Categorias
Libertadores 2017

Libertadores 2017: Palmeiras pega o Barcelona pelas oitavas

O Palmeiras pega o Barcelona Guaiaquil nas oitavas de final da Copa Libertadores.
A primeira partida é no Equador.
A chave do Palmeiras tem Santos (ou Atlético PR). Chegando nas semifinais pode pegar o Grêmio.

Do outro lado estão River e Atlético MG.

E aí: o que achou?

60 respostas em “Libertadores 2017: Palmeiras pega o Barcelona pelas oitavas”

Esqueceu do segundo amarelo que não deram pro lateral dos gambás quando matou um contra ataque
e o jogo estava 0 X 0.

Por causa desses escândulos de arbitragens e favorecimentos de tv a determinados times já não assisto seleção brasileira,.Mas o Palmeiras? Se continuar essa palhaçada toda no futebol, o Paraíba para de vez.

O jo atacante gamba faz falta no zagueiro, segue a jogada, faz o gol em posição irregular, a imprensinha de gamba querendo fazer lavagem cerebral no telespectador, insistindo em gol legal, filhinho da mamãe grobo sempre tem que ser ajudado pela arbitragem e protegido pelos torcedotes travestidos de jornalistas.

Precisamos prestar atenção na fala do seu Cuca, ele deixando claro que ganhar o brasileiro não é o foco, quer chegar entre os 4 no brasileiro e ganhar a Liberta, se possível também ganhar a Copa do Brasil e para alcançar estes dois objetivos vai usar o Brasileiro de campo de provas, podemos até questionar a estratégia, mas foi o que a comissão técnica decidiu, então não adianta ficar p… com.os resultados até porque é mais ou menos isso mesmo que vai rolar até o time se encaixar! Estamos colhendo os frutos da saída do seu Cuca no fim do ano e a vinda do Batista com uma proposta totalmente distinta do que já havia sido feito, coisas do futebol! Hoje vamos ganhar !

Em tempo, acabou de sair na Fox que o seu Cuca declarou claramente a meta no Brasileiro e mesmo ficar entre os 6! Na Libertadores “só” o título, eu acho que vale a pena tentar !

Boa estratégia pra aliviar a pressão. Vai funcionar à medida que avançarmos na Libertadores e na CB. Se no final de julho só tivermos o Brasileiro pra disputar (difícil mas não nada impossível) e estivermos na metade de baixo da tabela jogando essa bolinha chocha à base de Cucabol, vai ter que inventar outro discurso.

Time de bost@…mandam todos os jogos no Pacaembu. Pq não joga contra a gente no Pacaembu tbm?

Seria torcida única do mesmo jeito, e eles não perdem no Pacaembu faz tempo. Pelo menos na Vila, de vez em quando na base da khda ganhamos ou empatamos, mesmo sem jogar b… nenhuma, também do mesmo jeito.

E o jogo de ida deles contra Cap do Bap, pela Libertadores, não será na Arena da Baixada. Opções: Vila Capanema, Couto Pereira (muito improvável), Arena Joinville ou Estádio do Café.

Dificilmente o CAP mandará o jogo aqui em Londrina, porque jogará com torcida contra.
Se não for no Couto Pereira (as diretorias de CAP e Coxa estreitaram ligações recentemente por conta da briga contra a globo) provavelmente deve ser em Joinville.

Pergunta pra algum Santista amigo seu ( que seja consciente, e não torcedor doente ) onde ele prefere que o Santos mande os jogos contra o Palmeiras?

Meu irmão é santista, está longe de ser fanático mas prefere sempre a Vila. Para o torcedor que mora na capital acho que é a única chance de ver o Santos encher um estádio. Por que o CAP do Bap não poderá mandar seu jogo na Arena?

Amanhã não pode entrar com Maike, alem de lento e mole , ele é um pé frio…jogou 3x , perdeu 2 e empatou uma…nunca ganha…

Olha as Sereias sendonbeneficiadad de novo. É disparado o time mais ajudafo do Brasil, não à toa está sempre chegando nas competições.

O Palmeiras tem sido uma ameaça de algumas pessoas com muito dinheiro, cartolas e profissionais de qualidades medianas tentando fazer um time de futebol. Esse Palmeiras que está aí não é mais que isso.

Ficamos na chave mais dificil, mostrando que gastamos a sorte ficando num grupo ridiculamente facil. Acho bem dificil o titulo, sendo imparcial. Se chegarmos a semifinal (e conquistarmos a vaga pra Libertadores ano q vem) sera um ano “ok”. O que nao da é pra fazer essas coisas continuando com essa futebolZinho…

Tem 3 jogadores pra ser inscrito, pra mim vai ser Juninho,Bruno Henrique e atacante, se não vier será Moisés…..pelo menos o pé frio do Maike não vai jogar…

Bons ventos, diminuíram a pena do Felipe Melo pela metade! Agora vamos pensar positivo, pegar um axé e mudar nosso rumo no brasileiro!

O Palmeiras vai crescer na hora certa, que é agora, porque tem elenco e, principalmente, um técnico que sabe montar um time. Inclusive o – estranho – perfil do Cuca é exatamente esse. Quando chega a um clube (sempre) começa muito mal mas depois ele faz o time se encaixar e aí a equipe se torna uma equipe bastante competitiva. O time já está dando sinais desse encaixe. Em Santos, por muito pouco, o Palmeiras não conseguiu um resultado expressivo, não fossem os erros da arbitragem e a ótima atuação do goleiro adversário. O Palmeiras levanta voo já, já. É iminente.

E quando estiver bem lá em cima, vai topar com alguns torcedores que estão viajando na maionese faz tempo… Falando sério, caso o Palmeiras ainda queira levantar o deca nesta temporada, precisará fazer o que ninguém fez em 552 rodadas de Campeonatos Brasileiros por pontos corridos disputadas entre março de 2003 e dezembro de 2016: tirar doze pontos de diferença para a liderança e terminar campeão. Mas o que me preocupa mesmo é outro dado: de 33 equipes que tinham sete pontos em sete rodadas nesses 14 campeonatos citados, somente nove terminaram entre os seis primeiros, e outras nove foram rebaixadas. Sim, são apenas números e estatísticas, que estão aí para serem superados, mas não ignorados. Ficar sem vaga na Libertadores em 2018 com a folha de pagamento que o Palmeiras tem fará com que a filosofia de austeridade do Mustafá volte com força total. E nem vamos conseguir voar mais pois provavelmente as viagens serão de ônibus.

Sobre o Cuca, não desejo sua saída, mas como todo mundo já percebeu ele não tem super poderes. E não é “sempre” que faz seus times jogarem de forma encaixada e competitiva. Deixou o Grêmio (que acabaria caindo) na lanterna em 2004, ficou dois meses no Flamengo em 2005 sem fazer diferença, teve passagens pífias por Santos e Fluminense em 2008 e foi eliminado em duas Libertadores pelo Once Caldas (SPFC em 2004 e Cruzeiro em 2011, quando tinha a melhor campanha da fase de grupos e perdeu em casa depois de ganhar fora). E não vamos esquecer que caso o goleiro Vítor calçasse um número menor de chuteiras o Galo teria sido eliminado pelo Tijuana em 2013. É competente e trabalhador? Muito. Sabe montar times? Quase sempre. Consegue ter liderança sobre o elenco e sabe administrar crises? Raramente. É infalível? De jeito nenhum.

Entendo o comentário do Reynaldo. Os bons profissionais evoluem. O Cuca também. Ele obviamente não está falando do Cuca “histórico”, está falando do Cuca “hoje”. E, hoje, ele é sim um ótimo técnico, que sabe – sim – montar um time. Não faz sentido levantar fracassos do Cuca de não sei quantos anos atrás, porque o futebol é dinâmico, e o Cuca de hoje não é aquele, é um técnico muito melhor.

Não vi evolução nenhuma no Cuca. Vi “involução” do 1° turno de 2016 (a fase da tentativa de jogar um bom futebol) para o 2° turno (a fase de jogar apenas pelo resultado) e consequentemente para hoje, depois do retorno, em 2017 (a fase lunática, das invençôes, dos delírios). Só espero que dê certo, nem que seja só na Libertadores. Que pelo menos treine bolas paradas e, primordialmente, pênalt, para empatarmos e passarmos de fase.

Agradeço a consideração em tentar desmerecer meus comentários, Fábio. Infelizmente essa tentativa foi malsucedida, pois coloquei a observação de forma bem clara pra quem quiser (e sabe) ler: ele é sim muito competente, mas está longe, muito longe de ser esse treinador incontestável. É bem diferente, por exemplo, de uma pessoa tentar convencer que o Bap é o técnico ideal com base em estatísticas colocadas de forma propositadamente descontextualizadas. A argumentação foi feita simplesmente em cima da afirmação de que ele SEMPRE começa mal e termina bem em TODOS os trabalhos que faz, e isso evidentemente não é verdade. Se quiser brigar com os fatos, fique à vontade e boa sorte.

Já que o tópico é de Libertadores, não podemos esquecer que hoje faz dezoito anos da nossa conquista.

Lembro de um curintianu, com a camisa Corinchester, metade curintia outra metade manchester, comprada nessas vendas de bancas piratas, antes da final no Japão, no ano seguinte curintianus com camisas metade curintia e outra metade boca, teve muitos curintianus que tatou o Riquelme na bunda e tambem colocou o nome do filho de Riquelme, esses antis são engraçados . Essa época foi muito boa!

San Lorenzo do Papa X Nacional paraguaio, River Plate “pimenta nos olhos dos outros” X Tigres mexicanos (miau), Nacional de Medellín X Sucos Del Valle. Essas foram as últimas três finais de Libertadores, jogos absolutamente impensáveis quando terminadas as respectivas fases de grupos. A torcida será pra que o Palmeiras chegue à final, mesmo que avance até ela com 3 decisões por pênaltis (em 2001 quase fomos ao Mundial desse jeito) e de preferência enfrentando o Emelec desfalcado. Mas hoje isso parece difícil.

Em 2000 na final diante do boca, no panettone , o árbitro não deu penalti claríssimo em Faustino Asprilla, iria fazer o gol título o Cordoba já caído

Em 2001, na Argentina, no primeiro jogo da semi final, o Robaldo Aquino não penalti clamoroso pro Palmeiras, e inventou um penalti inexistente pro boca, no segundo jogo, no Parque Antarctica,o juiz expulsou um jogador do Palmeiras logo aos 5 minutos de jogo,mesmo perdendo por 2 a 0, o Palmeiras leva pra decidir no penais.
Palmeiras se não a arbitragem era Tri da Libertadores.

Fomos roubados na Bombonera tanto em 2000 quanto em 2001. Na semifinal de 2001 disputada aqui, no entanto, o Raquelme jogou muito, o Alexandre (protagonista no rebaixamento do ano seguinte) foi expulso de forma infantil mas ainda assim fomos buscar o empate. Eu estava lá, foi a última vez em que fui ao estádio solteiro.

Esses dias assistindo vídeos no youtube, tava lá Palmeiras e boca, final da Liberta 2000, quando acabou esse jogo naquele ano, meu Pai chorou muito, da um desconto que ele tava bêbado, faltou até do serviço pensando que o Palmeiras seria Bi da libertadores, acabei não assistindo o vídeo, essas recordações mexe comigo, ver esse vídeo da vontade de chorar.

Verdade. E essa, daqui pra frente, é a única competição que vou me preocupar mais com o resultado, do que com o futebol. Temos que ganhar de qualquer jeito e quem sabe dar a khgada histórica de levar o mundial no fim do ano. Só falra isso, esse título pra eu nunca mais me preocupar com resultado algum, só bom futebol.

Prass, Jean, Mina, V. Hugo e Zé; Moisés, Tchê Tchê e CX; Dudu, G. Jesus e R. Guedes.
Este era o time base do Palmeiras ano passado.
Com a chegada do estagiário no começo do ano, pensou-se em mudar a forma de jogar, de acordo com o pensamento do estagiário. Vieram F. Melo, Guerra e Borja, que, em tese, encaixariam nessa nova forma de jogar.
O estagiário não conseguiu fazer o time jogar e foi embora. Trouxeram de volta Cuca, que joga de forma totalmente oposta ao estagiário.
Cuca, sem tempo pra treinar no CT, treina em campo. Imagina-se que colherá os frutos na frente.
E eu acredito que ele faz isso agora respaldado pela diretoria.
Hyoran e Veiga não vieram pra ser titular agora. Juninho a mesma coisa.
É óbvio que frustra a torcida, que esperava uma máquina jogando este ano. Mas a matéria prima no Brasil é pobre.

“Cuca, sem tempo pra treinar no CT, treina em campo. Imagina-se que colherá os frutos na frente.
E eu acredito que ele faz isso agora respaldado pela diretoria.” –> Concordo plenamente. Acho até que a Diretoria e a Comissão Técnica partem do seguinte pressuposto: é impossível “disputar para ganhar” todos os campeonatos. Pouquíssimos times no planeta conseguem isso, para não falar que são dois ou três. Como discurso, ok, ninguém vai falar que o Palmeiras vai deixar de lado alguma disputa. Mas, internamente, dá para notar claramente que o Brasileirão não é a prioridade em 2017. É um laboratório de luxo para experiências. Os erros aos montes que acontecem em treinos, e de que normalmente a gente não tem conhecimento, agora são expostos duas vezes por semana diante da torcida e imprensa. A gente sofre com isso, mas esta é a estratégia. Espero que estes “treinos” dêem algum resultado nos mata-matas, que não são totalmente imprevisíveis: quem está com um time bem estruturado em campo e praticando um futebol melhor tem obviamente mais balas na cartucho. Também espero que os reservas se entendam melhor em campo quando forem escalados no Brasileirão, para irmos escapando da zona do perigo.

A capa do UOL exibe profeticamente o campeão da Libertadores de 2017.

Bom, se por um acaso não conseguirmos enfrentar o Real Madird no mundial, pelo menos podemos bater no peito e dizer que eliminamos o Barcelona. De Guaiaquil. Ou será que não podemos, heim Tijuana?

A trajetória na Libertadores erá dura para o Palmeiras. O Barcelona fez boas partidas na fase inicial, achei a torcida deles bastante empolgada em casa. Se passarmos,pegaremos Santos ou Atlético-PR, e na semifinal, Grêmio, Nacional ou Botafogo. Final da Libertadores? Palmeiras x River Plate. Grande clássico sulamericano.

Havia comentado aqui que só voltaria a participar do 3vv em novembro , de fato , farei isso sim , só estou entrando aqui hoje após essa derrota para o Santos para dizer que o Palmeiras perde para ele mesmo.
Isso impressiona.
Como pode um time campeão em 2016 ser desmantelado dessa forma ?
Um time sem vontade , sem alma.
Esse ano de 2017 pra mim já acabou. Resta torcer pela permanência na série A.
Libertadores e Copa do Brasil será questão de tempo , as eliminações serão eminentes.
Boa sorte a quem vai continuar por aqui no 3vv.

Ainda tenho esperanças, embora esteja difícil. É inacreditável e inaceitável a não contratação de um lateral esquerdo, no mínimo. Acho que da pra passar pelo Barcelona e pelo santos, até a semifinal muita coisa pode mudar. Mas pra chegar lá tem que fazer uma coisinha básica que ainda não foi feita esse ano. Jogar bola.

Não foi feita neste ano nem em boa parte do ano passado, Paulão, mas a maioria do pessoal (lá no Palmeiras e na torcida, como a gente consegue perceber pelas manifestações de especialistas por aqui) não parece estar preocupada com isso, basta ganhar três pontos com gol de Cucabol e está tudo bem, quem não gostar disso é corneta, mala e não entende nada de futebol.

Se jogar como jogou as últimas 6 ou 7 partidas, perde as duas pro Barcelona e o ano acaba em julho. Se o time está tirando o pé no Brasileirão pra jogar com tudo na libertadores, aí temos chances, mas caso aconteça a eliminação o ano acaba em julho. Planejamento zero esse Palmeiras 2017.

Esse time do barcelona de Guayaquil é fraquinho, a equipo de Palmeiras classifica com os pés nas costas.

Paraíba, sugiro a você que procure no youtube ou similar o jogo que o Barcelona fez contra o Botafogo no Engenhão. O time equatoriano tem um atacante extremamente rápido e ágil (não vou lembrar agora o nome dele) que acabou com o jogo. Em casa eles não são uma maravilha (assim como também não somos), mas imaginando uma partida em condições parecidas com as quais o Palmeiras já jogou no Allianz este ano, se botarmos nossa defesa centenária pra combater esse ataque rápido deles, o máximo que vamos conseguir será um pé um pouco abaixo das costas, na chamada região glútea, com uma eliminação vexatória.

Kkkkkk Acredito na classificação do Palmeiras, agora se continuar com 3 zagueiros/volantes, podem cancelar a viajem pra Abu Dabi.

Quem manda no Palmeiras? É urgente tomar providências, sob pena de perder o ano.
Mattos e Cuca precisam ser chamados a atenção pelas besteiras que estão fazendo, jogando dinheiro fora.
Aos fatos: 1) Contratação de 02 laterais reservas do Cruzeiro (indicações do Cuca); 2) 15 milhões gastos com Rafael Veiga e Yoran (indicações do Cuca) que não jogam; 3) Contratação de Michel Bastos (alto salário) e também não joga; 4) Cuca faz “experiências” e o Zé 42 se não for lateral joga no meio, acredito ainda que logo será escalado como centroavante; 5) “O melhor elenco do Brasil” não tem lateral esquerdo que preste e improvisa um zagueiro; 6) “O melhor elenco do Brasil” não tem centroavante reserva, joga Willian com 1,12 m. entre zagueiros com 2 m. e dá-lhe cruzamentos aéreos.
Bagunça total. Providências já!!!!!

João Pedro e Victor Luís ambos prata da casa, jogam mais que essas tranqueiras que estão jogando de lateral no Palmeiras.

Infeliz e surpreendentemente, isso é a mais pura verdade…

Duro vai ser jogar a libertadores e copa br lutando pra nao cair no brasileiro e vendo os gambás com 12 pontos na frente com 40% da nossa folha salarial.

Não tem jeito, antes de pegar o Real Madrid vamos ter que passar pelo Barcelona. Não perder lá em Guayaquil já será metade do caminho.

Os comentários estão desativados.