Conmebol prevê rodízio de times na tv aberta na Libertadores 2018

 

 

A Vênus Platinada não poderá privilegiar os queridinhos….

 

https://rodrigomattos.blogosfera.uol.com.br/2017/12/26/conmebol-preve-rodizio-de-times-na-tv-na-libertadores-e-contraria-globo/?utm_source=facebook.com&utm_medium=social&utm_campaign=fb-esporte&utm_content=geral

 

Leiam lá. Comentem aqui.

14 Comments Added

Join Discussion
  1. Levi 29/12/2017 | Responder

    Eduardp explica para a gente… ou „desenha“, o que é essa abóbrinha de „chaveirinho da Ferrari“ e como é ficar todo dia no blog, repetindo essas asneiras conspiratórias que vc há anos repete como um papagaio todo dia. E sempre com comentários jocosos, tipo aquelas candinhas que ficam na janela, falando mal dos outros, mandando torcedor comer grama, sair do blog e por aí vai. Em delírium tremens fica citando aquele pessoal que isso, aquele pessoal aquilo é blá bla blá.
    Ó grande guru, nos ensine como devemos torcer para o Palmeiras, como devemos ve os jogos, nos ilustre suas previsões de mãe Dinah, selecione o que devemos escrever no blog, nos diga o que devemos comentar…. nos oriente, nos mostre o que vc tem feito como sócio do clube para mudar a mentalidade do Palmeiras.
    E nos o seguiremos ó grande Rá!……..rárá.
    Caraco Eduardo, que coisa chata cara.
    Não precisa ficar ofendendo e enchendo o sa.co com essas coisas há anos e nos próximos.
    Apenas seja um torcedor que gosta do Palmeiras e também sabe rir, se divertir e levar muita coisa de forma esportiva.
    O blog ficaria mais leve.
    Pense em sua saúde.

    • Bianco 29/12/2017 | Responder

      Boa, Levi. Disse tudo o que muitos aki também pensam, ri muito com os desafios q vc lançou. Ainda bem que a maioria torce pelo Palmeiras acima de tudo, independentemente da fase, atualmente muito boa por sinal.

    • Feliz ano novo pra você também, Levi. Se quiser saber sobre o que se refere a “cor do chaveiro da Ferrari” é só procurar no blog, já que se interessa tanto pelo que eu escrevo. Olha, pode ter certeza de que tem coisa mais chata que eu por aqui, principalmente aquelas pessoas que não prestam atenção na montagem do time e no planejamento da equipe no início da temporada e que depois ficam elegendo árbitros, CBF e “tupiniquim press” como grandes culpados por eventuais tropeços. Coincidência ou não (e neste caso, não é), são as mesmas que estão “nem aí” pra qualidade do futebol. E você me critica por eu querer “ensinar” os outros a torcerem ao mesmo tempo que indica como deve ser meu “comportamento” ao entrar aqui, engraçado, né? Então existe jeito certo pra escrever em blog de torcida? Tá certo. Você me lembra a dissertação de um aluno que li certa vez, a qual dizia mais ou menos o seguinte: “Precisamos deixar de ser tão egoístas e pensarmos mais em nós mesmos”… De resto, vale o mesmo pra quem critica TV Globo após a invenção do controle remoto: se não gosta do que escrevo, simplesmente não leia, ignore e seja feliz. E que o Palmeiras jogue bom futebol, seja pouco prejudicado (pois todos os times serão, em algum momento) e ganhe títulos em 2018!

  2. Gustavo Aroni 28/12/2017 | Responder

    Bom, em 2018, eu já decidi que vou escutar pela rádio todas as partidas que não forem mata-mata, com exceção dos seis jogos da fase de grupos da Libertadores. Verei só os mata-matas, pois dá pra ser campeão sem time e bom futebol, e a Libertadores por ser caminho da estrela dourada. Então, jogos do Brasileirão, fase de grupos do Paulista, por mim, pode passar na Al-Jazeera TV, que não vou ligar a TV.

    • O Brasileirão é um campeonato feito para que o melhor elenco montado com o melhor planejamento vença (não foi assim em 2017, mas por uma série de motivos já discutidos). Título não é obrigação, mas não dá pra se exigir menos do que futebol minimamente organizado e eficiente com todos os recursos que temos. Já a Libertadores depende muito de sorte e inspiração, mas curiosamente neste ano o campeão foi um time que praticou o melhor futebol. Só vou tentar não me estressar com o Paulistinha pois as finais estão marcadas em datas intercaladas com nossos dois primeiros jogos em casa na Libertadores, sendo assim um eventual título dependeria de Deyverson, Juninho & cia. Aí, só por San Gennaro mesmo…

      • Bianco 28/12/2017 | Responder

        Tem que se ter paciência mesmo, time precisa usar o paulista pra alinhar e entrosar a equipe. Brasileiro e Liberta naturalmente deve-se ter desempenho melhor.

    • Bianco 28/12/2017 | Responder

      Boa ideia, assim não dá pra comentar depois. Faz com o mata-mata tambem.

      • Já que ver os jogos parece ser o menos importante, o pessoal da “linha conspiratória” que acredita que bom futebol é “preocupação com chaveiro de Ferrari” também poderia ir nessa onda, principalmente se o time começar a andar como fusca enferrujado. Quem sabe seríamos poupados de ver os costumeiros “mordomos” serem responsabilizados pelos possíveis fracassos…

        • Bianco 29/12/2017 | Responder

          Torcida que canta e vibra, já diz nosso hino retratando o espírito de força do Palestrino. É óbvio, é claro, que tocar de calcanhar, botar o adversário na roda, dar chapéu, cruzar de chaleira e fazer gol de bicicleta é muito bonito. Mas se não dá na beleza, vai na raça e sempre torceremos pelo Verdão. Ganhamos muitos títulos assim e todos os troféus têm a mesma importância. Nunca vi nenhum troféu com uma plaquinha embaixo “ganhou na sorte”… Como já disse antes, ganhar na Mega Sena da virada e reclamar que o dinheiro está na Caixa Econômica e não no Bank of Boston é de uma rabugice gigante…

  3. Quem ler a matéria completa vai perceber, quase no final do texto, que o modelo proposto pela Conmebol pode sofrer mudanças caso não haja aceitação comercial, então é cedo para comemorar. Mas a preocupação das confederações (Conmebol inclusive) deveria ser o fortalecimento dos clubes e não manter regalias das emissoras de televisão, certo?

  4. É interessante pensar, o que seria das gambaletes se, não tivessem tido o apoio financeiro massivo da globo (junto com o cheirinho) por décadas? Se mesmo com essa “vantagem” eles conseguiram até rebaixamento, sinal que a administração lá sempre foi igual aqui, o clube tocado como boteco pelos seus líderes e asseclas.

    Bom, não que a gente possa apontar o dedo, dos 20 clubes da série A, nós sempre fomos o quarto nas cotas de tv, e ai da assim, conseguimos 2 rebaixamentos e mais uns 2 quase rebaixamentos. Nossos carcamos estão de parabéns (só que não).

  5. Matheus 27/12/2017 | Responder

    Já estava na hora de tirar esse domínio das mãos da rede esgoto. Aliás, já passou da hora dos clubes se unirem para fazer frente a esse apoio descarado aos filhinhos da emissora. Em outros países existem modelos muito mais democráticos para se conduzir a distribuição das cotas televisivas e o que vemos como resultado é o fortalecimento do esporte como um todo.

Leave Your Reply