Paulistão Itaipava 2018 Palmeiras 2×1 Santos: vitória tranquila

 

O Palmeiras venceu o Santos na tarde de domingo no Allianz Parque. 38 mil palmeirenses na Arena.

E viram um jogo…. bom. Não foi o espetáculo nem a goleada que podia-se esperar. Mas a vitória de 2×1 se não foi brilhante, foi justa. Os gols foram de Antonio Carlos no 1o tempo e Borja no 2o. Renato descontou quando estava 2×0.

O Palmeiras começou com muita intensidade. Trocando bolas rápidas pelo lado direito do ataque o Verdão avançava na defesa santista. Numa dessas veio um escanteio. Lucas Lima bateu e Antonio Carlos subiu mais que todos e fez 1×0.

Logo na sequência nova jogada pela direita e falta. Lucas Lima bateu bem e a bola explodiu no travessão.

Aí o time parou. Ficou em seu campo esperando o Santos dar espaço. Apesar da enorme limitação de elenco adversário, Jair Ventura armou um time coeso e que passou a dominar a posse de bola. Jailson fez duas boas defesas, uma delas um verdadeiro milagre.

No segundo tempo o Palmeiras voltou marcando no campo do adversário. Borja perdeu um gol quase na pequena área mas no minuto seguinte se recuperou. Desarmou na intermediária, abriu para Willian que voltou para o colombiano fazer 2×0 de fora da área. Belo gol.

Logo depois, uma bobeada de toda a defesa permitiu que Renato de cabeça descontasse, em bola que estava Felipe Melo.

O Santos se animou. Dudu não estava bem. Keno entrou no lugar do capitão aos 29 minutos. O time melhorou.

Tchê Tchê teve uma chance. Os espaços apareciam. Mas não havia aquela bola matadora. E os 2×1 deixava o palmeirense apreensivo. Uma bola parada podia azedar a tarde.

Curiosidade: apesar do gol santista e poucas chances por desatenção da defesa palmeirense, o Santos não levava perigo. A diferença entre as duas equipes era grande. O Palmeiras com muitas opções no banco e Jair Ventura fazendo algum pequeno milagre para travar o jogo esperando o gol de empate numa bola parada.

Entrou Bruno Henrique no lugar de Tchê Tchê. Aos 39 uma bela jogada de Keno e uma reclamação de pênalti sobre Willian.

Segue o jogo.

E ainda teve Gustavo Scarpa. Aos 41 minutos o meia entrou em campo no lugar de Lucas Lima. Jogo foi até os 49 mas não deu tempo para mais nada. 2×1.

Fim de jogo. 5a vitória consecutiva. E apesar do placar apertado, foi tranquila. E ainda faltam titulares para estrearem. Por enquanto tudo indo bem.