Libertadores 2018 Palmeiras 1×1 Boca Juniors: empate amargo

 

O Palmeiras empatou com  o Boca no Allianz Parque. 1×1. Keno marcou para o Palmeiras.

Foi uma partida fraca, com poucos lances de perigo. O time do Palmeiras parecia ainda de ressaca pela final do Paulista. Bem marcado pelos argentinos, não conseguiu criar muitas chances de gol.

Lucas Lima no 1o tempo – no final – teve boa chance e chutou para fora. No 2o tempo Roger Machado colocou William, Moisés e Guerra. O meia venezuelano deu mais velocidade ao Palmeiras e saiu dele o gol de Keno aos 44 do 2o tempo. Mas na sequência a defesa do Verdão falha e Tevez empata.

Castigo aos quase 38 mil torcedores do Verdão no Allianz.

Saudações Alviverdes!

 

149 Comments Added

Join Discussion
  1. Gustavo Aroni 16/04/2018 | Responder

    A desconfiança com a lisura das competições nacionais é tanta, que até desmotiva a torcer e comentar. Mas, estou com Verdão, sempre esperando bom futebol, mesmo sabendo que possa estar sendo enganado pelo “status quo” que domina o futebol brasileiro.

  2. Philipe Frois 16/04/2018 | Responder

    Ao que parece o Diogo Barbosa ganhou a vaga de titular do Victor Luís, aí eu pergunto: Qual o critério? Victor Luís vinha bem no time, foi escolhido o melhor lateral esquerdo do Campeonato paulista, não é nenhum craque mas o Diogo tbm não. O Roger pelo jeito está pedindo pra perder o grupo. Na zaga seria absolutamente normal ele sacar o Antônio Carlos que falhou em dois jogos importantes mas ele continua insistindo com o jogador, na lateral ele simples tira um jogador que vinha bem e coloca um que vem de uma cirurgia e ainda não está com totais condições de jogo. É por essas e outras que continuo achando o RM um treinador muito cru ainda e continuo com a opinião que ele não fica até a copa.

    • Reynaldo Zanon 16/04/2018 | Responder

      Concordo. Está escalando por nome. E não sacar o Antonio Carlos é teimosia, teimosia essa que vai lhe custar o emprego.

    • Jango 16/04/2018 | Responder

      Verdade. O Diogo é pra entrar no segundo tempo.

  3. Vi comentários de alguns palmeirenses nas redes sociais ”comemorando” o
    fato do Borja não jogar hoje, no que eu considero atitudes muito
    infelizes desses torcedores.

    É certo que o Borja não jogou bem nos dois últimos jogos, porém é
    preciso ressaltar a total falta de capacidade de equipe para criar
    jogadas ofensivas e a quantidade enorme de passes errados de jogadores
    como Lucas Lima, Dudu, William, etc… Já o critiquei em vários
    momentos o Borja no ano passado, mas é visível a sua melhora nesse ano,
    incluindo aí a melhora na questão da timidez.

    Considero que algumas críticas ao seu futebol que vi hoje estão muito acima do tom.

  4. Sobre o adiamento da decisão do processo envolvendo o Gustavo Scarpa e o Tapetense, o que se pode esperar de uma decisão de uma desembargadora do TRT cujo tribunal fica na mesma cidade do clube envolvido e que tem um histórico gigantesco de decisões judicias favoráveis, tanto no âmbito esportivo como em outras áreas???

    É evidente que isso é um jogo de cartas marcadas, espero que o Palmeiras esteja se precavendo para a possibilidade de uma negociação envolvendo jogadores que não vem bem no clube, como Michel Bastos, Juninho, Luan, etc…

    Praticamente nada no Rio de Janeiro é levado a sério, é uma sociedade em um completo grau de decadência, maior até que no restante do país.

  5. João 16/04/2018 | Responder

    Duvido muito que o Palmeiras ganhe esse título brasileiro.
    Não temos um atacante matador, precisamos de um zagueiro sólido, Dudu se acha o dono do time e está se atrapalhando na maioria das jogadas, Lucas Lima em um jogo é o Modric e no outro é o Alan Patrick, Moisés tem que ficar no banco para dar lugar ao Guerra, e o técnico é amador sem pulso firme que não sabe pilhar os caras.
    Em 2016 tínhamos problemas parecidos ao fim do Paulistão e deu tudo certo, então vamos ver o que vem por aí.

  6. Renato 16/04/2018 | Responder

    Esse ano será muito improvável ganharmos alguma coisa , mais uma vez.
    O time é fraco , limitado e temos tudo contra , imprensa , confederação , árbitros e emissora de tv.

  7. Renato 16/04/2018 | Responder

    SP, 16 de Abril de 2018
    2a feira – 10:00hs.
    Parece que estamos sofrendo um certo boicote da emissora que detém os direitos de transmissão do campeonato brasileiro.
    Eu não sou assinante do première , e para minha surpresa , as 20:00 horas será transmitido pelo Sportv , o jogo do São Paulo x Paraná.
    Por que não o jogo do Palmeiras que será no Rio de Janeiro ?

    • Paraíba 16/04/2018 | Responder

      O Palmeiras tá sofrendo boicote da RGT por não ter aceitado a redução de 20% no novo contrato de TV aberta.
      Linha imaginária, impedimento inexistente do William no primeiro jogo da final sem replay, interferência externa e vem mais por aí.

  8. lito 16/04/2018 | Responder

    A FPF quer agendar horário para entregar o dinheiro “prêmio” do Palmeiras. Vai lá “presidente”, pega o dinheiro e doa para alguma entidade. Quanto as medalhas, pega, derrete e doa para algum ferro velho. Cadê os zagueiros, um atacante, um técnico? Cadêo Scarpa?

  9. Gustavo Aroni 15/04/2018 | Responder

    E por falar em Mattos, não contrataremos ninguém pra zaga nesse Brasileirão? O Mina saiu, já faz um bom tempo, e até hoje estamos esperando seu substituto.

      • Paraíba 16/04/2018 | Responder

        Apareceu, Eduardo, eu pensava que você tinha abandonado o futebol , depois de 1 gol mal anulado e 3 pênaltis pro Palmeiras na final contra o curintia , e depois dessa catástrofe que ouve no Allianz Parque, estou pensando seriamente em abandonar o futebol.

        • Continuo por aqui, mas totalmente desiludido, meu caro Paraíba. Pelo menos com o que tem acontecido dentro e fora dos gramados brasileiros.Sujeira demais e qualidade de menos, e muita gente (quase que a totalidade da imprensa parcial, igualmente suja) achando normal. O pouco que acompanhei de futebol nesta semana foi na Europa, onde apesar da melhor qualidade o apito também sopra sempre a favor dos mais poderosos, haja vista o que aconteceu com a Juventus (time mais favorecido dentro da Itália, diga-se de passagem) em Madrid na quarta-feira.

          Não estou com a menor disposição de acompanhar Campeonato Brasileiro por oito meses pra no final perceber que não será uma disp.uta de qualidade futebolística, mas uma mera briga de poderes extra-campo e de interesses comerciais e financeiros. Já não tenho mais idade nem paciência pra desperdiçar com isso. Mas, de vez em quando acesso o blog e leio o que o pessoal escreve.

          • Paraíba 16/04/2018 | Responder

            Aquele pênalti pro Real inventaram, Buffon expulso foi ridículo, até na Champions League tem árbitro mal intencionado.

  10. Thom 15/04/2018 | Responder

    Gente, o Mattos não escolhe quem contratar. Ele vai atrás de bons negócios, as vezes erra, mas ele, Alexandre Mattos, tem muito mais acertos do que erros.

    Não lembro de ter perdido nenhuma negociação pra outro clube. E casos onde o dinheiro foi “mal gasto” foram bem menores do que na Era Brunoro.

    Agora, quem indica pra ele quem contratar ou não, aí é o problema.

  11. Felippe 15/04/2018 | Responder

    GOLEIRO
    Jailson (Ceará)
    LATERAIS
    Marcelo Oliveira (Cruzeiro)
    Weldinho (Corinthians)
    William Matheus (Goiás)
    Paulo Henrique (Santos)
    ZAGUEIROS
    Vílson (Grêmio)
    Tiago Alves (Mogi Mirim)
    Thiago Martins (Mogi Mirim)
    Lúcio (São Paulo)
    Tobio (Vélez)
    André Luís (Nancy)
    Victorino (Cruzeiro)
    VOLANTE
    Charles (Cruzeiro)
    Léo Gago (Grêmio)
    Eguren (Libertad)
    França (Hannover)
    Josimar (Internacional)
    Bruninho (Portuguesa)
    Washington (Joinville)
    MEIAS
    Ronny (Figueirense)
    Rondinelly (Grêmio)
    Mendieta (Libertad)
    Felipe Menezes (Benfica)
    Marquinhos Gabriel (Bahia)
    Bruno César (Al Ahli)
    Bernardo (Vasco)
    Fernandinho (Juventus)
    Allione (Vélez)
    ATACANTES
    Leandro (Grêmio)
    Kléber Laube (Porto)
    Serginho (Oeste)
    Ananias (Cruzeiro)
    Alan Kardec (Benfica)
    Rodolfo (Rio Claro)
    Diogo (Portuguesa)
    Henrique (Portuguesa)
    Mouche (Kayserispor)
    Cristaldo (Bologna)
    Alexandre Mattos assumiu o futebol em janeiro de 2015. Desde então, foram contratados mais 33 jogadores:
    GOLEIROS
    Aranha (Santos)
    Vagner (Avaí)
    LATERAIS
    Lucas (Botafogo)
    Zé Roberto (Grêmio)
    João Paulo (Flamengo)
    Egidio (Cruzeiro)
    ZAGUEIROS
    Vitor Hugo (América-MG)
    Victor Ramos (Monterrey-MEX)
    Jackson (Internacional)
    Leandro Almeida (Coritiba)
    Edu Dracena (Corinthians)
    Roger Carvalho (Botafogo)
    VOLANTES
    Andrei Girotto (América-MG)
    Gabriel (Botafogo)
    Arouca (Santos)
    Amaral (Goiás)
    Thiago Santos (América-MG)
    Rodrigo (Goiás)
    Jean (Fluminense)
    MEIAS
    Cleiton Xavier (Metalist-UCR)
    Alan Patrick (Shakhtar Donetsk (UCR)
    Robinho (Coritiba)
    Rafael Marques (Henan Jianye)
    Fellype Gabriel (Al Sharjah-EAU)
    Moisés (Rijeka-CRO)
    Régis (Sport Recife)
    ATACANTES
    Ryder (Fiorentina)
    Dudu (Grêmio)
    Kelvin (Porto)
    Barrios (Spartak Moscou)
    Alecsandro (Flamengo)
    Leandro Pereira (Chapecoense)
    Erik (Goiás)
    Mais um pouco:
    Weverton, D.Barboza, Rocha, Emerson Santos, Deyverson, Willian, Borja, Guerra, Keno, Felipe Melo, Bruno Henrique…..Por favor me ajudem a colocar mais nomes na lista maravilhosa do Alexandre Mattos.

    • Só uma observação: até o Cristaldo a lista é da dupla Nobre-Brunoro, dali até o Erik da dupla Nobre-Mattos, e os nomes citados depois da dupla Galliote-Mattos.

      Acredito que as pessoas que acham o Nobre “o maior presidente da nossa história” se esquecem dessa “listinha” e só lembram das fotos dele levantando duas taças no Allianz (não foi apenas por sua “paixão ao clube” que ele fez aquilo). Na época em que o time jogava o melhor futebol do país e ganhava um título atrás do outro (mesmo quando garfado) o presidente era um lixo, o diretor de futebol era uma farsa e quase ninguém se importava.

      • Thom 15/04/2018 | Responder

        Cada vez mais eu acho que o Galiotte tem sido um presidente melhor que o Nobre.

        Mas o Nobre, querendo ou não, iniciou uma processo de transformação importante pro grupo.

        Aí final da Era Tirone, eu jurava que o Palmeiras seria uma Portuguesa em 5 anos.

        • Concordo inteiramente com você, inclusive nos comentários acima sobre o Mattos (quem “pediu” Deyverson, por exemplo, vai comentar a Copa pela Globo e depois provavelmente assumirá o Flamengo). Na hora em que a careca do Gru brilhar mais na foto do que a taça que ele levantar vão esquecer muitas das besteiras que ele fez, do mesmíssimo jeito que aconteceu com seu antecessor, porém com o futebol que o time vem praticando isso dificilmente acontecerá em 2018.

  12. Renato 15/04/2018 | Responder

    Quem será que a rede globo quer como campeão brasileiro em 2018 ?
    Fica essa pergunta no ar.

  13. Renato 15/04/2018 | Responder

    Agora em SP , 19:15 horas , deste domingo frio e chuvoso. Completou uma semana do jogo considerado o roubo do século , perder titulo de campeonato paulista em casa foi e está sendo até agora totalmente broxante. Não consigo enxergar o futebol como um esporte limpo ou justo , infelizmente a corrupção dentro do futebol é forte e operante.
    Amanhã tem jogo do Palmeiras , e daí ?

  14. Philipe Frois 15/04/2018 | Responder

    Sei q o campeonato brasileiro é o torneio mais importante do país, muitos discordarão , assim como muitos amigos meus discordam e até tiram sarro da minha cara por dizer isso, mas eu prefiro que o Palmeiras priorize a Copa do Brasil e a libertadores. O campeonato brasileiro é um campeonato chato, 38 rodadas de jogos com nível técnico baixíssimo. Pelo menos os torneios de mata mata são mais emocionantes , te deixam ligado nos jogos e nas preparações dos times pros jogos. Pra mim, campeonato brasileiro se ficar entre os 4 pra garantir a libertadores do próximo ano , já ta de bom tamanho.

    • Paulão 16/04/2018 | Responder

      Eu já penso inteiramente ao contrário. O único campeonato que um elenco forte pode garantir é o de pontos corridos, mesmo contra eventuais más atuações ou arbitragens tendenciosas. Zidane e Guardiola declararam recentemente, o campeonato mais importante é a liga nacional, não a Champions. Pra mim a única forma de terminar bem esse ano é priorizar o brasileirão. Se vier a libertadores, maravilha, mas isso não dá pra planejar. O brasileirão dá!

      • Assino embaixo do que escreveu o Paulão. Só que com essa “zaga”, esses “atacantes” e um treinador notadamente mais preocupado em manter o emprego, na prática será preciso uma reviravolta muito grande para que o Palmeiras passe de “favorito ao título” para “dono do título”.

        • Philipe Frois 16/04/2018 | Responder

          Paulão, eu concordo com vc , com o Eduardo , com o Zidane e com o Guardiola tbm rsrs…só q aqui no Brasil esse campeonato fica chato, fica insoso, difícil de acompanhar pq é um jogo pior que o outro. É um martírio sentar a frente da tv pra acompanhar jogos tão sem emoção, as vezes até sem di.p.u.ta dentro de campo durante 8 meses, por isso minha predileção pela copa do Brasil, que a partir das oitavas de final vira um torneio muito legal de se assistir. Mas não resta dúvida que o campeonato brasileiro tem a fórmula mais justa e premia o clube melhor preparado e que apesar dos erros de arbitragem existirem, é possível ser campeão mesmo que seu time não seja o preferido da Rgt e da CBF, exceto em 2005.

  15. Renato 14/04/2018 | Responder

    Segunda-feira começaremos a nossa caminhada no campeonato brasileiro. Analisando até aqui o Palmeiras , na minha visão , não vejo o Palmeiras no caminho do título.
    Nós torcedores palmeirenses fomos iludidos mais uma vez que esse elenco é o melhor do Brasil , isso não é verdade , um elenco inchado de jogadores fracos/medianos , não temos um grande líder ou um jogador que faça a diferença.
    Campeonato longo , haverá a paralisação em virtude da copa do Mundo , fundamental iniciar forte , igual fez no campeonato paulista , vencer 6 ou 7 jogos seguidos.
    Só que não vejo o Palmeiras com essa capacidade.
    Campeonato de pontos corridos é regularidade , e o time do Palmeiras é muito instável.
    Não dá confiança.
    Só posso desejar boa sorte ao Palmeiras.

  16. Renato 14/04/2018 | Responder

    1a rodada do campeonato brasileiro:
    Cruzeiro 0 x 1 Grêmio.
    Como o Egydio é ruim , como ele é grosso de bola.

  17. Edson 14/04/2018 | Responder

    CARTA ABERTA PARA O ETERNO PRESIDENTE PAULO NOBRE.

    Espero que ele leia.

    Prezado Paulo

    Indiscutivelmente você foi o melhor presidente que a era moderna proporcionou ao comando do nosso Palmeiras.
    Como empresário que sou e acostumado a lidar com pessoas, não e difícil perceber suas qualidades. Trata-se de um homem ilibado, dedicado, inteligente, merecedor de respeito e admiração.
    Infelizmente predomina na cultura brasileira o desprezo e o desrespeito por pessoas que recebe capital de gerações passadas, sem entender que o capital por si só, não representa sucesso de coisa alguma. O capital se não for bem manejado, se acaba rapidamente. Por isso vemos famílias ricas que ao passar de gerações perdem tudo, voltando a estaca zero de onde tudo começou.
    Há uma discriminação atroz com os mais ricos de uma sociedade mas ninguém pensa que os mais ricos de 30 anos atrás, não são os mesmos de hoje e não serão os mesmos de amanhã. Somente permanece na ponta, pessoas capazes de gerir bem o capital, trazendo prosperidade e gerando riquezas para toda a sociedade usufruir.
    Eu posso dizer isso com propriedade, pois comecei o meu negócio do zero e hoje tenho uma grande empresa. E sei que tudo que contruí, não valerá nada em poucos anos se eu não conseguir promover a inovação e aumentar a produtividade continuamente, baixando custo e melhorando o produto. Isto não é tarefa fácil, pois a concorrência pode nos ultrapassar a qualquer momento. Empresário de verdade
    (aquele que não se beneficia do governo), não tem paz e está sempre em alerta. Poucas pessoa sabem disso.
    Então esse é o meu segundo ponto. Você foi o melhor presidente que o Palmeiras já teve, não porque você tem dinheiro e sim porque você sabe como fazer seu capital crescer.
    Como grande gestor de sua vida, você emprestou por 4 anos sua experiencia de sucesso e implantou uma filosofia vencedora no Palmeiras.

    Mas como palmeirense estou assistindo o renascimento de uma nova fase negra para o clube.

    Nós seres humanos temos muita dificuldade de nos livras das nossas paixões, ressentimentos e do nosso próprio Ego, que nos atrapalha na consecução de grandes objetivos. Ronald Reagan disse: podemos sempre alcançar nossos objetivos, mas para isso, às vezes, temos que abrir mão do mérito.

    Nós estamos diante da maior oportunidade de transformar nosso Palmeiras definitivamente. Mas para isso precisamos ter na presidência de nosso time, pessoas iluminadas, com capacidade de gestão e visão futura, qualidades estas já comprovadas por você.

    O clube precisa de uma reforma estatutária principalmente contra a corrupção e a incompetência. No qual futuros presidentes deveriam ser penalizados duramente se gastar mais do que arrecada ou se usar o clube para benefício próprio ou de amigos. Mas para isso acontecer, precisaríamos de 15 a 20 anos de boa gestão, modernizando e profissionalizando a admintração do clube.
    E hoje só existe uma pessoa capaz de fazer isso. E essa pessoa tem nome.Chama-se Paulo Nobre.
    Assim sendo, eu apelo para sua sensibilidade de entender a minha proposição.
    Dar um passo atrás em alguma postura e fazer uma dobradinha com a Leila Pereira. Você e ela poderiam alternar a presidência e a vice durante os próximos 20 anos e neste período, implantar definitivamente o que você começou.
    A guerra que vem pela frente é inglória. A sociedade Esportiva Palmeiras tem que enfrentar os bastidores das federações absurdamente dominadas pelo nosso principal rival, que ano após ano, vem colecionando títulos contestáveis através de sua força nos meandros da administração do futebol brasileiro.
    Um outro grande problema é enfrentar o monopólio da RGT, parceira fiel destes mesmos bastidores. Isto não é uma guerra para amadores. Somente pessoas com o seu gabarito e de Leila Pereira teriam força para se posicionar nesta guerra e vencê-la. Na verdade você iniciou de uma forma fantástica este embate quando assinou com o Esporte Interativo.
    Paulo, ainda temos um outro grande problema.
    Os conselheiros mais velhos do palmeiras já demonstraram que não têm a mínima condição de competência para enfrentar a espanholização, propostas pelos administradores do futebol brasileiro em parceira com a poderosa RGT.
    O seu desentendimento com a Leila Pereira é como se vocês estivessem numa guerra e começassem a dar tiros dentro da própria trincheira, sendo que o inimigo está do outro lado.
    Paulo Nobre reflita bem, some a sua força com a de Leila Pereira. vamos reformar este quadro de conselheiros carcomido pelo tempo. Vamos atualizar o nosso estatuto. Por favor deixe as diferenças de lado e vamos construir o maior time das Américas. O futuro do sucesso do palmeiras está em suas mãos.

    Abraços

    Edson de Souza.

    • Jango 14/04/2018 | Responder

      Poste na página “Palmeirinha Rally”. Não conheço outro modo de contatá-lo.

    • Paraíba 15/04/2018 | Responder

      Meu caro, Edson, se não fosse o Sr. Luiz Gonzaga Beluzzo, que trouxe a Parmalat pro Palmeiras em 1992 e também o idealizador da construção do Allianz Parque, o que seria do Palmeiras no meio dessa podridão que vive o futebol brasileiro.
      O piloto de rali salvou o Palmeiras de dívidas astronômicas, agradeço ao Nobre é palmeirense apaixonado e batia de frente com o sistema.
      Colocaria Beluzzo na frente e depois o Nobre.

      • Jango 15/04/2018 | Responder

        Beluzzo é um péssimo administrador. Poderia ter facilmente aproveitado a época de vacas gordas da Parmalat para reconstruir toda a estrutura do clube e dominar totalmente o futebol brasileiro numa época que seria muito mais fácil, mas preferiu se acomodar ao lado do sapo-boi. Se apoiou no imediatismo e não teve visão de longo prazo.
        Rezo para que o mesmo erro não seja cometido novamente.

        • Embora tenha se esforçado ao máximo para tanto, o Paulo Nobre só não rebaixou o Palmeiras em 2014 graças à enorme incompetência dos clubes baianos. Depois vieram a Crefisa, o chapéu nos rivais com o Dudu, bacias de contratações inúteis e um título também na bacia – das almas – na CB 2015, aí virou “herói”. Ele teve seus méritos, mas não consigo chamar de bom administrador um sujeito que não escuta absolutamente ninguém que o cerca, coloca dinheiro do próprio “bolso” na “empresa” que dirige (ainda que isso tenha ajudado o clube, não é o correto a ser feito em lugar algum) e que não pestaneja em arrumar discussões com a patrocinadora ou com a construtora do estádio por picuinhas e caprichos. E não vamos nos esquecer de que o Jabba o chamava de “filho”.

    • Reynaldo Zanon 16/04/2018 | Responder

      Edson, a sua sugestão é excelente. Sabemos que o Paulo Nobre é apaixonadíssimo pelo Palmeiras e, portanto, daria mais uma grande demonstração de amor ao clube colocando as diferenças que tem com a Leila Pereira de lado em prol do Palmeiras e também, unidos, travarem essa luta contra o “sistema” anti-Palmeiras que se vê no Brasil. O Palmeiras tem de liderar essa confrontação e é o único clube em condições de desafiar as federações, a Globo ou quem quer que tente nos enfrentar. Veremos o que vai pesar mais: a vaidade de ambos (Paulo Nobre e Leila Pereira) ou o amor ao Palmeiras. Assino embaixo essa carta ao Paulo Nobre.

  18. Luis 14/04/2018 | Responder

    Possivelmente o Palmeiras não vai participar do Paulistão de 2019. Isso significa que terá que encontrar renda do mesmo nível dos jogos pelo Paulista na pré-temporada. Eu sugiro a Copa do Nordeste ou Primeira Liga.
    E terá que ser mortal tanto nos jogos quanto na renda do Brasileirão e Libertadores, para a FPF perceber que quem está perdendo é ela.

    Quanto mais cedo o Esquemattos abrir os olhos e comprar um atacante matador e um zagueiro sólido, nossos problemas estarão quase resolvidos.
    Nosso presidente é muito banana, tem que ficar em cima do Roger e Alexandre cobrando resultados e acompanhar os treinos e o mercado.

  19. Eu 14/04/2018 | Responder

    Em 1971 vi o juiz de futebol Armando Marques roubar o Palmeiras no final do Campeonato Paulista daquele ano. O próprio juiz confessou o erro para a imprensa. Quase 50 anos depois outro roubo acontece.Não sou idiota para pagar por jogos com resultados manipulados .Só é enganado
    quem quer.

  20. Eu 14/04/2018 | Responder

    Não tiveram garra para ganhar do Boca. É sempre a mesma estória. Argentino é sempre mais valente que brasileiro. Perderam na bola. Os argentinos
    ganharam dentro de campo.

  21. Lito 14/04/2018 | Responder

    Completando, Luan, Michael Bastos etc. Precisamos urgente de dois zagueiros, um atacante, um técnico é um presidente. Acorda Mattos senão pega seu boné e tchau.

  22. Lito 14/04/2018 | Responder

    Não temos zagueiros, falta um atacante, um técnico é um presidente. Olha os bambis contrataram o Everton, bom jogador. Fora estagiario 2 e leve com você, os dois zagueiros, Juninho

  23. Reynaldo Zanon 14/04/2018 | Responder

    A FPF devolveu o camarote que o Palmeiras lhe cedia no Allianz Parque. Anteontem, em nota oficial, a FPF disse que as imagens que o Palmeiras divulgou “não provam interferência externa” e que o Palmeiras reclama de um pênalti “inexistente”. Ao tomar notório partido de um filiado (SCCP) em detrimento de outro (Palmeiras), antes de qualquer julgamento, a FPF perdeu totalmente a credibilidade e, consequentemente, o meu xará presidente da FPF (Reinaldo Bastos) deve ser pressionado pelo Palmeiras para que renuncie!

  24. Reynaldo Zanon 13/04/2018 | Responder

    Tudo aquilo que temíamos – ter um miolo de zaga que não passa confiança – aconteceu. Justamente nos dois jogos mais importantes – na final e contra o Boca Juniors – a zaga falhou. Teimosia, incompetência, seja o que for, o fato é que o Palmeiras pagou caro por essa insistência. Era um desastre anunciado.

    • Gustavo Aroni 13/04/2018 | Responder

      Olha, Zanon, foi dito aos quatro ventos, à exaustão, que precisávamos de zagueiros no plural. Saiu o Mina, e temos um monte que não dá metade dele. Então…

    • Jango 15/04/2018 | Responder

      Não precisa de 2 zagueiros, apenas 1 muito sólido está ótimo.

  25. Zek 13/04/2018 | Responder

    A verdade já sabíamos, zaga fraca, técnico promessa, e meia vagalumes, acendem um jogo e apagam nos outros 2…Contratar zagueiro é óbvio, vendeu Mina, técnico é igual a 90% dos times brasileiros, craque falta no time, mas onde achar…

  26. LGO 13/04/2018 | Responder

    Vi sim o jogo, pois estava no estádio!
    Até ocorreram sim essas reposições erradas, mas discordo quanto aos pênaltis.
    Das 10 cobranças contra nós esse ano são 7 gols 2 defesas e uma para fora.
    Além do que morei alguns anos em Curitiba e apesar do Weverton ser bom goleiro eu sei que ele não fará melhor que isso…

  27. LGO 13/04/2018 | Responder

    O Jailson simplesmente não falha. Por que trocar????

    • Renato 13/04/2018 | Responder

      Você assistiu ao jogo contra o Boca?
      Ele repôs 4 vezes a bola em jogo com a mão e todas foram para fora.
      Ele não é pegador de pênaltis.

Leave Your Reply