Categorias
Notícias Paulistão 2018

Mudanças providenciais: fizeram o que é certo

 

 

E menos de 24 horas depois da FPF anunciar a barbaridade da tabela que prejudicava o Palmeiras, e por motivos além da nossa vã filosofia – aparentemente o problema foi a partida do Corinthians com poucas horas de diferença em relação à partida do SPFC – o Palmeiraense  recebeu a boa notícia de que nosso time vai disputar a segunda partida na 4a feira, no Allianz Parque.

Agora as partidas e datas ficaram da seguinte maneira:

 

Jogos de ida

Sábado

16h00 São Caetano x SPFC (Anacleto Campanella)
19h00 Novorizontino x Palmeiras (Jorge Ismael)

Domingo

16h0 Bragantino x Corinthians (Pacaembu)
19h00 Botafogo x Santos (Santa Cruz)

Jogos de volta

Terça

21h00 SPFC x São Caetano (Morumbi)

Quarta

21h45 Palmeiras x Novorizontino (Allianz)
19h30 Santos x Botafogo (Vila Belmiro)

Quinta

20h00 Corinthians x Bragantino (Itaquerão)

 

Que assim seja!
Segue o jogo. Saudações Alviverdes!

 

 

 

25 respostas em “Mudanças providenciais: fizeram o que é certo”

Palmeiras tem que ficar esperto agora com essa situação do Scarpa, pra não o relacionar para o jogo sem condições, e não correr o risco de ser eliminado, fora das quatro linhas.

Quando o camarada regurgita algo do tipo “é o que se ‘escuta’ por aqui”, e pelo nível da comparação feita totalmente fora do contexto, dá pra imaginar que se tomar laxante terá morte cerebral instantânea…

Ué, futebol não se resolve somente dentro das quatro linhas, com tabelinha e cruzamento de chaleira? “Qualquer interferência externa se resolve jogando bom futebol”, é o q se escuta por aqui…

Voltou a ser jogador do Fluminense. Ou o Palmeiras desembolsa uma graninha, ou manda uns baciáveis, uns “reforços” para lá.

Lá ele não joga mais, isso é certo. O Flu quer grana ou jogadores. Que mandem Juninho, Luan, Deyverson e Tchê Tchê pra eles, é estrada pavimentada para o rebaixamento.

Podia mandar o Maike tbm, o Thiago Martins, se parar pra pensar tem mais uns 3 ou 4 aí kkk… é só subir a mulekada da base pra preencher que dá na mesma .

O Palmeiras tem de negociar com inteligência nesta questão das cotas de TV com a Globo. A melhor pressão que se pode exercer é demonstrando aos anunciantes de futebol daquela emissora o quanto lhes seria prejudicial perder a visibilidade de um público-alvo com o potencial da torcida palmeirense, uma das 3 maiores do País, presente de norte a sul do Brasil e com poder aquisitivo, em média, maior do que de qualquer outro clube brasileiro (o fato de sermos o clube que mais fatura com dinheiro diretamente da própria torcida prova isso). Não ter os seus produtos exibidos a um publico consumidor desse quilate certamente não agradará aos anunciantes da Globo. Induzir essas empresas a pressionar a Globo a assinar o contrato sem redução com certeza fará aquela emissora ceder. A nossa torcida – aliada à boa situação financeira do Palmeiras – são poderes de barganha que devemos usar a nosso favor. Sugiro ao pessoal do 3VV que frequenta as alamedas do clube a levar esta demanda à diretoria e à presidência.

Perfeito, os clubes se encolhem, inferiorizam e são dominados por quem, na verdade, é que deveria pisar em ovos e nos tratar como algo desejável, que não seria bom perder. O clube é o produto e a razão, porque raios ficar com medinho? Feliz de, ser o verdão o clube que está tomando a frente para combater o monopólio da grobosta, decepção com o Santos, que, ao trocar de presidente, se arreganhou todo para a grobosta de novo. Espero que o Inter e o Atl. PRN continuem com a gente, batendo de frente. Como é mesmo o nome daquela entidade do governo, destinada a impedir monopólios? Que só surgiu para fazer algo, em 2013, quando a Rede TV estava ameaçando tomar o lugar da globo na tv aberta, comprando o Brasileirão. É só sujeira pra todo lado…

Trata-se do CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), que como você escreveu deveria fiscalizar e punir empresas que formam monopólios, como a RGT. Deveria. Seria o caso de perguntar: nessas horas, cadê o CADE?

Mário Luiz: de todos os comentários, que li a respeito, o mais sensato e lógico é o seu. Barganha é para quem tem poder! Parabéns pelo seu poder de análise. Abraço.

Prezado Vicente, estou desestimulado para contribuir com meus comentários no 3VV, pois invariavelmente caem na moderação, levando algumas vezes quase 2 dias para serem publicados — que é quando o bonde da discussão já passou…

Fábio vou olhar novamente o porque da moderação. Não sei se é por conta do IP. Outros comentaristas (poucos é verdade) passam pelo mesmo problema.

Vamos ser honestos, alguém fez um belo trabalho de bastidores em prol do Palmeiras, e não faço ideia de quem tenha sido, mas que funcionou, funcionou. Não sei se agradeço nossa diretoria, dona Leila, rgt, ou mesmo San Gennaro, moral da história: encontro você no Allianz na quarta feira.

Acredito numa forte interferência da Crefisa no assunto, pois deve ser a empresa que mais coloca $$ na rgt.

Crefisa tem campanhas de publicidade veiculadas nos intervalos da plim plim, de custos milionários, estão dizendo que foi a responsável. Tem também que, a opinião pública toda se voltou pra globosta, pois todos sabem que ela está num entrave mas negociações com o Palmeiras, fazendo jogo duro por causa da nossa assinatura com o E!.

Palmeiras tem que se fazer respeitar sempre, não pode baixar a cabeça para nenhuma RGT, FPF, Arbitragem, Profetas… A grandeza do clube e da torcida é muito relevante, não deve jamais ser desprezada.
Acredito que a diretoria do clube vem fazendo um bom trabalho, desde a época do PN. Próximo passo é obter cotas de TV e fornecedor de material esportivo condizentes com o valor da marca Palmeiras.

Agora foi feito o certo, o justo. E só foi feito porque o palmeirense não se calou, cobrando a Globo, FPF e, principalmente, a omissão da diretoria.

Concordo! Se não tivesse chiadeira não teria mudado nada . Nem acho que nossa voz é tão poderosa assim , mas ficar calado assistindo todo esse absurdo na maior passividade é que não tá certo né?! Tbm não sei a quem devemos agradecer apesar de ter um palpite que foi a PM o responsável pela mudança. Na verdade o Galliote deu foi sorte nessa história toda. Se joga no Pacaembu e perde , cai toda a culpa nas costas dele, agora na Arena , ele já totalmente isento de culpa caso haja uma catástrofe e o Palmeiras seja eliminado. Que essa sorte o acompanhe pelo resto da temporada kkkk assim seja !

Pois é, agora se jogar mal e for eliminado em casa, quem será o mordomo? Se foi a PM que determinou a mudança não sei, o fato é que por mais que os dirigentes (de todos os clubes) esperneiem e consigam o que querem, nunca vão admitir que as coisas mudaram por causa deles.

Os comentários estão desativados.