Pós Jogo Palmeiras 3×0 SPFC: um chocolate

O Palmeiras jogou bem contra o SPFC e venceu tranquilo por 3×0 no Allianz Parque nessa tarde de sábado.
Gols de Dudu (golaço de cobertura), outro golaço de Tchê Tchê, e outro de Guerra.

Eduardo Baptista entrou com Prass, Fabiano (Jean), Mina, Victor Hugo e Egidio; Thiago Santos; Tchê Tchê e Guerra, Michel Bastos e Dudu (Keno); Willian (Borja).

O time foi muito competente. O time do SPFC bem que tentou, mas o SPFC basicamente teve duas chances: uma num cruzamento na área e outra num vacilo de Mina que permitiu que Pratto finalizasse dentro da área para a defesa de Prass.

Já o Palmeiras marcava dentro do campo do SPFC. O primeiro tempo teve menos chances de gol mas com mais volume por parte do Palmeiras. O time de Rogério Ceni dessa vez não veio aberto. Jogava fechado e saía jogando. Baptista percebeu a dificuldade do time adversário na saída de bola e pressionava.

Foi assim que saiu o primeiro gol. O time pressionou a saída de bola, Egidio roubou rolou para Dudu que por cobertura fez 1×0.

No segundo tempo, foi um baile. Só deu Palmeiras. Tchê Tchê em grande jogada fez 2×0. Depois Michel Bastos – também em grande tarde – deixou Borja (que entrou no lugar de Willian) na frente do gol. Esse tirou de Dênis e Guerra empurrou para as redes. 3×0.

Poderia ter saído mais. Egidio, Borja, outras chances de gol aconteceram. E outras o juiz – ruim de novo – impedia a jogada marcando falta palmeirense.

Todo o time foi bem. Difícil definir o melhor em campo – clique aqui e vote. Mas o resultado foi importantíssimo para dar tranquilidade para Eduardo Baptista. Pelo menos até a próxima derrota.

Hoje vamos celebrar.