Categorias
Resenha dos Jogos

Pós Jogo Inter 2×1 Palmeiras: que sufoco!

O Palmeiras perdeu para o Internacional por 2×1 no Beira Rio. Mas no resultado combinado conseguiu passar para as 4as de final da Copa do Brasil.

Mas foi no sufoco!

O Palmeiras veio escalado com Prass, Fabiano, Mina, Dracena e Zé Roberto; Felipe Melo, Tchê Tchê e Jean; Roger Guedes, Willian e Dudu. Mas o time jogou mal. Muito mal. Os primeiros 10 minutos lembraram a partida contra a Ponte Preta. Os colorados jogavam na pressão no campo palmeirense. E o time estava apático, errando passes fáceis, com alguns jogadores – como Dracena e Jean – cometendo erros infantis. O Inter teve três chances e na terceira fez 1×0.

Aí os gaúchos recuaram. E o Palmeiras equilibrou. Mas ainda jogava mal. Não criava. Willian, Guedes, Dudu, não conseguiam levar perigo. Jean muito mal em campo. Tchê Tchê não aparecia. Aí Dudu se contundiu. Cuca colocou Keno. Ineficaz.

Veio o 2o tempo. O time melhorou um pouco. Saiu Dracena com um amarelo e jogou muito mal. Foi Felipe Melo para a zaga e veio Thiago Santos. Mas logo o Inter fez 2×0. Guedes perdeu uma bola no ataque e o inter veio pelo lado esquerdo da defesa palmeirense (Zé hoje também deixava muitos espaços nas costas) e tomamos o segundo gol.

Borja entrou no lugar de Guedes. O time foi pra cima no bumba meu boi. Willian botou uma bola na trave. E na base do chuveirinho, um gol salvador. Jean cruzou e Borja cabeceou e bateu em Thiago Santos. Gol! E a classificação.

Ah! Dois penais não marcados pelo árbitro Ricardo Marques Ribeiro (avisamos no pré jogo; veja aí abaixo). E um impedimento duvidoso de Roger Guedes que seria o gol de empate palmeirense.

O Palmeiras cansou de perder partidas e classificações jogando bem. Hoje jogou mal e se classificou. Futebol é isso. Cuca fez sua 6a partida. Que a partir da sétima o Palmeiras comece a jogar a bola que o torcedor espera.

Saudações Alviverdes!

***

PRÉ JOGO

O Palmeiras pega o Internacional nesta 4a feira, às 21h45, no Beira Rio. É a segunda partida das oitavas de final da Copa do Brasil.
Na partida de ida o Verdão ganhou por 1×0 no Allianz. Empate ou derrota por 1 gol (desde que o Palmeiras marque ao menos 1) classificam o Palmeiras em Porto Alegre.

O ADVERSÁRIO

O Inter passou por uma pequena crise nos últimos dias. Zago perdeu o emprego. Guto Ferreira foi contratado mas não sentará no banco hoje. O time colorado será comandado pelo auxiliar Odair Hellmann e tem três desfalques: Marcelo Lomba (em recuperação de lesão na coxa), Keiller (sofreu luxação no cotovelo) e William Pottker (não pode atuar na Copa do Brasil).

Do resto, vem com o time completo e é franco atirador. Jogo de risco!

O VERDÃO

Depois da derrota (argh) no último sábado, Cuca terá quase time completo. Guerra é o desfalque das últimas partidas. Nem viajou. Dracena e Zé Roberto voltam.

Assim o treinador deve vir com Jean. A dúvida é se ele vai com Jean na meia ou na lateral e se entra com Raphael Veiga no lugar de Guerra.

A redação do 3VV jogou búzios hoje pela manhã e chegou ao seguinte time que deve entrar em campo:
Prass, Fabiano, Mina, Dracena e Zé Roberto; Felipe Melo, Jean, Tchê Tchê; Roger Guedes, Borja e Dudu.

Mas olho que Raphael Veiga pode entrar nesse time.

ARBITRAGEM

Ricardo Marques Ribeiro (FIFA), auxiliado por Marcio Eustaquio Santiago e Pablo Almeida da Costa.

Pior que esse só se fosse o Simon. Pelo menos no retrospecto. Apitou 14 partidas do Verdão, com apenas 4 vitórias e 7 derrotas. Somente contra o Inter apitou duas vezes, as duas em 2014, onde perdemos as duas. Ok ok que naquele ano o time era horrível. A favor do árbitro pesa o fato que apitou a final da Copa do Brasil de 2012 contra o Coritiba lá no Couto Pereira quando fomos campeões.

De qualquer forma… olho nele também.

RETROSPECTO

Não perdemos desse time desde 2015. Nas três últimas, com Cuca, ganhamos as três.
Não vale a pena olhar o retrospecto geral.

***

Vamos pra cima. Jogo pra ter ao lado Rivotril, desfibrilador e um bom vinho.
Saudações…

252 respostas em “Pós Jogo Inter 2×1 Palmeiras: que sufoco!”

Enquanto nosso técnico milionário não sabe quem escalar amanhã e o pessoal pede tempo, os marginais que no começo do ano eram a quarta força já estão sete pontos na nossa frente. Não, não acho que eles serão campeões, mas neste momento tudo dá a entender que também nem chegaremos perto disso.

Daqui a alguns dias, acho que na sétima rodada, vamos jogar na Vila, e a continuar nesse ritmo reabilitaremos as sardinhas em lata. Daí vai ter gente dizendo – e o que é pior, acreditando – que o Santos atuou como se tivesse Pelé e Coutinho em campo novamente, quando nós é que estamos revivendo os tempos de Darinta e Jaime Boni.

Assistindo Inter X Juventude pela série B. Meus Deus, como é que quase fomos eliminados por essa porcaria de time eu não sei.

Quase fomos eliminados porque quando um time porcaria encontra outro que escala idosos, gente desinteressada, ex-jogadores em atividades e meros atletas esforçados improvisados fora de suas posições há um “equilíbrio de forças”…

O Internacional, depois de parecer o Real Madrid contra o Verdão, empatou em casa com o Juventude – que merecia vencer – jogando muito mal. Depois quando digo que a melhor partida do ano de todos os times é sempre contra o Palmeiras, há quem conteste.

Acho que é o Palmeiras que anda fazendo suas piores partidas sempre.

Contesto mesmo e vou contestar sempre. E o Gustavo deu a resposta. Não foi o Inter que jogou como Real Madrid, o Palmeiras é que atuou como o XV de Campo Bom. Quem não enxerga isso tem problemas.

O Palmeiras jogou mal, sem dúvida, mas até os comentaristas das TVs diziam que o jogo do Internacional contra o Palmeiras estava sendo o melhor do ano do time gaúcho.

Quer dizer então que a final do Mundial será entre Palmeiras e Real Madrid? Nessa hipotética final, hoje, parece impossível uma vitória e impossível parar o Cristiano Ronaldo, mas como falamos de futebol, em 6 meses tudo pode estar diferente. Lembrando que levamos vavantagem no confronto histórico como clube espanhol.

Mais devagar, não é bem assim. O Real certamente sentirá o trauma do retrospecto negativo numa final contra nós, mas antes de chegar lá poderá pegar uma pedreira como Pachuca ou Al Jazira, duas grandes potências mundiais, e ficar pelo caminho. Mas se passarem, fatalmente a velocidade do Felipe Melo, a habilidade do Zé Roberto e a experiência do Edu Dracena vão parar o time merengue, que nem vai ver a cor da bola, e o Borja vai vingar 2016 e meter três gols no Navas…

Numa hipotética final de mundial entre Palmeiras X Real Madrid, só o imponderável faria com que saíssemos vencedores. Não dá. Hoje, com essa defesa que temos, e que não irá mudar até lá (e se conseguirmos mesmo vencer a Libertadores), tomaríamos de 12-0 do Real Madrid. Sem ironia. Tomaríamos de 10 pra cima. Tem que ter muito milagre. Temos que desde já rezar uma novena pra ganhar a Libertadores e se conseguirmos ganhar, fazer uma vigília toda noite, em jejum, pra chegar na final e ganhar do Real.

Acho que nem fazendo novena com promessa de ir de joelhos até a Ilha de Páscoa com a imagem de San Gennaro nas costas nos daria o título da Libertadores, quanto mais o do Mundial, mas como o que o palmeirense mais fez neste século foi acreditar no impossível, quem sabe…

Muito engraçadas todas essas ironias, só quero lhes lembrar que no ano passado o Real Madrid, com Cristiano Ronaldo e tudo, precisou da prorrogação para passar pelo Kashima.

Também não sei a quem você se refere sobre ironias, eu falei sério… Agora, com todas as limitações do futebol japonês, o Kashima Antlers hoje não é pior que Jorge Wilstermann, Atlético Tucumán ou do que o atual Peñarol, e em determinadas ocasiões também precisamos de “prorrogação” pra bater nesses bêbados, então antes de olhar a calça rasgada do vizinho é melhor olharmos como nos vestimos.

O que eu quero dizer e você, Eduardo, parece não conseguir entender é que hoje, reconheço, parece impossível bater o Real Madrid, mas daqui a 6 meses tudo pode mudar. Essa é a história do futebol e você tem problemas com a História, já percebi.

Não teremos mais a reedição da final do mundial de 1951.
Juventus 1 x 3 Real Madrid.
22 minutos do 2o tempo.

Mais fácil a Juve virar que o Palmeiras vencer a libertadores jogando esse futebolzinho…

Caro Antonio torci pela Juventus hoje pensando numa hipotética final lá em Dubai.
A realidade bem verdadeira é que não temos futebol para vencer nem Atlético Mineiro e nem Coritiba na sequência do campeonato brasileiro.

Bem que a dona Leila poderia estar assistindo esse jogo entre Real Madrid x Juventus e aproveitar essa nova janela de transferências e contratar uns 2 jogadores de cada time….

Pra quê, pra chegarem aqui e virarem reservas do Felipe Melo e do Zé Rovéio porque o técnico não tem coragem de barrá-los? Deixe-os felizes por lá mesmo.

Ih! Acho que não teremos em Dubai a repetição do Mundial de 1951.
Tem um tal de Cristiano Ronaldo ai que não sabe brincar….

Caríssimos Eduardo e Gustavo, também fico p… com o modo como estamos jogando, mas o Cuca chegou há “apenas” ( digo entre aspas porque ele já conhece boa parte do elenco há tempos) 15 dias e o time perdeu duas peças ( Moisés e Jesus) que faziam a diferença toda! Tivemos pelo menos 3 meses de paciência com o Fraldão Sortudão, então eu acredito que dar mais uns 15/20 dias ao Cuca serão suficientes para ele: detectar quem não está sendo bom de grupo e afastar, montar o melhor esquema com as peças que tem, treinar os jogadores nesse novo esquema, por isso digo que agora é aguardar, mas fiquem certos , também estou agoniado de ver esses pontos perdidos agora e sei que farão falta lá na frente…

Entendi sua colocação, Marcelo. Entretanto, se amanhã contra o Galo ele insistir em jogar com Zé, Dracena e William de centroavante, vai parecer muito mais que quer impor suas convicções pela teimosia do que realmente encontrar o melhor time dentro do elenco que tem, e se isso acontecer já teremos desperdiçado três rodadas à toa. Acho que já houve tempo suficiente para ele perceber com quem não pode mais contar, seja física, moral ou tecnicamente. E com todo o respeito, já sabíamos que perderíamos o Jesus há praticamente um ano, se não há como substituir um jogador como esse (que não atuou num monte de jogos no BR-2016 nos quais praticamos um futebol muito mais decente que isso aí) deveria ser obrigação já ter desenvolvido um esquema sem ele, então essa para mim é a muleta mais perfeita para justificar a incompetência generalizada que impera no clube em 2017.

Sabe, eu penso que a única ajuda que um técnico pode dar dentro de campo é não atrapalhar. A grande virtude de um técnico, para mim, e aquele que sabe “fechar o grupo”. É pessoal mesmo, relacionamento. Fora isso são todos iguais. Não estou gostando muito desse novo Cuca. Muito se achão, querendo inventar, criticando (mesmo que indiretamente) os jogadores, com discurso derrotista. Mas, vamos aguardar.

E vamos lembrar que o Cuca nunca foi um mestre (trocadilho infame, eu sei…) no bom relacionamento de vestiário, em nenhum time no qual trabalhou, e não será agora no meio de tanta cobra venenosa que isso vai mudar.

Como o clima anda meio baixo-astral, recomendo ao pessoal que queira dar boas risadas acessar o portal do Uol. Uma das manchetes da seção de esportes destaca que um ex-jogador dos marginais fez o gol que eliminou o Tolima da Sul-Americana, o que seria uma “quase vingança”. Seria algo como dizer que ao ganharmos a medalha de ouro sobre a Alemanha (time olímpico reserva) “vingamos” os 7×1. Só rindo mesmo…

No Uol também o “grande colunista” Perrone citando a sua fonte Gilto Avalone (aquele mesmo conselheiro que entrou com uma denuncia na prefeitura sobre a derrubada de arvores na construção do Allianz). Além da raiva com este futebolzinho ridiculo jogado por nosso time , ainda temos que engolir certas materiais da imprensa sensacionalista. v.t.n.c.

Esse negócio da imprensa de que o time que mais investiu, time milionário tá enchendo o saco, tirando o foco dos jogadores. Agora, Zé Roberto (super choque) e Edu Dracena não dá mais. Mas o Cuca é fera, sabe o que faz, vamos dar tempo ao tempo.

Ano passado o Cuca teve 4 derrotas nos primeiros jogos, estudou os jogadores nesse período, afastou alguns que não faziam bem ao grupo ( troca com o cruzeiro), acertou o esquema ideal para aquilo que ele queria, cravou que seríamos campeões e fomos! Agora creio que devemos dar esse tempo a ele e aguardar como ele vai montar esse novo time, a hora é de aguardar…

Verdade. Só que esse ano ele tá com uma cara de que chupou limão, uma fisionomia de derrota, de quem não queria voltar. Tanto é que está choramingando que é muita pressão pra ganhar tudo, que o time está pior que o ano passado, e blá blá blá. Tá estranho.

A hora é de aguardar até mais ou menos o término do primeiro turno (quando supostamente haverá semanas livres para treinos, apesar de que sempre que isso aconteceu o time voltou pior) com o Palmeiras no meio da tabela repleto de resultados pífios, é isso? Aí, como num passe de mágica, vamos ganhar os 19 jogos do returno, porque até lá naturalmente o Cuca terá encontrado o time ideal no meio de tantos craques, e partir para o deca, correto? Só queria entender o “caminho das pedras”…

Você está insinuando que devemos trocar de técnico? Me diga então qual é a solução para o Palmeiras?

Quem está falando em troca de treinador? Tá maluco? O profissional (muitíssimo) bem remunerado foi contratado pra encontrar em meio a tantos recursos a melhor formação para que o Palmeiras tenha um time que minimamente mostre futebol e dispute de verdade as competições das quais participa. Competência para isso ele tem, mas se ficarmos apenas “aguardando” como foi sugerido, o campeonato chegará à metade com a gente na metade da tabela, aí em 2018 teremos todo o primeiro semestre pra nos dedicarmos apenas a Paulista e Copa do Brasil, é isso que você quer? A hora é de trabalhar, deixar de lado teimosias, rever conceitos, colocar pra ontem os melhores (técnica e fisicamente) em campo, cobrar dos jogadores empenho em todos os jogos, mandar embora (seja via janela de transferências ou via janela na parede mesmo) quem não estiver comprometido e não fazer cara feia quando for cobrado pela imprensa nem pela torcida. A solução para o Palmeiras é essa.

Exatamente oque eu pensei, lembrou o jogo da Ponte e olha que não era o mesmo treinador. Baitá má vontade.

Só que tudo isso passa por uma coisa simples e complicada ao mesmo tempo: Comprometimento. Pode treinar no esquema tático q for, pode botar os jogadores q quiser, se os caras não estiverem comprometidos, focados e não se doarem ao máximo em campo, não adianta nada. Parece clichê, e é, mas é isso. O começo de jogo ontem lembrou muito contra a ponte no paulista. Essa postura não pode existir. Enquanto os caras entrarem com essa moleza, soberba, indiferença , beijinho, melindre ou seja lá o que for, podem trazer uma mistura de gaurdiola/ Mourinho/ Ancelotti, que nada vai mudar.

A ideia do Cuca de jogar com 3 volantes eu até acho válida, mas não vai dar certo se o Jean estiver ali. O Jean é muito fraco, não tem poder de marcação e tbm não tem mais a saída de bola q o fez se destacar qdo jogava no SP. Hj , ou ele joga na lateral por falta de opção , ou vai pro banco. Eu reforçaria o meio campo com Thiago santos de primeiro volante, Felipe Melo de segundo pq passa bem , tem visão​ de jogo e sabe marcar e Tchê tchê como terceiro homem de meio q ajuda na marcação, chega como elemento surpresa ao ataque e cai pela direita trocando com o Jean as vezes pra confundir o adversário. O Tchê tchê pra mim é um jogador que devia jogar como o Elias jogava no Corinthians, como o Paulinho faz na seleção, como o Elano fazia no Santos. Pra mim ele tem potencial pra isso, só que no momento está perdido junto com o time e deve tbm estar com a cabeça nas nuvens com alguma proposta q deve ter chegado. Na armação , o Guerra e na frente Dudu e Borja q mesmo q não faça nada, só por ser centro avante já segura 2 zagueiros e os deixa preocupados. Willian como homem de referência é desperdício. Na minha cabeça , assim, o time fica mais forte , mais compacto e mais competitivo. Não consigo admitir q o Carile com Gabriel, Maicon, Romero e Jô consiga Formar um time melhor q o nosso. E por favor Mattos, se vire e traga um lateral esquerdo urgente, mas é urgente mesmo!

depois de 2 derrotas o esquema com 3 “volantes” não da, Melo e Tche e Jean de volantes é patetico

poe o veiga, poe o Hyroan, poe o vitinho mas tira o Jean ou tira o tche que não esta fazendo nada

A insistência na escalação do “BR” 42 beira a insanidade. Ontem todos sabiam que seria um jogo intenso, campo pesado, com chuva e o BR 42 joga os 90 minutos, se alguém entende isso, explique. O Cuca fecha o treino, faz mistério com a escalação e a “surpresa”: todos sabem quem será o lateral esquerdo e o quarto zagueiro e é por ali “que fazem a festa”. É algo inacreditável. Por que contrataram o Michel Bastos? Bom jogador, poderia jogar na meia (ou é melhor 03 volantes?) e na lateral, mas eventualmente entra em algumas partidas, alguém entende? Eu não.
Thiago Santos foi muito bem contra o Tucumán; contra as “meninas” não jogou; ontem não entrou jogando e quando entrou foi muito bem. Alguém entende? Eu não.
O Cuca precisa rever alguns conceitos, deixar de teimosia; achar que todos estão errados e ele é o único certo.

A impressão que eu tenho é que o Cuca não queria voltar ao Palmeiras, e que os jogadores não queriam que o Cuca voltasse. Espero estar enganado.

No começo do ano ouviu-se dizer que muitos jogadores queriam sair e resolveram ficar porque o Cuca saiu.
Agora, porque não queriam é que ninguém falou. Coincidentemente, Porpeta e Rafael Marques saíram agora.
O que tenho visto de diferente desse ano pro anterior, seja antes ou agora com o Cuca, é que temos tido muitos erros individuais.

Disse que a classificação estava por 1 gol. Foi o que aconteceu. Mas o time fez uma partida realmente ridícula. Os primeiros 30 minutos de jogo chegaram a me envergonhar como torcedor. Via em campo um time que se comportava como um clube pequenininho enfrentando um grande na casa dele. Como se o Moto Club estivesse tentando segurar o resultado em Porto Alegre. Vergonhoso! Cheguei a pensar: “esses caras sabem que estão vestindo a camisa do gigante Palmeiras?” Pela primeira vez percebi como torcedores de clubes como o Moto Club se sentem. Lastimável. Precisa ,melhorar muito!!!

Goleadas ridículas pra Mirassol, Goiás, Chapecoense, Vitória e Água Santa, jogadores como Misso, Rovílson, Márcio Careca, Adriano MJ e Florentín, técnicos do nível de Paulo Bonamigo, Marcelo Villar e Antônio Carlos Zago, dois rebaixamentos e uma série de eliminações bisonhas. Uma das coisas que eu senti com maior frequência neste século XXI foi como torcedores de clubes do tamanho do Moto Club se sentem…

Dalessandro joga muito, principalmente quando deixam ele livre de marcação como foi ontem.

A missão do Cuca é achar urgente um time titular sem tempo pra treinar. Díficil. Ver qual o jogador se encaixa na forma de jogar do outro. O time como ele mesmo disse é pior que o do ano passado. Moisés faz muita falta, porque marca e joga com a mesma eficiência. Sem ele vimos que o tche tche vira um jogador comum. Acho que todo o nosso problema esta no meio campo.
Felipe Melo bom jogador, lider, mas ja esta acima dos 30, é lento e junto com o tche tche que não marca ninguem, faz com que a defesa fique totalmente exposta. Time não marca, não mata uma jogada, explode tudo la atrás. O Cuca sabe disso e por isso está tentando arrumar esta deficiência e colocando o Jean no meio, mas não esta resolvendo. Não temos um segundo volante
reserva. Por incrível que pareça depois de milhões em contratações precisamos contratar se quisermos ganhar alguma coisa este ano. Tem que achar o equilibrio do ano passado, e tudo isso com os campeonatos rolando. É mais dificil ainda.

Precisavamos de um D’alessandro. Mesmo com 36 como joga o menino. Craque!

Me desculpem, mas até agora (e inclusive desde o 2º turno de 2016, depois de um jogo contra o próprio Inter, no Beira-Rio, pelo Brasileirão), em se tratando de ausência de bom futebol, não vejo diferença alguma entre Bap e Cuca. Continuamos não jogando nada e ganhando os jogos (e classificações) na mais pura sorte, na bacia das almas. O que está imperando é o “SanGennarobol”!

Infelizmente, não há como contestar isso. A diferença está apenas na postura de um cara muito mais vivido em relação a um novato que, extremamente pressionado, tentava passar a impressão de confiança exalando insegurança por todos os poros quando abria a boca. Dentro de campo viu-se pouca coisa que comprovasse o rótulo de “melhor elenco do Brasil”, indícios de “podem entregar as taças” ou justificativas plausíveis para tanto oba-oba, independentemente dos protagonistas dessa comédia trágica.

Ver o que está acontecendo todo mundo está vendo, precisamos saber se o Cuca está entendendo e como vai reagir. Alguns consumidores de alucinógenos que esporadicamente escrevem aqui, por exemplo, exaltando uma classificação injusta e responsabilizando arbitragens pelas dificuldades da equipe ou não assistem às partidas ou vivem em alguma dimensão paralela. Temos uma sequência terrível contra adversários cascudos e em alguns estádios nos quais quase sempre nos damos mal, se o time não se encontrar logo vamos perder pontos irrecuperáveis e em 2018 o elenco mais caro das Américas vai enfrentar no máximo o Boca Júnior de Sergipe, o River do Piauí ou o Penarol do Amazonas pela Copa do Brasil, porque nem vaga na Libertadores vai ter.

Dudu e R.Guedes muita tatuagens faz mal pro sangue e pro organismo.
3 volantes? Com Jean que não acerta um passe de 2 cm.
Fomos operados no Beira Rio, 2 penaltis e gol anulado, o calcanahr do Guedes estava um pouco afrente? Agente escuta isso dos comentaristas parciais e clubistas da imprensinha de gamba.

Depois de ontem vi que:

1- o Palmeiras bota medo mesmo nos adversários. Tava morto e o inter recuou depois do 2 a 0. E nos grupos de whatsapp os torcedores adversários falando que mesmo jogando mal o Palmeiras iria classificar.

2- Definitivamente Dracena e Zé devem ser apenas bons reservas, passando pro elenco, sobretudo os mais jovens, a experiência e liderança que têm.

3- Ruim com Borja, pior sem ele. Até porque sem ele em campo centralizam o William e acabam com o futebol dele, e ainda sobra vaga de titular pro Guedes.

4- Jean no meio também não dá. É lateral ou banco.

5- Cuca tá levando a sério a questão de treinar o time nos jogos. É um monte de experiência que, espero, faça o time se ajeitar.

6- Prass foi seguro ontem, Mina jogou muita bola novamente. Felipe Melo e Thiago Santos e Keno foram bem. Os demais foram abaixo do que se espera.

É preciso tirar o Zé do time urgente! Não dá mais, nem pra ele nem pro Dracena, Jean no meio tbm esquece, na direita ele já é fraco mas ainda consegue ser menos ruim q o Fabiano. Pro jogo do fim de semana acho q vamos perder de qualquer jeito pro Atlético, mas se fosse o Cuca montaria o time fechado pra sair no contra ataque igual o SP fez com a gente no Morumbi. Não se oq esses técnicos de hj tem contra o bom e velho 4-4-2. Prass, Jean, Mina, Antônio Carlos e Egídio; Thiago santos, Felipe Melo Tchê tchê e Michel Bastos, Willian e Borja. Esse seria meu time se Dudu e guerra realmente não tiverem condições. No mais é : seja o q Deus quiser.

Deus do céu, que time ridículo! Eu disse time? Contrataram, contrataram, contrataram e não conseguiram formar um time. Isso aí é um catado. Um misto de aposentados ( Dracena e Zé ), com uns desisteressados ( Tchê Tchê, Dudu, Roger Guedes, Jean ) um louco ( Felipe Melo ) e outros que são fracos mesmo ( Fabiano, Keno, Thiago Santos- esse apesar da raça.) Os caras hj qdo contratam jogador pensam em tudo, menos se ele sabe jogar bola. Jogadores sem personalidade, não conseguem trocar 3 ou 4 passes seguidos, não conseguem esfriar o jogo, segurar a bola no meio campo, não tem malícia, jogo de cintura, só chutão, loucura, correria e afobação…como disse um amigo aí… misericórdia!!! Que saudade do futebol de verdade. Não sou muito velho mas graças a Deus consegui acompanhar os anos 90. Hj em dia ta difíci heim….e os caras ganhando de 300 pratas pra cima. Absurdo!

O problema não está apenas na contratação, Philipe, mas na formação de jogadores. Poucos garotos que passam pelas categorias de base atualmente sabem jogar bola, vale mais o quanto o moleque é forte, alto, rápido e também a influência que o empresário dele tem nos clubes. O resultado é o que a gente vê por aí: jogadores tecnicamente fracos, mimados e sem responsabilidade, que depois do primeiro drible, do primeiro passe (que o pessoal hoje em dia chama de “assistência”…) e do primeiro gol já estão sonhando com o primeiro time da Europa em que vão desfilar. E isso só vai piorar.

Cuca foi a campo com a calça roxa e voltou com a cueca marrom.

Com uma coisa acho que todo mundo concorda (até o sempre ultra-otimista Reynaldo): considerando a qualidade do futebol apresentado nas últimas semanas e que não existe chavinha liga/desliga que faça time algum sair de sua letargia, neste momento nosso adversário das quartas de final na CB é o favorito, qualquer que seja o time apontado no sorteio da próxima segunda-feira. Como tanto favoritismo a nosso favor até aqui não serviu pra nada, quem sabe nessas condições o bom futebol finalmente apareça…

Com certeza, jogando este futebolzinho a imprensa vai começar a tirar nosso favoritismo.

Guedes só jogou bola com o Gabriel jesus do lado, com ele até eu com 51 anos jogava bem. No segundo gol dos caras ele foi cavar uma falta e no contra ataque levamos o segundo, no fundo é meia boca.

Precisa de reforço, não temos um grande armador , Guerra é mais ou menos, um bom reserva pro Borja e
um lateral esquerdo urgente.

Acertei não só o resultado, mas que o futebol seria pobre e, depois, quando o Renato estava à beira de um enfarte e arrancando os cabelos, cheguei a escrever que faríamos um gol na ca.ga.da, mas não há mérito algum nisso. O Palmeiras tem sido tão previsível e óbvio nestes últimos tempos que não precisa ser vidente, basta observar a escalação do time e a postura da equipe com cinco minutos de jogo.

Pra falar a verdade, acho que até aquele cara que escreve horóscopo pra jornal (tipo “dia favorável para os negócios, você conhecerá alguém, evite discussões”) acertaria que jogaríamos mal e que o gol só sairia na base do SanGennarobol…

Feliz pela vaga, mas ainda muito decepcionado com o futebol apresentado. O time do ano passado teria passado o rodo nesse fraco internacional. Não acho que o nosso gol foi contra, pareceu que foi do Tiago Santos mesmo, mas se tiver sido contra, eles marcaram os 4 gols do confronto. Muito pouco pra um time que é o atual campeão nacional. Precisa seriamente de alguma mudança de esquema ou de jogadores mesmo pra melhorar nossa produção ofensiva. O goleiro deles só foi trabalhar aos 13 do 2o tempo. Antes disso não tinha feito nenhuma defesa. E também gostaria de entender por que nossa defesa tem jogado tão mal. Não fazemos uma partida segura defensivamente faz tempo.

Parabéns a equipe do 3VV que já tinha alertado sobre o juiz, esse realmente esse veio a campo para prejudicar o Palmeiras (2 pênaltis claros e um gol discutivelmente anulado), ou seja, contra tudo e contra todos avançamos. Que agora o Cuca tenha tempo para ajustar o time.

Contra tudo e contra todos continuamos jogando a mesma b… e desviando o foco dos problemas reais.

Pior que aguentar o mesmo futebol chinfrim jogo após jogo é aturar ba.ba.ca oportunista, que só aparece em situações estratégicas sem nada de útil pra dizer e cantando de “palmeirense legítimo”. Na boa, Ricardo, cai fora.

A boa notícia é a contusão do Dudu…tá jogando nada e não ajuda na defesa, sem contar que é o primeiro da fila daqueles jogadores sem vontade. Agora o Cuca vai ser obrigado a montar o time sem ele, espero ver Michel Bastos e Raphael Veiga mais vezes no time agora.

Temos mais volantes no elenco………senão vamos entrar com 7 volantes contra o galo….

Pro pessoal que não aguenta mais o Prass fica a dica: colocar o Jaílson de titular e um volante na reserva dele…

Cuca é siperestimado. Técnico cheio de soluções arcaicas. O raio não vai cair duas vezes no mesmo lugar.

Perdemos um técnico inexperiente, que claramente estava sentindo a pressão de treinar uma grande equipe, mas com muito potencial e com uma equipe em evolução. Eduardo Batista era o futuro, tínhamos uma equipe que ainda não estava pronta, mas com potencial. Infelizmente, todos os problemas do clube a torcida canalizou pro técnico, e agora que o queridinho da torcida voltou de repente descobriram que o G. Jesus faz uma puta falta e o seu substituto caminha pra ser um flop colossal, que a má fase de jogadores como Tche Tche e Dudu não era culpa do técnico, que o problema da lateral esquerda não será solucionado facilmente, e por aí vai. O triste é que vai ser assim por um bom tempo, um clube montado no dinheiro mas sem paciência pra plantar as sementes certas, eternamente apagando incêndio.

Discordo totalmente. Temos o melhor técnico atualmente no Brasil. O problema são torcedores iludidos com o ” melhor time da america”, “vai ganhar tudo que disputar”. Isso é ilusão. Como o próprio disse: o time titular é pior que o do ano passado. E ele tem razão. Não tinha nenhum cara que desequilibrava, mas sim um conjunto forte, graças ao Cuca que conseguiu com tempo encaixar um time titular equilibrado entre defesa e ataque. Este ano não vai ter tempo para treinar e ele vai ter que fazer isso com o bonde andando. Dificil, mas acredito na capacidade dele, e com a chegada de uns 2 titulares. Agora comparar com o EB, pelo amor….

Passamos na sorte hoje. pura sorte. Se você ta feliz com isso, ta se contentando com muito pouco. Ate pq uma hora a sorte acaba.

É assim mesmo, palmeirense é aquele se contenta com derrota e futebol abaixo da linha da pobreza.

Pior que o futebol de várzea (servido por quilo e “a la carte”) jogo após jogo são os ba.ba.cas que aparecem de forma oportunista se vangloriando de serem “verdadeiros palmeirenses”. A teoria da evolução da espécie humana sempre esbarra nessas figuras. Aff…

Depende, Gustavo. O palmeirense com tacape na mão é esse que você descreveu, mas até na nossa espécie houve evolução.

Cuca precisa ser homem e afastar uns dois ou três, dos muitos que não estão jogando nada.

Prass fez uma grande defesa. Mina jogou bem. Felipe Melo, Keno e Thiago Santos também. O resto, misericórdia. E Cuca foi o pior. Escalação ridícula, escolhas erradas. O que o Michel Bastos fez pro Cuca?

Se não contratar um camisa 10 que saiba jogar, além de mais um centroavante e aposentar Z~e Roberto e Dracena estamos mortos. Os dois gols saíram em cima do vovô que precisa jogar de bengala. Dracena andou no campo. A nossa sorte é que enfrentamos uma piada que sei lá se vai subir , caso contrário
estaríamos fora. Time toma gol todos os jogos e dificilmente faz, lamentável.

Vou começar a rezar muito pra ver se o Cuca coloca esse time novamente nos trilhos. Boa noite a todos.

time bizarro, ta na conta do cuca

3 volantes com o possante jean jogando nada

Chupa, gauchada. Nosso time tava horrível, mal escalado, o juiz roubou o quanto pode, mas vocês vão continuar a série B.

gol de pura sorte do único que deu sangue dentro de campo.

Não tem nada o que comemorar. Foi na sorte hoje. Futebol minúsculo. Ridículo. Se não melhorar muito, mas muito mesmo, é vexame em breve.

Você escreve pouco, Daniel, mas percebe-se que não é palmeirense de ocasião, daqueles que só acompanham tabela de classificação pra comemorar três pontos e dane-se o resto, tampouco o tipo que se conforma, independentemente do tamanho do investimento, com a qualidade rasteira do futebol apresentado, que no final das contas é o que conta nesse esporte. Deveria aparecer mais vezes aqui no 3vv, a “Liga Anti-mediocridade” agradece.

Se quiser chegar na final e ser campeão, tem que mudar a postura desde já.
Classificou-se na base na cagada.

O time parece um catadão em campo. Um show de horrores. Que a vaga não mascare o futebol ridículo que jogamos hoje.

Toda hora na moderação? ?? Não to xingando ninguem. So to falando a verdade. Nao jogamos absolutamente nada hoje!

Não sei por que cai na moderação Daniel…. com alguns amigos acontece isso.

Demos dois chutes no gol. Achamos um gol em.um verdadeiro milagre. Se não melhorar rápido, o ano vai ser desastroso.

Estão devendo.
Eu não estou feliz com esse time.
Se classificar com derrota, qual o sabor disso?

Pior é que daqui a pouco virão uns fantasmas aqui no site dizer que o Palmeiras jogou bem, que o Cuca jogou com o regulamento e administrou a vantagem, dentre outras barbaridades.

Hoje até esses fantasmas estão unânimes.
Time ridículo.
Fraco.
Classificou-se por pura sorte ou cagada.
Comemorar classificação com derrota?

Nunca vou torcer contra meu time. Mas se continuar jogando assim, vamos passar o ano em branco e com grande chance de vexames. ACORDA PALMEIRAS! POHHHHAAAAA!

Felipe Melo 900 mil
Dudu 450 mil
Prass 350 mil
Cuca 650 mil
E o futebol oferecido é esse.
Como somos torcedores idiotas ficamos aqui torcendo feito tontos.

O futuro promete ser muito triste. Nao da mais para entender o que acontece. To sem palavras. Voltou o chutao. Time sem vontade e vergonha na cara.

O interino do inter só fez o que a torcida queria…..o Cuca só deixou a gente brava…

Os comentários estão desativados.