Categorias
Paulistão 2018 Resenha dos Jogos

Pós Jogo Ituano 0x3 Palmeiras: vitória com tranquilidade

 

 

Fim de papo. Fim da primeira fase do Paulistão Itaipava 2018. E o Palmeiras ficou em 1o na classificação geral.

Na última rodada o Verdão pegou o Ituano no Novelli Jr e mesmo com um time com apenas 4 titulares goleou o time da casa e convenceu. 3×0. Scarpa, duas vezes e Fernando fizeram o placar.

Algumas considerações: Scarpa não pode ser reserva desse time. Jogou com desenvoltura, as boas jogadas passaram pelos seus pés, e poderia ter feito mais um no final da partida.

Bruno Henrique crescendo e se firmando como titular. Luan jogou bem. Tchê Tchê parece que rende mais na lateral. E a estrela do menino Fernando que entrou e fez um gol, serviu Scarpa (que perdeu no último minuto o quarto gol) e teve boa participação em outras jogadas.

Apesar da fragilidade do Ituano o Palmeiras dominou a partida inteira. Agora é pegar o Novorizontino.

 

Saudações Alviverdes!

102 respostas em “Pós Jogo Ituano 0x3 Palmeiras: vitória com tranquilidade”

E o jogo volta contra o Novorizontino, dia 20, será no Pacaembu, não no Allianz Parque. Tem show da Kate Perry no sábado, 17, e troca do gramado que termina na quarta, 21.

Ano passado jogamos contra esse mesmo Novorizontino, no mesmo Pacaembu e pela mesma fase do campeonato, e foi talvez nossa melhor apresentação sob a baptuta do Bap. Se o time jogar bom futebol (que pra quem sofre de atrofia cerebral é algo que se resume a fazer gol de bicicleta ou calcanhar) e se empenhar, o local da partida fará pouca diferença.

O que eu acho curioso é que, mesmo o Palmeiras tendo a melhor campanha no geral, é o único que não vai decidir em seu estádio. Além disso, jogaremos nos piores dias da TV, sábado e quinta, e antes de todo o mundo. E a Crefisa querendo que o Palmeiras assine com a Globo, por causa da visibilidade.

Carta aberta à torcida palmeirense,

Nesta terça-feira, dia 13, a Federação Paulista de Futebol anunciou as datas dos jogos pelas quartas de finais do Campeonato Paulista 2018. Para a nossa surpresa, a partida entre Palmeiras e Novorizontino foi marcada para terça-feira (20), às 20h30, o que inviabiliza sua realização no Allianz Parque, por conta de evento previamente agendado e de conhecimento do clube desde o dia 8 de fevereiro de 2018.
Segundo algumas informações que nos foram passadas, as datas das partidas foram definidas em função das rodadas do final de semana anterior (17 e 18 de março), envolvendo todas as equipes classificadas para as quartas de finais do Campeonato Paulista. Caso esse argumento seja, de fato, verdadeiro, ele nos gera estranhamento: por que o primeiro colocado da competição deveria ser sacrificado por conta de um problema dos outros times e de outros campeonatos?
Em nossa opinião, ao primeiro colocado deveria ser preservado o direito de decidir em sua casa, como prevê o regulamento. Ou não?
Não conseguimos entender é o motivo pelo qual a Sociedade Esportiva Palmeiras, primeira colocada na fase de grupos do Campeonato Paulista, e privilegiada por jogar as partidas de volta em seu estádio, está abrindo mão desse direito, uma vez que estava ciente da não disponibilidade de seu estádio.
Como dissemos, o Palmeiras foi informado no dia 8 de fevereiro de 2018 da realização deste evento para 5 mil pessoas – que ocorre no dia 20 de março. Portanto, há mais de 30 dias, o clube estava ciente de que a realização da partida das quartas de finais seria possível no dia 21 (com algum esforço da equipe da arena) e no dia 22 (com toda a tranquilidade).
A antecipação da data para terça-feira quebrou todo o nosso planejamento, pois com o desempenho da equipe no campeonato, imaginávamos que o Palmeiras teria direito de disputar a segunda partida em sua casa. Infelizmente não foi o que ocorreu, gerando prejuízo esportivo e financeiro ao clube.
E mais um fato a se estranhar: mesmo ciente dessa impossibilidade, Federação Paulista de Futebol e Sociedade Esportiva Palmeiras anunciam na data de hoje o jogo com realização no Allianz Parque. O motivo dessa desinformação ao torcedor é uma incógnita, assim como permanece uma incógnita o líder da primeira fase do campeonato não poder atuar em sua casa.
Como previsto em contrato, o Allianz Parque não apenas sobrevive, como é exemplo de gestão internacional, sem utilizar R$ 1,00 das receitas de bilheterias dos jogos do Palmeiras. Portanto, também como previsto em contrato, as receitas para manter a arena confortável e segura, operando em nível de alto padrão, são aquelas “extra-futebol”, especialmente os eventos.
Em função disso, achamos por bem vir a público esclarecer o torcedor palmeirense, que quebra recordes atrás de recordes no Allianz Parque, que dá espetáculo de vibração e comportamento e merece todo nosso respeito.

Direção do Allianz Parque

O Mourinho só tem acumulado fracasso e eliminações.
Mas o salário dele continua estratosférico.

Caminha a passos firmes para ser. Mas vamos lembrar que no seu campeonato doméstico (por pontos corridos, premiando a regularidade) o português só está atrás do melhor treinador do mundo. Além disso, mesmo nos tempos áureos o “pofexô” só ganhou uma competição de mata-mata relevante na carreira, isso quando o Alex provavelmente era o melhor jogador em atividade no planeta (embora sem o devido reconhecimento, nem por estas bandas).

Claro que se há inversão de mando é pq o regulamento permite mas os outros grandes sairão de casa nas quartas.Acho que quem vende mando pq quer dinheiro pode,pela mesma razão,vender derrota e vender o placar, afinal negócios em nosso país não obedecem regras éticas ou morais,infelizmente.

Por isso eu sou a favor de fazer como na Premier League onde os clubes têm que indicar em qual estádio terá que jogar por toda a competição, evitante que se de margem para essas negociatas.

Ano passado foi o SPFC contra o Linense (que neste ano pagou caro e caiu), agora temos os rivais de Itaquera, que após jogarem as quatro primeiras partidas da fase de classificação em casa deverão fazer barba e cabelo no Bragantino. Independentemente dos favorecidos, a vergonha maior está numa Federação que permite que seu campeonato se torne uma verdadeira casa de prostituição. É que cada dirigente só pensa no seu próprio quintal, mas seria o caso dos grandes clubes colocarem times sub-20 nessas porcarias de estaduais (que queremos vencer, sim, mas com igualdade de condições para todos e honestamente) e usarem os dois primeiros meses da temporada se preparando para competições realmente importantes, talvez até organizando viagens eventuais para a Europa (os mais velhos devem se lembrar quando disputávamos anualmente o Ramón de Carranza) ou recebendo times europeus aqui. Mas na hora de tomar uma atitude, todos aceitam calados o que vier goela abaixo.

Queria saber o seguinte:o regulamento foi aprovado pelos clubes mas como funciona isso?
Será que é posto em discussão e votado ou não?Se for,todos votaram a favor?O peso do voto é igual para grandes e pequenos?Fico com a impressão que aceitam pensando que num dado momento podem tirar proveito dessa tal”inversão de mando”,tanto grandes como pequenos,coisa de brazuca “Lei de Gerson”.De qualquer modo,sabemos que o Bragantino é praticamente uma filial do Corinthians e os Chedid são velhos conhecidos.Vejamos o que vai acontecer em campo,se o Braga vai honrar sua camisa ,sua torcida, e sua cidade ou se vem vergonha pesada por aí.

E o Palmeiras consegue por tabela ajudar o time do mau. (6 pontos garantidos aos gambás)
Com isso , corremos o risco de decidir o campeonato lá em Itaquera.
Bastava ao Ituano fazer 1 gol….
Bragantino é uma filial dos gambás.
Todos os Chedid são corintianos.

Futebol é hoje um esporte onde a moral , a ética e a transparência é igual a zero.

E o Bragantino vendeu o seu mando, contra os gambás. Será no Pacaembu. Vergonha!

Ué, não são vocês que dizem que tem que ganhar só na bola e no futebol, pouco importando interferência externa?

Sim. Só não me lembro de ter dito que pouco importava ser mandante ou não de um jogo. Seria mais uma invenção?

Não, somente uma constatação… pela teoria dos profetas basta jogar bola e tocar de calcanhar, que a bola entra no gol e se vence a partida, independente de juiz, TV, interferência externa, mando de campo, tudo manobra de bastidores que segundo os mesmos profetas não superam um gol de bicicleta.

Não. Não basta apenas bom futebol para se vencer as partidas. Existem outros fatores, inclusive ser mandante de um jogo. Mas tenho absoluta certeza que com bom futebol, é possível até se sobressair a erros de arbitragem e interferência da Globo. Com futebol meia-boca, fica muito mais difícil. E aí é que entra o chororô (não estou dizendo que é o seu caso).

Serei sincero pra dizer que vi o jogo por aqueles sites da internet que travam e oferecem pouca qualidade de imagem. Difícil ficar prestando atenção o tempo todo. Vou destoar um pouco de todos aqui e na imprensa (e me proteger dos tamancos que virão na minha direção). Acho que o Scarpa fez um bom jogo, mas foi muito fominha. Todas as bolas nele foram fim de jogada. Finalizou todas (o Papagaio não recebeu nenhum bola, zero). Vou levar em consideração a ânsia de ser titular, mas acho que se ele fosse um tico mais solidário, com a qualidade que tem, teria feito os 2 gols e mais 2 assistências. Era jogo para 5 ou 6 gols. Fomos muito superiores e isso é um elogio ao time.
Não achei que mantivemos o padrão de jogo. Vi algo diferente com as entradas do Guerra, Scarpa e Moisés nos lugares de William, Lucas Lima e Felipe Melo. Achei o time mais móvel, mais flexível, jogadores trocando de posição. Tanto Guerra quanto Scarpa chegaram muito mais na frente se compararmos com o Lucas Lima. Talvez pelas características tenham alternado de posição, coisa que não acontece quando William e Lucas Lima jogam, já que o William não joga de armador. Em resumo, aparentemente a desejada intensidade do Bigode nos priva de uma maior presença do Lucas Lima no ataque.
Foi o segundo melhor jogo do Palmeiras no Paulista depois do jogo contra os bambis. Se contra as meninas do Jardim Leonor o Dudu foi o funil por onde as jogadas agudas passavam, no jogo contra o Ituano tivemos mais variação, e isso é muito bom ao meu ver. Inegável que tem o dedo do técnico nessa história. Aprender a jogar de maneiras diferentes é algo importante nessa altura da preparação. O ano só está começando.

Vc enxerga futebol Mário e não apenas assiste como a maioria dos torcedores.

Caro Mário, se receber tamancadas de alguém por aqui (eventualmente até minhas, mas pelo teor do seu comentário, duvido que isso venha a acontecer), siga em frente e continue manifestando sua opinião, sempre que possível. Pode-se notar que você entende de futebol e sabe se expressar muito bem, então é bom tê-lo por aqui. Por mais simples que possa parecer, isso é um talento, assim vai incomodar muitas pessoas, principalmente essa turma medíocre que patrulha o modo de torcer alheio e que tem infestado o blog.

Então, pelo que deu pra entender nessa matéria, se a Globo retirar esse “efeito redutor”, a tendência é que o Palmeiras feche com a emissora, por causa da Crefisa, principalmente, na TV aberta.

Pelo menos num primeiro momento o Gru não ajoelhou e rezou conforme o padre Plim Plim queria. Quem sabe essa turma que vive falando que ele é o pior presidente da nossa história, um banana e outras frutas passe a vê-lo com outros olhos.

Eduardo, talvez eu tenha exagerado mesmo ao dizer q o Galliote é o pior da história, mas q está no top 3 dos mais bananas , aah isso tá rs

Mais desse imbróglio: https://esportes.r7.com/prisma/cosme-rimoli/palmeiras-se-assume-como-o-lider-contra-a-vinganca-da-globo-13032018

Mais um motivo para o Palmeiras tratar de jogar muito nesta temporada. E entenda-se “jogar bom futebol” como ter qualidade técnica aliada à competência tática, com variações, movimentações e entrega o tempo todo. É preciso esclarecer pois tem im.be.cil que acha que “jogar bom futebol” se resume a fazer gol de bicicleta ou calcanhar, e que melhor arrecadação ganha taça…

Michel Bostas tá indo pro Atlético PR, só falta esse lixo do Juninho.

O bom dessas negociações é que além de fortalecer o Palmeiras estamos enfraquecendo adversários da Série A…

Se seguir tudo conforme e o Palmeiras conseguir superar seus adversários, podemos ter um calendário assim:

18 e 21/03 – Quartas-de-final Paulistão
25 e 28/03 – Semifinais Paulistão
01 e 08/04 – Finais Paulistão
15/04 – Início Brasileirão

Entre as duas finais do Paulistão, teremos dia 04/04 – Palmeiras x Alianza Lima. 2a. rodada da chave, importantíssimo confirmar a vitória em casa, para manter a liderança isolada.
Se o Palmeiras conseguir chegar na final do Paulista, será primordial que todo o elenco já tenha rodado o suficiente para dispurar os 02 jogos em alto nível. RM terá que mesclar as opções que tem em mãos, e os últimos jogos têm servido justamente para testes e observações.

E terminou a 1a. fase do Paulistão, com perguntas interessantes:
– Qual foi o time que fez mais pontos?
– Qual o time que conquistou mais vitórias?
– Qual o artilheiro do campeonato?
– Qual clube mais arrecadou com bilheteria?
A maioria dirá: Palmeiras, Borja… outros poucos se apressarão em dizer: ganhou de ninguém, ganhou na sorte, Paulistão não é parâmetro, cadê o ISO9000?, além de outras baboseiras.
A verdade inegável, é que o Palmeiras está sim no caminho certo, doa a quem doer… claro que há alguns aspectos a melhorar, mas aos poucos estão sendo aparados. O que faz rir é a busca incessante de alguns em não aceitar o Palmeiras crescendo. O desespero por ver as vitórias acontecendo é tão grande que, cansados de atacar o time, partem para atacar outros torcedores…

Ataco as mentiras e as distorções feitas em cima dos meus comentários. Se caluniar e usando minhas opiniões como base, vai ter resposta a altura.

Bom reforço para o elenco: Fabiano emprestado para o Inter. Falta arrumar times pra Juninho e Michel Bastos e trazer pelo menos um zagueiro pra ser titular incontestável. Acabou a fase para testes, a margem para erros como os que aconteceram há uma semana será mínima daqui pra frente. E apesar de ser desejo de todo mundo por aqui, que não façam da Libertadores novamente uma obsessão, continuem priorizando jogar bom futebol, como foi esboçado nas duas últimas partidas (ao que parece, pois não vi o jogo de ontem), em todas as competições e contra todos os adversários. O caminho para conquistas é esse, sem atalhos nem desvios.

Não tem jeito, é assim em qualquer blog, site do Palmeiras, etc: o time frustra a gente, os realistas descontam no time (nada mais justo, apontar, questionar, etc, se dá pra fazer melhor, por que ficar se nivelando por baixo?). Já os alegrinhos, Jesus, descontam todas suas frustrações (e cegueira) nos realistas (que na visão deles são “pessimistas”), passam um pano pra tudo que os dirigentes e jogadores fazem de errado, e ainda se proclamam “a verdadeira torcida”. Não gostaria de conhecer os filhinhos desses torcedores: sabe aquelas crianças mimadas, que vão na sua casa, escalam seu armário, mexem nos seus documentos, querem mexer em seus eletrônicos, e o pai ou a mãe falam “tudo bem, ele é criança”? E tudo que a criança faz errado, é culpa das outras crianças? Esses torcedores agem como esses pais. E nem estou falando do Bianco só não, mas dos personagens de conto de fadas, donos de chaveiros de Ferrari, os bravateiros de vitórias (mas que na derrota do Derby, sumiram), etc…

E eu nem acho que eles deviam torcer diferente, é direito deles apoiar, irrestritamente, a única parte que não dá pra engolir, é quando agem como a polícia “de como torcer” pra cima dos outros torcedores.

A manifestação é livre, e o 3vv se destaca por essa democracia. Não é blog chapa branca, aqui existe lugar para o elogio desvairado e a crítica insana. Isso é algo que deve e precisa ser respeitado. A partir do momento em que a pessoa usa o espaço somente em condições que lhe favoreçam (após vitórias, principalmente sobre times inexpressivos, para os deslumbrados e após derrotas, especialmente após clássicos, para os profetas do apocalipse), pouco ou nada comentando a respeito da partida que motiva o post e nitidamente com a única intenção de debochar daqueles que pensam diferente, perde o respeito, torna-se mera caricatura e deve ser solenemente ignorada.

Não sei se alguém chegou a ver, mas vale a pena o registro: ontem aconteceu a primeira partida da Fiorentina após o falecimento do zagueiro Davide Astori. O jogo, contra o Benevento, terminou com a vitoria do time viola por 1×0, e o gol foi do nosso velho conhecido Vitor Hugo (bem ao seu estilo, de cabeça), que substituía justamente o capitão da equipe e que na comemoração prestou uma bela e emocionante homenagem a ele. De certa forma, achava VH melhor como “atacante” do que como zagueiro (muito estabanado) quando atuou por aqui, mas fez uma bela dupla com Mina em 2016. No time atual, jogando ao lado de alguém seguro e confiável (algo que ainda não temos) seria titular absoluto da zaga.

Aliás, acho que verdadeira especialidade dele era essa: marcar gols de cabeça. Melhor que a grande maioria dos atacantes brasileiros nesse quesito.

Primeiro, quero deixar claro que disputar e ganhar o Paulista é importante sim.

Mas essa primeira fase só serviu pra uma coisa:

Confiarmos.

Começamos bem, quando começamos a testar ou poupar, demos uma caída, e aí foi a vez do “time reserva” ser treinado, e parece q chegou no nível que um bom time reserva deve ter.

Scarpa, Guerra, Bruno Henrique, Victor Luiz, Antônio Carlos e Jailson mostraram que sim, temos um encontro muito bom. São ótimos jogadores e que nos cornetavamos aqui.

Servem. Pro Palmeiras e pra esse ano, servem.

Se juntam a Prass, Luan (pra mim, pelo menos), Felipe Melo, Dudu, Borja (que se recuperou mto bem), Willian, (não é ótimo mas é importantíssimo no elenco) e Lucas Lima como jogadores acima da média. Alternam em boa e má fase, mas são sempre importantes.

Na minha opinião, Dudu, Lucas Lima, Felipe Melo e Gustavo Scarpa tem potencial pra mudar uma partida. E os outros citados, quando esses jogam bem, correspondem.

Tô bastante otimista, apesar de não ter visto isso ainda. Mas acho que o caminho é melhor do que iniciamos em 2017.

O q acham?

Antes de investir tudo na empolgação, é preciso avaliar se o Dudu vai jogar bola com regularidade (porque mesmo se não jogar, sair do time ele não vai), se o Felipe Melo vai entrar nos jogos decisivos sem barulho de trem na cabeça, se o Victor Luís vai manter a boa fase e se o Lucas Lima vai reagir bem quando se der conta de que verá a Copa do Mundo em casa. Vamos começar a ter real noção da capacidade dessa moçada agora. Em algum momento estaremos atrás no placar precisando vencer, como reagiremos? Qual será a atitude daqueles que acham que deveriam ser titulares mas continuam no banco? Apesar da quantidade de delírios que circula por aqui (o único campeonato em que ter melhor campanha garante título é o Brasileirão, mas não adianta ficar explicando isso pra quem acompanha futebol pelo “Placar UOL”), há uma boa quantidade de motivos para otimismo, mas também uma grande referência de erros e de armadilhas que precisam ser evitadas.

Bianco, gostaria de te dar os parabéns: Vc alcançou o posto de: O cara mais chato do blog disparado kkkkkkk

O pessoal tá dando muito alpiste no bico dessa cacatua. Estão pedindo para que leia comentários anteriores, algo que exige uma capacidade mental a qual definitivamente ela não tem, o negócio dela é sujar a gaiola, nada mais.

Obrigado Bianco, apesar de não ler e não concordar, eu não respeito suas opinioes.

#pradescontrair

Obrigado Miranda, seu nome me lembra a Carmem com cabeça de frutas…

#pradescontrair

Provavelmente pegaremos os bambis na semi final. Tomara que quebrem o tabu no jogo de ida. Não entendo esses caras que vem com essa conversa de que o nível dos comentários caiu. Pra falar isso
o cara tem que no mínimo conhecer mais que o PVC oque com certeza não é o caso mas pode comentar no site preto no branco, a gente agradece.

A contagem de pontos para efeito da “vantagem” de decidir os mata-matas (nos quais não haverá gol qualificado, mas pênaltis se necessário) em casa continuará nas quartas e nas semis. A diferença do Santos para o SPFC atualmente é de apenas um ponto, então não dá pra saber quem terminará a próxima fase na frente (se é que ambos passarão). Sobre o tabu no panetone (que na próxima terça-feira completará 16 anos), se não acabar este ano eu desisto. Com relação ao “nível” de alguns comentários, melhor ignorar e deixar a cacatua do Palaia auto-respondê-los. Uma hora ele percebe que ninguém dá bola e volta pra gaiola.

Eu particularmente, gostaria muito de eliminar as meninas do jardim Leonor na semifinal e ser campeão em cima dos gambás. Mas o que vier tá valendo. Não sei se estou exagerando, até pq nosso time ainda não tá aquela “Brastemp”, mas acho esse paulistão , o mais fácil de se vencer dos últimos anos. O Santos ainda não tem time definido e vive uma fase de reconstrução, o SP se tornou a verdadeira ” quarta força ” e o Corinthians apesar de toda a aplicação e padrão tático que vem demonstrando já há alguns anos, não me desce, é um time mais fraco que o nosso tecnicamente. Agora é a hora de mostrar dentro de campo toda essa qualidade que dizem q nosso elenco tem. O paulistão se tornou paulistinha pra muitos, um torneio de testes, experiências, mas ser campeão eliminando rivais grandes na semi e na final pode te dar uma confiança fundamental pra dis.p.u.tar o restante da temporada e outros campeonatos mais importantes. Que venham os mata matas !

O time dá a impressão que está azeitando. E se o treinador conseguir dar um ótimo padrão para o time, com o elenco que temos, aí sim o Palmeiras ficará fortíssimo.

Há ainda os que justifiquem a boa vitória hoje do Palmeiras às grandes dimensões do campo, afinal jogou em Itu… os mesmos que defendem ampliar todos os campos de futebol para sobrar mais espaço para dribles e tabelas… mas elogiar o Palmeiras é pecado, faz mal e não leva ao céu.

Palmeiras parece estar crescendo e amadurecendo no momento certo, que o time continue nesta crescente, partida a partida. As profecias do mal e as matraquices continuarão, afinal amendoim bom é o torrado e salgado. Há que se tolerar as aberrações de alguns que gostam de prever o fim do mundo no menor erro de passe, mas qdo vêem dois golaços como do GScarpa hoje limitam-se a dizer que Ituano não é parâmetro… rss … como já dito anteriormente, é como aquele cara que tá no meio do deserto e reclama quando encontra uma garrafa com água que não é Perrier… rss

Palmeiras parece estar crescendo e amadurecendo no momento certo, que o time continue nesta crescente, partida a partida. As profecias do mal e as matraquices continuarão, afinal amendoim bom é o torrado e salgado. Há que se tolerar as aberrações de alguns que gostam de prever o fim do mundo no menor erro de passe, mas qdo vêem dois golaços como do GScarpa hoje limitam-se a dizer que Ituano não é parâmetro… rss … como já dito anteriormente, é como aquele cara que tá no meio do deserto e reclama quando encontra uma garrafa com água que não é Perrier… rss

Não pude ver o jogo por conta de compromissos familiares, então não vou comentar sobre o que não vi. Bem ao contrário de verdadeiros mestres das baboseira, que mesmo acompanhando partidas via “Placar UOL” ou similares julgam-se “OS” verdadeiros palmeirenses na arte de torcer, mas que ao mínimo revés escondem-se atrás de sua própria mediocridade, pois não apresentam qualquer condição intelectual de debater em nível minimamente aceitável. Só despertam pena. Sobre a partida, pelo que acompanhei nos “melhores momentos” parece que mesmo com “time misto” não tem muito segredo, basta exercer sua superioridade teórica praticando futebol minimamente qualificado (ao contrário do que ocorreu na última segunda-feira, e apesar da turma do ISO9000 da cretinice discordar) que o Palmeiras conseguirá obter resultados positivos contra a enorme maioria dos times brasileiros. Pra ganhar títulos depende de outros fatores, sem jamais abrir mão desse básico do básico.

E ainda tem gente que consegue prever o futuro (ruim) do jogador pelo apelido… criticar o Papagaio em seu primeiro jogo como titular, só pq não tem “grife” mostra a incapacidade de analisar futebol… e ainda pedem Conca, olha só o nível… deixa o garoto jogar e sentir-se à vontade, que talvez o seu futebol possa aparecer e nos trazer algumas satisfações…

Caro Bianco, não li os demais comentários, então, minta para mim e diga que é mentira que uns iluminados criticaram a entrada do garoto Papagaio por causa do nome(ou apelido) dele e que tem uns gênios pedindo que contratem o Conca, diga por favor…..
Andei totalmente afastado dos comentários do 3VV(e fui um dos primeiros cadastrados aqui, há dez anos ou mais!), lia, ficava azedo com as sandices que dominaram esse espaço e evitava postar, por que o nível intelectual aqui baixou demais e pelo visto continua baixando…

Prezado Caio, você tem razão quando diz que o nível calórico do amendoim aumentou em demasia nos comentários… para alguns a solução para o Palmeiras é goleiro que jogue com o pé, pra cruzar e bater falta. Outra idéia “genial” é aumentar as dimensões de todos os campos, para sobrar mais espaço para dribles e tabelas, fugindo da marcação… outro dia pediram aqui para sair o Dudu e contratar o Conca, Diego, ERibeiro, numa elucubração invejosa sonhando com o time do cheirinho…
O que se vê de alguns é crítica ao time por causa do nome (ex: Papagaio), por causa do “P” na camisa, da cor da meia, adversário na posição 500 ou 600 no ranking da World Championship Soccer of Brazil, tudo é motivo pra justificar uma derrota ou para menosprezar uma vitória.
Bom, pelo menos fazem rir…

Você é mentiro.so, e mau-caráter. Distorce e aumenta os fatos, além de misturar as épocas rm que as coisas são ditas. Pedi sim que os goleiros soubessem jogar com os pés, mas porque nos grandes campeonatos do mundo os goleiros não entregam a posse de bola de graça pro adversário. Nada a ver com cruzar ou bater faltas (invenções suas). Falei em aumentar as dimensões do gramado (e o Frois tá de prova), mas porque o futebol no geral está se tornando chato, só marcação e pouco espaço para o jogador desenvolver a criatividade. Não tem nenhuma relação com solução para o Palmeiras (mais uma mentira sua).

Não pedi para o Dudu sair e contratar Conca, Éverton Ribeiro e Diego. Aliás, destes o único que eu pedi foi o Conca, para a temporada 2015. Diego eu nunca pedi, nem Éverton Ribeiro (que por sinal era uma quase unanimidade por aqui). Pode pesquisar e pedir backups pro 3vv. São invenções suas. Disse que a proposta pelo Dudu era boa pelo futebol que ele não vem jogando. Jamais cogitei uma troca ou contratações de jogadores do Flamengo, (exceto à fo Conca, no passsdo, que já citei). Não critiquei o time o Papagaio por causa do nome, leia o comentário lá embaixo, dusse que já deu pra ver que não forma, não tem a ver se é papagaio, periquito ou pinóquio, como você. P da camisa é medonho, opinião minha, gosto mais do escudo original, qual o problema? À cor da meia, nunca me referi. Mas e esse gostasse mais da verde, que mal há nisso? Posição de ranking? Mais um de seus delírios. Faça um comentário construtivo. Vamos lá! Diga alguma coisa sem citar um comentário meu. Fale verdades! Comente!

Gustavo, esquece esse fanfarrão. O que a gente comentava há alguns dias atrás sobre as dimensões do campo e a dificuldade de se jogar hj é legítimo e coerente. Inclusive é tema de discussão nas mesas redondas da tv. Qto a preferir alguns jogadores preterindo outros é questão de opinião e até de gosto pessoal. Uma coisa é dizer que prefere Max pardalzinho do que Neymar, mas entre todos esses jogadores que citamos por aqui não há nenhum absurdo querer um ou outro pq estão todos no mesmo patamar, que é o mediano. Esse Bianco aí viu que conseguiu atenção criticando principalmente os seus comentários e do Eduardo e resolveu investir nisso pra ser “famosinho” aqui no 3vv kkkk

Bezarias, me admira até você cair no canto desse Bianco. O Conca foi pedido, mas pra temporada de 2015, e os caras distorceram os fatos. Mas, tudo bem, cada um é livre para seguir aquele que julga ter um nível intelectual mais elevado, masmo que essa pessoa seja incapaz de produzir um comentário próprio sequer.

Papagaio só começou jogando porque é “bom de bico” ….rsrs
Fernando é quem deveria ser o titular, ontem.

Esse resultado mostra, um pouco, que o Roger sabe como é quando do testar. Hoje, ganhamos um décimo segundo titular.

Se for sempre assim, eu acredito q temos o melhor elenco do Brasil.

Por enquanto, ainda aguardando. Agora o ano começou.

Para o time misto que o RM escalou, ótimo resultado. Pôde poupar alguns titulares e dar ritmo aos que não vinham jogando. Destaque importante o GScarpa, RM vai ter que encontrar um lugar pra ele no time titular. Agora é cumprir a obrigação de passar pelo GEN e entrar mais forte/entrosado nas semifinais, quando provavelmente pegaremos o SPFW ou SCaetano. Os pessimistas procurarão por defeitos no nosso time, elevando-os à enésima potência para declarar que o Palmeiras está passando por sorte… Já os palmeirenses seguirão torcendo e apoiando fortemente o time, para que siga crescendo e encorpando para a grande temporada que temos pela frente. Avanti Palestra!

E depois de duas vitórias, somem os profetas do apocalipse e as motocas matracas… nada como uma vitória após a outra…

E qdo vier a primeira derrota… aparecerão novamente cornetando fortemente suas matracas, destilando seus venenos com pelo menos 30 comentários cada um… rss

Bem, acho que agora o treinador identificou que o Scarpa tem atuar no time titular no lugar do “Willian Faz Numero” e o TT deve continuar no banco..

Aí no jogo decisivo Scarpa entra mole e Willian faz o gol da Vitória…..cada jogo é uma história….e jogo decisivo é outra estória…. Temos que respeitar o tecnico que tá mais proximo do elenco….e logico trocar se no dia não der certo…Ituano classificado não é parametro…

Muitíssimo bem observado, Zek. Já vimos recentemente Betinho e Fabiano fazendo gols de títulos, e craques (ou pelo menos quem era assim considerado) comerem a bola em jogos menores para sumirem em decisões. Coisas (algumas bizarras) do futebol. Scarpa precisa jogar pra provar que merece lugar no time titular, mas Ituano (parece ter jogado muito bem) e São Caetano (entrou em campo?) não são parâmetros, nem para levá-lo ao paraíso nem jogá-lo no inferno.

Bom, classificamos em primeiro, mas me incomoda ver que o gamba classificou em segundo, apenas 3 pontos atrás. Pelo menos, existe a chance de enfrenta-los na final, situação perfeita para nos vingarmos.

Tudo aponta para um Dérbi na final. O que indica, pelo retrospecto recente, que pelo menos um dos times (talvez ambos) vai abusar da soberba, tropeçar nas quartas ou nas semis e acabar com as chances desse clássico se repetir neste paulistinha.

Ótima vitória do mistão do Palestra. Realmente alguns jogadores como Luan e Juninho, principalmente o Juninho, só comprovam que não tem condições de jogar na SEP. O Luan veio como uma promessa e até supreende negativamente, já o Juninho não surpreende em nada, sempre foi grosso, não sei quem foi o gênio que teve a brilhante idéia de contrata-lo. De qualquer forma o que fica é a ótima vitória de hj. Parabéns aos jogadores e comissão técnica que honraram nossa camisa seja com time A, B ou C.

Palmeiras amplamente superior ao Ituano, em todos os sentidos. Nem precisou jogar tanto para golear. Destaque positivo pro Scarpa, e pro Fernando, que entrou e já marcou. Já deu pra perceber (ou será que não?) que o tal de Papagaio não forma.

Por falar em Papagaio, repare que em homenagem ao Palaia (“inventor” da auto-entrevista) temos um auto-comentarista (só ele responde ao próprio comentário, tamanha a quantidade de sandices que escreve). Até papagaio (o pássaro, não o jogador) tem desenvolvimento intelectual mais acentuado.

A melhor coisa, Eduardo, é ignorar esse xarope. Ele gosta é de aparecer, debegrindo o comentário dos outros, principalmente os nossos. Mas para tecer um comentário próprio, não sai nada. Deixa ele com suas papagaísses. Se não der ibope, ele via.

Na hora de tecer comentário, sai sim. Sai o que papagaio costuma fazer na gaiola…

Por sinal, mais um pouco e o pobre “pássaro” (papagaio branco, seria uma cacatua?) vai se afogar na própria diarreia…

Feliz pelo Scarpa e claro pelo Palmeiras tbm. Torço muito pra esse cara deslanchar de vez, é muito bom tecnicamente. O futebol brasileiro precisa de mais jogadores assim.

Luan e Juninho destoam dos demais, são mto limitados não passam nenhuma segurança

Fora Roger, inventando de novo. Keno, Willian, Michel e Tiago Santos, escalar Juninho na esquerda é melhor jogar com dez. E tem outra esse Moisés ficou 3 meses só comendo, esta um touro.

Tomara, temos que nos livrar dos que estão só ocupando espaços de outros que podem entregar resultados melhores.

Golaço do Scarpa. Futebol, nível de time misto, mas suficiente (por enquanto) para ganhar do Ituano.

Baixei um app maneiro pra assistir jogos do PFC …mas desisti qdo vi Tchê Tchê de lateral direito…Juninho de lateral esquerdo …papagaio no ataque etc..kkkk….se o Roger nao ta levando o paulista a sério não sou eu quem vai esquentar a cabeça…só acho que se tá dando chance pra todo mundo , poderia dar uma pro garoto Hyorran que pra mim tem um grande potencial e anda meio esquecido no Palestra. Tomara que no mínimo empate e consiga manter a primeira colocação geral.

Isso tem a ver com o regulamento. Jogador da base não tem limite de inscritos.

Esse Roger esta de brincadeira, TT, Juninho e o obeso Moisés, sei não!!!!!!!

Independente do resultado do jogo, digo que gostei dessa escalação inicial, principalmente as escalações de Moisés, Gustavo Scarpa e Papagaio como titulares.

Espero que os jogadores reservas aproveitem mais essa oportunidade e demonstrem o mesmo comprometimento dos titulares no último clássico.

Meu palpite: Verdão 2 x 0, gols de Guerra e Scarpa.

Time escalado: Wewerton, TT, Luan, TS, Juninho, BH e Moisés, Scapa, Guerra, Papagaio e Dudu.

A escalação fora juninho (teste) tá legal…como em curitiba tã dizendo que vão levar MB….então vale o teste…e Dudu vai dar passe e Papagaio vai fazer gol…3×1 hoje…

Hoje RM não pode inventar, jogar sem centroavante, marcar atras com 3 volantes, e quem entrar jogar em alta intensidade e sem apavoramento, aí a vitória será tranquila..independente de quem jogar e a diretoria agil rápido emprestando Fabiano….TT joga mais ali se MR não puder jogar…

Os comentários estão desativados.