Categorias
Resenha dos Jogos

Copa do Brasil 2018 Cruzeiro 1×1 Palmeiras: não deu

 

 

O Palmeiras empatou com o Cruzeiro no Mineirão. 1×1. O gol do Verdão foi de Felipe Melo.

O time de Mano Menezes tinha a vantagem do empate, graças à vitória no jogo de ida no Allianz. Esse foi o resultado que pesou. Jogando com o regulamento embaixo do braço o treinador do time mineiro ficou atrás explorando os contra-ataques. Sua marcação é muito forte e taticamente o time do Cruzeiro fez uma partida quase perfeita.

Barcos fez o gol no 1o tempo em uma bola lançada onde Weverton vacilou na saída. 0x1.

No 2o tempo Guerra e Deyverson entraram nos lugares de Bruno Henrique e Borja. Felipe Melo de cabeça após escanteio cobrado por Dudu empatou. O jogo pegou fogo. Mas o time de Scolari não teve força ofensiva pra vencer.

Fim de caminho na Copa do Brasil. O negócio é focar agora em Libertadores e Brasileiro.

Saudações Alviverdes!

 

186 respostas em “Copa do Brasil 2018 Cruzeiro 1×1 Palmeiras: não deu”

O burro do Luan fez um pênalti ridículo pros fedidos. Por sorte o juiz é cego. Acho que esse aí nasceu sem cérebro.

Os times que estão na ponta da tabela do Assaízão são tão limitados (incluindo o Palmeiras) que querem ser líderes e não conseguem. Podem perder pra qualquer um, dentro ou fora de casa, que nãi será zebra. A liderança da rodada, assim como o título, “cairá no colo” do menos pior, do menos amarelão. Será o campeão por acidente, no campeonato do nível mais rasteiro, mais sem futebol, de todos os tempos. E acho que se o Grêmio não tivesse com os olhos voltados pra LA, seria o campeão com algumas rodadas de antecedência.

Concordo, mas tudo leva a crer que o nível do campeonato de 2019 será ainda pior que este, e assim sucessivamente. Em grande parte porque os clubes formam brucutus corredores sem muita intimidade com a bola (e quando aparece um que acerta chute na direção do gol, vai pro Real Madrid…), além disso os treinadores que aparecem ou voltam ao cenário por aqui são fracos, ultrapassados ou medrosos (quando não tudo isso junto). E enquanto o torcedor se preocupar mais com a bolinha que a loira pega do que com a bolinha que seus times jogam – desde que ganhem suas partidas – a chance de algo mudar pra melhor é zero.

Temos tudo para assumirmos a liderança nesta rodada. Não podemos desperdiçar.

Os comentários estão desativados.