Categorias
Brasileiro 2016 Resenha dos Jogos

Pré Jogo Brasileiro 2016 Palmeiras x Flamengo

 

Pré Jogo

O Palmeiras pega o Flamengo nesta 4a feira à noite no Allianz Parque: é decisão!

***

O time

Com a volta de Jean e Yerry Mina, suspensos na última partida, o Palmeiras terá time “quase” completo. Prass está fora, todos sabemos, e Gabriel Jesus a princípio não joga. Mas foi relacionado.

Veja a lista:

Goleiros: Jailson e Vinicius Silvestre
Laterais: Egídio, Fabiano, Jean e Zé Roberto
Zagueiros: Edu Dracena, Mina, Roger Carvalho, Thiago Martins e Vitor Hugo
Volantes: Gabriel, Matheus Sales, Tchê Tchê e Thiago Santos
Meias: Allione, Cleiton Xavier, Fabrício e Moisés
Atacantes: Dudu, Erik, Gabriel Jesus, Lucas Barrios, Leandro Pereira, Róger Guedes e Rafael Marques

O time provável? Assumindo que Jesus não joga, e que CX é sempre uma incógnita (vai entrar? começano banco?) o time poderia ser Jailson; Jean, Mina, Vitor Hugo e Zé Roberto;  Tchê Tchê, Gabriel e Moisés; Dudu, Rafael Marques (ou Cleiton Xavier) e Erik (ou Barrios).

Pendurados do Verdão

A lista continua grande e o próximo jogo é contra o Corinthians.

Vitor Hugo, Arouca, Dudu, Cleiton Xavier, Gabriel, Matheus Sales, Rafael Marques e Gabriel Jesus.

***

O Adversário

Com 46 pontos ganhos, 14 vitórias, das quais 6 delas como visitante, o Flamengo está em ascensão, principalmente depois da chegada de Diego na meia. Os cariocas são também o visitante com melhor desempenho: ganharam 56% dos pontos disputados.

O técnico Zé Ricardo fechou os preparativos do Flamengo para a partida contra o Palmeiras sem contar com Paolo Guerrero que não treinou por problemas estomacais. Mas está liberado e deve começar no banco. O time não tem outros desfalques e conta ainda com a volta do meio campista Everton.

***

Arbitragem

André Luiz de Freitas Castro, auxiliado por Fabrício Vilarinho da Silva e Cristhian Passos Sorence, todos de GO.

Retrospecto do árbitro em jogos do Palmeiras:

9 jogos do Palmeiras
6 vitória
2 empates
1 derrota

Última partida que apitou do Verdão foi contra o Inter, em julho desse ano pelo 1o turno do Brasileirão, com vitória da SEP por 1×0.

No Brasileirão desse ano o árbitro é caseiro: tem 1 vitória do mandante, 1 empate e 3 vitórias dos visitantes.

***

Retrospecto contra o Flamengo 

Respeito porque o freguês tem sempre razão:

109 jogos
45 vitórias do Palmeiras
27 empates
37 derrotas

Jogando no Palestra/Allianz:

13 vitórias
4 empates
5 derrotas

***

Então? em condições normais, o Palmeiras ganha. 2×0.

Vamos esperar que as condições sejam normais.

 

25 respostas em “Pré Jogo Brasileiro 2016 Palmeiras x Flamengo”

Não é, acredite. Mas desde que vença quem deve vencer (pelo menos 10 dos próximos 13 adversários), não adianta dar show hoje, perder o próximo e depois empatar com o Santa Cruz que fica na mesma.

Casa cheia e torcida única não fizeram a diferença contra Galo (sim, havia atleticanos no Allianz mas em quantidade irrisória), Santos e nem na semana passada, e o Flamengo tem campanha até melhor que a nossa sem atuar uma única vez no Maracanã. É o tipo do jogo em que vão acontecer poucas chances e as individualidades farão diferença. Se o Dudu estiver inspirado teremos chances, caso contrário o empate estará de bom tamanho DESDE QUE ganhemos de quem devemos ganhar.

Dúvidas.. Parte 2… das duas vagas incertas no ataque qual será a escolha do Cuca?.. Puxando na memória o jogo do primeiro turno, lembro que o Roger Guedes além da parte técnica excelente, fez um ótimo jogo na parte tática e de certa forma anulou as subidas do lateral esquerdo deles, o lado esquerdo no início do segundo tempo ficou perigoso porque naquela época ele ainda contava com a possibilidade de Luan e Fabrício serem jogadores úteis… e Jesus levou vantagem nas disputas individuais… a defesa deles agora é quase toda diferente, só se mantiveram o goleiro e o lateral esquerdo… sendo assim, creio que o Guedes vai pro jogo de titular… e nessa linha de raciocínio considerando que dos nossos atacantes de lado ele é o que tem menos cacuete pra fazer a troca e centralizar de vez em quando… acho que Barrião da massa vem aí para a sua redenção… se a opção não for por esses dois, talvez pinte R Marques e Erik… isso é claro, se Jesus não fizer o milagre de estar em campo.

Dúvidas… No último jogo em casa o Cuca optou pelo Gabriel ao invés do Thiago Santos, mais pela qualidade na saída de bola, mas claramente ainda não está no ritmo de jogo ideal e perdendo o tempo de bola tanto nos desarmes como de cabeça, muitas vezes em alguns lances que estava sozinho…..Thiago Santos tem sido um monstro nos desarmes e nas intercepções das bola nos jogos fora de casa…. qual será a opção do Cuca?… Tenho pra mim que vai de Thiago Santos

….na verdade essa é a primeira prova de fogo deles depois que começaram a subir no campeonato, pois só venceram times da parte de baixo da tabela. Se conseguirmos entrar em campo e nos impor, temos tudo pra vencer, só mais uma coisa, cuidado com o Damião, continua grosso mas sempre faz gol na gente. E Avanti Palestra….sou mais vc meu Verdão, aposto num 3×1 hj.

Espero que o Cuca consiga colocar na cabeça dos jogadores que a vitória é essencial, mas que o campeonato não acaba hj. Temos trocentos jogadores pendurados e o próximo jogo é o clássico. Inteligência e frieza é o que há. Que entrem pressionando como sempre fazem no Allianz e principalmente explorem os pontos fracos dos mulambos que a imprensa está pintando como um timaço mas q na verdade não passa de mais um time comum desse campeonato fraco. Que marquem de perto o Diego que é o único q pode fazer algo de diferente e que não entrem no clima de guerra q estão criando, não há necessidade disso, tbm não temos um timaço mas temos um time suficiente pra vencê -los. Na verdade essa é a primeira prova de fogo deles depois que comecar

Não podemos entrar na “pilha” dessa imprensa marrom. Estão criando um clima pesado para o jogo. Sabemos que os 3 pontos são importantes e afastamos os urubus de nós. Mas confio plenamente no Cuca que sabe trabalhar muito bem esses jogos, me lembra o Felipão. Hoje é dia de Dudu!!!

O Palmeiras terá que responder o seguinte dilema: “o que é que eu sou sem Jesus?”. Um time com postura e futebol de campeão ou um time feijãozinho sem sal, extremamente dependente, de Jesus, e dos gols de seus zagueiros? Tá mais que na hora do Palmeiras jogar futebol, emplacar uma grande partida contra um time candidato ao título. Chega de bumba-meu-boi, de enrolação. Joguem como campeões, mostrem que esse elenco é bom de verdade. Acabem com esse “cherinho” de podre.

Não acho que o Palmeiras é dependente do Gabriel Jesus. Já fizemos boas partidas e vencemos sem ele. O GJ também fez partidas fracas como titular. É um desfalque importante mas não é o fim do mundo ele não jogar.

Comentário preciso, sem fanatismo e muito oportuno, afinal a partir de janeiro GJ estará em Manchester. Ou aprendemos desde já a jogar sem ele, mesmo porque duvido que o dinheiro de sua venda seja revertido num jogador de nível sequer próximo (vão contratar mais uns dez baciáveis vindos do América MG e dos times catarinenses), ou será melhor fechar o Allianz para futebol e deixá-lo apenas para shows de verdade. Gastamos mais (mas não melhor) que o Flamengo em reforços e dependemos de um garoto que veio da base? Chega de desculpas, que mostrem futebol de campeão ou parem de reclamar da falta de sorte!

Os comentários estão desativados.