Categorias
Notícias

Borja confirmado!

 

No final da tarde desta 5a feira o Palmeiras confirmou a contratação do atacante Borja.

O Palmeiras adquiriu 70% dos direitos econômicos sobre o jogador por US$ 10,5 milhões.

A contratação teve o apoio direto da Crefisa que ficou responsável pelo custo da operação.

Miguel Angel Borja com 24 anos atuava pelo Atlético Nacional. Foi campeão da Libertadores da América em 2016 junto com Guerra. Será um importante reforço para a Libertadores desse ano.

Dessa forma o Palmeiras de Eduardo Baptista parece estar com o elenco fechado para a temporada. Agora é trabalhar, treinar, e seguramente o Palmeiras tem time para disputar o título em todas as competições que participar.

Boa sorte a Borja!

 

24 respostas em “Borja confirmado!”

Eu acho ótimo que façam essa avaliação, deixa a pressão pra cima dos bambis e a gente vai comendo pelas beiradas, sem muita badalação ou oba-oba.

Está difícil não ter badalação (e por consequência cobrança) sobre o time do Palmeiras neste ano. De minha parte (e já escrevi isso aqui antes, pois o acompanho desde os tempos em que jogava na Universidad de Chile), acho o Pratto melhor como jogador, além de já estar adaptado ao futebol brasileiro, mas o Borja é melhor finalizador, algo de que precisávamos muito. Lá, mesmo se tudo funcionar bem, o argentino entrará como salvador da pátria, enquanto que aqui, considerando que as peças se encaixem perfeitamente, o colombiano chegará como o complemento de um mecanismo extremamente eficiente, e isso poderá fazer muita diferença.

Temos um timaço. O único senão realmente é o técnico. O Eduardo Batista está na clássica situação do 8 ou 80. Ou se consagra ou fracassará e será esquecido. Ele pode também se encontrar em uma daquelas situações que acontecem na vida de poucas pessoas e raramente: estar no lugar certo na hora certa. Uma espécie de Ringo Starr assumindo a bateria dos Beatles dois meses antes de a banda estourar.

Na verdade, Reynaldo, temos um “elencaço” (apesar das carências nas opções para as laterais), e por ora apenas o esboço de um time que poderá ser ótimo. Hoje estamos mais para aquele estudante de Medicina que ralou muito e passou em primeiro lugar no vestibular para a melhor universidade do país, mas que apesar do potencial e dos melhores recursos disponíveis só poderá ser chamado de “médico” ou “doutor” depois que ralar mais ainda e terminar seu curso com aproveitamento amplamente satisfatório. Esse “timaço” tem todas as possibilidades para ser construído, mas hoje ele ainda não existe de fato.

kkkk Tem razão Waldemir Gaino. Mas sem dúvida se estivéssemos com o Cuca, seria 100% de certeza com títulos. Temos que dar tempo ao E Baptista. Com ele, a porcentagem de título é de 90%. Abraços.

Acho que nem com o Cuca haveria 100% de certeza, pois como vimos em 2016 ele também cometia seus erros e nunca foi um exemplo de técnico “agregador”. Também já observamos ao longo da história do futebol timaços que ganharam pouco ou nada (o nosso Palmeiras dos 102 gols de 1996 só levou um Paulista, quando este ainda era um campeonato decente – e olha que tecnicamente eu achava o time de 1994 melhor…) mesmo cercados por muita badalação. Por outro lado (que bom!), nem de longe lembramos hoje aquele clube no qual jogadores do nível de Thiago Neves e Marcelo Moreno se recusavam a jogar como se fôssemos preteridos por Real Madrid ou Barcelona, mas entre esse elenco que está sendo formado e um time multi-campeão e vencedor ainda existe uma boa caminhada, mesmo considerando que o planejamento e os esforços dessa vez estejam totalmente concentrados nisso.

Com o Borja, só resta resolver o problema de nossas laterais, principalmente a direita que um tapete vermelho estendido aos adversários. E Fabiano está longe de ser a solução. A do outro lado precisa ser reforçada também. Corrigindo isso, não vejo time melhor que o nosso, pelo menos no papel. Dentro de campo, a gente já sabe como a banda toca.

Sem querer procurar pelo em ovo, também acho que o ponto fraco do time está nas nossas laterais, com um titular que embora tenha quebrado bem o galho em 2016 não é da posição, outro com um pé nos 43 anos e dois reservas pouco confiáveis. Se o ataque for muito bem, eventuais falhas defensivas poderão ser minimizadas, mas apenas citando um exemplo o Barcelona do Guardiola perdeu muitos títulos importantes, mesmo contando com Messi, Iniesta, Xavi & companhia, graças a deficiências crônicas no seu sistema defensivo.

Nosso elenco é o melhor da América do sul, em qualidade e principalmente em quantidade. E acho que temos uma quantidade exagerada de atacantes. Sei que a temporada é longa com muitos jogos e com muitas lesões e importante no elenco ter opções com outras caracteristicas de jogo, porém o meu receio é em relação ao ambiente do grupo. O Eduardo Batista é um tecnico novo e pode ter problemas para administrar um grupo tão grande, principalmente em fase de resultados ruins que qq time passa. Na minha opinião tem que rescindir ou emprestar pelo menos 3 caras totalmente dispensáveis: Rafael Marques, Eric e Alecsandro.

Agora sim temos ataque. Eu emprestaria o Alecsandro pra qualquer time, já que ele está fora de forma a mais de 1 ano.

Sei não, agora a China vai querer levar o Mattos. Saudades do Frizzo e Tirone.
Grande profissional, Seja bem vindo Borja.
Agora que venha o Cuca!!!!!

Feliz pela contratação. Sem dúvida temos o melhor elenco da América do Sul. Favoritos para todos os títulos. A única incerteza é quanto ao comando técnico. Dou um voto de confiança ao EB. Com a saída do Cuca (com ele seriámos campeões de tudo sem dúvida), acredito que EB foi a melhor escolha, não haviam muitas opções.

Excelente contratação, espero que corresponda às expectativas e não sofra tanto para se adaptar ao brasil e ao futebol daqui. Se o time se unir e o técnico encontrar a melhor forma de jogar, podemos ter esperanças em todos os campeonatos, em especial o brasileiro e a libertadores! Avanti palestra!

Parabéns pela contratação que faltava – pelo menos para o time “principal”, pois ainda carecemos de laterais reservas. O torcedor menos atento só precisa entender que o Palmeiras passa a ser mais favorito ainda a todos os títulos que disputar, mas que neste exato momento está no mesmo estágio daquele estudante que ralou o ano inteiro e passou em primeiro lugar no vestibular para Medicina na melhor universidade do país, ou seja, está valorizado e com o futuro nas mãos, mas só poderá ser chamado de “Médico” ou “Doutor” depois que ralar mais ainda e concluir seus estudos de maneira plenamente satisfatória.

Os comentários estão desativados.