Categorias
Paulistão 2018 Resenha dos Jogos

Pós Jogo Palmeiras 0x1 São Caetano: essa ninguém esperava

 

 

Pois é… o Palmeiras perdeu para o São Caetano em pleno Allianz Parque. 0x1.

O time de Roger Machado veio com muitos reservas. Com três volantes – Thiago Santos, Tchê Tchê e Bruno Henrique – e Guerra de atacante (com Scarpa na direita e Keno na esquerda), o time mostrou desentrosamento e pior: quase nenhuma qualidade técnica.

Tomou um gol em falha da defesa (Fabiano foi o destaque negativo) e criou muito pouco. No 2o tempo Roger corrigiu o erro com Guerra, tirando um volante (TT) e colocando Willian. Não adiantou. Guerra melhorou mas as chances não apareciam. Veio Moises e ainda Papagaio.

Nada!
Mesmo com um time cheio de reservas, o torcedor esperava – e merecia – uma vitória.

Próxima partida contra o SPFC. Ali só se espera vitória!

Saudações Alviverdes!

108 respostas em “Pós Jogo Palmeiras 0x1 São Caetano: essa ninguém esperava”

E o volante Gago, capitão do Boca, lesionou o joelho direito e só volta a jogar no 2º semestre. Bom para nós.

Não dá pra admitir que um time com um orçamento gigantesco e um elenco desses perca em casa para um time muito mais modesto, é uma vergonha Não interessa se era um time misto, não interessa se o jogo não valia nada. Não podemos admitir isso.

Fora Guardiola!!

O Guardiola já está poupando a equipe pra final do Mundial, ele sabe que aqui no Brasil existe o “melhor elenco do hemisfério sul” e ainda não sabe o que vai fazer pra parar nosso ataque avassalador e como vai superar nossa defesa intransponível…

Então, o negócio de €13 milhões, com a China (onde ganharia R$1,5 milhões/mês), pelo Dudu não foi concretizado. O atleta, e capitão do time, renovou seu contrato (que já houvera renovado o ano passado até 2020) até 2022. Trocou a OTB, por André Cury, que tem a intenção de vendê-lo para um grande centro europeu, em dezembro. O futebol que o Dudu vem jogando, há algum tempo, todo mundo está vendo. Faço perguntas para reflexão: não deveria ter sido vendido pra China? Está jogando um futebol digno de um novo vínculo extendido? Tem perfil para ser capitão do Palmeiras?

Se tivesse ficado pra jogar, tudo bem. Da mesma forma que o calça roxa, se tivesse voltado pra trabalhar sério e não ficar reclamando de tudo, maravilha. Talvez esse dinheiro do aumento de salário pudesse ser investido num zagueiro decente, pois além de não irmos muito longe com esse futebol que o Dudu está praticando, chegaremos em lugar algum com a nossa defesa.

A gente ouve tanto falar que “é começo de temporada, o time ainda vai engrenar, o time não tá pronto”. Daí tentei puxar na memória, qual time do Palmeiras que começou errado, perdendo ou empatando jogos tolos, e depois deslanchou, arrebentou em clássicos a partir do segundo terço do ano… E não lembro de nenhum. Sempre que começou errado, terminou errado, sempre que no começo do ano, deu amostras de bom futebol, continuou e representou no resto do ano (não estou relacionando a títulos ganhos ou não, e sim a desempenho. Já levantamos títulos jogando nada, e já perdemos títulos jogando o fino da bola).

Para mim, se no começo do ano o resultado é muito pífio, eu já sei que bom futebol não vão ter até o final, daí fico mais na torcida por um acidente, de um título cair no colo.

Acho que 2016 teve uma pitada disso, embora, sinceramente, dizer que o time ganhou o BR 16 “jogando muito” seja um baita exagero.

2016, oras. Fomos eliminados na primeira fase da Libertadores e perdemos uma sequência enorme no Paulista. Não ganhamos o BR16 jogando muito, mas ganhamos jogando melhor que os outros.

Um campeonato disp.utado pelo sistema de pontos corridos com times de nível variando entre o ruim e o sofrível vai ter obrigatoriamente um campeão, que vai jogar melhor que os outros mas não necessariamente apresentará bom futebol. Foi mais ou menos o que aconteceu em 2016. Oras…

Tem que botar todos pra jogar, colocar na fogueira pra ver quem aguenta o peso da camisa. Ontem deu pra ver claramente que muitos saíram com o calção “pesado”. Que o RM tenha enxergado isso, já faça a devida poda e suba a molecada se precisar.

É incrível a diferença na quantidade de aparições dos profetas e das motocas matracas, comparando quando o Palmeiras ganha com quando perde. Parece que para eles as derrotas são mais entusiasmantes e inspiradoras, para vociferar aos quatro cantos somente os aspectos negativos pelo qual o time vem passando.
É óbvio q este ainda não é o futebol ideal, mas se o RM não colocasse os reservas pra jogar ontem, seria execrado do mesmo jeito por estes mesmos críticos por não rodar o grande elenco que tem em mãos. E se jogassem todos os titulares e os pendurados tomassem cartão, outros tivessem se contundido? Daí teríamos que ir para o clássico com o time de ontem? É o velho reclamar por reclamar.
Pensem um pouco antes de largar o radinho e correr para o teclado após cada derrota. Procurem entender todos os aspectos que envolvem o futebol, que deveria mas não se resume somente as 04 linhas.
Avanti Palestra, sempre!

Sem querer alterar o rumo das discussões recentes dos colegas , uma coisa que constato é que treinadores e jogadores vão passando pelo Palmeiras, mas há muito tempo não temos boa organização defensiva, com os jogadores sabendo o que fazer e bem posicionados. O que vejo é um festival de erros individuais e coletivos, seja com Baptista, Cuca II, Valentim, Roger Machado… Praticamente todo jogo!!(mesmo quando por sorte ou mérito dos nossos goleiros não levamos gol). Ainda espero pacientemente um técnico e um grupo de jogadores que façam valer o título de defesa que ninguém passa.

Alguém achava que era paulistão nas 5 primeiras vitórias?

A campanha do Palmeiras ainda é a melhor disparada e, de novo, isso deve ser observado.

Mesmo fazendo testes, mesmo jogando mal.

O caminho me parece ok, um pouco o que o Eduardo disse. Alguns jogadores, só em ocasiões específicas, outros nem isso, mas jogos como o de ontem servem pra isso mesmo.

Pelo menos pra mim, tá tudo dentro do esperado pro ano.

Eu JAMAIS ia esperar o Palmeiras voando agora. É delírio.

Podia tá melhorzinho, mas tá “ok” por enquanto. Nem abaixo nem acima do que eu esperava.

O trabalho do Roger e muito distante do que a gente fazia no final do ano passado. Pode dar certo, inclusive.

Dos chamados “novos” treinadores, o Roger é uma aposta que eu tb faria.

Você é Palmeirense mesmo? Deve ser parente da diretoria. Para você esta tudo no planejado, perder de 2 a zero para São Bento e ganha no final no Allianz de 1 a zero e esta eliminado, tudo nos conforme.

Há uma grande diferença entre analisar o que está bom (pouca coisa), o que está errado, o que pode melhorar (muuuuita coisa…), as opções de mercado (se é que existem) e fazer as famosas “profecias do apocalipse”. Há quem peça Mano Menezes porque o Axe ainda não ganhou títulos. O Mano é treinador há mais de quinze anos, tem no currículo duas Séries B e duas Copas do Brasil, uma há nove anos e outra conquistada nos pênaltis contra um adversário sem goleiro. O Axe só ganhou um mineiro (não é nada, mas superou o time de qual treinador, mesmo?) e tornou-se efetivo há dois anos. Não é genial ou revolucionário, tampouco um aventureiro na profissão, mas deve e precisa ser cobrado como todos que trabalham no clube, principalmente quanto a algumas teimosias (que todo treinador tem). Imagino que se não demonstrar competência ao longo de 2018 não deva permanecer mesmo, mas essa fase do ano, por mais que doa não conseguir vencer Linense e São Bento em casa, serve pra isso. Entretanto, se tivermos Juninho e Luan como opções de zaga, Michel Bastos com chances de jogar uma partida importante e Thiago Santos fazendo lançamento de “três dedos” como se fosse o Djalminha (falando apenas dos reservas que “atuaram” ontem), continuaremos trocando de comando a cada quatro meses sem chegar a lugar algum, a não ser que contratemos um alquimista. Sobre o campeonato, de minha parte chamo-o de “paulistinha” desde o início deste século, pois foi ali que ele acabou como competição e passou a ser pré-temporada de luxo, e o fato de querer que o Palmeiras o vença todo ano (e eu quero) não vai mudar a realidade. Mas tinha (e certamente ainda tem) gente por aqui que já começava a escolher entre PSG e Real Madrid como adversário no Mundial após as seis vitórias seguidas, sim.

Na verdade eu sou Santista, só venho aqui encher o saco do Gustavo e do Eduardo mesmo.

Quem dera todo mundo que “enche o saco” tivesse seu conteúdo nos comentários, meu caro Thom. Quem dera…

Onde escrevi “São Bento” entenda-se “São Caetano”. Do primeiro ainda não perdemos, a não ser em profecias apocalípticas…

A verdade é que ninguém consegue emitir uma opinião sobre o trabalho do técnico. É bom? Ruim? Péssimo? Regular? Isso gera receios generalizados na torcida, todos temendo um fracasso nas horas decisivas. O trabalho dele não está passando confiança. Será péssimo se chegarmos às decisões (apenas devido ao elenco forte que temos) e fracassarmos sem conquistar nenhum título.

Está devendo, mas ainda não merece as chamas do inferno. Guardadas as lógicas e devidas proporções, assim como acontece no PSG muita gente acha que é só gastar dinheiro (futebol é $$$, certo?) e os títulos virão a rodo, mas não é bem assim. Um time vencedor é formado por diretoria ativa e ousada, treinador competente e atualizado e jogadores talentosos e comprometidos. Creio que a competência do Axe deve ser colocada na mesma balança do comprometimento de muitos jogadores de grife do elenco, alguns que já estavam ali e outros que chegaram com status de “craques” mas foram pouco decisivos em suas equipes anteriores. Todos precisam e devem ser cobrados.

atrás dele por 85% de posse de bola. O Corinthians impôs o seu jogo contra o Santos é não matou o jogo por pouco. O time do Palmeiras que jogou ontem é melhor que o do Corinthians, mas qual é o nosso esquema? Se não consegue se impor contra o São Caetano, vai se impor contra quem? Repito, acho o Roger dos poucos treinadores que tem conhecimento pra isso no Brasil. Quando você tem a sua forma de jogar, as peças mudam as funções não. Ou mesmo sem mudar as peças, você muda as funções pra trocar o esquema. Isso é nítido no Corinthians. O cara consegue fazer o Romero infernizar a vida da defesa. O Palmeiras tem Scarpa, Keno, Guerra, Dudu, Willian, o menino da base, o Lucas Lima, o Tchê Tchê que sabe chegar na frente. O Marcos Rocha é bom lateral, o Vítor Luis, o Moisés, enfim, será que demora tanto pra montar um sistema rápido de posse de bola, marcação adiantada e toque rápido na frente pra que em 4 toques você esteja definindo a jogada? O Corinthians obviamente assim. É você de Jadson,Rodriguinho,Fagner, Gabriel e Romero.Eu vi todos os jogos do Palmeiras esse ano. Nenhum me impressionou. A impressão que me passou era de um time cansado que sabia que quando apertasse ganhava. Quando pegou o Curintia não viu a bola.

O time que jogou ontem não é melhor que o do Corínthians. Fabiano e Juninho não seriam titulares nem da Portuguesa, e caras como Keno, Luan e Michel Bastos não empolgam ninguém.

É isso que falo “impor a sua forma de jogar. Seja quem for o adversário. O Manchester City no domingo fez o Chelsea correr atr

Engraçado, o Paulistão do Palmeiras 100%, aos poucos está virando Pailistinha, campeonato pra fazer testes. O que não faz quatro jogos sem vitória. E futebol que é bom…

Nessas horas o pessoal que ficava enaltecendo campanha invicta contra times do oitavo escalão do futebol nacional some. Debater nas vitórias é moleza, vira “monólogo da supremacia verde”. Basta vencermos o clássico na quinta-feira que até personagem do Esopo vai se manifestar. Não fosse o praticante de Muay Thai da Colômbia muito provavelmente estaríamos com cinco jogos sem vitórias. Mas o momento para escorregadas é agora, vamos lembrar que antes do título brasileiro levamos 4 do Água Santa (e nem eram os reservas naquela partida). Acho apenas que ficou evidente que alguns jogadores desse elenco podem ser aproveitados somente em determinadas condições, e que outros nem isso. E precisamos urgentemente de zagueiros, não podemos mais adiar isso, não precisa ser titular de seleção mas quem atuou até aqui na temporada passou a maior parte do tempo apanhando da bola.

Se ganhar do São Paulo volta a ser campeonato sério, vira Paulistão de novo.

Ganhar jogando o futebol atual, Não vai adiantar nada, só vai enganar a torcida novamente.

Vai enganar quem gosta de ser enganado e quem se contenta com resultado, sem qualquer nível de exigência.

esse treinador do PALMEIRAS, antes deveria ter passado pelo Juventus aqui da Mooca e se desse resultado iniciaria na base ……………………….qual a diferença entre ele e o Valentim, ou Fernando Diniz, Sérgio Soares?………e esses , todo palmeirenses de nascimento.

Nossa defesa títular (dois zagueiros) são horríveis, agora essa que jogou ontem não merece comentários. E o Emerson, por onde anda. Perdemos o Mina e o V Hugo e o Mattos não trouxe ninguém para a zaga. Ainda falavam que o Cuca era Professor Pardal, colocar o Guerra de 9 é o que?
Acorda Mattos, traga dois zagueiros urgente (Miranda, Balbuena (Não renovou com os gambás ainda), porque senão vamos morrer na praia de novo.
E quanto ao estagiário 2 que pare de inventar.

Discordo. Da nossa zaga titular eu gosto do A Carlos. O problema é que ele não tem um companheiro à altura. Mas a zaga reserva realmente não serve para nada, dispensa já. Mas para mim continua um grande problema, até temos bons jogadores no elenco, mas ainda estamos longe de ter um time….

O paulistinha serve para isso….o time já está classificado e é melhor fazer teste agora, todos aqui sabem que o time nâo é esse.

É verdade Ferrari…o problema é que o time “ideal” tbm não anda empolgando muito. Sabemos q o paulistinha não é mais o mesmo mas qdo a gente é eliminado o bicho pega, ou porque é eliminado por time pequeno ou em algum clássico, por isso penso que o Paulista vale sim e vale muito até. De qualquer forma , a prioridade é chegar “tinindo” no dia 3 pro jogo contra o Alianza Lima, só não consigo enxergar isso ainda.

Como o RM disse que o jogo era pra testes , espero que ele seja agora o mínimo inteligente possível pra perceber que não dá pra contar com Fabiano, Michel Bastos, Juninho e Tchê tchê.. que o Thiago Santos só serve pra entrar no fim de jogo qdo estivermos ganhando pra ajudar na marcação e olha lá ainda e que esse esquema de botar meia armador de falso nove não cola. Se aprender essas lições talvez já tenha valido a pena, apesar de eu achar que nos treinos já dá pra sacar tudo isso…Fabiano , Juninho e Thiago santos são grossos demais e Michel Bastos é ex jogador . Nem precisa de jogo oficial pra saber disso.

Erros do Roger hj: 1) Não tinha colocado nem time misto em campo ainda é hj resolveu trocar os 11 de uma vez. 2) Fabiano era o pior do time e jogou os 90 min . 3) escalou o Guerra na posição errada , aí qdo botou ele na posição certa que é armando o time e ele melhorou um pouco, o substituiu. 4) colocou um muleke da base numa baita duma gelada , num jogo que estávamos perdendo em casa e precisando do resultado. 5) Simplesmente assumiu o risco de perder a liderança geral do campeonato , o que pode custar caro lá na frente na hora de decidir uma semi final ou final ( se chegar né ). 6) botou uma pressão totalmente desnecessária para o jogo contra os bambis, se tivesse apenas mesclado o time e vencesse o jogo , o clima ficaria bem mais leve. Bom, eu tbm não sou a favor de ficar trocando de técnico a cada 4 meses, mas qdo a burrice é gigantesca, se demitir eu nem reclamo.

Acho apenas que se realmente “precisássemos” do resultado a escalação não teria Fabiano, Juninho, MB ou Guerra de centroavante. O próprio treinador assume, nessas condições, que o placar final é irrelevante. Caso não pense assim, está no lugar errado. Ou talvez até na profissão errada.

O futebol brasileiro é formado por jogadores medíocres. Não há oque se contratar. Quando vão buscar
jogador na América do Sul aparecem os Guerra e Borja da vida. O menos culpado é o treinador e aí de
nada adianta um patrocinador rico que não tem nada de bom pra trazer a não ser os Luan, Juninho, Keno
etc…Acho que daqui alguns anos o futebol vai acabar, o torcedor não vai pagar mais pra ver oque se assiste hoje. O futebol carioca mesmo está acabado e acho que o próximo será o futebol paulista. Infelizmente viveremos da recordação dos grandes elencos do passado. Oque está aí é só pra enganar o torcedor.

Não acho que o futebol vai acabar simplesmente, Sérgio, mas acredito que por aqui veremos um certo “fenômeno” que vem se tornando cada vez mais comum: garotos crescendo como torcedores do Barcelona, do Real, do Chelsea, do PSG, do Bayern e mal conhecendo a história ou pouco se identificando com os grandes clubes brasileiros. Isso já aconteceu de certa forma com os pequenos, é impossível imaginar hoje um Guarani decidindo um título qualquer em casa com estádio lotado (a não ser numa série C, como aconteceu há pouco), ou mesmo um Bangu ou um Paulista de Jundiaí chegando em final que dá vaga na Libertadores. Isso acabou de vez. A filosofia que vem das categorias de base, priorizando brucutus e busca por resultados, e a administração pífia da CBF, contando com apoio (mesmo que através da omissão) dos cartolas, vai aos poucos matando o nosso futebol, que vai se tornar apenas uma caixinha na grade de certa programação, perdida entre um Faustão e um BBB da vida.

E, infelizmente, não demorará muito para isso acontecer. É o resultado da pouca impotância que se dá ao futebol bem jogado, à qualidade.

Vontade de escrever aqui uma série de palavrões. Não o farei, porque sei qe não passa no filtro do revisor.
O “futebol” jogado hoje pelo “time” do Palmeiras merece que tipo de análise que não seja MERDA, ( é palavrão?). Ou aceitamos o desempenho como pífio ( bonito né ), ou exigimos explicacões do Galliote, Matos, RM e jogadores JÁ. Se é, que o que vimos hoje no Allians, tem explicação. Quem treina essa merda(pode né revisor ?) de elenco afinal ? Porque ta provado que o RM não é. Pode enganar os diretores e grande parte da torcida com seu joguinho de palavras gauchescas incompreensível, mas a mim não. Como a grande mioria dos “técnicos” gauchos, é retranqueiro, teimoso, eno que é pior; incompetente. Digam me com todo o respeito : qual a partida que esse seu time jogou digna de credito ? Qual o adversário desses todos que jogamos, com exeção do Gambá dignos de crédito ? Ta ai fazendo um enorme exercício de memória né. Não temos padrão de jogo, não somos um time, não temos técnico. Não acredito em dias melhores, a não ser que alguma atitude seja tomada JÁ. ATITUDE !
Mas não percam as esperanças, dias piores virão.

Se ficarmos trocando de treinador a cada quatro meses não vamos ganhar nem Taça Guanabara. Que ele montou mal o time hoje não tem o que discutir, mas não deve ter pedido pra ninguém tentar jogadinha de calcanhar quando não tava acertando nem passe pra frente de 3 metros. Muita gente se achando, mesmo sendo reserva.

Hoje o Roger escalou mal demais. Porém, demitir o cara pra trazer quem

Os comentários estão desativados.