Copa do Brasil 2018 Palmeiras 0x0 Bahia: estilo Felipão?

 

 

O Palmeiras empatou com o Bahia pela primeira partida das 4as de final da Copa do Brasil. 0x0.

O time de Paulo Turra veio a campo com algumas diferenças: um atacante fixo na frente (Deyverson), dois volantes (Felipe Melo e Bruno Henrique), Moisés, com William e Dudu abertos na ponta.

Scarpa e Lucas Lima começaram no banco.

O time até que começou bem. Dudu perdeu um gol no início. Mas o meio campo foi perdendo força e o Bahia cresceu.

No 2o tempo entraram Arthur (Willian) e Scarpa (Moisés) e foi Arthur quem sofreu o pênalti. Bruno Henrique bateu e perdeu.

O Bahia cresceu e foi pra cima. Ao estilo Felipão, Turra colocou Thiago Santos no lugar de Dudu sinalizando que o empate estava bom. E Deyverson ainda foi expulso no final, por uma cotovelada desnecessária.

Como diz um grande amigo do 3VV: para quem não lembrava, com Felipão será isso aí. Em mata-mata, empate fora e vitória em casa. E assim caminharemos.

Saudações Alviverdes!

108 Comments Added

Join Discussion
  1. “O time até que começou bem. Dudu perdeu um gol no início. Mas o meio campo foi perdendo força e o Bahia cresceu.”

    Substitua Bahia pelos nossos últimos 6 ou 7 adversários e essa frase descreve muito bem nossas partidas. Não se arruma isso do dia pra noite, mas é gritante que começamos bem e vamos caindo ao longo da partida. Não sei se é tática, falta de preparo físico, acomodação ou outra coisa qualquer mas é a primeira coisa que o Big Phil vai ter que resolver.

  2. Reynaldo Zanon 03/08/2018 | Responder

    Mexeram no esquema do Roger Machado e o que se viu foi um desarranjo total, um time todo desconjuntado. O Felipão tem ajustar o mais rápido possível o time ao seu estilo ou corremos o risco de um desastre.

    • Philipe Frois 03/08/2018 | Responder

      Que o time não tá legal isso já é sabido por todos mas, o time do Roger Machado tava tão diferente disso?

  3. Gustavo Aroni 03/08/2018 | Responder

    Bom, nove vitórias, em 22 jogos, acho que nos livram do rebaixamento. Espero que ao menos isso seja possível. Já nos mata-matas, a grande preocupação com as disputas de penaltis, que pelo cheiro da mortadela, serão muitas daqui pra frente, e nossos jogadores além de não saberem bater, nossos goleiros dificilmente pegam uma cobrança. Se ficar nesse papo de trocentos volantes e bola no centroavante caneludo, teremos o pior ano desde 2013.

  4. Você prefere o Frizzo de diretor de futebol, quem sabe o sapo boi na Presidência. O cara tá contratando
    2 zagueiros, o Felipão nem estreou e já estão reclamando de tudo. Que culpa tem o Matos se os jogadores não sabem bater penalty . Isso é falta de treinamento, culpa de ficarmos 7 meses sem treinador. .

  5. Jango 03/08/2018 | Responder

    Estamos nadando em dinheiro, mas o diretor de futebol é INCAPAZ de montar um elenco melhor que os adversários brasileiros.
    A diretoria não demitir ou cobrar seriamente esse Mattos é a prova de que não está comprometida com o clube.
    Quando irão finalmente compreender que para serem reeleitos de forma segura, precisam entregar um bom trabalho?

  6. Danilo Peressim 03/08/2018 | Responder

    Vocês insistem nessa de bom futebol? Ainda esse ano? O ano estava no lixo, ganhamos apenas uma sobrevida com L.F Scolari, nada mais que isso! Mesmo assim ainda é permitido acreditar …. Agora, vejo Palmeirenses ai abaixo satirizando com seu nome, ofendendo, fazendo piadas, sério mesmo que vocês são Palmeirenses? Por mais ultrapassado, teimoso e velho que Felipe esteja, tudo o que conquistou e fez pelo Palmeiras é digno de RESPEITO. Você deve ter uma vidinha de m…. pra descontar tanta derrota e frustração em tudo que se associa ao Palmeiras! Bom final de semana aos demais!

    • Jango 03/08/2018 | Responder

      Não há como não concordar. Na verdade, essa manobra foi inteligente.
      Só que teve 6 meses pra contratar jogadores em setores deficitários ou que não estavam rendendo o esperado e não fizeram. Esperaram o Copa terminar, Roger fracassar mais, demitirem o estagiário e aí sim contratar só um zagueiro que nem foi titular ainda.

      • Danilo Peressim 03/08/2018 | Responder

        Jango, LGO, eu concordo e acho justa toda e qualquer crítica relacionada ao elenco, diretoria, política, patrocinadores, etc, mas acho muita falta de consideração e respeito, inclusive com nossa história essa perseguição ao L.F.Scolari, já não basta o mundo todo torcer contra, temos que entrar nessa também? O cara já é realidade só nos resta torcer! Abs

    • LGO 03/08/2018 | Responder

      Caro Danilo!
      Só não precisava pegar tão pesado, pois todos aqui querem o bem do Palmeiras de um jeito ou de outro.
      Mas a base do seu raciocínio está inteiramente CORRETA! Concordo com o amigo.

  7. Philipe Frois 03/08/2018 | Responder

    Outras duas coisas que eu gostaria de comentar com os colegas do blog: 1 – vou na contramão da opinião de muitos palmeirenses e cronistas esportivos que dizem que temos 3 bons goleiros. Pra mim não temos nenhum! Weverton ontem soltou umas bolas fáceis e não passa segurança alguma. Prass já está praticamente aposentado e Jailsão da massa viveu um grande sonho de verão que vai levar pro resto da vida e depois voltou a ser o goleiro de série B que sempre foi. 2- O big Phil vai ter que dar um jeito nesse meio campo. Não dá pra jogar com Felipe Melo e Moisés Armando o time. Pra jogar com os dois têm que ser no 4-4-2 usando o Moisés como a frente do Felipe ao lado do Bruno Henrique formando um losango com o Scarpa mais a frente Armando. Essa é a formação que eu mais gosto com dois atacantes apenas sendo eles um centroavante. Ficaria : Mello, Bruno Henrique, Moisés e Scarpa, Dudu e Borja. Nessa formação onde o Moisés é armador não dá certo pq o Bruno Henrique fica sobrecarregado já que o Felipe Melo caminha pra aposentadoria tbm. Espero que o Felipão se ligue nisso formando um meio campo forte já que teremos vários jogos duros de mata mata.

  8. Philipe Frois 03/08/2018 | Responder

    Não tive a oportunidade de assistir o jogo ontem, mas pelo que pude perceber nos melhores momentos do YouTube e pelos comentários de amigos do serviço, parece que o time não foi tão mal, teve chances de vencer inclusive um pênalti perdido. Quem esperava um time totalmente diferente do vinha com o Roger é no mínimo ingênuo. Os jogadores são esses aí mesmo que a gente já conhece, nenhum treinador vai conseguir fazer milagres com esse time meia boca que pros padrões atuais do Brasil é até um bom time. O que eu espero é que o Felipão consiga colocar neles aquele espírito aguerrido, que não se entrega nunca e que acredita na vitória sempre e é competitivo em todos os jogos porque taticamente o Felipão nunca foi nenhum gênio e não será agora. Qto ao Deyverson, pelos lances que eu vi parece que fez até um bom jogo ( exceto pela expulsão ) e já estou começando a entender o fato do Felipão querer usá-lo pq Willian é um cara muito estranho que fica jogos sem pegar na bola e o Borja que vai ser o titular nunca foi unanimidade tbm. Enfim, o que temos pro momento é isso, o time é isso aí, o técnico a gente já conhece faz tempo também então o negócio é apoiar nesses 5 meses que faltam pra ver se a gente consegue levantar pelo menos 1 caneco pra salvar o ano ( de preferência a libertadores ). É possível , já que os outros times tanto do Brasil como na América do Sul são tão meia bocas quanto o nosso. Jogo bonito? Time super organizado? Esquece.

  9. Paraiba 03/08/2018 | Responder

    Felipão ta chegando de balão.
    7 dias de Shangai a São Paulo.

    • Por favor, Paraíba, não use o número “7” quando fizer qualquer referência ao Felipão, vai ter torcedor com uma “vidinha maravilhosa”, daqueles que acham que o mundo é composto por “palmeirenses” e o resto da humanidade, que vai ficar ofendido…

  10. Renato 03/08/2018 | Responder

    Se eu fosse Luís Felipe Scolari agradeceria ao convite de voltar a ser treinador do Palmeiras.
    Não voltaria para passar nervoso.
    Curtiria a vida , a família e o dinheiro conquistado.

    • Também faria o mesmo, só que pra poupar o torcedor do nervoso que vai passar. Pelo menos aquele torcedor provido de cérebro e que gosta de futebol, já o que só acompanha resultado e curte pragmatismo com chutão pra área e três volantes brucutus os próximos meses serão de orgasmos múltiplos.

  11. O torcedor palmeirense, pelo menos aquele com raciocínio acima do limite da mediocridade, deve estar se sentido como um adolescente que ganha do pai, em plena era do 4G e do whatsapp, uma Olivetti Lettera 32 (“funcionando perfeitamente”) e um bloco de papel de cartas Hello Kitty para se “comunicar” com os amigos. E ainda ouve alguém dizendo “Logo, logo você arruma uma namorada!”.

    Alguém aí escreveu que estamos sofrendo com diretorias fracas há quinze anos, mas errou. Faz pelo menos 42 anos que o futebol no Palmeiras está sendo exterminado, de dentro para fora, isso apenas não se concretizou graças à torcida, evidentemente, e por conta de dois acidentes: um deles quando Carlos Facchina assinou a parceria com a Parmalat em 1992, o outro na ocasião em que Paulo Nobre fechou patrocínio com a Crefisa em 2015. Qualquer hora dessas os botes salva-vidas acabarão…

    • Diogo Belotto 03/08/2018 | Responder

      Concordo Eduardo, só citaria um terceiro : quando Belluzo assinou a parceria pela modernização do Estádio.

      • Bem lembrado, e olha que em nome de picuinhas e privilégios muita gente (inclusive o presidente anterior) lutou contra o novo estádio. Mas desde que venha um título na c@gada muita gente não tá nem aí se vamos jogar com três zagueiros, três volantes brucutus, centroavante poste, se vamos fazer 70 cruzamentos na área por partida ou se vamos atuar no Canindé.

  12. Felipão foi contratado pra ser campeão e será, aí eu quero ver a sua cara de pau. E por favor, pare de torcer contra ou vá torcer pros bambis ou gambás.

  13. Gustavo Aroni 03/08/2018 | Responder

    Ainda dá tempo, Gru. Rasga o contrato e quando o 7el1pão chegar, já dá a passagem de volta pra Portugal.

  14. Cássio 02/08/2018 | Responder

    Tem que demitir o Felipão porque a culpa do pós jogo não ter saído ainda deve ser dele. 🙂

  15. Jango 02/08/2018 | Responder

    Nem condeno a diretoria em ter chamado o Felipão, condeno por ter fechado até 2020. Vai ser essa m.erda por mais 2 anos.

    • O Felipão foi contratado pra eliminar o Corínthians da Libertadores em setembro. Se ele conseguir isso (e é bem capaz) vai ter um monte de profeta por aqui escrevendo asneira. Mas o mundo mudou, hoje em dia ninguém consegue mais enganar todo mundo por tanto tempo. Ele não fica até 2020.

    • Philipe Frois 03/08/2018 | Responder

      Parece que a multa de rescisão de contrato do Felipão é de apenas 1 salário ( não o mínimo é claro, o dele rs), ou seja, se o time estiver uma bos.t@ ao ponto de quererem demiti-lo, a multa não será o problema. Por isso duvido que ele complete o contrato , o Palmeiras é o maior demolidor de técnicos do futebol brasileiro.

  16. Cassio 02/08/2018 | Responder

    Faltam 4 meses para acabar os campeonatos. O time não vai jogar bonito, nem dá tempo pra isso e nunca foi o perfil do Felipão. Eu espero um Palmeiras encaixado, copeiro, catimbeiro, jogando de forma inteligente e eficiente. E pra isso é vital que ajuste o sistema de marcação e retomada de bola. Gols o Palmeiras vai fazer em 99% dos jogos. Sistema de marcação passa pelo time todo. Vide Romeiro e Jadson que se matam pra marcar e assim mesmo são muito eficientes no ataque.

    • Pra marcarmos gols em 99% dos jogos precisamos de duas coisas: jogar praticamente todos os dias até o final da temporada (faltam 122 dias) já que 1×0 passará a ser goleada ou o Deyverson ser negociado.

    • Leia de novo o que escrevi, se não conseguir entender eu tento desenhar, se bem que talvez seja melhor usar sinais de fumaça, é algo mais contemporâneo com fãs de Felipão…

  17. Renato 02/08/2018 | Responder

    Como está o torneio de truco lá no Palmeiras ? Alguém sabe ?
    O futebol não precisa me dizer , isso eu sei como está.

    • Jango 02/08/2018 | Responder

      O sonho do peixe-boi é o Palmeiras virar uma Portuguesa, mas ter essas maravilhas de torneios.

      • O sonho é termos o melhor salão de festas para o baile anual dos churrasqueiros que fornecem picanhas para o Mustafá, futebol só atrapalha…

  18. Cássio 02/08/2018 | Responder

    Polêmica no 3VV!!! Seria Deyverson o novo Jardel??? Rsrs Vamos enxergar o copo meio cheio gente. O treinador nem se apresentou ainda. Acreditem no melhor dos cenários.

  19. Cássio 02/08/2018 | Responder

    Prass, Jean, dois zagueiros rebatedores, Diogo ou Vitor Luis, Felipe Mello um pouco a frente da zaga e Thiago Santos pra fazer o serviço “sujo”. Bruno Henrique ( que é o primeiro volante moderno que o Palmeiras tem em uma década, marca, arma, sai para o jogo e faz gols ) Scarpa ou Yoran, William e aí dependendo do adversário pode ser Jonas(sonho meu) , Borja, Deyverson ou o Dudu desde que aprenda a chutar quando sair na frente do goleiro. Com essa teórica retranca bem armada na defesa e treinada pra matar o adversário com velocidade quando tiver a bola. De novo, brigamos pelos 3 campeonatos.

  20. As vezes fico pensando , como o mundo do futebol tem sido tão cruél conosco (palmeirenses ).nos últimos 15 anos.
    A administração fora do campo tem judiado da grande torcida do verdão.
    Dentro, à comandar os “jogadores” Felipão,OO, EB, RM, Cuca2, e outros que de tão fracos e inexpressivos nem lembro.
    Mas como desgraça pouca é bobagem, estamos de volta com ele: FELIPÃO.
    Agora vai, pra pqp.
    Nossa, quanta mediocridade .

  21. Paraiba 02/08/2018 | Responder

    Paulo Turra tirou o Dudu colocou Thiago santos faltando 20 minutos pra terminar a partida, ficou 3 volantes ; Bruno Henrique , TS e Melo.
    Fazia tempo que eu não via 3 burucutus (modo de dizer) no futebol.
    O chuveirinho sera a jogada mortal desse time do Scolari, mas, hoje, não tem Arce e Juninho tem as Avenidas Marco Rocha e Barbosa.

    Oremos!

  22. Marcelo 02/08/2018 | Responder

    Assisti Grêmio x Urubus ontem e ambos estão com time mil vezes superior ao Palmeiras. Bola no chão e jogo intenso.

    E com deyverson, Borja e Felipão estamos lascados.

    • Aliás, quem viu o jogo de ontem e se dispôs a assistir ao show desta noite sentiu como se tivesse levado um murro na cara. E olha que se somarmos o currículo do Renato Gaúcho com o do Barbieri não vai dar meia folha do de outros por aí… Mas tem gente querendo resumir tudo a um pênalti perdido. Se tivéssemos um cobrador competente, o Bahia seria derrotado injustamente, nada além disso.

Leave Your Reply