Categorias
Governança Opinião

Opinião: uma luz no fim do túnel

 

Por V. Criscio

Repousa na câmara do deputados projeto de lei número 5.082 apresentado em abril pelo deputado Otavio Leite (PSDB/RJ). Este projeto cria a Sociedade Anônima do Futebol (SAF) e estabelece “procedimentos de governança e de natureza tributária para modernização do futebol”.

A luz no fim do túnel está aí. Prá mim e outros que querem o futebol administrado por gente que é do ramo e entregues aos seus torcedores, é a luz da modernidade e da salvação.

O projeto, se aprovado, poderá ser o embrião que colocará o futebol brasileiro no caminho da sua recuperação, profissionalização, responsabilidade adequada aos gestores, abertura para os torcedores serem sócios das entidades esportivas. E por tabela o fim ou pelo menos uma diminuição bárbara dos políticos dentro do futebol.

Como?

O projeto regula aquilo que eu venho falando aqui desde que o 3VV era o blog Terceira Via Verdão.

Os principais pontos do projeto (a fonte é o Blog do Meio de Campo, de Rodrigo Monteiro de Castro):

– Capital dividido em ações e acionistas limitando suas responsabilidades às ações subscritas;

– A SAF é criada a partir da transferência de ativos do clube; a partir daí forma-se a entidade também com a presença de pessoas físicas (torcedores ou investidores) e jurídica, a partir de investimento apropriado; h’regras para a participação dos investidores;

– Há regras para as ações ordinárias e preferenciais, ou seja aquelas que têm direito ou não a voto; apesar de ainda não ter detalhes, o projeto de lei também prevê as regras de decisão e controle por parte do clube, o que eu chamo de Governança;

– Também como Governança, a SAF deverá ter um Conselho Administrativo e uma Diretoria Executiva. Nada parecido com um conselho de 300 pessoas, e uma diretoria puramente política e incapaz de tomar decisões que um grande clube de futebol exige.

– Não podem fazer parte desses órgãos, por exemplo, membros de qualquer órgão administrativo do Clube ou integrantes de órgão administrativo de outra SAF. Enquanto o Clube for o único acionista da SAF, seu conselho deverá ser composto de metade menos um, no mínimo, de conselheiros independentes. Além disso, o estatuto poderá estabelecer requisitos necessários para o exercício do cargo de conselheiro. Os membros da diretoria deverão ser remunerados e dedicar-se à administração da SAF com exclusividade. (esse parágrafo foi copiado exclusivamente do site de referência lá em cima, mas o grifo é meu);

– Implementação de um conselho fiscal de funcionamento permanente, formado por no mínimo três integrantes. Enquanto o clube for acionista único da SAF, pelo menos a maioria de seus membros será independente. Não poderá integrar o conselho fiscal pessoa que seja empregada ou que exerça qualquer cargo no clube, inclusive eletivo.

E tem mais coisas, nesse momento menos relevantes para essa opinião. Mas a ideia é ciar um mercado do futebol, concebido pelo Estado, regulado pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e autorregulado por entidades como a Bovespa e manejado por sociedade anônima do futebol.

A revolução que esse projeto pode trazer ao futebol, se bem aprovado, sem emendas perversas da bancada da bola, é imensa. Pelo menos em termos de condições estruturantes de um clube de futebol. Tudo aquilo que conversamos aqui, sobre separação do futebol em relação ao clube social, sobre profissionalização dos gestores, sobre governança, e principalmente, sobre dar o poder de fato e de direito ao torcedor, está aí. Mas é importante reforçar: sempre foi possível se fazer com um novo estatuto de verdade, projeto antigo no Palmeiras, sepultado pela atual gestão.

Agora, com essa lei, os parlamentares (claro, se aprovado) irão obrigar os clubes a se modernizarem, e assim dar um empurrãozinho a gestores preguiçosos em fazer o que prometeram em campanha.

Ei, você que não é do ramo, que hoje atua com ares de profissional, que gosta de entrar em campo prá ver se a grama está verde, tomar decisões onde você não está nem de longe preparado, tremei: seu tempo está chegando ao fim! A luz no fim do túnel prá você é o trem da modernidade.

Saudações Alviverdes! Bom domingo e feliz dia das mães.

Links relacionados:

Blog Meio de Campo;

– No IG Esporte;

– No Lancenet.

 

 

140 respostas em “Opinião: uma luz no fim do túnel”

Como de costume, quando em algum momento consegue brigar pelo título brasileiro a diretoria pra variar sempre consegue fazer ca.g.ada vender alguns bons jogadores, sempre foi assim, por isso que eu não acredito no título brasileiro do Palmeiras.

O treinador vai aproveitar Luan e Moisés no brasileiro. Ambos são jogadores de força e em determinados jogos, vamos precisar desse tipo de jogador, segundo o treinador.

É apenas uma opinião, mas se alguém ainda acha que Luan pode ser aproveitado no time do Palmeiras deve ser porque não temos nada melhor na base. Aí eu pergunto: se não temos nada melhor do que Luan na base, pra que serve a base?

Concordo. Enquanto a torcida espera um nome de peso, será uma ducha de água gelada se o escalado seja o Luan. Além de ser um jogador muito fraco, ele traz lembranças ruins, de péssimas fases do Palmeiras. Luan nem pensar!

Gabriel Jesus na capa da Gazzeta delo Sport ( não sei escrever) . parece q o menino vai embora mesmo, será uma pena, acho q ele vai evoluir muito ainda e qdo estiver no melhor momento não estará aqui. Fazer oq?

É “Gazetta dello Sport”, Philipe. E como a transferência do Jesus é apenas questão de tempo, que pelo menos vá para um grande time da Europa, que renda uma boa grana ao Palmeiras (que, lembrando, tem direito a apenas 30%) e que, principalmente, essa grana seja bem usada no time de futebol, e não acabe em reforma de piscinas, construção de saunas ou de salões para bailes de carnaval.

Porque na Libertadores também era favorito e caiu na primeira fase, só por isso.

O Inter é favorito ao Brasileiro faz duas décadas, não ganha desde 1979. A Holanda sempre é favorita nas Copas do Mundo, só conseguiu três vices. Sinceramente, prefiro que o protagonismo fique bem longe do Palmeiras, assim teremos alguma chance.

Análise de Elenco na RGT.com. Opinião de Jornalistas no Lance. Estimativa de chances no RGT.com hoje. opinião de colunistas do Uol. Porque todos colocam o Palmeiras como possível candidato ao títulos e nós aqui falamos quase como se fosse brigar pra não cair?

Isso que fiquei me perguntando hoje. De onde esses caras tiraram esse favoritismo todo do Palmeiras? Do futebol apresentado? Do elenco? Das contratações? Dos resultados da temporada? Não consigo entender, achar um motivo para esse oba oba da imprensa.

Pois é… achei muito esquisito. Talvez porque estejamos um pouco acima dos outros, só que porque eles estão mal. E como nós queremos jogar bem e não ser “menos pior”, vemos diferente. Não sei se é pelo trabalho que o C.u.c.a deve estar fazendo lá… não sei. A questão é que comecei a duvidar rs. Vou esperar umas 5 rodadas pra saber se quem estava certo éramos nós aqui ou a mídia em geral. Nunca quis tanto estar errado haha

Não me ponha nesse balaio “nós”. Eu sempre disse que temos chance de ser campeões. Certeza é impossível (ao contrário do que disse o Cuca – ao meu ver, foi um erro a sua declaração), mas as chances são boas sim. O que acontece é que aqui, no 3VV, predomina amplamente um pessimismo exagerado. Até apelidei alguns, sem citar os nomes (teve quem vestiu a carapuça), de “Profetas do Apocalipse”. kkk

Ter chances de ser campeão, todos têm. Mas a imprensa está colocando o Palmeiras como “favorito ao título”. Aí já é demais. E não são os “profetas” que predominam aqui, são os “deslumbrados” que só aparecem antes de começar os campeonatos e quando o Palmeiras ganha. Na maioria dos jogos, quando o Palmeiras está no bumba meu boi, agem como fantasma. Se aparececem sempre, não só na hora do filé, mas tamvém na hora de roer o osso, a proporção de profetas e deslumbrados, aqui, seria a nesma.

Compartilho totalmente desse desejo, Thomaz. Neste momento, sexta-feira 13 de maio de 2016 às 18h50min, nada me faz crer que o Palmeiras ganhará o Brasileirão, tampouco que seja favorito para tanto. Mas como quero que minha opinião e todas as evidências que levam a ela estejam erradas. Só lembro que faz mais de dez anos que em todo mês de maio o Inter também é colocado pela chamada “imprensa especializada” como favorito ao título, que não vem há 37 anos. Se do lado de cá nós torcedores exageramos na paixão, no amor e no ódio, do lado de lá os jornalistas não fazem muito diferente.

Thomaz a gente já discutiu isso antes. Esse é o perfil do torcedor palmeirense que frenquenta aqui Querer discutir isso ou ficar toda hora questionando isso é absolutamente improdutivo. A vantagem do 3VV é que permite que torcedores verdadeiros coloquem coisas contrárias e favoráveis ao time e a gestão. Agora se entrar nessa de ficar questionando por que aqui se critica mais ou menos, parou! Nós administradores não vamos entrar nem permitir que entrem nesse debate que eu já sei onde um conjunto pequeno de comentaristas quer chegar. Abraços.

É interessante ver a diferença de tratamento entre Palmeiras e os 2 queridinhos da tupiniquim press, como no caso do acidente no coliseus das meninas. E em todas as áreas. O coroné marinho e o Mp, trataram logo de dar o veredício e classificar como…..fatalidade. O mesmo coroné e Mp que passa anos ataza..nando o Palmeiras, usando lupa para qualquer coisinha. E a tupiniquim press caladinha, desviando mais uma vez o foco………..Como nossos adversários tem a vida facilitada. Pena que muito de nós palmeirense não somos capazes de enxergar isso…..ou se recusam. Agora imaginem só…….o espetáculo dantesco que seria, se isso tivesse acontecido no Allianz…

É interessante ver a diferença de tratamento entre Palmeiras e os 2 queridinhos da tupiniquim press, como no caso do acidente no coliseus das meninas. E em todas as áreas. O coroné marinho e o MP, trataram logo de dar o veredício e classificar como…..fatalidade. O mesmo coroné e MP que passa anos ataza..nando o Palmeiras, usando lupa para qualquer pi…c….uinha. E a tupiniquim press caladinha, desviando mais uma vez o foco………..Como nossos adversários tem a vida facilitada. Pena que muito de nós palmeirense não somos capazes de enxergar isso…..ou se recusam. Agora imaginem só…….o espetáculo dantesco que seria, se isso tivesse acontecido no Allianz…

Pera não é assim, qual o custo disso tudo? Quem pagará o orgão regulador? Tudo que vem do estado por definição é uma merd4, sinto esse projeto como um “marco civil da internet” para clubes, o que só resultou em porcaria, depois do marco civil queriam limitar a internet e perdemos facebook de graça nos celulares, transferiram todo o custo pro consumidor algo natural. É como falar “Se ‘modernizem’, vocês vão pagar umas taxas a mais pro Estado pra se ‘modernizar’ e pra ficarem melhores”, não tem porque o estado intervir em clubes, isso será criado e sugerido ou os clubes serão obrigados a adotar? Olha essa parte:

“…poderá ser o embrião que colocará o futebol brasileiro no caminho da sua recuperação, profissionalização, responsabilidade adequada aos gestores, abertura para os torcedores serem sócios das entidades esportivas…” Ué mas ja existe tudo isso.

“Capital dividido em ações e acionistas limitando suas responsabilidades às ações subscritas;

– A SAF é criada a partir da transferência de ativos do clube; a partir daí forma-se a entidade também com a presença de pessoas físicas (torcedores ou investidores) e jurídica, a partir de investimento apropriado; h’regras para a participação dos investidores;”

Uma entidade privada ja não pode vender ações se bem desejar?

Sou a favor de nos livrarmos dos chupins do Palmeiras mas tem que ser visto com cuidado isso.

Matéria do UOL diz q c.u.c.a aposta muito em Vitinho pra ser o futuro camisa 10 do Verdão. Vi esse muleke jogar na Copa SP e gostei. Rápido , liso, habilidoso e tem visão de jogo. Claro q ninguém é vidente pra saber se vai vingar ou não, mas esse seria o ideal não só para a SEP como pro futebol brasileiro. Ao invés de gastar fortunas com jogadores rodados , ter a solução dentro de casa, na base, formar craques , usá-los por um período , ganhar títulos, valoriza-los e depois vender pra Europa. Infelizmente não temos tradição nisso, até pq ninguém lá dentro se preocupa em fazer um trabalho bem feito na base. Quem sabe o Vitinho muda essa visão. Se não der certo tbm será apenas mais um dentre centenas q não vingaram.

Palmeiras x Patético-PR terá arbitragem carioca (Bruno Arleu de Araujo).

Alguém viu a Análise de Elenco do RGTEsporte.com? Mostra exatamente que nosso elenco é bem equilibrado, mas nada demais.

Falta quem desequilibre, Thomaz. Poucos times têm esse jogador, mas os outros times não são problemas nossos, então deveríamos ir atrás dele. Em meio a tanta mesmice, vai se destacar quem souber aproveitar melhor o fator casa, uma boa arrancada ou mesmo os desfalques para Copa América e Olimpíadas.

Posso estar enganado. mas se fizesse uma pesquisa com palmeirenses, de todas as vertentes, sobre o que está faltando, primordialmente, no time do Palmeiras, achobque a resposta da grande maioria seria: um bom meia, um 10. Daí, não entendo a teimosia, a falta de empenho, ou de visão, sei lá, para não querer contratar esse jogador.

MP de Samba atrasou o quanto pode o Allianz Parque, sempre encontrado pic..ui..nhas………. vamos ver como será no nas ruínas do coliseus das meninas. Preparem como a tupiniquim press se compra quando um dos seus queridinhos está envolvido. Assim como éi com small club.

“É difícil chegar em uma entrevista e te dizer isso (que precisa de um meia) sabendo que meu elenco vai ler. Mas é lógico que gostaria de ter mais um meia que viesse nos fortalecer. Isso seria muito bom. Mas a gente trabalha dentro da possibilidade”, disse o treinador.

“Não é uma questão de pedir (um meia). O mercado hoje está difícil. Mas o Alexandre Mattos sabe que se tivermos a possibilidade de fortalecer nesse setor, a gente pode fazer isso”, completo o técnico.

O treinador ainda explicou a troca de jogadores com o Cruzeiro. “Quando eu deixei o Robinho ir, é porque eu sei o que está vindo para o Palmeiras. Temos o Cleiton Xavier; o surgimento de um menino da base que já tem propostas do exterior, o Vitinho; subimos da base também o meia Artur. Quando acertamos a saída do Lucas é porque já tínhamos em mente a chegada do Tchê Tchê.

Todos os torcedores, mídua e adversária sabem que falta um 10, mas paulinho visionário quer provar o contrário.

Já jogamos (mais) uma Libertadores no lixo por causa dessa teimosia em querer transformar Cleiton Xavier num “Alex” sendo que nem pra “Baroninho” ele serve. Em todo caso, num time em que zagueiro chega por ser artilheiro, volante atua de lateral, lateral de meia e goleiro bate pênalti que vale título (ou que perde classificação), uma improvisação a mais ou a menos faz pouca diferença.

#seremos campeões ! Eu tento animar , acreditar. Porém a cada dia que passa é uma notícia pior que a outra. Sábado estarei no allianz parque porque me comprometi em levar os meus pais pela primeira vez para conhecerem. Gastar 374,00 reais em três ingressos para ver barrios jogar não dá.

Aproveita Renato, o importante é companhia de seus familiares. Veja isso como um evento e aproveitem o máximo o momento. Se ganhar, perfeito. Se perder e isso fast istte do jogo, que fique a recordação do momento que vcs passaram juntos. Boa Sorte.

É verdade que o Palmeiras quer contratar o zagueiro paraguaio Bruno Valdez, atleta do Cerro Porteño e também da Seleção do Paraguai.i?

Sim, acho que como parte do pagamento pelo craque Roger Guedes. Não duvidem que loteiem uma área do Allianz para terminar de pagar o garoto, que pelo investimento deverá aparecer em Barcelona ou Munique nas próximas janelas de transferência…

Saudades desse timaço de 96, pena que jogou pouco e naquela época o Palmeiras não se importava em fechar a conta no azul no final do ano e sim, se importava em triturar os adversários e ganhar títulos e dá alegria para a nossa torcida.

O Bambi do Muller, estava no programa da Fox e disse: O Palmeiras de 96 era uma seleção, o melhor time que eu joguei na vida , bem melhor que o SPFW de 1992.

Gostaria de saber aonde foi o olheiro que trabalhava para o Palmeiras na era Parmalat (Já sabemos que não era o Brunoro); pois mesmo com todo o dinheiro da Parmalat, se contratavam jogadores geralmente de times pequenos e que chegavam e viravam craques de nível mundial, ex: Roberto Carlos, Antonio Carlos, Alex, Rivaldo, Luizão, Flavio Conceição, Cesar Sampaio, Djalminha, Edilson… Depois disso e até hoje, com os cofres equilibrados gasta-se fortunas por jogadores que dão em nada, Ex: Leandro Almeida encabeça e lista, Erik, Luan, etc…

Notícia na ESPN de que Maxwell sairá do PSG no final de junho. Seria uma excelente contratação para resolver nossa lateral-esquerda.

Jogador que vai fazer 35 anos em agosto, nunca foi grande coisa e que passaria mais tempo no DM ou sendo poupado que jogando. Para isso já temos ZR-11, então seria (mais) dinheiro jogado fora. Mesmo que, dada a improvisação geral, seja contratado como lateral mas jogue como volante ou meia…

O Pato é tecnicamente superior. Mesmo sem muita fibra – e, de fato, ele não é um jogador de garra, longe disso -, foi disparado o melhor atacante do SPFC no ano passado. Se fosse um jogador dedicado, seria titular fácil da seleção brasileira. Eu trocaria.

É, ainda bem que o Pato não tem em seu currículo nenhum pênalti cobrado de forma displicente que tenha eliminado seu time de uma competição, né? Enfim, cada um decide de que maneira mais gosta de se enganar…

Penso igual o Reynaldo. Ele é MUITO superior tecnicamente. A questão é. O que é mais fácil? Motivar um jogador desse a jogar bola, ou fazer o jogar não tão bom tecnicamente mas com vontade, render o mesmo?

Barrios pede dispensa da seleção pra ter sequência no Palmeiras. Não chega a ser aquela notícia de encher o torcedor de esperança, mas dá um animada kk….Barrios sempre foi um centro avante forte, de arremates certeiros e decisivo, aqui na SEP teve lampejos na Copa do Brasil. Se conseguirem deixá-lo em forma acredito q teremos um centro avante a altura do Palmeiras nesse brasileiro. Nunca o critiquei por falta de talento, mas era nítido q toda vez q entrava estava fisicamente abaixo dos demais. Tomara q consigam recuperá-lo, assim como o CX. Não custa acreditar um pouquinho tbm né… Veremos…

Taí, eu já o critiquei por falta de talento, sim, mas reconheço que nunca esteve em condições ideais desde que chegou ao Palmeiras. No entanto, mesmo que a gente saiba que ele não é mais titular absoluto da seleção paraguaia, vale lembrar que o Valdisney, adorado e idolatrado por tanta gente, alguns até que o consideram o melhor camisa dez da nossa história (tenho pena de quem não viu Ademir, Rivaldo, Djalminha e Alex, só para citar alguns, ao vivo dentro de um campo de futebol…), não perdia uma oportunidade pra fazer turismo e deixar o nosso time nas mãos. Sendo assim, independentemente do que venha a acontecer, o Barrios ganhou seu ponto positivo comigo, e merece crédito.

Eu imagino que o Palmeiras chegue pra esse começo de Brasileirão com um time arrumado. Sem ainda peças que se destaquem, mas arrumado. O C.u.c.a parece ser muito competente. Querendo ou não, estamos a 7 jogos invictos, sendo 5 vitórias, e os empates foram contra grandes times, fora de casa. Isso é uma evolução. C.u.c.a já repetiu os começo promissor do M.O. Resta saber se isso vai permanecer. Antes de 15 jogos de invencibilidade eu nem comemoro.

Caramba, o Cuca no treino do time deixou o Gabriel de fora. Só nos faltava essa. O Palmeiras ainda não contratou o pitbul, vai deixando o menino de fora, daqui pouco outro time o contrata, ai toca colocar o Leandro Almeida de volante. Que isso Cuca????

Cara respeito sua opinião, mas sempre achei o Gabriel grosso. Uma espécie de Pierre só q sem a identificação q o Pierre tinha. Eu prefiro volantes mais técnicos q busquem a bola nos pés dos zagueiros e saiam com qualidade e vejo mais potencial no Arouca e no Jean apesar de não terem mostrado muita coisa ainda. Gabriel é ótimo pra ter no elenco, mas pra mim é banco mesmo.

Pelo amor de Deus, Frois! Não fale isso! Não queime nosso melhor volante!

Sei que serei criticado, mas nunca vi nada demais no Pierre, pra mim foi um jogador super valorizado por parte da torcida numa época de vacas magras. Ele roubava 15 bolas mas errava 18 passes por jogo, isso sem contar nas faltas desnecessárias, mas enfim…tb acho que o Gabriel tem que ser titular (Gabriel, Matheus Sales, Cleiton Xavier e Jean)

Exatamente, Marco. Mas, também na minha opinião (e ninguém é obrigado a concordar com ela) o Gabriel é um Pierre com um pouquinho de grife, afinal este chegou do Paraná Clube e o outro veio do recém-rebaixado Botafogo. Leão nos desarmes, rei das recuperações, implacável na marcação, mas não consegue acertar passe com mais de três metros. Estou tranquilo pois desde que ele chegou digo isso: é um passador de bolas, absolutamente medíocre e totalmente dispensável. E mais uma vez enfatizando: é apenas a minha opinião.

Kkkkk…cara peguei muita bronca do Gabriel depois q ele tomou uma caneta ridícula do Robinho na final do paulista de 2015 e caiu sentado na semi final contra o mesmo Santos no segundo gol esse ano. Pra mim ele é fraco, só corre atrás dos outros kkk

Cada um tem sua opinião, porém Gabriel é o único volante titular absoluto do Verdão, o restante briga pela segunda vaga…

O Arouca também, outro que tá na hora de pegar o caminho da índia e sair, não justificou o alto salário até agora.

desde que ele voltou ainda não está no mesmo nível do ano passado, acho que é por isso, tomara que ele não invente o thiago santos de novo pra deixar os palmeirenses com problema de coração

O Palmeiras não deveria ter feito ao menos um jogo amistoso durante todo esse período de treinamentos? Não vai faltar o famoso “ritmo de jogo” para o time?

Era pra ter sido contra o Barcelona, já que os dois favoritos não ganharam suas respectivas competições continentais. Mas, quem sabe em dezembro, não fazem a final do mundial dos que não foram.

Também tinha o Bayern de Munique, mas o outro “favorito” a campeão mundial só caiu nas semifinais da Champions e ainda tinha jogo do campeonato alemão pra fazer. Aliás, como acontece todo ano, o Bayern mostrou como um time grande de verdade deve se reforçar, tirando o melhor zagueiro do Borussia Dortmund. Ou seja: contrata pouco, na posição que precisa, fortalece o time titular (e não fica com essa história de “compor elenco”) e ainda enfraquece os maiores rivais. O Mattos bem que poderia fazer um estágio por lá, mas acho que mesmo que aprendesse alguma coisa o Tio Patinhas dificilmente iria deixá-lo colocar em prática em nome da “saúde financeira do clube”, então vamos continuar trazendo os Fabrícios da vida, jogadores que ninguém quer e que os deslumbrados querem nos enfiar goela abaixo como “craques” de um time com “ótimas perspectivas”…

E segundo andei lendo, nossos meias para o Brasileirão serão mesmo CX, Moisés e San Gennaro.

Como o Cuca gosta de jogadores que atuem em mais de uma posição, San Gennaro será goleiro nos clássicos paulistas, zagueiro nos confrontos contra os times do sul, volante contra os times do nordeste, meia nos confrontos RJ X SP e atacante nos demais. Não vai ter graça, a taça vai chegar antes da 30ª rodada…

E que para esse arrancada não seja de nossos próprios cabelos, é bom que o Palmeiras esteja bem treinado, pois o CAP continuou jogando nos últimos 15 dias, e faturou o Paranaensão enfiando 5 gols (no agregado) no seu maior rival.

Belluzzo perdeu a chance de limar esses caras. Tinha que fazer igual foi feito com Aydar no vizinho de ct. Expulsar sem dó.
Estamos a mercê desses lixos e o pior que agora ele estão aparelhados no último, patrocinador, estádio novo, contrato de tv e financiador (nobrinho). Todos estes foram alvo de sabotagem por esse mesmo grupo quando eram oposição, no caso do financiador antigo a idéia era ter toda a dívida negociada em apenas um banco, algo que o tal COF vetou.

Caro Ruffles, concordo e afirmo que, entre acertos e erros, essa foi definitivamente a grande khda da gestão do Belluzzo. Teve uma oportunidade ímpar de desinfetar o Palestra Itália dessa gente, não o fez e agora cá estamos nós, torcendo por um time cuja diretoria comemora mais nota promissória paga no banco que gol de placa feito em clássico.

Isso eu já estou careca de saber que o Jabba The Hutt é pai do presidente mimado e também estou careca de saber que quem manda no Palmeiras é o sapo boi. Os torcedores de presidente que apoia o presidente mimado também apoia o ex-presidente Jabba.

“Palmeiras tem 3 negociações importantes em curso. uma delas bem avançadas para a 10. Cr.ef.isa avalizou com parte do salário. Janela em junho”……. será?

Será que vai pagar parte do salário do Diego que é de 875 impeachments/mês?

“Palmeiras tem 3 negociações importantes em curso. uma delas bem avançadas para a 10. Crefisa avalizou com parte do salário. Janela em junho”……. será?

será que uma diretoria séria traria o fabricio? um jogador ruim que não ficou nem 6 meses no cruzeiro que ainda está mal, e teve problema no internacional

Eu acho ele um jogador meio esquentado, mas não acho ruim não.

pode até ser, é um jogador forte, que compõe o time, claro que é e pode ser importante… mas não acho que seja um jogador que valha a aposta pelo histórico recente

Um jogador que joga a camisa do clube ao qual pertence no chão e diante da sua própria torcida, eu hesitaria em contratar. Acho muito desequilibrado. Só precisa avisar a ele que se fizer a mesma coisa no Allianz Parque, vai precisar de uma tropa de choque para tirá-lo de lá.

Não vou discutir qualidade técnica porque vi jogar muito pouco. Minha crítica quanto à contratação é exatamente essa: desequilíbrio emocional. Fazendo um paralelo, quem acompanha a carreira do Felipe Melo sabe que aquele pisão no Robben em 2010 não foi mero acaso, nem o primeiro e muito menos o último exemplo do quanto um jogador com recursos técnicos (e na comparação me parece que FM é muito mais jogador que Fabrício) mas emocionalmente desequilibrado pode sabotar a própria carreira e a campanha do time pelo qual atua.

O pior de tudo é q o Ricardo Oliveira foi oferecido ao Palmeiras em janeiro de 2015, mas preferiram apostar no Leandro Banana. Sabem tudo de futebol lá dentro, vamos ser campeões brasileiros com Tchê tchê sendo o destaque do campeonato, é nisso q eles acreditam.

agora é facil falar…… mas quem contrataria um jogador de 35 anos , com historico de lesões e que havia jogado os ultimos 4 anos nos emirados?

Qdo comecei torcer pelo Verdão em 93 vi meu time sendo bi campeão paulista e brasileiro. Se não me engano o Santos tinha 15 paulistas, o Corinthians 1 misero brasileiro. Hj o Santos empatou com a gente em paulistas e se não fosse os robertoes da vida o Corinthians teria nos ultrapassado em títulos brasileiros e se não fosse a era parmalat sabe lá Deus se teríamos saído da fila. Tem gente q acha tudo normal, tem gente q acha q a culpa é de torcedores como o aroni e eu q “reclamam de tudo” pq não somos “torcedores de verdade”. O fato é q nos anos 80 não ganhamos nada e se tirar a era parmalat de 76 pra cá vencemos 1 paulista e duas copas do Brasil. Ahhh claro, duas séries b tbm, já ia me esquecendo. Deve ter gente q se orgulha disso.

Você vai entrar na onda dos rivais? Os “Robertões” da vida são legítimos campeonatos brasileiros, aliás, muito mais disputados e difíceis do que os campeonatos nacionais dos dias de hoje, já que coincidiu com a era de ouro do futebol brasileiro, com times repletos de cracaços admirados no mundo inteiro e todos jogando no Brasil. Estão entre as maiores conquistas da história do Palmeiras.

Reynaldo, o Roberto Gomes Pedrosa, verdadeiro embrião do Campeonato Brasileiro (a Taça Brasil foi antecessora da Copa do Brasil), sem dúvida era mais difícil e disputado que os campeonatos brasileiros da era CBD, quando a Arena mandava colocar equipes de todo lugar do país, tanto que em muitas campanhas vitoriosas de times grandes pode-se perceber claramente a ausência de clássicos. Entretanto, nada se compara aos pontos corridos no quesito dificuldade de disputa. Não adianta tapar o sol com a peneira tentando diminuir a importância dos últimos anos no futebol brasileiro simplesmente porque o Palmeiras virou coadjuvante – e virou, quer gostemos ou não.

Não quis discutir a legitimidade dos robertoes e taças de prata , mas precisamos cair na real q esses títulos são dos anos 60. O q quis deixar claro é q ficamos muito pra trás e nossos rivais nos engoliram nos últimos anos. Isso é fato, não tem como refutar. Não quero viver de passado, quero q a SEP volte a ser como era nos anos 60 e se iludindo como a maior parte da torcida faz não ajuda em nada.

E não desmerecendo nenhuma conquista do passado, longe disso, mas a CBF considerar como dois títulos brasileiros, dois campeonatos disputados no mesmo ano, é no mínimo insólito. Repetindo, para que não me esfolem vivo aqui, sem jamais desmerecer o valor dessas conquistas.

É amigo tem mais ou menos 20 milhões que se orgulham dessa história maravilhosa da SOCIEDADE ESPORTIVA PALMEIRAS E uns todos os outros que nos invejam

Na verdade, Marco, nós nos orgulhamos da nossa história e todos os outros milhões de torcedores dos outros times riem de nós porque nosso presente é pífio. O PT é um exemplo de história de conquistas e lutas que alguns safados jogaram no lixo por vaidade, e hoje muita gente que administra o Palmeiras trilha o mesmo caminho. Conhecer a história do Palmeiras é se orgulhar dela, viver somente dessa história é querer manchá-la.

É meu caro Vicente, o problema sempre são nossos políticos.
Pode esperar as mais torpes emendas a este projeto.
Abs.

Tche Tche fez a jogada mais bonita do jogo, deixou o Zeca na saudade e bateu de esquerda, essa bola bateu na trave e não entrou por causa de uma macumba feita na baixada santista. Tche Tche vem ser campeão em um time de verdade chamado Palmeiras.

Tchê tchê jogou mto bem os dois jogos da final (isso sem contar o jogo no Itaquerão) e o próprio Santos, SCCP e outros grandes estavam de olho nele. Veio a custa zero (só luvas), jogador novo com um bom potencial pela frente, atua em mais de uma posição e vem para um setor onde estamos carentes, achei uma ótima a contratação, assim como a do Roger Guedes que já mostrou potencial….

Não precisava ter citado “a custo zero”, Marco. Boa parte dos jogadores que chegaram ao Palmeiras nessa gestão amadora veio nessas condições. O grande problema é que a imensa maioria deles saiu com aproveitamento também “zero”…

Tudo lindo e maravilhoso no discurso. Concordo com absolutamente tudo o que está em mais um texto espetacular do Vicente. Entretanto, acreditar que quem manda no futebol brasileiro hoje vai permitir essa avalanche de modernidade que acabará com aventureiros incompetentes como o que comanda nosso Palmeiras hoje é acreditar que o coelhinho da Páscoa existe e que é filho de Papai Noel com a sereia Ariel.

O Audax é o mais puro exemplo de que sem bom jogador, sem qualidade, dificimente se ganha alguma coisa. Mesmo com um excelente esquema de jogo, um treinador diferente de 99% dos que estão aí, se não tiver bons protagonistas, nada feito. Mas o título do Audax já foi conquistado, que foi vender Tchê Tchê pro Palmeiras, mais dois pro SCCP, mais um pro SFC, ou seja, fazer grana. E o nosso título e manter as finanças equlibradas.

Quase tudo certo, Aroni. Realmente sem protagonistas (ou cascudos, ou camarões, ou craques, dê o nome de sua preferência) não se chega a lugar nenhum. Apenas o Tche Tche não foi vendido. Ele veio de graça, já que seu contrato acaba junto com o campeonato paulista. Mas que é mais um que chega para não resolver, nisso eu concordo com o Sérgio.

Discordo. Seria absurdo se o Audax tivesse ganho? Não. Futebol é isso. O Audax jogos muito bem e fez um belo campeonato. Sem nenhum “craque”. Você mesmo deveria saber que “ser campeão ou não” não deveria ser o único ponto ao analisar o desempenho de um time num campeonato.

Em que momento o texto do Gustavo diz que seria absurdo o Audax ganhar? E essa história de “ser ou não campeão não deveria ser o único ponto ao analisar o desempenho de um time num campeonato” é exatamente o que levou palmeirenses deste blog a criticarem o Palmeiras após a conquista da Copa do Brasil mesmo jogando um futebol pífio. Engraçado, quando não ganhamos “a vitória é o de menos”, mas quando somos campeões “ganhamos e f***-se o resto”. Coerência total.

Não seria absurdo se o Audax tivesse ganho, como fez ao eliminar o SCCP com dois chutes de fora da área. Mas, mesmo jogando um bom futebol, não tinha ninguém no Audax com capacidade para desequilibrar uma partida, são todos jogadores nota 7 pra baixo. Já o SFC, não jogando um futebol tão vistoso, sendo até dominado pelo adversário, iniciou o jogo com tres jogadores (Lucas Lima que acabou saindo, Gabriel e Ricardo Oliveira) com poder de decisão, e bastou um segundo de talento para o time sair com a vitória, que poderia ter sido de 2 a 0, com o gol legítimo anulado. Na minha opinião, um time apenas feijão-com-arroz dificilmente obtém sucesso. Precisa de algo a mais. E foi o algo a mais que decidiu o campeonato.

A questão é que o time feijão com arroz eliminou SCCP e SPFC, que tinham craques. Então a conta não fecha… Audax “feijão com arroz” jogou de igual pra igual com o SFC “craques”, e jogou melhor, inclusive. Perdeu porque futebol é assim… Barcelona já não perdeu de um Chelsea? Pois é… o que o Audax mostrou é que um time equilibrado pode valer mais que um time que depende de 1 ou 2 jogadores. O problema é que o Palmeiras não é nem equilibrado e nem tem 1 ou 2 jogadores pra depende… ai fica mais dificil

Thomaz, eu disse que “dificilmente”, e não que é uma verdade absoluta. O Audax jogou melhor, jogou. Poderia ter ganho, poderia. Eliminou outros dois grandes, eliminou. Mas, na minha opinião, um time que possui jogadores com grande poder de decisão em seu elenco, tem chances de melhores resultados. Até mesmo aquele Chelsea que você citou, tinha um Drogba, lembra? A qualidade dele dispensa comentários. Mas concordo quando você diz que o Palmeiras não tem nem o equilíbrio de um Audax, nem jogadores decisivos como o SFC. Vamos aguardar.

Complicado quando não temos “o equilíbrio de um AUDAX”. Bem complicado… rsrs. Espero que o Cuca tenha dado jeito pelo menos no equilibro.

Os comentários estão desativados.