Há 102 anos…

[ post publicado originalmente em 25/01/2015 e adaptado para o dia de hoje ]

Por Jota Christianini

Ha 102 anos o Palestra Italia iniciava suas atividades esportivas jogando em Votorantim, então distrito de Sorocaba, contra o Savoia. Era sua primeira partida de futebol da história.

Os tempo entre a fundação e o primeiro jogo, 5 meses, foram usados para que os jogadores de futebol de origem italiana fossem apresentados ao Palestra. Vieram de vários times que já jogavam os torneios e o campeonato paulista. Vieram do Paulistano, Mackenzie Ruggerone, S. Bento e outros clubes. Como o Corinthians havia retirado-se da Liga e não jogaria partidas oficiais em 1915, seus jogadores haviam procurado outros times para jogar. Bianco por exemplo estava no Mackenzie e depois de muitos treinos decidiram que era hora do primeiro jogo.

Combinaram jogar em Sorocaba porque havia na cidade um clube também de origem italiana e a cidade abrigava muitos italianos e ítalo-brasileiros.

Viagem de trem, chegada apoteótica à cidade, recebidos por dirigentes do Savoia, do S. Bento e autoridades municipais, além de grande parte da imprensa sorocabana.

O jogo começou às 14:15 e depois de muita luta o Palestra saiu-se vencedor por 2×0, gols de Bianco e Alegretti.

No time sorocabano jogaram dois irmãos Imparato que a seguir foram agregados ao Palestra.

A estreia com vitória deu ao Palestra a posse da Taça Savoia.

Talvez os torcedores que invadiram o campo para abraçar os palestrinos, os jogadores e mesmo os diretores não imaginavam que começava ali a marcha de um grande campeão.

Do maior campeão brasileiro, do primeiro clube brasileiro a ganhar um campeonato mundial com a relevância que foi o de 1951, do campeão do século no país mais vezes campeão do mundo, e do clube que tem a mais leal e apaixonada torcida.

Motivos para isso tudo, para quem é palmeirense, não precisa explicar. E para quem não é, nem adianta ou vale a pena.

***

Como foi a narração do jogo 100 anos atrás… por J. Christianini (abaixo uma versão reduzida do que foi publicado neste sábado no twitter @jotapalestra; leia mais no twitter do Jota)

O embarque deu-se na Estação S.Paulo da E.F.Sorocabana ao lado da Luz ; a delegação levava mais de 50 palestrinos além de jornalistas.

Partiu as 6,45 para Sorocaba a delegação do Palestra Italia, 4 vagões reservados ; 3 de passageiros e 1 Pullman.

Equipes escaladas, o Palestra Italia jogara de camisas verde e o Savoia de vermelho. Menos de uma hora para o início do jogo. Grande expectativa.​

Apita o árbitro Sylvio Lagrecca, começou o jogo Palestra Italia x Savoia, A partir de agora há uma nova ordem no futebol mundial.

Goooooooooolll de Bianco… gooooollllll de Bianco !! Palestra 1 x Savoia 0.

Alegretti, 2×0! Segundo goooolllll do Palestra, os vermelhinhos do Savoia não resistem aos verdes

Apita o árbitro, fecham-se as cortinas e termina o jogo,… Palestra 2 x 0 Savoia … torcedores invadem o campo para abraçar os jogadores.

Enquanto Valle recebe a Taça Savóia o o correspondente do Estadão pergunta a Cervo:
– Contente?
– Sim, mas aguardem: VOCÊS AINDA NÃO VIRAM NADA!!

***

Mais repercussão: http://www.cruzeirodosul.inf.br/materia/590912/aqui-comecava-a-historia-alviverde

***

Nota do 3VV: apesar dos elogios o narrador de Votorantim Gerson Garcia Júnior errou feio.

Disse:

“O Palestra buscava uma equipe da colônia italiana que fosse forte, pois queria estrear diante de um adversário de respeito. Foi então que encontrou o Savoia, que existia no interior desde 1900. O confronto foi o time das Indústrias Matarazzo com o das Indústrias Votorantim (do ramo têxtil). No primeiro toque na bola, nasceu o gigante Palestra Italia, que depois seria Palmeiras. Nem as próprias pessoas envolvidas no jogo tinham ideia da importância daquilo”, conta Gerson Garcia Júnior, narrador esportivo na cidade de Votorantim-SP e pesquisador do assunto desde os tempos de colégio.​

Não foi o time das Indústrias Matarazzo, como bem sabemos. Foi o Palestra Italia.