Categorias
Brasileiro 2016

Brasileirão 2016 R16: dois pontos a frente

 

Pontuação: desempenho como mandante e visitante se equilibram

A R16 terminou nesta 2a feira com e apesar da derrota no Allianz para o Atlético MG o Palmeiras mantém a liderança com 2 pontos de vantagem sobre o 2o e 3o colocados.

 

classificacao-r16

 

A derrota do Palmeiras aproximou o desempenho da SEP dentro de casa com seus adversários. Notem que o Grêmio tem 21 pontos com 7 vitórias e uma derrota, enquanto o Palmeiras tem 1 ponto a mais com um jogo a mais.

classificacao-r16-completa

 

Como visitante o Palmeiras já apresenta um desempenho melhor que os líderes (exceto o Santos) com 10 pontos ganhos.

***

Desempenho por rodada e aproveitamento

Olhando o desempenho por rodada os 4 primeiros vêm mantendo suas posições. O Palmeiras lidera há 8 rodadas, o Corinthians segue na perseguição e agora o Grêmio colou no Corinthians em pontos.

O Palmeiras caiu para 67% de aproveitamento. Na mesma R16 no Brasileirão 2015 o então líder tinha 73% de aproveitamento (a linha representa a colocação do time na tabela por rodada e está associada ao eixo esquerdo; o eixo da direita representa o % de pontos conquistados acumulados até a rodada do Palmeiras – sombra verde – versus do líder na respectiva rodada em 2015 – sombra cinza). 

grafico-evolucao-sep-r16

***

Palmeiras 2015 x 2016

Comparando o desempenho do Palmeiras em 2016 versus 2015, O Verdão mantém 4 pontos a mais do que tinha na mesma R16 de 2015.

ptos-sep-2016-2015-r16

***

Números do Campeonato até a R16

Em 16 rodadas e 160 partidas os mandantes venceram 52% das partidas e perderam 23%.

A média de gols continua em 2,6  por partida. E o Palmeiras baixou sua média para 1,9 gol por partida.

O resultado mais comum é 1×0 (40/160 jogos, 25%) onde em 27 partidas foi pro mandante.

sumario-r16

Anderson Daronco é o árbitro que mais apitou até aqui (11 jogos). Daronco é também um árbitro que apita na grande maioria vitórias, seja dos mandantes, seja dos visitantes. Em 11 jogos apenas um empate.

Péricles Bassols continua sendo o árbitro com mais cartões em média por partida (5,1 cartões por partida).

Saudações Alviverdes!

11 respostas em “Brasileirão 2016 R16: dois pontos a frente”

O tal de Patton quer o Rafael Marques. Mandem o Luan para lá.
Caramba, temos a melhor renda do brasileirão e não trouxemos um 10.

Nos próximos 3 jogos teremos botafogo fora, chapecoense fora e Vitória em casa. Um time campeão venceria as 3 . Pra mim é obrigação vencer as 3 e terminar o segundo turno com 41 pontos. No pior das possibilidades empatar uma fora e vencer as outras duas, correndo o risco de sermos alcançados mas continuando no páreo. PS: no segundo turno enfrentaremos Grêmio, Atlético PR, Atlético MG, Santos,Fluminense e Corinthians todos fora de casa. Vai ser de matar um do coração heim.

Vou falar o que eu penso, em 4 anos não temos um meia esquerda , não temos um lateral direito, não temos um volante que decida um jogo, não temos uma dupla de zaga que não falhe, ou se falhar que seja pouco. Com toda sinceridade até um torcedor mais fanático não iria contratar esses jogadores: Fabrício, Fabiano, Jean (300 mil mês), Rodrigo, 14 milhões por 50% do Erick, R.Carvalho, R. Marques por 6 milhões(não sei direito o valor) isso em 2016, fora os outros 3 anos que eu me recuso a falar dos jogadores. Chego há uma conclusão ,no meio futebolístico não existe bobo, ou seja, aí tem. E não me venham com mimimi, sou Palestra desde 1966, porque pagam 200mil para um diretor de esporte se esse só traz merda. Vão aparecer alguns falando de Tchê Tchê e R.Guedes, mas ainda são promessas e sem Jesus a coisa não rola bem para eles por enquanto. Até quando esse V. Hugo vai ser titular? Já viram a escalação da defesa campeã da copa do Brazil (fora Temer) em 2015?. Abraços á todos.

Mas, fechando o turno com 38 pontos (19 X 2), não garante a liderança. Por exemplo, se ganharmos duas das nossas tres partidas que nos restam, podemos ser ultrapassados por até tres times (já que eles não se enfrentam entre si).

Para os próximos 2 jogos fora de casa , penso q o Cuca deveria abrir mão desse esquema com 3 atacantes, povoar mais o meio campo e usar o CX como um quarto homem de meio campo sem tanta responsabilidade de marcação e mais solto pra pensar o jogo é chegar à frente. Quem sabe assim ele rende um pouco mais. Wagner, Jean, Dracena, VH e Zé, Matheus Salles, Arouca, Moisés e Cx, Dudu e Barrios. Esse seria meu time pra enfrentar o Botafogo. Acredito q sofreriamos pouco com os ataques deles pois nossa marcação teoricamente estará mais reforçada. Moisés tem força pra chegar a frente e dando liberdade pro CX pode ser q ele produza alguma coisa. Se não der certo volta ao esquema antigo no segundo tempo. Acho q pode ser uma oportunidade de testar algo diferente contra um adversário mais fraco.

Philipe, nessa alternativa que colocou aí, só tiraria o Salles e colocaria o Gabriel… Matheus Salles faz tempo que entra perdido nos jogos, contra o galo o gol sai justamente quando ele é colocado no lugar do Thiago Santos e depois com os caras recuados ele ficou praticamente sem função porque com a bola nos pés ele não demonstrou nenhuma evolução de quando começou pra cá. Outro ponto é que com o meio de campo mais reforçado e tendo um centroavante mais fixo, talvez seja uma oportunidade pra utilizar o Egídio como lateral, que desce mais vezes pro ataque que o Zé.

Tbm não gosto do Salles, mas não sei como tá o físico do Gabriel, ele já tá recuperado? Com cteza é muito mais volante q o M.Salles. qto ao Egídio tbm acho q com um time mais marcador ele teria mais liberdade pra descer na linha de fundo. Aliás o Egídio é um bom ala, só não se firma pq é um péssimo lateral.

Os comentários estão desativados.