Categorias
Jogos Paulistão 2018

Paulistão Itaipava 2018 Ponte Preta 0x0 Palmeiras: campo ruim jogo pior

O Palmeiras empatou com a Ponte Preta nesta noite de domingo. 0x0 no Moisés Lucarelli.

A chuva atrapalhou bastante o jogo. O time palmeirense criou muito pouco e nas poucas chances que teve não aproveitou. Sem Borja e Felipe Melo o Palmeiras veio com Thiago Santos no meio e o ataque com Guerra, William e Dudu.

Guerra teve algumas chances e poderia ter aberto o placar no segundo tempo. William parece que se dá melhor quando joga do lado do ataque. Se o campo foi ruim, o jogo foi pior.

Notas.

Jailson: duas grandes defesas. Nota 9,5 e um abraço para aquele mal caráter que não paga pensão e sofre de incontinência verbal.

M. Rocha: o melhor da zaga. Apóia bem. Criou as melhores chances no 1o tempo. No 2o tempo, com aquele campo, não dava pra fazer muita coisa. 8,5.

Antonio Carlos e Tiago Martins: sem comprometer. Mas poderiam ter reforço de treino em escanteio a nosso favor. 6.

Michel Bastos. Mais vontade que técnica. 5. Foi substituído talvez porque tinha o amarelo.

Vitor Luiz…. podia ter ido melhor. 5.

Thiago Santos. Jagunço foi bem naquilo que sabe fazer. 6.

Lucas Lima. Enquanto teve fôlego foi perigoso. 8.

Bruno Henrique. Só o Roger entendeu a substituição. Mas o BH não tem culpa. 6.

Tchê Tchê. Está subindo de produção. Um chute a gol perigoso e alguns lances de ataque. 7.

Guerra. Perdeu boa chance. Se esforçou. E só. 6.

Keno. Entrou e se esperava mais. Mas jogou no pior lado do campo. 7.

William. Se dá melhor quando Miguel está em campo. 6.

Dudu. Não foi mal. Poderia sair como o melhor em campo se fizesse o golaço que quase fez. Mas essa mania de querer bater falta no lugar do LL não tá pegando bem. Pela falta mal batida não tirou a maior nota. 8,5.

Roger Machado. Não mexeu bem. A entrada do Bruno Henrique foi seu maior erro. Com esse time é pra ganhar da Ponte até em polo aquático. Nota 4.

118 respostas em “Paulistão Itaipava 2018 Ponte Preta 0x0 Palmeiras: campo ruim jogo pior”

Só acho uma certa temeridade colocar na formação titular Michel Bastos e Thiago Martins. O primeiro já demonstrou que não gosta e não atua bem na lateral esquerda, deixando muitos espaços para os times adversários atacarem por aquele setor e sendo pouco produtivo no setor ofensivo.

Já o Thiago Martins vem demonstrando uma certa insegurança nos últimos jogos, não fazendo uma boa partida desde o jogo contra o Santos. Muitas pixotadas e deixando espaços para os atacantes adversários, acho que a opção mais segura para o jogo de hoje seria a volta do experiente Edu Dracena.

Espero que o Roger Machado saiba o que está fazendo e que os dois tenham uma boa atuação no jogo de hoje, principalmente porque a única chance de os gambás lixosos ganharem o jogo de hoje é explorando os erros do Palmeiras.

Digo sem nenhum clubismo, o Palmeiras só perderá essa partida de hoje por sua própria culpa. Há muito tempo não vejo um dérbi onde a diferença técnica dos times fosse tão grande, o último jogo assim foi aquele do Paulista de 2013 que terminou empatado por 2 x 2, quando eles tinham um time tecnicamente muito superior ao nosso.

Apesar de jogar fora de casa e com uma provável arbitragem tendenciosa para eles por parte do Raphael Claus, o Verdão tem tudo para fazer uma boa partida hoje e sair de lá com uma importante vitória para encher o time de confiança para os próximos jogos.

Hoje é aquele jogo que jogadores como Dudu, Lucas Lima e Borja podem decidir e ganhar a confiança completa da torcida. O mesmo vale para o Roger Machado, todos os palmeirenses esperam ver uma atuação consistente da equipe hoje.

A partida do Paulista de 2017 apresentava uma disparidade técnica tão grande ou até maior que essa de 2013, que ficou ainda mais latente após a expulsão absurda do Gabriel. A diferença naquele jogo de 2013 foi que o Palmeiras se superou enquanto o rival festejava Pato & Cia., e no ano passado enquanto os gambás também superaram suas limitações a covardia do nosso treinador e a apatia de quem estava em campo fez o restante do serviço para eles.

Eduardo, concordo que em 2017 o Palmeiras ja era superior aos gambas, mas entendo que nao era tanto como hoje. Por exemplo, faltava ao nosso time o tao pedido meia de criacao que conduzisse o time, hoje o Palmeiras tem esse jogador, o Lucas Lima. E eles, bem ou mal, tinham um cara no ataque que, apesar de caneleiro, consegue jogar tranquilamente no futebol brasileiro, que era o Jo. E posso falar tambem sobre o treinador, acho o Roger melhor treinador que o Eduardo Batista.

Entendo seu ponto de vista, só que NAQUELE momento o Guerra era o melhor jogador da Libertadores anterior e o Jô era um caneleiro, ninguém sabia que ao longo da temporada um se tornaria uma decepção e o outro artilheiro e Bola de Ouro do Campeonato Brasileiro. Sendo assim, a disparidade na teoria era tão grande ou maior que em 2013, sim.

Que san Genaro ilumine Michael Bastos e principalmente Antônio Carlos e Tiago. Saudades de Victor Hugo e mina (esse era o cara) .

Hoje o jogo é perigoso, na verdade não vale nada pra campeonato, mas se não ganhamos vai abater a moral pro jogo da Libertadores e se perder vão queimar a zaga…Mas meu palpite é 3×1…e pequena crise nos gambás..

Jogo imprevisível.
O momento é mais favorável ao Palmeiras.
Só que o jogo é lá na casa dos caras.
Torcida e toda imprensa a favor deles.
E a arbitragem também (provavelmente).
Empatar hoje não será ruim.

Chega dessa frescura de time reserva. Aí é eliminado na Libertadores e os outros campeonatos foram
jogado fora por causa dessa obsessão i d i o t a. Titular amanhã e partir pra cima.

Quero vê se o Lucas Lima , o felipe mello ou algum outro jogador se machucar amanhã se vc vai chamar de frescura poupar jogador antes do jogo da libertadores. Nao se trata de obsessão, se trata de algo óbvio, a libertadores é muito mais importante q o paulistinha.

Concordo plenamente. Se tivéssemos o “melhor elenco do hemisfério sul do planeta”, poderíamos poupar vários craques que outros entrariam em seus lugares, mas como a vida real é bem diferente e teremos cinco dias até a estreia na Libertadores, nada de poupar.

12 mil torcedores desocupados, em um treino , o estádio feito com dinheiro público que a justiça já intimou o clube e a construtora em devolver esse dinheiro pra sociedade .
Desemprego em alta no Brasil, criminalidade aumentando e congresso aprovando intervenção militar no Rio de Janeiro.????? OPS! Pera, aí .Intervenção Militar no congresso nacional em Brasília, os políticos mais caros e corruptos do mundo que tiveram a ousadia de rebaixar 10 reais do salário mínimo. Alguém sabia disso?
Intervenção Militar em Brasília, o povo deveria luta por isso.

Se não me engano, nossa estreia na libertadores será no meio de semana. Eu sinceramente acharia inteligente da parte do Roger entrar no clássico com o time reserva. Primeiro porque pouparia os titulares pra libertadores, segundo porque tiraria o peso do clássico onde uma vitória empolga mas uma derrota põe um caminhão de pressão nas costas dos jogadores e comissão técnica, terceiro porque não vale absolutamente nada mesmo, é apenas um jogo de meio de campeonato Paulista onde lideramos a classificação geral com folga e quarto porque temos elenco suficiente pra enfrenta-los com time time A ou B . Deixa pra fazer guerra qdo o jogo merecer , tipo mata matas no paulista e liberdadores ou jogos do brasileiro . A torcida deles já lotou de novo o treino e estão criando clima de final de campeonato novamente e isso não é interessante pra nós. Jailson, Maike, Dracena, luan, e Victor Luís; Thiago Santos, Tchê Tchê ,Moisés e Scarpa, Keno e Willian….seria um time muito bom pra enfrentar os gambás amanhã. Jogaria de forma tranquila, sem clima de guerra, deixando claro q nossa prioridade é a libertadores. Acho até q nossas chances de vitória aumentariam pq o time deles é bem ruinzinho, o que vai favorece-los é justamente esse clima , que pra mim é totalmente dispensável.

E para finalizar esse assunto curintia x Palmeiras , espero que o Roger Machado tenha assistido aos gols que o Palmeiras tomou do curintia ao longo de 2017 , principalmente o jogo do campeonato paulista.
No gritante erro de domínio de bola do sr. Alejandro Guerra.

De todas as mídias palmeirenses que existem , eu gosto mais do 3vv , quero deixar aqui uma sugestão , de melhorar os serviços , filtrando melhor os participantes e acrescentando o horário que o usuário deixou a sua mensagem.
Eliminar certos tipos como o gnomo que encheu o saco no domingo.

Amanhã é o dia de o Palmeiras se impor na casa do adversário, porque já estamos cansados de ter “o melhor elenco do Brasil” e não vermos essa realidade na prática, principalmente contra o maior rival. Vitória obrigatória!

Cheguei a ler dia desses na internet que temos “o melhor elenco do hemisfério sul do planeta”. Pomposo, não? Só que na hora de mostrar isso onde e quando interessa – jogando bola contra adversários de peso em competições importantes – a realidade tem sido bem outra. Não vejo a vitória como obrigatória, mas a derrota está proibida. E hoje o Itaquerão lotou no treino de novo, como aconteceu na véspera do último clássico. Sinal que eles entenderam que esse jogo não é só “mais um”. Mas não significa que será tudo igual a 2017.

Ainda nessa semana eu manifestei aqui uma sugestão , jogo contra esses caras , jogadores como Evair , Edmundo , César Sampaio , Alex e Marcos deveriam dar uma palestra ou até mesmo uma aula sobre o que representa esse jogo.
Porque o Palmeiras não treinou no Allianz Parque hoje com portões abertos também para a torcida poder fazer o mesmo ? Falta sensibilidade as vezes dentro do clube.

Treino no Allianz com portões abertos?Eu duvido. Do jeito que os caras são mãos-de-ostra, seria no mínimo R$50.

Aroni , essa estratégia dos gambás em abrir o treino para a torcida repercute em todos os programas esportivos de todos os canais , seja a Fox , ESPN ou Sportv ou Esporte Interativo.
Enquanto os “comentaristas” emitem suas opiniões fica passando e reprisando o vídeo do treino com a torcida entoando o grito de guerra “se o curintia não ganhar , o pau vai cantar…”
Isso inflama os brios de qualquer um.
Por isso eu acho que hoje o treino do Palmeiras deveria ter sido no Allianz Parque com a entrada gratuita da torcida.

Alguém aqui sabe o motivo do jogo ser amanhã (sábado) e não no domingo ?

A se confirmar escalação nformada na imprensa com che che e Willian, podem esquecer, reabilitaremos os inimigos. 4 meses e ainda não definiu o padrão de jogo e nem o time. Já era!!!

4meses? Pelo que lembro estreamos no paulistinha há pouco mais de um mês. Segundo meu amigo guga.com dia 18 de janeiro. Por acaso estamos em maio e eu ainda não percebi???

E para completar nosso grupo na Libertadores vem o Junior de Barranquilla 🇨🇴

Pois é, grupo com dois favoritos, um time complicado de enfrentar e uma incógnita que pode decidir a classificação se roubar pontos dos demais. A julgar pelo resultado de 0x0 entre Guaraní e Barranquilla parece que não perdemos nada, mas causou-me certa estranheza a detentora dos direitos de transmissão da Libertadores para o país ter preferido exibir jogos como Sampaio Corrêa X Paraná ou Uberlândia X Coritiba ao invés de mostrar o confronto que definiria contra quem vamos jogar daqui a uma semana. Houve, no mínimo, uma certa má vontade com os palmeirenses.

Me preocupa de verdade, a imensa dificuldade que o Palmeiras tem encontrado, para sequer chegar às quartas de final da libertadores. Até os bambis, já em fase de flertar com a segundona, chegaram a semifinal recentemente. Tomara que esse ano, seja de boas surpresas, mas sei lá, nosso grupo é muito complicado, eu não ficaria surpreso de não passarmos da primeira fase (embora eu ache isso improvável).

Sábado será mais uma partida entre Corinthians x Palmeiras.
Ninguém gosta de perder.
Ainda mais esse jogo.
Só espero atitude de time vencedor.
Que os jogadores do Palmeiras que entrarem em campo se entreguem e joguem com vontade de vencer.
Se acontecer um empate ou a derrota que não seja por medo.
Estou confiante.
Só gostaria de deixar aqui o que penso sobre o jogo de sábado.

Como é que uma classificação pode ser um vexame histórico??? A do vasco hoje foi… sei que o assunto aqui é o verdão, mas peço licença pra comentar kkkk. A classificação deles contra o Jorge Wilson foi uma vergonha. Ridículo. Pior que isso só perder pro Barcelona de Rivotril.

Vim aqui, justamente falar isso. Parte do crédito é da logística do clube, chegaram um dia antes do jogo, deveriam ter ido antes, para se habituar ao ar rarefeito. Na verdade, demorou pra FIFA proibir jogos nas alturas, pois são uma vantagem artificial ao mandante. Ainda assim, também achei vexame do Vasco, quando vi que fez 4 x 0 no Wilsterman (que nos deu um sufoco danado, por sinal), pensei que nada podia tirar a vaga do Vasco, só que acontece que isso quase aconteceu. Ridículo.

Achei que o Vasco se esforçou ao extremo, mas graças ao goleiro Martín Silva não conseguiu tirar do time de Itaquera o título de “Maior Vexame das Américas” em 2011. Foi ridículo sair de S.Januário com 4 gols de vantagem e passar só nos pênaltis, mas passou.

Ao contrário do que disse o Marcos Rocha ontem em sua entrevista , o jogo do próximo sábado , definirá sim o futuro do Palmeiras no ano.
Nessas horas seria importante pessoas como Evair , Edmundo , César Sampaio , Marcos e Alex aparecerem na academia e darem uma palestra ou uma aula do que significa esse jogo.

Caraca, voce acha realmente que o jogo de sabado deve ser encarado como um jogo que vai definir o rumo do ano? É serio?

Mesmo cenário de 2017.
Esqueceu?
A 4a força foi campeão paulista e brasileiro.
O milionário time verde foi eliminado da libertadores pelo poderoso Barcelona.
Eliminado pelo Cruzeiro na copa Brasil.
Eliminado pela Ponte Preta no paulista.

Não sei se a partida de sábado determinará os caminhos do Palmeiras em 2018, mas não tenho dúvidas de que o primeiro Derby de 2017, com a postura covarde de uma equipe, no alto de sua soberba, e o estilo “não temos nada a perder, mesmo” da outra, absolutamente limitada mas consciente disso, definiu o que foi o rival de Itaquera na temporada. Não significa que tudo será idêntico em 2018, mas quem não aprende com os erros vai repeti-los até aprender.

Gente, não façam falsa correlação. Em 2015 perdemos de Santos e Corinthians e fomos campeões brasileiros.

Primeiro clássico do ano só decide quem vai ser zoado em fevereiro… nada mais. Encarar isso como uma “guerra que vai comprometer o ano se vier derrota” é a mesma obsessão que todo ano nos atrapalha na Libertadores.

Falei aqui no outro jogo. Pensem grande, pensem longe.

Se perder, segue o baile, continua evoluindo, ainda tem mto ano pela frente.

Se ganhar, segue o baile, continua evoluindo, ainda tem mto ano pela frente.

Campeão Brasileiro em 2015??? Os fatos são bem simples, o jogo no Paulista 2017 definiu a “cara” que cada equipe teria no restante da temporada, e as duas partidas do Brasileiro simplesmente decidiram o campeão (caso tivéssemos vencido uma delas por 1×0 e empatado outra por 0x0 haveria igualdade em pontos, mas ganharíamos o título pelo número de vitórias – não que fosse merecido, diga-se de passagem). Ah, mas vai acontecer sempre assim? Ninguém afirmou isso, de fato beira a obsessão e é perfeitamente possível conquistarmos todos os títulos do ano mesmo perdendo (de novo) todos os duelos para eles. Só não me parece aconselhável ignorar o que representa esse jogo e seus desdobramentos atualmente, ainda mais considerando a baixa qualidade dos demais rivais.

Não é ignorar. Mas tratar como mais um clássico. Tão relevante quanto qualquer outro.

Mas beleza, coloca toda o ano nas costas desse clássico. Aí se perder, já pulo pra 2019.

Reclamamos que os caras perdem um jogo e entram em má fase, mas quem coloca pressão sem precisar somos nós.

Deixa pra chamar de “jogo que decide ano” quando vale alguma coisa.

Tão relevante quanto qualquer outro = sempre muito importante. Simples assim, quem está dizendo que “decide o ano” é você. Pior é colocar, sempre, a responsabilidade dos fracassos nas costas de CBF, Globo, arbitragem, mãe Dinah, Donald Trump etc., nunca pela nossa incapacidade de superar obstáculos.

Não fui eu quem disse que decide ano, volte nos comentários que respondeu e leia corretamente.

E nem estamos falando sobre fracasso.

Tão relevante quanto qualquer outro = perder agora não vai definir a “cara” do time pro resto do ano. É muito simplismo pensar assim.

Caso a gente perca (o que não é absurdo visto que é classico e fora de casa) voces vão deixar de vir aqui, ou de torcer o resto do ano, porque a “cara” ja esta definida?

Quero ver.

Eu queria discordar, mas as amebas que disputam os campeonatos no Brasil, realmente se desmancham/inflam todos por causa de um clássico. E tem gente que ainda é contra a psicologia do esporte. O resultado é esse: jogadores sem controle emocional nenhum. É estranho pensar, no quanto os clubes de futebol ainda são retrógrados ao extremo em suas entranhas (machistas, ignorantes, etc…)

É óbvio que o time ainda está longe de encher os olhos de alegria, porém é evidente q existe uma evolução em relação ao ano passado e a curva é de crescimento. Mas se vê aqui muitas críticas e ordens negativas, mesmo com 08 jogos no ano, porem sempre desacompanhadas de sugestões de melhoria. Qual a solução então? Trocar de técnico? Por quem? Dispensar uns 10 (quem?) e contratar outros 10 (quem)? Trocar o fornecedor de material esportivo? Não colocar mais o “P” na camisa? Jogar de meias brancas? Aumentar as dimensões do campo (acreditem, já pedido aqui)? Reclamar sem apresentar alternativas ou apontar caminhos, não gera pontos positivos. Fica somente como cornetagem.

É Philippe, mas eu disse isso sobre o Guerra no ano passado e quase fui apedrejado no site. O Palmeiras enfrentou o Cruzeiro num domingo pelo campeonato brasileiro e no sábado o Guerra já brincava com o seu filho. Se tivesse vergonha na cara e vontade ía pro jogo onde perdemos por 3 X 1 . Infelizmente me parece que é o tipo de jogador que veio por causa do salário. Não demonstra tanta vontade muito menos qualidade..

Assistindo à Chelsea-Barcelona e volto a bater na mesma tecla. O futebol está ficando chato. Não tem mais espaço para a criatividade. É só marcação. Está parecendo um futsal no gramado. O condicionamento físico dos jogadores melhorou, e o espaço dos gramados diminuiu. Tem que aumentar a dimensão dos gramados pra ontem. Para o bem do futebol.

Gustavo, esses dias estava conversando com uns amigos sobre isso. Realmente o futebol evoluiu muito no que diz respeito a condicionamento físico e tático. Discutimos exatamente isso q vc disse. Ou aumenta as dimensões do campo, ou tira um jogador de cada lado e joga com 9 na linha…como tirar um jogador parece um pouco absurdo , eu tbm fico com aumentar as dimensões do gramado. O fato é que tem q mudar mesmo. O jogo hj entre Chelsea x Barça até foi um bom jogo, se nota qualidade dos jogadores, porém não há mais espaços pra dribles e jogadas de efeito. Só gênios como Neymar e Messi conseguem de vez em quando tirar um coelho da cartola, coisa que há uns anos atrás víamos todo jogo.

O futebol, a cada dia que passa fica menos atrativo. Muito mecânico e pouco original Cada vez menos humano. A continuar desse jeito, chegará (a médio prazo) o tempo que o torcedor deixará de assistir futebol. Pode esperar. Quem dirige o futebol só enxerga o próprio bolso, e não pensa na qualidade e sobrevivência do esporte. Vão morrer todos pela boca, e pela burrice.

Pra piorar só falta querer padronizar o árbitro de vídeo e o gramado sintético. Quem sabe não tenhamos também o cronômetro parado, no futuro?

Caro Gustavo, aquela famosa “maioria” de torcedores que pinta por aqui nas vitórias e (como gnomo dos Irmãos Grimm ao ter seu nome descoberto) desaparece nos tropeços, e pra qual não importa sermos os melhores jogando bola (mas vale ter a melhor arrecadação, o melhor estádio, a camisa mais verde, o escudo mais bonito, o IPTU mais bem pago etc.), já deixou de assistir futebol faz tempo. Acostumaram-se ao “prato feito” que é servido sem qualquer nível de exigência ou o menor interesse “gastronômico”. E a tendência é piorar mesmo…

Assistindo à Chelsea-Barcelona e volta a bater na mesma tecla. O futebol está ficando chato. Não tem mais espaço para a criatividade. É só marcação, está parecendo um futsal no gramado. O condicionamento físico dos jogadores melhorou, e o espaço dos gramados diminuíram. Tem que aumentar a dimensão dos gramados pra ontem. Para o bem do futebol.

Tem que dar mais chances pro Scarpa e botar o pangaré do Guerra pra correr do Palmeiras.

Sérgio, vou te dizer uma coisa: tem dois caras no Palmeiras que eu não suporto. Um é esse Guerra que é um morto vivo . Fiquei p.u.t.o com ele aquela vez que aconteceu o acidente com o filho dele. O muleke já estava bem , já tinha passado o susto e o camarada demorou quase um mês pra voltar a jogar , aproveitou e muito a situação, além de ter vários jogos q ele dorme dentro de campo. Outro é o Bruno Henrique que nem deveria ser contratado , muito menos permanecer pra esse ano. O cara não fez um jogo bom ainda e nas vezes que jogou contra os Gambás conseguiu ser pior, parece até que faz de propósito por ser corintiano. São dois caras que eu quero ver longe do Verdão, além do Michel Bastos q sempre deu migué e já é praticamente um ex jogador em atividade.

Sobre o futebol do Guerra, as opiniões questionando sua eficiência como jogador (apesar de ser tecnicamente diferenciado, porém com pouca resistência física) são totalmente aceitáveis. Sobre os desdobramentos do drama que teve com seu filho, no entanto, penso que só quem já passou por situação parecida pode argumentar. É muito fácil pensar “Deveria ter largado o garoto pra voltar a jogar bola” com base apenas em “ouvi dizer” ou “vi em algum lugar”. Quando se perde emprego, saúde, amigos e as portas se fecham na vida da gente, a única coisa que resta (porque sempre esteve lá) é a família, então nada, absolutamente nada deve ficar acima dela. Quem ainda não passou por isso, fique tranquilo que vai passar.

É óbvio que o time ainda está longe de encher os olhos de alegria, porém é evidente q existe uma evolução em relação ao ano passado e a curva é de crescimento. Mas se vê aqui muitas críticas e ordens negativas, mesmo com 08 jogos no ano, porem sempre desacompanhadas de sugestões de melhoria. Qual a solução então? Trocar de técnico? Por quem? Dispensar uns 10 (quem?) e contratar outros 10 (quem)? Trocar o fornecedor de material esportivo? Não colocar mais o “P” na camisa? Jogar de meias brancas? Aumentar as dimensões do campo (acreditem, já pedido aqui)? Reclamar sem apresentar alternativas ou apontar caminhos, não gera pontos positivos. Fica somente como cornetagem.

Chega a dar sono ver essas discussões de “time não presta” e “entreguem as taças” em fevereiro

Parece que não sabemos torcer além do próximo jogo.

Thomaz..eu entendo perfeitamente seu ponto de vista. Tbm sempre achei precipitado dar opiniões contundentes com apenas meia dúzia de jogos no ano. Só que pra mim a grande questão é que isso nos últimos anos tem se tornado enganoso, a gente fica esperando a evolução do time com o decorrer das partidas e isso não ocorre. Se fosse um time que mudou completamente seus jogadores, vá lá, mas mantivemos nosso time do ano passado e ainda reforçamos com 2 ou 3 jogadores importantes. É claro que as ideias do treinador sao outras, mas sinceramente não acho tão cedo assim pra cobrar um futebol melhor, principalmente por estar enfrentando equipes tão mais fracas tecnicamente. Com meia dúzia de jogos não se pode cobrar o nível máximo, mas a essa altura os caras já estão fisicamente prontos e já deu tempo pra assimilar tbm a filosofia do treinador e contra times como Linense , Mirassol, Red Bull e ponte preta ( que tá na série B ), era pra mostrar a superioridade de um time de folha de pagamento estratosférica. Há pessoas por aqui que não se importam com o futebol apresentado e só querem saber dos 3 pontos, porém uma grande parte se preocupa com o desempenho tbm, até pq daqui a pouco tem estréia na libertadores e aí o bixo pega né.

Cara, estamos em fevereiro. Discordo sobre o que diz que nos ultimos anos não praticamos bem futebol. Podemos não ter praticado um futebol que parte da torcida quer, mas o termo “bom” é bem subjetivo e pra mim e outra grande parte de pessoas, o futebol praticado foi bom sim.

O problema não é achar que praticamos ou não um bom futebol. O problema é que não adianta rigorosamente nada reclamar agora porque é um trabalho novo e criticar dessa forma, hoje, é quase o mesmo que jogar contra.

O time triangula, lança, joga no chão, tem jogada ensaiada… pode nao ter um primor técnico, mas vem ganhando seus jogos sem sofrimento.

É obvio que vamos perder pontos idiotas, todos os times do mundo perdem.

Se perdermos pontos contra o Boca numa semifinal, ai vou ser o primeiro a vir e criticar.

Mas perder pontos contra a Ponte em fevereiro no sétimo jogo do ano? Ligo muito pouco.

Se voces acham que só porque nós temos grana e os melhores jogadores, significa que devemos passar o carro em tudo e todos sem dificuldade, é mais um problema de expectativa do que do Palmeiras, na verdade.

O investimento tem que trazer protagonismo. Bom futebol, titulos, resultados devem ser o caminho, mas não obrigatóriamente.

Ninguem lembra de futebol bonito, lembra de titulos. Futebol bonito sem titulo não me serve.

Título com futebol feio me serve desde que seja uma transição, ou uma fase.

E sinceramente, vendo o que passou e o que vem, não é nada desesperador.

Só ter calma e entender que todo o investimento não é pra ganhar da Ponte, não é pra ganhar esse Paulista, não é pra ganhar esse brasileiro… é pra devolver o Palmeiras pro protagonismo e a partir disso evoluir.

Se a gente não tem paciencia de ganhar titulo jogando “ok”, não vamos a lugar nenhum mesmo

Verdade. Alguns só se preocupam com o jogo do dia, enquanto outros, após uma vitória contra um Mirassol, já começam a parcelar o pagamento das passagens pra Tóquio, Abu-Dabi, Casablanca ou pra onde for o próximo Mundial de Clubes, pouco importando o essencial que nos manterá vivos em qualquer competição, que é a qualidade do futebol apresentado.

Sei lá, mas pelo que entendi, a entrada do Bruno Henrique foi, justamente, naquele momento do jogo (repetindo: naquele momento do jogo), para fechar mais a defesa, segurar o empate, para não correr o risco de perder o jogo, a invencibilidade, e não ir com derrota para o clássico. Se essa era intenção dele, a mexida não foi errada não.

também tive essa impressão pois já havíamos perdidos diversas chances de abrir o placar e não o fizemos. O problema não foi o empate contra a Ponte, mas sim o empate na quinta feira, se tivéssemos vencido na quinta, ninguém estaria comentando o empate de ontem.

Apesar de ainda não estar fazendo esse jogar como poderia ( deveria), eu gosto bastante da visão que o Roger tem.do que aconteceu na partida me parece um.doa técnicos mais lúcidos que já ouvi falando, isso me trás uma esperança… Agora será o nosso verdadeiro teste, acredito que até agora foram jogos onde houve uma.demonstracao que as coisas estão se ajustando,mas ainda falta bastante, só que não é o Palmeiras que está nessa fase, então vamos como vai ser a ” pegada” desse time,se vamos ter um ano pra comemorar ou mais um pra esquecer…

só discordo do dudu e do lucas lima terem ido melhor que o time.. acho que o lucas lima está jogando na posição errada buscando jogo atrás do campo toda hora, não joga perto da área… e o dudu errando bastante, sempre isolado… parece que o Palmeiras ficou fácil de ser lido, e o treinador perdeu um pouco a mão e não conseguiu ver… minha impressão desde o jogo contra o Santos… minha opinião.

Quando meu pai me disse que sentiu falta do Borja. Jesus! É qua a coisa não foi boa. E o lance mais perigoso foi uma bola da Ponte na nossa trave. Preocupante.

O gramado atrapalhou os dois times. O jogo não terminou sem vencedores porisso, e sim porque o time que segundo a imprensa tem o melhor elenco do país, não fez valer sua superioridade técnica; e ja faz tempo. Embora estejamos ainda invictos, o futebol jogado até agora não convence. Desculpem-me os mais fanáticos, mas ainda não enfrentamos nenhum adversário digno de respeito. Nem mesmo o Santos que vencemos, estava escalado com todos os titulares. A partir de agora, quando o campeonato estrar na fase mais agúda com os jogos da libertadores veremos se esse esquema do RM, é vencedor. O elenco é otimo, mas o futebol jogado até agora não me convence. Quero estar errado!

Quem escreveu o texto está correto.
Com esse time é para vencer até em polo aquático a Ponte Preta.

O campo encharcado realmente atrapalhou o Palmeiras que, ao menos desta vez, mostrou mais vontade. Mas dava para ter ganho. Espero que depois de dois empates voltemos a vencer justamente contra o SCCP.

Não se pode desconsiderar a condição do gramado nem a falta de vontade. Só que em alguns momentos fica bem nítida a total falta de recursos dessa zaga, e não sei se temos atletas muito melhores pra colocar no lugar. Cada um enxerga o que quiser e pensa o que bem entender, mas tem gente exaltando invencibilidade de oito jogos contra Linense, Mirassol e Red Bull, times que quando muito disputam Série D. Tivemos apenas “meio” teste de verdade, contra um Santos desfalcado, em casa. É bem melhor ter conquistado 20 dos 24 pontos disputados do que ter apenas 10, e entendo que temos boas perspectivas, mas vou levá-las em consideração apenas quando atingirmos uma série invicta dessas enfrentando Cruzeiro, Flamengo, Gambás, Grêmio, Atlético MG e Boca Juniors. Até aqui, tem sido uma ótima pré-temporada, nada mais. E quem não sabe conviver com críticas tem mais é que fazer tricô mesmo, como foi sugerido…

Condições adversas do campo prejudicaram um futebol melhor… O q importa é que na próxima rodada tem q arrebentar na favela.

O campo nesse estado e a Ponte Preta chegando com tudo em cada dividida, achei até que o time deu sangue demais. Se arriscar num jogo que não vale nada, cé loco.

Diante das circunstâncias, tá bom. Pessoal aqui tá cornetando mais do que contra o Linense, que foi bem pior. Ninguém aqui admite, todo mundo se acha racional, mas no fundo tem uma galera aí que espera que o time saia ganhando todas, mesmo num campeonato que não vale nada e com um início de trabalho com 15 dias de pré-temporada.

Tenho o mesmo pensamento, alguns acham q tem q golear em todos os jogos e com a ISO debaixo do braço… O ano começa a partir do próximo sábado…

Olha o nosso meio de campo : Bruno Henrique , Tchê Tchê e Thiago Santos.
Scarpa foi contratado para ficar no banco ?
Moises , pelo que consta , já está recuperado.
Coisas que não dá para entender.

O campo tá um pasto, vai botar o Scarpa com 30 do segundo tempo pra quê?
Bruno Henrique deu mais estatura pro time investir na bola aérea, mais combate no meio campo pra dar um gás no final, tá certinho o Roger. Faltava era o Deyverson hoje. Elenco bom é pra essas coisas, cada jogador para uma circustância, se for pra usar os mesmos sempre qual é a vantagem?

Aos participantes aqui do 3vv , uma pessoa que entra com um codinome de contos de fada , não merece o mínimo de respeito.
A esse individuo , o nosso desprezo.

Tava lendo a discussão aí embaixo. Eu concordo que o Rumple seja da turma dos vislumbrados, mas não acho problema a pessoa usar um pseudônimo, achobque o importante numa discussão, são as ideias propostas, e o debate das idéias. A pessoa em sí, o nome, o rosto, etc, são irrelevantes para o debate. É até bom, na verdade: o cara não se sente mais a vontade de alar o que realmente pensa.

Maldito auto completar. Quis escrever que, é até bom, se a pessoa se sente mais a vontade com pseudônimo, assim ela não se segura, na hora de expor suas ideias.

O problema da criação dos Irmãos Grimm aí é que, ao contrário do original, não é adivinhando o seu nome que ele desaparece, basta o Palmeiras não conseguir resultado (nem vou usar o termo “não jogar bem” pois isso é algo completamente dispensável para certa “maioria” por aqui) que ele some. Exposição de ideias é uma coisa, mas chamar quem faz críticas de “bambi” ou “gambá”, autoproclamar-se “O” torcedor modelo, fugir na hora do debate e se esconder atrás de pseudônimos é o tipo da covardia que faz com que a pessoa mereça, apenas, ser solenemente ignorada.

Isso aí Eduardo. Um sujeito que entra aqui como personagem de contos de fadas não merece o menor respeito.
Ignorar é a melhor coisa.
Funciona. Parece que já saiu fora.
Abraço.
Agora é descansar porque amanhã é dia de trabalhar.
Quanto ao jogo, melhor não opinar.
Destaque para as condições do gramado.
Boa noite.

Daqui a pouco nosso amiguinho vai estar dizendo: ” Que isso pessoal, como vcs são cornetas, estamos apenas no vigésimo terceiro jogo do ano, o campo hj estava seco demais , o gramado estava duro, o sol estava muito forte e a globo está manipulando vcs ainda” kkkkk…vejam o que o fanatismo faz com uma pessoa. O Palmeiras não joga nada há tempos e o cidadão é incapaz de enxergar isso.

O gramado tá zicado, mas se não vier a vitória, ninguém pode reclamar, pois chances houveram. Faltou usar um pouco mais a cachola, e menos o ego: O Guerra poderia ter feito o passe naquele lance, em vez de chutar, e o Dudu chegou a linha de fundo, cortou o zagueiro, e… nem rolou, nem chutou no gol: chutou bizonhsmente pra fora, de cabeça baixa.

Guerra , que jogador bizarro , olha a oportunidade desperdiçada…

Renato, ignora esse babac@ aí…apareceu por aqui só pra encher o saco mesmo, não tem idéias nem argumentos coerentes pra debater com ninguém por aqui. Qto ao seu comentário, concordo com vc, acho q o Dudu estava doido pra ir embora mesmo, seu rendimento caiu muito desde o ano passado, e olha que eu fui um dos defensores da permanência dele ( não imaginava que ele estava de saco cheio ) . E o guerra e o Michel, sem comentários, o Mattos errou feio deixando os dois no elenco…era pro Keno estar jogando ou o Scarpa mas o guerra ta aí tirando a oportunidade deles. Espero q o RM perceba e corrija logo isso

Tá certo, Philipe Frois… reclama aí que eu torço aqui. E reze a Deus por algum lampejo de inteligência ter lhe feito palmeirense; se você reclama e chia tanto de um time invicto, como você estaria se fosse sãopaulino? Saudações alviverdes, seus cornetas!

Se o RM está fazendo do jogo de hoje uma análise, deveria ter saído com o Scarpa no lugar do Guerra.
Gostaria de ver Moisés no lugar do Tchê Tchê. Uma opção interessante.

Reconheço o campo encharcado mas o futebolzinho continua fraquinho fraquinho….Dudu como de costume nos últimos tempos não tá jogando absolutamente nada e o Guerra é um morto vivo dentro de campo. Espero q minha cornetada se vire contra mim como foi em outros jogos qdo chamei o Borja de grosso. Mas vou dizer uma coisa, com essa vontade toda aí não ta nada difícil da gente passar alguns vexames esse ano novamente heim.

Tá melhor que Mãe Dinah, hein Philipe Frois… já tá prevendo o desempenho do time no ano com apenas 7 jogos! Impressionante!

Ao amigo aí de nome esquisito: se quer debater de forma adulta, a primeira coisa q vc deve fazer é colocar seu nome verdadeiro aí. Ta parecendo aqueles mulekes de Facebook que põe avatar e apelidos fakez só pra ficar enchendo o saco dos outros participantes.

Isso ai Frois ! Esse sujeito chegou agora e vem querer tirar uma….
Mas deixa ele , ele é o sabe tudo , o senhor da razão.
Eu vou ao Allianz Parque e tenho o direito de reclamar sim , quinta-feira era jogo para goleada , não teve desculpas aquela apresentação.
Hoje , a desculpa é o gramado , mas espera ai , e a diferença técnica de um time para o outro ?
Já que hoje ainda é um jogo para analise do treinador , porque não sai com o Scarpa e o Moises ? Isso não é reclamar , e sim , uma observação.
Vamos continuar torcendo para o Palmeiras vencer sempre.
Abraço.

Frois, eu estive no Allianz contra o linense.
O Palmeiras não está e não é tudo isso.
Se realmente fôssemos bons, era goleada na certa. Alguns jogadores como Bastos e Guerra já deveriam ter deixado o clube.
Eles não tem condições de vestir a camisa do Palmeiras.
Dudu, está contra a sua vontade no Palmeiras nesse momento. Ele queria os milhões de dólares dos chineses.
Foi obrigado a permanecer.
Copa do mundo? Talvez?
Mas o seu futebol sumiu.
Hoje era jogo para Scarpa e Moisés.

Como você sabe tudo isso, Renato? Pelamor, de anti já temos a mídia e os adversários. Se não curte o time ou o esquema tático, não ouve os jogos e vá fazer tricô.

Eu vou ao estádio , não sou torcedor de radinho ou sofá como você.
Uma excelente sugestão , vou fazer tricô sim.
Abraço !

Ir ao estádio não lhe dá direito a escalar o time ou a criticar com apenas 7 jogos. Ou você é acha que ao pagar ingresso vc ganha direito a reclamar? Repito: não precisamos de cornetas. A mídia e os adversários já fazem isso muito melhor que você.

Ai , na boa , vai encher o saco da sua esposa , ou da sua mãe….
Aqui é um espaço para debates , para argumentações e exposições de pontos de vista.
Nunca faltei com respeito com você ou qualquer outro.
Então por favor , fique na sua.
E utilize um nome descente para entrar aqui.

Não estou lhe faltando com o respeito, só estou questionando sua postura como palmeirense. Se você não sabe quem é Rumpelstintskin, busque no Google. E, por fim, não é “descente”, é decente. Todo mundo tem direito à sua opinião, mas você não tem opinião – só reclamação. O gramado não permite futebol, o jogo sofre por isso, mas você reclama dos jogadores. Então, quem pede pra ficar na sua sou eu: pra ler críticas ao Palmeiras, eu abro o Globo Esporte. Ver palmeirense falando como os antis é triste demais.

Perdeu a razão quando se achou melhor porque vai ao estádio. Já pensou o que seria do Palmeiras se tivesse só os torcedores que vão ao estádio?

Acompanhando no tempo real. No radinho perdeu os 100%, não tem mais graça. Campo encharcado, imagina o naipe do futebol.

Impressionante como a mídia dá argumento pros cornetas… ouvindo pela Globo, comentarista diz que Dudu DE NOVO não tá jogando nada… pqp

E não tá mesmo meu amigo. Na verdade o Dudu já ta merecendo um banquinho desde o ano passado.

Lamento, só posso dizer que vocês, Philipe Frois e Gustavo Aroni, são muito influenciáveis. Agora o comentarista disse que não sabe se o Dudu está jogando mal ou se é culpa do lado do campo em que ele está jogando… é como eu disse, a mídia dá argumento e os cornetas simplesmente reproduzem.

Pois é, Dudu “ficou”, o futebol dele “foi” e a culpa agora é da mídia. E o que é pior, quem enxerga fatos agora é “influenciável”. Pobres Irmãos Grimm, se imaginassem a apropriação indébita de sua criação, ao invés de escritores teriam enveredado para a prática de curling ou bobsled…

Hoje vai no tempo real. Radinho tava zicando, já empatou com o lanterna em casa.

Essa RGT é mesmo um lixo, os caras vão ter a coragem de passar São Bento x Botafogo ao invés do palmeiras, que joga em Campinas. Faço questão de não assinar o pay per view desses caras

Que a vitória venha bonita, mas se vier com gol de bate-rebate e batendo na nuca do zagueiro adversário, também vale 03 pontos! Vai, Palestra!

Jailson; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Thiago Martins e Michel Bastos; Thiago Santos; Guerra, Tchê Tchê, Lucas Lima e Dudu; Willian. Essa e a escalação do rádio..

Vamos ver se o time hoje vai jogar mais animado, porque os últimos dois jogos jogaram como se fossem meros amistosos sem nenhuma importância, lentos, dando a impressão que não viam a hora de o jogo acabar para irem embora.

Acho q hj é dia de conhecermos nossa primeira derrota no ano.

Borja ficou em SP e não joga, não se entraria com Keno ou Scarpa, Keno só joga quando entra com jogo em andamento e Scarpa parece que tá acordando, logico que o centroavante seria Willian…

O Borja vai ficar se preparando durante a semana pra disparar na artilharia no próximo sábado.

Temos elenco para poupar os pendurados, que o time entre forte em campo e derrube a macaca do galho. Que o empate do último jogo sirva para acender o sinal de alerta do time.

Os comentários estão desativados.