3VV NFL: Any Given Sunday

 

 

Por Allan Basso

Amigos do 3VV, a semana 3 da NFL foi cheia de surpresas e já vamos a elas.

Mas antes, uma propaganda descarada.
Um vídeo do Endzone sobre alguns dos melhores lances corridos da semana 2 comentados:
https://www.youtube.com/watch?v=x82_ijN2kwM

****


O JOGO DA SEMANA – New Orleans Saints 43 x 37 Atlanta Falcons

Foi um jogaço, daqueles de deixar os torcedores com o coração na mão. Um confronto de divisão importantíssimo e, mesmo jogando fora de casa, os Saints conseguiram sair com a vitória.

O QB Drew Brees fez de tudo no jogo.  Primeiro ele quebrou o recorde da NFL de número de passes completos na carreira.

Depois, comandou uma campanha de quase 6 minutos para empatar o jogo no final do tempo normal, correndo ele mesmo para o touchdown.

E na prorrogação os Falcons nem conseguiram pegar na bola.
Brees liderou mais uma longa campanha, de mais de 7 minutos, e mais uma vez ele mesmo correu para o touchdown, garantindo a vitória de New Orleans.

Aqui os melhores momentos da grande performance do QB: https://www.youtube.com/watch?v=BWxGWZib0As

 

****

Cleveland Browns 21 x 17 New York Jets
Foi preciso uma contusão no QB Tyrod Taylor para o técnico dos Browns fazer o que todo mundo já estava cansado de pedir: colocar o novato Baker Mayfield, primeira escolha do draft, como titular.
E como deu certo.
Mayfield entrou com o time perdendo por 14-0, pouco antes do intervalo. Mas ele pôs fogo no time e no jogo, conseguindo uma virada espetacular e a primeira vitória dos Browns desde 2016.

Baltimore Ravens 27 x 14 Denver Broncos
A defesa dos Ravens voltou a ser dominante, criando grandes dificuldades para o QB Case Keenum e o ataque dos Broncos. Uma vitória com a tradicional marca dos Ravens.

New York Giants 27 x 22 Houston Texans Browns
Na disputa entre dois times que ainda não tinham vencido na temporada os Giants saíram-se melhores.
O QB Deshawn Watson não consegue replicar as performances empolgantes do ano passado e a temporada do time de Houston corre o risco de acabar cedo esse ano.

 

Carolina Panthers 31 x 21 Cincinnati Bengals
Cam Newton passou para apenas 150 jardas, mas lançou 2 touchdowns e correu para outros dois.
Enquanto isso, a defesa fez a sua parte, interceptando o QB Andy Dalton 4 vezes e garantindo a vitória.

 

Miami Dolphins 28 x 20 Oakland Raiders
Os Dolphins continuam invictos numa temporada mágica até aqui.
Já os Raiders não estiveram perdendo em nenhum momento durante os 3 primeiros quartos de todos os jogos da temporada e ainda assim conseguiu levar a virada em todos eles no último quarto.
E o golpe final do time de Miami foi bastante desmoralizante:
https://www.youtube.com/watch?v=KshhkY2yM1o

Philadelphia Eagles 20 x 16 Indianapolis Colts
No retorno do QB Carson Wentz os Eagles voltaram a vencer. A torcida de Philadelphia deve ter ficado bastante animada com a performance do seu QB, que parece 100% recuperado. Além disso, a defesa continua muito bem. Andrew Luck e os Colts conseguiram apenas 232 jardas totais no ataque.

Chicago Bears 16 x 14 Arizona Cardinals
Mais um jogo decepcionante dos Cardinals. Mais uma vez a defesa de Chicago dominou, forçando 4 turnovers de Arizona. No fim do jogo o QB novato Josh Rosen teve sua primeira chance na NFL e para semana que vem já foi anunciado como titular.

Los Angeles Rams 35 x 23 Los Angeles Chargers
No duelo dos times de Los Angeles, os Rams mostraram porque são um dos maiores favoritos ao título.
Dominaram o jogo do começo ao fim e o QB Jared Goff lançou para 354 jardas e 3 touchdowns.

 

Seattle Seahawks 24 x 13 Dallas Cowboys
Mais um jogo muito fraco do ataque dos Cowboys e as 3 turnovers sofridas pelo time de Dallas foram determinantes para os Seahawks conseguirem sua primeira vitória no ano.

 

Pittsburgh Steelers 30 x 27 Tampa Bay Buccaneers
Precisando de uma vitória para salvar a temporada, os Steelers dominaram o primeiro tempo. Uma performance soberba do QB Ben Roethlisberger, com 273 jardas e 3 touchdowns, e uma vantagem de 30 a 10 no placar. No segundo tempo os Bucs se recuperaram e quase viraram mas Pittsburgh conseguiu segurar o resultado.

 

Kansas City Chiefs 38 x 27 San Francisco 49ers
E Patrick Mahomes continua imparável. Mais 3 passes para TD, um deles incrivelmente atlético:
https://www.youtube.com/watch?v=9JY-6-Gp_j0

Os Chiefs dominaram totalmente o primeiro tempo, com TD em todas as campanhas e um placar de 35 a 10.
No 2º tempo os Niners engataram uma recuperação mas uma lesão no joelho tirou o QB Jimmy Garoppollo do jogo e da temporada (ligamento rompido). E com isso lá se foi a temporada dos 49ers já na semana 3.

(só 1 minuto enquanto esse colunista vai ali no canto chorar um pouco….)

****

E agora as surpresas da semana:

Washington Redskins  31 x 17 Green Bay Packers
Os Redskins aprontaram uma das grandes surpresas da semana, vencendo os favoritos Packers em grande parte graças ao RB Adrian Peterson, que reviveu seus anos de glória na liga correndo para 120 jardas e 2 touchdowns. O time de Green Bay esteve irreconhecível, com vários passes dropados e falhas na defesa.
Aaron Rodgers parece estar agravando sua contusão a cada semana e a torcida começa a se preocupar.

Tennessee Titans 9 x 6 Jacksonville Jaguars
Os Jaguars vinham de uma importante vitória sobre o Patriots mas foram derrotados num jogo estranho, com pontuação muito baixa e nenhum touchdown (algo bastante raro). As defesas dominaram os ataques e no final as corridas do QB Marcus Mariota foram suficientes para o time de Tennessee.

Detroit Lions 26 x 10 New England Patriots
Os Lions vinham de 2 derrotas, sendo uma delas a estréia humilhante em casa contra os Jets.
Mas surpreendentemente a defesa dos Lions, que havia levado 78 pontos nas duas derrotas, dominou Tom Brady e o ataque dos Patriots. Para o time de New England o próximo jogo contra os invictos Dolphins, líderes da divisão, passou a ser decisivo.

Buffalo Bills 27 x 06 Minnesota Vikings
A maior surpresa, não só da semana mas dos últimos 20 anos. O time de Buffalo vinha tão mal que as casas de apostas davam uma margem de 17 pontos para a vitória dos Vikings. E a última vez que um time tão desacreditado assim conseguiu vencer foi em 1995.

Esse foi um jogo perfeito pra ilustrar o ditado mais famoso da NFL: “Any Given Sunday”.
Ou seja, em “qualquer domingo” todo time da NFL tem chance de derrotar o adversário, por mais improvável que possa parecer.
Inclusive existe um filme muito bom com esse nome, estrelado por Al Pacino:
http://www.adorocinema.com/filmes/filme-26282/

***

A semana 3 não foi positiva para o Green Team. Tivemos a vitória dos Eagles e o retorno de Cason Wentz, mas tanto Jets quanto Packers sofreram derrotas preocupantes.

Na semana 4 começam as folgas dos times. Nessa semana os Panthers e os Redskins não jogam.
E vocês já sabem, semana que vem estaremos de volta pra contar como foi.

Sempre lembrando que queremos evoluir a coluna junto com vocês.
Por isso, deixe seu comentário com sugestões e críticas para melhorarmos o conteúdo a cada semana.

E se você já acompanha a NFL mas gostaria de aprender mais sobre o jogo, visite o canal Endzone51 no Youtube: https://www.youtube.com/c/endzone51

6 Comments Added

Join Discussion
  1. ACDNG 26/09/2018 | Responder

    Os posts continuam bons, em frente!

    Uma constatação: está mais fácil, para quem tem espn, acompanhar o futebol da bola oval do que o nosso. Sábados de noite tem jogos do College, nos Domingos sâo 5, cinco!, partidas transmitidas. Contem ainda as 2.as e 5.as feiras e chegamos a 8 possibilidades por semana.

    Gosto muito de New Orleans, a cidade, então a vitória deles — falar Saints pode lembrar aquele time praiano … — ajudou um pouco a suportar a tristeza dos niners. Será que teremos que ir atrás de um outro QB logo no comecinho da temporada? Será que precisaremos emprestar o Mattos para eles?

    • Allan Basso 26/09/2018 | Responder

      Ah, pois é, ACDNG, 2018 já era pros Niners.

      Agora é por os jovens pra jogar pra ver quais tem mais chance de futuro com o time e pensar no ano que vem.
      Ao menos a escolha no draft tende a ser numa boa posição.

      Esse ano era um ano de desenvolvimento pra equipe de qualquer forma. As chances de título eram pequenas, ainda mais depois da contusão do RB McKinnon.

      Ano que vem o time terá a volta dele e do Garoppolo, o time estará mais experiente, e certamente irá se reforçar na Free Agency, já que tem bastante espaço no Salary Cap.

      Talvez dê pra entrar na briga de igual pra igual.

      Melhor machucar esse ano que ano que vem.
      Mesmo assim foi perda doída pra torcida.

      Abraços!

  2. Mário Luiz 26/09/2018 | Responder

    Vamos ser honestos, talvez seja o jogo onde a estratégia faz realmente a diferença, ao contrário do futebol, que embora alguns tontos insistam em dizer o contrário, é realmente um jogo simples e de fácil entendimento, daí a sua popularidade.

    • Allan Basso 26/09/2018 | Responder

      Oi Mário,

      Com certeza o nível de impacto que a estratégia e análise tática tem no Futebol Americano são muito superiores que no Futebol tradicional.

      Eu particularmente sou um que acho que as análises táticas no futebol são super valorizadas.
      Sempre que um time ganha fala-se em “nó tático”, quando a real explicação normalmente é algo muito mais simples.

      Abraços!

      • Mário Luiz 26/09/2018 | Responder

        Concordo, um time de futebol campeão se faz com jogadores de qualidade e com um treinador que sabe tira o melhor de cada um, o resto é “papo furado” dos programas esportivos que infestam os meios de comunicação.

  3. Renan 26/09/2018 | Responder

    Hoje é o grande dia da virada, o dia de mostrar nossa força e tradição. Rumo ao tetra

Leave Your Reply