Pós Jogo Inter 2×1 Palmeiras: que sufoco!

O Palmeiras perdeu para o Internacional por 2×1 no Beira Rio. Mas no resultado combinado conseguiu passar para as 4as de final da Copa do Brasil.

Mas foi no sufoco!

O Palmeiras veio escalado com Prass, Fabiano, Mina, Dracena e Zé Roberto; Felipe Melo, Tchê Tchê e Jean; Roger Guedes, Willian e Dudu. Mas o time jogou mal. Muito mal. Os primeiros 10 minutos lembraram a partida contra a Ponte Preta. Os colorados jogavam na pressão no campo palmeirense. E o time estava apático, errando passes fáceis, com alguns jogadores – como Dracena e Jean – cometendo erros infantis. O Inter teve três chances e na terceira fez 1×0.

Aí os gaúchos recuaram. E o Palmeiras equilibrou. Mas ainda jogava mal. Não criava. Willian, Guedes, Dudu, não conseguiam levar perigo. Jean muito mal em campo. Tchê Tchê não aparecia. Aí Dudu se contundiu. Cuca colocou Keno. Ineficaz.

Veio o 2o tempo. O time melhorou um pouco. Saiu Dracena com um amarelo e jogou muito mal. Foi Felipe Melo para a zaga e veio Thiago Santos. Mas logo o Inter fez 2×0. Guedes perdeu uma bola no ataque e o inter veio pelo lado esquerdo da defesa palmeirense (Zé hoje também deixava muitos espaços nas costas) e tomamos o segundo gol.

Borja entrou no lugar de Guedes. O time foi pra cima no bumba meu boi. Willian botou uma bola na trave. E na base do chuveirinho, um gol salvador. Jean cruzou e Borja cabeceou e bateu em Thiago Santos. Gol! E a classificação.

Ah! Dois penais não marcados pelo árbitro Ricardo Marques Ribeiro (avisamos no pré jogo; veja aí abaixo). E um impedimento duvidoso de Roger Guedes que seria o gol de empate palmeirense.

O Palmeiras cansou de perder partidas e classificações jogando bem. Hoje jogou mal e se classificou. Futebol é isso. Cuca fez sua 6a partida. Que a partir da sétima o Palmeiras comece a jogar a bola que o torcedor espera.

Saudações Alviverdes!

***

PRÉ JOGO

O Palmeiras pega o Internacional nesta 4a feira, às 21h45, no Beira Rio. É a segunda partida das oitavas de final da Copa do Brasil.
Na partida de ida o Verdão ganhou por 1×0 no Allianz. Empate ou derrota por 1 gol (desde que o Palmeiras marque ao menos 1) classificam o Palmeiras em Porto Alegre.

O ADVERSÁRIO

O Inter passou por uma pequena crise nos últimos dias. Zago perdeu o emprego. Guto Ferreira foi contratado mas não sentará no banco hoje. O time colorado será comandado pelo auxiliar Odair Hellmann e tem três desfalques: Marcelo Lomba (em recuperação de lesão na coxa), Keiller (sofreu luxação no cotovelo) e William Pottker (não pode atuar na Copa do Brasil).

Do resto, vem com o time completo e é franco atirador. Jogo de risco!

O VERDÃO

Depois da derrota (argh) no último sábado, Cuca terá quase time completo. Guerra é o desfalque das últimas partidas. Nem viajou. Dracena e Zé Roberto voltam.

Assim o treinador deve vir com Jean. A dúvida é se ele vai com Jean na meia ou na lateral e se entra com Raphael Veiga no lugar de Guerra.

A redação do 3VV jogou búzios hoje pela manhã e chegou ao seguinte time que deve entrar em campo:
Prass, Fabiano, Mina, Dracena e Zé Roberto; Felipe Melo, Jean, Tchê Tchê; Roger Guedes, Borja e Dudu.

Mas olho que Raphael Veiga pode entrar nesse time.

ARBITRAGEM

Ricardo Marques Ribeiro (FIFA), auxiliado por Marcio Eustaquio Santiago e Pablo Almeida da Costa.

Pior que esse só se fosse o Simon. Pelo menos no retrospecto. Apitou 14 partidas do Verdão, com apenas 4 vitórias e 7 derrotas. Somente contra o Inter apitou duas vezes, as duas em 2014, onde perdemos as duas. Ok ok que naquele ano o time era horrível. A favor do árbitro pesa o fato que apitou a final da Copa do Brasil de 2012 contra o Coritiba lá no Couto Pereira quando fomos campeões.

De qualquer forma… olho nele também.

RETROSPECTO

Não perdemos desse time desde 2015. Nas três últimas, com Cuca, ganhamos as três.
Não vale a pena olhar o retrospecto geral.

***

Vamos pra cima. Jogo pra ter ao lado Rivotril, desfibrilador e um bom vinho.
Saudações…