Categorias
Notícias

Scarpa fora do BID e da partida de sábado

 

 

Como as coisas no Palmeiras sempre precisam estar agitadas – uma espécie de carma ou darma, vai saber – desta vez foi o Fluminense e sua enorme capacidade jurídica na cidade do Rio de Janeiro quem trouxe agitação nos lados da Academia.

Após derrubar a liminar na 5a feira que garantia a Gustavo Scarpa negociar com qualquer outro clube – e o fez no Palmeiras – o time jurídico do tricolor carioca foi ágil também para conseguiu chegar a notificação na CBF que prontamente retirou Gustavo Scarpa do BID (leia mais no Globoesporte.com)

Resumo do imbróglio 1: Scarpa não joga neste sábado contra o Novorizontino.

Resumo do imbróglio 2: se o Fluminense fosse tão competente dentro das quatro linhas como é no departamento jurídico não passaria os vexames que passa no futebol. Problema deles.

Do nosso lado… aguardemos os próximos capítulos.

16 respostas em “Scarpa fora do BID e da partida de sábado”

Como dizia Roberto Avallone no auge de sua carreira:
“Parem as máquinas exclamação.
Entregue a taça ao curintia exclamação.
Para que haver disputa se há manipulação fora de campo interrogação”

Vocês acreditam mesmo que o Palmeiras já não esperava isso? Claro que esperava. É mundo juridico, pessoal, não é futebol.

Por isso tem uma cláusula que obriga os agentes do Scarpa a pagarem a multa caso percam na justiça. O Palmeiras não perde mais o Scarpa, nem o Fluminense quer ele de volta.

A briga é entra Fluminense e Scarpa por dinheiro. Palmeiras pode ser legal e emprestar uns jogadores pra ter o Scarpa mais rápido, mas não está preocupado com muita coisa.

Engana-se quem pensa que futebol se resolve somente dentro de campo. Nos bastidores a coisa ferve, afinal muitos milhões de reais estão em jogo, movimentando muitos interesses. Quanto que investem a mídia (TV, Internet, Rádio, Jornal , Revistas), os patrocinadores, os empresários, as federações? Qual o tamanho do investimento de todos estes, principalmente no Small Club Canalha Paulista, que não pode de modo algum ser parado no meio do torneio?
Óbvio que nas Condições Normais de Temperatura e Pressão (CNTP) a técnica se sobressai dentro de campo, daí a importancia do Palmeiras manter a curva de crescimento que vem apresentando, para chegar forte nas fases finais do campeonato.
Nos bastidores, é importante manter forte presença em tudo que pode decidir os rumos dos campeonatos: escala de árbirtos, horários/locais dos jogos, julgamentos do STJD, vídeos de todos os jogos, atuação forte da diretoria em quaisquer desvios de conduta por parte dos vigaristas de plantão.

A liminar foi cassada devido o processo ter sido julgado no RJ. Quando for a Brasilia não haverá juiz contrário. Aliás, nesses últimos 30 anos, houve alguma derrota do fluminense na justiça?

Essa da suspensão foi de doer heim…bem na hora do mata mata kkkk…tem problema não…vamos ser campeões assim mesmo! Impressionante como os caras adoram o Palmeiras.

Em 2009 quando o Simon salvou o time das laranjeiras do rebaixamento literalmente operando o Palmeiras em pleno maracanã, a mídia se calou, como se cala novamente. A revolta, justa por sinal, não é só pelo Scarpa, mas sim pelo Jailson, Dudu e Felipe Melo, que curiosamente só foram denunciados agora, às vésperas da fase final do paulistão. Não se trata de teoria da conspiração, se trata de falta de vergonha de quem comando o futebol neste País.

Pois é,depois leva 7 da Alemanha e fica chorando sem saber porque.Só a Dona Lucia acha bonito.

“O Império contra ataca”.
Caçaram a liminar,publicaram no BID e denunciaram Jailson,Dudu e Felipe Melo no TJD.

Palmeiras sendo atacado em várias frentes: caso Scarpa, denúncia contra Jailson/Dudu/F.Melo, prejuízo técnico na definição das quartas do Paulista (revertido em parte)… Tem que jogar muita bola para superar tanta influência externa.

Fiquei sabendo que (pelo menos) um dos nove juizes que derrubaram a liminar torce pro Fluminense. Então…

Se é carma ou não eu não sei, mas desta vez foi o próprio Palmeiras que procurou essa confusão ao contratar um jogador em litígio. Já estava ciente que teria de enfrentar dificuldades na justiça pra ficar com o Scarpa e só bobo não sabe dos privilégios que tem o Flu na justiça do RJ, deve tá cheio de desembargador tricolor por lá. Até acho que depois os advogados do Scarpa vencerão na esfera federal , mas isso vai demorar muito ainda. O melhor caminho mesmo seria um acordo entre os clubes , o que tbm não vai ser nada fácil. Enfim, eu gostei da contratação pq ele é ótimo jogador mas os “profissionais” do Palmeiras deveriam ter analisado melhor a situação antes de querer dar chapéu no SP e nos gambás pra se mostrarem superiores. Agora aguenta essa dor de cabeça!

Até que enfim, alguém teve coragem de escrever uma verdade sobre esse caso. O Palmeiras sabia o que estava fazendo ao contratar o Scarpa, que ninguém ali se faça de desentendido. Essa situação se resolverá na base do acordo e do diálogo entre os dirigentes dos dois clubes, pois é evidente que o Scarpa não vestirá mais a camisa do Flu (assim como o Zeca não voltará ao Santos), mas a legislação existe para ser cumprida, e deve valer para todos, sem exceção. O que é certo é certo, e o que é conquistado por direito não é privilégio e sim obrigação, mas se o Palmeiras não tiver time pra eliminar o Novorizontino sem Scarpa (que nem titular é) ou sem jogar no Allianz (onde já tivemos atuações ruins nesta temporada) é porque alguma coisa de muito errada está acontecendo.

Esse imbróglio será resolvido JUDICIALMENTE no máximo até em 05/18, em Abril será realizada a audiência! Não existe a menor possibilidade do Scarpa perder judicialmente, tendo em vista o atraso no pagamento dos salários do mesmo.

Olha, foi até bom ter saído essa rescisão logo no BID, pra não dar tempo do Palmeiras fazer a ca.ga.da de relacionar o Scarpa pro jogo, e correr o risco de ser eliminado do Paulistão, por vias jurídicas.

Além dele, Jailson, Dudu e Felipe Melo podem ficar fora, por denúncia.

4 “titulares”.

É mole?

Eu raramente dou crédito a teorias da conspiração contra o Palmeiras, mas agora ficou curioso.

Os comentários estão desativados.