, não acredito neste negócio de IBOPE, até porque a torcida do SPFW, nem vai no campo, e passa jogo direto das meninas.
É questão de simpatia pelo time, bambis e flamenguistas vem depois, na preferência dos globais.

E a mais nova informação é que a Conmebol mudou o horário do jogo do SCCP, contra o Santa Fé pela LA, para às 21h45, mesmo horário em que o jogo do Palmeiras contra o Rosário será (será que ainda será?) transmitido pela RGT. E a agora? Veremos.

Com certeza, já mudou o horário pra transmitir a Escória, mas quem manda é a Fox, a torcida do Palmeiras deu mais audiência no canal fechado, então já sabemos que o jogo do Verdão será no canal americano.

Pichações hoje no muro do clube…………..””estádio = $, Crefisa = $, Avanti = $, cadê o futebol?” e “R$ 3 milhões de renda, elenco Série B” e “pil…an..tras”.

Quem paga a conta tem direito de cobrar. Se ganham por “produtividade” (projeto do nobre peresidente)……… então teriam que não receber nada, pelo futebol apresentado.

Se esse mesmo elenco, desde 2015, já fez ótimas partidas em jogos importantes e em clássicos, sendo a final da Copa do Brasil o maior exemplo, e também desde 2015, tem tropeçado em jogos menos importantes e contra clubes menores, a minha conclusão é: o elenco é formado em grande parte por vagabundos e preguiçosos. O Cuca, o Nobre, o Mattos, entre outros, precisam ser firmes nas cobranças e deixar claro que não admitirão “corpo mole” contra quem quer que seja. Só assim para termos esperança de conquistas.

Sua opinião é correta. porém tem um detalhe. Não adianta a cobrança se os queridinhos continuam a ser escalados e relacionados. Tem que escalar e relacionar quem tiver treinando e jogando bem. Agora essa de falar que fulano, beltrano ou ciclano é avalizar o corpo mole. Há mais nenhum dos contratados vive um bom momento. Então beleza vai na base e pega alguém de lá. Detesto o tite e seu esquema, mas desde 2013 ele aprendeu que não tem mais essa de com “eles vou até o inferno” é jogar quem tá melhor e que possui maior regularidade, o resto se mate aí no treino p/ pegar uma vaga no banco. Hj em dia o único titular absoluto é o Prass, o resto tem de brigar.

Alguma mensagem precisa ser passada Gustavo. Só aplaudir, cantar, apoiar, pagar e sair frustrado com futebol de 5. categoria cansa.

Depois que o time foi derrotado pelo “poderoso” Audax 04, até porque é difícil jogar lá na Alemanha, o clube amanheceu com os muros pinchados, de agora em diante ou os jogadores joguem bola ou pode começar a pegar o bonde.

Batizado de Passaporte 2016, o programa da WTorre prevê acesso a todos os jogos do Palmeiras na temporada com preços a partir de R$ 199 mensais. O lugar escolhido pelo participante ganha seu nome e fica reservado. O torcedor também tem desconto no estacionamento da arena e facilidade para comprar ingressos de shows e eventos.

Caro FELIPE, na verdade eu quero é time de verdade e não estou nem aí com programas de descontos de facilidades para usufruir na arena.

Se não mandar o diretor caça níquel e mais uma meia dúzia que, não obstante a própria ruindade, claramente está fazendo sacanagem também; as coisas não vão começar a mudar.

Os comentários estão desativados.