Brasileiro 2017: treinadores!

O Campeonato Brasileiro 2017 encerrou a 25a rodada.
Vamos a algumas notas sobre treinadores.

***

Rogério Micale foi demitido no Atlético MG depois de 9 rodadas e conquistar apenas 41% dos pontos disputados.
Seu antecessor – Roger Machado – tinha dirigido o Galo por 15 partidas e seu desempenho era de 44%.
Foi o 34o treinador que trabalhou nas 20 equipes (isso sem contar os interinos).

***

Por falar em treinador, apenas 7 “professores” (!!!) começaram o campeonato no mesmo clube e continuam por lá:
– Fabio Carile – 72% de aproveitamento;
– Cuca e Renato Gaúcho – 57% de aproveitamento;
– Jair Ventura e Mano Menezes – 53% de aproveitamento;
– Abel Braga – 41%;
– Claudinei Oliveira (Avaí) – 40%.

Isso é que é resiliência.

***

Treinadores que foram demitidos com mais de 40% de aproveitamento:

– Zé Ricardo (demitido do Flamengo, 19 partidas): ganhou 53% dos pontos disputados;
– Eduardo Baptista (demitido do Atlético PR, 10 partidas): ganhou 50% dos pontos disputados;
– Vagner Mancini (demitido da Chapecoense, 11 partidas): ganhou 42% dos pontos disputados;
– Pachequinho (demitido do Coritiba, 15 partidas): ganhou 42% dos pontos disputados;
– Milton Mendes (demitido do Vasco, 19 partidas): ganhou 42% dos pontos disputados;
– Rogério Micael (demitido nesse fim de semana do Galo, 9 partidas): 41%.

***

Vagner Mancini parece o caso mais curioso: foi demitido da Chapecoense após 11 partidas quando tinha 42% dos pontos disputados. Está hoje no Vitória e venceu 63% dos pontos disputados.

***

Já a Chape contratou Vinícius Eutropio que treinou o time por 12 partidas e ganhou 32% dos pontos disputados. Foi demitido há duas rodadas.

***

Aliás, apenas dois treinadores com menos de 40% dos pontos continuam no cargo:
– Marcelo Oliveira, Coritiba, 9 jogos, 30%.
– Vanderlei Luxemburgo, Sport, 22 jogos, 39%.

***

Outros treineiros:
Reinaldo Rueda chegou no Flamengo e no Brasileirão disputou 5 partidas e venceu 66% dos pontos que disputou.

Levir Culpi no Santos ganhou 61% dos pontos.
Seu antecessor, Dorival Jr, disputou 4 partidas no início do campeonato pelo Santos e ganhou 25% dos pontos. No SPFC está há 13 jogos e ganhou 44% dos pontos.

Marcelo Oliveira, no Coritiba, depois de 9 jogos, tem desempenho pior que o demitido Pachequinho (30%).

Fabiano Soares é outro destaque no CAP. 13 partidas e aproveitam49% dos pontos disputados.

E por último na tabela e no post, mas não menos importante, uma surpresa: João Paulo Sanches, do Atlético GO, ganhou 51,5% dos pontos disputados em 11 partidas pelo CAG. Está entre os 10 melhores treinadores por desempenho no Brasileiro.

***

Conclusão! Conclusão?
O 3VV deixa para sua qualificada audiência.

Saudações Alviverdes!