Categorias
Brasileiro 2017 Resenha dos Jogos

Brasileiro 2017 Vitória 3×1 Palmeiras: melancólico

O Palmeiras perdeu para o Vitória na noite de 4a feira no Barradão por 3×1. Foi uma partida melancólica.

O maior orçamento de contratações do futebol brasileiro em 2017 não conseguiu colocar um time competitivo para vencer o virtual rebaixado e pior desempenho como mandante do campeonato. Jogando mal, sem motivação, o time foi dominado e pouco perigo levou aos baianos.

Nada mais a comentar.

Agora é esquecer 2017 e esperar mudanças radicais para 2018.

Saudações Alviverdes!

278 respostas em “Brasileiro 2017 Vitória 3×1 Palmeiras: melancólico”

Bom dia.
Uma pergunta ao administrador do 3vv.
A participação de nós torcedores por aqui é relevante em alguma coisa?
Tem ajudado o clube ?
Ou é apenas um canal para desabafos?

O Valentim não serviu pro Red Bull vai servir pro Palmeiras, segundo estagiário do ano.

Esse galinhote é um b o c ó mesmo, agora que o campeonato acabou ele vai cobrar o elenco. É o Tirone
segundo.

Pois é, chamavam o Tirone de banana. O Galiotte está indo pelo mesmo caminho. O Tirone seria banana nanica e o Galiotte?

Banana descascada. Mas é bom lembrar que se trata apenas de mais um fruto exótico em meio a outras aberrações da natureza nessa plantação chamada Palmeiras.

Mancini é bom treinador mas não tem pulso com os jogadores comuns imaginem com estrelas que se acham.

Egídio foi resolver problemas particulares e só se reapresenta na segunda feira ( me engana que eu gosto ). O fato é que ele é terrivelmente ruim e é o titular do time. E agora quem entra? Zé 43? Migué Bastos? Que baita elenco heim amigos!

Na Espn tem o vídeo do torcedor elogiando o Egídio : ” Egídio seu ruim , joga bola ” , aí o lateral apelou . Libertadores com esse elenco, não passa da primeira fase.

Então, é trocar m.erd.a por b.os.ta, e bo.st.a por coc.ô. O Egídio não tem culpa de ser ruim, e nem o Valentim de ter três laterais-esquerdos, mas não ter nenhum. #liscadoido

Atitude de Covarde desse Egídio, não é atoa que o número de sócio Avanti a cada dia diminui, jogadores com o caráter do Egídio tá cheio no elenco do PALMEIRAS.

Felipe Mello nunca jogou nada em canto nenhum. Além de tudo e desagregador.

Mancha Verde exaltando FM; um cara que só trouxe prejuízos ao Palmeiras; só aprontou; não jogou nada.
Falam em raça, em brio; deveriam exaltar Thiago Santos, esse sim, sempre honrou a camisa, muito bom marcador, não tão bom na saída de bola. É um desrespeito a ele elogiar o FM que só causa confusão, e o principal que é jogar bola, nada.

É que o Felipe Melo qdo jogava ainda dava uma enganada, com uns passes de lado, uns lançamentos de vez em qdo….ja o Thiago Santos apesar de raçudo nunca enganou ninguém…..pensa num cara grosso kkk

Essa parte da torcida sempre se identificou mais com “marginais” (Edmundo, Valdívia, Gladiador, Felipe Melo), aquele cara que adora uma confusão mesmo que jogue pouco ou nada com a camisa do Palmeiras (e não era esse o caso do Edmundo), do que propriamente com quem resolve as coisas dentro de campo. Normal.

Concordo. O Felipe Melo não fez outra coisa a não ser causar problemas para o Palmeiras. Mas a Mancha Verde é pródiga é asneiras.

Ah, mas ele tem vários títulos no currículo (Copa do Brasil 2005, dois Campeonatos Baianos, um Cearense e um Catarinense), então deve ser melhor que o Valentim e isso é o que importa. Nem devemos considerar que na história do Brasileirão por pontos corridos (verdadeiro parâmetro de competência) treinou o Guarani em 2010 (caiu), o Ceará (caiu) e o Cruzeiro (só não caiu porque o Galo do Cuca entregou o último jogo) em 2011, o Sport em 2012 (caiu) e o Botafogo em 2014 (caiu). É bom lembrar que na maioria dessas campanhas ele foi demitido antes do rebaixamento se concretizar, mas isso não muda muita coisa. Como o pessoal adora dizer, “cairia como uma luva” pra dirigir esse elenco…

O Valentim não caiu com o Red Bull por 2 pontos. Será que o Valentim não viu o Egídio correr pro lado direito do campo de propósito no terceiro gol do vitoria? Só eu que vi . Valentim não tem comando pra ser treinador do Palmeiras, por isso que Dudu, Roger Guedes e cia querem sua permanência.

O Red Bull não disp.uta Série A, foi o primeiro trabalho como efetivo da carreira dele e com elenco pífio. Mancini é treinador há quase 15 anos e tem seguidos fiascos na carreira. Comparação descabível pra quem tem um mínimo de critério.

Valentim não tem experiência, culhão e comando pra dirigir o Palmeiras. Esses jogadores não acatam suas idéias e ordem.Perder pro vitória, vai ganhar de quem?

Mas esses jogadores são limitados demais pra contestar alguma coisa.

O Valentim só fez isso contra cruzeiro, curintia e vitória : Tira o Keno e põe Roger tatuagens, pelo jeito a macarronada na Itália tava boa!

Valentim brilhou contra times bisonhos ou reservas, na hora de mostrar que poderia ser efetivado, sumiu. Não serve. Keno brilhou contra times bisonhos ou reservas, na hora de mostrar que poderia ser titular, sumiu. Agora é craque indispensável? Pesos e medidas diferentes.

Só resta saber como será o bumba-meu-boi de 2018, Caprichoso ou Garantido.

E o Egidio, mandou um torcedor do Palmeiras plantar xuxu, isso reforça aquele tese que esses mercenários estão cagando e andando pro torcedor palmeirense. Ouvir isso de um m….. como o Egidio é um fim da picada. Cadê o treinador que foi comer macarrão na Itália? O planejamento de 2018, começa com um técnico de verdade, os jogadores que mandam no Valentim.

Não que eu adore o Egídio, mas se alguém xingasse a sua mãe por causa de futebol e ela já não estivesse mais entre nós há algum tempo, você iria abraçar e beijar o ofensor e ainda o convidaria pra tomar umas? Peraí, tem lugar pra tudo, né? Que cobrem quem contratou, quem escalou e principalmente quem não providenciou alguém melhor pra colocar no lugar, e só em último caso o cidadão que está trabalhando (algo que boa parte desses vagabundos que frequentam aeroportos atrás de jogadores não faz) e que não tem culpa das suas limitações.

O Egídio mandou a torcida inteira do Palmeiras pra aquele lugar, esse Otário só quer ganhar dinheiro está de saco cheio de Palmeiras , o torcedor que tava lá não disse nenhuma mentira : “Egídio se é ruim “.

“Mandou a torcida inteira”? Tem vídeo disso aí gravado? Áudio? Ele alegou que teve a mãe (já falecida) xingada pelo vagabundo que foi ao aeroporto. Assim como não dá pra imaginar esse “torcedor” se dirigindo a ele com educação, fica fácil esperar que sua resposta fosse dócil. Repetindo: esse lateral não deveria mais estar por aqui, mas existem outros lugares onde essa cobrança deve acontecer e outras pessoas responsáveis que também precisam ser cobradas antes dele. Quem ofendeu “toda a torcida” mostrando os dois dedos médios pra quem estava no estádio (e, por tabela, pra quem acompanhou o jogo) foi o Diego Souza, que muita gente queria de volta por aqui. Vagabundos atraem vagabundos.

Você só esqueceu de dizer que eles jogam com 14 e os outros times com onze. Quando precisa a arbitragem faz a parte dela e isso influi no psicológico do jogador que entra mais confiante porque sabe que seu time será favorecido se necessário for. O paulista de 79, 86 e o brasileiro de 2005 que o digam.

se fosse eu o diretor, traria o Fernando Diniz , e jogaria como os gambás, sem craques, alipas tudo meia boca e buscarão o título brasileiro

Entre o rebaixamento de 2007 e junho do ano passado, os gambás tiveram apenas dois treinadores. Dois nomes em oito anos e meio, e dois profissionais que não têm estilos de trabalho tão diferentes assim, não apenas por virem da mesma “escola” gaúcha. A despeito de vários fiascos nesse trajeto (contratação de Pato, estádio que não se paga nem se vende, Tolimas e Guaranys da vida), eles nunca mais tiveram dois anos seguidos de fracassos (exceto por 2010, 2014 e 2016, ganharam títulos em todas as outras temporadas). Nós só conseguimos duas taças nos dois últimos anos graças aos milagres do Prass e à genialidade do Jesus, adotar um estilo de jogar futebol jamais passou pela cabeça de quem comanda (e de quem torce pel)o Palmeiras, o “projeto” se limita a “três pontos” e nada mais. É mais fácil adotar o vitimismo, vestir a fantasia do Coelho Branco berrando “Fomos roubados! Fomos roubados!” e jogar a culpa nos outros (esporte favorito do brasileiro) do que enxergar que bem ou mal a gambazada adotou e manteve um estilo de jogar em que quanto menor é a estrela do atleta melhor é o seu rendimento em campo, porque o que faz a diferença hoje em dia no futebol é o conjunto. Qualquer cara acima da média que entrar pra trabalhar nesse grupo vai render muito em algum momento. Se viesse um Fernando Diniz pra pegar todas as categorias de base do Palmeiras e estruturar um estilo de jogo com qualidade e eficiência, por mim poderiam fazer um contrato de dez anos com ele, que só assumiria a equipe principal quando o time estivesse pronto. Sabe quando isso vai acontecer? Jamais. Por aqui, o negócio é ter grife em primeiro lugar, ter quantidade em segundo e se possível ainda descolar alguém “cascudo” que se atualizou vendo vhs com o Milan dos anos 1990 ou fita de rolo com o Ajax dos anos 1970, mas que vai dar certo porque um dia (não importa quando nem como) já foi campeão.

e o detalhe aí, é que a genialidade do gabriel jesus foi um mero acaso, jogador que chegou a ser axincalhado pelo próprio treinador e desvalorizado pela diretoria desde o começo, pra depois ser vendido a preço de banana para o exterior

Esses dias vi o Mauro César da ESPN ironizando o Willian Arão pq o mesmo disse numa entrevista q seu sonho era jogar nos 2 Manchester da Inglaterra. O Mauro César dizia que os jogadores de hj em dia não tem noção nenhuma de nada , que são alienados pois não conseguem enxergar que vestir uma camisa como a do Flamengo já é muito mais do que eles mereciam. Fui obrigado a concordar com ele, no Palmeiras é a mesma coisa. Jogadores como Tchê Tchê , Dudu, Roger Guedes e Bruno Henrique que não passam de jogadores comuns, deixam de se empenhar num gigante como o Palmeiras , perdem a chance de virar ídolos de uma torcida como a nossa, de fazer história, por se acharem mais do que são. Como disse abaixo torço pra que jogadores como esses alcancem seus objetivos, se transfiram para Europa e ganhem muito dinheiro, só que num time qualquer da Ucrânia ou Croácia, depois voltem pra dar entrevistas no final de carreira pra dizer que dinheiro não é tudo na vida e que deveriam ter mais cabeça qdo eram mais novos.

E como previ (pois sou um profeta do apocalipse) ontem, os muros já foram pichados. kkkkk #liscadoido

Fala a verdade, você foi pra Paulista com a bandeira do rival na mão, na volta passou por lá e mandou ver naquele spray…

Da festa na Paulista, do rivotril ou daquilo que eu não posso contar aqui considerando quem estava comigo?

Pode contar quem estava consigo, porque certamente não era eu. Cuidado, hoje há câmeras por todo o lado, e eu sou fotógrafo, só para te avisar.

eu teria muita vergonha nesse momento, se fosse jogador do Palmeiras, estaria deitado chorando escondido num quarto escuro… infelizmente, esses jogadores são diferentes, devem ter comido um baita de um rodízio de churrasco e ido direto para uma festança na Bahia, antes de voltar pra cá e decretar verdadeiramente férias… bando de sem vergonha nesse elenco e essa diretoria sem visão, amadora e displicente.

A volta a realidade 3. Dei meu voto de confiança ao AV; acreditei que poderia dar certo. Já mudei de ideia, é mais do mesmo. Um indivíduo que continua insistindo com o mesmo lateral esquerdo, após prejudicar o time absurdamente TODAS as vezes que é escalado; Juninho (saudades do Júnior Tuchê) falhando em TODOS os jogos que participa, e também continuar escalando Guedes (inútil, descomprometido e Burro, Muito Burro) não pode SER LEVADO A SÉRIO. Ou todos nós, torcedores, somos idiotas, estamos cegos.

As opções pro lugar do Egídio são tão ruins quanto ele. Só que o Egídio ainda tem vontade, já o Migué Bastos, não sei não, hein? E o Zé 400 cansaram de dizer aqui (não estou dizendo que foi o seu caso) que não aguenta a lateral. Mudaram de ideia?

Egídio no terceiro gol , corre de propósito pro lado direito do campo e o Tche Tche só olha o baiano fazer o gol.
Egídio já sabe que não vai ficar ano que vem, tá entregando desde o jogo contra os gambas, o Valentim será que não enxerga isso? Abel Braga pra 2018, jogador brasileiro não sabe jogar taticamente, tem que ter um general pra cortar as regalias. O carile que nem treinador, é, vai ganhar um campeonato ridículo como esse.

E o Moisés, Paraíba? E o Dudu? Esses caras é que tem que jogar bola, decidir as partidas. Cadê? Vai vir o treinador “cascudo” e nada vai mudar. Tínhamos um aqui até outro dia e tava perdidinho. Esses jogadores são limitados, todos eles, sem exceção. Não tem um que seja projeto de craque. Que venha o salvador.

Tem razão Gustavo, os mais badalados tem que ser mais cobrados tbm. Eu particularmente poupo um pouco o Moisés pq ele voltou muito sem ritmo depois de 6 meses parado e provavelmente só vai estar 100% ano q vem, mas tbm não é nenhum craque mesmo , é superestimado, só é um bom jogador , esforçado as vezes que é útil ao time mas que está mal fisicamente . Qto ao Dudu , esse já era, não adianta cobrar mais nada dele infelizmente. Assim como tchê tchê e Roger Guedes já está com a cabeça fora do Palmeiras faz tempo. Eu o respeito por ter sido protagonista nos nossos últimos 2 titulos importantes, assim como o Prass que eu tbm não gosto de citar nas críticas mais pesadas. Contudo, vejo falta de profissionalismo no Dudu, pois deveria se dedicar até o último dia. Que vá embora pra algum time pequeno do leste europeu e se arrependa muito por lá.

Roger tatuagens e Tche Tche não estavam na conquista da Copa do Brasil de 2015 , chegaram no ano seguinte no Palmeiras.

Gustavo, o Moisés ficou parado 6 meses , sempre tá fazendo gols , tá jogando no sacrifício, jogar do lado Tche Tche e BH gamba, não tem jogo .O Tche Tche é um jogador comum, depois que prolongaram seu contrato , jogou bem só contra os cervideos.
Dudu ,passou da hora de vender, o Beskitas que leva lo, vai com Deus!
Neste elenco só se salvam : Mina , Jailsão, Moisés e Keno.

Se o Valentim não presta porque só ganhou de time pereba, vale o mesmo princípio pro Keno, que deitou e rolou contra umas porcarias e em jogo grande sumiu. Jogador de Série B pra baixo, pra disputar primeiras fases de Paulista e Copa do Brasil serve e nada mais. Futebol peKeno.

Mas o Keno é bom jogador !Sim ,senhor . Se não fosse o Keno e William que também merece ficar, a briga era na parte de baixo da tabela .

Concordo Paraíba.. não dá pra criticar o Moisés pq ele voltou antes do previsto e com certeza vem fazendo jogos sem estar totalmente recuperado fisicamente, e mesmo assim é um dos principais do time. Qto ao tchê tchê e ao Dudu tbm assino embaixo o que vc disse aí. O tchê tchê é muito nítido, depois que conseguiu a renovação não jogou mais absolutamente nada, pintou o cabelinho na hora errada e parece estar totalmente alheio a tudo o que está acontecendo no Clube.

Valentim nem o Red Bull quis te efetivar , o Palmeiras muito menos. O sr foi comer macarronada na Itália? Tira o Keno e coloca Guedes pipoqueiro, nos últimos 3 jogos fez isso, insiste com Mayke, Egidio, Juninho e BH gamba. O sr não estou estudou ? Tche Tche e Dudu pode negociar ano q

Ano que vem, são excelentes moeda de troca, ambos são limitados e fracos. O bambis que nem dinheiro tem contrata melhor que o Palmeiras.

Eduardo, respondendo o que vc disse lá embaixo, é uma questão de opinião e na minha o futebol realmente mudou muito nos últimos 20 anos. Só que na parte física oq os jogadores hj parecem lutadores de MMA ou corredores de 100metros rasos . E tbm na parte técnica que caiu muito, mas muito mesmo. Qto a parte tática e montagem de um time o futebol não mudou absolutamente nada. Continuam fazendo duas linhas de 4 na defesa , continuam variando entre 2 ou 3 atacantes , continuam jogando com 4 no meio campo, os laterais geralmente ficam na defesa e quando apoiam os volantes tem que cobrir, enfim, se tivesse mudado tanto o Carille não seria Campeão Brasileiro com essas ideias limitadas dele, o Renato não estaria na final da libertadores montando um time exatamente igual a época em que ele jogava, etc. É por isso que continuo insistindo: Tragam um técnico como o Luxemburgo , dêem a ele um bom time e o mais importante e mais difícil, diretoria seja atuante, pressione, cobre os jogadores, não os deixem acomodados como esse ano todinho, mostrem pra eles todos os dias a grandeza da SEP e contratem jogadores que além de saber jogar bola estejam interessados em vencer no Palmeiras e não jogadores como Bruno Henrique e Roger Guedes que até tem algo a oferecer mas não querem.

Desde que não venha o Frizzo pode mandar esse Mattos pro inferno, só que a Leiloca já disse que se mandar ele embora a Crefisa sai, Lembra muito Marlene Matheus e Vaguinho.]

Eu traria pro gol esse Walter dos gambás, aposentava o Prass e mantinha o Jailson na reserva.

trás o Roberto Cavalo, se não der certo como técnico a gente põe ele pra correr no Jockey Clube com a camisa do Palmeiras.

Os primeiros 2 anos do Nobre foram ridículos, mas ele pegou terra arrasada. Esse tal de Galinhote teve
tudo mas largou na mão do Mattos e deu no que deu. Todas as contratações foram péssimas. Pra mim tem que fazer igual 2015 mandar quase todo esse elenco embora e trazer tudo novo mas com critério]
e não com baciada.

E estaria arrasada até agora não fosse a Crefisa. Não sou fã do Gru, mas às vezes o pessoal se esquece que o antecessor não tirou fotos com taça na mão o tempo inteiro, fez besteiras mesmo depois do clube se estabilizar. E se vamos trocar o elenco mas o “contratador” for o mesmo, dificilmente os critérios mudarão, então prepare-se para os Fellype Gabriel e Alan Patrick da vida.

pois é, vocês se esquecem que no fim do ano passado, já tinham vários jogadores vendidos, renovações absurdas de contrato e contratações de baciada já feitas… o presidente atual só perde de 1 a 0 pro antigo, pelo quesito SORTE.

Perfeito, Lucas, 1×0 e gol contra. Se o Gabigol soubesse bater pênalti e se o Jesus fosse embora pra Inglaterra em agosto (pelo menos isso ele teve o mérito de negociar), o antigo presidente terminaria o segundo mandato sem fotos com taça na mão.

O Lisca Doido fez o Guarani melhorar, quem sabe ele resolva o problema.

O gru não se pronuncia. O gru deve tá dando o c. só pra rimar.

Você não quer o Lucas Lima mas prefere o Guerra, tá bom.

Eu acho o Guerra um Valdívia, um CX contemporâneo. Só tem nome, mas nunca joga. Só vive no DM. Por mim, pode vazar amanhã.

Tbm não sou fã do Guerra não. Nunca joga e qdo joga geralmente não ajuda em nada, talvez por falta de ritmo pq não joga nunca, até acho bom jogador mas por esses condições de torna inútil. A diferença dele pro Valdívia é que o Valdívia qdo jogava fazia a diferença, mesmo ficando 3 meses no DM.

São ordens médicas, preciso de duas doses diárias senão começo a ter delírios e ver coisas como “melhor elenco das Américas”, “teremos a hegemonia do futebol nacional”, “eu acredito no Cuca” e por aí vai…

E entra jogo, sai jogo, e Dudu, Moisés, Tchê Tchê e Prass são isentados. Só sobra pros mais limitados, mas quem tinha (e ganha) para fazer a diferença, não faz nunca. Esse Moisés é uma grande mentira, um dez que não chama a responsabilidade, não faz uma jogada, não bate uma falta. E vamos trazer outro igual a ele. O Lucas Lima. E ainda vem Felipão. Estamos f.ud.idos em 2018.

Trazer jogador bom seria difícil se o time fosse rebaixado mas essa proeza esses inúteis não conseguiram. Eu arriscaria Felipão ou Luxemburgo. Eles com certeza não deixariam um menino do sub 20 entrar numa fria dessas. O cara tem que ser muito burro pra fazer isso. Fora Valentim.

Eu traria o Luxemburgo amanhã mesmo. De todos que estão aí ele é o que mais entende de futebol ainda. Ninguém vai me convencer que Pepe Carille e Valentim conheçam mais futebol do que o Luxa. Em conhecimento tático só o Tite é do nível dele. O problema dele é q com o passar do tempo os jogadores mimadinhos de hj fazem panela pra derruba-lo, foi assim no Sport,. Seu começo de trabalho sempre é muito bom pq os jogadores estão dispostos a acatar suas ideias e o cara manja muito. O torcedor tem essa mania de comprar todas as asneiras que a imprensa vende, uma delas é que o futebol hj mudou muito , que o Luxa está ultrapassado kkk…eu dou risada qdo vejo o Renato Gaúcho finalista da libertadores e poderia ser campeão brasileiro tbm mas não quis. Pra não perder o ano eu traria o Luxa mais rápido possível. Sem a vaga na libertadores ficará muito difícil trazer jogador de qualidade ano que vem.

Seguidos fracassos e demissões por trabalhos pífios (com um ou outro bom começo, nada além disso) em Atlético Mineiro, Flamengo, Grêmio, Fluminense, Cruzeiro, Sport e até na segunda divisão da CHINA. É, deve ser tudo asneira e invenção que a imprensa vendeu e todo mundo acreditou, afinal o futebol não mudou nada de 20 anos pra cá, continua a ser um jogo em que o time que marcar mais gols vence…

O time é horrível mas o treinador também, porém, o Gustavo Aroni adora o cara, deve ser parente dele.

Não é isso Marin. O cara está tentando fazer algo diferente, uma filosofia nova, diferente do que já temos aí. Precisa de tempo. O C.uca teve esse tempo e não fez nada. Felipão e Luxemburgo nos deram títulos, mas já nos levaram pra 2ª divisão também. Luxemburgo tá rebaixando o Sport. Felipão, hoje, é sinônimo de vexame. A imprensa gambá vai comê-lo com farinha.

Esse Valentim é o nosso Rogério Ceni. Uma verdadeira b es t a, que tenha o mesmo fim urgente.

No rodízio de Mordomos que tem no Palmeiras, como o próximo jogo é contra um dos queridinhos da Globo, o Flamengo, o da vez será com certeza a arbitragem. A pressão exercida pela Globo já começa daqui há alguns minutos, e dependendo de quem passar de fase no The Voice (que também já está decidido), amanhã, será determinado o placar do jogo no Allianz, domingo.

O jogo de hoje serviu para mostrar que o Valentim não tem condições de ser treinador, seja do Palmeiras ou de qualquer outro time profissional. Foi literalmente uma vergonha, se o Valentim tivesse um mínimo de vergonhana na cara pediria desculpas a torcida e demissão a diretoria do clube.

Mas isso a gente já sabia, foi dito aqui. O Valentim não aguentaria duas derrotas seguidas, e já estariam pedindo sua cabeça. O que vale é o nome, e quando que o treinador vai morder da gente (quanto mais, melhor), mesmo que seja para voltar os lançamentos para o Deyverson dar casquinhas. É normal da cultura do nosso futebol.

Pois é, se treinadores tivessem vergonha na cara e pedissem demissão por trabalhos pífios ou após jogos ridículos aqui no Brasil, não estaríamos onze pontos atrás do líder.

Barrios vive machucado e o Matheus Sales não serviu nem pro Bahia. Conta outra que esses jogadores que você mencionou são tudo b o s t a.

Não posso esquecer do maior responsável é o indivíduo que está destruindo todo o trabalho bem feito desde 2015 por causa de orgulho e vaidade:

MAURÍCIO GALIOTTE

Contratações de jogadores sem nenhum critério, contratação de treinador
completamente inexperiente no começo do ano, aproximação com o que há de
pior na política do Palmeiras, principalmente com Mustafá Contursi,
defenestrou o Paulo Nobre do ambiente do clube por causa de ego inflado,
falta de política nos bastidores para evitar que roubem descaradamente o
Palmeiras como estão fazendo, abriu as pernas para a imprensinha que
odeia o nosso time, vide Neto, e outras coisas mais.

Contando o tempo para ver Paulo Nobre de volta para a presidência do Palmeiras, chega de amadorismo e incompetência!!

Criticar presidente e jogador até é compreensivo mas treinador “completamente inexperiente” daí é phoda.
Se experiência fosse algo importante nesse balaio de jogadores perebas, Cuca, Marcelo Oliveira, Oswaldo de Oliveira, Felipão, Garega, Kleina, Dorival Jr., (para ficar numa relação de técnicos nos últimos 2 anos), o Palmeiras já teria sido campeão mundial umas 10 vezes.
Talvez vc não acompanhe o futebol dos adversários, mas só para lembrar que o Curintians é campeão brasileiro e paulista 2017 com técnico (Carille) igual ou pior em experiência como Eduardo batista.
Outros fizeram boas campanhas e quase foram campeões, como Zé Ricardo (Flamengo e agora Vasco), Jair Ventura, REnato Gaúcho, Roger.
O problema não é técnico, mas sim, querer técnico e não ver que jogador não sabe passar uma bola com 5 m de distância, não sabe se posicionar em campo, não sabe bater uma falta, não sabe fundamentos básicos do futebol.
Deficiência Técnica de jogadores e falta de tempo para o treinador por em prática seu planejamento tático. Isso sim são que atrapalha o trabalho e planejamento de um técnico.
Jogar futebol é um dom e técnico nenhum ensinará isso a ninguém, seja ele velho e experiente, seja ela novo e inexperiente.

Só algumas lembranças para vítimas de amnésia, afinal se fotos levantando a taça apagam mil c#gadas uma vez, imaginem duas. O Nobre contratou técnico que não conhecia absolutamente nada sobre o futebol brasileiro (Gareca), outro apenas por ser palmeirense (Dorival), e outro acho que nem ele mesmo sabia o motivo (Oswaldinho). Passou dois anos com um “CEO” de futebol que ainda vivia na metade dos anos 1990, o tal de Brunoro (a quem apoiava plenamente), que afirmava contundentemente que o Palmeiras não tinha a obrigação de ser campeão de nada, e que ainda protagonizou a famosa “Negociação Barcos”, uma das maiores fraudes da história do clube. Se entrarmos no quesito “egos”, não se esqueçam que o ex-presidente gritou aos quatro cantos do mundo que o Palmeiras estava falido, mas quando uma patrocinadora lhe bateu à porta e salvou o clube de mais um biênio pífio ele simplesmente não suportou a concorrência e por ciúmes quase pôs tudo a perder. Por tudo isso e mais coisas que não caberiam aqui eu prefiro ter um time de futebol que nos faça esquecer quem é o presidente, mas se for para escolher gostaria de ter um que não fosse banana nem que se achasse o próprio Deus, que não erra nunca.

Para quem tinha dúvidas sobre o quanto o Corintians foi melhor que o Palmeiras domingo passado, hoje essa dúvida acabou.
A culpa desse time medíocre se deve em grande parte ao Alexandre Matos. Ele contratou dezenas de caríssimas perebas para ataque, meio de campo e defesa, por dezenas de milhões e nenhum foi capaz de mostrar futebol que justificasse 10% do valor do passe.
Até o ex-presidente gambá Andrés Sanches conseguiu enfiar seu péssimo jogador Bruno Henrique no time, pois no curintians ninguém o queria por lá. Luan, Dayvison, Juninho, Erik, Amaral, Jean, Edu Dracena, Alione, Fabiano, Mike e o maior mico do mundo, Egydio.
Ex-gydio, algo que jamais o futebol me explicará, como pode ser escalado para jogar, sendo que NUNCA acerta um passe, nunca marca o adversário, nunca faz gol, nunca cruza certo, nunca bate falta certa, nunca quebra a perna para nos dar uma alegria de não jogar um jogo.
Guerra depois que quase morreu afogado ( acho que não foi seu filho que quase morreu…), não conseguiu mais saber o que faz em campo e no Brasil. Com certeza sua memória desapareceu com o acidente.
Finalmente, as duas putas loiras, Tché Tche e Roger Guedes. Elas pensam que são craques. Meninas, lembrem-se que se quisessem pintar cabelo, tudo bem, mas deveriam segurar a onda dentro de campo. Porém, não foram capazes…
Enfim, Matos deve parar de pensar em encher os bolsos e contratar jogador certo para a posição que está vaga. Não precisa mais investir 5 anos de contrato com perebas que não vingam.
Sobre técnico, deveriam aprender com Carile, enquanto que a torcida deveria aprender com os gambás, que pressionam quando precisa mas aplaudem quando o clube precisa (só pode pagar) um treinador barato para o time..
A torcida de sofá precisa aplaudir e sair da arrogância de que somos os melhores com jogadores perebas mas comprados a preço de ouro. Lembrem-se que jogador caro não é sinônimo de jogador CRAQUE.
E a uniformizada deveria parar de pagar páu para mustafá Contursi em troca de ingressos grátis.
Feliz 2018!!

Estou vendo a ”tranqueira” Barrios ser decisivo lá no Grêmio e prestes a ser campeão da Libertadores, torneio que o Palmeiras não passou sequer das oitavas. E o Mateus Sales, que nas suas primeiras partidas como profissional, conseguiu anular o tão decantado Lucas Lima (sonho de consumo da geração Nutella palmeirense) na final da Copa do Brasil. Digo sem nenhuma dúvida, seriam titulares absolutos no jogo de hoje e, muito provavelmente, o Palmeiras não perderia essa partida contra um adversário abaixo do nível do ridículo jogando em casa.

cada dia que passa tenho mais certeza que esse Eduardo Correa é gambá. KKK

Até tu? Se eu reconhecer alguém daqui quando estiver na Paulista com a bandeira do SCCP comemorando o título, vou dedurar…

Lembrando de alguns jogadores que saíram no começo da temporada e que poderiam facilmente ser titulares na partida de hoje (não incluo o Gabriel Jesus por ele ter preferido sair para jogar na Europa):

Vitor Hugo, Barrios, Cleiton Xavier, Rafael Marques, Mateus Salles e até mesmo o Alione.

Definitivamente, esse elenco do Palmeiras 2017 é bem inferior ao Palmeiras 2016. FATO!

Mas é uma listinha de meia-boca também, hein? Mas esses que estão aí são piores mesmo.

Sem falar nos também meia-bocas Robinho e Lucas. Pelo que temos de “qualidade” na lateral direita e no meio de campo, não dá pra dizer que são piores. Mas o “campeoníssimo e visionário” ex-treinador preferiu Fabrício e Fabiano – ah, mas este fez o gol do título que não vinha há 22 anos, então merece contrato vitalício…

Robinho e Lucas saíram porque eram paneleiros e estavam rachando o elenco no começo do ano passado. Alguém, com um mínimo de informação do clube, sabe o que ocorreu para que esses dois fossem para o Cruzeiro.

Você só esqueceu que o tecnico campeão brasileiro do ano passado foi ele. Valentim não vai levar esse time a nenhum lugar e vai nos tirar da Libertadores, é burro, teimoso e previsível

Campeão depois de 30 anos de carreira. Média de 0,0000 alguma coisa% / ano. O Valentim tá começando agora. Quer que essas amebas de jogadoresvvirem o Psg de uma hora pra outra? Com Felipão é que não vai.

Pois é, e o BI campeão brasileiro em 2013-14 e da Copa do Brasil 2015, tá fazendo o quê agora? O Muricy, quatro vezes campeão entre 2006 e 2010 (fora o “título moral” de 2005, pra quem gosta dessas coisas…), que também levou a Libertadores de 2011, quando e qual foi seu último bom trabalho? Ser campeão para alguns significa “Quero mais e vou me aprimorar!”, pra outros “Agora posso c#gar à vontade que ninguém vai me questionar!”. De novo: campeonato de pontos corridos com 20 times ruins também tem campeão.

Não vi o jogo inteiro, só dos 15 do segundo tempo em diante. Vi um time com a posse de bola, mas inofensivo. Time desanimado e desfalcado (até o Deyverson fez falta hoje) , não dava pra esperar muita coisa mesmo. Continuo achando que faltou bola para brigarmos de verdade pelo campeonato. Mas também concordo com o texto do Helder sobre a rede Globo. Sempre que puder, a Globo vai influenciar, seja no futebol, na política, na cultura em geral. Não dá pra negar este fato. Eu ainda acho que a diretoria deveria apostar no Valentim, ao invés de trazer um técnico medalhão ultrapassado. Que invistam em jogadores qualificados nas posições mais carentes do elenco. E feliz 2018.

O Cuca não é técnico, técnico é o tal de Valentim.

O Valentim está iniciando um trabalho. Esse burro desse C.uca ficou mais de meio ano e não conseguiu montar um time. O time não jogava nada com ele. Pra mim, é tão técnico quanto de futebol quanto a Tati Quebra Barraco.

Foi ele quem lançou o Vágner Love para o futebol. Tem o Parraga, também, tá sem clube…

Esse cara no Coritiba era medonho de ruim, sei lá porque trouxeram essa ameba, pagaram 10 milhões por essa b o s t a. Alguém levou propina, não é possível.

Uma pergunta aos doutores de futebol da imprensinha, da mídia palestrina (Raul Bianchi principalmente) e da torcida do Palmeiras:

A culpa da mediocridade desse Palmeiras 2017 realmente era exclusiva do Cuca???

Realmente, Cuca não é técnico e o Palmeiras ganhou um Campeonato Brasileiro após 22 anos de jejum por mera sorte ou obra divina. É cada uma, viu!

Mas foi mesmo. Obra divina. Foi Medalhinha Milagrosa, San Gennaro, Gabriel Jesus (o vendido que só jogava pela seleção) e o Jaílson que caiu do céu. Fomos os gambás do ano passado. Time limitado, meia-boca que bateu campeão.

Num campeonato com 20 clubes medíocres jogando futebol abaixo da linha da pobreza, um deles ainda assim será campeão. Alguém escreveu isso aqui durante este ano e estava certo: o Palmeiras foi campeão brasileiro em 2016 APESAR do Cuca. Fato.

Discordo totalmente. O Cuca chegou com o Palmeiras correndo risco até de ser rebaixado no Paulistinha devido ao péssimo trabalho do Marcelo Oliveira, jogadores criando problemas internos e torcida pressionando jogo após jogo devido por causa do desempenho sofrível, ele conseguiu arrumar o o time taticamente e psicologicamente e teve uma atitude extremamente corajosa ao afirmar antes do campeonato que o Palmeiras seria o campeão Brasileiro. Qual outro treinador tem essa personalidade no atual futebol brasileiro??? Afirmo, sem sombras de dúvida, o Palmeiras foi campeão brasileiro POR CAUSA DO CUCA TAMBÉM!!!

Quem pediu Mayke ,Geyverson e bancou o Egídio foi o Cuca, mandou Lucas bom lateral e Robinho pro cruzeiro em troca do Fabiano foi o Cuca . Jogou na retranca no Equador foi o Cuca ,treinador quem tem que agradecer ao Tijuana e Gabriel Jesus por ter conquistado títulos como treinador.

Os comentários estão desativados.