Categorias
Paulistão 2018 Resenha dos Jogos

Paulistão Itaipava 2018 Palmeiras 1(5)x(4)2 Santos: nos penais

 

Um sufoco. Foi assim a passagem do Palmeiras para a final do Paulistão Itaipava 2018.

Depois da vitória no sábado sobre o Santos no mesmo Pacaembu por 1×0, ninguém esperava que o Verdão passasse tanta dificuldade. O Palmeiras tomou dois gols em bolas rifadas e sem pretensão do ataque santista. O primeiro foi um cruzamento que pegou a defesa totalmente desposicionada. Bruno Henrique empatou de fora da área. Aos 38 do primeiro tempo um bate cabeça na área e tomamos o segundo gol.

No segundo tempo alguma pressão mas sem grande perigo.

Vieram os penais. Loteria.

Jailson pegou o terceiro pênalti. E Guerra fechou. 5×3.

Apenas duas certezas: estamos nas finais. Para ser campeão precisa mostrar mais futebol do que essa noite.

Saudações Alviverdes!

142 respostas em “Paulistão Itaipava 2018 Palmeiras 1(5)x(4)2 Santos: nos penais”

É galerinha, vamos torcer para não ser de goleada então né?

Amanhã é o jogo de 12 ptos, ou seja, se Dudu e LL entrarem ligados e ganharmos o jogo com bela vitória, não tenho dúvida, vamos ser campeões e ganharemos os 2 jogos da Libertadores….ao contrário se Dudu e LL desligados e a Rodriguinho for o nome do jogo, entraremos caído na terça e dificilmente seremos campeões e capazes de ganhar as 2 em casa na Libertadores….

Vamos olhar os fatos: o maior adversário do Palmeiras não é o gamba, é o aspecto psicológico, e não ajuda nada nosso capitão ser um garoto totalmente descompensado. E até aqui, até o nosso último jogo, esse aspecto psicológico pesou. Gostaria de ficar bradando também, que “o Palmeiras é muito mais time, basta estar com a cabeça boa”, mas não consigo, porque ele poderia ter feito isso em diversas ocasiões e em todas elas ele fez o oposto, deixou o psicológico abalar e levou fumo.

Por outro lado, o aspecto psicológico do gamba hoje em dia é muito forte, eles confiam demais em si mesmos, até demais da conta, considerando o quão limitado é o elenco. Eles estavam ali, sendo eliminados pelo bambi até o último minuto, e até o último minuto estavam jogando corretamente (dentro de suas limitações).

Eu vou ser bem sincero, minha confiança por esse título é bem baixa. E tudo porque o Palmeiras mais forte dos últimos anos, se borra mais do que quando vivíamos de Marcelo Oliveira, Juninho, Maurício Ramos, Valdivia, etc (sim, perdíamos muito, mas por ruinzice, não por tremedeira).

Verdade , infelizmente esse time 2017/2018, tem se mostrado bem pipoca mesmo. Tem tbm o aspecto tático já q ano passado inteiro era uma bagunça dentro de campo, só chutão. No primeiro dérbi desse ano o time , como hoje, melhorou se comparado ao ano passado, mas ainda não apresenta um nível que nos passe confiança. Vou te contar uma coisa, o jogo é só amanhã mas já tô passando mal hj. Amanhã vou acordar com diarréia com certeza kkkkk….tem q vencer de qualquer maneira, não tem conversa, final de campeonato, seja qual for, até xadrez, se é contra os Gambás é vencer ou vencer.

Sim, não estou dizendo, para quem vir a pensar isso, que eu já dou por perdido o título, só estou dizendo que, como em uma pesquisa científica, a “amostragem” até aqui, não foi muito promissora. Querer acreditar que o Palmeiras vai entrar na pilha certa em campo, se impor, eu quero, mas quando tinhamos de fazer isso, tivemos o de sempre: time blasé em campo, daí toma gol, perde a organização tática, toma mais sufoco, ataca desordenadamente, daí o pulmão não aguenta, aí o Dudu faz birra, empurra juiz, quer tirar o time de campo, faz penalti, etc… retrospecto totalmente desanimador…

Concordo, até pelo que já expus sobre a maneira como vejo essa decisão, sem qualquer favoritismo ou vantagem para qualquer lado. Muito até pelo contrário, por não ter “obrigação” de vencer um time com maior “poderio econômico” (como a imprensa adora e vai continuar insistindo em ressaltar) e técnico, e ainda pelo retrospecto dos últimos confrontos, o SCCP entrará em campo muito mais leve e livre para propor seu estilo de jogo. Isso só vai mudar se tivermos uma atuação irrepreensível no Itaquerão, abrindo três gols de diferença e botando o time deles na roda, e duvido muitíssimo que isso acontecerá.

Os comentários estão desativados.