Pós Jogo Barcelona EQU 1×0 Palmeiras: derrota amarga

O Palmeiras perdeu para o Barcelona do Equador em Guaiaquil nesta noite de 4a feira. Foi 1×0. O gol saiu aos 46 minutos do 2o tempo em um chute fraco de fora da área que bateu em Bruno Henrique, passou por baixo das pernas de Thiago Santos e entrou vagarosamente no canto esquerdo de Fernando Prass.

Resultado absolutamente amargo. Seja pela (pouca) qualidade do adversário, seja pela partida feita no 1o tempo, onde o time controlava as ações do adversário, e teve uma chance real de gol nos pés de Willian em passe de Dudu.

No 2o tempo tudo mudou: o time do Palmeiras jogou muito atrás e o Barcelona atacou pelo lado esquerdo da defesa palmeirense. Cuca mexeu. Tirou Zé Roberto (cansado) e colocou Roger Guedes, recuando Dudu para o meio. Depois tirou Dudu que também não vinha vem e colocou Michel Bastos. Não adiantou. Depois tirou Borja – muito mal – e colocou Keno.

Guedes colocou mais velocidade. Mas ninguém armava. Bastos entrou mal. O Barcelona dominou o segundo tempo praticamente todo. E no final impôs o castigo ao Palmeiras. Em um chute de fora da área despretensioso, o gol.

Agora o Palmeiras precisa vencer em casa por 2 gols de diferença. Se ganhar de 1×0, penalidades. Allianz vai ter mais emoção do que se esperava nessa fase da Libertadores.

Se o Palmeiras jogar como se espera de um candidato ao título da Libertadores, ganha sem dificuldades. Mas vai ter que fazer bem mais do que nesta fria e amarga noite de quarta-feira.

Vamos em frente. Saudações!