Categorias
Libertadores 2017

Relacionados contra o Atlético Tucumán

Para a partida desta 4a feira, 21:45, em Tucumán contra o Atlético, o treinador Eduardo Baptista já relacionou o time, que já viajou para a Argentina.

São eles:

Goleiros: Fernando Prass, Jailson e Vinicius Silvestre
Laterais: Egídio, Jean e Zé Roberto
Zagueiros: Antônio Carlos, Edu Dracena e Vitor Hugo
Meio-campistas: Arouca, Felipe Melo, Guerra, Michel Bastos, Raphael Veiga e Thiago Santos
Atacantes: Alecsandro, Borja, Dudu, Keno, Róger Guedes e Willian

E aí? Qual seu chute para o time? 4-1-4-1? 4-2-3-1? Diga aí nos comentários qual time você acha que EB cai colocar em campo.

24 respostas em “Relacionados contra o Atlético Tucumán”

Acompanhei boa parte de Barcelona x PSG. Esse Neymar é ridículo ! Medíocre ! Gabriel Jesus é infinitamente melhor do que ele.

o Palmeiras vai com um 4-2-3-1
PRASS

JEAN ED VH ZR

FM TS

KENO DUDU BASTOS

BORJA

Eu espero, além dá vitória, que o time, tido como experiente, não se perca em nervosismo se sair atrás do marcador, da forma como foi demonstrado contra os gambás na Lava Jato Arena.

Jogo esquisito. No primeiro gol o atacante fez falta clara no zagueiro empurrando as costas dele antes de invadir a área pra finalizar. No segundo gol um pênalti beeem Mandrake. Aí fez 3×0 e tomou 2 depois. Aí foi pra cima de novo e se aproveitou da fraquíssima zaga uruguaia . Jogo totalmente atípico, na vdd achei os 2 times fracos,. Mas não dá pra bobear, ano passado o River genérico tbm era fraco mas nos roubou 2 pontos lá que foram cruciais no final . Tem que entrar ligado 100% o tempo todo. Não tenho dúvida que o Palmeiras é o melhor time do grupo disparado, mas tem que fazer valer isso dentro de campo.

Pra mim, totalmente surpreendente esse 6-2 do Wilstermann sobre o Peñarol, apesar de total mediocridade do atual futebol uruguaio, que nos eliminou da Libertadores o ano passado. Apesar que tem time por aí que começou campeonato enfiando 6-2 e está em crise. Vamos aguardar, mas pelo cheiro da mortadela, esse Wilstermann será carne de pescoço.

Não é bom sinal um placar bem anormal, pelo menos em se tratando de Libertadores dos tempos atuais, justamente no nosso grupo, ainda mais a favor daquele que eu considerava o time mais fraco da chave. Coloca uma pressão adicional desnecessária sobre o Palmeiras, pois uma derrota na estreia seria desastrosa, e parece que o Bap vai de 4-2-3-1, com Felipe Melo e Thiago Santos de pitbulls, provavelmente fazendo faltas a granel na intermediária – tudo aquilo que um time com pouca técnica mas muita raça “odeia” quando joga no seu caldeirão… Mas não se pode ter tudo, certo? Favoritismo, elenco recheado, grupo acessível… Esperar um cabra macho que botasse o time pra cima de qualquer adversário pra jogar bem e conseguir uma vitória convincente já seria pedir demais…

Talvez esse 6×2 faça com que nossos atletas vejam que não tem moleza na libertadores. Ano passado não classificamos pq além de estar muito mal taticamente com o Gargamel dormindo na beira do gramado, o time deu um vacilo gigante empatando no Uruguai com o River depois de estar duas vezes a frente no placar. Espero que amanhã entrem com espírito de libertadores, não pra dar porr@.d@ mas na luta e vontade de vencer. Se conseguirmos igualar com eles na raça a técnica vai decidir os jogos e nosso somos superiores.

Tudo isso pesou sim, mas fomos eliminados principalmente graças à bizarra derrota em casa para o Nacional com “show” do “craque” Nico López, hoje “brilhando” no sempre candidato ao título brasileiro Internacional de Porto Alegre…

Concordo. Mas acabo dando um desconto pq o time estava muito bagunçado e o Nacional tinha jogadores experientes e sempre foi um clube de tradição. Foi um vexame perder pra eles no Allianz mas o River genérico era praticamente um time de várzea, mesmo com um time muito mal como estávamos ano passado tinha que vencer aquele jogo. Mas o que adianta discutir isso agora né…Kkkk…

Jorge Wilstermann 6 x 2 Peñarol. Esse time boliviano é tudo isso mesmo ? Ou o Peñarol é muito ruim ?
Quais os cuidados que o Palmeiras deverá ter quando enfrentar os bolivianos aqui em SP e lá na Bolívia ?

Para enfrentar os bolivianos aqui em SP o cuidado se chama “seriedade”. Para encarar o duelo na Bolívia, além de foco e concentração, seria recomendável fazer alguns treinos no Pantanal, principalmente enquanto não termina a época de cheia…

É ! Começou a libertadores , onde está o Cuca para cravar “Seremos campeões!”
Acompanhando ao jogo entre os bolivianos e uruguaios , muita catimba , expulsão de cada lado , gramado horroroso e gols.
Já em Curitiba , antes de 5 minutos , Atlético-PR 1×0
A conquista da libertadores não será tão simples assim.
A forma que o jogador do Peñarol conquistou a expulsão do jogador do Jorge Wilsterman é para deixar o sinal de alerta ligado em relação ao Felipe Melo , que tem tudo para ser expulso contra o Peñarol aqui em SP e lá no Uruguai.

Quanto a isso você pode ficar tranquilo. Como os jogos contra o Peñarol serão em sequência (o primeiro aqui e o segundo lá), não há como o Felipe Melo ser expulso em ambos… Conquistar a Libertadores não é, nunca foi nem jamais será simples, equipes muito boas a perderam e outras apenas medianas a levaram. Apesar da cobrança sobre o Palmeiras ser enorme (algo natural pelo status de “melhor elenco do Brasil”, o que pode ser discutido), é preciso entender que se esse título não vier em 2017 o mundo não vai acabar.

Estou assistindo ao jogo entre Jorge Wilstermann e Peñarol, e sinceramente já vi milharal após geada com melhores condições para a prática de futebol do que o gramado desse estádio boliviano. Numa dessas, um investimento de milhões se machuca e perde a temporada por conta dessa falta de estrutura absurda. Ao invés de inchar a competição e fazer política, a Conmebol deveria se preocupar mais com o seu produto e priorizar a qualidade. Uma Libertadores com 32 times (dois de Venezuela, Peru e Bolívia, cinco de Brasil e Argentina, três dos demais cinco países e mais o campeão do ano anterior) já estaria de bom tamanho.

E só para constar: se não fizermos seis pontos contra esse Peñarol horroroso, podem demitir o Baptistinha por email…

Também concordo. Os pontos a serem ganhos , terá de vir nos jogos em casa (obrigação) , Peñarol fora. Acredito que amanhã aconteça um empate e lá na Bolívia seremos derrotados.
A desculpa será a altitude e o gramado.

Você fez a mesma leitura que eu. Sem condições praticar futebol de alto nível num gramado destes. Cheios de desníveis , buracos , um verdadeiro pasto.

Meu time para a libertadores , para condições normais de pressão e temperatura , não contando com eventuais cartões e contusões , seria esse , numeração de 1 a 11 :
1-Prass
2- Jean
3- Mina
4-Victor Hugo
5- Felipe Melo
6- Zé Roberto
7- Dudu
8- Tchê Tchê
9- Borja
10- Michel Bastos
11- Keno
Esse seria o meu time titular.

Boa sorte Palmeiras ! Seja o campeão da libertadores 2017. Um time de sua grandeza e expressão não pode ficar longe da taça a tanto tempo assim , estamos entrando no 18o ano após a conquista de 1999.
Boa sorte Palmeiras !

Inscrever Arouca na Libertadores foi uma má decisão. Além de estar quase sempre contundido, nas raras vezes que entrou em campo, jogou pessimamente, perdido em campo, praticamente afundou o time. Essa já pode ser considerada uma das piores contratações do Palmeiras nos últimos anos.

Prass, Jean, Zé, Torugo, Dracena, Melo, Guerra, Bastos, Dudu, Guedes, Borja.

Os comentários estão desativados.