Paulistão 2017 Palmeiras x Ponte Preta: até o apito final

O Palmeiras pega a Ponte Preta hoje pela segunda partida das semi-finais do Paulistão.
É a chance do time se retratar com a torcida do vexame de domingo passado.

Dracena e Zé Roberto – que foram mal na partida de ida – podem ficar de fora do time que entra a campo hoje às 19 horas. Espera-se que Eduardo Baptista tenha armando um time – que treinou a portas fechadas – que pressione a Ponte Preta desde o início mas não dê a possibilidade do contra-ataque aos campineiros.

Escalação provável do Palmeiras: Fernando Prass; Jean, Yerry Mina, Edu Dracena (Vitor Hugo) e Zé Roberto (Egídio); Felipe Melo, Willian (Róger Guedes), Tchê Tchê, Guerra e Dudu; Miguel Borja

Os pendurados são: Felipe Melo, Jean, Antônio Carlos, Keno, Borja e Mina.

O ADVERSÁRIO

A Ponte de Gilson Kleina vem com o desfalque do lateral esquerdo Reynaldo, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Daí pra frente não há dúvidas. O time deve ser: Aranha, Nino Paraíba, Marllon, Yago e Artur (ou Jeferson); Fernando Bob, Elton e Jádson; Clayson, Lucca e Pottker.

ARBITRAGEM

Raphael Claus é o árbitro.
Retrospecto:
15 jogos
5 vitórias
5 empates
5 derrotas
14 gols pró
14 gols contra

Último jogo que apitou do Verdão foi contra o Ituano esse ano. 0x1.
Contra a Ponte Preta apitou apenas uma vez, em 2015, no Allianz. Perdemos por 0x1 também.

Tá lôco hein?

RETROSPECTO

O Palmeiras precisa pelo menos de 3 gols de diferença, correto? Então vamos lá.

Na história do Palestra Italia/Allianz Parque o Palmeiras fez 1502 partidas oficiais (excluídos os amistosos).

1031 vitórias (68,6% de vitórias, ou seja uma vitória a cada 3 partidas).
299 empates
172 derrotas
376 vitórias (36,4%) foram por diferença de 3 ou mais gols. A cada três vitórias o Palmeiras faz o resultado que esperamos hoje no Allianz.

Já no Allianz Parque pós reforma, fizemos 71 partidas oficiais (novamente sem os amistosos).

47 vitórias (66,2%)
12 empates
12 derrotas
Foram 12 vitórias (25,5%) com placar de 3 ou mais gols de diferença (1 a cada 4 vitórias).

E contra a Ponte Preta?

126 jogos
62 vitórias
31 empates
33 derrotas

Como mandante foram 59 jogos, 35 vitórias, 16 empates, 8 derrotas. O Palmeira já ganhou em nosso estádio 12 vezes com 3 ou mais gols de diferença. A última vez foi em 2008, na final do Paulista daquele ano (5×0).

MOBILIZAÇÃO

A torcida lançou a campanha #AteoApitoFinalPalmeiras nas redes sociais. E fez festa na sexta-feira na Academia.

Que venha a vitória e a classificação.

Saudações Alviverdes!