Brasileiro 2018 Palmeiras 2×3 Sport: escrever o quê?

 

 

O Palmeiras perdeu para o Sport em pleno Allianz Parque por 2×3.

O que escrever no pós jogo?

Perdemos para um time voluntarioso… com um treinador (do Sport) … voluntarioso…. com gol de Rafael Marques.

O treinador do Sport deu um nó tático em Roger Machado. Não… nada de campanha contra o treinador. Mas é fato. Tomou um nó.

Nossa defesa falhou. Nosso goleiro falhou. Perdemos alguns gols. Keno perdeu um pênalti no final. E Willian foi poupado por “estresse”. Ah… sim…. Deyverson entrou pra tentar mudar o jogo aos 40 e tantos minutos… não mudou.

Com esse cenário de um filme de Fellini…. não dá pra escrever mais que isso.

Saudações Alviverdes!

297 Comments Added

Join Discussion
  1. Time mal treinado, não tem jogada ensaiada nem escanteio ou falta, muito menos tabela. Acho que vai
    tomar uma goleada amanhã.E lá vem porcus tristes.

  2. Programação do Palmeiras para o período da Copa: doze dias de folga, viagem ao Panamá para disp.utar um torneio meia-boca (com tudo pago), um amistoso na Costa Rica e retorno ao Brasil dia 9 de julho. Volta a jogar pelo Brasileirão no dia 18 na Vila Belmiro.

    • Jango 29/05/2018 | Responder

      Não tem como falar pra diretoria pro time não ir nesse torneio? O RM precisa organizar esse time.

      • Nessas horas eu só consigo lembrar da excursão ao Japão que o Mustafá inventou durante a Copa de 1994. Uma semana depois do tetra, enfrentamos o SPFC no Morumbi pela Libertadores, o Euller deitou e rolou em cima do Roberto Carlos que ainda estava no fuso horário japonês, e um dos melhores times da história do Palmeiras perdeu uma chance real de ser campeão mundial sem contestação.

        Não sei até que ponto uma viagem dessas pode atrapalhar, mas também não sei se ajuda um time que passados cinco meses de trabalho ainda não achou seu rumo, seja pelo desinteresse de alguns jogadores, seja pela incapacidade do treinador.

        • Carlos 29/05/2018 | Responder

          Exato! E em 94 o time chegou do Japão ma quinta feira, pra jogar no sábado! Um crime!

  3. lito 29/05/2018 | Responder

    Concordo Eduardo, mas parece que o Mattos mais o Dudu foram até a Mancha e pediram para passar a mão na cabeça do Risadinha. Enquanto isso time sem padrão de jogo, zagueiros horríveis, volante que só fala, time sem atacantes. E o pior vamos conseguir perder até para os bambis. E o Risadinha vai ficando. Outro ano sem nada. Tomara que o Nobre volte logo.

    • Jango 29/05/2018 | Responder

      Mattos sempre foi um cara medíocre e gastarrão, mas depois que o Nobre saiu ele desandou completamente.
      Cobrança zero tanto do carecão como da Leila. Na realidade dá a impressão que o Mattos é o Eurico Miranda do Palmeiras e os 2 são seus assessores.

    • Gustavo Aroni 29/05/2018 | Responder

      E para alguns passarem a mão em outros, os outros terão que molhar a mão desses alguns. Mas a ausência de bom futebol pode enganar a alguns por algum tempo, mas não a todos o tempo inteiro.

  4. lito 29/05/2018 | Responder

    Depois de dar folga ao Willian, agora o Risadinha vai dar folga ao F mello. Poderia ser uma folga definitiva. Fora Risadinha.

    • Depois do Pedrinho venezuelano, ficar sem esse embusteiro que não aguenta correr atrás nem de galinha d’angola virou mais um reforço. O problema é que no lugar dele deverá entrar Thiago Santos, o cara que só não faz falta quando ela realmente é indispensável.

    • Gustavo Aroni 29/05/2018 | Responder

      Tem que dar folga coletiva e definitiva para todos, não só pro Roger e pro Jaílson, Willian ou Felipe Mello.

  5. lito 29/05/2018 | Responder

    Eduardo, quanto ao Raí e R Rocha você pode ver que mencionei não sei até quando vai dar certo. Mas na minha opinião, a diretoria está distante, não vem cobrando os jogadores. O mesmo ocorre com nosso digníssimo presidente que só está preocupado com reeleição. Precisamos urgente de dois zagueiros, um volante, um atacante e principalmente do Scarpa. Quanto ao técnico o Roger já demonstrou que não é o técnico ideal para nós.
    Abraços.

    • Eu entendi, Lito. Acontece que muita gente cai no embalo da Imprensa (já existe “estudo” com probabilidades de título com sete rodadas completadas, faça-me o favor…), e a cada semana elege-se um “campeão” com base em resultados da rodada anterior.

      O Corínthians já brincou de “roleta russa” com seu cargo de treinador e deu certo, agora o SPFC faz o mesmo na direção de seu futebol, contando com o pior presidente da sua história (algo de dar inveja ao Tirone), e pensa que vai repetir a dose. Depois de três vitórias em sete jogos (contra Paraná, América MG e essa pindaíba que virou o Santos em 2018) já virou a “sensação” do campeonato. O que eu gostaria mesmo é de ver o nosso time sapecar uma goleada sonora no próximo sábado e acabar com essa pompa, mas não vejo condições técnicas, físicas nem psicológicas para isso acontecer no momento, então viva a mediocridade.

  6. O Palmeiras está dispu.tando o Mundial de Clubes sub 17 em Madrid. Na estreia, goleou o Steaua Bucareste por 8×2 e neste momento enfrenta o Atlético de Madrid. O caminho para o futuro passa por essa garotada, pois não consigo imaginar gente pior ou mais descomprometida que Mayke, Luan, Juninho, Thiago Santos ou Deyverson nas nossas categorias de base.

  7. Gustavo Aroni 29/05/2018 | Responder

    Pois eu continuo achando que o problema são os jogadores, todos meia-boca. Não temos qualidade no meio de campo, no ataque e muito menos na zaga. Só os laterais se salvam (se salvam, longe de serem craques), além dos goleiros, que para mim, é a posição mais bem servida. Pode trazer o treinador que for, vai ficar a lesma lerda. Nosso problema é qualidade.

    • Jango 29/05/2018 | Responder

      Corinthians também sofre de qualidade e ainda assim o Carille conseguiu ajeitar o time.
      Os gambás de 2012 tinham um time fraquinho e foram campeões da Libertadores.

      O técnico é demasiado importante pra um time. E o nosso elenco é muito bom pros padrões brasileiros.
      De jogador o problema é o centroavante pereba, os estrelinhas que pensam que mandam no time e o zagueiro sem nenhuma confiança.

      • Concordo totalmente. Técnico faz diferença, sim, quando é muito bom. Tragam Gabriel Jesus, De Bruyne, Sané, David Silva, Aguero e Fernandinho para o lenhador treinar, e mandem Marcos Rocha, Diogo Barbosa, Bruno Henrique, Lucas Lima, Hyoran e William Bigode para as mãos do Guardiola, deem um mês e vejam os resultados. Saber trabalhar com o que se tem tirando o melhor de cada um, seja um bando de pés de rato ou pseudo-craques, parece básico mas muita gente do ramo não tem capacidade pra isso.

      • Gustavo Aroni 29/05/2018 | Responder

        Se o Corinthians sofre com qualidade, eu não sei, mas tirando o que nós temos de melhor (laterais), e o goleiro que o mesmo nível, o resto eles têm melhor que nós, tem um time significamente mais técnico que o nosso.

        • Jango 29/05/2018 | Responder

          Corinthians não tem nem ataque, Gustavo. A maioria dos gols são feitos pelo Rodriguinho ou Jadson.

          E o meio campo JOGA melhor, não significa que são melhores. Mas é óbvio que isso acontece. O Carille coloca 6 caras no meio contra o LL, BH e FM.

          Roger não sabe fazer nenhum tipo de jogada. Aposta num jogo manjado que só times fracos conseguem perder.

  8. lito 29/05/2018 | Responder

    Quem sabe não é hora de dar uma chance ao Paulo Autuori?

    • O Autuori já não tinha mais paciência pra ser treinador e lidar com as cobranças no Atlético Paranaense, onde convenhamos não existe 10% da pressão que há no Palmeiras. Enquanto tivermos lideranças nocivas como Felipe Melo e Dudu em campo, técnico vai ser só um (e não o maior) dos nossos problemas.

      • Jango 29/05/2018 | Responder

        Tinham que ter dispensado o Dudu pra China mesmo. Já o Felipe Melo não sei o que fazer com aquele cara, só sei que ele está louquinho pra ir pro Flamengo.

  9. Thom 29/05/2018 | Responder

    Ainda acho que o Roger, dos culpados, é o menor… Mas podia sim tirar mais dos jogadores que la estão…. não é possivel ter esse desempenho patético em casa….

    Apesar dessa derrota, nem de longe jogaria o ano todo do Palmeiras no lixo. Fizemos jogos excelentes esse ano, o que prova que poderiamos sim estar bem melhor do que isso ai.

    Saindo Roger ou não, PELO MENOS um zagueiro excelente e um centroavante bom. Isso é o mínimo.

    Se voltar da copa sem isso, ai sim o ano fica bem proximo de ser mais um frustrado.

  10. lito 29/05/2018 | Responder

    Já que com todo esse poderio financeiro a diretoria não consegue o Abelão ou Mano Menezes, que venha o Felipão ou Luxa. E coloquem o Leão como diretor de futebol, para os caras perceberem o que é Palmeiras. Olha os bambis, o Raí e R Rocha endireitaram o time (até quando não sabemos). Enquanto isso Mattos, Galinhote, Roger Risadinha, F Mello zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz

    • Jango 29/05/2018 | Responder

      Realmente, o SP está se organizando com muito menos recursos e grife que o Palmeiras. Está apostando em jogadores novos e em fim de carreira.
      E sabe o que é mais engraçado? O Risadinha corre riscos de ser demitido, o Careca corre riscos de não ser reeleito, mas o A.Mattos queridinho da D.Leila não corre risco nenhum de perder o cargo. E como todos sabemos, é ele quem contrata os jogadores e o técnico. Vai mudar o presidente, vai mudar o técnico, vai mudar a maioria dos jogadores, mas vai permanecer esse cara fazendo os mesmos erros.
      A culpa é majoritariamente do presidente por ser frouxo, mas a Leila também não consegue perceber que esse cara só sabe gastar fortunas e não entrega resultados compatíveis? Uma hora o dinheiro pro futebol acaba.

    • O Mano não veio, não foi por causa de dinheiro. É que ele exigiu comando completo do futebol (escolher quem viria, quem sairia, e quem seria titular e reserva, sem restrições. Obviamente, o Mattos não aceitou, afinal, como ele iria continuar contratando gato por lebre?

  11. lito 29/05/2018 | Responder

    Já que com todo esse poder financeiro que temos, nossa diretoria não consegue trazer o Abelão ou o Mano Menezes, já que o Cuca não quer voltar, que tentem o Felipão ou o Luxemburgo, porque dá para ver claramente que os caras não querem jogar. Bota o Leão como diretor de futebol, e esses caras vão ver o que é bom. Olha os bambis colocaram o Raí e o R Rocha e o time melhorou (até quando não sabemos). Mas o time deles é muito inferior ao nosso, com exceção da linha de zaga, pois zagueiros ruins como nós temos nenhum time tem.

    • LGO 29/05/2018 | Responder

      Amigos concordo com tudo menos que o São Paulo está se organizando. Vejamos como terminará o campeonato!!! Aposto que nem libertadores irá!!!!

      • Também acho precipitado dizer que Raí e Ricardo Rocha acertaram os Bambis. Não entendem nada de administrar clubes. Ocorre que um treinador retranqueiro que saiba acertar a defesa de um time que atua como pequeno sem qualquer perspectiva de título sai em vantagem num futebol desértico em termos de qualidade como o nosso. O Inter foi líder invicto com a melhor defesa no início do BR 2016, o final todo mundo lembra como foi. Vai chegar a hora em que o prazo de validade de Nenê, Diego Souza e Valdívia genérico terminará, aí vamos ver quem tem competência de verdade.

  12. Jango 29/05/2018 | Responder

    A real é que o Roger Machado é um técnico muito fraco. Acho que até o Valentim é melhor.
    Nosso time não tem meio campo e não é por falta de jogadores e sim porque ele não sabe organizar o time taticamente nesmo.
    Quando o Palmeiras pega um time organizado, leva um baile. Só não fica evidente porque nosso elenco é bom para os padrões brasileiros.
    Pra comandar um clube igual o Palmeiras, só se for um técnico linha-dura que peita jogadores corpo-mole e os incompetentes como o Mattos.

    • LGO 29/05/2018 | Responder

      Concordo de novo com tudo. Inclusive achei um absurdo ele colocar o Guerra de centroavante no sábado.
      Eu queria jogadores no meio, mas não desse jeito…
      De fato ele é ruim como tática de jogo e muito pior como disciplinador. E jogador brasileiro só joga com técnico disciplinador.

  13. lito 29/05/2018 | Responder

    Enquanto isso nosso presidente fica preocupado com a reeleição. Acho que no domingo o Roger Risadinha vai conseguir a proeza de perder para os bambis a invencibilidade no palestra. Isso sem contar amanhã. Manda esse estagiário embora, juntamente com o F mello que tomou conta do time e traz o Cuca de volta.

    • Jango 29/05/2018 | Responder

      Cuca não quer trabalhar. E o FM é queridinho protegido do Mattos, assim como o Dudu e LL.
      Esse clube não tem futuro com esse presidente frouxo que deixa um cara como Mattos mandar no time. Nossa diretoria de futebol deve ser formada por velhos que sabem menos de futebol do que os moleques que apostam no Cartola.

  14. lito 29/05/2018 | Responder

    Agora o Guerra machucou. É o fim. Fora Roger Risadinha.

  15. O que mais irrita, é ver como esse brasileirão tá mel na chupeta, como somos o time mais rico do Brasil, e como vamos deixar mais uma chamce de ouro escapar. Depois voltam as épocas de vacas magras, e vamos ficar com saudades dessas chances…

  16. Aproveita, põe o Guerra num sedex pra algum hospital da Colômbia ou Venezuela, paga a conta e larga lá. Péssimo jogador, tropeça na bola, chega a ser irritante, vai pro inferno sujeito.

  17. Gustavo Aroni 28/05/2018 | Responder

    Carille-🇸🇦, Otero-🇸🇦, Roger Guedes-🇸🇦(?). Quando a 🇸🇦 vai baixar por aqui tsmbém? Demorou!

    • Gustavo Aroni 28/05/2018 | Responder

      Valores: Roger Guedes (Al Hilal 🇸🇦) R$ 37 milhões (25% para o Palmeiras).

      • Philipe Frois 28/05/2018 | Responder

        Na verdade o Palmeiras vai ganhar 15% da venda do Roger Guedes, 10% é do Atlético por direito de vitrine , algo assim.

        • Gustavo Aroni 29/05/2018 | Responder

          De toda forma, tomara que arrecade o necessário pra comprar um bom zagueiro

        • Gustavo Aroni 29/05/2018 | Responder

          Pelo que entendi, acho que a tal taxa de vitrine não incide sobre os 25% do Palmeiras, pois dos R$ 37 milhões, ficaremos com R$ 9,2 milhões.

    • Fico imaginando se algum árabe não gostaria de levar o Deyverson, mas por lá até os camelos devem ser melhores…

        • Gustavo Aroni 29/05/2018 | Responder

          E põe o camelo de técnico, que se não botar de centroavante fará mais gols que Borja e Willian juntos.

  18. Renato 28/05/2018 | Responder

    Pelo futebol apresentado ou melhor , pelo futebol não apresentado pelo time do Palmeiras em 2017 e até agora , mês de Maio de 2018 , acho que 2016 foi o ano da última conquista desta década.
    Novas conquistas só a partir da próxima década , ou seja , a partir de 2021.
    Não dá para esperar nada desse atual elenco.
    Formado por jogadores sem o pingo de tesão e vontade de querer ser campeão.

    • Desculpe, mas não dá pra deixar passar. Você não gosta de ser chamado de pessimista e acaba de nos eliminar das Libertadores, das Copas do Brasil e dos Brasileiros de 2018, 2019 e 2020 (não vou citar paulistinhas nem Mundiais) por causa de profissionais mal preparados que estão no clube HOJE (dentro e fora de campo). Menos. Se eu for acreditar nisso, não faz o menor sentido ficar cobrando qualidade e melhorias, seja aqui ou na arquibancada. Se soubermos usar toda a estrutura que o dinheiro proporciona com competência e pararmos com obsessões e megalomanias que só alimentam papos de botequim, vamos ganhar títulos sim, só não vão ser todos.

  19. Gustavo Aroni 28/05/2018 | Responder

    Olha, que o Jaílson tem falhado e merece um banco de reservas, concordo. Agora essa aversão que vejo em grande parte da torcida é que eu não entendo. Vi e revi os gols que o Palmeiras tomou e foram falhas dele, mas nenhum peru, nada assim tão grotesco a ponto que justifique a sua saída, até pelo que ele já fez esse ano mesmo pelo Palmeiras. Quero estar muito errado, e espero que esteja, mas me dá a impressão que esse tratamento diferenciado entre ele e o Prass (que falha o tanto quanto) é porque não se tolera um goleiro negro como titular do Palmeiras.

    • Philipe Frois 28/05/2018 | Responder

      De minha parte estou tranquilo, só estou sendo coerente com o q sempre pensei , qto a goleiros negros, hj em dia não vejo nenhum a altura do Palmeiras mas teria sido uma honra se o Dida tivesse jogado no verdão, ou até mesmo o Jeferson do Botafogo qdo estava no auge. Por mim o cara pode ter até a pele cor de rosa, se for bom mesmo, eu quero no Palmeiras.

    • Confesso que cheguei a pensar isso, também. Não acho que seja o caso de “Jaílson rua”, mas estou tranquilo pra opinar pois apesar dos ótimos jogos que fez (fruto também do mau rendimento da defesa) sempre o achei um goleiro comum. O melhor Jaílson nunca superou nem superará o melhor Prass, que está entre os cinco melhores goleiros que eu vi jogar com a nossa camisa, mas o tempo deles já passou. Só não estou convicto de que o Wéverton tenha cacife pra ser titular pelos próximos cinco ou seis anos.

    • Gustavo Aroni 28/05/2018 | Responder

      E quando falo saída, não digo do time, mas sim do clube. Outro absurdo que ouço também é: “ah, mãe do Jaílson é corintiana fanática”. E daí? Nenhuma família é 100% palmeirense (a minha não é), e ele antes de tudo é um profissional, como o Bruno Henrique ou o Willian Bigode que tiveram passagens significativas no rival, e acho que estão honrando nossa camisa muito mais que outros considerados ídolos.

      • Essa história da mãe dele pra mim foi uma armadilha bem marota, feita pra tumultuar mesmo, na qual muito fanático embarcou. Nada a ver. Quem dera tivéssemos onze torcedores de outros times vestindo nossa camisa por jogo, deixando a alma em campo e saindo dele chorando depois de cada derrota.

    • Renato 28/05/2018 | Responder

      Dizem que um grande time começa por um grande goleiro.
      E não é de estatura que estamos falando.
      Pode ser negro , branco , amarelo.
      O Jailson não está a altura da tradição de goleiros do Palmeiras.
      Fernando Prass , esse sim , esse está.
      O cara pegou o time na série B.
      Comeu o pão que o diabo amassou.
      Nos deu o título da copa do Brasil em 2015 , pegando tudo e mais um pouco contra o Inter e Fluminense e fazendo o gol do título contra o Santos.
      Prass merece o meu respeito.
      Jailson não.
      Se o Palmeiras tivesse uma administração decente e coerente , honesta , justa e reta , esse Jailson jamais estaria no time principal do Palmeiras.

        • Renato 28/05/2018 | Responder

          Tem cara de chorão.
          Não sabe defender pênaltis.
          Tem falhado muito de uns 4 jogos para cá.
          Foi decisivo na derrota para o Sport.
          3 bolas que foram no gol , entraram , todas com participação dele.
          Falhou nos 3 gols.
          E porque eu não gosto dele.
          Não sou obrigado a gostar dele.

            • Nunca gostei particularmente de Antonio Carlos (o Zago), Edmundo, Djalminha e Paulo Nunes, mas queria vê-los sempre em campo. Se ainda atuassem e estivessem no time atual, teríamos vencido quase tudo de 2015 pra cá (talvez até mundial). Por outro lado, gosto do Valentim, mas sei que como treinador (apesar de não ficar devendo nada a outros estagiasnos que passaram ou estão por aqui) ainda precisa aprender muito pra ser top. Gostos pessoais são irrelevantes diante da maior ou menor qualidade que um profissional tenha para oferecer ao Palmeiras, e no final das contas é isso o que importa.

          • Jaílson defendeu um pênalti contra o Flamengo ano passado, sem isso nem vice-campeões teríamos sido. Defendeu outro na semifinal contra o Santos (fora sua atuação na primeira partida), não fosse isso nem chegado à final teríamos conseguido. Acho que ele é um goleiro normal que pode ser ótimo reserva, jamais titular incontestável. Falhou feio contra o Sport e deve ser cobrado por isso, mas não menos que o Dudu que chutou o gol de empate no Shopping West Plaza, que o xodozinho da torcida Keno, que cobrou o pênalti do empate (ou talvez da vitória, não fosse o lance anterior do Dudu) igual ao nariz dele, ou que o treinador de um elenco milionário que termina uma partida com Deyverson e Papagaio em campo.

  20. Renato 28/05/2018 | Responder

    E no gol do Palmeiras?
    Ninguém fala nada?
    Jailson não é mais o mesmo.
    Falhou nos 3 gols do time do Sport.
    Weverton já!!!
    Prass reserva
    Jailson rua.
    Muito obrigado e tchau.

    • Philipe Frois 28/05/2018 | Responder

      Pra mim o Jaílson nunca teve nível pra jogar no Palmeiras, foi contratado de forma errada pois era um goleiro de 33 anos já é nunca havia nem sequer jogado na primeira divisão. Aí deu sorte do Prass se machucar , ele assumiu o gol no segundo turno do Brasileirão 2016 onde o time mal sofria gol e foi ficando, ficando….por causa da experiência q tem no futebol fez bons jogos quando o Prass estava numa fase péssima e saiu . Mas eu sempre disse aqui, respeito o Jaílson e sua história, porém nunca fui a favor dele ser titular absoluto do time, tecnicamente ele está abaixo de Prass e Weverton, mas futebol tem dessas coisas, o cara foi ficando e aí é difícil de tirar, só que aí quando o time está mal e a defesa começa a falhar demais vc vê realmente quem é seu goleiro.

      • Renato 28/05/2018 | Responder

        Ora, se juntos somos fortes, porque não uma campanha fora Jailson?
        Ao invés de bater palmas para conselheiro que votou na mudança de estatuto, porque não cobrar esse conselheiro por um time melhor?
        Um time forte, competitivo e com alma de vencedor ?

    • LGO 29/05/2018 | Responder

      Também acho que o Jailson perdeu o foco de uns jogos para cá e que o assunto da mãe dele o desestabilizou. Com certeza o Prass deve voltar urgentemente. De preferencia já amanhã. Só não vamos ser ingratos e chutar o Jailson dessa forma, pois ele nos ajudou muito. Ele está mal e deve ir para o banco como qualquer outro jogador em qualquer outro time. Só isso.

  21. Levi 28/05/2018 | Responder

    “Guerra tem lesão no pé, será operado e pode desfalcar Palmeiras por 3 meses”
    Ótimo reforço!!!
    Agora eu eu pergunto: pq esse cara recebe tantas chances …se sempre se contunde, nunca tem sequência…e nunca provou ser realmente útil e decisivo.
    Será que agora o Hyroan receberá a chance de de ter uma sequência como titular?

  22. Levi 28/05/2018 | Responder

    Yoran fez uma das coisas mais simples e lógica do futebol: arriscou um chute ao gol e a bola entrou.
    Há muito tempo não temos jogadores que arriscam chutes ao gol…e nem vou falar de cobrador de falta. São recursos muito úteis quando um jogo está difícil e fechado. Essa é uma maneira simples de ter mais chances de fazer o gol. È o BEABÁ do futebol.
    Sábado o Real Madrid foi campeão, pq um jogador arriscou 2 chutes ao gol e a bola entrou.
    Estou colocando fé nesse garoto, o Yoran… o menos arrisca chutes ao gol e procura jogar para frente, mas com “Dayidinho” e Guerra do lado, fica difícil.. Colocaram esse apelido nele, de zoeira, com certeza . Na minha opinião o nosso melhor meio de campo esse ano foi quando jogaram Yoran, Moisés e Tche Tche.

    • Tá difícil achar quem bata pênalti de forma decente, quanto mais falta, que exige uma técnica um pouco mais apurada e muito mais treino. Nosso último gol de falta tem quase dois anos, e antes desse não lembro quando aconteceu.

  23. Por isso que tinha que ter segurado mais um tempo o gabriel jesus. Não há grandes jogadores pra se contratar, mas acho que o Scarpa por exemplo melhoraria esse time, além de um treinador de verdade e um zagueiro que preste.

    • Jango 28/05/2018 | Responder

      O problema de segurar jogadores que querem sair é que fazem corpo mole para jogar aqui.

      Não vê o Dudu?

      Os gambás fizeram bem em dispensar o Carille.

    • Jango 28/05/2018 | Responder

      Aliás, uma coisa que a Parmalat fazia muito bem era substituir o elenco de forma eficiente. Coisa que Mattos e Crefisa não sabem fazer.

      Quando os jogadores (ou técnico) recebiam propostas melhores, quase sempre liberavam o cara e contratavam um do mesmo nível no lugar.

      Com exceção de 1995, não teve UM elenco mediano. Só seleções.

  24. Philipe Frois 28/05/2018 | Responder

    Só pra completar o raciocínio, é por isso que eu não acredito que o Palmeiras irá comandar o futebol brasileiro. Acredito q com essa grana toda iremos brigar sempre na parte de cima , mas devido a incompetência generalizada , irá perder muito mais do que ganhar. O Paulo Nobre entre erros e acertos teve a sorte de conquistar 2 títulos, o que pra mim foi meio por acaso mesmo pois não houve um planejamento serio pra isso. Aconteceu do time se acertar com um técnico em 2016 e ser campeão , mas no Palmeiras essas coisas duram 6 meses e depois desanda a maionese de novo. Acho q título mesmo virá a cada 3 ou 4 anos , contando com essa sorte de contratar um técnico q consiga dominar o grupo e se fechar com os jogadores pra ser campeão de um torneio. Não me iludo com egemonia, isso não vai acontecer num clube tão desunido é incompetente como o nosso.

  25. Philipe Frois 28/05/2018 | Responder

    O Palmeiras é um clube tão zicado que resolveu ficar rico numa época onde isso não faz tanta diferença. O que adianta ter essa grana toda se não tem jogador bom pra comprar? Os bons de verdade vão pra Europa rápido e é impossível competir com eles. Aqui na América do sul ficam os meia bocas e a diferença entre eles é minúscula. Vou dar um exemplo: hoje em dia pra vc ter Borja e Dudu no seu time vc tem que estar numa situação financeira muito melhor q seus adversários, o q é o caso do Palmeiras, mas qual a distância entre ter um ataque com Dudu e Borja ou Romero e Jô? Pra mim estão todos no mesmo patamar, com algumas características diferentes entre eles mas no geral estão na mesma prateleira. Hoje o que conta mesmo aqui no Brasil é organizaçao no departamento de futebol e conhecimento do assunto e isso no Palmeiras está muito longe de acontecer. O Palmeiras é uma baderna , não tem comando e pra piorar os caras não entendem nada de bola, o Galliote devia brincar de kart qdo criança e nunca deveria se meter com futebol. É claro que ter grana é sempre bom, não estou dizendo que não é, mas é algo que se torna irrelevante nas mãos de quem é incompetente e não sabe o que fazer com ela.

    • Jango 28/05/2018 | Responder

      Sim. Teve o azar ainda de que nos anos 90 era tudo em mata-mata e nem sempre o melhor time vencia.

      Nunca vou me esquecer da decepção de morrer na praia que foi em 96 e 97.

      • Philipe Frois 28/05/2018 | Responder

        Verdade, se nos anos 90 fosse pontos corridos acho q tinha vencido uns 5 brasileiros pelo menos. Ainda teve a libertadores de 94 onde o Mustafá quis fazer excursão as vésperas da decisão contra o SP, teve 96 onde se montou uma seleção que só ganhou o paulista e depois desmontou o time. Teve 95 onde poderíamos ter vencido a libertadores tbm se não tivesse tomado aquela goleada ridículo no primeiro jogo no olímpico. A história do Palmeiras parece ser de muito mais azar do que sorte mesmo, além da incompetência.

        • Jango 28/05/2018 | Responder

          Sim, Palmeiras é clube zicado.

          Por outro lado, quando os gambás investiram pesado em 98 e 99, conseguiram o que almejavam (com exceção da Libertadores que foram eliminados 2 vezes por nós). Não vai ficar marcado na história que eles quase foram rebaixados em 96 e 97, apenas vai ficar marcado que foram precisos em ganhar quando disputaram em 98 e 99.

          Palmeiras tem sorte de ter tantos recursos, mas azar e incompetência de não saber usá-los de forma “mortal”. Na época da Parmalat era pra ter conquistado tudo.

    • Ter dinheiro sempre faz difetença, sim. Mas sem a responsabilidade e a competência para usá-lo faz menos, e é aí que estamos pecando.

      E que me desculpem aqueles que são a favor de manter tudo como está pra quem sabe “na sorte” ganharmos alguma coisa. Sorte ajuda, mas depender dela dispensa dinheiro, estrutura e qualidade. Tanto faz se o presidente é o Nobre ou o Tirone, se o atacante é o Borja ou o Caio Mancha, se jogamos no Allianz ou no Canindé, se o patrocínio é da Crefisa ou do Arroz Urbano. Ganhamos uma CB em 2012 na sorte, quatro meses depois a conta chegou cobrando uma Série B. Ganhamos outra CB na sorte em 2015, três meses depois tivemos de começar tudo praticamente do zero. Quando a sorte não vem como a cereja do bolo de um trabalho bem feito, não passa de ilusão.

  26. Reynaldo Zanon 28/05/2018 | Responder

    Eu também sou a favor de trocar o técnico, mas concordo que não será fácil a escolha do novo treinador. O Luxemburgo tem 10 anos seguidos de fracassos. Iremos apostar nele apenas pelo seu passado – já distante – vitorioso? O Felipão foi bem recentemente na China. O que esperar dele no Palmeiras atual? Tirar de outros clubes nomes mais conceituados, como o Abelão, não será tão fácil. O Palmeiras está numa sinuca de bico: se fica com o Roger Machado, o risco de fracassos nas horas decisivas é grande (sem contar que ele já está comprometendo o clube no Brasileiro). Pelo contrário, se mandar o atual técnico embora, haverá dificuldades de contratar um de alto nível. Complicado.

    • Jango 28/05/2018 | Responder

      Tem que ficar com o estagiário mesmo e só mandar embora se cair fora da Libertadores e CdB. Não há ninguém bom disponível. Eu estava pensando no Valentim, mas é besteira ele vir agora.
      Mas é pra já dar o sinal pro Abelão vir pro Palmeiras quando acabar o contrato em Novembro. Vamos já estar em primeiro na fila.
      É isso que acontece num clube quando alia um presidente frouxo, um diretor de futebol interessado em grife e que manda na escalação (e que é o que menos corre riscos de demissão, sei lá porque) e um técnico amador.

      • Jango 28/05/2018 | Responder

        A propósito, o careca está tão preocupado em reeleição que se ele não arrumar o time (não só cobrar resultados do técnico, mas também cobrar contratações certas do A.Mattos) suas chances de conseguir isso irão despencar.

        A sua hora é agora, Vicente.

      • Pra mim a batata do lenhador assa de vez no sábado, se perder o terceiro clássico seguido com torcida única a favor. Não vai ter Minion que o salve de tanta incompetência.

        • Philipe Frois 28/05/2018 | Responder

          Pra mim ele nem chega no sábado. Acho q o Palmeiras vai perder o rumo quarta feira no Mineirão, a pressão vai ser tão forte q na quinta feira o Gru demite ele. Agora , o problema é se consegue um empate lá ou até uma vitória na c@gad@ pra depois perder pras meninas dentro de casa. Já prefiro tomar uma pancada na quarta mesmo e partir pra próxima.

  27. lito 28/05/2018 | Responder

    Fora Roger Risadinha, fora F mello. Traz o Cuca de volta. Cadê o presidente, enquanto fica preocupado com reeleição olha a vergonha que esse time vem fazendo.

  28. lito 28/05/2018 | Responder

    Volta Cuca, fora Roger Risadinha, F Mello e mais meia duzia, até o Jailsão tá tomando frangos.
    Cadê o presidente, fica preocupado com política e o time nesse marasmo. Por onde A. Mattos??}?

  29. Paulo 28/05/2018 | Responder

    em time em que os jogadores mandam e desmandam, não há treinador que resolva. Esse problema aí não tem solução não, enquanto nego achar que o Palmeiras é só vitrine e o clube for escravo de empresários, esse será o cotidiano mesmo, umas vitórias aqui e alí para enganar e quando há decisão mesmo o time todo amarela, já que é cada um por si

    • Gustavo Aroni 28/05/2018 | Responder

      É o puro retrato do que acontece. Jogador tem licença pra jogar mal todo jogo, alguns há um ano e meio, e não esquenta o banco, até ontem era capitão do time, e ainda é convocado como suplente da Copa. No mínimo muito estranho. Tá na cara que o treinador não tem voz, e a escalação vem de hierarquias superiores.

  30. Caro Vicente: ontem, logo terminado o jogo em Porto Alegre, deu para entender o que se passa com o time do Palmeiras. Veja bem: os erros de Dudu, Keno e do Mutuan, foram absolutamente iguais. Decretaram a derrota de ambos os times.
    Só com um detalhe: o Mantuan terminou o jogo chorando copiosamente e amparado por seus colegas. Dudu e Keno, é só ver as imagens do fim do jogo, passeando tranquilamente para o vestiário, como se nada tivesse ocorrido.
    Não por acaso, quanto ganham Dudu e Keno e quanto ganha o Mantuan?
    Resumo: o que falta ao time do Palmeiras é VERGONA NA CARA.
    Finalizando: vamos esperar sermos desclassificados da Libertadores para trocar de técnico (como o ano passado). Não adianta falar que não tem outra opção. No momento, qualquer um será melhor do que o atual.

  31. lito 28/05/2018 | Responder

    Fora Roger Risadinha. Na minha opinião mandaria junto com ele o F Melo e traria o Cuca de volta. Já que os caras não querem jogar, traz o Luxa ou Felipão. E juntamente com ele, dois zagueiros, um volante, um atacante e o Scarpa. Não temos grana, traz o Abelão. Enquanto isso, nosso glorioso presidente se preocupa com política. Estamos ferrados. Fora Roger Risadinha enquanto há tempo.

  32. Todo mundo sabe que o Roger Guedes foi embora por desafeto com o Felipe Melo. Por hora, o Guedes é artilheiro do Brasileiro e o Felipe Melo não ganha uma corrida no meio de campo. O Cuca perdeu o grupo graças a ele (apesar do mau desempenho do próprio Cuca). Acho que o Palmeiras está sendo prejudicado nessa, por vaidade e politicagem do departamento de futebol.

    • Pois é. Não sei como está o ambiente hoje, mas o Felipe Melo teve um alto custo, e não só financeiro. Virou o dono do time. E se não me engano, tem contrato até o fim do ano que vem.

    • Jango 28/05/2018 | Responder

      Que o Felipe Melo foi o responsável pelo Cuca sair não é novidade, mas o Roger Guedes não é bom.
      Em 2016 era cornetado direto pelos torcedores. Ficou sei lá quanto tempo sem marcar gols na campanha do título.
      Na minha opinião, se o Cuca estivesse com vontade de trabalhar no ano passado, ele teria ganho a queda de braço com o Felipe Melo. Mas ele devia estar sem paciência pra lidar com os elenco.
      O FM e Dudu são queridinhos do Mattos. Pra conseguir peitar esse tipo de cara, precisar ser um técnico linha-dura como o Abelão. Infelizmente acho que ele não viria ao Palmeiras por enquanto. Na minha opinião é pra permanecemos com o estagiário, quem sabe contamos com a sorte e arranjamos alguma coisa.

      • Paraiba 28/05/2018 | Responder

        O Felipe Melo em toda entrevista fala que é framenguista , ele tá louca pra jogar lá. Esse volante Anselmo que joga nas Cadelas e fez 2 gols ,sábado , foi revelado no Palmeiras em 2009 , joga bem mais que o mulambo.
        Essa sequência cruzeiro, cervideos e grêmio definirá o futuro do Roger.

    • Gustavo Aroni 28/05/2018 | Responder

      E parace que o Róger Guedes vai pra 🇸🇦. Já tem proposta e tudo. A grana tá grossa por lá.

  33. Trazer quem para o lugar do RM pessoal? Pergunta séria, sem ironia. Vale mesmo a pena trocar agora? Abel Braga tem contrato, acho difícil aceitar uma proposta. Para traze-lo, teria que mandar o RM embora primeiro, para depois fazer uma proposta. Ou o Palmeiras esquece qualquer princípio ético e faz a proposta para ver se ele aceita, mesmo com o RM ainda no cargo? O risco do Abelão recusar e a situação ser exposta seria enorme, mesmo se o Abel não divulgasse nada, alguém ia vazar para a imprensa, vide caso Carille no gambá. Então acho difícil de acontecer. Fora Abelão, quem mais? Luxemburgo (de novo)? Felipão (de novo)? São os únicos disponíveis que eu me lembre no momento. Ou vão atrás do Cuca? Algum treinador mais novo não serve, pois seria outro “estagiário”. Estou tentando me colocar no lugar do Galliote ou do Mattos, pensando como agir num momento desses, em uma possível troca de técnico. Não é tão fácil quanto parece trocar agora.

    • Sempre que se aventa mandar um técnico embora, sempre aparece uma dúzia perguntando isso: “mas trazer quem?”

      E nessa, já estamos em vias de fazer a sétima troca de comando desde 2015 (Oswaldo, Marcelo, Cuca, Eduardo, Cuca e Roger). Alguém, sempre tem. Não precisa ser quem a torcida quer. Se for traçar um perfil mais específico, fica mais difícil chegar a um nome, mas eu pergunto: o Roger Machado encaixa nesse perfil do qual necessita o Palmeiras? Pois o Palmeiras precisa de alguém firme com jogador mimado (Roger não se encaixa), acostumado a jogos grandes e conquistas (Roger não se encaixa), com bons trabalhos no passado (Roger não se encaixa), que não aceite pressão para escalar (Roger não se encaixa), e com conceitos de futebol moderno (Roger se encaixa). Então, antes de pensarmos que não há alguém com o perfil desejado, devemos lembrar que estamos jogando meia boca besse instante, com um técnico que não se encaixa na maior parte dos quesitos desejados por um clube gigante, acostumado a conquistas.

      • Felipão 28/05/2018 | Responder

        Aconteceu de uma hora para outra. Os tais Roger Machado, Jair Ventura, aquele do Vasco, tornaram-se treinadores da Champions sem nunca, praticamente, terem sido treinadores, ou seja, inventaram um meia duzia de treinadores de pontas e nó também caímos nessa. Lembram daqueles coleguinhas de escola que tiravam 10 em tudo? e que não deram em nada? pois bem, esse é o roger machado. Como o abel, mano, renato , fernando diniz, não estão disponíveis….agora é a vez de contratar o Sérgio Soares que já vem rodando a tempo e fazendo bons trabalhos com jogadores abaixo da média e como os nossos são acima da média, pode dar certo.

        • Primeiro Campeão Mundial 51, quem se encaixa no momento nesses requisitos, e que têm chance de vir são Luxemburgo e o Felipão. O Luxemburgo está fácil de trazer, parece ser o queridinho da Crefisa, andaram jantando juntos pelo que foi noticiado. Acho que é o nome mais forte no momento. Tem a parada para a copa se a diretoria quiser arriscar.

          Felipão, o Sérgio Soares já chegaria com o rótulo de “estagiário” pela torcida. Se daria certo ou não, só contratando e testando para saber. Eu não acredito que ele vindo agora ia fazer o time jogar bem e ser campeão. Seria outra aposta.

          • Felipão 28/05/2018 | Responder

            Sim, luxemburgo ou o meu xará mudariam os ares da boleirada e bola pra frente!!!

    • Gustavo Aroni 28/05/2018 | Responder

      Não tem ninguém? Deixa o cargo vago, e coloca o Dudu de jogador e treinador ao mesmo tempo, como o Giggs no Man Utd. Deixa na mão desses jogadores sem vergonha, porque aí o bicho vai pegar pra cima de quem realmente merece.

  34. Jango 27/05/2018 | Responder

    Os bambis venceram o América em BH e nos passaram. Que maravilha, Roger.

    • Isso porque perdemos de um time que quase não chega a São Paulo por causa da falta de combustível para transportes.

  35. Que todos (diretoria, comissão técnica e treinador) tem parcela de culpa, todos sabemos. No entanto, talvez apenas quem tem acesso as entrelinhas do palestra realmente saiba o percentual de cada um.
    Hoje o futebol está nivelado por baixo e exceto o grupo favorecido pelo quinteto de arbitragem, não dá pra ganhar títulos sem ao menos um jogador diferente. Nos títulos da CB-2015 e BR-2016 tínhamos além de um grupo fechado o Gabriel Jesus que fazia a diferença nos jogos em que o esquema de jogo não funcionava.
    Desde então, vieram outros jogadores, trocamos de técnico mas sempre morremos na praia.
    Até que não tenhamos essa peça diferente, continuaremos sendo igual a maioria…

Leave Your Reply