Brasileiro 2018 Ceará 2×2 Palmeiras: altos e baixos

 

 

A linda e alviverde Fortaleza recebeu o Palmeiras de braços abertos para o confronto com o Ceará. Mas se decepcionou. 2×2. Jogo fraco…

Com 5 minutos Thiago Santos fez 1×0. De cabeça depois de um escanteio.

Quinze minutos depois, uma roubada de bola na defesa do Ceará e Hyoran tocou para Dudu fazer 2×0.

Pronto. Tudo desenhado para uma goleada ou pelo menos uma vitória sem sustos.

Só que não.

O Ceará descontou em uma falha da defesa. Marcos Rocha não cortou cruzamento e nas suas costas o atacante deles marcou.

No 2o tempo o Palmeiras tentou administrar. Dracena e Hyoran perderam dois gols. O Ceará veio para cima. Cansados, vários jogadores tiveram que sair. Dudu, Hyoran e Lucas Lima. Artur, Moisés e Mayke entraram. Aí tomamos um gol de empate aos 42′ do 2o tempo num vacilo enorme de Thiago Martins e Jaílson, que demorou para sair do gol.

Ainda deu tempo para Moisés chutar para grande defesa do goleiro deles.

Os altos e baixos desse time custam pontos caros. Poderíamos ficar perto do Flamengo e na 4a feira colar de vez. Agora vamos ter que remar mais um pouco.

Dois pontos jogados fora.

Saudações Alviverdes!

 

242 Comments Added

Join Discussion
  1. Lucas 11/06/2018 | Responder

    Eu só queria entender como o Lucas Lima tem tanto crédito! O cara é substituído todo jogo, desde que começou a jogar com a camisa do Verdão, e ainda consegue começar de titular… ele é substituído porque joga mal, não é porque está cansado, a participação dele nos jogos é sempre pífia! Não consegue ser produtivo, todos os lances são para o lado ou para trás, não participa de lances de gols (os números dele são horríveis), nem sequer cria lance de perigo! Eu imagino como deva ser frustrante jogar com um jogador assim, você olhar pro lado e ver um CHINELINHO desse do seu lado, ganhando montanhas de dinheiro, e afundando o time… porque as atuações dele são para afundar o time, são improdutivas e desmotivadoras! E imagino, pior ainda, para os jogadores de fora, como por exemplo, o Artur, que teve um bom ano no Londrina em 2017, e não consegue chances para entrar, ou para os jogadores da base, que dificilmente conseguem chances quando temos esses medalhões no time… e isso é cultural no clube, como por exemplo, que aconteceu com o atual 9 da seleção, que quem acompanhou sabe que ele foi praticamente um acidente, e que até tivemos oportunidade de comprar 100% do passe dele na época.

  2. Lucas 11/06/2018 | Responder

    Eu queria entender como o Lucas Lima tem tanto crédito! O cara é substituído todo jogo, desde que começou a jogar com a camisa do Verdão, e ainda consegue começar de titular… ele é substituído porque joga mal, não é porque está cansado, a participação dele nos jogos é sempre pífia! Não consegue ser produtivo, todos os lances são para o lado ou para trás, não participa de lances de gols (os números dele são horríveis), nem sequer cria lance de perigo! Eu imagino como deva ser frustrante jogar com um jogador assim, você olhar pro lado e ver um CHINELINHO desse do seu lado, ganhando montanhas de dinheiro, e afundando o time… porque as atuações dele são para afundar o time, são improdutivas e desmotivadoras! E imagino, pior ainda, para os jogadores de fora, como por exemplo, o Artur, que teve um bom ano no Londrina em 2017, e não consegue chances para entrar, ou para os jogadores da base, que dificilmente conseguem chances quando temos esses medalhões no time… e isso é cultural no clube, como por exemplo, que aconteceu com o atual 9 da seleção, que quem acompanhou sabe que ele foi praticamente um acidente, e que até tivemos oportunidade de comprar 100% do passe dele na época.

  3. Ok, ninguém aguenta mais. Nem eu. Mas será que o Luxemburgo consegue dar um jeito nisso? O maior problema é o técnico? Ou o Andrés Sanchez estava certo e a chegada do LL ganhando um caminhão de dinheiro desestabilizou o elenco? Ou o elenco é só mediano mesmo, e vai ser isso aí com qualquer treinador? Imaginem se o Felipão volta, aí no primeiro empate em casa contra um Ceará, a torcida vai começar a lembrar do rebaixamento de 2012, do 7×1. A única coisa que fazemos aqui no futebol brasileiro é trocar o treinador. Eu posso estar enganado, mas talvez não seja o mais correto trocar de técnico.

  4. Gustavo Aroni 11/06/2018 | Responder

    Temos que formar nossos técnicos em casa. Temos grana, estrutura, receitas e um sub-17 campeão do mundo. Façam uma proposta pro Klinsmann que trabalhou anos com Löw da Seleção alemã, e vamos forma nossos próprio treinadores.

    • Philipe Frois 11/06/2018 | Responder

      Essa idéia de trazer um Klinsmann da vida pra formar técnico em casa e consequentemente uma filosofia de jogo é excelente, mas duvido que dê certo aqui no Brasil, em qualquer clube. Isso é o que mais demanda tempo e paciência, coisa que nós brasileiros definitivamente não temos. Não estamos dispostos a perder alguns anos em função disso. Nos primeiros tropeços já vamos mandar esse alemão fdp pra ponte que partiu e pichar nos muros do Allianz “acabou a pas” kkk

  5. Gustavo Aroni 11/06/2018 | Responder

    O que o povo não entende, e que acontece todo ano é o seguinte: no 1° turno nunca jogamos nada, e ficamos sempre esperado um time com jogadores limitados (como todos os outros são) encaixar, o que nunca acontece, por ser limitado. Aí vem uma equipe, encaixa 4, 5 vitórias, desgarra e queremos mandar o técnico embora. Quando chega o 2° turno, com técnico novo, mas com os mesmos jogadores limitados, começa a fase dos mordomos (esse ano começou antes): é a arbitragem, stjd, globo, cbf, choque térmico, jogo às 11h, apostas…etc. E o time continua não jogando nada. E esse ano ainda tem eleições. Será com candidato único de novo? Não era essa a continuidade que queriam? Tá aí. Merecido!

    • LGO 11/06/2018 | Responder

      Se todo mundo é mais ou menos por que então que nós não somos o time que ganha as 4 ou 5 e desgarra????

        • Gustavo Aroni 11/06/2018 | Responder

          E poderia ter sido o Palmeiras a desgarrar. Não foi. Foi o Flamengo. Poderia ter sido o Grêmio, os gambás, até o Sport. Mas foi o Flamengo. E se não ganharmos deles aqui, ficará muito difícil para revertemos. E os mordomos serão frequentes a cada rodada.

        • Podem usar o argumento que quiserem, não vão me convencer. Vocês acham que o gênio Carille comandava uma máquina de jogar bola? Evidentemente que não, mas não me lembro dele insistir com um mesmo esquema ou com um mesmo jogador que não estivessem dando certo (clube não é clínica de reabilitação), de ficar exaltando empate com lanterna depois de abrir 2×0 em 15 minutos ou de terminar um jogo com dois laterais direitos com medo de um Lisca Doido. Comandante que queima seus comandados em público assina sua sentença de morte, mas aquele que demonstra covardia assassina o grupo inteiro.

          • LGO 11/06/2018 | Responder

            Chega a ser engraçado!!! Alguns aqui chegaram a contestar o título ganho por nós em 2016!!! Ganhamos com sobras!!!
            Queria ver o Carille aqui ganhando na marra com um futebol pífio que ganharam de nós esse ano!!!! Seria linchado aqui no Blog…
            É que alguns aqui adoram elogiar o Curica…

    • LGO 11/06/2018 | Responder

      Coincidentemente cheguei hoje a BH e estou impressionado com o endeusamento que a torcida do galo está fazendo com o Roger Guedes!!! Estão chamando de Deus Guedes!!! Só precisamos entender por que nós odiávamos ele e agora ele é adorado por uma outra torcida e é o artilheiro do campeonato!!!!

      • Você, como a imensa maioria dos brasileiros (futebol e política são duas áreas nas quais isso fica bastante evidente), tem memória curta. Quando chegou em meados de 2016 e fez algumas boas partidas contra os São Bernardo e Santa Cruz da vida, o Róger Guedes ganhou status de craque que nunca foi e jamais será. Havia até um catarinense que escrevia por aqui na época e que ressaltou que pra ele aquele “fenômeno” não era surpresa pois o jogador já “arrebentava” no Criciúma. Pois bem, quando começou a ser sacado do time mostrou a verdadeira personalidade. Trata-se de jogador egocêntrico e desagregador, que se acha o máximo e só pensa nele. No próprio Galo, meses atrás, arrumou treta e essa mesma torcida que hoje o endeusa queria ele longe. Se depender de mim, não volta nunca mais. O Robinho que está no Cruzeiro, com muito menos badalação, faz mais falta que ele.

        • LGO 11/06/2018 | Responder

          Eu que tenho memória curta????
          Saiba que o Roger Guedes nos ajudou MUITO a ser campeão brasileiro!!!
          Aliás é fácil corrigir jogador desagregador!!! Difícil é ensinar a jogar bola quem não sabe!!!!
          Não quero comparar, mas de certo o Neymar, o Romário o Renato Gaúcho são todos agregadores e nada egocêntrico!!!
          E para finalizar o que você acha que fez a torcida do galo INTEIRA mudar de opinião??? Será que foi porque ele é o artilheiro e maior responsável por um time limitado estar em secundo no campeonato???

          • Com relação ao Felipe Melo, sou um daqueles poucos que rescindiriam seu contrato pra ontem, pois raramente está presente em jogos importantes e decisivos (seja por suspensão, na maior parte das vezes, ou contusão) e embora tenha uma ótima saída de bola não consegue acompanhar ninguém na corrida na hora de fazer a cobertura. Com relação ao endeusamento de torcedores a falsos craques, o mesmo Diego que foi recebido no aeroporto por uma multidão de flamenguistas alucinados como se fosse um novo Zico precisou de seguranças pra não apanhar quando embarcou pra Fortaleza há algumas semanas (provavelmente no mesmo aeroporto, conheço pouco o Rio).

            O Palmeiras ganhou o BR-2016 graças a Cuca, Dudu, Gabriel Jesus, Jaílson, Mina e Moisés, o RG ajudou tanto quanto o Leandro Banana.

            E pra finalizar, torcedor na sua imensa maioria vive de resultado. A imbecilização geral faz com que apoiem incondicionalmente até vagabundos como o Valdívia, como foi o caso da nossa.torcida. Isso pra mim significa NADA, tenho opinião própria e analiso o que o camarada representa para o grupo dentro e fora de campo, e nesse sentido quero o Róger Guedes longe do Palmeiras. Deixe-o enfrentar outra fase ruim lá no Galo perdendo gols feitos e jogos em casa e tumultuando o ambiente pra ver se a torcida INTEIRA vai manter a opinião. Ele está sendo considerado o melhor jogador de um campeonato com 38 rodadas depois de concluídas somente onze. Isso me lembra o Oliver Kahn, eleito o melhor goleiro da Copa de 2002 antes da final.

            • LGO 11/06/2018 | Responder

              Caro Eduardo!!!
              Agora pelo menos entendo sua coerência, já que não gosta de outros jogadores também de atitude similar.
              Porém não podemos só criticar então gostaria de saber quais os 5 jogadores atuando no Brasil que serviríam para o Palmeiras!!!!!

            • LGO 11/06/2018 | Responder

              Me preocupa quando você cita os responsáveis pelo campeonato que ganhamos e quase todos estão no time de hoje. E todos, inclusive eu desço o c.a.c.e.t.e neles. Será que é isso mesmo?!?!? Será que não é melhor tentar entender o porquê piorou e se o jogador é bom como você disse ajudá-lo a voltar a jogar bem?????

              • Na minha opinião, exceção feita aos problemas físicos do Moisés e ao GJ que foi embora, o restante se acomodou na glória da conquista de 2016 e parou de “correr atrás do prato de comida”. Não houve quem soubesse incentivar o elenco a novas conquistas lá dentro, enquanto que a acomodação e o desejo de ser negociado para ganhar $$$ (direito natural de qualquer ser humano) pesou mais. E convenhamos, há uma série de casos no futebol de times que se encaixam e se tornam campeões mas com jogadores que individualmente não são grande coisa, quando deixa de haver essa “liga” a maionese azeda.

        • LGO 11/06/2018 | Responder

          Saiba que tem torcida que faz pior!!! Endeusa jogador egocêntrico e desagregador só que sem ele ter feito nada ou quase nada de bom ao clube como o Felipe Mello!!!!

      • Nossa LGO, como você viaja mano… Guedes não saiu porque a torcida queria a cabeça dele, ele saiu porque ele se desentendeu com o Felipe Mello, e ficou sem clima com ele e a panela dele. Daí ele pediu afastamento. E quanto a ganhar com “sobras” em 2016, claramente, nossos conceitos de bom futebol são totalmente diferentes. Era um tal de porco doido, ligação direta, Jesus perdendo gols que até minha vó faria, desespero na defesa, resultados de vitória, sim, mas placares magros e sofridos. O curintcha da última década não joga bonito mesmo, mas tem objetividade: todos jogam pro time, não tem esse monte de mascarado que tem aqui, querendo resolver sozinho pra fazer vitrine pra europa. Não é porque é nosso maior rival, que não podemos absorver uma ou duas coisas com eles. E se tem duas coisas que eu gostaria que o Palmeiras aprendesse deles, é essa objetividade nos jogos, precisão nos arremates, e meritocracia na escalação do time, coisa que o machadão não faz nem a pau.

        • LGO 11/06/2018 | Responder

          Quanto ao Roger Guedes é exatamente isso que você falou na saída, só faltou lembrar que a torcida optou pelo Felipe Mello e por isso a saída foi assim!!!!
          Quanto aos conceitos de futebol são BEM diferentes mesmo!
          Você prefere ganhar de 1×0 com objetividade chutando uma bola no gol como o Curica ganhou de nós no paulista e andava ganhando nos últimos anos e eu prefiro ganhar de 1×0 jogando bola perdendo muitos gols (se for o caso), jogando a bola sempre na área adversária e mandando nas partidas. Foi assim que ganhamos em 2016!!!

          • Não expliquei direito. Não quero que jogue como o curica, pois odeio jogar na retranca. O que quis dozer, é que no ataque, os caras tem de parar de firula/egoísmo (oi Dudu!), e passar a ba para quem está melhor posicionado (o que tentamos as vezes, mas bem menos do que deveriamos), e quando tem a chance de chutar, chutar em vez de ficar tentando fazer graça. Mas não mudar apenas a mentalidade nesses lances, mas treinar esse tipo de lance. Dá pra ver muito bem, que o gambá não passa a bola no ataque pro cara que por acaso apareceu lá, é treinado quem vai estar aonde nos lances, quem vai estar posicionado pra uma possível sobra, etc. É esse tipo de objetividade. Mas quanto a posicionamento do time, quero ele pra frente, sempre.

        • LGO 11/06/2018 | Responder

          Também não acho o Roger Guedes tudo isso!!! Só acho que ele tem mais história é mais serviços prestados com a camisa do Palmeiras, e que achei forte e diferente a idolatria que a torcida do galo tem nele!!!

  6. Danilo Peressim 11/06/2018 | Responder

    Um super jogo seguido de uma enorme decepção, todo esforço para uma vitória surpreendente no meio de semana jogado fora com esse empate em Fortaleza-CE, é muita oscilação para um time que almeja vencer um campeonato por pontos corridos. Sempre defendi que um elenco numeroso e com boas peças deveria focar o campeonato de pontos corridos, por ter maiores chances visto elenco, quantidade de partidas e longo período de competição, mas esse Palmeiras é estranho, patina demais e o foco principal deve mesmo ficar com os torneios eliminatórios, estamos bem mais próximos (numero de jogos) de algo..

    • Gustavo Aroni 11/06/2018 | Responder

      ⛸ Patina, simplesmente por ser um elenco, numeroso sim, mas com peças paralelas, xing ling.

  7. Renato 11/06/2018 | Responder

    Com o desempenho de ontem do time do Palmeiras, aumenta a chance do Cerro Portenho.

  8. Renato 11/06/2018 | Responder

    Cheguei a conclusão que “jogar” no Palmeiras é mamão com açúcar.
    Salários pomposos pagos em dia.
    Estrutura espetacular.
    Zona de conforto.
    Cobrança zero.
    Compromisso com o clube zero também.

    • Acrescente a isso torcedor que afaga jogadores ruins usando até o rigoroso e cruel clima brasileiro como desculpa.

  9. lito 11/06/2018 | Responder

    O Jailsão também precisa descer um pouco do salto alto, assim como o resto do time.
    Não dá para confiar neste time, nesse técnico.

    • Alexandre 11/06/2018 | Responder

      O Jailson precisa é ir para o banco, enquanto é tempo. Ele vem falhando repetidas vezes. Entregou contra o Sport, em lance de cruzamento. Repetiu a mesma falha contra o Cruzeiro e Gremio, mas os lances não resultaram em gol. Ontem, novamente falhou. Penso que o problema não é técnico, mas de comportamento. Ele e alguns jogadores entraram em parafuso, a partir do momento que a torcida , com razão, pressionou. Falta estrutura para ele.

      • Está falhando e precisa pegar um banco mesmo, mas imagina que desespero jogar (des) protegido pelos zagueiros que temos

  10. lito 11/06/2018 | Responder

    Risadinha, Thiago Martins (horrível), Jailson, Lucas Lima zzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
    Diretoria, presidente zzzzzzzzzzzzzzzzzzz
    E o Risadinha ainda fala que o time jogou bem. Até os bambis estão melhores que nós.

  11. A única coisa boa (ou menos pior) desse papelão de hoje, é ver aquele site que é uma bolha de iludidos, capitaneados por um gordão barbudo folgado e ditador (site que rima com cagazzo), perdidinhos, tentando entender o que acontece, porque o time oscila tanto. A resposta tá debaixo do nariz, mas eles são muito babadores de ovo para perceber. Preferem defender o próprio orgulho (afinal, já puxaram tanto o saco do Machadão por lá), do que admitir que o trabalho e o técnico são fracos. Preferem acreditar que “uma hora engrena”.

    • BB 11/06/2018 | Responder

      Cara, vc é palmeirense mesmo??? Sério que te dá felicidade o time empatar porque vc não gosta de um site que tem visões diferentes das suas??? Lamentável..

      • Eu não resisto, pois juntando todos os sites de mídia palestrina, não reunem assuntos interessantes suficiente para eu me distrair, até tenho de apelar para sites de outros times. E quando passo lá no cagazzo, eu dou uma espiada nos comentários, para ver se eles saíram da bolha de ilusão e arrogância que eles se meteram, mas nem preciso dizer que está cada vez pior. Mas como eu disse, tem lá seu lado cômico. Eles não conseguem entender porque o Palmeiras oscila tanto, pois nos olhos deslumbrados deles, tudo no Palmeiras é incrível, profissional, não existem erros, como PODE O TIME NÃO DECOLAR??? Hahah

  12. Philipe Frois 11/06/2018 | Responder

    Ir pra entrevista e dizer q o time jogou bem é sacanagem né. Me recuso a acreditar q ele realmente pensa isso, acho que tá mais pra fazer média com os jogadores por medo de perder o vestiário. Tamo bem de treinador heim?! Esse ano ta com cara que o Palmeiras vai ficar patinando mesmo, ganha um jogo aqui , se empolgar, perde outro ali e não sai do lugar. Quarta feira depois da vitória contra o Grêmio eu ia fazer um comentário que acabei esquecendo. Nossa vitória contra o Grêmio pareceu muito com a vitória do próprio Grêmio do RM sobre o Atlético MG em 2015 no Horto. O Grêmio não deu chances para o galo, jogou como se estivesse em casa meteu 3×0 e ali toda a imprensa começou a exaltar o RM como um grande técnico da nova geração, atualizado, estudado, eloquente e blá blá blá….deu no que aquele Grêmio dele??? Nada! Precisou chegar um boleirao praiano q os comentáristas torcem pra se ferrar, pra mostrar pros caras como o futebol funciona realmente. Esse Palmeiras de 2018 tá igualzinho.

  13. Vendo Alex e Djalminha na tv e lembrando que hoje temos Lucas Lima e a esperança da volta do Scarpa me dá vontade de chorar…

    • Carlos 11/06/2018 | Responder

      Sim!! O problema também é que nem existe mais jogadores como esses dois, não é questão exclusiva do Palmeiras.

      • Gustavo Aroni 11/06/2018 | Responder

        Não existe mais no Brasil. Agora, se tivermos que nos conformar calados com essas me.rdas, só nos resta chorar mesmo.

        • LGO 11/06/2018 | Responder

          A questão não nos conformar ou não, e sim que mesmo sem esses jogadores é possível montar bons times organizados e coesos que apresentem um bom futebol! Já vimos isso por aqui!!! Por isso que prefiro discutir gestão, organização e tática e não ficar xingando a tudo e a todos!!!!

          • Gustavo Aroni 11/06/2018 | Responder

            Olha, estou esperando desde 1996 esse time que jogue bom futebol. Dizer que os jogadores são todos limitadíssimos não é xingar tudo e todos. É fato. Não adianta discutir tática se não temos bons jogadores. Pode colocar o esquema que for, o técnico que for, Prass, Jaílson e Weverton ao mesmo tempo no gol. Falta qualidade técnica aos jogadores, e não é porque não tem, é porque não sabemos formar na base, e quando formamos alguém, damos preferência aos baciáveis de fora. Se não tiver bons jogadores, a discussão acaba.

            • LGO 11/06/2018 | Responder

              Ok! Quem hoje no futebol brasileiro tem esses bom jogadores que você tanto fala???

              • Gustavo Aroni 11/06/2018 | Responder

                Não tem também. São todos limitados por igual. Mas todos são irregulares, são instáveis. Pode dar qualquer um. Por isso ganhamos de um Grêmio e quase perdemos do Ceará. E o Palmeiras tem ativos suficientes para ser o pioneiro nessa “formação” de qualidade. Não faz, e aí eu concordo contigo que tem que se discutir gestão. Mas como, se tivemos uma única ideia. Candidato único a eleição. Temos torcida presente, grana e estrutura física. Falta inteligência.

                • Enquanto nos conformarmos com o “ninguém tem, ninguém faz, então toquem o barco” e não partirmos pro “ninguém tem, ninguém faz, mas seremos os primeiros a ter e a fazer, quem não quiser pule do barco” vai ser isso. Alguém vai acabar ganhando os títulos que se dispu.tam aqui no Brasil, e alguns deles vão cair no nosso colo. Bayern, Juventus e Barcelona não ganham títulos nacionais todo ano apenas porque são ricos, poderosos e estão na Europa, mas porque têm organização, competência e ódio de derrotas.

                  • LGO 11/06/2018 | Responder

                    Agora começo a concordar com você! Pois vamos falar de gestão e o que fazer para melhorar, e ainda não se conformar com o baixo desempenho!!!!
                    Apesar que as comparações continuam não sendo boas, pois será que os outros 80 times de 4 divisões na Itália não tem gestão??? No Barcelona que tem essa baita administração perde a Champions que é o campeonato mais importante para times como a Roma…

  14. O técnico não tem peito pra mexer no time. Lembrem que contra o SPFW só mexeu no time devido à contusão do Keno, senão teria caído naquele jogo.

    • É por isso que acho que uma vitória na quarta vai diminuir a diferença pra 5 pontos mas vai manter essa anta no cargo enganando mais uns três meses até ser eliminado num mata-mata (que dificilmente será contra Cerro ou Bahia), e não ganharemos nada pois ele não tem capacidade pra ser campeão. Não matou o Paulista no primeiro jogo da final por covardia, não conseguiu convencer em partida alguma em casa quando deveria propor jogo por incapacidade e não está dispu.tando a liderança do Brasileiro pau a pau com o Flamengo por incompetência. Mantê-lo é atraso de vida.

      • LGO 11/06/2018 | Responder

        Também sou favorável a saída do RM! Ele é muito fraco!!! Só que mesmo se perdermos na quarta ele não sairá!!!

  15. Renato 10/06/2018 | Responder

    Gostaria de ver o Jailson bem longe do Palmeiras.
    O que é necessário para acontecer?
    Ele ser responsável por eliminação na copa do Brasil ou libertadores?

    • Esqueça sua bronca com o Jaílson, com o posicionamento e a qualidade dessa defesa o Leão e o Marcos juntos sofreriam. Deveria sair, mas é só um dos problemas.

      • E vou dizer mais, Renato: na minha opinião a falha do Jaílson contra o SPFC foi bem pior que a de hoje, mas como não custou ponto ela ficou diminuída.

    • Gustavo Aroni 11/06/2018 | Responder

      Eu acho que das falhas atribuídas ao Jaílson, contra Cruzeiro, São Paulo e Ceará, apenas contra o Ceará a falha foi 100% do Jaílson. Contra o Cruzeiro o Sóbis fez o gol na pequena área, mandou no canto oposto. Contra o São Paulo, pra mim nem falha foi, o Dracena recuou de cabeça na fogueira, mais pro Marcos Guilherme que pro Jaílson. Contra o Ceará, culpa total dele.

  16. Reynaldo Zanon 10/06/2018 | Responder

    Exatamente o que receava antes do jogo, aconteceu. Partida fácil, 2 a 0 e aí o time mostrou novamente algumas de suas características: soberba e falta de vontade (contra adversários fracos). Jogamos fora mais 2 pontos e provavelmente também o campeonato. A essa altura estarmos em sexto lugar na tabela e a oito pontos do líder é uma vergonha!

    • Paraiba 10/06/2018 | Responder

      O Antônio Carlos foi cortado do jogo em cima da hora com problema muscular , treinou no sábado de manhã normalmente.

  17. O Palmeiras é um time bipolar cujo treinador toma gardenal no intervalo dos jogos. Apenas assim explicam-se tais substituições como a de colocar dois laterais direitos ao mesmo tempo.

  18. Paraiba 10/06/2018 | Responder

    Parabéns! Ao elenco do Palmeiras, os atletas foram no limite, quem fez essa tabela pro Palmeiras jogar no sul a uma temperatura de 9 graus e depois no nordeste a 30 graus, é mulambo ou gamba, teve até parada técnica pra hidratação. Alguns jogadores sentiram : Antônio Carlos, Dudu, Lucas Lima, enfim… os jogadores saíram desgastados.
    O desgaste foi enorme 2 jogos 4 pontos, quarta feira, é + 3 pontos diante do cheirinho.
    Contra tudo e contra todos!

    • Verdade, Paraíba, quando saiu a tabela lá pra março deste ano ninguém no Palmeiras sabia que em junho seria final de outono no sul do país ou que faz calor o ano todo em Fortaleza, não houve tempo pra fazer uma programação ideal para nos adaptarmos ao ambiente hostil que foi encontrado. Provavelmente a Globo e a CBF permitiram o acesso do Ceará à Série A com o objetivo de nos prejudicar com mais essa arma letal e ilícita chamada “choque térmico”. O engraçado é que o Flamengo foi jogar no mesmo estádio, fugindo da torcida pra não apanhar no aeroporto no RJ e ganhou por 3×0, ou seja, só jogou o básico pra vencer um time ridículo sem por.ra de choque nenhum pra inventar de desculpa.

      • Paraiba 10/06/2018 | Responder

        O Palmeiras de 1994 foi eliminado pelo ceara na Copa do brasil 1994, com Evair perdendo penalty , naquele período o Palmeiras jogava copa do Brasil, libertadores e Paulistão, jogava terça , quinta e domingo. Aquele elenco cheio de estrelas tambem sentia o desgaste. A tabela do framengu e bambis só tem times fracos antes da copa, os mulambos antes de enfrentar o ceara não jogaram no sul do País a uma temperatura de 9 graus, o elenco do Palmeiras sofreu um choque térmico e os jogadores saíram lesionados.

        • É, o Keno sofreu um choque térmico no Allianz Parque, assim como o Guerra sofreu um choque térmico no treino. Só enfrentamos times fortes como Sport, Bahia, Chapecoense e Ceará, todos candidatíssimos ao título. Já já vão descobrir que perdemos o Paulista por causa do sol, ou se formos eliminados da Libertadores será por causa do sereno.

  19. Renato 10/06/2018 | Responder

    O Palmeiras é de fato o time mais broxante.
    Estamos atrás do Inter-RS que ano passado deu uma visita à série B.
    Inaceitável.
    Me desculpem, isso não dá para admitir.

    • Estamos atrás de três dos cinco times que derrotamos (as outras duas vitórias foram sobre equipes que estão no G4 – e ainda tem gente achando que nossa tabela foi a mais difícil…), isso dá uma idéia do quanto a campanha é medíocre. E a partir do momento que um profissional do Palmeiras (jogador, técnico ou dirigente) aceita perder ponto pro Ceará, pra mim não deveria mais pisar no clube.

      • LGO 11/06/2018 | Responder

        Também acho ridículo perder ponto para o Ceará e que nossa campanha é ruim, mas o que o Paraíba quiz dizer é que os Urubus não enfrentaram os bambis, Cruzeiro e Grêmio como nós e nesse caso ele tem razão!!!!

      • LGO 11/06/2018 | Responder

        Dos 8 primeiros no campeonato o Palmeiras enfrentou 5 e o Urubu apenas 2!

  20. Renato 10/06/2018 | Responder

    E outra coisa, time campeão tem que ter 3 ou 4 titulares nota 9 ou 10.
    O Palmeiras de hoje é um amontoado de jogadores nota 4 ou 5.
    Não será campeão nunca desse jeito.
    Os números do campeonato brasileiro mostram isso até agora.
    Perdeu-se o campeonato paulista por isso.
    Eu falei aqui só vai ganhar a copa do Brasil ou libertadores se a sorte estiver junto.

    • LGO 10/06/2018 | Responder

      Concordo com quase tudo, mas gostaria de saber quais são os 4 jogadores boa 9 ou 10 do Flamengo!

    • Renato, nem o Palmeiras de 2016 tinha 3 ou 4 jogadores nota 9 ou 10, mas tinha organização, determinação e um treinador que na ocasião ainda buscava objetivos. O mesmo vale para os Gambás do ano passado, ou mesmo de 2015, e também para o Cruzeiro bi de 2013-14. Time cheio de craques ou clube cheio de dinheiro não resultam em conquistas se não houver gente competente, corajosa, com vontade de vencer e que sinta asco pela derrota pra administrar tudo isso, dentro e fora de campo. A partir do momento que seu time cede empate pro saco de pancadas do campeonato, os jogadores saem normalmente de campo e o sorridente treinador exalta o ponto conquistado fora de casa ou a “recuperação” do zero à esquerda do elenco, você conclui que tanto faz ter gente nota 10 ou zero vestindo a camisa, vai dar na mesma (no caso, em nada).

  21. Renato 10/06/2018 | Responder

    É o seguinte:
    Time que está com vontade de ser campeão ganha jogos contra Chapecoense e Sport em casa e Ceará fora.
    Esse time do Palmeiras é pura enganação.
    Sem vibração!
    Sem alma!
    Sem vontade.
    11 jogos e apenas 54,5% de aproveitamento dos pontos em jogo até aqui.

  22. Gustavo Aroni 10/06/2018 | Responder

    Os jogadores são limitadíssimos. Como dizia o Felipão: falta camarão. Com esses caras, o time nunca terá uma regularidade. Pode trazer Klopp e Guardiola juntos. Nada irá mudar. O problema é deficiência técnica dos jogadores. Já falei, demite o Machadão (gostei, Marin!), e deixa o cargo vago. Vai dar na mesma.

  23. Adilson 10/06/2018 | Responder

    LL não dá..e a falta de vontade em pessoa..e minha opinião sobre rm e a mesma desde o jogo com o Sport..como disse mesmo q ganhasse das meninas..não me iludiria com esse técnico.

    • Duro vai ser ficar um mês acompanhando as entrevistas rolando lero do Tite depois da seleção bater em bêbados, e nos intervalos ver os cronistas esportivos lembrarem todo mundo que o Flamengo é líder mas que o trabalho do Coringa é bom e deve ser mantido até o final do ano (afinal foi graças ao “grande” trabalho do Muricy em 2009 que eles levaram aquele título), e que apesar da diferença (seja ela de 5, 8 ou até 11 pontos) “ainda dá”.

    • O Flamengo (e não vou aqui entrar em erros de arbitragem pois eles aconteceram a favor e contra nós e eles) está apenas cumprindo o mesmo roteiro do Palmeiras de 2016, ganhando dos bêbados que estão cambaleando pelo campeonato pra depois administrar os jogos contra os candidatos ao título, os quais nessa situação nem precisarão necessariamente ser vencidos. Se o final do filme será o mesmo é outra história, mas certamente leremos muito por aqui que o Flamengo “vai cair”, que “não vai aguentar o pique” ou que “na hora H a Globo e a arbitragem vão dar uma mãozinha”, as mesmas frases que lemos em 2017 quando os gambás dispararam na frente. E pelo visto outra coisa que não vai mudar será nosso final melancólico de ano, comemorando mais uma vez “vaga na Libertadores” (é até capaz de inaugurarem uma sala na sede do clube para exporem as tais “vagas” conquistadas).

      • LGO 10/06/2018 | Responder

        Não deixa de ser verdade!!!
        Mas acho cedo para colocar o Flamengo como campeão! O Curica abriu muito mais vantagem no ano passado!!!!
        Também não gosto de entrar no mérito da arbitragem, mas pode ter certeza que nós nunca teremos os mesmos “erros” contra e a favor em comparação com eles!!!

        • Não acho que o Flamengo seja tudo isso, mas se os principais concorrentes continuarem entregando os pontos pra nós e depois nós entregarmos esses pontos pra Ceará, Chapecoense e Sport, alguém vai ser campeão mesmo que por osmose, e neste momento os maiores candidatos a tal “processo” são os urubus.

  24. Levi 10/06/2018 | Responder

    Esse Palmeiras me lembra aquele desenho animado….. a corrida maluca.
    O dick vigarista faz sempre planos mirabolantes para vencer a corrida e acaba dando sempre errado por causa de sua incompetência.
    E termina sempre com o Muttley dando aquela rizadinha no fim.

    • É verdade, e a coincidência é tão grande que o Dick Vigarista tinha o melhor carro da trupe, bastava usar os próprios recursos que provavelmente venceria a maioria das corridas, mas gastava tempo e energia em trapaças assim como o Mattos gasta dinheiro com porcarias, e em ambos os casos o resultado acaba sendo pífio.

    • Gustavo Aroni 10/06/2018 | Responder

      E o RMfus, o lenhador, desgoverna o carro n°10 (do deca), com seus comandados castores banguelas.

      • E o Cupê Mal-Assombrado, o carro nº 2 pilotado pelo praticante de Cucabol Marcos Rocha (que não é um dos irmãos Rocha, do carro nº 1) vem na cola, tendo a bordo Dracena, Thiago Martins, Mayke, Luan, Thiago Santos, Jean e outros horrores…

  25. Isso é problema seu, ou não percebeu que esse time só rende sob pressão. Se eu fosse você inaugurava um fã clube pro Roger Machado.

    • LGO 10/06/2018 | Responder

      Não vou inaugurar fã clube nenhum até porque não gosto do RM e acho ele fraco!!!
      Mas antes de tudo sou torcedor do Palmeiras!!!
      Se esse for o raciocino porque vocês não abrem o fã clube do Curica dado os INÚMEROS elogios que vocês estavam fazendo até uns 25 dias atrás?????

      • Quanto ao seu questionamento sobre o curica, deixa eu pensar, o que mudou de 25 dias pra cá lá no time deles… Hummm… Ah, sim, saiu o técnico, entrou outro e o trabalho entrou em parafuso! Sinal que, técnico ganha jogo também. E se técnico bom ganha jogo e campeonato, estamos esperando o que, pra mandar o machado pra fila do seguro-desemprego???

        • LGO 10/06/2018 | Responder

          Concordo. Só que quanto mais demorar é pior!!!

        • Pois é, são cinco pontos em quinze disp.utados (33,3%), nesse ritmo quero ver a imprensa e a torcida gambá em coro afirmando categoricamente que o Lost precisa ficar um ano pelo menos pra fazer o trabalho dar resultado e todo mundo achando lindo. Quero ver, mesmo.

    • LGO 10/06/2018 | Responder

      Não estou pedindo para elogiar ninguém apenas que EU não vou sair detonando tudo como todos aqui faltando 3 dias para um jogo fundamental no ano!!!!

      • Não vai adiantar nada ganhar “um jogo fundamental no ano” se continuarmos c.a.g.a.n.d.o na hora de ganhar pontos contra Ceará, Chapecoense ou Sport. Vencemos o São Paulo e o Grêmio, estamos atrás deles na tabela por INCOMPETÊNCIA. Aja como você achar melhor e deixe os outros fazerem o mesmo. A definição ideal já foi dada em algum post abaixo: o Coringa não tem coragem pra treinar o Palmeiras, fato. Pode golear o Flamengo por 10×0 na quarta-feira que isso não vai mudar.

      • Entendo o que você está dizendo, mas não acho que o problema seja a torcida. A torcida tem apoiado bastante até, considerando a total falta de padrão e oscilação do time, e não tenho dúvidas de que vão cantar e apoiar na quarta. Mas estaremos lutando para “mantermos” uma diferença de 8 pontos pra eles, e não que seja impossível tirar essa diferença, mas dá pra acreditar em tirar 8, 11 pontos, quando sabemos que o nosso time já entregou pontos pros lanternas do campeonato 2 vezes? Deixar o machadão mais tempo, só vai atrasar o novo trabalho de um novo técnico, desperdiçando mais pontos na tabela até lá. SE eu fosse o Gru, esperava o jogo contra o urubu, e mesmo se o Palmeiras fizer 5 x 0, mandava ele embora e já anunciava um novo treinador. E cancelava essa “tour” pelo Panamá e Costa Rica, pro time fazer a segunda pré-temporada no ano. Temos de enfiar na cabeça: SE esse técnico fose decolar, apresentar algo surpreendente, isso já teria acontecido há meses. O time não apresenta evolução, vivendo de raros lapsos em sua ruindade. Já somos o Robin Wood do campeonato.

        • LGO 10/06/2018 | Responder

          Não estou dizendo que a torcida atrapalha, e a luta na quarta não é manter a distância em 8 e sim trazer para 5 pontos!!!

  26. Renato 10/06/2018 | Responder

    É disparado o time mais broxante do campeonato: Sociedade Esportiva Palmeiras.

  27. Ah mano, ponte que partiu, tá me zoando??? Acordo, vou todo feliz ver quanto foi o jogo, e dou de cara com um 2 x 2??? Mano, qual foi a desculpa dessa vez?? Calor?? Desfalques? Ou foi mais uma obra prima do risadinha lenhador? Pouts, agora temos que torcer para o poderoso Parana bater o urubu no Maracanã… Não dá mais. Algo precisa ser feito, nem estou falando de trocar técnico apenas, ou trazer reforços. Mas o Matos e cia. do dep. de futebol, tá precisando de um baita puxão de orelha também, mano, que ódio!

    • Chegaram a falar de choque térmico e desfalques (como se pra ganhar do Ceará precisassem trazer o Real Madrid e vestir de verde), mas foi é a velha incompetência de sempre. Abriram 2×0 e com 20 minutos de jogo o Ceará estava pedindo pelamordedeus pro jogo acabar. Aí, nossa defesa muito bem treinada e postada, entrou em cena…

    • LGO 10/06/2018 | Responder

      Tudo isso que você falou está correto e eu concordo!!! Alguém precisa chamar a atenção do time e cobrar para que na quarta dê tudo certo!!!
      Mas para você que não viu o jogo queria só te falar que o gol de empate estava impedido e foi outra falha bisonha do Jailson!

  28. Jango 10/06/2018 | Responder

    O próximo jogo é de vida ou morte pro Palmeiras nesse campeonato.

    • “Vida ou morte” leia-se “evitar que uma diferença de oito pontos aumente para onze”. Nenhum treinador que comemore ponto conquistado contra o Ceará depois de abrir 2×0 tem capacidade pra ganhar campeonato cujo critério crucial não seja sorte mas competência.

    • LGO 10/06/2018 | Responder

      Com certeza!!! E apesar desse empate ridículo não é hora de xingar a tudo e a todos!!!!
      Isso só dificulta para quarta!!!

      • Verdade, a torcida é ingrata e só atrapalha, onde já se viu não incentivar jogador que recebe 25 paus só pra pisar em campo e tocar de lado, ou não exaltar um empate fora de casa conquistado à base de muito sangue, suor e lágrimas? Sem a chatice de sua torcida o Palmeiras teria hoje 33 pontos e 11 vitórias…

        • LGO 10/06/2018 | Responder

          Não acho que a torcida só atrapalha. Em nenhum momento disse isso!!!
          Agora se acharmos que o jogador só porque é bem remunerado vai jogar bem estamos bem enganados!!! Essa infelizmente não é a cultura do jogador brasileiro!!!

          • A cultura do jogador brasileiro deste século (claro que me refiro àqueles que chegam aos grandes clubes, não a quem é reserva no Fast Clube de Manaus e similares) é ter o ego afagado por torcedores imbecilizados que aceitam qualquer porcaria como ídolo. Um ótimo exemplo disso é o Gabigol, que saiu daqui achando que concorreria com CR-7 e Messi ao prêmio de melhor do mundo depois de um mês jogando na Europa só por causa das tatuagens e do corte de cabelo, mas quando chegou lá e viu que sem TRABALHO não iria a lugar algum e voltou correndo pro ninho.

            A questão não é associar o salário ao rendimento do cara, mas saber que MESMO com toda a moleza e a quantidade de oportunidades que tem só pra desfilar sua inutilidade em campo numa condição que nem 0,001% da população brasileira tem, ele consegue ser um zero à esquerda. Ainda que ganhasse salário mínimo, seria prejuízo para o clube, mas se pra você tá tudo bem, paciência.

            • LGO 10/06/2018 | Responder

              Agora sou eu que não acho que a torcida que atrapalha!!! A cultura não é só do jogador é do país como um todo!!!
              O Gabigol não foi um bom exemplo porque assim como eu muitos achavam que ele não teria sucesso na Europa!!!
              Por último não acho que está tudo bem, só acho que apenas reclamar e descer a lenha a lenha não é solução. Se fosse só isso nosso país estaria em outra situação!

  29. Renato 10/06/2018 | Responder

    O campeonato brasileiro de 2018 não será nosso.
    Está mais para o Flamengo e não acredito que eles irão perder.
    Quanto ao Palmeiras não sei o que argumentar.
    Se tiver a sorte ao seu lado poderá sair como campeão da copa do Brasil ou da libertadores.
    Só se tiver a sorte ao seu lado.
    Com Lucas Lima e Jailson em campo chances remotas mesmo com a sorte.
    Pobre time milionário.

    • No final do ano o Coringa concederá entrevista coletiva feliz da vida por ter chegado em 7º lugar e garantido vaga na Pré-Libertadores (graças a um título brazuca na Libertadores, que não será o nosso), enaltecendo os jogadores que conseguiu recuperar durante a temporada. E com o Gru reeleito, não espere um 2019 mais promissor.

  30. Levi 10/06/2018 | Responder

    Companheiros, animem-se……. seguindo a filosofia mattiana…… já contratamos os 2 destaques de 2 dos futuros rebaixados esse ano, Bahia e Ceará…………. para o ano que vem!!!!!!

    • Levi 10/06/2018 | Responder

      Estava sonhando com Ricardo Goulart e Miranda/Gil…… mas não me surpreenderei se aparecer algum zagueiro do Coritiba custando 10 milhões na pausa.

      • Esse pessoal que dirige o Palmeiras hoje tem mentalidade do tempo em que Paulo Goulart era galã, Carmen Miranda era estrela e Gilberto Gil um “hitmaker”. É o mais perto que chegaremos dos reforços citados, virão mesmo algumas perebas de SC ou do PR…

    • E o próximo reforço-promessa deverá vir do Paraná Clube, provavelmente volante ou lateral, já que o promissor e risonho técnico gosta tanto deles…

  31. Zek 10/06/2018 | Responder

    Defesa fraca derruba qualquer tecnico, se Miranda chegar teremos esperança na Copa do Brasil e Libertadores, o brasileiro ficou dificil, atribuo os erros a Mattos, se tivesse trazido Pablo, teríamos ganho o paulista e o clima seria outro, hoje se tivesse TT em campo não perderíamos, tudo tem seu preço, LL e Moisès, tem que jogar mais serio, Artur e Dayverson poder emprestar e se RG não for vendido, traz de volta….

  32. Roger é treinador de time pequeno. Pensa pequeno. Fosse um treinador de verdade estaria p u t o. Deu entrevista rindo e achando o resultado normal.

  33. Renato 10/06/2018 | Responder

    Ao palmeirense que torce para um time rico e milionário e pouco eficiente , resta torcer contra os seus rivais , que pobreza de espirito.
    Mais um ano perdido.
    Não acredito que algum milagre irá acontecer após a copa do Mundo.
    Fora Jailson !

  34. Cássio 10/06/2018 | Responder

    O time cai de segundo pra quinto. Perde a chance de ir pra inter temporada como líder desbancando o líder badalado pela imprensa… e o técnico ao invés de dar a coletiva puto da vida…Tá feliz, risonho, satisfeito com o Lucas Lima. Não dá, ele ainda tem perfil de time pequeno. Mostrou no grêmio, no atlético e está repetindo no Palmeiras. Os resultados só o presidente do Palmeiras não sabe quais serão. Ele tá preocupado com os 3 anos dele e facilitar a vida da patrocinadora que pratica agiotagem legalizada.

    • Não seríamos líderes, mas jogaríamos uma baita pressão pra cima do Flamengo, que terá encontros duríssimos contra Grêmio e Cruzeiro entre julho e agosto. Mas alguém acredita que venceremos América MG, Vitória ou Paraná com esse Coringa meia-boca?

  35. Gustavo Aroni 10/06/2018 | Responder

    É um elenco medíocre. Times medíocres são assim, instáveis. Não tem ninguém acima da média. Varia entre 3,5 e 6,5. Não estou surpreso.

Leave Your Reply