Brasileiro 2018 América MG 0x0 Palmeiras: eita nóis…..

O Palmeiras empatou em 0x0 com o América mineiro. No Independência.
Perdemos um pênalti. Mais um.

De acordo com um colaborador do 3VV, cada palmeirense que perde pênalti deveria voltar à titularidade depois de treinar e bater 100 vezes um pênalti sem perder.

Impressionante…

Moisés também perdeu um gol.

E teve uma bola na trave de Weverton.

O time veio com muitos jogadores reservas. Que teriam a obrigação de fazer 4×0 pró Palmeiras.

Só que não fizeram…

E assim vamos ficando longe do 1o colocado.

Saudações Alviverdes!

187 Comments Added

Join Discussion
  1. Gostaria que o Roger Machado explicasse como é que se faz pra tomar 3 gols em casa desse Tal de Sport Recife. Tem gente que critica o Felipão mas essa o estagiário tinha que explicar e com detalhes.

  2. Felippe 09/08/2018 | Responder

    Palmeiras vende Mina por 11 milhões de Euro p o Barcelona. No Barcelona Mina nem joga , agora ele é revendido por 30 milhões de Euro para o Everton. Esse Alexandre Matos é fera mesmo………..

    • Há um ano o Richarlison foi vendido ao Watford pelo Fluminense por R$ 46,2 milhões, acabou de ser negociado com o Everton por R$ 223 milhões (quase cinco vezes mais) e ninguém tá querendo arrancar o couro da diretoria carioca.

      Não estou defendendo o Mattos, cujos critérios de contratação critico há tempos (prioriza nome e preço alto em detrimento da qualidade e da real necessidade para o elenco), mas qualquer jogador que chega à Europa vendido a preço de alface (a banana anda cara no mercado…) passa a valer no mínimo o triplo quando pisa no Velho Continente. Mina é só mais um e o Palmeiras não tem nada a ver com isso.

  3. Gustavo Aroni 09/08/2018 | Responder

    E essa notícia do fim dos canais Esporte Interativo, daqui a 40 dias no máximo, hein? Os jogos do Palmeiras, na TV fechada, devem passar nos canais Space e TNT, assim como a Champions League. 🤔

    • Paraiba 09/08/2018 | Responder

      Já que o grupo americano Turner tem os direitos poderia revender pra Internet , Record, SBT .

    • Reynaldo Zanon 09/08/2018 | Responder

      O Palmeiras tem vários trunfos nas mãos. Já assinou com o Esporte Interativo e, seja qual for a política daquela empresa, receberá o que está em contrato. Quanto à Globo o que ela pode fazer? O Palmeiras tem em elenco forte e isso fará com que avance às fases decisivas de competições como Copa do Brasil e Libertadores. No Brasileiro o Palmeiras dá audiência equivalente à do SCCP (dados oficiais). A Globo deixará de transmitir jogos decisivos do Palmeiras? Deixará de transmitir clássicos nacionais ou internacionais com o envolvimento do Palmeiras? Há grandes chances, só nesse ano, de confrontos como Palmeiras x Cruzeiro; Palmeiras x SCCP; Palmeiras Boca Júniors; Palmeiras x Grêmio; Palmeiras x River Plate; Palmeiras x Flamengo, seja pela Copa do Brasil ou pela Libertadores. Sem contar o Brasileiro. A Globo terá de pagar a cota sem desconto, não há alternativa a eles.

      • Está esquecendo do básico, meu caro: com o futebol pobre que o Palmeiras vem praticando há anos, perspectiva essa que aumenta em proporções geométricas com o técnico atual, o risco de não chegarmos a jogos decisivos (como já aconteceu em 2017) é grande. E considerando a situação financeira geral do país, muita gente vai pensar dez vezes antes de tirar dinheiro de comida pra assistir Deyverson e suas casquinhas mortais. Como sempre, tem gente já pensando no último capítulo do livro quando nem os personagens da história foram devidamente construídos e apresentados.

  4. Philipe Frois 09/08/2018 | Responder

    Respeito os comentários de todo mundo aqui, mas vendo gente querendo o tal de Wesley Carvalho no comando da equipe não dá pra não ser do contra. Será que não cansam de estagiários? Será que não aprenderam nada com Eduardo Baptista e Roger Machado? Fora outros exemplos de outros clubes como Zé Ricardo, Jair Ventura e esse Barbieri do Flamengo que foi engolido por Renato Gaúcho e Mano Menezes em uma semana. Não adianta, esses novatos até tem futuro , tem potencial mas por enquanto não aguentam o tranco, quando chegam na hora do vamo vê , os caras ficam perdidinhos. Felipão não é garantia de nada mas pode ter certeza que os jogadores se sentem muito mais confiantes e seguros com ele do que com um tal Wesley Carvalho da vida. Põe esse Wesley aí no mata mata da libertadores pra ver, é o primeiro que se borra todo.

    • Particularmente não defendo Wesley Carvalho para este momento, mas considerando que muita gente quer Valdívia mesmo depois de ter cuspido e pisado sobre a camisa do Palmeiras como bom vagabundo que é, e que outro tanto defende Felipão com unhas e dentes mesmo depois da coleção irrefutável de fracassos recentes, que inclusive levaram o próprio clube ao seu segundo rebaixamento e o Brasil a protagonizar o maior vexame de uma seleção anfitriã na história das Copas, seria o caso de perguntar: será que não se cansam de humilhação?

  5. lito 09/08/2018 | Responder

    Ontem o Arthur jogou um bolão contra os sardinhas. Traz o cara já para a Libertadores. Manda para lá Antonio Carlos, Drascena., F mello, Thiago Martins (que parece que vai para o Japão), Deyverdson. Precisamos ainda de um volante. Vamos ver os gringos jogarem para depois ver a necessidade de colocar outro zagueiro. A molecada do verdão tá voando. Dá-lhes Felipão.

    • Jango 09/08/2018 | Responder

      Esquemattos só contrata jogador caro pra ganhar comissão. Aquele Fernando nem foi testado no time principal e já foi vendido e está sendo titular no Shakhtar.

  6. Jango 08/08/2018 | Responder

    Coco-Colo era pra ter ganhado de mais do Corinthians. Jogou bem melhor. E isso vai fazer falta aqui no Brasil.

  7. Paraiba 08/08/2018 | Responder

    O Valdivia com uma perna só joga 10 vezes mais que o Lucas Lima, mas no Palmeiras o chileno vivia na cachaça

    • Gustavo Aroni 08/08/2018 | Responder

      Só que o Lucas Lima entra em campo 100 vezes mais que o Valdívia entrava…

      • Paraiba 09/08/2018 | Responder

        😅😅😅 O Valdivia tinha fibrose que não sarava nunca, fora as baladas e as cachaça.
        O Lucas Lima ganha 25 mil só pra botar os pés no gramado e não tá jogando miséria nenhuma.

        • Gustavo Aroni 09/08/2018 | Responder

          25 picanhas só pra estragar o gramado. Custos benefício equivalentes.

    • Na América do Sul, o Valdivia é o melhor (e mais clássico) meia nos últimos 10 anos. Mas o problema é sempre a cachaça, que não deixa ele entrar em campo, como você bem disse. E só pra cpnstar, esse ano, no Colo Colo, a si a continua, contando hoje, ele atuou só 19 meses esse ano, o rrsto, estava no estaleiro…

      • Nossa, maledito teclado de celular kk, vou reescrever: Só pra constar, esse ano, ele só atuou (com o jogo de hoje), 19 vezes, ficando as outras partidas no estaleiro, ou seja, a sina continua ..

    • Philipe Frois 09/08/2018 | Responder

      É o que eu sempre digo por aqui. Nunca vi o Valdivia jogar mal, o problema dele é que jogava muito pouco e pra mim isso tinha 2 principais motivos: 1 – Ele realmente se machucava constantemente e 2- quando não estava machucado dava uns migué pq o time era tão ruim que ele ficava injuriado de ter que jogar do lado de tanto pé de rato sabendo que não tinha chance de ganhar nada. Isso levou a torcida a se voltar contra ele ( com razão ) e a imprensa sempre fazendo polêmica com ele ( ele tbm dava motivos ). Mas como jogador de futebol sempre fui fã do Valdivia, não tem no futebol brasileiro um meia técnico e inteligente como ele há vários anos. Por isso vivo repetindo, o Valdivia é um sem vergonha mas não quero ele pra casar com minha filha muito menos pra ser meu amigo pessoal e frequentar a minha casa. Eu aceitaria o Valdivia no meu time sem nem pensar em nada. Mas cartolas são tão bur.ros e tão leigos na matéria futebol que mantiveram o Valdivia numa bost@ de time por 5 anos , aí quando a coisa melhorou um pouco e trouxeram 2 ou 3 jogadores que eram do nível dele , se livraram dele. Agora já era, vamos ter de torcer pra baixar algum santo no Lucas Lima de vez em quando.

  8. Não sei se alguém viu o jogo (cheguei em casa quando estava no final), mas o Palmeiras treinado pelo Wesley Carvalho venceu o Inter no Beira-Rio por 6×4 pelo BR Sub-20. Sei que as soluções para as deficiências (principalmente técnicas) do time principal não virão todas das categorias de base, mas será que não é possível encontrar nessa molecada um lateral que preste, um zagueiro decente ou um atacante que não seja um mero poste com problemas de relacionamento com a bola?

    • Paraiba 09/08/2018 | Responder

      Esse treinador Wesley Carvalho da pra aproveitar no time principal no futuro parece que entende de futebol.

      • Gustavo Aroni 09/08/2018 | Responder

        Eu já o teria efetivado agora. Como não foi, espero que ao menos San Gennaro tenha aceitado o cargo de Assistente de Milagres.

    • Eu não vi, mas eu nunca tomo jogos da base, não importa o resultado, como parâmetro, pois se nossa base é uma draga, as outras não ficam atrás, não é raro o “menos pior” golear o “muito pior”. Mas concordo que, tomando o horrível time principal do Palmeiras como parâmetro, não é possível que não de para aproveitar alguns garotos.

      • O ponto é esse: ao contrário do que muitos pensam (dirigentes inclusive), o objetivo dessas categorias não é ganhar títulos, mas formar talentos com mínimas condições de suprir o time principal. Tivemos um Vagner Love e um Gabriel Jesus nos últimos 20 anos, mas pela grana jogada fora com Deyverson, Mayke, Luan, Juninho e Erik será que não dava pra aproveitar alguém a custo zero?

        Em tempo: o sexto gol foi de pênalti, batido pelo Papagaio à la Ceifador, de canhota e com paradinha. Foi o melhor pênalti cobrado por alguém vestindo a camisa do Palmeiras neste ano, e repetindo, quem bateu foi o Papagaio…

  9. Eu iria com a seguinte formação para esse jogo contra o Cerro:

    Weverton; Mayke, Antônio Carlos, Luan e Diogo Barbosa; Thiago Santos, Bruno Henrique, Lucas Lima, Hyoran; Dudu e Borja.

    William bigode fará falta amanhã, é o melhor jogador de ataque que o Palmeiras tem e o Scolari não terá outra opção senão colocar o indolente Dudu.

  10. E para fechar todos esses últimos anos de descaso com o Palmeiras com ”chave de ouro”,eis que a Adidas fabrica a camisa mais feia que já vi do Palmeiras nesses mais de 25 anos torcendo pelo clube. Já vai tarde e que morram abraçados com o cheirinho, cuja a grande maioria da sua torcida compra camisas falsificadas nos camelôs.

    VENHA LOGO PUMA!!!

  11. Hoje tem gambá x Colo Colo, pelo que li (Cosme Rimoli), o Valdivia vai pro jogo, doidinho pra eliminar o gambá. Realmente, eles poderiam nos fazer esse favor, já que estou seriamente preocupado em pegar os gambás nas quartas (isso se passarmos pelo Cerro, que é outro jogo o qual não estou nem um pouco confiante).

  12. É inadmissível uma equipe profissional, ainda mais uma equipe com tanto investimento e com toda a ótima estrutura que tem atualmente o Palmeiras, perder 66% das cobranças de pênaltis na atual temporada, fazendo o time perder importantes pontos e até a final do Paulistinha, ressaltando sempre o esquema sujo que teve naquela decisão.

    Mais inaceitável ainda é um treinador que se diz profissional ter passado mais de um semestre no Palmeiras e não ter definido um mísero cobrador de pênalti para a temporada, o que teria evitado esses perrengues nas cobranças. Problema que o Scolari terá que resolver urgentemente.

    ESSE ROGER MACHADO SÓ DEIXOU TERRA ARRASADA NO PALMEIRAS, COISA IMPRESSIONANTE!!!

    • Fato, nem tinha pensado nisso, time estava totalmente sem comando, a deriva… Técnico que dá muita liberdade, esses jogadores deitam e rolam na cabeça… A gente culpa os técnicos, mas também não pode esquecer a culpa desses pernas de pau, que jogam bem menos do que imaginam, e recebem muito mais do que deveriam.

  13. lito 08/08/2018 | Responder

    Não poderia me esquecer do Thiago Martins.

  14. lito 08/08/2018 | Responder

    Felipe Mello, quer renovar contrato. Na minha opinião está na hora de F Mello, Dracena, Luan, A Carlos, Deyverson, ser envolvidos em uma troca com outros jogadores. Que venha um novo atacante, um volante e vamos esperar os gringos estrearem na zaga. Vamos Felipão.

  15. lito 08/08/2018 | Responder

    Sei não, acho que pode pintar mais umas duas contratações. Precisamos hoje de mais um atacante, um volante. Quanto aos zagueiros, vamos ver os gringos jogarem primeiro. Qualquer coisa vamos de Vitão ou Pedrão. Vamos general, dá-lhes Felipão.

  16. Nos debates aí sobre Felipão, comentei do erro do Marcos na final do Mundial de 99, passei a manhã no serviço lembrando dessa partida, e, pqp, tem coisas que só acontecem com o Palmeiras mesmo: numa época em que havia equilíbrio entre Sulamericanos e Europeus (em alguns casos, até o time brasileiro sendo o favorito), ou seja, numa época em que dava pra sonhar em ganhar esse título contra um Europeu, em uma só partida, o Palmeiras tem uma falha gigante do Marcão, o Oséas perde um gol feito na cara do goleiro, e o Alex tem um gol legal anulado por suposto impedimento. Parece que o verdão nasceu para o protagonismo, mas também para os mais incríveis revezes. Tivessemos ganho esse título, talvez não tivessemos passado pelo perrengue de 2002 até 2014, e nem estivessemos vendo a atual diretoria totalmente perdida, focada em algo que simplesmente não dá mais pra alcançar.

    • LGO 08/08/2018 | Responder

      Concordo com quase tudo, só discordo na caso de ser algo inalcançável, pois apesar da diferença técnica ser grande eles não dão a menor importância para esse título!!! Se o Grêmio não tivesse tremido poderia ter ganho no ano passado. O Real não jogou bem e só fez um golzinho de falta…

      • LGO, na minha concepção, caso o Grêmio saísse na frente, ou empatasse, o Real apertaria e faria o gol rapidamente. O Grêmio não tinha possibilidades reais de levar esse título.

        • Essa história de que time europeu não dá bola pra mundial é lenda, e como toda lenda muita gente com preguiça de pensar embarca nela. Ano passado o Real Madrid enfrentou o Grêmio em ponto morto, se fosse necessário engatar uma quinta marcha atropelariam e ganhariam de todo jeito. A chance de um sul-americano hoje é que um time europeu mais “acessível” ganhe a Champions (em 2012 o Chelsea não era a melhor equipe da Europa). Competir com Real, Barcelona, Bayern ou Juventus não dá.

  17. Reynaldo Zanon 07/08/2018 | Responder

    Fazer prevalecer o mando de campo é uma das grandes virtudes do Felipão. Com o novo estádio essa virtude será turbinada. Além de tudo, geralmente tem sorte em momentos decisivos. Dificilmente passaremos em branco em 2018 com o Felipão. E as perspectivas para o ano que vem são ainda maiores.

    • Resumir as chances da (provável) maior folha salarial das Américas à sorte é uma boa amostra da organização e do planejamento exemplares do Palmeiras em 2018.

      • Reynaldo Zanon 09/08/2018 | Responder

        Eu não resumi as possibilidades de conquista à sorte, disse que o Felipão (também) costuma dar sorte nos momentos decisivos e uma boa dose de sorte ajuda bastante.

  18. Philipe Frois 07/08/2018 | Responder

    Alguém aí viu a nova terceira camisa do Verdão?? A Adidas resolveu c.a.g.a.r na hora de ir embora heim. Simplesmente horrorosa! Duvido que venda 50 dela rs… só louco pra pagar 300 paus numa porcaria dessas.

  19. Thom 07/08/2018 | Responder

    É indiscutivel que a contratação do Felipão pode ajudar a conquistar um dos campeonatos que ainda disputamos.

    Porém, o mundo não acaba em 2018.

    Trouxemos um tecnico que, com as conquistas e derrotas que tem, há muito tempo não tem sequencia num grande clube.

    Logo, o Felipão, ele mesmo, é uma aposta. Nada além disso.

    Pode dar certo, mas esse estilo “Motivação da Familia Scolari” não costuma durar mto.

    A longo prazo, péssima escolha, mesmo que nos ajude com algum titulo esse ano.

    • É exatamente nesse ponto que insisto, Thom. Pra quem acha que só existem Libertadores e Mundial na vida e que o mundo acabará em dezembro de 2018 a aposta no Felipão pode ser um grande negócio. O pessoal não considera uma possibilidade que hoje é bem real: 2019 com Felipão e sem Libertadores. Fria.

  20. Philipe Frois 07/08/2018 | Responder

    Vou citar 2 exemplos que me apego para acreditar que o Felipão pode mudar o destino do Palmeiras em 2018. São Paulo e Internacional: 2 times meia boca , que eram um marasmo só, sem vida , sem alma e que trocaram de treinadores e mudaram totalmente a postura. Não vejo nada de excepcional na parte tática dos dois times, eles jogam na maioria das vezes fechados explorando contra ataques e se entregando o tempo todo. É o que eu vejo. O Inter tem um treinador novato e o SP um treinador que não é veterano mas já está no mercado há um bom tempo, o que pra mim mostra que não tem essa de treinador atual e ultrapassado. O futebol brasileiro está muito fraco, a gente não precisa de um novo Guardiola pra vencer Campeonato. Se os caras abraçarem a filosofia do Felipão de jogar fechado , não der espaço e brigar o tempo todo por todas as bolas, temos chance sim tanto na copa do Brasil como na libertadores. Além disso os caras precisam treinar tbm pq não adianta nada tudo isso se quando vc tem a bola do jogo vc não aproveita. Nós últimos dos jogos era pra ter vencido, mas bateram 2 pênaltis igual a b.un.d@ deles, aí fica difícil .

    • É verdade, Philipe, só acho que enquanto nossas referências forem a mediocridade do futebol brasileiro e a necessidade insana de ganhar uma taça a qualquer custo, continuaremos a ser o Palmeiras dos últimos 42 anos: longas fases de estiagem, períodos de futebol paupérrimo, crescimento, títulos ocasionais, milagreiros de plantão, fases de estiagem, períodos de futebol paupérrimo…

      Fico imaginando Juventus e Bayern de Munique olhando para suas ligas, dizendo “isso aqui tá ruim demais, vou concentrar meus esforços em ser campeão mundial”, largando mão delas e dando chances pra Milan, Roma, Lazio, Borussia Dortmund ou Schalke 04 serem campeões nacionais. E não venham dizer que a questão se resume a dinheiro, a chave está na mentalidade, na ousadia e na ambição, e isso faz toda a diferença.

  21. conversa fiada de goleiro que falhou e não quer assumir. Quer dizer que se o Felipão manda ele pular de um prédio ele salta.

  22. LGO 06/08/2018 | Responder

    Outra coisa que precisa ser avaliada:
    Li aqui no Blog essa semana de um amigo que é muito contra a contratação do Felipão que mesmo assim ele acredita que nossas chances nos mata mata aumentaram 50%. Aí eu pergunto:
    Para uma contratação emergencial no meio de 3 campeonatos importantíssimos aumentar nossa chance em 50% em 2 desses campeonatos não é bom negócio????
    Que outro técnico no mercado fariam nossas chances aumentarem mais que isso????

    • Depende. Eu acredito mesmo que nossas chances em ganhar a Libertadores aumentaram 50%, (não pelo futebol que o time vai apresentar, e não me iludo quanto a isso, nem pra agora nem pra nunca), mas isso não significa muito pois não creio que elas sejam tão grandes assim. Pra quem acha que só existem Libertadores e Mundial na vida (e nossa diretoria tá nessa turma) a contratação do Felipão vale o risco.

      Meu pensamento (e ninguém precisa concordar com ele) é o seguinte: o Palmeiras deveria priorizar SEMPRE o Campeonato Brasileiro, fazendo o possível para ganhá-lo ou estar na disp.uta da liderança pelo máximo tempo possível, de preferência jogando bom futebol. Assim garantimos presença na Libertadores todo ano, e disputando-a todo ano (com bom futebol) uma hora a ganharemos. Nesse sentido, a contratação do Felipão representa um grande risco, pois com ele a conquista da Libertadores está mais associada a crenças do que a qualidade de jogo, e no Brasileiro vamos brigar no máximo por G6. Sem esquecer que se formos eliminados na CB, na Libertadores e não ficarmos entre os seis primeiros do BR teremos Felipão SEM Libertadores pra 2019, ou seja, péssimo negócio.

      Por fim, acho que montar um elenco pra jogar com bola no chão e depois trazer um treinador que prioriza pragmatismo de bola alta na área pra poste e casquinha resolverem é um misto de desespero, burrice e suicídio.

    • Depende. Pra quem acha que só existem Libertadores e Mundial na vida (e nossa diretoria está nessa turma), a contratação do Felipão vale o risco, além de ser um escudo quase que insuperável para a incompetência administrativa do clube. Se o Tite indubitavelmente é um encantador de serpentes da imprensa, Felipão e seu “currículo” têm o mesmo efeito sobre boa parte da torcida palmeirense. Se ele disser que acredita em mula sem cabeça (aliás, doravante veremos muitas dessas espécies em suas escalações…), muito palmeirense vai acreditar também.

      Acredito mesmo que nossas chances de ganhar a Libertadores com ele aumentaram 50%, só que antes de sua chegada não achava que elas eram tão grandes assim (não são maiores que as de Grêmio, Flamengo, Cruzeiro, River ou Boca, por exemplo, afinal melhor campanha na primeira fase nos mata-matas tem peso mínimo, quase zero), então isso é relativo. Meu pensamento (e ninguém precisa concordar com ele) é que o Palmeiras deveria priorizar SEMPRE o Campeonato Brasileiro, fazendo o possível para vencê-lo ou estar na dispu.ta da liderança pelo máximo de tempo possível, preferencialmente jogando bom futebol. Dessa forma, garantimos presença na Libertadores todo ano, e dispu.tando-a todo ano (com bom futebol) eventualmente a ganharemos. Nesse sentido, a vinda do Felipão representa um grande risco, pois com ele a conquista continental fica mais associada a crenças do (remoto) passado que à qualidade de jogo, e no Brasileiro brigaremos no máximo por G6. Sem esquecer que se formos eliminados na CB, na Libertadores (duas noites infelizes, e já tivemos algumas neste ano, podem resultar nisso) e não ficarmos entre os seis primeiros do BR teremos um 2019 COM Felipão e SEM Libertadores, ou seja, um péssimo negócio!

      Por fim, acho que “planejar” a montagem de um elenco para priorizar toque de bola no chão e depois trazer para organizar tudo isso aí um treinador que prioriza pragmatismo, motivação moral e bolas altas na área para postes e casquinhas resolverem é um misto de desespero, burrice e suicídio. E sobre outro técnico que faria nossas chances aumentarem verdadeiramente em TODAS as competições, inclusive nas próximas temporadas, já dei minha opinião.

      • Gustavo Aroni 07/08/2018 | Responder

        É o que eu penso também. Só quero esperar esse 1° jogo do Felipão efetivamente no banco, com time titular para tirar minha teima (minha quase certeza) de vez. Que entramos na era do “não futebol total”, mas com estrutura e poderio para fazer o melhor futebol das Américas.

  23. Cássio 06/08/2018 | Responder

    Não vai jogar bonito. 4 meses é impossível e com o Felipão sempre foi assim. Cansei de ver o Palmeiras dele quase me matar do coração mas ganhar na marra no velho Palestra. Parece que a diretoria não sabe que a maior virtude do treinador que contratou é transformar o jogo em casa no inferno para o adversário .

  24. Cássio 06/08/2018 | Responder

    Deixar de jogar a volta contra o Bahia no Allianz porque tem show dos Tribalistas é o auge da burrice e da ganância. Revoltante. Qualquer mata mata deveria ter prioridade sobre qualquer evento. Deveria constar em contrato, nem o Papa tira o Palmeiras do Allianz em mata mata. O Allianz é um caldeirão perfeito para o estilo Felipão. O adversário se sente encurralado até por cima. O Pacaembu é aberto e não vai lotar. Fico puto com essas coisas!!!

Leave Your Reply