Categorias
Notícias

Quem você escolhe?

 

As contratações para a temporada 2017 talvez nem tenham se encerrado e o técnico Eduardo Baptista terá um problema para resolver já para o Campeonato Paulista.

O Paulistão 2017 que começa no dia 3 de fevereiro tem no regulamento que cada equipe deve inscrever no máximo 28 jogadores. Ah, e íamos esquecendo. A Libertadores aceita 30 inscritos.

Nesse momento o Palmeiras tem 31 jogadores em seu elenco:

Goleiros

  • Prass
  • Jailson
  • Vinicius

Laterais

  • Jean
  • Fabiano
  • Zé Roberto
  • Egídio

Zagueiros

  • Mina
  • Vitor Hugo
  • Edu Dracena
  • Thiago Martins
  • Antonio Carlos

Meio-campistas

  • Felipe Melo
  • Tchê Tchê
  • Guerra
  • Moises
  • Thiago Santos
  • Hyoran
  • Raphael Veiga
  • Vitinho
  • Michel Bastos
  • Rodrigo
  • Arouca

Atacantes

  • Dudu
  • Keno
  • Barrios
  • Alecsandro
  • Willian
  • Roger Guedes
  • Erik
  • Raphael Marques

E aí palmeirense: quais os três que você cortaria para o Paulista? E para a Libertadores?

Saudações Alvi Verdes!

23 respostas em “Quem você escolhe?”

E eu tiraria Rodrigo, Erik e Rafael M. Entretanto, acho que Arouca ainda será negociado, e talvez fique de fora. SE (e somente SE) o Barrios for negociado, eu traria um outro atacante.

Pelos valores comentados, eu não traria nem Pratto e nem Borja. Simplesmente porque aprendemos em 2016 que não é preciso nenhuma super estrela pra vencer. Nosso time está ótimo como está. Se começarmos esse “oba oba” contratar qualquer jogador por qualquer valor, vamos voltar rapidinho a ser o mesmo Palmeiras da ultima década. Estamos acima de todos os outros times do Brasil, e era isso que queriamos. Vamos cair no erro do CRF de contratar jogadores caros que não necessariamente darão certo? Não, obrigado.

É impressionante, o M1co é a reencarnação do Telê Santana, o Carile é a reencarnação do Tite e o Eduardo Batista é um fraco que não conseguirá administrar o vestiário.

Sem falar nas manchetes do tipo “Reforço de 13 milhões pode ficar fora do Paulistão”, referindo-se ao “craque” Erik. A Imprensa tem caprichado nas notícias tendenciosas em todos os setores (tipo “Caminhão mata dez na França” – seria um Transformer sem ninguém ao volante?), mas no segmento esportivo o negócio chega a dar náuseas.

Rodrigo (nas duas competições), Arouca e Rafael Marques. E para a Libertadores, no lugar deste último, um atacante decente (Pratto, Calleri ou Borja) pra ontem. Ou será que alguém espera que a nossa “grande contratação” Felipe Melo faça todos os gols?

Assistindo ao jogo entre Brasil e Colômbia, percebe-se que o Borja é muito mais que um “atacante fixo” ou um “poste definidor”. Espero que para comemorar a renovação do patrocínio e sua eleição como conselheira a d. Leila tire o escorpião do bolso.

Paulista:
fora Antonio Carlos (não deveria nem ter vindo); Arouca e Vinícius (o regulamento permite inscrição de goleiro de reposição em caso de contusão).
Libertadores:
fora Antonio Carlos (no amistoso em Chapecó já mostrou que foi uma contratação equivocada e desnecessária)

Do Paulistão eu deixaria de fora o Rodrigo, Egídio e Rafael Marques.
Da Libertadores eu deixaria de fora Rodrigo, se eu realmente quisesse contratar um atacante pra ser referência eu deixaria de fora o Rafael Marques também.

Na verdade eu não deixaria o Rodrigo de fora do Paulistão não. É um ótimo teste pra ver se ele tem futebol pra jogar aqui. Então tiro Egídio, Rafael Marques e Antônio Carlos (ou Jailson porque da pra ficar com 2 goleiros no Paulista e é um bom teste pro Vinicius também.).
Aí eu quebro o elenco, perco o vestiário e sou demitido em 3 meses…kkkkkkkk
Vida difícil pro Eduardo Baptista.

Do Paulista eu tiraria: Rodrigo, Raphael Marques e Alecsandro. Da Libertadores eu tiraria: Rodrigo e Alcsandro, e deixaria uma vaga em aberto para um verdadeiro atacante artilheiro que eu contrataria.

Os comentários estão desativados.