Categorias
Brasileiro 2018

Brasileiro 2018 Palmeiras 1×0 Inter: o que importa são os três pontod

O Palmeiras venceu o Inter nesta tarde noite no Pacaembu. 1×0. Gol de Dudu em bom cruzamento de Diogo Barbosa ainda no 1o tempo.

Mas foi um jogo fraco. O Inter teve três boas chances de gol e Jailson teve grande participação.

Os laterais deram muito espaço. Dracena deu mais segurança à zaga. Felipe Melo errando muitos passes. Dudu bem e Borja bem posicionado mas perdeu gol feito. Serviu uma bola com açúcar para Lucas Lima que poderia ter sido o 2o gol. Foi na trave.

Mas no Brasileiro o que importa são os 3 pontos.
Agora é pensar no Boca

Saudações Alviverdes.

139 respostas em “Brasileiro 2018 Palmeiras 1×0 Inter: o que importa são os três pontod”

Eu acho burrice a torcida brigar com jogador a essa altura, tão pouco pedir a cabeça do RM. Temos Brasileiro, Copa do Brasil e Libertadores pela frente. O futebol do time não está uma maravilha, mas não tá na hora da torcida chutar o balde. Vamos acreditar.

Rodrigo as vezes sou mal interpretado por isso, mas a minha opinião é exatamente igual a sua!
Parabéns!

Brigar, não. Cobrar, sim, passou da hora até. Estamos em abril, quase maio, e voltamos a fazer ligação direta defesa-ataque, algo que qualquer time da segunda divisão da Inglaterra com orçamento infinitamente menor que o nosso faz melhor. Além disso, quem não aceitar cobrança, que não trabalhe nem torça pelo Palmeiras. Pra aceitar tudo com passividade já chega nosso técnico.

Esse Salah parece ser bom.
Já que está sobrando dinheiro nos cofres, porque não trazê-lo para jogar no Palmeiras?
Ou o Borja é melhor?
Ou o Deyverson?

Acabou faz 15 anos esse modelo de ter dinheiro e contratar somente estrelas como o Palmeiras fez nos anos 90 e está fazendo agora novamente.

Olha esse jogo de Roma e Liverpool. São times ricos, realmente, mas fizeram somente as contratações necessárias e arrumaram o time com as peças que possuem.
Quem não lembra do Manchester City há 10 anos que era motivo de piada porque só contratava jogadores famosos a peso de ouro e não ganhava nenhum título?

O Roger não sabe administrar pessoas. Também não sabe dialogar com seus superiores. O Brasil perde seus melhores jogadores e pra piorar seus técnicos são inferiores.

Desculpa Jango, mas o Palmeiras não contratava estrelas em nos anos 90, não esqueça que o grande dia de 93 Sergio goleiro, Claudio lateral direito naõ eram craques assim!, Mazinho estava encostado na europa, veio para ocupar a lateral direita, mas Luxemburgo naquele tempo já falava que não podia ter volantes cabeça de bagre e lançou Mazinho no meio para melhorar a saida de bola, Roberto Carlos veio do união são joão ainda não era craque, Cesar Sampaio esse sim, já era diferenciado, mas ainda muito novo, Edilson veio do guarani como revelação do paulista de 92, Edmundo….esse era craque, custou 2 milhões para parmalat, Evair veio estourado da Italia, Zinho….esse já era craque, a dupla de zaga era Antonio Carlos e Kleber, um veio do São paulo outro se eu não estou enganado veio do atletico mg.
em 94 veio o Rincom que ninguém conhecia e Rivaldo dos gambas que também não era craque, não era nem titular nos gamba……em 96 veio Djalminha e Luizão, duas revelações do guarani.
Jogadores um pouco mais conhecidos e em pouco mais “caros” foi depois de 96…. Que foram Arce, Cafu, Junior, Junior Baiano, Euler mais não era titular, Paulo Nunes e por incrível que pareça Oseias.
Hoje gasta mais dinheiro com jogadores “badalados” que jogam bem menos do que os do passado.

Ir até o fim para conseguir a anulação do título paulista de 2018 é essencial para o Palmeiras conseguir vencer essa guerra contra o establishment.
Mas não adianta querer focar seus esforços nos bastidores e esquecer de jogar futebol. Tudo o que o Roger fez se desmanchou completamente depois daquele jogo contra o time marginal.

Verdade Jango. O time no começo do ano mostrava sinais de melhora com relação ao ano passado. Parecia um time mais organizado, tentando encontrar um padrão pra propor os jogos , tá certo que o paulista é muito fraco tecnicamente, mas dava a impressão que o time no mínimo seria mais competitivo. É impressionante como os caras no Palmeiras são fracos de cabeça. É óbvio que há problemas técnicos dentro de campo mas é inegável que eles perderam completamente o foco, o Roger perdeu a mão, perdeu o vestiário e o time hj é um catadão. Outra coisa que impressiona é a falta de liderança no clube. O Gru não dá mais as caras , o Alexandre Mattos então, esse sumiu, o que vemos sempre é o Felipe Mello soltando um monte de merd@ pela boca , Dudu e Tchê tchê brigando com torcedores, o Roger com a passividade de sempre e o time jogando cada vez pior.

Por causa dessa maldita final roubada é capaz do Palmeiras perder mais um ano.

Anular a final vai mudar muito pouco o psicológico do time. E pra piorar o Roger não é um Felipão, ou até Cuca, da vida que sabe mexer na cabeça dos caras. O cara é muito manso.

Mudando um pouco de assunto, Dudu foi ovacionado só que não rs por uma meia dúzia de torcedores do Palmeiras na chegada a buenos Aires. Acho que está chegando ao fim a passagem do nosso camisa 7 no Verdão, o meio do ano está aí é com certeza dessa vez nem ele nem o Palmeiras vão perder a oportunidade de faturar uma bela grana oferecida pelos chineses. Ontem li que o Keno tbm tem uma bela proposta do mundo árabe e que pode deixar o clube na janela de julho, ou seja, no segundo semestre que é quando os campeonatos se afunilam, podemos estar sem nossos atacantes titulares. Sinceramente , não sei se isso é bom ou ruim RS.

Dudu no meu ver representa em campo a camisa do Palmeiras.
Erro enorme de alguns torcedores pedindo sua saída.
Cara, na real, perdi completamente a vontade de acompanhar o futebol depois da final do paulista.

Se o Palmeiras tem proposta do mundo árabe pelo Keno, deve aceitar hoje. Jogador desse nível com essa idade só terá mercado nesses centros onde o futebol é pífio, mesmo. E não venham com o velho papo “seria titular em qualquer time do Brasil”, pois com a metade da minha idade eu também seria. Já o Dudu acho que é um caso perdido. Foi disparado o nosso jogador mais importante nesses últimos três anos e meio, mas está claramente sem vontade de continuar atuando por aqui, quer resolver tudo sozinho e toma atitudes infantis. Se a substituição for qualitativa poderemos lucrar, se trouxerem uns cinco meia-bocas como Deyverson pros seus lugares, já era.

Mas o pior é a i.gnorância (ou se fazem de be.sta mesmo) da imprensa. Pois, se o Palmeiras instituição, quer a anulação da partida, o que vejo da maior parte dos torcedores e que eles desejam que os gambás enfiem esse título no c.u, mas que sejam punidos os responsáveis pela maracutaia, interferência externa, enfim, que seja status quo podre do futebol brasileiro.

Exatamente. Na política – para a surpresa geral, admitamos – gente graúda do meio empresarial e político estão na cadeia. Chegou a hora de passar a limpo esse país também no futebol e é o Palmeiras que pode – e deve – liderar essa limpeza. Tem de ir até as últimas consequências sim.

Não tenho dúvida de que é mau-caratismo e safadeza da imprensa, mesmo. Calhordas como o Kfouri enaltecem a vitória do time dele com claríssima influência da arbitragem no meio da semana passada, depois colocam em letras garrafais em seus blogs que o Palmeiras venceu no domingo apenas por conta da arbitragem. Os programas esportivos estão infestados de gente como Neto, Ronaldo e Chico Lang, que não passam de torcedores com microfones e câmeras à disposição.

Essa discussão sobre influência externa nas decisões dos árbitros já deveria estar concluída se aquele episódio do Barcos em 2012 fosse levado a sério como deveria. Mas eles só mudam as regras quando algo atinge os times prediletos da mídia, basta lembrarmos das últimas rodadas dos Brasileirões com clássicos para evitarem “entregadas” como a de 2010 (depois dos gambás terem ajudado a taça chegar aos urubus no ano anterior), ou a volta dos times da Libertadores pra Copa do Brasil por causa da eliminação pro Tolima em 2011.

Pouco mais de uma hora depois do Palmeiras divulgar um fato novo sobre a interferência externa na final do Paulista, fruto do trabalho da Kroll (algo que em qualquer país sério do planeta geraria vergonha entre os envolvidos e beneficiados), o TJD decidiu arquivar o processo “por falta de provas”. A justiça neste país é patética, partidária e clubística.

Esse país sempre foi uma palhaçada.

O Palmeiras está em guerra contra esse establishment, mas os jogadores, o Roger, o Mattos e o Galiotte ainda não perceberam. Se perceberam, já se deram por vencidos na primeira investida das forças de bastidores.
Agora, para o Palmeiras precisará ser muito superior aos seus adversários para conseguir ganhar alguma coisa. Vamos passar mais um ano em branco graças a esses incompetentes frouxos.

Para mim, esse caso deve ir para instâncias maiores, e o Palmeiras tem de, abertamente, desmoralizar o tjd. O fato que você diz, é a imagem do médico no banco do gamba, com um ponto ou celular na orelha?

Não, parece que flagraram pelos circuitos internos de tevê do Allianz um sujeito que faz parte da Comissão Estadual de Arbitragem e que está na entrada dos vestiários com celular na mão. Poucos segundos após o PCC afirmar pela Globo que não havia sido pênalti ele já está no gramado (ainda com o celular na mão) perto do quarto árbitro. Só não vê motivos para anular a partida quem não quer. E que fique claro: não quero outra partida, por mim deveria constar nos livros de história esportiva o seguinte verbete: “Campeonato Paulista 2018 – Não houve campeão por violação às regras do futebol”.

o pior e escutar que nao se tem provas, só evidencias… pensando assim nao poderiam ter prendido o nove dedos, pois nao existe recibo de compra e venda…
queria que fosse ao contrario.. o campeonato ja estaria invalidado faz tempo.
Lamentável…

Eu não entendo oque estão esperando pra contratar pelo menos um bom zagueiro e um volante marcador e que não seja lento. Scarpa pra ontem, o time precisa jogar com 2 meias e dois atacantes se
não a coisa não anda.

1 meio campo (Scarpa)
1 volante de marcação
1 zagueiro sólido
1 centroavante matador

O vasco entrou na final da copa Avelange em 2000 , com a estampa SBT na camisa e caiu 3 vezes.
A Mancha apedrejou o carro da globo na arena Barueri na final da copa do Brasil de 20 12 e no brasileiro o Palmeiras caiu pra série B.
Tá certo que os times que caíram tanto de vasco e Palmeiras eram sofríveis quanto as diretoria, mas no Br 2012 o Palmeiras foi prejudicado em 6 partidas no segundo turno.

O Palmeiras vai ter que jogar muita bola daqui pra frente pra não sofre as consequências extra campo.

Paraíba, o Vasco usou SBT na camisa em 2000 e caiu pela primeira vez em 2008 porque tinha um time ridículo, com Edmundo pré-aposentado e Renato Gaúcho, mais preocupado com praia que com futebol, de treinador. Em 2012 o Palmeiras tinha Mazinho “Black Messi”, Thiago Heleno, Daniel Barril de Carvalho e quando a corda começou a apertar no pescoço foi buscar “reforços” como Corrêa, Leandro Bochecha e Obina. E ainda nessa final citada na Arena Barueri o apito soou a favor. Não vamos confundir nem misturar as coisas, tampouco tirar das administrações mambembes suas respectivas responsabilidades nos fracassos em questão. Além disso, a Globo quer mostrar os gambás ganhando da gente e os urubus detonando o Vasco no RJ, ter um time em cada divisão não interessa pra eles.

É Eduardo, a RGT ofereceu um novo contrato com 20 % de redução dos valores que o Palmeiras recebe por ano de cota televisiva, linha imaginária, impedimento a favor ignorado, jogos na TV aberta e sportv reduzidos, vamos ver até quando vai isso.
O Alex ex camisa 10 do Palmeiras falou tudo : ” Quem manda no futebol brasileiro é a RGT, a CBF só empresta a sala de reuniões “

Não. Novidade mesmo é que tivemos um lance em que a arbitragem apitou a nosso favor de forma errada, mas nada disso que estão dizendo. O Damião só chutou para o gol quando o lance já estava impugnado, além disso ninguém esperou oito minutos pra decidir se estava certo ou errado. Se algum corintiano oportunista (90% deles são) tentar fazer comparações maldosas como certos jornalistas sem diploma por aí mande-o pastar.

Gostaria muito de ver um técnico como o Roger ter sequência e vida longa no Palmeiras. O Roger é bom técnico, entende de futebol mas ainda está muito cru, infelizmente não tem tamanho pra comandar uma equipe como o Palmeiras que é nitroglicerina pura. Pra mim o Roger ja perdeu a mão, o time dentro de campo é uma bagunça e fora ele tbm não tem controle nenhum, além de ter medo do Felipe Melo. Um amigo aqui do blog disse que somos muito pessimistas, concordo, mas é praticamente impossível ser otimista vendo o time jogando esse futebolzinho paupérrimo, vendo o Dudu chateadinho com a torcida não querendo comemorar gol, vendo o Tchê Tchê arrumando briguinha com torcida na rede social e principalmente vendo o Borja dando canelada e o Roger tentando corrigir isso colocando o Deyverson kkkkkk….aí fica difícil ser otimista viu.

Os comentários do Alexandre e do Danilo concordo em 100%. E são comentários inteligentes que AGREGAM, inclusive gostaria que o presidente do clube lesse. É o que realmente está faltando ao nosso time…só reclamações e porradas não resolvem!

Falta compactação e criatividade nessa equipe. Nosso time joga distante e o setor que deveria puxar essa aproximação é o que apresenta os maiores defeitos: nosso meio campo: Felipe Melo apesar da qualidade tecnica não tem fisíco pros 90 minutos, peca demais na marcação e acaba prejudicando nossos 2 zagueiros. Bruno Henrique possui bom arremate, mas também peca na marcação e deixa a desejar na saída de bola (nossa maior carência no meio campo). Lucas Lima, nossa maior fonte de criatividade vem jogando completamente isolado, prendendo a bola, facilitando a marcação adversária e irritando nós torcedores! Roger poderia mudar essa formação, povoando mais o meio e sacrificando um dos atacantes, um 442 clássico talvez, é evidente que esse esquema atual não extrai o melhor de nossos atacantes.

É isso que dá raiva. Até torcedores percebem que o RM precisa tentar uns 6 jogos o 4-4-2, menos o técnico.
E o Roger é muito frouxo, tem que ficar na beira de campo berrando com as estrelinhas para correrem, marcarem e tocarem a bola.
A diretoria precisa colocar sublinarmente na cabeça dos jogadores que possui muito dinheiro, e se fizerem corpo mole ou não jogarem bem, estão fora e outros entram no lugar. Felipe Melo e Dudu estão achando que são donos do time.

Concordo com todos, o time precisa jogar mais. Já deveria estar com sistema de jogo consolidado, mas culpar apenas o técnico, penso não ser justo.
Na minha visão, falta liderança do treinador, fora do campo e um líder dentro de campo. Um jogador que chame a responsabilidade de orientar o time, nos momentos decisivos dos jogos. Tentaram resolver esse problema com o Felipe Melo, mas o cara é descontrolado, jogou bem o paulista, onde o nível técnico é fraco, no brasileiro, falhou contra o botafogo e jogou mau ontem.
Penso que nosso elenco tecnicamente é bom, mas é muito fraco mentalmente.

Não é fácil ler o 3VV.
É muito pessimismo!!!!
Como podem achar esse time do Boca ser melhor que o nosso?!?!?!?
Que nosso time precisa melhorar muito eu concordo, agora falar que é um elenco ruim não dá.
Também acho que temos que trocar o técnico. O time está destroçado desde a derrota para o curica…

Meu caro, HOJE tanto o Boca quanto o “curica” ESTÃO com times melhores e mais organizados que o nosso. Isso é fato indiscutível, negar é brigar contra o óbvio. Se ambos SÃO melhores somando-se o potencial de cada jogador do elenco é outra história, mas aí (sendo meio pornográfico…) é aquela história do “o que importa não é o tamanho do ferrão, mas a intensidade da picada”.

Se tivéssemos (e está longe de ser o caso) onze craques para escalar e cada um quisesse resolver as partidas sozinho, você acha que venceríamos facilmente um time de operários abnegados extremamente organizados na defesa, no meio de campo e no ataque? Acho que não, basta ver a diferença do que Messi e Cristiano Ronaldo conseguem fazer em seus clubes e em suas seleções. Futebol hoje é isso, e se quiser ler só elogios para um time que não joga nada há tempos acho que está no blog errado.

Caro Eduardo,
Não nego as deficiências de nosso time e muito menos as necessidades de mudanças, apenas acho estranho que o Boca que tem nos últimos jogos 3V, 2E, e 3D sendo uma derrota em casa para um time ridículo ( Defensa Y justicia ) e uma para o River seu maior rival em uma decisão de título possa ser colocado como superior ao nosso.
Nem mesmo o Curica que inegavelmente colhe muito bons resultados, alguns suspeitos como na ultima quarta-feira, eu colocaria nesse patamar que a maioria aqui coloca. Falar que não jogamos nada faz tempo é exagero. Não podemos esquecer quem fez a melhor campanha no Paulista, quem teve o melhor jogador do torneio, quem teve o artilheiro, a melhor média de público e 8 jogadores na seleção do torneio.
Não quero ouvir só elogios, mas também só porrada não ajuda em nada um time que precisa se reencontrar após uma das piores derrotas da sua história. Falo em se reencontrar pois é um time que esse ano já jogou muito bem contra o São Paulo, Santos, Ituano, Alianza Lima entre outros…

Caro LGO, com todo o respeito, não quero comparar mas você está adotando a mesmíssima postura de um sujeito que entrou aqui no início deste ano escrevendo coisas do tipo “temos os melhores laterais, o melhor par de meias, os melhores cadarços de chuteiras” e outras baboseiras do gênero, e para ele a menor reclamação, mesmo pautada em fatos, era desrespeitosa à história do Palmeiras. Tratava-se da típica pessoa que não sabe conviver com críticas. Além disso, ele deturpava os comentários dos outros e, por isso, foi (justamente) banido do blog. Não quero nem vou pautar a conduta de ninguém, mas apenas sugerir: procure fugir desse caminho.

Quanto à superioridade (do ponto de vista da organização tática) de Boca e Corínthians em relação ao Palmeiras, cada um vê o que quer, mas se o nosso time teve tanta gente boa na “seleção do campeonato”, o artilheiro e coisa e tal, pergunto: quem foi campeão? Quem se superou na hora da verdade? E quem lidera o campeonato argentino, em vias de levantar a taça? Será que é tudo fruto do acaso, de conspirações ou é só o Palmeiras que tem mérito na mediocridade? Sei que é difícil, mas tente acompanhar futebol (e, de resto, o que mais for possível na vida) com menos paixão e um pouco mais de olhar crítico e questionador, faz bem e evita enganos e frustrações.

Caro Eduardo!!!
Não estou deturpando o comentário de ninguém e muito menos rebatendo comentários. Mas acho que todos devem ter o direito a opinar, pois senão for assim prefiro sair do Blog antes que ocorram maiores desgastes com os amigos!!!
Eu concordo com críticas pautadas sobre fatos e discordo de críticas lançadas ao vento. Coloquei a todos o histórico do Boca nos últimos 45 dias e também o histórico do Palmeiras no Paulista2018. Não fomos campeões pelo simples fato de ser um torneio mata-mata. Mas sua pergunta é totalmente fora do contexto e devolvo ela a você de outra forma. A seleção de 82 não era o melhor time do mundo???? Por que não ganhou???
De resto peço desculpa ao amigo se em algum momento lhe deixei chateado. Tenha certeza que essa nunca foi e nunca será a intenção!
Grato.

Esse time não tem qualquer padrão de jogo, parece o time do Eduardo Batista, incrível.

Do que adianta ter dinheiro pra gastar a vontade se imbecis como o Esquemattos não sabem usar?
Grêmio e Atlético-PR não devem ter metade do nosso dinheiro e possuem times superiores.

Parece que a cada jogo que passa o Palmeiras fica PIOR, eu sinceramente não entendo como a diretoria e a comissão consegue ser tão incompetente.

Muito Muito Muito difícil assistir jogos do Palmeiras, o time está claramente mal treinado.

Laterais não apoiam e vão mal na defesa….
A zaga totalmente insegurança….
Os volantes só cercam não marcam ninguém não roubam uma bola….
Os jogadores da linha de ataque jogam a 50m um do outro….
Nosso melhor marcador é o centroavante….
Os passes errados são milhares….

Lucas Lima mal, Dudu Mal, Keno mal, Borja mal….
E os que entraram durante a partida: Moisés mal, Bigode mal….
Deyverson, sem comentários, qual a capacidade desse cara mudar a história de qualquer partida?

Quando está tudo péssimo assim, é impossível não ser culpa do técnico!!!!!!

Trocar agora não vai resolver, mas com ele vai ser impossível almejar alguma coisa.
Resumo: 2018 já era, só nos resta torcer contra os gambás!!!!

Seu post é o resumo preciso do momento atual do Palmeiras, mas vai ter gente achando que você é “pessimista”…

Huahua, tava lendo por aí, em grupos de Palmeirenses, que o Palmeiras vai ganhar do Boca. Queria saber o que esse pessoal toma, pois o negócio é bom. Parece que sintonizam o jogo do Palmeiras e fecham os olhos, não é possível. E o seu Dudu, o que ele quer, aplausos por essas exibições patéticas do time!? Outro alienado…

Parece que o Dudu joga só pra ele, fez o gol, não comemorou e ficou com cara de bunda, como se nada tivesse acontecido.
3 mil palmeirenses vão para lambombonera, boa sorte! a todos, aquilo não é um estádio é uma caverna.

Não é só o Dudu, praticamente todo mundo nesse time parece jogar apenas para si próprio querendo resolver o jogo sozinho (outro caso idêntico é o do Keno, muita velocidade com raciocínio zero). Quem não está nessa condição esbarra nas próprias limitações técnicas ou se esconde (como são os casos de Borja e Lucas Lima). Aí você olha pro banco e lá está o técnico sentado, com a mão no queixo e cara de paisagem…

Se vier algum título esse ano, será a copa do Brasil.
Não vejo capacidade do Palmeiras para se firmar nas outras competições.
Uma nós já perdemos.
Um campeonato de baixo nível técnico.

Nosso time demonstrou ontem que está totalmente perdido. Dependemos de um zagueiro veterano que melhorou um pouco a linha de zaga. O outro zagueiro A Carlos é totalmente estabanado. Os reservas são piores, com exceção do Emerson que ainda não jogou. Porque será?????
o tal de Deyverson é piada. O estagiário 2 errou completamente em tirar o Borja. O Dudu ficou bravo porque a torcida está chiando. Ora a torcida lota o estádio direto e ele quer o quê? Faz três anos que joga no verdão, é nosso ídolo, já deveria estar preparado para isso. Nosso “presidente” precisa parar um pouco em pensar na eleição, chamar o Matos e mandar ele garimpar dois zagueiros, um atacante e principalmente trazer o Scarpa de volta. Manda para o Fluminense o M Bastos, Tiago zagueiro, Luan, Juninho, F Mello (pelo amor de Deus não acerta um passe, tá na hora do Tchê-Tchê voltar), Deyverson e principalmente trazer um técnico.
Volto a dizer, não temos comando, o time está perdido.

Ótimo comentário. É isso mesmo. E o Roger só precisa voltar ao 4-4-2, não precisa ir embora ainda porque vamos perder 5 meses do ano.
E não temos comando graças ao careca bundão. O Nobre tinha defeitos, mas um deles com certeza não era abandonar o time. Precisa assistir todos os treinos, conversar e ajudar o técnico, assistir os jogos pelo menos na Arena, cobrar resultados ou elogiar os jogadores. O presidente precisa ser também torcedor não somente um burocrata.

Desculpe, Jango, mas o Nobre entendia tanto de futebol quanto qualquer um que opina aqui, o fato dele assistir aos treinos e aos jogos não o torna especialista em nada, e dar palpite em assuntos que a gente não conhece todo mundo sabe que só atrapalha. Vamos lembrar que ele assistia aos treinos dados pelo Gareca, garantia que “seria difícil ganharem da gente” e que só não caímos graças à incompetência dos clubes baianos.

Apenas uma opinião: presidente tem que ser torcedor quando está na arquibancada, na administração de qualquer clube ele precisa ser profissional, ponderado e atuante. Não fosse o pênalti cobrado pelo Prass em 2015 e os gols do Gabriel Jesus em partidas decisivas em 2016 ele teria completado quatro anos de mandato sem um mísero título. Infelizmente é mais um caso dentro do Palmeiras em dinheiro se confunde com qualidade. Ele teve seus méritos, mas não merece estátua no clube, não.

Nobre foi importante para o futebol palmeirense porque ficava encima cobrando resultados depois da parceria com a Crefisa.

Não há como saber, mas deve ter sido ele e os conselheiros corneteiros quem pediram algumas contratações depois que o caminhão de reforços (muitos deles nem chegaram a serem usados) chegou ao clube depois do começo ano de 2015 e 2016.
Hoje o Galiotte não promove conversa aberta entre Mattos e Roger porque possui medo da Leila.

Só pra frisar, não é o presidente quem precisa ou deva decidir qual jogador deva ser contratado, mas é o presidente quem deve promover diálogo entre o técnico e o responsável pelas contratações. E cobrar resultados e ajudar até onde for possível para que os resultados sejam atingidos.

É verdade, João, só que com o Paulo Nobre só existia monólogo, não diálogo.

Segunda rodada e o time “que joga só por uma bola” já é líder isolado, com o mesmo futebol pragmático e feio mas com organização infinitamente maior que à do “melhor elenco das Américas”. Independentemente de ser ou não o único responsável (e está longe disso) ou de ser a única cabeça a rolar (não deveria), o Axe sabe que se perder na quarta e não ganhar em Itaquera vai assistir à Copa na fila do INSS. Copa do Brasil e até Libertadores dá pra ganhar na sorte ou na incompetência alheia (SPFC em 2016 quase chegou lá, assim como o Botafogo no ano passado, e clubes como Lanús, Independiente Del Valle e Nacional do Paraguai chegaram em finais recentemente), mas ser campeão brasileiro praticando esse futebol é impossível.

O Roger teve 4 meses para organizar o time e ainda não conseguiu. E isso sem nenhum imediatismo de resultados no Paulistinha.
O Mattos desapareceu. Qualquer um que assiste os jogos do Palmeiras percebe que nossos zagueiros são fracos e nossa zaga é desorganizada, menos o Mattos. Esse está mais preocupado para o próximo ano para fazer contratações caras e sem pensar se o time precisa ou não dessas peças.
Lucas Lima é amarelão e não cria jogadas. Borja é caneludo e é nossa única opção. Felipe Melo está chegando atrasado direto e dando oportunidades de gol para o adversário.
Se continuar assim, pode dar adeus para todos os títulos que estamos disputando.

E só pra registrar: futebol deprimente à parte, de acordo com 100% da Imprensa a vitória se deu APENAS pelo favorecimento da arbitragem, como se os acontecimentos do último dia 8 tivessem sido absolutamente normais, ou como se a vitória marginal de quarta-feira na Argentina não tivesse contado com as benesses do apito.

Esse tipo de acontecimento é bom. Serve para mostrar a parcialidade da imprensa esportiva do Brasil.

O Palmeiras precisa enfiar de uma vez na cabeça dele que vai ser martelado até não conseguir suportar. Ou o Galiotte, juntamente com o Mattos e o Roger, deixam seus egos de lado e unam forças para vencer o establishment ou todos os nossos investimentos serão jogados no lixo. O Galiotte ainda não percebeu no tipo de luta que ele está metido.

Cada vez mais nítida que a guerra da Rgt contra a SEP está declarada. Nossa torcida não suporta essa emissora, sempre tratou mal seus profissionais em nosso estádio e agora que nosso presidente resolveu comprar briga com eles a coisa piorou muito mais. É bom termos a noção de que precisamos ser muito mais forte do que imaginamos pra poder conquistar títulos pq a investida deles contra nós serão cada vez maiores. Vamos bater de frente mesmo? Então precisamos estar preparados.

Eles querem colocar em patamar de igualdade, erro do juiz, que sempre acontece pra todos, com infração da regra, que é a consulta externa para definir lances do jogo. As duas coisas, essencialmente, são totalmente diferentes, embora envolvam a arbitragem. Esse tipo de burrice eu espero de um torcedor gamba, ignorante, fruto da péssima educação do país, mas de jornalistas, é de doer… Se bem que eles fazem de caso pensado né, víboras que são…

Na verdade, Luis, a diferença desses “jornalistas” para torcedores de botequim é o diploma (atualmente não mais exigido, e que muita gente como o sr. Kfouri nunca teve) de Jornalismo. Na essência, eles são 99% paixão e 1% profissionalismo, e este só aparece na hora de exigir a famigerada “liberdade de expressão” (balela pra justificar abusos e invasões de privacidade) e no momento de exercerem seu corporativismo. Não vai muito além disso.

grêmio e curintia entra e sai jogador pereba mantém padrão de jogo, desde o ano passado ,vendo o atlético pr jogar , o Fernando Diniz sabe fazer um time jogar bola.
Agora o Palmeiras? Já estou começando a ficar com medo.

Para mim, com esa liderança deles atual, já começa a se desenhar outro 2017. Minha vontade de acompanhar, que já andava baixa, se esvaiu de vez, pois desse filme já sei o final, e ele não é nada feliz, pelo menos pra massa alviverde…

Se duvidam do que a RGT seja capaz, é só ver o que aconteceu com o Vasco. O Eurico sempre foi contra a RGT e não conseguiu aguentar a pressão.
E não adianta falar que foi apenas péssima administração. O Vasco é o Palmeiras carioca no quesito de ser prejudicado pela arbitragem.

Ponha um Eurico no Palmeiras e mande uma Crefisa com gente que saiba contratar para o Vasco para ver onde os dois times estarão no final do ano que vem. Assim como determinadas doenças que agem no nosso organismo, as “influências externas” precisam da incompetência interna dos clubes para se proliferarem. As más gestões fazem 90% do serviço, não se iluda quanto a isso.

Alguém assistindo Boca x Newells?
Por enquanto 2×1 Boca.
O tal de Pavon destruindo.

O elenco do Palmeiras é muito bom – com algumas exceções, como o Deyverson, que nem deveria ter sido contratado – e se esse elenco ainda não se transformou em um grande time é sim culpa do técnico. O Palmeiras tem de trocar o técnico já antes que seja tarde e não quisermos passar em branco também em 2018.

É o seu ponto de vista.
Eu já acho o elenco e time do Palmeiras fraco.
Se o Palmeiras fosse bom de verdade, teria vencido o Corinthians, o boca e o Botafogo.
Roger Machado não entra em campo para falhar como falharam Antônio Carlos e Felipe Mello contra Corinthians e Boca e Botafogo.

Não joga pelos jogadores, mas ele que os escala. Ele os treina todos os dias. Sim, ele, Roger, tem responsabilidade sobre este time.

O elenco do Palmeiras não é fraco, mas está longe de ser forte. O problema do Mattos é que ele não sabe contratar, contrata peças caras, de uma só vez e não fica de olho no mercado.

No ano passado o grande problema eram os laterais dos dois lados. Ele esperou o ano terminar para fazer as contratações. Esse ano são os zagueiros e o centroavante. E ele não percebe isso. Não corre atrás. Acha que é só o time se acertar que tudo ocorrerá bem. Mas nem sempre teremos essa sorte.

Aliás, também está na hora de contratar um volante para substituir o Felipe Melo. Às vezes não precisa sacá-lo ainda, mas ele está errando muito e se achando intocável.

Concordo totalmente com o Jango. Elenco com alguns bons jogadores, longe de ser um bom time e mais distante ainda de ser uma equipe organizada. O técnico que é engolido pelos cobras da companhia é apenas uma peça da engrenagem que não anda. Já escrevi aqui e repito: se em mais de uma partida decisiva a zaga tem Antônio Carlos e Thiago Martins e depende de Deyverson pra mudar alguma coisa no ataque é porque o planejamento para a montagem do elenco foi feito nas coxas. Fato inquestionável, até para os mais fanáticos.

Assistindo Grêmio e Atlético PR que futebol bom de ver , é outro nível, vontade , raça, time compactado….é outro mundo.

Várias peças importantes no Grêmio são refugos de outros times. Para você ver como o técnico possui um papel essencial em fazer os jogadores jogarem bem e com raça.

Fernando Diniz e Renato Gaúcho são os dois melhores técnicos do Brasil, ou pelo menos que mais fazem seus times jogarem bem.

Se o treinador mudar para o 4 4 2 e não der certo, aí a culpa não será dele. Porém, se continuar nesse esquema furado o culpado ´é o Roger sim. @ meias e 2 atacantes dá mais certo.

Vai mesmo.
Com isso aí que temos na mão, vai perder feio.
Palmeiras é um time sem espírito, sem alma de vencedor ou time campeão.
Não há raça. Não há vontade de vencer.
Só salientando que a culpa não é do treinador.

É culpa do treinador sim. É o treinador que precisa pilhar os caras e afastar os perebas moles do resto do elenco.

Não só isso, a comissão técnica precisa tirar o estrelismo que existe em clubes com uma folha salarial tão alta. Em 93 e 94 o Luxemburgo precisou fazer muito isso no Palmeiras.

O dia que um clube grande no início de temporada ou mesmo com 4 ou 5 meses de atividade chegar à conclusão através de uma avaliação que seu elenco é caro e ruim como o nosso atual e MANDAR todos embora, aí sim, terá o meu respeito.
Chega dessa cultura imbecil de demitir o treinador.
Demite-se o treinador, os vagabundos serão os mesmos, vão repetir a mesma coisa com o novo treinador e assim vai indo.

Ganhamos com lances polêmicos, mas o grande problema do Palmeiras é que o time não convence. O time não parece ter forças para ser campeão. Parece um time abatido, sem vibração. Ou dá uma chacoalhada agora ou o risco de não ganharmos nada também esse ano é grande. Eu trocaria o técnico.

Trocar o técnico agora?
E manter esses mesmos perebas?
Não está na hora de fazer o oposto?
Até quando Deyverson?
Até quando Luan , Juninho, Borja, Felipe Mello?
Você acha mesmo que o problema é treinador?
Me desculpe – é muito raso alguém pedir a saída do treinador.
Quer mesmo mexer na ferida?
Manda o Alexandre Mattos e a maioria dos perebas que ele contratou.
Pra que dinheiro? Se não sabe usar?

O elenco do Palmeiras é muito bom – com algumas exceções, como o Deyverson, que nem deveria ter sido contratado – e se esse elenco ainda não se transformou em um grande time é sim culpa do técnico. O Palmeiras tem de trocar o técnico já antes que seja tarde e não quisermos passar em branco também em 2018.

Tá na página inicial do UOL: “Juca Kfouri: Verdão ganha jogo com ajuda de bandeirinha”. Jornalismo de primeira qualidade é o que pratica esse meliante. Não vi nenhum comentário do tipo “Corínthians vence na Argentina graças à arbitragem” na quarta-feira. Trabalhei anos na Abril e cheguei a conhecê-lo pessoalmente, se fosse nos dias atuais não economizaria um murro na sua cara.

Todos sabem que o Juca só está na mídia esportiva porque possui amiguinhos. NUNCA esse cara foi bom jornalista. Tendencioso ao máximo e não noticia os fatos corretamente.

Cosme Rímoli é outro que sofre de amnésia seletiva. Enalteceu a vitória gambá na quarta e atribuiu unicamente à arbitragem nossos três pontos de hoje. Não quero que inventem que jogamos bem, apenas que deixem de ser torcedores fanáticos e usem do mesmo critério de avaliação para todos igualmente.

Esse é um idiota do mesmo cesto que Chico lang, André Risek, Milton Leite, Neto entre outros idiotas.
Não merece o nosso respeito.
Bando de fdp.

Poderiamos ter ganho de 3×0…se LL tivesse em melhor fase…e Borja desse mais sorte…o lance do impedimento Damião finalizou depois da marcação .,a zaga parou…

Dois times bem limitados e cheios de erros de marcação. A entrada do Dracena melhorou muito a zaga, até porque a má atuação dos volantes sobrecarregou a defesa.

Acho cedo falar que a zaga melhorou, tomamos um gol mal anulado e jogamos com o Inter, quero ver na quarta.

O juiz jà havia apitado, antes de Damião tocar, logo não è gol anulado. Damião não devia chutar…

Como é irritante assistir jogos do Palmeiras. Que time desorganizado, qto jogador pé de rato. Felipe Melo é outro q já deu tbm, ta velho, fala demais, deixa na mão e tem que cair fora. Marcando desse jeito aí com os laterais ofensivos q temos já podemos considerar uma derrota pro Boca na quarta feira. E no brasileiro nossa briga vai ser no máximo por libertadores. É isso!

Que futebol horrível. O empate seria o resultado mais justo, e agradeçam a arbitragem por isso. RM vai morrer abraçado ao Felipe Melo.

Graças a um gol legítimo anulado não tomamos o empate. Tomar gol de Leandro Damião é dose.

Aquela bola na trave do LL é o tipo de gol que não pode ser perdido, cara a cara com o goleiro. Borja jogou bem posicionado, mas perder aquele gol sem goleiro não dá.

Melhoramos um pouquinho, mas o time ainda está uma várzea. Nossa zaga melhorou e nosso ataque piorou.

Só uma observação: o Damião realmente não estava impedido, mas o lance (assim como a defesa) parou antes da conclusão, assim não foi gĺol mal anulado sim impedimento mal marcado.

Na Internet procure REDE CONTINUA tá transmitindo o jogo do nosso Palmeiras.
Diga não ao monopólio ,não de dinheiro pra quem joga sujo com a gente.

Saiu Lucas Lima, o jogador de rugby (só passa a bola pra trás) que venderíamos fácil fácil. E agora vai entrar Deyverson (por favor, queime minha língua). Acho que isso o Valentim também seria capaz de fazer.

Esse buraco no meio contra um time competente é derrota na certa. Felipe Mello é lento demais . E o gol
que o Borja perdeu não dá. Precisa usar mais os laterais pra apoiar.

Apesar de estar a frente no placar, mais um tempo com futebolzinho nota 3. A cada jogo fica mais visível o quanto nosso time é ruim e o quanto o Borja é grosso, acho que na relação custo – benefício foi a pior contratação que o Palmeiras já fez, não me lembro de outro jogador tão caro como ele e que fosse tão ruim qto ele. Seria muito melhor ter contratado o Ricardo Oliveira , muito mais barato, salário mais baixo tbm e é muuuuuito melhor , mas muuuuuito melhor, nem tem comparação .

O Deyverson custou a metade e é pelo menos três vezes pior que o Borja, então segue liderando com folga a classificação de “pior contratação da história palmeirense”.

Na época da contratação do Borja não dava pra ter chamado o Oliveira, mas dava pra ter contratado o Pratto. Pratto dá de 10 a 0 no colombiano.

Pois é, atuações de gala de Borja e Lucas Lima, realmente não levaríamos oito minutos pra vendê-los, o que atrapalha os dois dentro de campo são os comentários do 3VV…

O RM teve uma semana pra arrumar o time, enquanto o Inter foi eliminado na Copa do Brasil e está cansado.

Não basta ganhar, precisa ganhar bem e mostrar que o time está arrumado.

Os comentários estão desativados.