Categorias
Brasileiro 2017 Resenha dos Jogos

Pós Jogo São Paulo 2×0 Palmeiras: melhor esfriar a cabeça

Vamos lá. Melhor ter um post curto.
Perdemos para um timeco.

Não importa se perdemos pênalti, se Cuca errou, se Prass errou.

Perdemos para um timeco.

Que Cuca encontre o caminho. Perdemos em dois jogos 6 pontos que podem fazer falta lá na frente.
E que parem com essa história de revezar jogador. Que entrem com os 11 melhores sempre!

Bola pra frente.

171 respostas em “Pós Jogo São Paulo 2×0 Palmeiras: melhor esfriar a cabeça”

Gordiola acertando com o Inter. Os jogadores do Chapolim vão querer mostrar serviço pro novo técnico.

Pra mim, esse cara é mau caráter. Teve envolvimento no rebaixamento da Lusa em 2013 e agora vai trocar uma série A pela B por dinheiro. Que jamais cogitem o nome desse sujeito por aqui.

Só pra encerrar meu comentário sobre o Valdívia. Tbm acho que ele zuou o barraco na segunda passagem por aqui, mas tbm me lembro que jogou no sacrifício na copa do Brasil 2012 e na última rodada do brasileirão de 2014 qdo empatamos com o Atlético PR. É bem verdade que se contundia pq não era profissional e não se cuidava mas não duvido que goste do Palmeiras. Acho que num time bem melhor e com peças de reposição como o Guerra além de um contrato bem pé no chão qto a tempo e salário , ele nos seria muito útil, até pq não vejo nenhum meia com o talento dele. O Edmundo tbm era um retardado mental, prejudicava a SEP com seu temperamento, foi até jogar no Corinthians e qdo voltou no fim de carreira era um cara diferente , que dava tudo em campo mas sua idade não permitia mais que decidisse título. O Valdívia de certa forma ainda é novo , pode nos ajudar muito e acredito que uma conversa de homens , olho no olho , assim como o Kalil fez com o R.Gaucho no Atlético BB , pode mudar a postura dele. Talvez o Cuca saberia fazer isso , como fez com o Dudu ano passado. Concordo com os amigos que o meio campo com Moisés e tchê tchê fica muito dinâmico e praticamente desfaz a necessidade de um armador , porém não sabemos como o Moisés vai voltar. Ele até pode voltar clinicamente bem mas e tecnicamente? Quanto tempo vai levar pra ganhar ritmo de jogo e conseguir jogar como em 2016? Bom, essa é minha opinião. Não acho o Valdívia esse bandido todo que pintam. Pra mim tá mais pra um maluco beleza dentre milhares que já existiram no futebol. E joga bola pra caraca se estiver motivado.

Entendo perfeitamente sua predileção pelo chileno-chinelo, principalmente porque você parece ser mais jovem e não conheceu (ou viu pouco) times e jogadores de outras épocas. Só gostaria de evitar comparações com Edmundo, que até já provocou morte no trânsito e ainda hoje, como cover de jornalista, dá uma de nervosinho. Ambos cuspiram no prato em que comeram, um quando ainda era um moleque aspirante à Seleção e o outro já na casa dos trinta, com duas Copas do Mundo nas costas, mas basta colocar na balança o que cada um nos ajudou a conquistar em contextos distintos pra perceber que a diferença é covardia. De qualquer maneira, o centro da questão pra mim volta ao mesmo ponto: se praticamente em junho estamos discutindo se o Valdívia caberia nesse time, o planejamento para se ter uma temporada cheia de títulos em 2017 foi um fracasso retumbante.

O Palmeiras precisa de uma camisa 10 urgente, Guerra é bom jogador, era reserva no patético Nacional, vivia no D.M., o Borja jogou 2 jogos ano passado contra Cervídeos e suco Dell vale na final, supervalorizaram seu passe, vão demorar muito pra se adaptar ao futebol brasileiro, jogando com Dudu( fominha) e Tche Tche que toda bola que pega perto da grande área, quer chutar no gol,vai demorar uma cara pra se entrosar.
Valdívia por mais dissimulado que seja,pra Libertadores seria o cara ideal.

É Philippe, realmente brasileiro tem memória curta e não é´ só na política. Oque esse mau caráter fez de bom pelo Palmeiras ? Ganhava uma fortuna pra inventar contusão e ficar encostado. no Dm. Gosta tanto do Palmeiras que foi se oferecer pra jogar no Santos r no São Paulo e recebeu um sonoro não. Diego, Lucas Lima, Everton Ribeiro são do mesmo nível dele, porém são profissionais.

Hahahaha!! O pessoal tá tão pessimista aqui que o Eduardo e o Aroni já passaram pra ala moderada.

O radicalismo depende do ponto de vista… Pegar leve com o futebolzinho que o Palmeiras vem jogando ou aceitar o Valdisney de volta, jamais. Achar que tudo está uma me.rda só e que a solução é fuzilamento geral (por mais que alguns mereçam), também não é o caso. Ainda acho que se nos livrarmos de umas laranjas podres agora dá tempo de salvar o ano, mas precisa ver se quem deve fazer isso terá coragem de mexer com esse vespeiro. Mas até que estou mesmo precisando de uma sessãozinha de descarrego…

Ahahahahha muito bom. O pessoal é muito extremo, e os centro-pessimistas acabaram virando centro-otimistas. Mas essa galera que quer o Valdisney de volta só pode ta maluca, mesmo…

Essa é a questão, Thom. Alguém que quer Valdívia a essa altura no Palmeiras pra ganhar a Libertadores já entrou na fase de desespero total e absoluto.

Ano passado o Cuca bancou Moisés e Tchê Tchê no time titular enquanto muitos queriam que os dois sequer tivessem chegado.
A dupla comandou o meio campo sem armador que jogava basicamente na transição rápida entre a defesa e o ataque.
Prass se contundiu e ficou fácil trocar o goleiro que tava falhando todo jogo (Vagner) pra colocar o Jaílson.
Do time do ano passado pro de hoje, saíram Jesus e VH e chegaram Guerra e Borja.
Guerra faz o time jogar, mas pra mim ainda é pouco acionado. Tá quase sempre livre, mas recebe poucas bolas do seus companheiros, e quando está com ela geralmente clareia a jogada.
Borja tem dificuldade para jogar com a marcação encaixada, mas segura dois zagueiros e a bola lá na frente. Ruim, hoje, com ele, pior sem ele. Até porque William ou Guedes acabam sendo sacrificados pro Borja sentar no banco.
Eu quero ver se Cuca terá coragem pra colocar no banco Prass, Jean e Zé Roberto.
Se vai optar por Guerra no comando do time ou deixá-lo no banco.
E tem que entender que ninguém conseguirá substituir Jesus a altura. Esse não tem reposição no terceiro mundo do futebol.

Alex, complementando o seu comentario, o unico que está jogando bem na frente eh o Willian, mas nao pode deixa-lo jogando sozinho, pois como vc disse, o Borja é sacrificado no esquema, mas segura 2 marcadores e abre espaço para os dois atacantes. quem não está jogando p* nenhuma é o Sr. Dudu, que pelo visto deve ter algo contra o Borja, pq não passa a bola nem a pau….quero ver se o Cuca vai ter peito pra coloca-lo no banco.. e voltando o Moises, eu colocaria o FM no banco. e recuaria o tche-tche…enfim..vms aguardar neh…abcos

Willian de um lado, Dudu ou Guedes do outro e Borja centralizado.
Quarta o Guedes estava melhor no jogo, mas mesmo assim saiu pro Dudu ficar em campo.

Quase terminada a terceira rodada, ninguém mais é 100% e com qualquer vitória que não 1×0 no “clássico” catarinense desta segunda a Chapecoense poderá escrever na sua história que pelo menos por uma rodada liderou um Campeonato Brasileiro de Série A. O que se pode concluir praticamente com certeza até aqui é: a) o campeonato será equilibrado e disputadíssimo, o que não o livrará do baixo nível técnico; b) o Palmeiras é sim candidato ao título, desde que comece a se coçar agora; c) infelizmente, depois de milhões gastos em contratações e com toda a expectativa criada, se o nome de Valdívia é meramente mencionado a esta altura da temporada, podemos até ser campeões de alguma coisa em 2017, mas o planejamento já deu errado.

Conversando hoje pela manhã com um amigo que é sócio do clube, através dos contatos dele com outros amigos conselheiros, ele me afirmou que o elenco está rachado.
Felipe Melo e Dudu não falam a mesma língua.
Esse é o Palmeiras hoje.

A impressão, que fica mais nítida a cada jogo, é exatamente essa, Renato. E o Cuca nunca foi bom “gestor de pessoas” (marcou bastante aquela imagem do Marcos Rocha sendo substituído e cuspindo abelhas africanas contra o treinador, que ficou sem ação, no Mundial de 2013). Ano passado ninguém tinha no currículo um título brasileiro pra se impor, mas neste o elenco parece ter só galo de briga ou pintinho que acabou de nascer, não há meio termo nem equilíbrio. Taí um baita abacaxi pro Cuca descascar, com faquinha cega e dentro do carro andando em estrada esburacada de terra.

Eduardo, essa gestão deve ser do Mattos e não do Cuca.
Nos anos 93/94, Edmundo e Zago quase se matavam no vestiário, mas dentro de campo a coisa funcionava.
Ano passado o ambiente não era dos melhores fora de campo mas dentro dele as coisas funcionaram.

elenco rachado, brincadeira hein….eh impressionante a melindragem dessa que se diz “boleirada” de hj…esses caras são pagos, e muito bem pagos pra jogar bola, e não serem amiguinhos…como dizem por aqui, o GRU ou o mattos precisam enquadrar e rapido esses caras…

O Palmeiras tem bala na agulha pra trazer um meia e um centroavante qualificado. Pensar nesse pinguço vagabundo e biscateiro que deu um monte de migué pra não jogar é demais

O Palmeiras tem muita bala na agulha e pouco ou quase nada de conhecimento de futebol. Trouxeram Cleiton Xavier, Régis, Allione, Raphael Veiga, Hyorran e Guerra. Todos eles são craques e jogam muito mais q o Valdívia rsrs….assim como o Jaílson q tem 35 anos e foi jogar sua primeira série A ano passado cata mais no gol que o Fernando Prass…ta sabendo tudo de bola heim amigão kk

Philipe, de todos estes q vc citou, eu acredito que somente o Raphael Veiga encaixaria bem neste meio de campo do time titular até o Moises voltar. o Cuca vai ter que quebrar a cabeça, pq opção ele tem.

Philipe, o cara é tão mau-caráter que conseguiu arrumar confusão na seleção chilena quando a equipe treinada pelo Sampaoli ganhou a Copa América em casa. Não querendo misturar os assuntos, mas pedir a volta do Valdívia pra arrumar o time do Palmeiras hoje é a mesma coisa que pedir a volta do Lulalá pra consertar as coisas depois do partido dele ter jogado o país no lixo. Se os outros não estão dando certo, precisamos procurar opções melhores e não buscar novamente o fundo do poço. Tenho muitas divergências com o Sérgio, embora goste muito de seus comentários pois trata-se de alguém que tem opinião, e nessa não há como não concordar com ele. Valdívia, nunca mais.

o guerra é melhor que o valdivia, mas sem sombra de duvidas

alguem pedir valpinga em 2017 merece max pardalzinho e max pedreiro no ataque

Valdívia seria uma boa pra jogar só a libertadores, amarra um contrato de 8 jogos, se o Palmeiras ser campeão renova até o carnaval da Bahia. O Guerra vai demorar um tempo pra se adaptar ao futebol brasileiro. R. Veiga e Hyoran são promessas, o Palmeiras não tem um meia de qualidade, Everton Ribeiro devera acertar com o framengu.

Valdívia se apresenta para a partida de ida das oitavas, entra com tiara verde nos cabelos e no primeiro “chute no vácuo”, aos dez minutos de partida, sai de campo com distensão na coxa. Previsão dos médicos: quatro meses para recuperação. Nessa, muita gente já se empolga: “Dá tempo dele disputar a final!”. Lembra aquela velha história do cara que resolveu seus problemas com a esposa adúltera vendendo o sofá…

Pelo que sei, Dudu, Guedes e Tche Tche tem propostas do exterior e obviamente estão no mundo da lua
enquanto Zé Rovéio tem proposta do INSS pra se aposentar já.

É bom ele e o Dracena correrem com a papelada da aposentadoria antes que o Senado aprove as mudanças no INSS, senão periga aguentarmos essa dupla por mais uns cinco anos…

Exatamente o que aconteceu com o Vitor Hugo, de repente começou a jogar pedrinha. Vende logo.

Claramente, falta raça! Ontem não vi quase ninguém com sangue nos olhos, à exceção talvez de Tchê Tchê e Guerra. Mas está todo mundo com pose de craque, desfilando na passarela com a camisa do primeiro Campeão do Mundo. Vi uns três toquinhos de calcanhar, dribles arriscadíssimos de Mina e Felipe Melo, marcação no olhometro de Michel Bastos e passes de primeira totalmente errados de Dudu e Jean. Além disso, chega a ser irritante a incapacidade de Willian, Roger Guedes e Keno de encontrar espaços diante de marcação pesada. Sem falar no Prass, mas isso é outra história e ele tem crédito. E, amigos, quando as partes falham tanto, o todo fica comprometido. Take care, Mestre Cuca!

Ano passado no campeonato brasileiro em 38 jogos acumulamos 6 derrotas.
Até agora esse ano em 3 partidas já estamos com 2 derrotas.
Estou assistindo Sport x Grêmio.
Essa bolinha pequena que estamos jogando o Palmeiras não consegue vencer ao time do Sport e nem o Grêmio.
Nossa situação está começando a ficar complicada.
Qual é a verdade lá dentro do Palmeiras hoje?
O que realmente está acontecendo?

E eu não quero exagerar no otimismo, mesmo porque particularmente tenho poucos motivos para tanto, mas apenas analisando os fatos, no final da quarta rodada de 2016 tínhamos seis pontos com duas vitórias e duas derrotas (algo atingível se vencermos o Galo no próximo domingo), enquanto o Inter liderava invicto. Ou seja, há condições para que tudo se modifique, mas a hora da virada é agora.

Na verdade, o Internacional liderou pelo menos até a décima rodada (já tinham 20 pontos) ou pouco além da décima, quando jamais alguém imaginaria àquela altura que eles seriam um dos rebaixados. Caíram com 43 pontos, ou seja, até a décima conquistaram praticamente a metade dos pontos totais no campeonato. O Santa Cruz também deu uma deslanchada nas primeiras cinco rodadas e foi outro dos rebaixados. Nas primeiras rodadas há muitas distorções.

Lembre-se que duas das seis derrotas do ano passado foram nas três primeiras rodadas, como neste ano.
Aliás, numa situação muito parecida com a desse ano, a diferença é que ano passado o Cuca chegou ainda no paulista.

Andre Cac.haça deitando e rolando na Ilha do Martirio. Enquanto isso nosso gladiador colombiano ZZZZZ

Enquanto a patroa preparava aula, dei uma olhada no desafio ao galo disputado em Goiânia. O nível do futebol no Brasil está tão baixo que se o Palmeiras se acertasse na oitava rodada ainda conseguiria chegar uns dez pontos à frente do segundo colocado. Isso, é claro, se houvesse compromisso, foco e determinação guiando um time que quisesse jogar futebol. Como não acredito que isso irá acontecer, podemos acabar o ano com um grande vexame, dados os investimentos e a expectativa que foi criada: chegar à 38ª rodada brigando para tentar a sexta colocação e uma vaga na pré-Libertadores do ano que vem.

Você ainda vê um bom cenário.
A continuar assim seremos eliminados na 4a feira e o brasileiro estaremos na 2a página.
Não vejo vontade de conquistas para 2017

Criou-se uma necessidade (absolutamente desnecessária) de que com os investimentos feitos todo jogo contra qualquer adversário deveria ser 4×0 fora o show. Se os melhores times que o futebol já viu em diferentes épocas nunca conseguiram isso, não seria o Palmeiras de hoje quem o faria. Muita gente deslumbrada no entanto caiu nessa armadilha, inclusive quem escreveu aqui que “o ano está difícil para aqueles que só gostam de criticar” enquanto goleávamos Ferroviária e Linense. Dá pra jogar muito mais bola que isso, dá pra conseguir resultados muito melhores que esses, mas vamos devagar com esse andor, pois nem no nosso próprio quintal (campeonato Paulista) conseguimos ser os melhores há um bom tempo.

Eduardo, eu tô puto com o momento do Verdão mas penso assim tbm. Ta tão fraco o futebol por aqui que dá pra perder mais umas 3 ou 4 seguidas e depois recuperar ainda e ser campeão.

Já faz tempo que o time não joga nada, entra técnico, sai técnico (o que pra mim não faz diferença alguma), entra presidente, sai presidente, e nada muda. Jogadores acomodados, contratados a peso de ouro, goleiro com licença pra frangar a vontade e técnico qye veio pra piorar o que já não estava bom. Tem que dar um choque nesses caras.

E os reservas do Grêmio ganhando fácil do Xport e abrindo 6 pontos da gente. Lembrando que a folha de pagamento dos caras é metade da nossa., tá na hora da dona Leila chegar junto no careca.

Estamos na 12a colocação. E caso o Botafogo vença o seu jogo iremos encerrar a rodada em 13o lugar.
Lembrando que os gambás estão em 1o lugar.
O Cícero tem razão ao afirmar que dinheiro não ganha jogo.
Acorda Palmeiras! O que acontece?

O líder está 4 pontos acima na tabela, faltando 35 rodadas para acabar o campeonato. Tenha santa paciência.

Ano passado o Inter liderou invicto por umas quatro ou cinco rodadas, e no final do ano tentou usar a tragédia da Chape para virar a mesa e não cair. A primeira rodada vale tanto quanto a última, e todos os times se enfrentarão duas vezes, mas sem querer aliviar pra ninguém (mesmo porque neste momento ninguém no Palmeiras merece alívio), talvez se tivéssemos enfrentado Chapecoense em casa, Vitória e Atlético Goianiense fora nessas três primeiras rodadas, mesmo jogando uma bolinha murcha provavelmente estaríamos com nove pontos e uns sete gols de saldo.

Falta vergonha na cara de alguns jogadores e o reconhecimento dos dirigentes que gastaram fortunas em revelações de times pequenos que não vão dar em nada.

Não seria um absurdo se esse time não custasse uma fortuna por mês e se não tivesse um monte de
jogador pensando na janela pra fora. Assisti ontem Inter X Paissandu, meu Deus, se cair pra esse time
melhor dispensar pelo menos metade do elenco.

Pois é, mas a bambizada atualmente é um catado e conseguimos perder ontem. Esse Inter, que está sem técnico o ano inteiro (o Zago é um baita enganador) veio aqui e deu trabalho. A Chapecoense é treinada por um recordista em rebaixamentos (se não estava no jogo da queda, participou ativamente da campanha de pelo menos uns seis rebaixados nos últimos dez anos) e o goleiro deles saiu praticamente sem sujar o uniforme. Se fizermos uma “seleção” com os melhores jogadores dos adversários de grupo na Libertadores, o time formado daí não ganha do São Bento de Sorocaba, no entanto não tivemos uma partida tranquila na fase de grupos. Quando digo que novos fracassos não seriam absurdos, isso tem a ver com o que o Palmeiras não está apresentando no ano, e não com a qualidade (baixa) dos adversários que estamos enfrentando. Se houvesse um duelo entre Palmeiras X Botafogo pela Libertadores na próxima quarta-feira, independentemente do local, quem seria o favorito? E por que isso está acontecendo? Não falta dinheiro, não falta estrutura, não falta técnico competente e vencedor (que também não é o melhor do mundo nem infalível) nem jogadores para fazer minimamente uma equipe competitiva (mas não um “timaço” imbatível), então “que pása”?

Eu também fiquei muito irritado com a derrota de ontem, mas não vejo motivos para tanto pessimismo e alarde. O “que pasa” é apenas um momento de transição e ajuste que o Cuca, com a sua competência já comprovada, acabará conseguindo fazer o time ser bem competitivo.

A questão é que desde o final do primeiro turno (agosto de 2016) o futebol que o Palmeiras vem jogando, mesmo quando eficiente, não passa de burocrático, para delírio de muitos apenas buscando os três pontos. Raríssimos foram os jogos que fugiram desse roteiro nesses nove meses. Quando se chega a esse ponto e o resultado não aparece, o que sobra é de uma pobreza atroz. Hoje, não há como garantir que esse “momento de transição” só termine quando for tarde demais.

Não vejo absurdo algum em perder a vaga na CB para o Inter na quarta e dar a primeira vitória no Brasileirão ao Galo no domingo. Absurdo sim é o que esse time rendeu até aqui em 2017. O Cuca não vai fazer milagres, mas já está no seu limite de equívocos nas escalações. E se formos caçar bruxas tirando todo mundo que já errou feio em algum momento da temporada, na quarta-feira precisaremos escalar o time sub-17 no Beira-Rio, pois não sobrará ninguém. Qual é a saída? Sair contratando a rodo em junho, quando já deveríamos estar com o time azeitado e com o título paulista na bagagem, o que não aconteceu muito pela negligência dessa diretoria aliada ao final do mandato do antecessor? Ou enquadrar jogadores sem compromisso, os que estão fora de suas melhores condições físicas para aguentar o ritmo e as cobranças e, principalmente, aqueles que não têm condições técnicas para vestir a camisa do Palmeiras?

A questão é saber quem vai falhar na quarta~feira. Todo jogo tem alguém entregando o ouro. e tinha
gente querendo o Frangando Prass na seleção, tão de brincadeira, o cara tá velho, vamos ver se o Cuca
tem peito pra por o Jailson.

Se o time foi mal escalado ou não, se jogou bem ou não, a verdade é que duas falhas do goleiro e um pênalti perdido no mesmo jogo enterram qualquer possibilidade de vitória. O SPFC também não jogou nada, atuou em casa como time pequeno, se defendendo e tentando contra-ataques, mas fomos nós que lhes demos a vitória em três lances decisivos. A aversão, inveja e ódio que existem naquele clube contra o Verdão parece que coloca uma nuvem negra, uma energia negativa sobre o time toda vez que o Palmeiras põe os pés naquele campo.

Essa “nuvem negra” pra mim tem outra cor e outro nome: é amarela e se chama “covardia”. Além disso, paira sobre nós quando entramos no Couto Pereira, no Independência, no Beira-Rio, na Vila Belmiro e até na Arena Condá, salvo em raras exceções.

“Acho que não jogamos tão mal, só que errei em dois lances completamente defensáveis. Duas bolas que poderia ter defendido. É óbvio que o trabalho é para não errar ou errar pouco. Fico triste e frustrado” Ontem o Prass jogou muito mal, mas temos que admitir que pelo menos tem caráter. Jamais o arqueiro de Vila Sônia daria uma declaração dessas…

Confio no Cuca. É de longe um treinador que entende muito de futebol, as vezes erra como ontem, mas ele manja do assunto. Espero que recupere o Borja . O Borja é Centro Avante e tem que jogar como Centro Avante. Podem me xingar mas quero o Valdívia de volta! O Guerra é bom jogador mas só toca de lado e não deixa ninguém na cara do gol. Traga o Valdívia e ponha o Borja de centro avante sem essa frescura de ter que voltar pra marcar, os pontas que façam isso, e o Valdívia faz o Borja ser artilheiro da libertadores ainda. Futebol é simples e o Renato Gaúcho ta ensinando isso pros estudados da imprensa. O Borja é finalizador e tem que jogar o mais perto da área possível. Se fizer ele sair dali vc mata ele. É igualzinho o Barrios só q é mais novo. Mas os entendidos da diretoria pensavam que estavam trazendo alguém com as mesmas características do Gabriel Jesus kkkkk….

Respeito sua opinião, Philipe, mas querer de volta um ex-jogador em atividade, que fez do clube seu refém durante a última passagem por aqui num momento complicado como esse apenas pelo que jogou há cerca de dez anos num contexto totalmente diferente seria um erro colossal. Existem jogadores de verdade, em condições físicas mais apropriadas e com caráter, que seriam opções muito melhores do que esse chileno enganador.

Respeito sua opinião tbm…tbm acho que ele desrespeitou o Palmeiras na última passagem, mas é um jogador que jogou aqui qdo o time era de série C, jogava do lado de Márcio Araújo, João Victor, Arthur, Mazinho etc…e mesmo assim deixava o Ricardo Bueno na cara do gol. Não vejo ninguém a altura dele é com o talento dele no futebol brasileiro hj, nem o Diego do Flamengo. E tbm não acho q se trata de um jogador do passado, ele tem 33 anos e ainda joga na seleção de seu país onde é respeitado e admirado por jogadores como Vidal e Alexis Sánchez. Cairia perfeitamente no nosso meio campo, é o jogador que falta no time. A única coisa que fico com um pé atrás é se a boleirada vai querer correr pra ele pq ele precisa jogar livre. No mais , por mim seria muito bem vindo de volta . Tenho certeza que ele adoraria jogar nesse time , botar o Dudu e o Willian pra correr pelas pontas e o Borja na cara do gol todo jogo. O Valdívia e sem vergonha mas é inteligente.

Então, Fróis, o problema é que não existe no terceiro mundo da bola um jogador pra substituir Jesus.
Concordo com vc, o Borja tem que jogar como centroavante. O trabalho que deve ser feito com ele é fazer com que ele enxergue os demais companheiros em campo. Tocar a bola de vez em quando não vai fazer mal.

Sugiro aos amigos que assistam aos VTs do jogo que passam durante a semana no SporTV 1 , 2 e 3. Pelo menos pra mim ajuda muito a enxergar o comportamento do time. Na hora do jogo, no calor do momento, somos levados a ter opiniões equivocadas. Uma coisa que percebi foi que o Cuca quis tirar um pouco o ímpeto de certa forma irresponsável que o time tem qdo joga com 2 velocistas na ponta. O time ataca de maneira insana e deixa verdadeiras avenidas para o contra ataque do adversário. Ontem ele quis povoar o meio campo, mas a falta de vontade fez com que os caras não se movimentassem quase nada oq facilita muito a marcação adversária. Em compensação o SP fez um jogo taticamente muito bom e aplicado. Toda vez que perdiam a bola faziam a recomposição rapidamente. Os jogadores do SP queriam muito vencer ontem, os nossos nem tanto. Continuo achando que temos mais time apesar de muito jogadorzinho fraco no elenco. Mas ter mais time hj não significa absolutamente nada! Os times são muito parecidos e quem corre mais geralmente é o que se dá bem. Ou alguém vai querer me convencer que o Corinthians é bom time?

Alguns pontos precisam ser observados: O Cuca entrou com uma formação que o time não joga nunca, foi a mesma formação que terminou o jogo contra o tucuman. Na quarta feira serviu pra equilibrar o meio campo e deixar de tomar tantos contra ataques, já ontem não funcionou. Tivemos a estreia do Mayke , a entrada do Juninho , Michel Bastos na esquerda, Jean no meio e William de centro Avante. Já que ia jogar assim , era melhor jogar com o Michel ajudando na armação, ficaria Felipe Melo, Tchê Tchê, Guerra e Michel num 4-4-2 clássico. Todo mundo foi mal ontem mas o que mais me incomoda é que é nítido a falta de empenho desse time em todas as competições que não seja a libertadores. Não estou dizendo que na libertadores o time joga bem pq até agora não jogou nada o ano inteiro ainda mas no quesito vontade parece até outro time. Isso pra mim é um absurdo e precisa ser corrigido urgentemente pelo Alexandre Mattos. Aí vc junta jogadores displicentes, com um Fernando Prass em ma fase , com um pênalti perdido num momento em que serviria pra mudar o jogo, da no que deu ontem. Foi um jogo horrível , sem vontade , sem criatividade, sem inspiração. Agora é esperar que garantam a classificação contra o Inter senão o bixo vai começar a pegar pelo lado do Palestra Itália.

Vergonha! Vergonha! Fui dormir com uma dúvida: quem estava no banco do Palmeiras: EB, OO, MO?
Esse Cuca que voltou é um deles disfarçado: escala mal, substitui mal, defesa mal posicionada, jogadores com visível má vontade. Esse é o “melhor elenco do Brasil”? Muitos vão na conversa de pseudo jornalistas, que não sabem nada de futebol. Foi gasto muito com jogadores medianos.
O “melhor” não tem centroavante reserva; a soma dos laterais esquerdos não dá meio; o “melhor” lateral direito é improvisado. Ainda bem que tem dinheiro sobrando prá jogar fora.
O atual BR42 (com todo respeito) deveria ter encerrado a carreira como campeão em 2016; Dracena renovou até os 38 e acredito que o Prass fique até os 45.
Prass, Jean, Tchê Tchê, Dudu péssimos nas duas últimas partidas. Thiago Santos o melhor contra o Tucumãn nem foi escalado. Abra o olho Cuca, ou será OO, EB, MO disfarçados?

Bom era o Evair que fazia gol de todo jeito e não ficava parado igual estátua, esse Borja pra mim e um b o s t a.

O Brasileirão virou pré-temporada para o Cuca? Time B em Chapecó… estreia de jogadores sem ritmo e entrosamento no clássico, com time todo desencontrado… e quatro gols em falhas seguidas já dá para pensar em nossa parede do título, que dava tranquilidade para a zaga trabalhar…

Não acho o Cuca culpado. A questão é que não temos um jogador que desequilibre e faça a diferença.
Contrataram um monte de caras mais ou menos e entraram na conversa da imprensa de super elenco.
O time é um pouco melhor que os outros no papel, mas na prática não vira, já que tem vários pipoqueiros no time. As contratações de Borja e Felipe Mello foram erradas, Borja é jogador de Colombia, duvido que vai vingar, joga de má vontade, esse Mello é um falastrão, fala um monte de asneiras e no fundo não passa de um volantinho Brucutu em fim de carreira. Estamos no meio do ano e o time não reage, cada jogo é um que entrega a rapadura, Quarta~feira mais um jogo num estádio onde quase sempre perdemos, domingo o galo de Fred e Robinho e nós com uma zaga que é uma peneira, laterais fracos e um goleiro que não passa confiança. Quem perde de um time co desses que o medonho Corinthians deitou e rolou não merece crédito. Espero que o Cuca ao invés de elogiar esses
caras faça as mudanças necessárias, a primeira colocar o campeão brasileiro Jailson e dar um cheque mate nesses colombiano preguiçoso senão o ano estará prejudicado.

Concordo sobre Felipe… Borja é muito bom, mas só os iludidos achariam que atuação de Libertadores serve como base… se ele conseguir se adaptar ao fut

Sergio, concordo sobre Felipe… Borja é muito bom, mas só os iludidos achariam que atuação de Libertadores serve como base… se ele conseguir se adaptar ao futebol brasileiro, o que vai demorar, com certeza vai ser muito produtivo… longe de ser craque, depende da bola no pé dele…

Cuca o professor pardal escalar 3 volantes contra os cervídeos, que não jogaram absolutamente nada. Real madri das Américas ou Real potosí das Américas?

Hoje foi um verdadeiro show de horrores, então vamos pro partes: Comentários sobre a partida: 1- puta formação tática sem pé nem cabeça, Cuca hoje deu uma de EB montou o time de maneira que ninguém entendeu, acho que nem ele mesmo; 2- MB na lateral é piada pois o forte fele é na ponta direita ou no meio; 3- Felipe Melo de terceiro zagueiro é o pior dos mundos pois ele não sabe cobrir os zaguieros e não consegue fazer os lançamentos em profundidade (sua principal característica) ; 4- Dudu tá de sacanagem, e não é de hoje, ou volta a ser o que foi ou vai pro banco; 5- Keno acha que tá jogando pelada de praia, alguém já avisou o garoto que o campeonato é sério?; 6- depois de hoje ficou provado que o Willian não pode jogar como centro avante (ou alguém ainda duvida ?); 7- Prass fez seu pior jogo pelo Palmeiras, com ou sem crédito, já tinha falhado na quarta feira, o que mostra que começa a se tornou um goleiro irregular. Quando o Cuca chegou, achei que 6 jogos seriam suficientes para dar uma cara para o time, ledo engano, pelo andar da carroagem ele vai precisar de muito mais tempo.

O cabeça de p i c a elogiou o Musgambá. . Olha o nível do Presida. .

Impressão minha ou só foi o Hipopótamo voltar a ter influência na diretoria e o ambiente do time está carregado?

Absurdo porque. Esse Palmeiras não é melhor que o Inter, sem contar que não temos centroavante
e se for pros penaltis não tem ninguém pra bater.

Tem gente achando que estão priorizando a Libertadores. Penaram pra ganhar
de um timeco da Argentina que teve inclusive gol mal anulado, 2 bolas na trave. Oque acontece é que
esse elenco está sem foco nenhum, estão pensando é na janela pra vazarem pra Europa isso sim, isso
é falta de comando e aí a culpa é do Mattos e do Presidente.

Dudu durante a sua entrevista agora após o jogo disse que o time está bem no campeonato !

Dudu chuterinha rosa, não dominou a bola no lance do 1° gol dos cervídeos, bola fácil de dominar, jogadorzinho que só tem tatuagens, mais nada.

O time que eu mais odeio perder é o tal de São Paulo. Prefiro tomar goleada do Ibis do que ver oque eu
vi hoje. vai ser duro dormir

Somos dois. Parece que há uma macumba naquele estádio. Deve ser o ódio que eles têm do Palmeiras. Justo hoje duas falhas do Prass e um pênalti perdido. Incrível.

E se for com essa letargia, com essa má vontade e as mirabolâncias táticas do nosso professor, vai voltar sem a vaga do Beira Rio.

O Internacional conseguiu a proeza de empatar em Porto Alegre com o ABC e perder do Paysandu. Ser eliminado por aquele time medíocre será absurdo.

Gostaria muito de ouvir o pronunciamento de pelo menos um deles a respeito do time e do momento atual do Palmeiras.
Onde estão Galliote , Mattos , Dona Leila , Mustafá.
Apareçam e expliquem por favor.

Cuca queimou o Maike e quase queima o Juninho, estreiar jogador de inicio em clássico só se não tiver opção….

Não precisa queimar o Maike,ele se queima sozinho.
Tem que avisar o Alexandre Mattos que ele não trabalha mais para o Cruzeiro.

Hoje Prass, Cuca e Jean foram muito ruíns, e agora tem que reagir já na quarta outro campeonato….

Esse time já tá enganando fez tempo. Desde o 2° turno do ano passado, só que naquela época, San Gennaro estava intercedendo de vento em pôpa. Uma sorte absurda. Esse ano, voltou não jogando nada, ganhando os jogos na mais pura khgada. Agora volta esse Cuca com uma cara de morto vivo, fazendo me.rda num clássico e perdendo pra um time que não ganha nem do Íbis da Argentina. Muita má vontade, pouco futebol e muito dinheiro. Vamos ficar pelo caminho este ano.

Isso porque o Cuca afirmou que depois do título o time jogaria de outra maneira, sem o peso da fila. De fato, está jogando de forma diferente = PIOR…

É verdade, só você não escreve besteira. Tá contente bate palma pra essa m e r d a de time. Na quarta~feiraa podemos ter decisão por penaltis. Põe o Jean e o colombiano preguiçodo pra bater e compra um óculos pro goleiro aposentado pra ver se ele pega.

Há muitos jogadores em má fase, principalmente Prass, Borja e Dudu. Isso está pesando negativamente no coletivo. Resultado péssimo antecedendo o jogo no Beira-Rio, outro local de horrores. Tempestade à vista!!

Não vi o jogo inteiro, mas ao que tudo indica a derrota foi merecida. Principalmente para deixar (mais uma vez) algumas evidências: Cuca é um ótimo técnico mas não tem o dom de transformar m.er.da em jogador de futebol; não temos um timaço nem no elenco titular, que dirá no reserva como pensam alguns; e ao contrário do que já li por aqui, o Palmeiras é que não está metendo mais medo em ninguém, pois a vontade de ser campeão acabou e agora sobraram apenas uns mercenários ajudados por uns caneludos. O título não está perdido, nem precisamos começar a conta para chegar aos 45 pontos, mas se algumas coisas não mudarem agora mesmo com todo o investimento não estaremos na Libertadores em 2018. E o Cícero afinal estava certíssimo: dinheiro não faz gol nem ganha jogo.

Foi bem merecida a derrota. Dessa vez não teve árbitro contra nem nada. O único destaque positivo da partida foi o Juninho que foi o menos pior do time. Quando o Keno entrou, ficou nítido a falta de vontade do resto do elenco. Ele até tentou, mas sozinho não dá. E é a 2a partida do brasileiro que mesmo que o adversário estivesse sem goleiro, não teriamos marcado.

Depois que o Bap saiu tbm descobriram que o Gabriel Jesus faz falta, que o Moisés faz falta.

Pois é, agora só falta descobrirem que não temos um timaço, nem DNA de vencedor, nem “o melhor sistema defensivo do país” e que também, ao final das contas, não somos favoritos a todos os títulos…

Eu não sou ´ vascaíno. No Palmeiras ganhou só um título e se voce gosta dele leva pra casa.
Pra mim ~não passa de um aposentado.

Com ctédito ou não, tem que bancar. Tá falhando todo jogo. E hoje falhou nos dois gols. O Jaílson merece uma oportunidade.

Não preciso torcer por outro time pra conhecer a história de um jogador antes de escrever besteira.

Agora que não tem o técnico pra culpar (até porque seria admitir que estava errado o tempo todo), a torcida vai arrumar outras desculpas. Hoje pelo jeito vai ser F. Prass e Jean. De repente as pessoas descobriram que tem jogadores em má fase, desinteresse por um campeonato, competência do adversário, etc.

Mas tudo bem, antes a gente ganhava do Santos na Vila e enfiava 3 a 0 no São Paulo na sorte!!! Sorte de principiante do preparador físico! Agora a gente perde com méritos, apesar da calça vinho.

Tem sim. Culpa do Cuca, do Prass e do time que não vem jogando nada faz tempo.

Um camarada que jamais chutou uma bola na vida fica quatro meses com um elenco cheio de opções (nem todas maravilhosas como pensam alguns iludidos, diga-se de passagem), não produz resultado algum, ganha jogos na sorte SIM, demonstra covardia e incompetência, é demitido quando nem deveria ter vindo e aí o seu substituto é obrigado a consertar toda a ca.ga.da deixada pelo antecessor em vinte dias, jogando a cada três dias, e quando encontra um elenco de moleques sem compromisso não presta mais. Perfeito…

Ah, mas eu estava esperando esse argumento da falta de tempo pro Cuca trabalhar. Bixo, quando o Palmeiras perdeu pro Ituano na segunda rodada do paulistinha já tinha galera pedindo a cabeça do técnico. Aliás, mais do que isso, quando anunciaram o nome dele muita gente já torceu o nariz porque o cara é novo, não foi jogador profissional (!!!), nunca ganhou nada, palmeirense é tipo aqueles novos ricos que não sabe gastar e enfia uma nota preta em qualquer coisa de grife.

E além disso, embora o Cuca não tenha chegado a menos de um mês, já conhece 80% do elenco e tava com esse time há 5 meses atrás, então todos se conhecem, estão acostumados a trabalhar juntos, e esse era exatamente um dos argumentos pra chutar o preparador físico e contratar o gênio estrategista.

Deixa sem ninguém. Esses técnicos só atrapalham. Pelo jeito, ele voltou rezando pouco, usso que era o diferencial no ano passado.

Quem jogava bola nesse time era o Gabriel Jesus, saiu acabou o time. Tinha que ter mantido o cara.Agora
~e perder do galo e entrar na zona de degola.

Verdade. E os torcedores massacraram o moleque depois que ele estava vendido. Agora devem estar gostando com essas mer.das no ataque.

Deixou de ir pra China pata atrapalhar o time. Deixa sem técnico nenhum.

Já falei que falta comando.
Presidente que não é exigente
Alexandre Matos só dá risada
Cuca não está na pegada
Jogadores descompromissados.
O resultado está aí.
Terceira rodada e segunda derrota.

Verdade. Voltou com uma cara de bu.nda da por.ra. Não queria vir, fosse pra China.

Crédito aonde, o goleiro campeão brasileiro foi o Jailson, essa me r d a nunca ganhou título nenhum
com quase 40 anos.

O campeão da Copa do Brasil em 2011 e em 2015 foi o Juca Baleia?

Ridículo. Levando baile desse timeco. Borja entra morrendo todo jogo. Jean profissional é absurdo. Levando nó do Ceni. Estamos fud….

2 frangos do Prass…mas tem crédito. Time no brasileiro já mostrou q não tá muito afim… ridículo!

Dezesseis anos de tabu, no mínimo. E ainda tem gente sofrendo de delírios do tipo “DNA de vencedor”…

Jaílson já! Aliás, faz tempo. Já falei isso aqui umas duzentas vezes.

Pratto arrebentando e nós com esse colombiano FDP que custou uma fortuna.

Atlético se recusou a reforçar um rival na libertadores (palmeiras com prato), não podemos lamentar essa não-contratação. Quem está rindo até agora e o Grêmio com o barcos. Ops, com o barrios.

Outra coisa impressionante:
O Palmeiras reabilita todo mundo
E hoje estamos dando moral para Rogério Ceni.
Um cara nojento e arrogante.
Parabéns Palmeiras!

Todo pênalti que o Jean perde a bola raspa no goleiro, é mau batedor.

Bem que diziam que Eduardo Batista era o culpado de tudo, olha agora como o time joga bem com o Cuca!!

Time não tem batedor de falta, não tem batedor de pênalti e custa essa fortuna. Vão tomar no c.

3a rodada e consumando essa derrota será a 2a no campeonato.
Time ridículo hoje igual ao jogo da Chape.
Perder pênalti acontece mas fazer o que o Jean fez não é admissível.

esse que é o cuca bom tecnico ? tira o guerra, um dos poucos que pensa

O time do Palmeiras é feito de criancinhas mimadas que se o papai não estiver perto, choram? Só correm e jogam no Allianz Parque? Tem de ganhar hoje no Morumbi!!!

Zago não é mais treinador do Inter. Notícia boa ou ruim? Só falta esse time de série B ganhar da gente.

É incrível como o Palmeiras tem dificuldade de jogar nesse estádio. Só teve posse de bola mas na hora de abrir a defesa a coisa não acontece. Wlliam é jogador de segundo tempo, quando sai jogando não
acontece nada.

Meio campo povoado demais ate ta tocando bem a bola mas na hora do último passe os atacantes não se desmarcam. Acho um jogo perfeito pro Borja

Muita posse de bola e pouca objetividade. Acho que é um jogo pro Borja entrar e destruir.

Uma questão: Estamos na 3a rodada e a impressão que eu estou tendo é que abriram mão do campeonato.
É isso? Ou estou equivocado?

Quarta o time também parecia estar dormindo….tem que acordar e vibrar no segundo tempo..:

Não é impressão sua, como somos a maior força do futebol sulamericano, abrimos mão do Paulistinha, Copa do Brasil, Libertadores e Brasileiro, só vamos jogar o mundial no fim do ano.

Tem que arrumar o lado direito, volta Jean e coloca Borja…vamos ganhar de 2×0….

Acho que jogar bem e com vontade seria uma exigência, mas nem isso eles fazem.

Muitíssimo bem observado. Jogar bem sempre será uma exigência pra mim. Resultado e placar devem ser consequências disso.

Exigência na medida que o ideal (ganhar em casa e empatar fora = 76 pontos) já está em defasagem pela derrota em Chapecó. O Palmeiras só foi campeão ano passado porque manteve o foco nessa meta.

Detesto jogos nesse dia e horário por conta de compromissos, mas espero que quando chegar em casa já esteja 3×0 pra nós, com uma atuação capaz de calar os desconfiados.

Não será hoje.
Aproveite o seu compromisso.
Time novamente não joga bem.
E as meninas estão dando a vida.

Olha, se o Vasco ganhou do Fluminense até acredito que possamos acabar com o tabu. Cerca de 99% da imprensa garantiu que só goleamos na estreia porque o adversário era fraco, no entanto eles são líderes neste momento…

28 minutos do 2o tempo.
Meninas 1×0 Palmeiras
Jean chutou um pênalti na lua.
Esse é o Palmeiras.
Time com compromisso zero.
Jogadores nem aí.

Se quer quebrar o tabu, tem que jogar mais. Tem que jogar bom futebol. Tem que se impor e vencer.

Jogo duro onde o Palmeiras sempre joga mal. Vamos torcer pra postura do time mudar.

Não pode perder pontos. Clássico é clássico e vice e versa. Assim diria o profexo.
2×1 verde

Dia de jogar sério, de vencer duas seguidas, de se recuperar pra derrota pra Chape e principalmente de acabar com o tabu de 15 anos sem vencer no panetone. Espero que os jogadores pensem assim tbm, temos mais time, da pra ganhar.

Os comentários estão desativados.